Você está na página 1de 2

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA
COORDENADORIA DE CULTURA

PROGRAMA DE BOLSA CULTURA DA UFPR


Relatório Final do Bolsista / 2018
Nome do Grupo Artístico ou Museu: Orquestra Filarmônica da UFPR
Bolsista: Luiz Fernando Campelo Correia de Souza
Orientador: Harry Crowl
Período da bolsa (período de atuação efetiva do Bolsista):1° de junho à 1° de dezembro de 2018
1. Atividades desenvolvidas
Ao decorrer da temporada, fomos submetidos a inúmeros ensaios e concertos, alguns ensaios eram
divididos em grupos, que chamamos de naipes, onde cada naipe pode trabalhar detalhadamente cada
dificuldade que os repertórios apresentavam, e em grupos separados podemos também dar mais atenção a
detalhes de fraseados, articulação, respiração e afinação. Nos demais ensaios, todos os naipes se juntaram
formando o “Tutti”, onde trabalhamos com todos os músicos e fomos construindo a sonoridade da orquestra
e consolidando todo o trabalho feito nos ensaios de naipe, amadurecendo os repertórios a cada ensaio até
que chegassem as datas dos concertos.
Houveram também alguns ensaios ensaios com o coro da UFPR, que exigiu da orquestra estar presente em
horários não habituais de ensaio, mas que obteve um resultado satisfatório para as apresentações do
segundo semestre.
Outra atividade que desenvolvemos dentro da universidade, foi a serie de concertos de música de câmara
no TEUNI, que exigiu mais ensaios voltados exclusivamente para esses concertos.
2. Dificuldades encontradas
Todas as dificuldades que surgiram durante a temporada 2018, foram devidamente esclarecidas no
decorrer dos ensaios e concertos da Orquestra. Algumas dificuldades foram solucionadas por orientação do
maestro/maestrina e outras dificuldades resolveram com estudos individuais de cada músico.

3. Sua participação no programa/projeto permitiu a você verificar a relação ensino/pesquisa/extensão? De


que forma?
A relação ensino/pesquisa/extensão aplicou-se a orquestra desde a elaboração de cada concerto, da
coerência na escolha de cada repertório de acordo com a proposta de cada programa escolhido pelo
maestro e diretor artístico do grupo. A partir de então, o processo de aprendizagem do grupo foi se
desenvolvendo, as dúvidas e dificuldades foram sendo sanadas e o repertório foi se consolidando, até que
chegou ao ponto de poder ser apresentado à comunidade em forma de concertos para difundir a música
instrumental e cumprir o papel social na formação de plateia.
3. Resultados alcançados
Conseguimos ao longo da temporada fazer um grande trabalho na formação de repertórios, resultando em
bons concertos, com um número expressivo de ouvintes na platéia, inclusive nos concertos em dias
seguidos, foram 3 dias de concertos seguidos com o teatro praticamente lotado, sendo esse um dos
objetivos finais mais importante e gratificante na formação de um músico/artista. E a cada concerto
podemos perceber o quanto desenvolvemos tecnicamente e musicalmente.

4. Conclusão
Podemos concluir que a temporada de 2018 da Orquestra Filarmônica da UFPR teve grandes objetivos
alcançados, desde a formação técnica individual de cada instrumentista até o processo de trabalho em
conjunto para a formação dos repertórios propostos e por fim a formação de plateia, onde quase todos os
‘eventos realizados tiveram uma efetiva presença do público, nos fazendo difundir a música e a arte
vinculada à universidade para uma grande parte da comunidade.
Apreciação do aluno pelo Orientador

Data
Assinatura do bolsista
Assinatura do Orientador
Espaço reservado à Coordenadoria de Cultura