Você está na página 1de 24

Zhou e Qu Afr. J. Trad.

CAM ( 2009) 6 (4): 494-517 494

Afr. J. tradicional,
Complementar e Alternativa
Medicamentos

revisão do Livro www.africanethnomedicines.net

ISSN 0189-6016 © 2009

Tratar distúrbios ginecológicos com medicina tradicional chinesa: UMA REVISÃO

Jue ZHOU 1 e Fan QU 2 *

1 O Centro de Medicamentos Naturais Research, Faculdade Londres do rei, Franklin-Wilkins Building, 150 Stamford Street, Londres, Reino

Unido., 2 O Primeiro Hospital Filiado, Faculdade de Medicina da Universidade de Zhejiang,


Hangzhou, Zhejiang 310003, China
* O email: qufan43@yahoo.com.cn.

Abstrato

Medicina Tradicional Chinesa (MTC) tem vantagens significativas no tratamento de distúrbios ginecológicos. O documento forneceu
uma breve introdução sobre o progresso atual de tratamento de alguns distúrbios ginecológicos, incluindo endometriose,
infertilidade, dismenorreia, hemorragia uterina anormal, a síndrome pré-menstrual,
síndrome da menopausa, miomas uterinos, inflamação pélvica crónica, síndrome do ovário policístico (PCOS), cervicite e vaginite com
Medicina Chinesa (CHM) e a acupunctura. O uso de TCM no campo das técnicas de reprodução assistida (ART) também foi incluído na
revisão. Além disso, trinta e dois comumente usado fórmulas medicinais chinesas no tratamento de distúrbios ginecológicos foram
introduzidas.

Palavras-chave: Medicina Tradicional Chinesa (MTC); Medicina Chinesa (CHM); acupuntura;


distúrbios ginecológicos; Reveja.

abreviações: TCM: A medicina tradicional chinesa; CHM: medicina tradicional chinesa; SOP: síndrome de ovário poliquístico; MOD: A média de
densidade óptica; VEGF: factor de crescimento endotelial vascular; MMP-9: metaloproteinase de matriz-9; POF: falha prematura do ovário; ER:
Estrogen receptor; PMS: Síndrome pré-menstrual; WHI: iniciativa de saúde das mulheres; HRT: terapia de substituio hormonal; DMO: Densidade
mineral óssea; LDL-C: lipoproteínas de baixa densidade colesterol; ARMADILHA: fosfatase ácida resistente a tartarato; ARTE: técnicas de
reprodução assistida; FIV: A fertilização in vitro; ET: A transferência de embriões; ICSI: injecção intra-citoplasmica do esperma; LIF: factor de
leucemia-inibitória; IMC: índice de massa corporal; SHBG: Sexo hormona esconderijo globulina; OHSS: síndrome hyperstimulating ovário; Uu:
Ureaplasma urealyticum; RT-PCR: Reverse reacção em cadeia da polimerase de transcrição; FSH: hormona folículo-estimulante; LH: Hormonio
luteinizante; E 2: Estradiol.

Introdução

Medicina Tradicional Chinesa (MTC) inclui uma série de tradicional médica práticas originárias da
China . É considerado como um complementar ou alternativa médica sistema na maioria dos países ocidentais, mantendo-se como uma forma
de cuidados primários durante a maior parte dos países asiáticos. TCM é um sistema abrangente para a avaliação e tratamento de distúrbios
agudos e crônicos, bem como para os cuidados de saúde preventivos e manutenção. TCM teoria é extremamente complexo e originou há
milhares de anos através da observação meticulosa da natureza, o cosmos, eo corpo humano. As principais teorias de TCM incluir o Yin-yang ,
a
Cinco elementos , Qi e Sangue, e Zang-fu teorias de órgãos. Em TCM, o entendimento do corpo humano é baseado na compreensão holística
do universo, conforme descrito no taoísmo e ao tratamento das doenças baseia-se principalmente no diagnóstico e diferenciação de
síndromes. O diagnóstico clínico e tratamento TCM baseiam-se principalmente na Yin-yang , a Cinco elementos e Zang-fu teorias de órgãos.
Estas teorias se aplicam os fenômenos e as leis da natureza para o estudo das atividades fisiológicas e alterações patológicas do corpo
humano. As terapias típicas TCM incluem Medicina Chinesa (CHM) e acupuntura. CHM age sobre os órgãos Zang-fu internamente e acupuntura
é conseguida estimulando certas áreas do corpo externo.
Zhou e Qu Afr. J. Trad. CAM ( 2009) 6 (4): 494-517 495

TCM tem vantagens significativas no tratamento de distúrbios ginecológicos. Tão cedo quanto em 1237 AD, o primeiro livro dedicado
exclusivamente à ginecologia e obstetrícia da Medicina Chinesa, O livro completo de receitas eficazes para doenças de mulheres, foi publicado.
CHM e acupuntura geralmente conduzido para efeitos curativos satisfatórios no tratamento de algumas doenças ginecológicas, tais como
endometriose, infertilidade, dismenorreia, hemorragia uterina anormal, a síndrome pré-menstrual, síndroma da menopausa, fibróides uterinos e
inflamação pélvica crónica, síndrome do ovário policístico (PCOS), cervicite e vaginite. Esta avaliação irá fornecer uma breve introdução sobre o
progresso atual de tratar estes distúrbios ginecológicos com CHM e acupuntura. Além disso, trinta e dois comumente usado fórmulas medicinais
chinesas no tratamento de distúrbios ginecológicos também foram introduzidas.

endometriose

Endometriose, definido pela presença de tecido endometrial viáveis ​fora da cavidade uterina, está entre os distúrbios ginecológicos
mais comuns que afectam as mulheres em idade reprodutiva. De acordo com a teoria do TCM, a etiologia da endometriose é a estagnação do
sangue. a estagnação do sangue causa uma síndrome do fogo e da acumulação de Úmido-calor na parte inferior do corpo ( “Lower Jiao”). Como
a maioria dos pacientes com endometriose sofrem com os sintomas da inflamação pélvica, a acumulação de calor e estase de sangue são as
principais alterações patológicas. Embora os fatores patogênicos e patogênese são complexas, as teclas são Umidade, calor, e estase.

CHM e acupuntura ganharam efeitos curativos satisfatórios no tratamento da endometriose. Numa pesquisa clínica, uma fórmula
medicinal chinesa com Radix CE Rhizoma Rhei como o ingrediente principal foi usada para tratar pacientes com endometriose 76, e a taxa
efectiva total foi de 80,26% (Wang et al., 1991). Outra pesquisa clínica, com a remoção de estase do sangue, a resolução de catarro,
amolecimento e resolver a protuberância como os princípios terapêuticos, tratada com sucesso 46 pacientes com endometriose com uma taxa
eficaz total de 91,3% (Liu, 1994). Ketong decocção, com Radix codonopsitis pilosulae, Radix Paeoniae rubra e Rhizoma Ligusticum wallichii como
os principais ervas (ingredientes), respectivamente obtida uma taxa de cura de 81,0%, 75,9% e 58,3% no tratamento de pacientes com
endometriose de I, II, e III fases, todos superiores aos dos controlos (Yu, 1998). Neiyixiao Receita (incluindo Rhizoma sparganii, Rhizoma
curcumae, Hirudo, Eupolyphaga sinensis walker, Squama Manitis, Semen Cuscutae, Herba Epimedii, etc.) também foi encontrada para ser eficaz
no tratamento da endometriose por tonificante do rim e remover estase de sangue (Liu et al., 1998). NYF (consistindo em Radix ec rizoma rhei,
Semen persicae, Ramulus cinnarnomi, Rhizoma sparganii, prunellae Spica e Carapax et Plastrum testudinis) Verificou-se que tem bons efeitos
clínicos no tratamento de endometriose., que tinha diminuído significativamente a prostaglandina F 1α (PGF 1α) níveis e aumentou a 6-ceto PGF 1α / tromboxano
B 2 (TXB 2) proporção e o nível de β-endorfina nos pacientes (Yu et al., 2003). Yushi Neiyi Fang, consistindo de Radix Astragali, Pólen Typhae,
sémen persicae, Hirude Nipponica Whitman e Herba Epimedii ganhou uma taxa eficaz total de 91,67% no tratamento de 36 pacientes com
endometriose (Song et al., 2005). Um estudo com o objectivo de observar a eficácia clínica de Quyu Jiedu receita, que consistiu de Caulis
sargentodoxae, Flos rosae rugosae, Flos lonicerae, Fructus forsythiae, Radix Salviae miltiorrhizae, Radix Paeoniae rubra, Cortex moutan, no
tratamento de endometriose, e para explorar as alterações dos níveis de factor de crescimento endotelial vascular (VEGF) e de células de
antigénio de nucleoproteína proliferativa (Ki-67) antes e depois do tratamento, mostrou que antes do tratamento, o VEGF e o Ki-67 taxas positivas
de expressão e a sua densidade óptica média (MOD) foram maiores nos pacientes do que em mulheres saudáveis, enquanto que, após o
tratamento, a taxa positiva e MOD da expressão de VEGF significativamente reduzido, mas as de Ki-67 alterada insignificantemente, e a
comparação entre os dois grupos de tratamento mostraram não houve diferença significativa (Lian et al., 2007).

Para aqueles pacientes com endometriose recaída pós-operacional, ervas medicinais chinesas também ganharam efeitos curativos
satisfatórios. Zhu tratados 31 doentes de endometriose recidiva pós-operacional com o TCM e integrada medicina ocidental e ganhou uma
taxa eficaz total de 90,32%, em que, Radix Salviae miltiorrhizae, Cortex moutan, Radix Paeoniae rubra, typhae Pólen e persicae sêmen, Hirudo foram
utilizados como os principais ervas (Zhu, 1998). Outra pesquisa com o objetivo de observar a eficácia clínica e segurança de Yiweining (Ywn,
uma fórmula medicinal chinesa, consistia Radix angelicae sinensis, corydalis Rhizoma, Rhizoma curcumae, sémen persicae, Radix Paeoniae
rubra, Flos carthami, Radix Salviae miltiorrhizae, Carapax et Plastrum testudinis) e gestrinona (GT) no tratamento de pacientes pós-operatórias
de fase III endometriose descobriram que a taxa de recorrência no grupo Ywn e o grupo GT foram de 5,0% e 5,3%, respectivamente,
mostrando pequena diferença entre os dois grupos e a taxa de reacções adversas na grupo Ywn foi menor do que no grupo GT, que concluiu
que a aplicação de Ywn para prevenir a recorrência pós-operativa de endometriose foi eficaz e seguro, e a sua eficácia foi semelhante ao do
GT (Yang et al., 2006). Outra pesquisa também foi realizado para investigar os efeitos e o mecanismo de E-Leng Cápsula (consistindo em

Rhizoma sparganii, Rhizoma curcumae, Radix Paeoniae rubra e Radix Salviae miltiorrhizae) na prevenção e tratamento da recorrência
pós-operação de quistos ovarianos de endometriose (Cao et al., 2008). A 12 meses de acompanhamento mostraram que a recorrência
apresentado em 1 paciente no grupo de tratamento (3,3%), e 6 no grupo de controlo (20,0%), mostrando diferença significativa entre eles e as
expressões de inibidor de tecido de metaloproteinase-1
Zhou e Qu Afr. J. Trad. CAM ( 2009) 6 (4): 494-517 496

(TIMP-1) ARNm em eutópico e endométrio ectópico foram maiores no grupo de tratamento do que o grupo de controlo, enquanto que as expressões de
metaloproteinase de matriz-9 (MMP-9) de ARNm eram mais baixos, indicando que o E-Leng cápsula pode reduzir o invasivo capacidade de tecido
endométrio, provavelmente, através da regulação do equilíbrio de MMP / TIMP, ou seja, aumentar a expressão de eutópico e endometrial ectópico de
TIMP-1 e diminuir a expressão de ectópica endometrial MMP-9, e assim atingir os seus efeitos preventivos e terapêuticos sobre a recorrência ( Cao et
al.,
2008).
Algumas experiências com animais já foram conduzidas para explorar o mecanismo de ervas chinesas e acupuntura no tratamento
da endometriose. Duas pesquisas foram conduzidas para explorar os efeitos da Yiweining (Ywn, uma fórmula medicinal chinesa, composta por Radixp
Paeoniae rubra, Rhizoma curcumae, corydalis Rhizoma, Radix scutellariae, Coicis sémen, etc.) sobre as citocinas e as expressões de
metaloproteinase-2 (MMP-2) e ciclo-oxigenase-2 (COX-2) mARN dos modelos de ratos com endometriose (Qu et al, 2005;.. Qu et ai,

2006). Os resultados mostraram que os conteúdos de factor de necrose tumoral-α (TNF-α), interleucina-6 (IL-6) e interleucina-8 (IL-8) no
sangue periférico do grupo modelo eram aparentemente mais elevada do que o falso grupo -operation, e Ywn tinha reduzido a quantidade de
TNF-α, IL-6, e IL-8 nos soros de ratos do grupo modelo, que concluiu que Ywn poderia impedir o crescimento do endométrio ectópico através
da inibição da síntese e secreção de TNF-α, IL-6, e IL-8 (Qu et al., 2005). Também houve diferenças significativas na expressão de MMP-2 e
COX-2 mRNAs entre o grupo não tratado e a dose elevada de Ywn-grupo tratado com (Qu et al.,

2006). Na prescrição de Ywn, Radix rubra Paeoniae é a principal erva para resolver umidade, remover a estagnação do sangue, e reduzir o fogo, que
se adapta à patogênese da endometriose. Rhizoma curcumae Pode remover estase de sangue, promover o fluxo de Qi, amaciar massas sólidas e
aliviar a dor, promover a circulação dos componentes eficazes dos fármacos no sangue. Todas estas ervas, usadas em conjunto, desempenham um
papel de promover a circulação do sangue e remover a estagnação do sangue e agir como ervas monarca. corydalis Rhizoma pode promover o fluxo
de Qi e aliviar a dor, a fim de aumentar a função de promover a circulação do sangue e remover a estagnação do sangue.

Radix scutellariae e Coicis sêmen na função de prescrição em conjunto para reduzir fogo e resolver umidade (Qu et al, 2005;.. Qu et al, 2006).

A acupuntura também tem bons efeitos curativos no tratamento da endometriose. Acupuntura em Xuehai (SP-10) e Sanyinjiao
(SP-6) acupontos foram encontrados a ter um melhor efeito terapêutico nos modelos de ratos com endometriose, que poderia regular
negativamente o aumento anormal dos níveis de MMP-2 de inibir a invasão de ectópica tecido de matriz extracelular, reduzindo, assim, os
tecidos ecticos (Chen et al., 2008). Numa investigação clínica para comparar os efeitos terapêuticos do uso combinado de acupontos Shu-MU,
método de agulhagem rotina e tratamento da medicina ocidental em pacientes com endometriose, os investigadores descobriram que as taxas
totais eficazes foram semelhantes nos três grupos e a Shu- mu grupo combinação acupontos foi superior a outros dois grupos na melhoria da
dismenorreia, menstuation irregular, lumbago e sacrodynia, engorge ânus, além disso,

2006). A endometriose é uma causa comum de dor pélvica em mulheres, o que tem uma influência negativa sobre a capacidade de trabalho, nas
relações familiares e senso de valor. Acupuntura pode ser utilizado como um adjuvante no tratamento da dor da endometriose (Lundeberg e Lund, 2008).
Em um relato de caso, duas meninas adolescentes com dor pélvica crônica endometriosisrelated de mais de 1 ano experimentaram uma melhoria
modesta na dor medida pelo auto-relatos orais de dor em uma escala de 1 a 10, assim como eu ou melhora relatada familiar em dores de cabeça,
náuseas e fadiga depois de submetidos a entre 9 e 15 tratamentos ao longo de um período de 7 a 12 semanas e não foram relatados efeitos adversos, o
que proporcionou uma evidência preliminar de que acupuntura pode ser um tratamento adjuvante aceitável e seguro para algumas adolescentes com
relacionados com a endometriose pélvica refractário dor para terapias anti-endometriose padrão (Highfield et al., 2006). terapia orelha acupuntura
também demonstrou efeitos curativos satisfatórios no tratamento de 37 casos de dismenorreia devido a endometriose em uma investigação clínica (Xiang
et al., 2002).

Actualmente, um ensaio controlado randomizado está a ser realizado para testar a hipótese de que o TCM (acupuntura e CHM) reduzir a
dor pélvica relacionada com endometriose de forma tão eficaz como terapia nafarelina, sem causar os efeitos colaterais pseudo-menopausa que
acompanham gonadotropin-releasing hormone-α (GnRH -α) terapia na Unidade de Investigação em Saúde da Mulher da Oregon Health Sciences
University e da faculdade de Medicina de Oregon Oriental, EUA no estudo, as mulheres foram aleatoriamente designados para receber ou 12
tratamentos semanais de TCM ou 12 semanas do FDA-approved GnRH- α tratamento. O protocolo (NCT00034047) é financiado pelo Centro
Nacional de CAM (NCCAM). Isso provavelmente irá revelar-se um estudo marco na terapia endometriose alternativa.

Um grande número de estudos clínicos, assim como experiências com animais demonstraram a eficácia eminente de CHM e
acupuntura no tratamento da endometriose. No entanto, em grande escala, de multi-centro,, pesquisas clínico duplamente cego e controlado
por placebo que deve ser realizada no futuro e deve ser estabelecida uma terapia padrão de TCM.

Infertilidade

TCM tem uma longa história no tratamento da infertilidade. Os primeiros registros de tratamento da infertilidade com TCM pode
Zhou e Qu Afr. J. Trad. CAM ( 2009) 6 (4): 494-517 497

ser datado de 200 dC nos famosos clássicos médicos, Tratado sobre doenças febris. De acordo com as teorias de TCM, a infertilidade pode ser
o resultado de vários tipos de síndromes. Ela pode ser causada por uma deficiência nos órgãos nos rins e fígado, o que perturba o sistema
endócrino. Isso cria um desequilíbrio de hormônios no corpo, fazendo com que a reprodução sexual impossível. A infertilidade também pode
ser o resultado de Qi estagnado (energia) e sangue; esta falta de circulação stymies reprodução sexual, embora os níveis hormonais são
normais. a estagnação do sangue é comumente encontrada em corpos das mulheres como a endometriose, que também podem ser tratadas
através do uso de acupuntura e CHM. Finalmente, uma síndrome de calor húmido pode causar infertilidade que faz com que os sistemas
internos funcionam de forma inadequada. A presença de uma síndrome de calor húmido é muito parecido com a inflamação e provoca o
bloqueio que deve ser aliviada por reprodução sexual a ser possível.

Na China moderna, TCM é usado para tratar a infertilidade em homens e mulheres. Embora não erva chinesa indivíduo é considerado particularmente útil para promover a

fertilidade, mais do que 100 ervas diferentes, geralmente dado em fórmulas complexas que compreendem de 12 ou mais ingredientes, são utilizados no tratamento da infertilidade com a

finalidade de corrigir um problema funcional ou orgânica que causou infertilidade. O design das fórmulas variou pouco ao longo dos séculos, com base nas teorias vigentes e os recursos

disponíveis. praticantes da MTC individuais têm uma preferência para determinadas ervas, o que representa algumas das variações entre as fórmulas que são recomendados. Ervas pode ser

administrado na forma de comprimidos, pós, comprimidos, ou decocções (chás). Todos os métodos de administração podem ser eficazes. médicos chineses parecem confiantes de que a

maioria dos problemas de fertilidade pode ser superado exclusiva ou principalmente com o uso de CHM e acupuntura. Embora a maioria dos livros de medicina descrevem métodos chineses

de tratamento da infertilidade não mencionar a acupuntura, terapia de acupuntura pode tratar sintomas particulares de preocupação tanto diretamente relacionada ou não à infertilidade, e

pode ser influente para acelerar o desenvolvimento de fertilidade normal. No caso em que a infertilidade é principalmente devido aos distúrbios funcionais, é possível que a acupuntura por si

só poderia resolver o problema. acupuntura pode tratar sintomas particulares de preocupação tanto diretamente relacionada ou não à infertilidade, e pode ser influente para acelerar o

desenvolvimento de fertilidade normal. No caso em que a infertilidade é principalmente devido aos distúrbios funcionais, é possível que a acupuntura por si só poderia resolver o problema.

acupuntura pode tratar sintomas particulares de preocupação tanto diretamente relacionada ou não à infertilidade, e pode ser influente para acelerar o desenvolvimento de fertilidade normal.

No caso em que a infertilidade é principalmente devido aos distúrbios funcionais, é possível que a acupuntura por si só poderia resolver o problema.

Uma revisão recente dando uma visão geral do uso potencial do TCM no tratamento da infertilidade, incluindo uma avaliação com
base em provas da sua eficácia e tolerância, mostrou que a crescente popularidade do TCM usado sozinho ou em combinação com a
medicina ocidental destaca a necessidade de examinar os prós e contras de ambas as abordagens ocidental e TCM. Integrar o princípio e
conhecimento de bem caracterizado TCM e abordagens médicas ocidentais deveriam se tornar uma tendência em práticas clínicas existentes
e servir como uma melhor metodologia para tratamento da infertilidade (Huang e Chen, 2008). Estudos recentes demonstraram que o TCM
poderia regular a hormona libertadora de gonadotropina (GnRH) para induzir a ovulação e melhorar o fluxo sanguíneo do útero e alterações
menstruais de endométrio (Huang e Chen, 2008). Além do que, além do mais,

Uma fórmula medicinal chinesa (consistindo em Cuscutae sémen, Radix dipsaci, Radix polygoni Radix Preparata Polygoni
multiflori, Fructus lycii, Herba lycopi, Herba leonuri, Radix angelicae sinensis, Radix Paeoniae rubra, Rhizoma cyperi, etc), quando combinado
com a medicina ocidental, ganhou uma taxa eficaz total de
81,25% no tratamento de 64 pacientes com infertilidade anovulares (Yan et al., 2003). A terapia combinada de CHM e acetato de ciproterona
composto pode aliviar significativamente os sintomas clínicos, melhorar o nível sanguíneo anormal de hormonas sexuais e elevar
significativamente a taxa de gravidez dos pacientes da SOP não-obesidade, em que, Guishao Dihuang decocção (consistindo em Radix
Rehmanniae, Fructus corni, Rhizoma dioscoreae, Cortex lycii, Cortex moutan, Poria, Radix dipsaci, sémen Cuscutae, Radix angelicae sinensis
e Radix Achyranthis bidentatae), Cupailuan decocção (consistindo em Radix sinensis angelicae, Radix Paeoniae rubra, etc), Yulinzhu decocção
(consistindo de sémen Cuscutae, Cortex eucommiae, Placenta hominis, Cornu Cervi Degelatinatum, Radix Rehmanniae), Shixiao San
(consistindo em Pólen typhae, Rhizoma cyperi, Radix linderae, Herba lycopi, Radix Rubiae, Herba Leonuri, Fructus Crataegi, Radix Polygoni,
Radix Preparata Polygoni multiflori, Radix dipsaci, sémen Cuscutae) e Cangfu Daotan Wan (consistindo em Herba Epimedii, Radix
Rehmanniae, Rhizoma dioscoreae Fructus Corni, Cortex moutan, Sclerotium poriae Cocos Rhizoma alismatis, Cortex eucommiae, Semen
Cuscutae, Rhizoma cyperi, etc) foram usados, respectivamente (Tao et al., 2003) .Yangjing Zhongyu decocção (YZD) foi encontrado para
acalmar o fígado e nutrir o rim, promover e MMP-9 a expressão do gene no endométrio para beneficiar a degradação da matriz extracelular de
endométrio, e facilitar a implantação de blastocistos (Wu e Zhou, 2004). Numa outra investigação clínica a explorar os efeitos da Nuzhen
Yunyu decocção (NYD, uma receita chinesa para nutrir sangue e reforçando o rim) sobre os parâmetros hemodinâmicos em artérias do ovário
e uterino, 68 pacientes foram aleatoriamente divididos em dois grupos, na proporção de 2: 1 , 45 no grupo de TCM foram tratados com
medicina chinesa e 23 no grupo de controlo tratado com citrato de clomifeno e os resultados mostraram que a ovulação promover a taxa, a
taxa de gravidez e a taxa de aborto nos dois grupos foram semelhantes, mas o grupo tratado mostrou efeitos melhores do que a do grupo de
controlo em aspectos tais como a regulação da menstruação, promover o crescimento e desenvolvimento do folículo, fortalecendo endométrio,
melhorando o fornecimento de sangue e de circulação do útero e dos ovários (Xia et al., 2004). Uma fórmula-Xiaokang medicinal chinesa Wan
(consistindo em Radix miltiorrhizae Salviae, Flos carthami, Radix angelicae sinensis, Radix scutellariae, Radix astragali, Rhizoma
Anemarrhenae, Sclerotium poriae Cocos etc), quando usado em conjunto com dexametasona, vitamina E e vitamina C, pode reduzir ou
eliminar a influência de anticorpos no soro de pacientes em
Zhou e Qu Afr. J. Trad. CAM ( 2009) 6 (4): 494-517 498

gravidez, atingindo assim o objectivo de curar a infertilidade, em que 2.062 casos foram tratados periodicamente durante 2 períodos como um curso de
tratamento e no final de um período de tratamento, a taxa para os anticorpos para transformar negativo atingiu mais de 85% e a média grávida taxa
atingiu 36,66% (Du et al., 2005).
Além disso, dois relatos de casos também têm demonstrado os efeitos curativos satisfatórios de ervas chinesas no tratamento da
infertilidade feminina (Chao et al, 2003;.. Qu et al, 2007). No primeiro relatório, o paciente com insuficiência ovariana prematura (POF) e
amenorréia secundária por 8 anos apresentaram ovulação após a administração de ervas chinesas por 3 meses (Chao et al., 2003). No caso,
o TCM concentrado de extractos de ervas Radix Rehmanniae, Rhizoma dioscoreae, Fructus lycii, Fructus corni, Cyathulae, sémen Cuscutae,
Cornu cervi pantotrichum, Carapax et plastrum testudinis, Herba Epimedii e Radix morindae officinalis foram prescritos, que eram uma
modificação de uma fórmula medicinal chinesa famosa - Zuo Gui Wan. Quando o paciente interrompeu o tratamento CHM e fechar a terapêutica
com citrato de clomifeno, nem ovulação nem a concepção ocorreu. Oito meses após o início da terapia de citrato de clomifeno, as
concentrações de hormona folículo-estimulante (FSH) e hormona luteinizante (LH) ainda estavam na gama de pós-menopausa. A fórmula
modificada de Zuo Gui Wan foi prescrito novamente e o paciente concebido um mês depois de tomar a fórmula. O processo sugerido que
CHM restaurado função ovariana eficazmente e prontamente, e oferecida uma outra opção para o tratamento de infertilidade em pacientes
com POF (Chao et al., 2003). No segundo relatório, um paciente que sofria de amenorréia secundária por 6 anos e infertilidade primária para 2
anos devido à atrofia pituitária foi curado com sucesso com ervas chinesas. Depois de ervas chinesas administrados por via oral ( Radix
Rehmanniae, Radix astrágalos, Radix angelicae sinensis, Radix Codonopsis Pilosulae, Rhizoma Dioscorea, Fructus Corni, sémen Cuscutae,
Fructus Rubi, Radix dipsaci, Rhizoma cyperi, Radix Salviae miltiorrhizae, Cortex cinnamomi, Fructus psoraleae, Fructus ligustri lucidi, Herba
leonuri) para 1 mês, o paciente menstruou uma vez e ficou grávida depois (Zhou e Qu, 2007). Bushen Yugong grânulo (consistindo em Radix
rehmannia, Semen Cuscutae, Cortex eucommia, Fluoritum, Fructus Corni, Placenta hominis, Cornu Cervi pantotrichum, Radix Salviae
miltiorrhizae, etc) também foram encontrados a ter uma actividade do tipo estrogénio, o que poderia aumentar o conteúdo do endométrio de
receptor de estrogénio (ER), aumentar o efeito do estrogénio no útero e promover o desenvolvimento do útero, assim como para elevar a taxa
de fertilização (Qian et al., 1998).

O efeito de ervas chinesas no tratamento da infertilidade também foi demonstrada em animais modelo. Em um estudo experimental, após o
eixo glândula sexo e glândula supra-renal de ratos SD do sexo feminino de 9 dias de idade foram perturbados com androgénio exógeno, ervas chinesas
(incluindo Radix Aconiti lateral preparata, Cortex cinnamomi, Herba Epimedii, Semen Cuscutae, Rhizoma polygonati, psoraleae Fructus e Radix
Rehmanniae) Foram administrados por via oral e os resultados mostraram que estas ervas poderia reduzir os níveis de androgénio e induzir a ovulação
através da regulação sexo eixo glândula e glândula supra-renal em multi-níveis e multi-órgãos alvo (Gui et al., 1998).

acupuntura auricular também parece oferecer uma terapia alternativa valiosa para a infertilidade feminina devida a distúrbios hormonais
(Gerhard e Postneek, 1992). Seguindo um ginecológica completa - processamento endocrinológica, 45 mulheres inférteis que sofrem de
oligoamenorréicas (n = 27) ou insuficiência lútea (n = 18) foram tratados com acupuntura auricular, e os resultados foram comparados com aqueles de
45 mulheres que receberam um tratamento hormonal. As mulheres tratadas com acupuntura tiveram gestações 22, 11 depois de acupuntura, 4
espontaneamente e 7 após medicação apropriada. As mulheres tratadas com hormonas tinham 20 gravidezes, 5 espontaneamente, e 15 em resposta
à terapia. Quatro mulheres de cada grupo tiveram abortos (Gerhard e Postneek, 1992).

Embora CHM e acupuntura foram encontrados a ter vantagens significativas no tratamento de infertilidade, falta de modelos animais padrão e
a falta de sistemas em larga escala, de multi-centro,, pesquisas clínicos duplamente cegos e controlados com placebo randomizados têm limitado as
práticas de tratamento de infertilidade com TCM. Novas pesquisas devem ser realizadas para resolver os problemas.

dismenorréia

Em TCM, os detalhes específicos do ciclo menstrual (duração, de volume, aparência de fluxo, etc) são apenas os fenómenos de
superfície. As causas subjacentes de distúrbios menstruais são a disfunção dos órgãos internos; desarmonia do Qi, sangue e fluidos corporais;
desequilíbrio dos meridianos Ren e Du; ea irregularidade da essência do rim.

Em qualquer tipo de perturbação menstrual, sangue é crítica. Para a regulação do ciclo menstrual, regulando sangue é sempre
necessário. Radix sinensis angelicae, Radix Paeoniae rubra e Radix Rehmanniae pode funcionar para alimentar o sangue e regular o ciclo
menstrual. Radix sinensis angelicae no topo da lista de problemas ginecológicos. O “ginseng feminino” pode tonificar o sistema reprodutor
feminino, aliviar a dor menstrual, regular o ciclo menstrual, reduzir a síndrome pré-menstrual e aliviar muitos sintomas da menopausa.

Os seguintes três padrões de distúrbios menstruais são muito comuns e tem sido enfatizada por praticantes da medicina chinesa
por centenas de anos.
Desarmonia do fígado, baço e rins: Este padrão inclui períodos irregulares e dismenorréia. Também são indicados potencial hemorragia
profusa e amenorreia. Este padrão está sempre conectado às emoções. Ding Jing Tang é a principal receita para este tipo de distúrbios
menstruais. Ding Jing Tang consistia raiz
Zhou e Qu Afr. J. Trad. CAM ( 2009) 6 (4): 494-517 499

Bupleuri chinensis, Herba Schizonepetae, Radix angelicae sinensis, Radix Paeoniae lactiflorae, Rhizoma dioscoreae, Rhizoma smilacis
glabrae, Semen Cuscutae, Radix Rehmanniae preparata. Esta fórmula foi prescrito pelo Dr. Fu Qingzhu em seu famoso livro, Fu Qingzhu de Ginecologia,
escrito em 1827. Este é um dos mais importantes livros ginecológicas em TCM. Suas fórmulas ainda são o padrão nos livros didáticos
modernos. Nesta fórmula, Radix Bupleuri chinensis e Herba Schizonepetae aliviar o fígado, Rhizoma dioscoreae e

Sclerotium poriae cocos fortalecer o Baço, Cuscutae sêmen e Radix rhmanniae tonificar o kiney. Todas estas ervas ajudam Radix angelicae
Sinensis e Radix rubra peoniae para “amaciar e conforto” do fígado, nutrir o sangue e regular a menstruação. É uma fórmula equilibrada.

Padrão Calor excessivo: Este padrão inclui períodos iniciais, a menstruação pesada, sangramento abundante, dismenorréia com sintomas
como ansiedade, sensação febril, boca seca, coágulos roxas na menstruação, distensão peito, dor hipocondríaca ou distensão abdominal.
Qing Jing Tang é a principal receita para distúrbios menstruais de excessiva Tipo Heat. Esta fórmula também foi prescrito pelo Dr. Fu Qingzhu
em seu Ginecologia do Fu Qingzhu.

Excessiva Padrão Fria: Este padrão inclui períodos escassos (oligomennorrhea), períodos retardados, amenorreia, dismenorreia ou. Os
principais sintomas incluem estase de sangue com períodos, membros frios, dor abdominal com períodos, e aversão ao frio. Wen Jing Tang é a
principal receita para distúrbios menstruais do tipo frio. Esta fórmula foi prescrito pelo Dr. Chen Ziming em seu livro, Prescrições finas para as
Mulheres, escrito em 1237 durante a dinastia Song.

Dismenorréia é um dos distúrbios menstruais mais comuns que influenciam diretamente a qualidade de vida de uma mulher.
Dismenorreia refere-se a diminuir a dor abdominal ou outros desconfortos antes, durante ou após a menstruação. Se a dismenorréia começa a
partir da menarca, ela é chamada dismenorreia primária (dismenorréia funcional). Os pacientes que sofreram com a dismenorréia primária não
têm mudanças patogênicas em seus órgãos genitais. Se a dismenorreia emerge após a ocorrência da menarca, é chamado dismenorreia
secundária, os quais são muitas vezes causada pela endometriose, adenomiose, doença inflamatória pélvica crónica, tuberculose pélvica, tumor,
cervicite, entre os quais a endometriose é a mais comum. Como os pacientes que sofriam de dismenorreia primária não têm mudanças
patogênicas em seus órgãos genitais, que pode ser curada por CHM e acupuntura.

Dismenorréia foi documentada pela primeira vez em Sinopse de Prescrições da Câmara Dourada por Zhongjing Zhang da dinastia
Donghan (AD196). De acordo com TCM, dismenorreia primária é geralmente causada por factores emocionais, invasão de seis factores
patogénicos exógenos e estagnação de Qi e de Sangue; ou por retenção do sangue no Paogong devido à depressão do fígado e Qi estagnação
resultante de perturbações emocionais; ou por Colddampness atacando o Lower Jiao e hospedagem na Paogong devido a andar na água durante
a menstruação ou sentado no chão úmido; ou por deficiência constitucional de Qi e de sangue, ou o consumo de Qi e de sangue devido a doenças
graves e doença prolongada.

Acupunctura tem um efeito terapêutico fiável em dismenorreia primária, a qual é superior à de Somiton comprimido, e o mecanismo
pode ser exercida através do controlo de prostaglandina F 2α ( PGF 2α) nível de fluido menstrual (Lin et al., 2008). Acupuntura em tais acupontos
como Taixi (KI-3), Gongsun (SP-4), Zusanli (ST-36), Tianshu (ST-25), Guilai (ST-29), Qichong (ST-30), Guanyuan (CV -4) podem ser utilizados
para tratar a dismenorreia, especialmente para tratar os indivíduos em quem os contraceptivos orais são contra-indicados ou recusados ​(Iorno et
al., 2008). Li, et ai (Li et al., 2008) observou o efeito terapêutico de acupuntura em pontos Siguan com método Qinglong Baizei em dismenorreia
primária e para explorar o mecanismo. Na pesquisa, cento e oitenta casos de dismenorreia primária foram divididos aleatoriamente em grupo A,
grupo B e o grupo C, 60 casos em cada grupo. Grupo A foram tratados por acupuntura em Hegu (LI-4) e Taichong (LR-3) com o método de
Qinglong Baiwei; grupo B foram tratados por acupunctura de rotina com Sanyinjiao (SP-6) e Ciliao (BL-32) como os principais pontos de
acupuntura; e grupo C foram tratados por administração oral de Yueyueshu decocção, uma fórmula medicinal chinesa. Os resultados mostraram
que a taxa de cura e a taxa efectiva total foram 75,0% e 100,0% no grupo A, 60,0% e 95,0% no Grupo B e 25,0% e 90,0% no grupo C,
respectivamente, o grupo A e B sendo significativamente melhor do grupo C. Os efeitos analgésicos no prazo de 30 min de tratamento em ambos
os grupos a e B foram significativamente melhores do que no grupo C, e que no grupo a era significativamente melhor do que no grupo B é, em
seguida, concluiu-se que a acupuntura Siguan pontos com o método Qinglong Baiwei tem um efeito terapêutico significativo em dismenorreia
primária. Numa outra investigação clínica para observar os efeitos terapêuticos de acupuntura no tratamento de dismenorreia primária combinado
com Tuiná espinal, trinta casos do grupo de tratamento foram tratados por acupuntura combinado com Tuiná espinal, e trinta casos no grupo de
controlo foram tratados por acupunctura de rotina. A taxa eficaz total foi de 93,3% no grupo de tratamento, e de 73,3% no grupo de controlo, com
uma diferença significativa entre os dois grupos, indicando que a acupuntura combinado com Tuiná espinhal tem boas perspectivas para o
tratamento de dismenorreia primária (Guo e Meng, 2008 ). Um estudo que avalia os efeitos analgésicos e terapêuticos de
electrosuperficial-acupunctura de Sanyinjiao (SP-6) para o tratamento de dismenorreia primária descobriram que os efeitos analgésicos de ambos
electrosuperficial-acupuntura e superficial-acupuntura em Sanyinjiao (SP-6) para pacientes dismenorreia primária foram significativamente
melhores do que da administração oral de Brufen (Zhi, 2007). Acupuntura em pacientes com dismenorreia foi encontrado para ser associada com
melhorias na dor e na qualidade de vida, em comparação com o tratamento com o cuidado habitual sozinho e para ser rentável dentro de limites
usuais em um
Zhou e Qu Afr. J. Trad. CAM ( 2009) 6 (4): 494-517 500

estudo randomizado (Witt et ai., 2008). O mecanismo central de modulao de acupuntura em Sanyinjiao (SP-6) no tratamento de dismenorreia
primária foi demonstrada num estudo (Gong et al., 2006). Vitamina K injeção ponto de acupuntura, um tratamento de dismenorréia derivada de
TCM, também tem sido um tratamento padrão em alguns hospitais na China desde os anos 1980. Uma pesquisa recente mostrou que a injeção
ponto de acupuntura com a vitamina K pode aliviar a dor menstrual aguda, eo alívio estendida através dos não tratamento ciclos de
acompanhamento em um estudo piloto não controlado, que foi realizado em dois países (Wang et al., 2004). Acupuntura em tais acupontos como
Baihui (DU-20), Hegu (LI-4), Zhongji (CV-3), Guanyuan (CV-4) e Qihai (CV-6) também demonstrou efeitos curativos satisfatórios no tratamento da
dismenorreia primária ( Habek et al., 2003).

Acupuntura pode melhorar o sintoma dismenorreia, em certa medida, e o mecanismo é possivelmente relacionado com efeitos
reguladores de acupuntura sobre os receptores de hormonas medeiam em ratinhos (Yang e Huang, 2008). Nas experiências com animais, os
ratinhos adultos com nenhuma gravidez foram divididos aleatoriamente em um grupo normal, um grupo modelo, um grupo de acupuntura e um
grupo medicação. O grupo modelo, o grupo de acupuntura e o grupo de medicamentos foram modelados por dietilestilbestrol e ocitocina. Para
o grupo de acupunctura, no sétimo dia de modelagem, acupuntura foi dada em Sanyinjiao (SP-6), Diji (SP-8), uma vez por dia, durante 5 dias;
e no sétimo dia de modelagem, Yimucao Gao 0,6 mg / g, foi dada intra-gastricamente para o grupo medicação durante 5 dias. Foram
observados o período latente alongamento e o número de alongamento no prazo de 30 minutos,

Como o tratamento convencional para a dismenorreia primária tem uma taxa de falhas de 20% para 25% e pode ser contra-indicada ou não
tolerada por algumas mulheres, além de acupuntura, CHM pode ser um outro tratamento alternativo adequado. Tongjing pó, uma fórmula medicinal
chinesa, pode melhorar o estado de circulação sanguínea e tratar a dismenorreia eficazmente (Wu et al., 1998). Uma revisão recente encontrou
evidências promissoras apoio à utilização de CHM para dismenorréia primária; no entanto, os resultados são limitados pela baixa qualidade
metodológica dos ensaios incluídos (Zhu et al., 2008).

Embora CHM e acupunctura tem efeitos curativos satisfatórios no tratamento de dismenorreia, especialmente a dismenorreia
primária, a maioria dos estudos clínicos, não são em larga escala, multicêntrico, aleatorizado, duplamente e os clínicos controlados por
placebo, que deve ser tratada no futuro.

sangramento uterino anormal

hemorragia uterina anormal é geralmente causada por constituição fraca, insuficiência do rim Qi, fraqueza de Chong e Ren
meridianos para controlar a menstruação, ou a relação sexual excessivo e prejudicar multiparidade que rim Qi. A síndrome devem ser
diferenciadas de acordo com a quantidade, cor e textura alterações da hemorragia em função das condições de língua e de impulso, assim
como a duração da doença. Além disso, a idade também é um fator importante a ser levado em consideração. Por exemplo, os pacientes na
puberdade são geralmente devido a insuficiência de Qi do Rim; os pacientes em idade fértil são frequentemente devidos a Fígado Estagnação
e Sangue de calor, e os pacientes durante o período de perimenopausa são muitas vezes devido a deficiência do fígado e rim ou deficiência
de Qi do Baço.

A diminuição lenta de óxido nítrico soro (NO) e de plasma guanosina monofosfato cíclico (cGMP) níveis verificou-se estar
estreitamente relacionado com hemorragia prolongada após aborto médico, e mistura Gong-Fu, uma fórmula medicinal chinesa é eficaz na
prevenção e tratamento de a hemorragia prolongada (Liao et al.,
1999). Yaoliuan Cápsula (YLAC) diminuiu significativamente o tempo de hemorragia vaginal após aborto induzindo em comparação com os
controlos (Jin e Zhang, 2000). A diferença entre os dois grupos no ciclo menstrual e recuperação período menstrual após aborto também era
significativa. YLAC consistia Radix Angelica sinensis, Rhizoma ligusticum wallichii, sémen persicae, Flos carthami, Radix notoginseng, Colla
corii asini, typhae pólen, Radix astrágalo, Herba leonuri, Radix rubiae, scutellaria Radix, Radix Glycyrrhiza, Rhizoma Zingiber e Ophicalcitum. ChanLe
Chongji, outro fórmula medicinal chinesa também foi demonstrado ser eficaz para reduzir o sangramento após o aborto (Zhao et al., 1999).

Devido às características de ataque agudo, alguns de grande escala, multicêntrico, pesquisas clínico duplo-cego e controlado por
placebo randomizado foi realizado para explorar os efeitos do TCM no tratamento da doença. Um modelo animal apropriado precisa ser
estabelecido.

Síndrome pré-menstrual

síndrome pré-menstrual (PMS) refere-se a um conjunto de sintomas físicos e / ou psicológicos cíclicas que surgem durante a fase
luteal tardia do ciclo menstrual. Esta síndrome é causada geralmente por Liver
Zhou e Qu Afr. J. Trad. CAM ( 2009) 6 (4): 494-517 501

depressão e estagnação do Qi levando a transformação de Fogo e perturbador espírito cardíaca; ou pela invasão do fígado Qi no baço e
estômago; ou por constitucional astenia Yin; ou astenia constitucional do baço e rim. É claro que esta síndrome é causada principalmente por
uma disfunção do fígado e está relacionado com o coração, baço e rim. De acordo com os sintomas clínicos, esta síndrome se refere às
concepções de dor de cabeça durante a menstruação, febre durante a menstruação, dores no corpo durante a menstruação, edema durante a
menstruação, diarreia durante a menstruação, tonturas durante a menstruação, alterações emocionais anormais durante a menstruação e dor
distensão nos seios durante a menstruação em TCM, geralmente conhecidos como sintomas antes e após a menstruação.

Em registros médicos clássicos chineses, a primeira discussão de sintomas pré-menstruais e menstruais remonta à dinastia Ming
(1368-1644 dC). Dentro O apêndice de métodos experimentais de Dan-xi, Fang aconselhável que para diagnosticar casos de sensação febril
em doenças das mulheres, deve-se verificar se ocorreu durante a menstruação ou também em outros momentos. Dentro Ye Tianshi
Ginecológica Records, até 22 sintomas pré-menstruais foram registradas, tais como edema, sensação febril, dor no hipocôndrio, diarreia, dores
no corpo, cólicas abdominais e redução do apetite.

Esta síndrome é clinicamente dividida em tipos excesso e deficiência. O tipo Deficiência é marcado por Rim Deficiência e Baço
Deficiência. A síndrome de excesso é marcado pela estagnação do Qi. As vísceras envolvidas são o fígado, o baço e rim. Como os sintomas
clínicos são complicadas, a diferenciação síndrome clínica deve ser feita à luz do tempo, localização e natureza dos sintomas, bem como as
condições da língua e pulso.

Um estudo foi feito para examinar os efeitos de CHM para o tratamento de PMS entre as mulheres australianas no quadro teórico
de TCM, em que, sessenta e uma mulheres foram distribuídos aleatoriamente em dois grupos dentro de diferentes padrões da MTC. Houve
diferenças significativas após três meses de tratamento entre CHM e placebo em pré-menstrual sintomas físicos e psicológicos, depressão,
ansiedade e raiva, mas com nenhuma diferença no estresse percebido, sugerindo que a ocorrência sintomas e gravidade da PMS pode ser
reduzida pelo uso de CHM (Chou et al., 2008).

Um experimento animais também tem sido feito para confirmar a eficácia de ervas chinesas no tratamento de PMS (Qiao et al.,
2007). Como macacos rhesus ( Macaca mulatta) tem uma estreita relação filogenética para os seres humanos, e tem um ciclo menstrual de 28
dias semelhante com as variações hormonais semelhantes, no estudo, os autores tentam estabelecer o síndrome pré-menstrual, depressão do
macaco rhesus ( M. mulatta) modelos de isolamento, com contenção física de status social macacos jovens do sexo feminino baixos durante a
sua fase lútea e status social jovens macacos rhesus femininos baixos ( M. mulatta) Foram isolados com contenção física durante a fase lútea,
utilizando um isolando-gaiola especificamente concebido. Durante todo o ciclo de menstruação, os níveis de soro de 5-hidroxitriptamina, de
noradrenalina e adrenalina foram detectados por electroforese de zona capilar, e as alterações nos níveis séricos de progesterona, estradiol (E 2)
e a prolactina foram investigados por meio de radioimunoensaio. Ao mesmo tempo, o efeito de interferência farmacêutica de Jingqianshu
grânulo, uma fórmula TCM especificamente usada para curar pacientes com depressão pré-menstrual, foi testado utilizando este modelo de
macaco síndrome pré-menstrual, depressão. O estudo mostrou que, após ter sido aprisionada em dois ciclos menstruais consecutivos, os
macacos tinham sintomas depressivos durante a fase pré-menstrual de três ciclos menstruais consecutivos. Os teores séricos de três tipos de
neurotransmissores de monoamina em macacos depressivos foram significativamente maiores do que os normais. Os níveis séricos de
prolactina aumentada de progesterona e, obviamente, e uma mudança marcada no padrão de secreção de progesterona poderia ser
observada. Além disso,

Além CHM, há mais de 20 estudos relatando os efeitos da acupuntura no tratamento da PMS. Um estudo (You, 1997) classificaram
os pacientes em um grupo com Yang Deficiência do Baço e do Rim e outro grupo com a estagnação do Qi do Fígado. Taichong (LR-3), Taixi
(KI-3), Qihai (CV-6), Ganshu (BL-18), Tanzhong (CV-17), e Sanyinjiao (SP-6) foram utilizados como os principais acupontos na primeiro grupo
e Zusanli (ST-36), Pishu (BL-20), Shenshu (BL-23), Taixi (KI-3), Sanyinjiao (SP-6) e Guanyuan (CV4) no outro. Acupuntura no tratamento do
edema durante a menstruação também foi reportado como eficaz em dois estudos (Li, 2002, Liu et al., 2002). O primeiro estudo apenas
utilizado Fuliu (KI-7) como o ponto, e o segundo estudo utilizou Zhongwan (CV

12), Qihai (CV-6), Hegu (LI-4), Zusanli (ST-36), Sanyinjiao (SP-6) como os principais pontos. Dor de cabeça durante a menstruação também
poderiam ser tratados por acupunctura, um estudo (Zhang e Fu, 2001) seleccionado Fengchí (GB-20) como o ponto de acupuntura principal e outro
estudo (Sun, 1999) usado Baihui (DU-20), Qihai (CV 6), Guanyuan (CV4), Sanyinjiao (SP-6), e Zusanli (ST-36), como os pontos de acupuntura, em
conjunto com ervas chinesas. Estes estudos demonstraram que os sintomas da SPM pode ser aliviada por acupunctura ou acupunctura em conjunto
com outros meios (Beal, 1999).

Em larga escala, multicêntrico,, pesquisas clínico duplamente cego e controlado por placebo que são necessários para demonstrar melhor
a eficácia do CHM e acupuntura no tratamento de PMS. Além disso, os modelos animais baratos de PMS devem ser estabelecidos a seguir.
Zhou e Qu Afr. J. Trad. CAM ( 2009) 6 (4): 494-517 502

síndrome da menopausa

A maioria das mulheres em seus anos pós-menopausa podem experimentar uma variedade de sintomas vasomotores e psicológicos, tais como afrontamentos, suores

nocturnos, irregularidades menstruais, secura vaginal, depressão, tensão nervosa, palpitações, dores de cabeça, insônia, falta de energia, dificuldade de concentração e tonturas . Gestão da

síndrome da menopausa tem recebido maior atenção nos últimos anos devido ao crescente interesse na saúde da mulher e do maior número de mulheres que entram os anos de

menopausa. Embora a tendência atual é a de tratar mulheres climatéricas com várias formas de terapia de reposição hormonal (TRH), muitas mulheres não preferem ou não pode tomar

HRT. Em julho de 2002, a Iniciativa Heath (WHI) julgamento da Mulher clínica, projetado para esclarecer os riscos e benefícios da combinação HRT para as mulheres na pós-menopausa,

após um acompanhamento médio de 5,2 anos, descobriram que uma combinação de estrogénio e progestina frequentemente prescritos para mulheres na pós-menopausa em EUA

aumentou o risco de cancro da mama invasivo, doença cardíaca, acidente vascular cerebral, e embolia pulmonar, enquanto reduzida fracturas ósseas e o cancro colo-rectal. Os riscos globais

da HRT superam os benefícios, que proporcionam uma oportunidade para TCM vai para o mundo. Uma variedade de evidências clínicas e experimentais mostraram que TCM exerce efeitos

muito satisfatórios no alívio dos sintomas pós-menopáusicas com poucos efeitos adversos (Chen e Yang, 2003). que fornecem uma oportunidade para TCM vai para o mundo. Uma

variedade de evidências clínicas e experimentais mostraram que TCM exerce efeitos muito satisfatórios no alívio dos sintomas pós-menopáusicas com poucos efeitos adversos (Chen e

Yang, 2003). que fornecem uma oportunidade para TCM vai para o mundo. Uma variedade de evidências clínicas e experimentais mostraram que TCM exerce efeitos muito satisfatórios no

alívio dos sintomas pós-menopáusicas com poucos efeitos adversos (Chen e Yang, 2003).

Não há nenhum nome correspondente a menopausa síndrome em antigos livros de TCM. As manifestações clínicas são
semelhantes às de histeria, melancolia, vertigem, dor de cabeça, palpitações, insónias, et al. À luz da teoria do TCM, síndrome da menopausa
geralmente é causada pelo declínio do Rim Qi, perto de esgotamento dos Tiangui, Deficiência dos meridianos Chong e Ren ou a insuficiência
de Essência e Sangue antes e após a menopausa. Em um famoso antigos clássicos médicos chineses, Ouro Mirror of Lineage Medical
Ortodoxa · Essentials de Gynecopathy em verso, ele diz, “Tiangui, a substância necessária para a promoção do crescimento, desenvolvimento
e função reprodutiva de corpo humano, é a fonte da menstruação. O congênita “Tiangui” vem dos pais, enquanto a Essência e Sangue
resultado pós-natal a partir do material de alimento. Quando a menina é de cerca de 14 anos, os meridianos Chong e Ren obter madura e
ocorre a menstruação”. Noutra clássico,

Perguntas simples sobre Preservação da congênito primário Qi dos povos antigos, ele diz, “Quando as mulheres são cerca de 49 anos de idade, o
meridiano Chong está falhando na função, e a menstruação cessa. Ao mesmo tempo, a constituição pode gradualmente ficar mais fraca e a
fertilidade cessa”. Ou seja, quando uma mulher é de cerca de 50 anos de idade, o rim Qi é insuficiente. O Rim Yin e Yang do Rim cair em um
estado de desequilíbrio e uma série de sintomas clínicos aparecerá.

O principile de reforçar o rim tem se mostrado eficaz no tratamento da síndrome da menopausa (Wang e Wei, 2008). Em uma
revisão, constatou-se que os praticantes do TCM que diagnosticam as mulheres na pós-menopausa com sintomas vasomotores são susceptíveis
de fazer um diagnóstico que inclui Rim Yin Deficiência (Zell et al.,
2000). Um estudo piloto comparando os efeitos clínicos de Jia-Wey Shiau-Yau San (JWSYS), uma receita tradicional chinesa e um TSH
combinada contínua em mulheres pós-menopausa com sintomas climatéricos mostrou que JWSYS efetivamente aliviados maioria dos sintomas
da menopausa sem diferenças significativas com a HRT, e JWSYS tinha uma taxa de retirada relativamente menor devido a efeitos adversos, em
especial, a sensibilidade da mama e sangramento (Chen e Yang, 2003). Zhengan Xifeng decocção (consistindo de Radix Achyranthis Bidentatae,
Radix Paeoniae rubra, Radix Asparagi, Radix Scrophulariae, ostras, etc.) mostrou bons efeitos curativos no tratamento de síndrome da
menopausa (Li et al., 2003). Um estudo desenhado para examinar os efeitos de uma preparação à base de plantas chineses-Dang Gui Buxue
Tang (uma mistura 1: 5 de combinação Radix sinensis angelicae e Radix astragali) sobre os sintomas da menopausa em Hong Kong mulheres
chinesas mostrou que não houve diferença significativa entre Dang Gui Buxue Tang e placebo no tratamento dos sintomas vasomotores em
Hong Kong mulheres chinesas e a frequência de leves, moderados e graves ondas de calor diminuiu tanto em tratamento e placebo grupos, mas
Dang Gui Buxue Tang foi estatisticamente superior ao placebo no tratamento de afrontamentos moderados (Haines et al., 2008). Outro estudo
para determinar se uma preparação medicinal chinesa particular, é eficaz no alívio dos sintomas da menopausa descobriu que a pontuação dos
sintomas da menopausa melhoradas acentuadamente após tratamento com ervas chinesas e as contagens permaneceram ao mesmo nível em 6
meses (Chan et al., 2006). Um estudo controlado por placebo, duplo-cego randomizado também demonstrou claramente que ervas chinesas
poderia ajudar as mulheres com seus problemas da menopausa (Kwee et al., 2007). Na pesquisa, 31 mulheres holandesas peri e
pós-menopausa foram recrutados para completar 12 semanas de tratamento com Zhi Bai Di Huang Wan, HRT ou medicamentos placebo mais 4
semanas de não-tratamento observação de acompanhamento. Apropriada para a configuração TCM, os CHMprescriptions pode ser modificada
de acordo com os sinais e sintomas dos indivíduos para aquele momento. O ponto final principal foi a redução da frequência de sintomas
vasomotores (afrontamentos e suores nocturnos). Ponto final secundário foi as melhorias medidos no questionário de qualidade de vida SF-36 e
outros sintomas e sinais relativos ao período peri e pós-menopausa. A metodologia de avaliação escolhido na pesquisa, com seu diagnóstico
TCM diferencial após o diagnóstico medicina ortodoxa, é compatível com a prática TCM e, portanto, aceitável para os médicos chineses e
ocidentais. Zhi Bai Di Huang Wan é composto por Rhizoma
Zhou e Qu Afr. J. Trad. CAM ( 2009) 6 (4): 494-517 503

Anemarrhenae, Cortex phellodendri, Radix Rehmanniae praeparata, Fructus Corni ( Kwee, et al., 2007). A pesquisa clínica concebido para
explorar os efeitos de uma fórmula definida de ervas medicinais chinesas, Geng Nian An (consistindo de Cuscutae sémen, Fructus rubi, Radix
angelicae sinensis, Radix Paeoniae lactiflorae, Radix Bupleuri chinensis, Fructus ligustri lucidi, Rhizoma dioscoreae, Ramulus cinnamomi,
Oyster cálcio, Radix codonopsis) no alívio dos sintomas da menopausa em mulheres ovariectomizadas mostrou que existiam diferenças
significativas entre o grupo de TCM e os controlos na pontuação total de Kupperman, MI de células esfoliativas vaginais, e os níveis de FSH,
LH, e E 2 após o tratamento, indicando que ervas chinesas pode ser um tratamento alternativo útil para mulheres ovariectomizadas que sofrem
de sintomas da menopausa, que são incapazes ou não querem receber HRT (Zhou et al., 2007). isoflavona de soja também foi encontrada
para aliviar eficazmente os sintomas da menopausa (Dai et al., 2004).

Muitos experimentos realizados sobre os animais ovariectomizados também têm demonstrado a eficácia de ervas chinesas para tratar
a síndrome da menopausa. Um experimento conduzido nas ratas ovariectomizadas mostrou que uma fórmula medicinal chinesa (composto de Radix
Rehmanniae, Rhizoma Anemarrhenae, Carapax et plastrum testudinis, Fructus lycii, Herba Epimedii, e phellodendri Cortex, etc) pode aumentar a
densidade mineral óssea (DMO) e os parâmetros biomecânicos das vértebras lombares e reduzir o colesterol total no soro (TC) e lipoproteínas de
baixa densidade (LDL-C) níveis, ainda produzir nenhuma reacção adversa na estimulação da proliferação e hipertrofia de útero (Liu et al., 2006).
Os extractos de plantas medicinais chinesas também foram encontrados para ter efeitos na perda óssea deficiência de estrogénio em dez meses
de idade, os ratos fêmeas ovariectomizados, que pode ser uma nova abordagem no tratamento e prevenção da osteoporose pós-menopausa (Xu
et al., 2003). De igual modo, a administração de orchioides Curculiqo extractos foram descobertos para evitar a perda de osso no osso trabecular
da tíbia em ratas ovariectomizadas sem afectar o peso do corpo e do útero, aumentar o fósforo no soro, os níveis de cálcio e osteoprotegerina, e
diminuição da fosfatase ácida resistente ao tartarato (TRAP), e corticosterona níveis, mas não alterou o TNF-α soro, a IL-6, e os níveis de
fosfatase alcalina em ratos ovariectomizados, o que indica que

orchioides Curculiqo extracto de etanol tem um efeito protector definitiva sobre a perda óssea em ratos ovariectomizados por inibir a reabsorção
óssea e aumentar o fósforo no soro e os níveis de cálcio, sem afectar a formação de osso (Cao et al., 2008). Radix Puerariae, a raiz de uma planta
leguminosa trepadeira selvagem, contém uma quantidade elevada de isoflavonas tais como a daidzeína e a genisteína, que são conhecidos para
prevenir a perda óssea induzida por deficiência de estrogénios e Radix Puerariae foi encontrada para prevenir a osteoporose em ratos
ovariectomizados, indicando Radix Puerariae pode representar uma medicina alternativa potencial para HRT na prevenção da osteoporose em
mulheres pós-menopáusicas (Wang et al., 2003). In vivo, Shu-Gan-Liang-Xue (SGLX) decocção foi encontrada para ter efeitos sinérgicos sobre o
tamoxifeno, o que pode reduzir os níveis de hormonas no soro e aliviar a hipertrofia do endométrio, o efeito colateral do tamoxifeno (Li et al., 2003).

Além CHM, o uso combinado de acupuntura e CHM e acupuntura sozinho foram ambos encontrados a ser eficaz para o tratamento
de síndrome da menopausa (Tian e Zhang, 2008; Alfhaily e Ewies, 2008). A acupuntura também foi encontrada para resultar em uma melhoria
significativa nos sintomas da perimenopausa em mulheres que tenham tido uma ooforectomia (Qu et al., 2007). afrontamentos são um problema
significativo em mulheres que atravessam a transição da menopausa, o que pode afetar substancialmente a qualidade de vida. Uma pesquisa
recente com o objetivo de investigar os efeitos da acupuntura para diminuir as ondas de calor em mulheres peri e pós-menopausa descobriu que
houve uma diminuição significativa na frequência média das ondas de calor entre as semanas 1 e 8 em todos do grupo de cuidados habituais,
grupo da acupuntura sham, e grupo TCM acupuntura, embora as diferenças entre os três grupos de estudo não foram significativos, no entanto,
os dois grupos de acupuntura mostrou uma redução significativamente maior do que o grupo de cuidados habituais (Avis et al., 2008). Em um
estudo clínico aleatório, acupuntura foi utilizado para o alívio de flashes menopausa quentes, perturbações do sono, alterações de humor e
(Cohen et al., 2003). Os resultados do grupo de tratamento de acupuntura experimental mostrou um decréscimo significativo no grau de
severidade mensal flash quente para acupunctura específica do local. O grupo sham-acupuntura controle tiveram qualquer alteração significativa
na gravidade da linha de base através da fase de tratamento. Os distúrbios do sono no grupo de tratamento experimental acupuntura diminuiu ao
longo do estudo. alterações do humor em ambos dos dois grupos mostrou uma diferença significativa entre a linha de base e o terceiro mês do
estudo. Acupuntura utilizando locais específicos de menopausa é uma promessa para o alívio não-hormonal dos afrontamentos e perturbações
do sono (Cohen et al., 2003). Um estudo piloto para avaliar a segurança e eficácia de acupuntura para o tratamento dos sintomas da menopausa
em pacientes tratados com tamoxifeno mostraram que a ansiedade, a depressão, somáticos e vasomotores sintomas foram melhorados por
acupunctura, indicando que a acupuntura parece ser segura e eficaz para o tratamento dos sintomas de menopausa em mulheres com cancro da
mama anterior tomar o tamoxifeno (Porzio et al., 2002) .Acupuncture mostrou ser eficaz no alívio de vasomotora e perturbações físicas de
mulheres na menopausa, com os efeitos duradouros, pelo menos, até 3 meses após a cessação do tratamento ,

Embora ambas as experiências com animais e estudos clínicos têm demonstrado a eficácia do CHM e acupuntura no alívio da
síndrome menopáusica, mais pesquisas precisa ser feito para explorar o mecanismo de CHM e acupuntura no tratamento de síndrome da
menopausa e um modelo animal apropriado que simulava a condição patológica da menopausa síndrome não só do ponto de vista de TCM,
mas também da
Zhou e Qu Afr. J. Trad. CAM ( 2009) 6 (4): 494-517 504

pontos de vista da patologia deve ser estabelecido a seguir.

Miomas uterinos

Miomas uterinos são conhecidos por muitos nomes, incluindo mioma uterino, leioma, fibroma, fibromioma, ou como histeromioma;
estes são designações equivalentes de tumores benignos de tecido do músculo liso na parede uterina. Clinicamente, apenas 10-20% dos casos
fibróides requerem cirurgia e intervenções, tais como TCM pode eliminar a necessidade de cirurgia, em alguns desses casos, especialmente se
tratada precocemente. Em TCM, fibroma uterino pertence à categoria de “Zheng Xia”. Zheng Xia é definido como “massas no útero com uma
sensação de dor, inchaço, ou plenitude, e com sangramento em casos graves.” Clássico de Medicina do Imperador Amarelo gravou esta doença
no terceiro século aC. Todos os livros TCM ginecologia resolver esta condição em grande detalhe como tem sido tratado por várias escolas de
medicina ao longo dos últimos dois mil anos. Três padrões de miomas uterinos são diferenciados no TCM: Qi estagnação e estase de sangue, Yin
Deficiência e Empty-fogo ardente, fígado estagnação do Qi e Deficiência do baço.

Alguns estudos mostraram que as preparações de ervas chinesas pode ser capaz de aliviar os sintomas e diminuir o volume dos miomas,
sem efeitos adversos significativos (Huang, 2003). Isoliquiritigenina (ISL), um flavonóide calchone, possui propriedades de prevenção de cancro e é
muitas vezes utilizado em TCM. ISL foi encontrado para inibir a proliferação celular por iniciar a apoptose em células de leiomioma uterino humano,
juntamente com o aumento da paragem do ciclo celular, indicando que a ISL poderia vir a ser um agente de quimio-preventiva e terapêutica promissora
contra leiomioma uterino humano (Kim et al., 2008 ).

Herba scutellariae barbatae ( Lamiaceae) (SB) é uma erva perene que é nativamente distribuídos em toda a Coréia e no sul da
China. Esta erva é conhecida no TCM como Ban-Zhi-Lian e da medicina tradicional coreana como Banjiryun, respectivamente. SB tem sido
usado como um agente anti-inflamatório e anti-tumoral. Um estudo foi desenhado para determinar a expressão de moléculas de sinal
relacionadas com o ciclo celular para a inibição do crescimento após tratamento HCG pela erva SB em duas diferentes células humanas do
músculo liso miometrial (SMCs) e as SMC leiomyomal (Lee et al., 2004). Eles descobriram ainda que o receptor de hCG / LH estava presente
em ambas as células do miométrio e leiomyomal cultivadas, tal como ensaiado por meio de análise de RT-PCR, o tratamento com HCG
aumentou significativamente a proliferação de células em ambas as células do miométrio e leiomyomal, no entanto, SB reduziu o efeito
proliferativo de HCG em leiomioma e células do miométrio, respectivamente.

O crescimento de tumores fibróides uterinos é regulado pela realimentação complexo loops de entre hormonas esteróides sexuais e
factores de crescimento (Langevin et al., 2002) e a acupunctura tem um efeito regulador sobre a glândula pituitária, o sistema de glândula tiróide, e o
sistema nervoso central, sem apresentando a interferência farmacológica ou ter um efeito a longo prazo. Pode ser legítimo considerar a acupuntura
como uma terapia potencial para fibróides uterinos. Existem muitos tipos de acupuntura (corpo, electro, couro cabeludo, agulha alongada e agulhamento
fogo) utilizados para tratar miomas uterinos em hospitais na China, com a acupuntura corpo sendo a técnica mais comumente usada (Lan e Li, 1997).

No entanto, algumas experiências com animais foram realizadas para investigar o mecanismo de CHM e acupuntura no tratamento da
doença. O período de tratamento ea fase de acompanhamento na maioria das pesquisas clínicas sobre o tratamento de miomas uterinos com TCM não
são suficientemente longo, que deve pelo menos durar de três a cinco anos.

ART e TCM

Como muitos casais tentar engravidar mais tarde na vida, dificuldades de fertilidade são mais prevalentes. técnicas de reprodução
assistida (TRA) tornaram-se muito aceitável e popular. Para alguns casais ART é a única esperança de conceber. TCM vai melhorar muito o
resultado de procedimentos de ART. Durante a recuperação de oócitos ultrasoundguided trans-vaginal, a agulha atravessa a parede vaginal
para perfurar os folículos do ovário. Os processos são geralmente curto, durando cerca de 20 a 30 minutos, mas ainda pode ser doloroso sem
anestesia ou analgesia adequadas. Acupunctura tem sido encontrado para ser eficaz no alívio de dor durante o processo. Tão cedo quanto em
1999, um estudo foi desenhado para investigar o efeito de alívio da dor de acupuntura durante a recuperação de oócitos guiada por ultra-som
transvaginal, em que, eles randomizados 150 pacientes para receberem quer acupunctura ou analgesia convencional em adição ao bloqueio
paracervical dada a todos os pacientes e os resultados mostraram que a acupuntura teve efeito analgésico comparável como analgesia
convencional. (. Stener-Victorin et al, 1999) .No entanto, em outro dois estudos, significativamente maior nível de dor foi observado no grupo de
acupuntura que no grupo de analgesia convencional (Humaidan e Stener-Victorin, 2004;. Gejervall et al, 2005) . Um estudo randomizado, duplo
cego de 94 fertilização in vitro pacientes em (FIV), comparando os efeitos de alívio da dor entre acupuntura auricular com ou sem estimulação
eléctrica e dos grupos de controlo sem agulhas e sem estimulação eléctrica mostraram que auricular electro-acupuntura foi significativamente
superior na redução do dor
Zhou e Qu Afr. J. Trad. CAM ( 2009) 6 (4): 494-517 505

níveis, durante a recuperação de oócitos guiada por ultra-som transvaginal para ambos acupuntura auricular sozinho e o grupo de controlo
(Sator-Katzenschlager et al., 2006). Duas revisões sistemáticas avaliou os efeitos analgésicos da acupuntura durante a recuperação de oócitos
guiada por ultra-som trans-vaginal, que mostraram que a acupuntura pode ser recomendado como um dos métodos analgésicos eficazes para
pacientes que são incapazes de cumprir com a analgesia convencional por causa de efeitos adversos durante e após a recuperação de oócitos
guiada por ultra-som transvaginal (Kwan et al, 2005;. Stener-Victorin, 2005).

A acupuntura também pode melhorar os resultados de fertilização in vitro. Paulas et al. (Paulus et ai., 2002) foram os primeiros a
estudar o efeito da acupuntura sobre os resultados da fertilização in vitro, na qual, acupuntura foi administrada no dia da transferência de embriões
(ET) em 160 pacientes escolhidas ao acaso para os grupos de controlo e de acupuntura. O grupo recebeu acupuntura acupuntura corpo com
estimulação manual e acupuntura auricular, enquanto que o grupo de controlo não recebeu acupunctura. Os acupontos foram seleccionados de
acordo com as teorias de TCM. Acupuntura foi realizado 25 minutos antes e após ET, em conjunto com acupuntura auricular. A taxa da gravidez era
significativamente maior no grupo de acupuntura do que no grupo de controlo. Os mesmos autores (Paulus et ai., 2003), apresentado no resumo um
outro estudo randomizado utilizando agulhamento placebo nos controlos. Os acupontos utilizados foram os mesmos que no estudo anterior (Paulus
et ai., 2002), mas acupuntura auricular não foi usada. Eles descobriram que o acupuntura induzida pela agulhagem placebo no grupo placebo
resultou numa taxa de gravidez mais elevada quando comparada com o grupo de controlo anterior, sem qualquer tratamento de acupunctura.
Recentemente, mais três estudos aleatórios (Dieterle et al, 2006;. Smith et al, 2006;.. Westergaard et al, 2006) sobre os efeitos da acupuntura sobre
os resultados de FIV foram publicados. Dieterle et al. (Dieterle et al., 2006) ao acaso, 225 pacientes inférteis em grupos verum e de acupuntura
simulada com diferentes conjuntos de acupontos. O estudo utilizou um protocolo de acupuntura que era diferente do utilizado no estudo de Paulus
et ai (Paulus et ai., 2002). Duas sessões de acupuntura foram dadas aos pacientes, imediatamente após ET e 3 dias mais tarde, em conjunto com
acupuntura auricular ao mesmo tempo. O estudo mostrou que as taxas de gravidez clínicas e curso do grupo de acupuntura verum foram
significativamente mais elevados do que aqueles do grupo de controlo. Smith et al. (Smith et al., 2006) realizaram um ensaio duplo-cego usando
agulhas retrteis mais acupontos placebo em 228 pacientes com infertilidade. Em adição aos dois reais ou acupuntura placebo tratamentos
imediatamente antes e depois da ET, uma sessão adicional foi dado aos pacientes no dia 9 de estimulação do ovário. O protocolo de acupuntura
antes e depois de ET foi semelhante ao de Paulus et ai. (Paulus et ai., 2002) com algumas pequenas modificações, mas os detalhes da acupuntura
no dia 9 de estimulação do ovário não foi dada. As taxas de gravidez dos grupos de acupuntura e de controlo não foram estatisticamente
significativas. Neste estudo, as configurações de acupuntura em dois grupos não eram idênticos. Por exemplo, o calibre de agulhas, o método de
estimulação manual, e as localizações de pontos de acupuntura eram diferentes entre a verum e os grupos de placebo. Acupuntura foi realizada por
dois acupunturistas diferentes. Nos pacientes incluídos no estudo foram randomizados no dia da recolha de oócitos em um de três grupos: ao
receber acupuntura no dia da ET (ACU 1), para receber acupuntura no dia de TE e novamente dois dias mais tarde (ACU 2), ou para receber
nenhum acupuntura (controlo). Segundo os autores, a razão para a ACU grupo 2 foi o de explorar se um tratamento de acupunctura adicional mais
perto do momento da implantação melhora a qualidade do endométrio devido a um efeito positivo sobre o fluxo sanguíneo uterino, o que iria
melhorar ainda mais as taxas de gravidez e de implantação. O estudo concluiu que a acupuntura dada no dia da ET melhora significativamente o
resultado reprodutivo de pacientes de FIV / intracitoplasmáticas injecção de esperma (ICSI) (Westergaard et al., 2006), o que foi consistente com os
resultados de outro estudo (Paulus et ai., 2002).

CHM, também foi encontrada para melhorar os resultados dos ART. Uma investigação clínica foi avaliar a taxa de implantação do
embrião e taxa de gravidez nas mulheres que receberam Bushen Wengong decocção (BSWGD), uma fórmula de ervas chinesas, combinado com
uma dose baixa de humano gonadotropina da menopausa (hMG) antes da transferência de embriões congelados-descongelados (FET), que verificou
que um ciclo programado de BSWGD combinado com uma dose baixa de hMG pode melhorar a taxa de implantação do embrião embrião e taxa de
gravidez de FET (Zhang et al., 2006). Bushen Yiqi Hexue Receita (consistindo em Radix astrágalos, Radix angelicae sinensis, Herba taxilii, Radix
Chuanxiong ligustici, Radix Salviae miltiorrhizae) foi também encontrada para melhorar a expressão pinopodes na superfície endometrial,
eventualmente, o melhor receptividade uterina e melhorar a implantação do embrião (Huang et al., 2004). Outra fórmula medicinal chinesa,
Bushenantai Receita (consistindo em Radix codonopsis, Atractylodis Rhizoma, Fructus evodiae, Cistanches Herba, Fructus Corni, Radix angelicae
sinensis, Radix Salviae miltiorrhizae e

Caulis spatholobi) pode aumentar a expressão do factor de leucemia de inibidor (LIF) de ARNm e proteína no endométrio de ratos com
disfunção implantação embrionária. Foi sugerido que Bushenantai receita poderiam melhorar a implantação do embrião de ratos com
disfunção implantação embrionária, promovendo a expressão do endométrio e decidualização do endométrio LIF (Zhang et al., 2008).

CHM e acupuntura têm vantagens significativas em melhorar os resultados de FIV e TE. No entanto, a maioria das pesquisas
relevantes são pesquisas clínicas e apenas um número limitado de estudos voltados para o mecanismo. Para explorar o mecanismo de CHM e
acupuntura para melhorar os resultados de FIV e TE levará a melhores práticas clínicas da combinação de TCM e ART no futuro. Um
tratamento TCM padrão também deve ser estabelecido para fazer cumprir as grandes vantagens do TCM no campo da arte.
Zhou e Qu Afr. J. Trad. CAM ( 2009) 6 (4): 494-517 506

inflamação pélvica crônica

inflamação pélvica crônica é uma doença freqüentemente encontradas em sistema genital feminino. A maioria dos casos de resultado
inflamação pélvica crônica de inflamação pélvica aguda que não tinha sido curado completamente, mas existem alguns pacientes sem história
inflamatória aguda médica. As principais manifestações clínicas são febre baixa e cansaço, dor abdominal, dismenorréia menstruação irregular e
esterilidade. Exame de ginecologia mostra que o útero é muitas vezes numa posição posterior; o seu movimento é limitado ou adere aos tecidos
circunferenciais, resultando na formação de torrões; apêndices de ambos os lados muitas vezes são obviamente engrossar. TCM ganhou efeitos
satisfatórios no tratamento da inflamação pélvica crônica nos últimos anos.

Os antigos médicos médicos chineses disse, “Chong meridiano é o mar de doze meridianos, o mar de cinco Zang e seis Fu”;
“Estômago é a Essência adquirida, o mar de material de alimento”, “renal é a essência congênita, a raiz do Qi primordial”. Portanto Chong
meridiano é selecionado para fortalecer as funções de cinco Zang e seis Fu , dragar doze meridianos para fortalecer ainda mais o estômago,
revigorar o baço e tonificar o rim. meridianos Ren pode governar Yin meridiano-Qi de todo o corpo, e é o mar de meridianos Yin. Portanto, os
pontos de acupuntura de Ren meridiano são selecionados para tratar a dor abdominal e lumbago, menstruação irregular e esterilidade.
Acupuntura combinado com moxabustão tem as funções de aquecimento e promover o Qi e do sangue, que reforçam a resistência do corpo
para eliminar factores patogénicos e aliviar edema e dissolução fixo, de modo a alcançar o objectivo de tratar a inflamação pélvica crónica.

Qi Jie Granule, que consistia em Radix astrágalos, Resina draconis, Radix angelicae sinensis, Ramulus cinnamomi, Caulis
sargentodoxae, Herba patriniae, Radix et rhizoma rhei preparata, Mirra, Radix Paeoniae rubra, Radix Glycyrrhizae, Verificou-se que têm um
efeito curativo satisfatórios no tratamento de inflamação pélvica crónica através de melhorar a viscosidade do sangue e regular subgrupos de
linfócitos T (Zhang et al., 2004). Em um estudo para observar a eficácia clínica de Penyanqing Cápsula (PYQC, consistindo de Radix Salviae
Miltiorrhizae, Radix Paeoniae rubra, Fructus aurantii Immaturus, Radix ilicis Pubescentis, etc) no tratamento da inflamação pélvica de
Qi-estagnação com síndroma de estase do sangue, o total eficaz taxa no grupo PYQC foi de 83,3%, que foi insignificantemente diferente do
que no grupo de controlo e PYQC poderia reduzir significativamente os índices hemorreológicos em pacientes e mostrou influências definidas
sobre a clamídia patogenética e micoplasma (Shen et al., 2005).

inflamação pélvica crônica é causada principalmente pelo calor acumulado no Canal do Fígado, Estagnação do Fígado-Qi que
afeta o baço, a falha do Baço para resolver Umidade e umidade entrelaçando com Heat. Uma doença de longa duração pode conduzir a
circulação obstruída de Qi e de sangue e bloqueio dos vasos sanguíneos para formar grumos. TCM decocção tem um efeito imediato sobre os
casos leves com cursos de curta duração. No entanto, é apropriado usar acupuntura e moxabustão para aqueles com grave e uma doença
prolongada. Na diferenciação das síndromes, a atenção deve ser dada para a constituição da Deficiência e Excesso. Acupuntura, moxabustão
e a receita antiga longo Dan Xie Gan Tang usados ​juntos foram encontradas para melhorar os efeitos terapêuticos sobre a inflamação pélvica
crónica, em que, o método de redução foi aplicado a Zhongji (CV-3), , Sanyinjiao (SP-6) e Diji (SP-8) e moxabustão indirecta com 3 bolos
medicamentosos foi realizada a Shenque (CV-8) (Jin,

2004). O estudo de Zhao mostrou que a vitamina K 3 injecção acupontos em Sanyinjiao (SP-6) é uma medida eficaz e seguro para o tratamento de
pacientes com dismenorreia primária, e que também tem alguns efeitos no alívio da dor pélvica causada por doença inflamatória pélvica crónica e
endometriose (Zhao et al., 2003).

SOP

SOP, com uma prevalência de 5% -10%, é a endocrinopatia mais comum em mulheres em idade reprodutiva, e é caracterizada por
anovulao crica e hiperandrogenismo. TCM tem demonstrado em muitos estudos clínicos para restaurar a menstruação regular, aliviar os sintomas e
induzir a ovulação nas pacientes com SOP (Hou et al, 2000;. Stener-Victorin et al, 2000;. Yu, 2004). Para avaliar se a electro-acupuntura poderia
afectar oligo / anovulação e parâmetros endócrinos e neuroendócrinas relacionadas em mulheres com SOP, vinte e quatro mulheres com SOP e
oligo / amenorreia foram incluídos em um não-randomizado, longitudinal, estudo prospectivo (StenerVictorin et al. , 2000). No estudo, o período foi
definida como o período que se estende a partir de 3 meses antes do primeiro tratamento electro-acupuntura a 3 meses após o último tratamento de
electro-acupuntura (10-14 tratamentos ao todo), um total de 8-9 meses. Nove mulheres (38%) experimentaram um bom efeito, mostrando aumento
das taxas de ovulações regulares. Estas mulheres também demonstraram níveis significativamente mais baixos de índice de massa corporal (IMC), a
concentração sérica de testosterona, a testosterona sérica / sexo hormona esconderijo globulina relação sexual (SHBG) e a concentração de insulina
basal no soro e níveis significativamente mais elevados de SHBG no soro do que aqueles que não respondeu a eletroacupuntura. Concluiu-se que
tratamentos repetidos electro-acupuntura induzida ovulações regulares em PCOS com oligo / amenotthoea (Stener-Victorin et al., 2000). Hou et al.
(Hou et al., 2000) compararam os efeitos de uma fórmula à base de plantas chineses comum (Tiangui fang) com metformina em pacientes com SOP.
Eles descobriram que tanto a metformina e a fórmula de ervas chinesas poderia reduzir os níveis séricos de insulina em pacientes e induzir
Zhou e Qu Afr. J. Trad. CAM ( 2009) 6 (4): 494-517 507

ovulação regular. Além disso, o uso combinado de Bushen Houxue (BSHX), uma fórmula medicinal chinesa, e aspiração folicular guiada por
ultra-som foi encontrado para ser um tratamento seguro e eficaz para PCOS refractários com poucos trauma e CHM poderiam reduzir
significativamente dosagem de HMG usado para promover folículo e a produção de vários folículos maduros, evitando assim o risco de síndroma
de ovário hyperstimulating (OHSS) (Liang et al.,
2008). No estudo, quarenta e quatro pacientes com PCOS foram divididos aleatoriamente em dois grupos, randomizando tabela digitais, 20 no
grupo de observação e 24 no grupo de controlo. A aspiração folicular guiada por ultra-sons foi realizada em ambos os grupos, e a decocção de
BSHX, que consistia de Cuscutae sêmen, Radix Rehmanniae praeparata, Herba taxilii, Herba Epimedii, Fructus psoraleae, polygonati Rhizoma,
Spina gleditsiae, Semen persicae, Rhizoma homalomenae, Radix Salviae miltiorrhizae, e Radix Glycyrrhizae, foi dada ao grupo de observação
uma dose todos os dias durante 14 dias em cada ciclo menstrual (Liang et al., 2008).

Nos últimos dez anos, surgiram muitas pesquisas clínicas para investigar os efeitos do CHM e acupuntura na SOP, no entanto,
quase todos eles focados na anovulação e poucos focada sobre os efeitos do CHM e acupuntura no tratamento de hiperandrogenismo
associado ao SOP. Além disso, algumas das pesquisas clínicas tem fase padrão de acompanhamento, e poucos estudos tem sido feito para
explorar o mecanismo de CHM e acupuntura no tratamento da SOP. Um modelo animal padrão de SOP devem ser estabelecidos para explorar
o mecanismo nos próximos anos.

Cervicite e vaginite

Cervicite causada por Ureaplasma urealyticum (Uu) é uma doença clinicamente concomitante. Cervicite causada por micoplasma
pertence a comichão vaginal e leucorréia em TCM. Em TCM, acredita-se que isto é devido a uma vida sexual desenfreada, calor excessivo
exógeno, acumulação de toxina, insuficiente essência do rim, mal Qi aproveitando tal fraqueza e metendo-se o corpo e a humidade, calor
interagindo com acumulação da toxina em inferior Jiao, resultando assim em sintomas tais como leucorréia, avermelhada e descarga
esbranquiçado, inchado e comichão vulvar. Uma pesquisa recente foi observar o efeito terapêutico clínico de Jieze No.

1, uma fórmula medicinal chinesa, em cervicite causada por Uu, e o seu efeito inibidor sobre Uu in vitro (Wei et al.,
2008). Os principais ingredientes em Jieze No. 1 são phellodendri Cortex, Herba taraxaci e Borneolum syntheticum.
Um total de 393 pacientes que sofrem de cervicite induzida por Uu, sem outras complicações foram atribuídos aleatoriamente a 3 grupos, o grupo
de tratamento combinado: 140 doentes tratados com ervas chinesas Jieze No.1 por lavagem vaginal, 30 min de cada vez, uma vez por dia durante
10 dias consecutivos e a administração oral de azitromicina,
1,0 g de uma vez a cada 72 horas durante três vezes; grupo Jieze: 115 pacientes foram tratados com Jieze No.1 sozinho por lavagem vaginal, 30 min de
cada vez, uma vez por dia durante 10 dias consecutivos; e o grupo Azitromicina: 138 pacientes foram tratados com a administrao oral de azitromicina, uma
vez 1,0 g em 72 horas durante três vezes. Todos os pacientes foram tratados durante um curso de terapêutica e de preservativos foram utilizados para a
contracepção durante o curso do tratamento. Os pacientes foram examinados Uu novamente após 21 dias de tratamento. A taxa eficaz total do grupo
combinado foi de 85,3%, mostrando uma diferença significativa em comparação com o grupo Jieze e o grupo A azitromicina. Não houve diferença
estatisticamente significativa entre os dois últimos grupos. A taxa de compensação de Uu no grupo combinado, grupo Jieze e grupo A azitromicina foi de
78,4%, 60,9% e 47,9%, respectivamente. O grupo combinado também mostrou uma diferença significativa em comparação com os outros dois grupos. O
estudo de laboratório confirma que Jieze No. 1 tem um efeito inibitório sobre a estirpe Ureaplasma urealyticum e que tem um efeito terapêutico
extremamente eficazes sobre as estirpes resistentes a drogas, o que é digno de uma investigação adicional (Wei et al., 2008).

De acordo com TCM, a causa interna de vaginite é de longo prazo reprimida fígado Qi transformar em calor, tipicamente complicada por
uma Baço vazio não se deslocam fluidos. Quando fluidos corporais parar de fluir, eles se reúnem, se acumulam e se transformar em umidade.
Fígado Calor e umidade do baço tornar-se mutuamente emaranhados e despeje para baixo, invadindo e imersão da vagina. Com o passar do
tempo, males tóxicos são geralmente gerado internamente. As causas externas de vaginite na sua maioria têm a ver com a falta de higiene vaginal
e males tóxicos. toxinas maus queimar e danificar a inflamação causando vagina. textos TCM ginecologia modernas normalmente dividem vaginite
em três padrões distintos: Trichomonas vaginalis, vaginite hemophilus, e vaginite senil. CHM tem bons efeitos curativos no tratamento da doença
(Du et al., 2002).

Para aqueles que sofria de Trichomonas vaginite, Wu Mei Yin Chen Tang (consistindo de Fructus umezeiro, Fructus zanthoxyli, Flos
lonicerae, Herba artemisiae scopariae, Herba polygoni avicularis, Sclerotium poriae cocos Rhizoma Atractylodis, Cortex phellodendri, Radix
Gentianae) Aconselha-se a ser administrada por via oral, e uma fórmula medicinal chinesa composto de Radix sophorae, Fructus cnidii, Radix
stemonae, coptidis Rhizoma e Herba euphorbiae helioscopiae foi usado para lavagem externa (decoct e utilizar tanto como um fumigante e uma
lavagem. Em outras palavras, o paciente deve agachamento através da decocção vapor expondo seus órgãos genitais para o vapor que aumenta
fora dele. Depois do líquido ter arrefecido para ser tolerável para a pele , os órgãos genitais deve ser lavado com esta decocção. Isto deve ser
repetido uma vez cada manhã e à noite, durante sete dias consecutivos) (Du et al., 2002).

Para aqueles que sofria de vaginite hemophilus, Long Dan Xie Gan Tang Jia Jian (consistindo de
Radix Gentianae, Radix scutellariae, Cortex phellodendri, Fructus Gardeniae, Atractylodis Rhizoma, Fructus kochiae, Radix Rehmanniae,
akebiae Caulis e plantaginis sêmen) Aconselha-se a ser administrada por via oral, e uma
Zhou e Qu Afr. J. Trad. CAM ( 2009) 6 (4): 494-517 508

fórmula medicinal chinesa composta por cnidii fructus, Radix sophorae, Cortex phellodendri, Fructus zanthoxyli, Alumen e dictamni Cortex foi
usado para lavagem externo (o uso como acima) (Du et al., 2002) ..
Para aqueles que sofria de vaginite senil, Zhi Bai Di Huang Wan Jia Jian (consistindo de Radix Rehmanniae, Cortex moutan,
Fructus corni, Rhizoma alismatis, Sclerotium poriae Cocos Radix dioscoreae, Rhizoma Anemarrhenae, Cortex phlellodendri, Rhizoma smilacis
glabrae, Flos lonicerae, e Radix Paeoniae rubra) Aconselha-se a ser administrada por via oral, e uma fórmula medicinal chinesa composto de Radix
sophorae, Fructus cnidii, Herba Mercurialis leiocarpae, Radix Glycyrrhizae, Herba taraxaci e Radix rubra Paeoniae

foi usado para lavagem externo (o uso como acima) (Du et al., 2002).

Tabela 1: Trinta e t wo comumente usado formuls medicinais chinesas no tratamento dosorders ginecológicas. Fórmula
ingredientes Indicação Fonte
Aifu Radix angelicae sinensis, Radix Sensação de frio doloroso no baixo ventre, O trabalho de Shen
Nuangong Rehmanniae, Radix Paeoniae lactiflorae, distensão abdominal, tonturas, visão turva, sobre a importância
Wan Radix ligustici Chuanxiong, Radix unhas pálidas da preservação da
astrágalos Membranaceus, Cortex vida
cinnamomi cassiae, Folium artemisiae
argyi, Fructus evodiae rutaecarpae,
Rhizoma cyperi totundi, Radix dipsaci
asperi

Bushen Sêmen chinensis Cuscutae, Radix História de abortos em estágios iniciais da Nova edição da
Guchong Wan Rehmanniae preparata, Gelatinum corii gravidez, dor nas costas, depressão, Medicina
Asini, Cornu Cervi degelatinatum, sentimento geral de, pés frios frios, micção Tradicional
Rhizoma atractyloids preparata, Fructus freqüente pálida, possível história de Chinesa
lycii, infertilidade

Radix morindae officinalis, Cortex


eucommiae ulmoidis, Radix dipsaci
asperi, Radix angelicae sinensis,
amomi Fructus

Bao Yin Jian Radix Rehmanniae preparata, Radix ameaça de aborto no início da gravidez Obras
Paeoniae lactiflorae, Radix dioscoreae prazo, sangramento vaginal escassa, Completas de
oppositae, Radix scutellariae sensação geral de calor, sede, Jing Yue
baicalensis, Cortex phellodendri, Radix mental inquietação,
dipsaci asperi, Radix Glycyrrhizae insónia, urina amarelo escuro
uralensis

Buzhong Yiqi Radix ginseng, febre intermitente, febre agravada com Tratado sobre
Tang Radix membranaceus astragali, Radix esforço, suor espontâneo, aversão a o baço eo
Glycyrrhizae uralensis, Radix angelicae membros fracos frio, sede de bebidas estômago
sinensis, Reticulatae citri Pericarpium, quentes, falta de ar, discurso lacônico,
Rhizoma Cimicifugae, Radix Bupleuri, tendência para se enrolar, tez pálida
atractyloids Rhizoma brilhante, fezes aquosas soltas, diarréia

Ba Zhen Tang Radix preparata Rehmanniae, tez pálida, palpitações com ansiedade, CLASSIFICAÇÃO
Radix angelicae sinensis, Radix falta de apetite, falta de ar, fadiga geral, n e tratamento de
Paeoniae lactiflorae, Radix ligustici calafrios, febre, emagrecimento, vertigens, doenças
Chuanxiong, Radix codonopsis, tonturas, menstruação escassa, traumáticas
atractyloids Rhizoma, Sclerotium sangramento uterino
poriae cocos, Radix Glycyrrhizae
uralensis

Chaihu Radix Bupleuri, depressão fígado Qi estagnação Jingyue de


Zhou e Qu Afr. J. Trad. CAM ( 2009) 6 (4): 494-517 509

Shugan San Radix lactiflorae Paeoniae, Fructus com ou sem deficiência de Sangue manifestando-se Obras
citri aurantii, Radix ligustici como no peito, estômago conduta, da mama, e / ou completas
Chuanxiong, Pericarpium Reticulatae distensão do lado do reforço e dor, síndrome
citri, Rhizoma cyperi totundi, Radix pré-menstrual (SPM), e / ou dismenorreia
Glycyrrhizae uralensis

Cangfu Daotan poriae Sclerotium cocos, Rhizoma períodos escassos, leucorreia acastanhado Secret Records
Wan pinelliae, aurantii citri Fructus, (corrimento vaginal), obesidade, sensação of Internal
Atractylodis Rhizoma, Reticulatae geral de opressão no peito, leucorreia Medicine Ye
citri Pericarpium, Rhizoma cyperi excessiva, paragens e arranques período, Tianshi
totundi, Arisaema cum bile, Radix cansaço, sensação geral de peso
Glycyrrhizae uralensis, fermentata
Massa

Dabuyuan Jian Radix ginseng, Dor na parte inferior das costas, distensão grave da Obras
Radix Rehmanniae, preparata Radix parte inferior do abdómen, prolapso uterino, fraqueza da Completas de
dioscoreae oppositae, Cortex parte inferior das costas, tonturas, micção frequente, Jingyue
eucommiae ulmoidis, Radix angelicae hipoacusia, zumbidos, língua ou pálido cor de rosa,
sinensis, Fructus Corni, Fructus lycii, pulso fraco de profundidade

Radix uralensis Glycyrrhizae


Danggui Radix angelicae sinensis, Radix dor abdominal cólicas contínua, dor abdominal Sinopse de
Shaoyao San ligustici Chuanxiong, Radix Paeoniae não é grave, dificuldade urinária, edema ligeiro Prescrições da
lactiflorae, Sclerotium poriae cocos, nos membros inferiores (muitas vezes durante a Câmara Dourada
atractyloids Rhizoma, Rhizoma gravidez)
alismatis orientalitis

Danggui Yin Zi Radix angelicae sinensis, Radix ligustici Eczema, prurido, psoríase, erupções da pele Padrão de
Chuanxiong, Radix Paeoniae lactiflorae, (pacientes anémicos ou pessoas idosas), diagnóstico e
Radix Rehmanniae, Radix Ledeb ouriellae, urticária, pele seca, pulso finefloating-rápido tratamento
Herba Seu herba Schizonepetae, Radix
astrágalos Membranaceus, sémen
astrágalos, Radix Preparata multiflori
polygoni,

Radix uralensis Glycyrrhizae


Er Zhi Wan Fructus ligustri lucidi, Herba Fraqueza e dor na região lombar e joelhos, O Espelho de
ecliptae prostratae atrofia dos membros inferiores, boca seca, Ouro da
garganta seca, tonturas, visão turva, insônia, Medicina
sonho sono perturbado, emissão espontânea,
envelhecimento prematuro do cabelo ou a
perda de cabelo, hemorragias

Guben Radix Rehmanniae, atractyloids Inundações no início do período menstrual, pára Ginecologia do Fu
Zhibeng Tang Rhizoma, Radix astragali e continua com um fio de água por um longo Qingzhu
membranaceus, Radix angelicae tempo após o prazo ter terminado, pálido ou
sinensis, Rhizoma Zingiberis officinalis, sangue menstrual aguado, cara pálida, cansaço,
ginseng Radix leve tontura, falta de apetite, fezes moles

Gexia Zhuyu Radix angelicae sinensis, Radix dor aguda intensa antes ou durante o Correções sobre
Tang ligustici Chuanxiong, período, menstrual escuro os erros
Zhou e Qu Afr. J. Trad. CAM ( 2009) 6 (4): 494-517 510

Radix Paeoniae rubrae, Flos sangue com grandes coágulos escuros, agitação de trabalhos
carthami tinctorii, Semen persicae, mental, esfaqueamento dor médicos
Excrementum trogopteri Seu alivia após a passagem de coágulos
pteromi,

Rhizoma corydalis yanhusuo,


Rhizoma cyperi rotundi, Fructus citri
aurantil, Radix linderae strychnifoliae,
Cortex radicis moutan, Radix
Glycyrrhizae uralensis

Jiao Ai Tang Gelatinum corii Asini, Folium dor abdominal, hemorragia uterina, Sinopse de
artemisiae argyi, Radix Rehmanniae menstruação excessiva, manchas durante Prescrições da
preparata, Radix angelicae sinensis, menstrual ciclo, postar Câmara Dourada
Radix ligustici Chuanxiong, Radix sangramento após o parto, sangramento
Paeoniae lactiflorae, Radix durante a gravidez, sangue geral pálida, sem
Glycyrrhizae uralensis coágulos, fraqueza geral e fadiga, dor na
região lombar, pele sem brilho

Longdan Xiegan Radix Gentianae longdancao, coptidis Dor de cabeça, dor hipocondríaca, O Espelho de
Tang Rhizoma, Fructus Gardeniae, Rhizoma surdez súbita, infecção no ouvido, olhos Ouro da
alismatis orientalitis, clematidis caulis vermelhos, dor nos olhos, secreção ocular, sabor Medicina
armandii, plantaginis Semen, Radix amargo, infecção no ouvido, secreção dos olhos,
angelicae sinensis, Radix Rehmanniae gosto amargo, nódulos mamários, telhas, herpes,
preparata, Radix Bupleuri, leucorréia mau cheiro, infecção do trato urinário,
irritabilidade,
curto temperado,
ciclo menstrual encurtado com sangue escuro,
Radix uralensis Glycyrrhizae queimando dor tipo com possíveis feridas
chorando.
Liuwei Radix Rehmanniae preparata, dor lombar, fraqueza da parte inferior das Key To Doenças
Dihuang Tang Fructus Corni officinalis, Radix costas, vertigem, dores suores garganta, Therapeutics dos
dioscoreae oppositae, radicis Cortex surdez, zumbido, noite seca crônica, filhos de
moutan, Sclerotium poriae cocos, seminal emissões,
Rhizoma alismatis orientalitis fumegante síndrome de osso, calor nas palmas /
solas e no peito (5-center sensação de calor),
dentes soltos, dores de dente,
freqüente micção,
incontinência urinária, diabetes, sedento
e desperdiçando síndrome, joelhos fracos
Qi Gong Wan Rhizoma pinelliae tematae, Irregular períodos, atrasado Prescrição
atractyloids Rhizoma, Reticulatae ciclo menstrual, dor de ciclo médio, vaginal Provou
citri Pericarpium, Sclerotium poriae descarga (Leucorreia), Classical
cocos, Rhizoma cyperi totundi, infertilidade a longo prazo, aderências, obesidade,
Massa fermentata, Radix ligustici geral sentindo-me do
Chuanxiong peso

Qiju Radix preparata Rehmanniae, Fructus Fígado e rim vacuidade Yin com possível Classics
Dihuang Tang Corni officinalis, Radix dioscoreae manifestion calor, especialmente todos os médicos
oppositae, radicis Cortex moutan, tipos de acuidade diminuída visual, fotofobia,
Sclerotium poriae cocos, Rhizoma olhos secos, etc.
alismatis orientalitis, Fructus lycii, Flos
chrysanthemi

Qingre Gujing Radix baicalensis scutellariae, Fructus Inundando de sangue antes do período menstrual A Concise
Tang Gardeniae, deve começar, ou escorrendo tradicional
Zhou e Qu Afr. J. Trad. CAM ( 2009) 6 (4): 494-517 511

Radix Preparata Rehmanniae, Cortex sangue por um longo tempo após o final do período, o Ginecologia
lycii radicis, Radix sanguisorbae sangue menstrual vermelho escuro ou vermelho chinês
officinalis, Gelatinum corii asini, Nodus brilhante, rosto vermelho, sede, agitação, sensação
Nelumbinis rhizomatis, Fructus geral de calor, urina amarela escura, prisão de ventre
forsythiae, testudinis Plastrum, cálcio
Oyster

Shaofu Zhuyu Fructus vulgaris foeniculi, Rhizoma dor abdominal inferior antes ou depois de Correções sobre
Tang Zingiberis officinalis, Cortex período, dor centralizada no abdómen, a dor é os erros de
cinnamomi cassiae, Rhizoma aliviada por calor e pode ser agravada pelo trabalhos médicos
corydalis yanhusuo, Myrrha, Pólen sangue frio, menstrual é escasso e vermelho
typhae, brilhante com pequenos coágulos escuros,
sentimento generalizado de frio, dor nas costas
Excrementum trogopteri Seu
pteromi,
Radix angelicae sinensis, Radix
ligustici Chuanxiong, Radix
Paeoniae rubrae
Sheng Hua Radix angelicae sinensis, Radix Retenção de lochia acompanhada por dor frio na Ginecologia do Fu
Tang Chuanxiong ligustici, Semen parte inferior do abdómen Qingzhu
persicae, Rhizoma Zingiberis, Radix
Glycyrrhizae uralensis

Si Wu Tang Radix preparata Rehmanniae, Radix Tonturas, visão borrada, cara pálida, unhas Sinopse de
Paeoniae lactiflorae, Radix angelicae pálidas, facilmente assustado, Prescrições da
sinensis, Radix ligustici Chuanxiong zumbido, dores musculares generalizadas ou Câmara Dourada
tensão, periumbilical e dor abdominal inferior,
massa abdominal, duro
escasso menstruação,
irregular menstruação,
dismenorréia, inquieto feto
desordem, lochioschesis com um
abdômen doloroso e firme e possível febre
e calafrios.
Tiao Gan Tang Radix sinensis angelicae, dor surda hipogástrico para a extremidade ou após Ginecologia do Fu
Radix Paeoniae lactiflorae, Radix o período, dor nas costas, tonturas, sangramento Qingzhu
dioscoreae oppositae, Gelatinum escasso, dor menstrual aliviada pela pressão e
corii Asini, Fructus Corni officinalis, massagem, zumbido, visão turva, esgotamento
Radix morindae officinalis, Radix
Glycyrrhizae uralensis

Wan Dai Tang atractyloids Rhizoma, profusa descarga vaginal, branco ou amarelo Ginecologia do Fu
Radix dioscoreae oppositae, Radix ligeiro em cor, ligeiro ou nenhum mau cheiro Qingzhu
ginseng, atractyloids Rhizoma, para descarregar, leucorreia contínua,
reticulatate citri Pericarpium, fadiga, pálido brilhante

plantaginis sémen, Radix Paeoniae tez, fezes moles


lactiflorae, Radix Bupleuri, Herba
Schizonepetae, Radix Glycyrrhizae
uralensis

Wen Jing Tang Rhizoma communis phragmitis, Tosse, falta cheirando escarro, sangue riscado Sinopse de
Semen Coicis lachryma-jobi, Semen expectoração, febre, dor no peito leve, pele Prescrições da
benincasae hipsidae, Semen escamosa seca Câmara Dourada
persicae
Zhou e Qu Afr. J. Trad. CAM ( 2009) 6 (4): 494-517 512

Xiaochaihu Rhizoma pinelliae tematae, Alternando febre e calafrios, garganta seca, / Tratado sobre
Tang Rhizoma Zingiberis, Radix gosto amargo amargo na boca queridos, doenças febris
ginseng, plenitude no peito, distensão hipocondria,
Radix Glycyrrhizae uralensis, Jujubae tontura, irritabilidade, didgety, azia, náuseas,
Fructus vômitos, falta de apetite

Xuefu Zhuyu Tang persicae sémen, Flos carthami dor no peito, dor no hipocôndrio, dor de cabeça Correções sobre
tinctorii, Radix angelicae, sinensis, crônica, dores de cabeça fixos penetrantes, os erros de
Radix ligustici Chuanxiong, Radix hiccough crônica, sensação de choque quando trabalhos médicos
Paeoniae rubrae, Radix achyranthis beber, depressão, espírito pobre, calor no peito,
bidentatae, Radix Bupleuri, Radix palpitações, insônia, falta de sono, irritabilidade,
Platycodi grandiflori, Fructus citri alterações de humor, a febre das marés, lábios
aurantii, Radix Preparata escuros , tez escura
Rehmanniae, Radix Glycyrrhizae
uralensis

Xiao Yao San Radix sinensis angelicae, dor hipocondríaca, dor de cabeça, vertigem, formulários
Radix Paeoniae lactiflorae, sabor amargo na boca, boca seca, garganta
atractyloids Rhizoma, Sclertium seca, fadiga, falta de apetite, menstruação
poriae cocos, Radix Glycyrrhizae irregular, peitos dilatadas, febre e calafrios
uralensis, Bupleuri Radix alternando

Yi Guan Jian Radix Rehmanniae preparata, Fructus dor hipocondríaca, desconforto dentro Notas
lycii, Radix glehniae, Radix a peito, abdominal médica em
ophiopogonis, Radix angelicae distensão, boca seca, garganta seca, Liuzhou
sinensis, toosendan Fructus refluxo ácido (azia)

Você Gui Wan raiz Aconiti lateralis Exaustão de uma doença crônica, aversão Obras
preparata, ao frio, frieza das extremidades, Completas de
Cortex cinnamomi cassiae, Gelatinum impotência, Jing Yue
cornu Cervi, Radix Rehmanniae spermatorrhea, achoing e
preparata, Fructus Corni officinalis, fraqueza da parte inferior das costas e joelhos,
Radix dioscoreae oppositae, Fructus infertilidade, fezes moles,
lycii, incontinência e edema das extremidades
inferiores
Sêmen chinensis Cuscutae, Cortex
eucommiae ulmoidis, Radix sinensis
angelicae
Yu Jian Nv gesso, Dor de dentes, dentes soltos, sangramento das Obras
Radix Rehmanniae preparata, gengivas, dores de cabeça frontais, irritabilidade, febre, Completas de
Rhizoma Anemarrhenae, Radix sede, desejo de beber líquidos frios Jing Yue
ophiopogonis, Radix achyranthis
bidentatae
Zuo Gui Wan Radix Rehmanniae preparata, Radix Baixa dor traseira, emissão espontânea Obras
dioscoreae oppositae, Fructus lycii, (seminal), suor noturno, boca seca, Completas de
Sclerotium poriae cocos, Fructus garganta seca, sede com desejo de beber Jing Yue
Corni,

Radix uralensis Glycyrrhizae

Na medicina ocidental convencional, distúrbios ginecológicos / condições são muitas vezes tratados com cirurgia, hormonas, drogas não esteróides
anti-inflamatórias (NSAID), antibióticos e assim por diante. Embora a eficácia desses tratamentos é rápida e amplamente aceito, há muitos potenciais
efeitos colaterais, como náuseas e vômitos relacionados à cirurgia / anestésicos; problemas sexuais após histerectomia; erupção cutânea ou
problemas digestivos relacionados com
Zhou e Qu Afr. J. Trad. CAM ( 2009) 6 (4): 494-517 513

drogas, ou mais seriamente fígado, rins e coração por imparidade relacionada com algumas drogas, especialmente quando tomado por um período
prolongado. Além disso, algumas mulheres podem não responder a estes tratamentos. O objetivo de qualquer tratamento é aliviar os sintomas, bem como
para melhorar e restaurar a saúde geral do paciente, e para melhorar a sua qualidade de vida. Isto pode ser conseguido por integração de terapia
complementar ou alternativa, tais como TCM em medicina convencional.

Na China, há uma longa história de tratamento de distúrbios ginecológicos / condições com TCM. Nos tempos modernos, a assistência
médica integrada de combinar a medicina ocidental convencional com TCM foi fornecido de forma segura pelos médicos como parte de sua
prática médica de rotina na China e outros países asiáticos e parte do mundo ocidental. Milhares de casos clínicos têm demonstrado a eficácia do
TCM no tratamento de dismenorreia e outros sintomas / condições associadas com a menstruação, SOP, endometriose, corrimento vaginal, e
muitos mais. TCM pode fornecer um complementar segura e eficaz ou alternativa para medicina convencional no tratamento de distúrbios
ginecológicos.

Agradecimentos

Dr. Jue Zhou é financiado pela China Postdoctoral Science Foundation (No.20080441265), Zhejiang tradicional Fundação de
Medicina Chinesa (No.2008YA015) e na província de Zhejiang Postdoctoral Science Foundation.

Dr. Fan QU é financiado pela National Science Foundation Natural da China (No.30800390), China Postdoctoral Science
Foundation (No.20070421188), Outstanding Young Foundation cientista médico da província de Zhejiang (No. 2008QN022) e Zhejiang
tradicional Fundação de Medicina Chinesa ( No. 2008YB010).

Referências

1. 1. Alfhaily, F. e Ewies, AA (2008). Acupuntura na gestão de sintomas da menopausa: esperança ou miragem. Climatério. 10: 371-380.

2. Avis, NE, Legault, C., Coeytaux, RR, Pian-Smith, M., Shifren, JL, Chen, W. e Valaskatgis, PA (2008). Um, piloto randomizado controlado
estudo de tratamento de acupuntura para menopausa quente pisca.
Menopausa. 15: 1070-1078
3. Beal, PM (1999). Acupuntura e acupressão. Aplicações aos cuidados de saúde reprodutiva das mulheres. J Nur idade. 44: 217-230.

4. Cao, DP, Zheng, YN, Qin, LP, Han, T., Zhang, H., Rahman, K. e Zhang, QY (2008). Curculigo orchioides, uma planta medicinal chinesa
tradicional, previne a perda óssea em ratos ovariectomizados. Maturitas. 59: 373-
380.
5. Cao, LX, Situ, Y., Huang, JL, Liang, XF, Xiang, DF e Ran, QZ (2008). efeito preventivo e terapêutico de E-Leng cápsula sobre a recorrência
pós-operação de quistos ovarianos de endometriose e a sua influência na expressão de metaloproteinase de matriz-9 e o tecido inibidor de
metaloproteinase-1 em eutópico e endométrio ectópico. Zhongguo Zhong Xi Yi Jie Ele Za Zhi. 28: 541-544.

6. Chan, CCW, Lau, WNT, Chiu, SP, Chen, LC, Choi, WK e Tang, GWK (2006). Um estudo piloto sobre os efeitos de uma preparação de ervas
chinesas sobre os sintomas da menopausa. Gynecol Endocrinol. 22: 70-73.
7. Chao, SL, Huang, LW e Yen, RH (2003). Gravidez na insuficiência prematura do ovário após a terapia usando fitoterapia chinesa. Chang
Gung Med J. 26: 449-452.
8. Chen, LC, Tsao, YT, Yen, KY, Chen, YF, Chou, MH e Lin, MF (2003). Um estudo piloto comparando os efeitos clínicos de Jia-Wey
Shiau-Yau San, uma receita tradicional chinesa, e uma terapia de reposição hormonal combinada contínua em mulheres na
pós-menopausa com sintomas climatéricos. Maturitas.
44: 55-62.
9. Chen, MD e Yang, Y. (2003) Enigma da terapia de reposição hormonal e perspectiva do papel da medicina tradicional chinesa no tratamento
da síndrome pós-menopausa. Zhong Xi Yi Jie Ele Xue Bao. 1: 9-11
10. Chen, YF, Zhang, CY, Zhang, XY, Sol, MP, Zhang, Y., Huang, L., Jiang, WY, Yang, WJ e Kong,
WG (2008). Efeitos de acupuntura combinado com medicamento em expressão de metaloproteinase da matriz-2 em que o rato de endometriose.
Zhongguo Zhen Jiu. 28: 675-680.
11. Chou, PB, Morse, CA e Xu, HA (2008). ensaio clínico controlado de medicina tradicional chinesa para a síndrome pré-menstrual. J Psychosom
Obstet Gynaecol. 29: 189-196.
12. Cohen, SM, Rousseau, ME e Carey, BL (2003). acupuntura pode aliviar os sintomas da menopausa? Holista Nurs Pract. 17: 295-299.

13. Dai, Y., Yang, L., Niu, JZ, Dai, DJ e Jiao, LQ (2004). O efeito da isoflavona de soja sobre a síndrome da menopausa. J Beijing Uni TCM. 27: 80-82.

14. Dieterle, S., Ying, G., Hatzmann, W. e Neuer, A. (2006). Efeito de acupuntura sobre o resultado de fertilização in vitro e injecção
intracitoplasmática de esperma: um, em perspectiva, estudo clínico controlado randomizado. Fertil
Zhou e Qu Afr. J. Trad. CAM ( 2009) 6 (4): 494-517 514

Steril. 85: 1347-1351.


15. Dong, H., Lüdicke, F., Comte, I., Campana, R., Graff, P. e Bischof, P. (2001). Um estudo piloto exploratória da acupuntura sobre a qualidade
de vida e secreção do hormônio reprodutivo em mulheres na menopausa. Altern Med J Complemento. 7: 651-658.

16. Du, QY, Ding, YL, Pan, YH, Li, YJ e Li, W. (2002). Tratar vaginite com ervas medicinais chinesas: uma revisão. Hebei J TCM. 24: 791-794.

17. Du, Y., Zhao, Y., Ma, Y., Bai, H. e Li, X. (2005). A observação clínica sobre o tratamento de 2.062 casos de infertilidade imunológica com a
integração da medicina tradicional chinesa e medicina ocidental. J Tradit Chin Med.
25: 278-281.
18. Gejervall, AL, Stener-Victorin, E., Moller, A., Janson, PO, Werner, C. e Bergh, C. (2005) .Electroacupuncture versus analgesia convencional:
uma comparação dos níveis de dor durante a aspiração dos oócitos e pacientes "experiências de bem-estar após a cirurgia. Hum Reprod. 20: 728-735.

19. Gerhard, I. e Postneek, F. (1992) acupuntura .Auricular no tratamento da infertilidade feminina. Gynecol Endocrinol. 6: 171-181.

20. Gong, P., Zhang, MM, Wang, Q., Wu, ZJ, Huang, XT, Wang, W. e Huang, GY (2006). Efeito de acupuntura em Sanyinjiao (SP-6) sobre o
metabolismo da glicose no paciente de dismenorreia. Zhongguo Zhen Jiu.
26: 51-55
21. Gui, SQ, Yu, J., Wei, MJ, Yang, SP e Shi, DW (1998). Experiência estudo sobre o efeito de tongifying ervas renais em pitultary, ovário, glândula
supra-renal e em ratos de androgénio esterilizado. J Chin Med Mater. 4: 189-193.
22. Guo, A. e Meng, P. (2008). Acupuntura combinado com tuina espinal para o tratamento de dismenorreia primária em 30 casos. J Tradit
Chin Med. 28: 7-9.
23. Habek, D., Çerkez Habek, J., Bobic-Vuković, M. e Vujic, B. (2003). Eficácia de acupuntura para o tratamento de dismenorreia primária.
Gynakol Geburtshilfliche Rundsch. 43: 250-253.
24. Haines, CJ, Lam, PA, Chung, TKH, Cheng, KF e Leung, PC (2008). Um estudo duplo-cego, randomizado, controlado por placebo do efeito de
uma preparação de ervas medicinais chinesas (Dang Gui Buxue Tang) sobre os sintomas da menopausa em Hong Kong mulheres chinesas,
Climatério. 11: 244-251.
25. Highfield, ES, Laufer, MR, Schnyer, RN, Kerr, CE, Thomas, P. e Wayne, PM (2006). dor pélvica relacionada com endometriose
adolescentes tratados com acupuntura: relato de dois casos. Altern Med J Complemento.
12: 317-322.
26. Hou, JW, Yu, J. e Wei, MJ (2000). Estudo sobre tratamento de hyperadrogenism e hiperinsulinismo na síndrome dos ovários policísticos
com fórmula de ervas chinês “Tiangui presa”. Chin J Integr Trad Oeste Med. 20: 589-
592.
27. Huang, DM, Huang, GY e Lu, FE (2004) .Effect de Bushen Yiqi Hexue Receita em expressão pinopodes na superfície do endométrio em
ratinhos disfuncionais implantação do embrião. Chin J Med Integr. 10: 279-283.
28. Huang, ST e Chen, AP (2008). medicina tradicional chinesa e infertilidade. Curr Opin Obstet Gynecol.
20: 211-215.
29. Huang, AA (2003). avançar a investigação e as perspectivas da medicina tradicional chinesa e medicina ocidental para o tratamento de miomas
uterinos. Tianjin J Tradit Chin Med. 20: 78-80.
30. Humaidan, P. e Stener-Victorin, E. (2004). O alívio da dor durante a recuperação de oócitos com um novo curta duração electro-acupuntura técnica de
uma alternativa aos métodos convencionais de analgésicos. Hum Reprod. 19: 1367-1372.
31. Iorno, V., Burani, R., Bianchini, B., Minelli, E., Martinelli, F. e Ciatto, S. (2008). tratamento de dismenorreia acupuntura resistentes ao
tratamento médico convencional. Evid baseada complemento Alternat Med. 5: 227-230
32. Jin, NN e Ma, K. (2008). Estudo dos fatores de síndrome de Medicina Tradicional Chinesa de hemorragia uterina disfuncional com base na
análise de cluster e análise fatorial. Zhongguo Zhong Yao Za Zhi. 33: 1622-1625.
33. Jin, Y. (2004). A utilização combinada de acupuntura, e moxabustão longo dan xie gan espiga para o tratamento de 36 casos de inflamação
pélvica crónica. J Tradit Chin Med. 24: 256-258.
34. Jin, ZC e Zhang, DL (2000) Estudo .Clinical na prevenção e tratamento de sangramento vaginal com Yaoliuan cápsula após aborto
induzido por drogas. Zhongguo Zhong Xi Yi Jie Ele Za Zhi. 6: 137-138.
35. Kim, DC, Ramachandran, S., Baek, SH, Kwon, SH, Kwon, KY, Cha, SD, Bae, I. e Cho, CH (2008). Indução de inibição do crescimento e
apoptose em culas de leiomioma uterino humano por isoliquiritigenina. Reprod Sei. 15: 552-558.

36. Kwan, I., Bhattacharya, S., Knox, F. e McNeil, A. (2005). sedação consciente e analgesia para a recuperação de oócitos in vitro durante
procedimentos de fertilização. Syst Rev. Dados Cochrane 20: CD004829.
37. Kwee, SH, Tan, HH, Marsman, A. e Wauters, C. (2007). O efeito de ervas medicinais chinesas (CHM) sobre os sintomas da menopausa, em
comparação com a terapia de reposição hormonal (TRH) e placebo. Maturitas. 58: 83-90.
38. Lan, FL e Li, D. (1997). O desenvolvimento do estudo sobre acupuntura para fibróides uterinos. J Clini Acu Moxi.
13: 51-53.
39. Langevin, HM, Churchill, DL, Wu, J., Badger, GJ, Yandow, JA, Fox, JR e Krag, MH (2002) .Evidence de envolvimento do tecido conjuntivo
na acupunctura. FASEB J. 16: 872-874.
40. Lee, TK, Kim, DI, Song, YL, Lee, YC, Kim, HM e Kim, CH (2004) inibição .Differential de Herba
Zhou e Qu Afr. J. Trad. CAM ( 2009) 6 (4): 494-517 515

Scutellariae Barbatae (Lamiaceae) sobre a proliferação promoveu-HCG de leiomyomal uterina cultivadas e células do músculo liso
miometrial. Immunopharm Immunot. 26: 3.293-3.242.
41. Li, CH, Wang, YZ e Guo, XY (2008) .Acupuncture em pontos Siguan para o tratamento de dismenorreia primária. Zhongguo Zhen Jiu. 28: 187-190.

42. Li, C. (2002). Fuliu como o acupoint de edema durante a menstruação. Chin Acu Moxi. 22: 612.
43. Li, PP, Wang, W. e Xie, YQ (2003). Efeito in vivo de Shu-Gan-Liang-Xue decocção em estrogénio. Zhonghua Zhong Liu Za Zhi. 25: 445-447.

44. Li, Q., Shu, YQ, Lai, HH, e Chen, ZH (2003). A observação clínica em Zhengan Xifeng decocção no tratamento do síndroma
peri-menopausa. J Chin Med Mater. 9: 63-66.
45. Lian, F., Liu, HP, Wang, YX, Zhang, JW, Sol, ZG, Ma, FM, Zhang, N., Liu, YH e Meng, P. (2007). As manifestações de VEGF e de Ki-67 em
endométrio eutópico de pacientes com endometriose e o efeito de Quyu Jiedu Receita sobre a expressão de VEGF. Chin J Med Integr. 13: 109-114

46. ​Liang, RN, Liu, J. e Lu, J. (2008). O tratamento da síndrome do ovário policístico refractário pelo método Huoxue Bushen combinada com
aspiração folicular guiada por ultra-som. Zhongguo Zhong Xi Yi Jie Ele Za Zhi. 28: 314-
317.
47. Liao, D., Tan, B., Xin, H. e He, X. (1999). Os estudos sobre a relação entre o óxido nítrico soro e plasma monofosfato cíclico de guanosina
e hemorragia prolongada após aborto médica, bem como a profilaxia e o tratamento da hemorragia com a medicina tradicional chinesa. J
Reprod contracepção. 10: 220-226.
48. Lin, LL, Liu, CZ e Huang, DE (2008) observação .Clinical no tratamento de dismenorreia primária com acupuntura e massagem. Zhongguo
Zhong Xi Yi Jie Ele Za Zhi. 28: 418-420
49. Liu, HY, Jiao, HB e Jiao, NX (2002). Acupuntura para edema durante a menstruação em 20 mulheres. J Exterl Ther TCM. 11: 30.

50. Liu, J., Li, XY e Hu, XM (1998). A observação clínica em pacientes com endometriose tratados pela tonificação rim e remover estase de
sangue. Zhongguo Zhong Xi Yi Jie Ele Za Zhi. 4: 166-169.
51. Liu, JX (1994). Estudo clínico do tratamento da endometriose com a medicina tradicional chinesa. Zhongguo Zhong Xi Yi Jie Ele Za Zhi. 14: 337-339

52. Liu, KJ, Wang, WJ, Li, DJ, Jin, HF e Zhou, WJ (2006). Efeito de Gengnianchun Receita na densidade mineral óssea, parâmetros
biomecânicos dos ossos e do nível de lípidos no soro em ratos ovariectomizados. Chin J Med Integr. 12: 132-136

53. Lundeberg, T. e Lund, I. (2008). Existe um papel para a acupuntura na dor da endometriose, ou 'endometrialgia'? Por acupuntura Med. 26: 94-110.

54. Paulus, WE, Zhang, M., Strehler, E., El-Danasouri, I. e Sterzik, K. (2002). Influência da acupuntura sobre a taxa de gravidez em pacientes que se
submetem a terapia de reprodução assistida. Fertil Steril. 77: 721-724.
55. Paulus, WE, Zhang, M., Strehler, E., Seybold, B. e Sterzik, K. (2003). ensaio controlado por placebo dos efeitos da terapia de acupuntura
em reprodução assistida. A Reunião Anual 19 do ESHRE. xviii.
56. Porzio, G., Trapasso, T., Martelli, S., Sallusti, E., Piccone, C., Mattei, A., Di Estanislau, C., Ficorella, C. e Marchetti, P. (2002) . Acupuntura
no tratamento de sintomas relacionados com a menopausa em mulheres que tomam tamoxifeno. Tumori. 88: 128-130.

57. Qian, ZQ, Lu, HJ e Wu, P. (1998). Estudos sobre o mecanismo de grânulo Bushen Yugong no tratamento de disgenesia uterino. Zhongguo
Zhong Xi Yi Jie Ele Za Zhi. 18: 221-224.
58. Qiao, M., Zhao, P., Zhang, H., Wang, H., Xue, L. e Wei, S. (2007). Isolando com contenção física macacos baixo status do sexo feminino
durante a fase lútea pode fazer um modelo de síndrome de depressão pré-menstrual apropriado. J Affect Disord. 102: 81-91.

59. Qu, F., Zhou, J. e Nan, R. (2007). Acupuntura para sintomas da perimenopausa em mulheres que se submeteram a ooforectomia um estudo
comparativo. Forsch Komplementmed. 14: 25-32.
60. Qu, F., Zhou, J. e Ma, B. (2005). O efeito de ervas chinesas sobre as citocinas de ratos com endometriose. Altern Med J Complemento. 11: 627-630.

61. Qu, F., Zhou, J., Yang, DX, Ma, WG e Ma, BZ (2006). Efeitos de Yiweining Receita sobre a expressão de metaloproteinase-2 e da
ciclo-oxigenase-2 em mRNAs endométrio ectópico de ratos com endometriose. Zhong Xi Yi Jie Ele Xue Bao. 4: 634-638.

62. Sator-Katzenschlager, SM, Wölfler, MM, Kozek-Langenecker, SA, Sator, K., Sator, PG e Li, B. (2006). Auricular electro-acupuntura como
anadditional método de analgesia peri-operatória durante a aspiração dos oócitos no tratamento de FIV. Hum Reprod. 21: 2114-2120.

63. Shen, BQ, Situ, Y., Huang. JL, Su, XM, He, WT, Zhang, MW e Chen, QB (2005) .A estudo clínico no tratamento de inflamação pélvica
crónica de Qi-estagnação com síndroma de estase do sangue por Penyanqing cápsula. Chin J Med Integr. 11: 249-254.

64. Smith, C., Coyle, M. e Norman, RJ (2006). Influência da estimulação da acupuntura sobre as taxas de gravidez para mulheres submetidas a transferência
de embriões. Fertil Steril. 85: 1352-1358.
65. Song, YH, Yu, J. e Yu, CQ (2005). A observação clínica de receita neiyi de Yu. Combinado ervas enema chinês e aplicação externa no
tratamento de 36 pacientes com endometriose. Zhongguo Zhong Xi Yi Jie Ele Za
Zhou e Qu Afr. J. Trad. CAM ( 2009) 6 (4): 494-517 516

Zhi. 25: 748-749.


66. Stener-Victorin, E. (2005). O alívio da dor efeito de acupuntura electro e métodos analgésicos convencionais médica durante oócito
recuperação de uma revisão sistemática de ensaios clínicos randomizados. Hum Reprod.
20: 339-349.
67. Stener-Victorin, E., Waldenstrom, U., Tägnfors, U., Lundeberg, T., Lindstedt, G. e Janson, PO (2000). Efeitos da eletro-acupuntura na
anovulação em mulheres com síndrome do ovário policístico. Acta Obstet Gynecol Scand. 79: 180-188.

68. Stener-Victorin, E., Waldenstrom, U., Nilsson, L., Wikland, M. e Janson, PO (1999). Um estudo prospectivo, randomizado, de
electro-acupuntura contra alfentanil como anestesia durante a aspiração dos oócitos em fertilização in-vitro. Hum Reprod. 14: 2480-2484.

69. Sun, YM (1999). Acupuntura e medicina para dor de cabeça durante a menstruação em 27 mulheres. Tianjin Trad Chin Med. 16: 37.

70. Sun, YZ e Chen, HL (2006). estudo em combinação ponto Shu-Mu para o tratamento de endometriose controlada. Zhongguo Zhen Jiu. 26: 863-865.

71. Tao, LL, Chen, XP e Gu, ZT, (2003). Estudo no tratamento da síndrome do ovário policístico com infertilidade por terapia combinada da
medicina tradicional chinesa e acetato de ciproterona composto. Zhongguo Zhong Xi Yi Jie Ele Za Zhi. 9: 98-103.

72. Tian, ​H. e Zhang, C. (2008). O uso combinado de acupuntura e medicina chinesa para o tratamento da síndrome de-um relatório clínico
menopausa de 63 casos. J Tradit Chin Med. 28: 3-4.
73. Wang, DZ, Wang, ZQ e Zhang, ZF (1991). O tratamento da endometriose com a remoção de estase de sangue e método de purgação. Zhong
Xi Yi Jie Ele Za Zhi. 11: 524-526.
74. Wang, L., Cardini, F., Zhao, W., insígnias, AL, Wade, C., Forcella, E.and Yu, J. (2004) .Vitamin K injecção pinta acupuntura para
dismenorreia primária grave: um estudo piloto internacional. Med Gen Med. 6: 45
75. Wang, WJ e Wei, MJ (2008) .Probe para o tratamento de doenças da menopausa associados por terapia da medicina tradicional chinesa
para reforçar Shen. Zhongguo Zhong Xi Yi Jie Ele Za Zhi. 28: 198-199.
76. Wang, X., Wu, J., Chiba, H., Umegaki, K., Yamada, K. e Ishimi, Y. (2003). Puerariae radix previne a perda óssea em ratos
ovariectomizados. J Bone Miner Metab. 21: 268-275.
77. Wei, H., Chen, Z., Xu, P., Ma, YG e Xu, LJ (2008). Efeito de Jieze No.1 em cervicite causadas por Ureaplasma urealyticum e em
Ureaplasma urealyticum in vitro. Chin J Med Integr. 14: 88-93.
78. Westergaard, LG, Mao, Q., Krogslund, M., Sandrini, S., Lenz, S. e Grinsted, J. (2006). Acupuntura no dia da transferência de embriões
melhora significativamente o resultado reprodutivo em mulheres inférteis: um estudo prospectivo, randomizado. Fertil Steril. 85: 1341-1346.

79. Witt, CM, Reinhold, T., Brinkhaus, B., rolo, S., Jena, S. e Willich, SN (2008) .Acupuncture em pacientes com dismenorreia: um estudo
randomizado em eficácia clínica e custo-eficácia, em Cuidados usuais. Am J Obstet Gynecol. 198: 166-168.

80. Wu, Q., Chen, Y. e Niu, J. (1998) observação .Clinical de quarenta casos em dismenorréia adolescentes tratados pela medicina tradicional
chinesa. Zhongguo Zhong Xi Yi Jie Ele Za Zhi. 18: 610-611.
81. Wu, RJ e Zhou, FZ (2004). Efeito da Yangjing Zhongyu decocção na matriz metaloproteinase-9 expressão em endométrio e hormônio
sexual regulação em mulheres com infertilidade cryptogenic. Zhongguo Zhong Xi Yi Jie Ele Za Zhi. 24: 294.

82. Xia, YW, Cai, LX e Zhang, SC (2004). O efeito terapêutico de ervas medicinais chinesas para nutrir sangue e reforçando Shen no
tratamento de pacientes com esterilidade anovulatórios do tipo Shen-deficiência e sua influência sobre a hemodinâmica em artérias
ovarianas e uterinas. Zhongguo Zhong Xi Yi Jie Ele Za Zhi. 24: 299-
302.
83. Xiang, D., in situ, Y., Liang, X., Cheng, L. e Zhang, G. (2002). acupuntura orelha para 37 casos de dismenorreia devido a endometriose. J
Tradit Chin Med. 22: 282-285.
84. Xu, M., Dick, IM, Dia, R., Randall, D., e Prince, RL (2003). Efeitos de um extracto à base de plantas na densidade óssea, a força e os marcadores de
renovação óssea de ratos ovariectomizados maduros. Am J Med Chin. 31: 87-101.
85. Yan, F., Zhang, JH, Li, RF e Song, LP (2003). abordagem chinesa e ocidental Medicina Integrativa no tratamento de 64 pacientes com
anovulares infertilidade. Zhongguo Zhong Xi Yi Jie Ele Za Zhi. 9: 60-62.
86. Yang, DX, Ma, WG, Qu, F. e Ma, BZ (2006) .Comparative estudo sobre a eficácia da Yiweining e Gestrinone para o tratamento
pós-operatório de fase III endometriose. Chin J Med Integr. 12: 218-220.
87. Yang, YQand Huang, GY (2008) .Study sobre os efeitos da acupuntura em ratinhos modelo dismenorreia e o mecanismo. Zhongguo Zhen
Jiu. 28: 119-121.
88. Você, YF (1997). Acupuntura para tensões pré-menstruais em 56 mulheres. Chin Acu Moxi. 16: 171.
89.Yu, J. (2004). medicina tradicional chinesa e ocidental integrado deve fazer nova contribuição para a saúde reprodutiva das mulheres.
Zhongguo Zhong Xi Yi Jie Ele Za Zhi. 2: 83-85.
90.Yu, CQ, Cai, ZL, Liu, YH, Wang, DZ e Wang, ZQ (2003). Estudo sobre mecanismo terapêutico de Neiyifang no tratamento da endometriose.
Zhongguo Zhong Xi Yi Jie Ele Za Zhi. 9: 88-92.
91. Yu, SL (1998). Noventa pacientes de endometriose tratada com o método de preparação de chineses integrada e
Zhou e Qu Afr. J. Trad. CAM ( 2009) 6 (4): 494-517 517

medicina ocidental. Zhongguo Zhong Xi Yi Jie Ele Za Zhi. 4: 139-141


92. Zell, B., Hirata, J., Marcus, R., Ettinger, B., Pressman, A. e Ettinger, KM (2000). Diagnóstico de mulheres na pós-menopausa sintomática
pelos praticantes de medicina tradicional chinesa. Menopausa. 7: 129-134.
93. Zhang, FQ e Fu, Y. (2001). Acupuntura para dor de cabeça durante a menstruação. Chin Acu Moxi. 21: 190.
94. Zhang, HQ, Yan, B., Zhao, HX, Gu, DY, Jia, XF, Cao, L., Wang, L. e Shi, HJ (2006). Efeito de ervas chinesas tradicionais combinadas com uma dose
baixa de gonadotropina da menopausa humana aplicada na transferência de embriões congelados-descongelados. Chin J Med Integr. 12: 244-249.

95. Zhang, M., Huang, Y., Zhu, G., Huang, G., Dong, L. e Zhang, J. (2008). Efeito de Bushenantai receita sobre a expressão de LIF endométrio
em ratos com disfunção implantação embrionária. J Huazhong Univ Sci Technolog Med Sci. 28: 65-68.

96. Zhang, Q., He, J., He, S., e Xu, P. (2004). A observação clínica em 102 casos de inflamação pélvica crónica tratados com qi grânulos jie. J
Tradit Chin Med. 24: 3-6.
97. Zhao, R., Ding, Y. e Hu, Y. (1999). Os estudos clínicos e experimentais de ChanLe Chongji para reduzir o sangramento após o aborto. J
Reprod contracepção. 10: 113-120.
98. Zhao, WJ, Wang, L., Weng, JE e Yu, J. (2003). Estudo clínico da injecção de pontos de acupuntura vitamina K3 no tratamento da dor pélvica. Zhongguo
Zhong Xi Yi Jie Ele Za Zhi. 9: 136-138.
99. Zhi, LX (2007). Randomizado controlado sobre o efeito analgésico da agulhagem superficial mais electroestimulação de Sanyinjiao (SP-6)
para dismenorreia primária. Zhen Ci Yan Jiu. 32: 342-346.
100. Zhou, J., Qu, F., Nan, R. e Tang, D. (2007). O efeito de ervas medicinais chinesas em aliviar os sintomas da menopausa em mulheres
chinesas ovariectomizadas. Explorar. 3: 478-484.
101. Zhou, J. e Qu, F. (2007) .Treating infertilidade primária devido à atrofia pituitária com ervas chinesas: relato de caso. Phytother Res. 21: 699-700.

102. Zhu, WX (1998). Trinta e um pacientes de endometriose recaída postoperational tratado com medicina chinesa e werstern tradicional
integrada. Zhongguo Zhong Xi Yi Jie Ele Za Zhi. 4: 301-302.
103. Zhu, X., Proctor, M., Bensoussan, A., Wu, E. e Smith, CA (2008). Fitoterapia chinesa para dismenorreia primária. Syst Rev. Dados
Cochrane 16: CD005288.

Você também pode gostar