Você está na página 1de 57

Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo

Tel. (11) 3824-5400 – opções 2 ou 3 (núcleo de relacionamento)


Email: desenvolvimento@crcsp.org.br | web: www.crcsp.org.br
Rua Rosa e Silva, 60 | Higienópolis
01230 909 | São Paulo SP

Presidente: Márcia Ruiz Alcazar


Gestão 2018-2019

A reprodução total ou parcial,


Palestra bem como a reprodução de
apostilas a partir desta obra
intelectual, de qualquer forma
ou por qualquer meio eletrônico
ou mecânico, inclusive através
Conexão CRCSP - de processos xerográficos, de
fotocópias e de gravação,

Temas em somente poderá ocorrer com a


permissão expressa do seu
Autor (Lei n.º 9610/1998).
Destaque: TODOS OS DIREITOS

EFD Reinf RESERVADOS:


É PROIBIDA A REPRODUÇÃO
TOTAL OU PARCIAL DESTA

"Principais APOSTILA, DE QUALQUER


FORMA OU POR QUALQUER
MEIO.

Aspectos"” CÓDIGO PENAL BRASILEIRO


ARTIGO 184.

Novembro/2018
JANEIRO/ Elaborado por:

José Sergio Fernandes de Mattos

O conteúdo desta apostila é de inteira


responsabilidade do autor (a).

FALE CONOSCO acessando o portal do CRCSP www.crcsp.org.br


CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

EFD-Reinf “Principais Aspectos”

José Sérgio Fernandes de Mattos


2018

2
CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

Introdução:

Com o eSocial, a EFD-Reinf terá como objetivo a substituição de diversas obrigações


acessórias hoje impostas aos contribuintes e empregadores, como por exemplo a DIRF, a
GFIP, a RAIS e o CAGED, essas duas últimas instituídas pelo Ministério do Trabalho.

A EFD-Reinf conterá informações que atualmente são exigidas


na DIRF e na GFIP, inclusive as informações da Contribuição
Previdenciária sobre a Receita Bruta (CPRB), que hoje são
prestadas pelos contribuintes na EFD-Contribuições.

Quem está obrigado a entregar


• Serviços tomados/prestados mediante cessão de
mão de obra ou empreitada;
• Retenções na fonte (IR, CSLL, COFINS, PIS/PASEP)
incidentes sobre os pagamentos diversos
efetuados a pessoas físicas e jurídicas;
• Recursos recebidos por / repassados para
O Comitê Gestor do Simples associação desportiva que mantenha equipe de
Nacional em ato específico irá futebol profissional;
estabelecer as condições • Comercialização da produção e à apuração da
especiais para cumprimento da
contribuição previdenciária substituída pelas
entrega da EFD-Reinf pela pessoa
jurídica optante pelo Simples agroindústrias e demais produtores rurais pessoa
Nacional (IN RFB n° 1.701/2017, jurídica;
artigo 2°, § 2°). • Empresas que se sujeitam à CPRB (cf. Lei
12.546/2011);
• Entidades promotoras de evento que envolva
associação desportiva que mantenha clube de
futebol profissional.

3
CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

Prazo de entrega

• A EFD-Reinf será transmitida ao Sped mensalmente até o dia 15 do mês subsequente


ao que se refira a escrituração (IN RFB n° 1.701/2017, artigo 3°).
• Cabe destacar que para as Entidades Promotoras de Eventos Desportivos realizados em
território nacional, em qualquer modalidade desportiva, dos quais participe ao menos
uma associação desportiva que mantenha equipe de futebol profissional o prazo para
transmissão é até dois dias úteis após a sua realização (IN RFB n° 1.701/2017, artigo 3°,
parágrafo único).

Prazo de entrega inicial (cronograma):

I - para o 1º grupo, que compreende as entidades integrantes do "Grupo 2 - Entidades Empresariais", do anexo
V da Instrução Normativa RFB nº 1.634, de 6 de maio de 2016, com faturamento no ano de 2016 acima de R$
78.000.000,00 (setenta e oito milhões de reais), a partir das 8 (oito) horas do dia 01 de maio de 2018, em
relação aos fatos geradores ocorridos a partir dessa data;

01/Mai/2018

Conceito de
1º grupo Receita conforme
DL 1598/77
2º grupo
3º grupo

4
CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

Prazo de entrega inicial (cronograma):

II - para o 2º grupo, que compreende os demais contribuintes, exceto os previstos no inciso III, a partir das 8
(oito) horas de 10 de janeiro de 2019, em relação aos fatos geradores ocorridos a partir dessa data;

1º Jan/2019

1º grupo Conceito de
Receita
2º grupo conforme DL
1598/77
3º grupo

Prazo de entrega inicial (cronograma):

III - para o 3º grupo, compreende os obrigados não pertencentes ao 1º, 2º e 4º grupos, inclusive as empresas
optantes pelo Simples Nacional, a partir das 8 (oito) horas de 10 de julho de 2019, em relação aos fatos
geradores ocorridos a partir dessa data;; e

1º Jul/2019

1º grupo Conceito de
Receita
2º grupo conforme DL
1598/77
3º grupo

5
CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

Prazo de entrega inicial (cronograma):

IV - para o 4º grupo, compreende os entes públicos, integrantes do “Grupo 1 - Administração Pública” e as


organizações internacionais, integrantes do “Grupo 5 - Organizações Internacionais e Outras Instituições
Extraterritoriais”, ambas do Anexo V da IN RFB nº 1.634/2016.

Em data a ser
fixada em ato
da RFB.

4º grupo

PENALIDADES E ACRÉSCIMOS LEGAIS

Multa por Atraso na Entrega

O sujeito passivo que deixar de apresentar a EFD-Reinf no prazo fixado, ou que a apresentar com incorreções ou omissões, será
intimado a apresentar a declaração original, no caso de não apresentação, ou a prestar esclarecimentos, nos demais casos, no prazo
estipulado pela RFB, e ficará sujeito às seguintes multas:

a) de 2% ao mês calendário ou fração, incidentes sobre o montante dos tributos informados na EFD-Reinf, ainda que integralmente
pagos, no caso de falta de entrega da declaração ou de entrega após o prazo, limitada a 20%; e
b) de R$ 20,00, para cada grupo de 10 informações incorretas ou omitidas.

A multa mínima a ser aplicada será de:


a) R$ 200,00 - no caso de omissão de declaração sem ocorrência de fatos geradores; ou
b) R$ 500,00 - se o sujeito passivo deixar de apresentar a declaração no prazo fixado ou apresentá-la com incorreções ou omissões.

As multas serão reduzidas:


a) em 50%, quando a declaração for apresentada após o prazo, mas antes de qualquer procedimento de ofício; ou
b) em 25%, se houver a apresentação da declaração após o prazo, mas até o prazo estabelecido na intimação.

6
CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

Tabelas de domínio:

Leiautes Sequência Lógica

7
CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

Primeiras Informações do Contribuinte Modelo Operacional

R-1000/1070: Recomenda-se que as empresas enviem, já a partir


de 02/05/18, o quanto antes, os eventos:

• R-1000 – Informações do Contribuinte, e


• R-1070 – Tabela de Processos Administrativos/Judiciais.

Inicialmente, as informações deverão ser transmitidas


exclusivamente através do “Webservice” da EFD-REINF. A partir do
segundo semestre de 2018, também estará disponível o Portal Web
da EFD-REINF, que se constituirá num novo canal para transmissão
das informações.

O processamento de eventos será executado através de Web Service de


forma síncrona para todos os eventos, exceto para o evento de R-2099. No
processamento síncrono os eventos serão recebidos, processados e receberão
o resultado do processamento do lote em uma mesma conexão.

Eventos de movimentação da EFD-Reinf: Exemplo:


R-2010: Atente-se que este evento deve conter somente as
informações das notas fiscais de serviços tomados na data de sua
competência. Caso a pessoa jurídica tome serviços, e nestes incida a
retenção de contribuição previdenciária, estes deverão ser declarados
na EFD Reinf.

R-2020: É um evento de envio mensal assim como quase todos os


eventos da Reinf. Esse evento é semelhante ao R-2010, mas nele
serão demonstradas as retenções previdenciárias sobre os serviços
prestados. Se por ventura a empresa tiver clientes que possuem CNO,
por conta de serviços prestados por empreitada parcial, devem ser
informados neste evento não só o CNPJ do contratante, mas também
o CNO (CNO só nos casos de empreitada parcial).

8
CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

SERVIÇOS PRESTADOS

SERVIÇOS TOMADOS

9
CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

O sistema gerador dos arquivos XML devem ter no mínimo uma forma de
acompanhamento dos processos de envio apresentando o STATUS.

Eventos de movimentação da EFD-Reinf:


R-2030: Trata-se de um evento para informar as contribuições
previdenciárias sobre os recursos recebidos quando a empresa se trata
de uma associação desportiva, a Reinf exigirá que essa empresa tenha
uma classificação tributária (dentro do R-1000) como uma associação
desportiva.

R-2040: Muito semelhante ao R-2030 só que este evento é para


informar as retenções previdenciárias incidentes para quem repassa o
recurso. Por se tratar de evento periódico, o mesmo pode ser
retificado, assim com o R-2030. Como exemplo de um caso que gera o
R-2040, imagine que a sua empresa repasse um valor a título de
patrocínio a uma associação desportiva, para envio deste evento a sua
empresa não precisa ser uma associação desportiva, só tem de ter feito
esse repasse em uma das condições estabelecidas na EFD Reinf para
este evento, que são as mesmas condições do R-2030 basicamente.

10
CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

Eventos de movimentação da EFD-Reinf:

R-2050: Os produtores rurais (PJ) e agroindústrias. A fonte de


informação para esse evento são as suas vendas. Nestas vendas incide
a contribuição previdenciária substitutiva sobre a receita bruta. Tanto o
produtor rural PJ como a agroindústria compartilham das mesmas
regras nesse evento, ou seja, este evento deve ser gerado de forma
consolidada por estabelecimento declarante (matriz ou filial), e neste
deverá existir um agrupamento das informações por tipo de
comercialização, receita bruta, bem como o valor da retenção da
contribuição previdenciária.

Lei nº 13.606/2018 estabelece que a partir de 1º/01/2019 o produtor rural


pessoa física e o empregador rural pessoa jurídica poderão optar entre dois
sistemas de contribuição previdenciária:
• contribuição sobre a receita decorrente da comercialização da produção
rural; ou
• contribuição previdenciária patronal de 20% sobre a folha de pagamento de
empregados e trabalhadores avulsos e contribuição de 1%, 2% ou 3% para o
RAT, sobre a folha de pagamento de empregados.

Eventos de movimentação da EFD-Reinf:

R-2060: A EFD Reinf também contemplará a apuração da CPRB, que


atualmente é entregue dentro da EFD contribuições através do bloco P.
A partir do momento que a empresa começar a enviar o R-2060 ela
deixará de informar os dados da CPRB no bloco P. Se observamos o
layout desse evento à regra de cálculo do que estamos acostumados
não muda, mas ela será apresentada de uma forma diferente,
principalmente em relação aos ajustes aceitos para a apuração.

Anexo I dos leiautes da EFD-Reinf - Tabelas Versão 1.4: A Lei nº. 13.670/2018, reduziu o rol de atividades de
empresas que poderão continuar recolhendo as
Tabela 09 – Código de Atividades, Produtos e Serviços Sujeitos à CPRB contribuições previdenciárias com base na receita
bruta (“CPRB”) de serviços e/ou produtos, ao invés
de sobre a remuneração dos empregados e
contribuintes individuais, nos termos da Lei nº
12.546/2011 (“Plano Brasil Maior”).

11
CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

Eventos de movimentação da EFD-Reinf:

Aviso às pessoas jurídicas: está


chegando a hora de aposentar a Dirf,
R-2070: A este evento serão atribuídas as informações de retenções cumprindo assim mais uma etapa da
na fonte de IR, CSLL, Cofins, PIS/Pasep. Para este envio serão implantação da EFD-Reinf pela
declaradas as informações de base de cálculo e valores das retenções, Secretaria da Receita Federal do
da mesma maneira que é feito na DIRF. A principal alteração desse Brasil. O evento que vai substituir a
evento com o que estamos acostumados na DIRF é com relação a sua
atual Declaração do Imposto de
periodicidade, que deixará de ser anual e passará a ser mensal. Como
Renda Retido na Fonte foi batizado
o R-2070 é o evento com mais informações, e o que se aplica a uma
como “R-2070 – Retenções na Fonte –
quantidade maior de empresas, ele está sendo considerado o evento
que está gerando as maiores dúvidas e também está sendo
IR, CSLL, Cofins, PIS/Pasep”.
considerado o evento mais complexo da EFD Reinf.
“A substituição está prevista para
2019, mas tudo indica que os testes
de validação terão início no próximo
mês de novembro”. Esse cronograma
permite que as empresas se
Continua 2019 preparem, buscando informações e
ajustando seus processos internos de
captação e registro de informações
contábeis.

Eventos de movimentação da EFD-Reinf:

R-3010: É o evento ao qual se informará as receitas de espetáculos


desportivos. Para esse evento, o responsável é considerado a
empresa que promoveu o espetáculo desportivo. O procedimento
para envio deste evento é informar não só a receita que o evento
gerou, mas também outras informações como o número de ingressos
vendidos, devolvidos, os participantes do evento (times), quantidade
de pagantes, quantidade de não pagantes, enfim, um boletim
completo com todas as informações do evento. Criado para ser o
único evento da EFD Reinf como não periódico, o R-3010 requer
muita atenção pois como ele tem de ser enviado em até 2 dias da
realização do evento, será necessário ter todas essas informações de
forma muito rápida.
Nota: Esse evento pode ser retificado a qualquer momento, pois não
necessita do envio de fechamento do movimento (R-2099) diferente
dos demais eventos que citamos aqui.

12
CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

Fechamento dos Eventos Periódicos:

R-2099: Empresas que estiverem no primeiro grupo de obrigados,


mas que não tenha movimento nos mês de maio/2018 deverá
apresentar o evento "R-2099 - Fechamento dos Eventos Periódicos"
da EFD-Reinf, com a indicação dessa situação.

Igualmente em julho, se a empresa estiver na situação de "Sem


movimento" deverá enviar o evento "R-2099 - Fechamento dos
Eventos Periódicos" da EFD-Reinf, com a indicação dessa situação e
fazer a integração com a DCTFWeb. A partir daí, se a empresa
continuar nessa situação (sem movimento) por mais tempo, deverá a
cada mês de janeiro dos anos seguintes, renovar a informação
prevista neste parágrafo. Orienta-se consulta ao Manual da EFD-Reinf
para obtenção de mais detalhes sobre os procedimentos a serem
adotados.

Identificadores

Contribuinte
A partir da data de entrada em vigor da EFD-Reinf o contribuinte pessoa
jurídica é identificado apenas pelo CNPJ - Cadastro Nacional da Pessoa
Jurídica e o contribuinte pessoa física, apenas pelo CPF - Cadastro de
Pessoas Físicas.

O identificador chave para as empresas em geral será o CNPJ-Raiz/Base de


oito posições. Se for informada natureza jurídica de administração pública
federal, o identificador chave considerado será o CNPJ completo com 14
posições.

Para as obras de construção civil, que possuam responsáveis pessoas físicas


ou jurídicas, a matrícula CEI passa a ser substituída pelo CNO – Cadastro
Nacional de Obras que, obrigatoriamente, é vinculado a um CNPJ ou a um
CPF.

13
CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

Identificadores

Comprovante de entrega
O recibo de entrega dos eventos serve para oficializar a remessa de determinada
informação à EFD-Reinf e também para obter cópia de determinado evento,
retificá-lo ou excluí-lo quando o programa assim o permitir.
Cada evento transmitido possui um recibo de entrega. Quando se pretende
efetuar a retificação de determinado evento deve ser informado o número do
recibo de entrega do evento que se pretende retificar.
Esses recibos serão mantidos no sistema por tempo indeterminado, porém, por
segurança, é importante que a empresa os guarde, pois comprovam a entrega e o
cumprimento da obrigação tributária acessória.
Vale ressaltar que o protocolo de envio é uma informação transitória, atestando
que o evento foi transmitido e que serão processadas as respectivas validações, o
que não comprova o cumprimento da obrigação acessória.

Identificadores
Retificações

Alteração de Informações Com relação aos eventos periódicos, enquanto o movimento


estiver "aberto", o envio de um segundo evento, do mesmo tipo,
Os eventos tabelas - “R-1000 – Informações do Contribuinte” e para o mesmo período de apuração, poderá ser efetuado
“R-1070 – Tabela de Processos Administrativos/Judiciais” -, encaminhando um novo evento com o indicativo de retificação.
possuem um atributo de vigência ou “Período de validade das
informações” representado nos campos “iniValid” e “fimValid”, Por não existir a necessidade de fechamento de movimento (R-
com um grupo específico para as informações de alteração. 2099) para o evento de receita de espetáculo desportivo (R-3010),
as retificações neste evento podem ocorrer a qualquer momento.
No procedimento de alteração desses eventos o contribuinte
transmitirá as informações preenchendo o grupo de campos
relativos a alteração.
Exclusões
No caso da alteração a ser informada se referir apenas ao período
de vigência (Validade), as datas “iniValid” e “fimValid” objeto de Para exclusão de qualquer evento transmitido indevidamente,
alteração devem ser informadas apenas no grupo de campos faz-se necessário o envio do evento “R-9000- Exclusão de
relativos à “Nova Validade”. Eventos”, identificando o evento a ser excluído pelo
preenchimento dos campos “tipo do evento” (“tpEvento”) e
“número do recibo do evento” (“nrRecEvt”), que é o número do
recibo do arquivo enviado a ser excluído.
Os eventos periódicos - R-2010 a R-2070 -, após encerrados, ou
seja, após o envio do evento “R-2099 –Fechamento dos Eventos
Periódicos”, somente podem ser excluídos quando transmitido
previamente o evento de reabertura “R-2098 - Reabertura dos
Eventos Periódicos” para o mesmo período de apuração.

14
CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

Bibliografia
Bibliografia básica:

INSTRUÇÃO NORMATIVA RFB Nº 1701, DE 14 DE MARÇO DE 2017, Institui a Escrituração Fiscal


Digital de Retenções e Outras Informações Fiscais (EFD-Reinf).
INSTRUÇÃO NORMATIVA RFB Nº 1787, DE 07 DE FEVEREIRO DE 2018, Dispõe sobre a Declaração
de Débitos e Créditos Tributários Federais Previdenciários e de Outras Entidades e Fundos
(DCTFWeb).

Bibliografia secundária:

• Instrução Normativa RFB Nº 1767 DE 14/12/2017 – Altera as IN RFB Nº 1701 e IN RFB nº 971
• IN RFB nº 971, de 2009.
• Instrução Normativa RFB Nº 1634 DE 06/05/2016 - Dispõe sobre o Cadastro Nacional da Pessoa
Jurídica (CNPJ).
• Instrução Normativa RFB Nº 1700 DE 14/03/2017.
• Lei nº 8.212, de 24 de julho de 1991.
• Decreto nº 6.022, de 22 de janeiro de 2007, o Sistema Público de Escrituração Digital (Sped).

15
CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

16
Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo
Tel. (11) 3824-5400 – opções 2 ou 3 (núcleo de relacionamento)
Email: desenvolvimento@crcsp.org.br | web: www.crcsp.org.br
Rua Rosa e Silva, 60 | Higienópolis
01230 909 | São Paulo SP

Presidente: Márcia Ruiz Alcazar


Gestão 2018-2019

A reprodução total ou parcial,


Palestra bem como a reprodução de
apostilas a partir desta obra
intelectual, de qualquer forma
ou por qualquer meio eletrônico
ou mecânico, inclusive através
de processos xerográficos, de
fotocópias e de gravação,
somente poderá ocorrer com a

Conexão permissão expressa do seu


Autor (Lei n.º 9610/1998).

CRCSP - TODOS OS DIREITOS


RESERVADOS:
É PROIBIDA A REPRODUÇÃO
TOTAL OU PARCIAL DESTA
Temas em APOSTILA, DE QUALQUER
FORMA OU POR QUALQUER
MEIO.

Destaque: CÓDIGO PENAL BRASILEIRO


ARTIGO 184.

eSocial Novembro/2018
JANEIRO/ Elaborado por:

VALERIA DE SOUZA TELLES

O conteúdo desta apostila é de inteira


responsabilidade do autor (a).

FALE CONOSCO acessando o portal do CRCSP www.crcsp.org.br


CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

eSOCIAL -
Sistema de
Escrituração Fiscal Digital das
Obrigações Fiscais,
Previdenciárias e Trabalhistas
Dra. Valéria de Souza Telles

eSocial - Valéria de Souza Telles

2
CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

Base Legal
• Manual de Orientação do eSocial – disponível na internet, no endereço eletrônico
https://portal.esocial.gov.br
• Versão 1.0 – Ato Declaratório Executivo SUFIS nº 5/13 – DOU de 18/07/2013
• Versão 1.1 – Circular CEF nº 642/14– DOU de 07/01/2014
• Versão 1.2 – Circular CEF nº 657/14 – DOU de 05/06/2014
• Versão 2.0 – Resolução do Comitê Gestor nº 001/2015 – D.O.U. de
24/02/2015
• Versão 2.1. – Resolução do Comitê Gestor nº 002/2015 – DOU de 07/07/2015
• Versão 2.2 – Resolução Comitê Gestor do eSocial Resolução nº 5 – D.O.U DE
06/09/16
• Versão 2.3 - Resolução Comitê Gestor do eSocial Resolução nº 10 – D.O.U de
05/07/17
• Versão 2.4 - Resolução Comitê Gestor do eSocial Resolução nº 11 – D.O.U de
15/09/17
• Versão 2.4.02 - Resolução Comitê Gestor do eSocial nº 17 – D.O.U de
06/07/2018
eSocial - Valéria de Souza Telles

FLUXO DE INFORMAÇÕES

eSocial - Valéria de Souza Telles

3
CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

eSOCIAL X EFD-REINF X DCTF-WEB


• Geração automática pelo sistema de origem:
• Não haverá DCTF-WEB sem que tenha sido transmitida a
apuração (eSOCIAL e EFD-REINF)
• Funcionalidades
– Integração com os sistemas geradores de
contribuições/apurações (eSOCIAL e EFD-REINF)
– Captação automática com os créditos referentes a
salário-família, salário-maternidade e retenções sobre
prestação de serviços
– Integração com os sistemas da RFB para importação de
créditos e vinculação de débitos (compensação cruzada
– Lei nº 13.670/18 e IN RF nº 1.810/18)
eSocial - Valéria de Souza Telles

Objeto
• Única forma – informações trabalhistas,
previdenciárias, tributárias e fiscais
• relativas à contratação e utilização de
mão de obra onerosa
– com ou sem vínculo empregatício
• e de produção rural

eSocial - Valéria de Souza Telles

4
CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

Princípios do eSocial
• Dar maior efetividade à fruição dos direitos fundamentais
trabalhistas e previdenciários dos trabalhadores
• Racionalizar e simplificar o cumprimento de obrigações
previstas na legislação pátria de cada matéria
• Aprimorar a qualidade de informações das relações de
trabalho, previdenciárias e fiscais
• Eliminar a redundância nas informações prestadas pelas
pessoas físicas e jurídicas obrigadas
• Conferir tratamento diferenciado às microempresas – ME e
empresas de pequeno porte – EPP
eSocial - Dra. Valéria de Souza Telles

Conceito
• projeto do governo federal – coletar as informações descritas no
Objeto do eSocial
– armazenando-as no Ambiente Nacional do eSocial
– órgãos participantes – efetiva utilização para fins previdenciários,
fiscais e de apuração de tributos e do FGTS
• ação conjunta – órgãos
– Caixa Econômica Federal – CEF
– Instituto do Seguro Social – INSS
– Ministério da Previdência – MPS
– Ministério do Trabalho e Emprego – MTE
– Secretaria da Receita Federal do Brasil – RFB
– Conselho Curador do FGTS
eSocial - Valéria de Souza Telles

5
CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

Quem estará obrigado ao eSocial


• Todos os empregadores e contribuintes
– desde o empregador doméstico até as grandes
empresas
• Exceto microempreendedor individual sem
empregados
– Contemplando
• a escrituração digital da folha de pagamento
• as alterações no contrato de trabalho
• informações sobre os serviços contratados por
empreitada ou cooperativas
• etc.
eSocial - Dra. Valéria de Souza Telles

eSocial - Valéria de Souza Telles

6
CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

Obrigações Acessórias Substituídas


• Livro de Registro
• Folha de Pagamento
• GFIP/SEFIP
• RAIS
• CAGED
• DIRF
• Comunicação de Acidente do Trabalho (CAT)
• PPP
• Formulário de Seguro Desemprego
eSocial - Valéria de Souza Telles

Eventos do eSocial/
Sequenciamento Lógico
• Cadastro do empregador/órgão público e
Tabelas do Empregador

• Eventos Tabelas/Cadastro dos Trabalhadores

• Eventos Não Periódicos

• Eventos Periódicos
eSocial - Valéria de Souza Telles

7
CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

SITUAÇÃO SEM MOVIMENTO


• Ausência de informação para eSocial

• Informar a primeira competência para a


qual não houve movimento

• Persistindo, repetir em janeiro de cada


ano
eSocial - Valéria de Souza Telles

Como entregar o eSocial


• O arquivo pode ser gerado de 2 formas:
1) diretamente pelo sistema próprio ou
contratado pelo empregador
• transmitido por meio de webservice
– transmitir suas informações através
de arquivos gerados em seus
sistemas de informática
eSocial - Valéria de Souza Telles

8
CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

Como entregar o eSocial


• leiautes padronizados
• integração direta entre o sistema
informatizado do empregador e o
ambiente nacional do eSocial
• sem necessidade de preenchimento de
telas na internet ou de programas
geradores de escrituração ou declaração
• as empresas deverão possuir serviços web
de conexão WebService
eSocial - Valéria de Souza Telles

Como entregar o eSocial


2) diretamente no Portal do eSocial na
internet
• preenchimento e salvamento dos
campos e telas já operam a geração e
transmissão do evento

Obs.: as validações do eSocial serão feitas


online por evento no momento da
transmissão
eSocial - Valéria de Souza Telles

9
CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

www.caixa.gov.br

www.trabalho.gov.br

www.receita.fazenda.gov.br

www.fazenda.gov.br

www.previdencia.gov.br

www.planalto.gov.br
http://portal.esocial.gov.br

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS – É proibida a reprodução total ou parcial, de qualquer forma ou de qualquer meio.

10
CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

TODOS OS DIREITOS 21
RESERVADOS - É proibida a

11
Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo
Tel. (11) 3824-5400 – opções 2 ou 3 (núcleo de relacionamento)
Email: desenvolvimento@crcsp.org.br | web: www.crcsp.org.br
Rua Rosa e Silva, 60 | Higienópolis
01230 909 | São Paulo SP

Presidente: Márcia Ruiz Alcazar


Gestão 2018-2019

A reprodução total ou parcial,


Palestra bem como a reprodução de
apostilas a partir desta obra
intelectual, de qualquer forma

Conexão CRCSP - ou por qualquer meio eletrônico


ou mecânico, inclusive através
de processos xerográficos, de
Temas em fotocópias e de gravação,
somente poderá ocorrer com a
permissão expressa do seu
Destaque: Autor (Lei n.º 9610/1998).

DCTFWeb - TODOS OS DIREITOS


RESERVADOS:
É PROIBIDA A REPRODUÇÃO
Introduzida pela TOTAL OU PARCIAL DESTA
APOSTILA, DE QUALQUER
Instrução FORMA OU POR QUALQUER
MEIO.
CÓDIGO PENAL BRASILEIRO
Normativa RFB ARTIGO 184.

1.787/2018
Novembro/2018
JANEIRO/ Elaborado por:

GISLEISE NOGUEIRA DE AGUIAR

O conteúdo desta apostila é de inteira


responsabilidade do autor (a).

FALE CONOSCO acessando o portal do CRCSP www.crcsp.org.br


CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

PALESTRANTE
Doutoranda em Ciências da Informação –
UFP – Portugal
Mestre em Ciências Contábeis pela PUC/SP,
Pós Graduação em Controladoria e Finanças
pela Mackenzie/SP,
Graduação em Ciências Contábeis.
Professora de Graduação e Pós-Graduação.
Sócia-diretora da SPED Brasil empresa de
conteúdo digital na área tributária e fiscal
Moderadora do portal e do grupo técnico
Participante dos projetos SPED desde 2006

gisleise.nogueira@spedbrasil.com.br

2
CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

TÓPICOS
Breve entendimento da obrigação - DCTFWEB
Obrigatoriedade
Prazos
CRC PI
Destaque das funcionalidades da DCTF WEB
Mineração dos Dados do eSocial e EFD REINF
“Capacitação: DCTF WEB”
Dicas de Projeto - empresas do 1 Grupo DCTFWEB
 Cronograma da DCTFWEB
 Respondendo as suas dúvida

3
CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

CONSIDERAÇÕES INICIAIS

DCTFWEB
A Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais
Previdenciários e de Outras Entidades e Fundos. Trata-se da
obrigação tributária acessória por meio da qual o contribuinte
confessa débitos de contribuições previdenciárias e de
contribuições destinadas a terceiros.

DCTFWeb é também o nome dado ao sistema utilizado


para editar a declaração, transmiti-la e gerar a guia de
pagamento.

Instrução Normativa RFB nº 1787 de 07 de fevereiro de 2018

4
CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

OBRIGATORIEDADE
PJ de direito privado em geral e as equiparadas

As unidades gestoras de orçamento dos órgãos públicos, das autarquias e das


fundações de quaisquer dos poderes da União, dos estados, do Distrito Federal
e dos municípios.

As entidades de fiscalização do exercício profissional (conselhos federais e


regionais)

Os fundos especiais criados no âmbito de quaisquer dos poderes da União, dos


estados, do Distrito Federal e dos municípios bem como dos Ministérios Públicos
e dos Tribunais de Contas

Instrução Normativa RFB nº 1787 de 07 de fevereiro de 2018

OBRIGATORIEDADE
Os consórcios de que quando realizarem, em nome próprio: a contratação de
trabalhador segurado do RGPS; a aquisição de produção rural de produtor rural
pessoa física; o patrocínio de equipe de futebol profissional; ou a contratação de
empresa para prestação de serviço sujeito à retenção

Os organismos oficiais internacionais ou estrangeiros em funcionamento no


Brasil, quando contratarem trabalhador segurado do RGPS

As pessoas físicas que adquirirem produção de produtor rural pessoa física ou


de segurado especial para venda, no varejo, a consumidor
pessoa física;

Instrução Normativa RFB nº 1787 de 07 de fevereiro de 2018

5
CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

OBRIGATORIEDADE
Os Microempreendedores Individuais (MEI), quando: contratarem trabalhador
segurado do RGPS; adquirirem produção rural de produtor rural pessoa física;
patrocinarem equipe de futebol profissional; contratarem empresa para
prestação de serviço sujeito à retenção

Os produtores rurais pessoa física, quando: contratarem trabalhador segurado do


RGPS; ou comercializarem a sua produção com adquirente domiciliado no
exterior, a consumidor pessoa física, no varejo, a outro produtor rural pessoa
física ou a segurado especial;

as demais pessoas jurídicas que estejam obrigadas pela legislação ao


recolhimento das contribuições previdenciárias

Instrução Normativa RFB nº 1787 de 07 de fevereiro de 2018

DISPENSADOS
Estão dispensados da obrigação de apresentar a DCTFWeb:

I - os contribuintes individuais que não têm trabalhador segurado do


RGPS que lhes preste serviços;
II - os segurados especiais;
III - os produtores rurais pessoa física não enquadrados nas hipóteses
previstas no inciso VIII do caput do art. 2º,
IV - os órgãos públicos em relação aos servidores públicos estatutários,
filiados a regimes previdenciários próprios;
V - os segurados facultativos;
VI - os consórcios de que tratam os arts. 278 e 279 da Lei nº 6.404, de
1976, não enquadrados nas hipóteses previstas no inciso III do caput do
art. 2º;
VII - os MEI, quando não enquadrados nas hipóteses previstas no inciso
VII do caput do art. 2º
VIII - os fundos especiais de natureza contábil ou financeira, não dotados
de personalidade jurídica, criados no âmbito de qualquer dos poderes da
União, dos estados, do Distrito Federal e dos municípios;

6
CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

DISPENSADOS
Estão dispensados da obrigação de apresentar a DCTFWeb:

IX - as comissões sem personalidade jurídica criadas por ato internacional


celebrado pela República Federativa do Brasil e 1 (um) ou mais países, para fins
diversos;
X - as comissões de conciliação prévia de que trata o art. 625-A do Decreto-Lei nº
5.452, de 1º de maio de 1943;
XI - os fundos de investimento imobiliário ou os clubes de investimento registrados
em Bolsa de Valores, segundo as normas fixadas pela Comissão de Valores
Mobiliários (CVM) ou pelo Banco Central do Brasil (Bacen), cujas informações,
quando existirem, serão prestadas pela instituição financeira responsável pela
administração do fundo; e
XII - os organismos oficiais internacionais ou estrangeiros em funcionamento no
Brasil que não tenham trabalhador segurado do RGPS que lhes preste serviços

QUAIS OS IMPOSTOS TRATADOS?

COFINS -
IR-IRRF CS-CSRF PIS-CSRF
CSRF

OUTROS
INSS FUNRURAL
FUNDOS

Fique atento a alterações do cronograma

7
CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

PRAZO DE APRESENTAÇÃO

SEM MOVIMENTO
Se houver interrupção temporária na ocorrência de fatos geradores, o
contribuinte deverá apresentar a DCTFWeb relativa ao 1º (primeiro) mês
nessa condição, ficando dispensado da obrigação nos meses subsequentes
até que novos fatos geradores venham a ocorrer. (SEM MOVIMENTO)

O contribuinte deverá apresentar a DCTFWeb relativa ao mês de janeiro de


cada ano enquanto persistir a condição de inexistência de fato gerador a
declarar

O contribuinte pessoa física que entrega a sua declaração por meio de seu
CPF é dispensado da apresentação de DCTFWeb sem movimento.

Instrução Normativa RFB nº 1787 de 07 de fevereiro de 2018

8
CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

PRAZO DE APRESENTAÇÃO

2º. Grupo (FAT 3º. Grupo (FAT


1º. Grupo (FAT < 78milhões) – 4º. Grupo
>78milhões) exceto optantes pelo
< 78milhões) – (OP e demais)
exceto 1º. 2º. E 4º
Simples

A partir das 8 a partir das 8


a partir das 8
(oito) horas de (oito) horas de
(oito) horas de
1º de maio de 10 de janeiro
10 de julho de
2018, em de 2019, Em data a ser
2019,
relação aos referentes aos
referentes aos fixada
fatos geradores fatos ocorridos
fatos ocorridos
ocorridos a a partir de 1º de
a partir de 1º de
partir dessa janeiro de
julho de 2019
data 2019;

Instrução Normativa RFB nº 1787 de 07 de fevereiro de 2018

RETIFICAÇÃO
Retificação da DCTF Retificação das Origens

Não poderá retificar quando o objetivo:

 reduzir os débitos;
 alterar os débitos de contribuições em relação aos quais o
sujeito passivo tenha sido intimado do início de
procedimento fiscal

Pode retificar até 5 anos contados da 1º. entrega

9
CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

FLUXO DAS INFORMAÇÕES

FLUXO DAS INFORMAÇÕES

10
CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

NOVO MODELO DE APURAÇÃO


Apuração Recolhimento Declara
• Sistemas • DARF • DCTF
• Planilhas • GPS • SEFIP

Declara Vinculação Recolhimento


• REINF + eSocial • DCTF WEB -
• DCTF WEB DARF

DCTF WEB
“Passo a Passo”

11
CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

ORIGEM DOS DADOS

eSocial EFD REINF DCTF WEB


7 do mês 15 do mês 15 do mês
subsequente subsequente subsequente

APURAÇÃO GERAÇÃO DARF PAGAMENTO

COMO ACESSAR

idg.receita.fazenda.gov.br

Certificado Digital (A1 ou A3)


a) Certificado digital da própria PJ declarante (e-CNPJ);
b) Certificado digital da própria PF declarante (e-CPF);
c) Certificado digital do responsável legal da PJ perante o CNPJ (eCPF);
d) Procuração Receita Federal do Brasil (certificado digital);
e) Procuração Eletrônica – Portal e-CAC RFB (certificado digital);

Código de Acesso: apenas para os MEI e


II - às Microempresas (ME) e Empresas de Pequeno Porte (EPP) do Simples Nacional que tenham
até 1 (um) empregado no período a que se refere a declaração.

12
CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

COMO ACESSAR

COMO ACESSAR

13
CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

COMO ACESSAR

COMO ACESSAR
Situações da DCTF WEB

Tipos de DCTF WEB

14
CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

COMO ACESSAR

COMO ACESSAR

15
CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

COMO ACESSAR

COMO ACESSAR

16
CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

EDIÇÃO DA DCTF WEB

TABELA DE VINCULAÇÃO

1. Vincula os débitos de
contribuições previdenciárias
descontadas dos segurados

2. Débitos do grupo
contribuições patronais

3. Débitos do grupo de
terceiros (outras entidades e
fundos).

17
CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

TABELA DE VINCULAÇÃO

EDIÇÃO DA DCTF WEB

18
CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

EDIÇÃO DA DCTF WEB


Créditos/Deduções Vinculados

Créditos decorrentes das guias de Inserido


Inserido manualmente ou manualmente
pagamento quitadas (retificadora)
importado da RFB

EDIÇÃO DA DCTF WEB

19
CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

EDIÇÃO DA DCTF WEB

Eventual saldo de créditos com Retenção Lei nº 9.711/98 deve ser objeto de pedido de reembolso, restituição ou
compensação, por meio de PERDCOMP.

EDIÇÃO DA DCTF WEB

20
CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

EDIÇÃO DA DCTF WEB

EDIÇÃO DA DCTF WEB

21
CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

EDIÇÃO DA DCTF WEB

EDIÇÃO DA DCTF WEB

22
CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

EDIÇÃO DA DCTF WEB

EDIÇÃO DA DCTF WEB

23
CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

EDIÇÃO DA DCTF WEB

TRANSMISSÃO DA DCTF WEB

24
CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

VINCULAÇÃO AUTOMÁTICA DA
DCTF WEB

RELATÓRIOS DA DCTF WEB

Os relatórios disponibilizados pela aplicação são os


seguintes:
1) Relatório de Créditos por Documento;
2) Relatório Resumo de Débitos;
3) Relatório Resumo de Créditos;
4) Relatório de Débitos;
5) Relatório de Créditos.

25
CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

RECIBO DE ENTREGA

RECIBO DE ENTREGA

26
CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

EMISSÃO DO DARF
Após o envio da DCTFWeb Geral, a aplicação permite
a emissão de DARF, englobando todas as retenções
efetuadas no mês, juntamente com os demais débitos da
empresa tomadora dos serviços.

Poderá ser emitido DARFs separadamente

DARF Numerado

PENALIDADES

• e 2% (dois por cento) ao mês calendário ou fração, incidentes sobre o montante


das contribuições informadas na DCTFWeb, ainda que integralmente pagas, no
Multa por Atraso caso de falta de entrega dessa declaração ou entrega após o prazo, limitada a
20% (vinte por cento)

Informações • de R$ 20,00 (vinte reais) para cada grupo de 10 (dez) informações incorretas ou
omitidas
incorretas ou omitidas

A multa mínima a ser • I - R$ 200,00 (duzentos reais), no caso de omissão de declaração sem
ocorrência de fatos geradores; ou
aplicada será de: • II - R$ 500,00 (quinhentos reais), nos demais casos.

As multas podem serão reduzidas!

Instrução Normativa RFB nº 1787 de 07 de fevereiro de 2018

27
CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

RISCOS DA DCTFWEB
Quais os riscos que tenho no caso de não entrega ou entrega
inconsistente?

Multa de não entrega

Sem apuração

Certificação negativas

DÚVIDAS

28
CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

Bibliografia:
- IN RFB nº 1.787/2018
- Manual de Orientação da DCTFWeb
- www.portalspedbrasil.com.br
- https://www.youtube.com/playlist?
list=PL7zsee2Wcyb4DmJ3d1WXo2bl
fNV4NzjIK

Obrigada!
Obrigada! contato@spedbrasil.com.br

29
CRCSP - Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional

30

Interesses relacionados