Você está na página 1de 2

OS RECURSOS MINERAIS

Conceito e Definições:

Recursos minerais são substâncias inorgânicas extraídas da Terra e que têm


utilidade como matéria prima. São os elementos ou compostos químicos
encontrados naturalmente na crosta da terra, isto é, que fazem parte da sua
própria formação. Não há, portanto, participação do ser humano no seu processo
de criação.

Existem, na crosta terrestre, milhares de recursos minerais que são classificados


em minerais metálicos e não metálicos. Entre os minerais metálicos estão o ferro,
o cobre, o zinco, o chumbo, o estanho, o titânio, o ouro a prata, a platina etc.
Entre os minerais não metálicos estão o enxofre, o cloreto de sódio, o fosfato, o
gesso, o quartzo, o granito, a areia, o cascalho, a água, as pedras preciosas,
semipreciosas etc.

Os recursos minerais podem ser encontrados na natureza, em estado puro, como


o ouro e a prata, mas em geral, estão associados a outros minerais. Para extrair
deles a matéria prima que se deseja, é necessário beneficiá-los, ou seja, separá-
los dos demais, muitos deles sem valor econômico, que compõem as rochas em
que eles se encontram. Os minerais beneficiados são chamados de minérios.

Os recursos minerais energéticos são aqueles utilizados para a produção de


energia elétrica, calorífica ou mecânica, entre eles, o carvão, o gás, o petróleo, o
urânio, o xisto etc.

Tipos De Recursos Minerais

Metálicos: Como ferro, alumínio, manganês, magnésio, cobre, mercúrio,


chumbo, estanho, ouro, prata e urânio.

Não-metálicos: Como cloreto de sódio, enxofre, fosfatos, nitratos, areia,


argila, cascalho, amianto, água, petróleo e carvão mineral.

As indústrias de transformação mineral ocupam um importante papel na


economia brasileira. O ferro, por exemplo, é o principal minério em se tratando
de exportação, e no ranking geral de exportações só perde para a soja, sendo o
segundo mais exportado.

Apesar de seu importante auxílio na economia brasileira, a exploração


mineral causa um grande risco ambiental e social, pois resulta num processo de
desmatamento, destruição e contaminação de ecossistemas, além de agredir a
sociedade com invasões em áreas indígenas, terras particulares e exploração ao
trabalhador
IMPORTÂNCIA DOS RECURSOS NATURAIS

Os recursos minerais têm utilidade como matéria prima para a fabricação de


vários produtos, desde objetos domésticos, até automóveis, pontes, satélites
artificiais, foguetes espaciais etc. Do simples cascalho, da areia ou da argila,
utilizados em construções, até os elementos químicos extraídos dos minerais,
quase todos esses elementos conhecidos têm alguma utilidade comercial.

Os recursos minerais são concentrações de minério cujas características fazem


com que sua extração possa ser técnica e economicamente viável. Dividem-se
em metálicos (ferro, cobre, estanho e outros) e não metálicos,
como quartzo, calcário, mármore e outros.

Os recursos metálicos são, entre outros,


o ferro, alumínio, manganês, magnésio, cobre, cromo, mercúrio, chumbo, estanh
o, ouro, prata e urânio.
Outros recursos minerais são o cloreto de
sódio, enxofre, fosfatos, nitratos, areia, argila, cascalho, amianto, água, petróleo e
carvão mineral.
Apesar de seu importante auxílio na economia mundial, a mineração causa um
grande risco ambiental e social, pois resulta num processo de desmatamento,
destruição e contaminação de ecossistemas, além de agredir a sociedade com
invasões em áreas indígenas, terras particulares e exploração ao trabalhador.