Você está na página 1de 7

Sumário

Princípios...............................................................................................3 QUERIDO ALUNO!


Gabarito .................................................................................................6
Este é um material de
acompanhamento de Aulas
Gratuitas transmitidas pelo
AlfaCon em seu Canal Oficial no
Youtube.

Inscreva-se para receber o


melhor conteúdo para concursos
públicos!
3

Megaintensivo PRF
Princípios
7) Se uma autoridade pública, ao dar
publicidade a determinado programa de governo,
1) Embora não estejam previstos
fizer constar seu nome de modo a caracterizar
expressamente na Constituição vigente, os princípios
promoção pessoal, então, nesse caso, haverá, pela
da indisponibilidade, da razoabilidade e da segurança
autoridade, violação de preceito relacionado ao
jurídica devem orientar a atividade da administração
princípio da impessoalidade.
pública.

2) O princípio da proporcionalidade, que


determina a adequação entre os meios e os fins, deve
ser obrigatoriamente observado no processo
administrativo, sendo vedada a imposição de 8) O administrador, quando gere a coisa pública
obrigações, restrições e sanções em medida superior conforme o que na lei estiver determinado, ciente de
àquelas estritamente necessárias ao atendimento do que desempenha o papel de mero gestor de coisa que
interesse público. não é sua, observa o princípio da indisponibilidade do
interesse público.
3) Nos casos de desapropriação e do exercício
do poder de polícia do Estado, constata-se 9) O regime jurídico administrativo é instituído
nitidamente a aplicação do princípio da supremacia sobre o alicerce do princípio da legalidade restrita, o
do interesse público sobre o privado. que impede a aplicação, no âmbito da administração
pública, de princípios implícitos, não expressamente
4) São considerados princípios informativos da previstos na legislação.
atividade administrativa a legalidade e a supremacia
do interesse público, sendo o primeiro mencionado 10) A atribuição do nome de determinado
na Constituição vigente, e o segundo, fundamentado prefeito em exercício a escola pública municipal
nas próprias ideias do Estado em favor da defesa, da constitui infringência ao princípio constitucional da
segurança e do desenvolvimento da sociedade. impessoalidade, mesmo que tenha caráter educativo,
informativo ou de orientação social.
5) Como o direito administrativo disciplina,
além da atividade do Poder Executivo, as atividades 11) A supremacia do interesse público constitui
administrativas do Poder Judiciário e do Poder um dos princípios que regem a atividade da
Legislativo, os princípios que regem a administração administração pública, expressamente previsto na
pública, previstos na CF, aplicam-se aos três poderes Constituição Federal.
da República.

6) O princípio da impessoalidade, que consagra 12) O princípio da autotutela possibilita à


a ideia de que o poder público deve dispensar administração pública anular os próprios atos,
tratamento isonômico e impessoal aos particulares, quando possuírem vícios que os tornem ilegais, ou
deve ser entendido de forma absoluta, já que não revogá-los por conveniência ou oportunidade, desde
comporta exceções ou tratamentos diferenciados que sejam respeitados os direitos adquiridos e seja
pela administração. garantida a apreciação judicial.
4

13) O princípio da eficiência determina que a agentes públicos e possibilita a invalidação dos atos
atividade desenvolvida pela administração pública administrativos.
deve observar o interesse público, sendo atribuída
aos órgãos e entidades em nome dos quais foi 22) Em consonância com os princípios
praticada e não à pessoa do agente público. constitucionais da impessoalidade e da moralidade, o
STF, por meio da Súmula Vinculante n.º 13,
14) Pode-se, sem pretender esgotar o conceito, considerou proibida a prática de nepotismo na
definir o princípio da eficiência como princípio administração pública, inclusive a efetuada mediante
constitucional dirigido à Administração Pública para designações recíprocas — nepotismo cruzado.
que seja organizada e dirigida de modo a alcançar os
melhores resultados no desempenho de suas 23) O art. 37, caput, da Constituição Federal
funções. indica expressamente à administração pública direta
e indireta princípios a serem seguidos, a saber:
15) O princípio da legalidade significa que a legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade
Administração somente não pode fazer o que a lei e eficiência, entre outros princípios não elencados no
proíbe. referido artigo.

16) O concurso público para ingresso em cargo 24) Viola o princípio da impessoalidade a edição
ou emprego público é um exemplo de aplicação do de ato administrativo que objetive a satisfação de
princípio da impessoalidade. interesse meramente privado.

17) O dever do administrador público de agir de 25) A supremacia do interesse público sobre o
forma ética e com boa-fé se refere ao seu dever de interesse particular, embora consista em um
eficiência. princípio implícito na Constituição Federal de 1988,
possui a mesma força dos princípios que estão
18) A legalidade do ato praticado pelo agente explícitos no referido texto, como o princípio da
público pode subsistir ainda que não exista lei prévia moralidade e o princípio da legalidade.
que autorize a sua prática.
26) A observância do princípio da legalidade pelo
19) A impossibilidade da alienação de direitos servidor público é o que determina a moralidade da
relacionados aos interesses públicos reflete o administração pública, independentemente da
princípio da indisponibilidade do interesse público, finalidade do ato administrativo.
que possibilita apenas que a administração, em
determinados casos, transfira aos particulares o 27) A pretexto de atuar eficientemente, é
exercício da atividade relativa a esses direitos. possível que a administração pratique atos não
previstos na legislação.
20) As restrições impostas à atividade
administrativa que decorrem do fato de ser a 28) Apesar de o princípio da moralidade exigir
administração pública mera gestora de bens e de que os atos da administração pública sejam de ampla
interesses públicos derivam do princípio da divulgação, veda-se a publicidade de atos que violem
indisponibilidade do interesse público, que é um dos a vida privada do cidadão.
pilares do regime jurídico-administrativo.
29) O regime jurídico-administrativo brasileiro
21) O princípio da moralidade administrativa está fundamentado em dois princípios dos quais
torna jurídica a exigência de atuação ética dos todos os demais decorrem, a saber: o princípio da
5

supremacia do interesse público sobre o privado e o


princípio da indisponibilidade do interesse público. 35) Coaduna-se com a CF e atende o princípio da
publicidade a campanha de natureza educativa
30) O princípio da indisponibilidade do interesse veiculada por órgão público, ainda que dela constem
público não impede a administração pública de nomes ou símbolos que caracterizem promoção
realizar acordos e transações. pessoal de autoridades.
36) De acordo com dispositivo expresso da
Constituição Federal, a administração pública deve
31) O princípio da legalidade diferencia-se do da
agir de acordo com o princípio da proporcionalidade.
reserva legal: o primeiro pressupõe a submissão e o
respeito à lei e aos atos normativos em geral; o
segundo consiste na necessidade de a 37) O princípio da proporcionalidade ou da
regulamentação de determinadas matérias ser feita razoabilidade é um princípio constitucional não
necessariamente por lei formal. positivado.

32) Legalidade, impessoalidade, moralidade, 38) Embora o princípio da isonomia não conste
publicidade e eficiência são princípios aplicáveis expressamente do rol dos princípios da
exclusivamente à administração pública federal: eles administração pública insertos na Constituição
não se aplicam à administração pública dos estados, Federal (CF), esse princípio deve ser observado no
do Distrito Federal nem dos municípios. trato da coisa pública, especialmente nos
procedimentos licitatórios.
39) A aplicação do princípio da legalidade não
33) O princípio da legalidade consiste em estatuir
distingue o particular do administrador público.
que a regulamentação de determinadas matérias há
de fazer-se necessariamente por lei formal, e não por
quaisquer outras fontes normativas. 40) Os princípios constitucionais da
administração pública não são aplicáveis às
sociedades de economia mista, visto que essas
34) Em virtude do princípio da publicidade e do
sociedades são regidas pelo regime de direito
direito de acesso à informação, o Estado não poderá
privado.
possuir documentos sigilosos.
6

Gabarito
1. Certo
2. Certo
3. Certo
4. Certo
5. Certo
6. Errado
7. Certo
8. Certo
9. Errado
10. Certo
11. Errado
12. Certo
13. Errado
14. Certo
15. Errado
16. Certo
17. Errado
18. Errado
19. Certo
20. Certo
21. Certo
22. Certo
23. Certo
24. Certo
25. Certo
26. Errado
27. Errado
28. Errado
29. Certo
30. Certo
31. Certo
32. Errado
33. Errado
34. Errado
35. Errado
36. Errado
37. Certo
38. Certo
39. Errado
40. Errado
Inscreva-se
http://bit.ly/FabricadeValores