Você está na página 1de 6

História do Teatro

*O que é?
Teatro só acontece quando o ator encontra uma audiência e com ela vive uma experiência em que ambos estão interessados e
envolvidos.

(figura)

*Origem do teatro
(figura)
- Primeiras sociedades primitivas :
Eu colocaria apenas palavras:

- Danças Primitivas

- Rituais Sagrados

nas danças imitativas / poderes O eram danças dramáticas coletivas que tratavam do seu dia a dia, uma espécie de ritual de
celebração, agradecimento ou perda/ rituais sagrados na tentativa de acalmar os efeitos da natureza, harmonizando-se com ela. Os
mitos começaram a evoluir, surgem danças miméticas.

*Civilização egípcia =grandes rituais formalizados e baseados em mitos. Cada mito conta como uma
realidade que veio a existir. Estes rituais propagavam as tradições e serviam para o divertimento e a honra dos nobres. .

(figura)

(Na realidade não. O teatro dos gregos surgiu na


*O teatro apareceu na Grécia Antiga, no séc. IV a.C.,:
Grécia. E as sociedades orientais?)
(figura)

-festivais anuais em consagração a Dionísio, o deus do vinho e da alegria. Poderia ter uma imagem do
Dionísio
-hino ="ditirambo"( um coro "coreutas" entoavam divididos em 2 coros)

="corifeu"-(coreuta que se destacou dos demais e assumiu o comando do diálogo.)

="Téspis"-(inventou o teatro)- Téspis não inventou o teatro como um todo, e sim o teatro
grego. Na realidade já existiam atores. Téspis só é considerado o “primeiro ator”,
por uma convenção.
Segundo a tradição, tudo começou com Téspis, no século VI a.C., na Grécia: foi ele quem deu início à arte de representar, essa
maravilhosa aventura que atravessaria séculos mesclando risos e lágrimas, sonho e realidade.

Cria-se assim a ação na história e surgem os primeiros textos teatrais..(carroça cheia de máscaras /perucas/trajes e tudo que
precisava para interpretar.

-um único ator dilogava com o coro.

(figura)(coturno)mascaras)

-ator e coreuta usam "coturno"(calçado de sola alto do tipo plataforma e máscaras de tecido ou madeira.Cada máscara tinha uma
expressão fixa-alegria/tristeza/raiva/espanto.(abertura da boca funcionava como amplificador)

-heróis e heroínas da mitologia grega .

(Figura)

-Ésquilos(c.525-456a.C) 1o tragidiógrafo grego.(pai da tragédia)

*Tragédia- (conflito/sofrimento e morte são aprópria essência da tragédia)

-criou o segundo ator="deuteragonista"

-aperfeiçou tudo:permitiu um diálogo mais vivo/máscaras +expressivas/altura dos coturnos/coros movimentos


aperfeiçoados/efeitos especiais.

-principal texto: "Prometeu Acorrentado". Tema Principal que tratava: Contava fatos sobre os Deuses e os Mitos.

(figura)

*Sófocles (496 a 406 a.C. – 2o grande tragidiógrafo =

-inovações=terceiro ator="tritagonista"

=reduziu ao mínimos a intervenção do coro.

=coturno -substituído pelos "crépis"(solado baixo)

Principal Texto: Édipo Rei. Tema Principal que tratava: das grandes figuras Reais.

(figura)

*Eurípides (484 a 406 a.C.) – completa o trio dos grande tragidiógrafos gregos.

-retratou paixóes humanas/gente simples e do povo/defensor com ardor das mulheres.

Principal Texto: As Troianas – Tema Principal que tratava: dos renegados, dos vencidos (Pai do Drama Ocidental e Oriental)

-"Medéia-+ famosa

Eurípedes dizia que o coração feminino era um abismo que podia ser preenchido com o poder do amor ou o poder do ódio.

=primeiro psicólogo, pois se dedicava ao estudo das emoções na alma humana.

(figura)

=Aristóteles o chamou de o "maior dos trágicos", porque suas obras conduziam a uma reflexão - catarse –
*Aristófanes (445- 386 a.C.), o autor mais ilustre de comédias que também surgiu na Grécia com o intuito de fazer rir o espectador. As
peças, chamadas sátiras, proporcionavam maneiras engraçadas de perceber a vida.

-"Lisístrata" a mais deliciosa comédia.

-era avesso apolíticos/juízes e filósofos em geral./condenava a guerra.

-criou o 4o ator "tetragonista".

Teatro Medieval
(figura)
-146 a.C-Império Romano =conquistou a Grécia=o teatro desapareceu. Acho que não. Ele foi
proibido, mas não despareceu.

-apareceu depois ligados religião (catolicismo)

teatro foi utilizado pela Igreja Católica = difundir a religião.

-século IX " tropo"=diálogo cantado.

-século XII-=elementos profanos se infiltaram nas peças religiosas.(trocaram a igreja pela praça)

=3 tipos de representações:milagres/mistérios e moralidades.

-"Autos-GilVicente (chamados em Portugal)

-milagres=vida de santos.

-mistérios=temas bíblicos

. -moralidades=intensão
moralizante/ caráter alegórico(seres abstratos/fé/ virtude /morte/elementos cômicos até mesmo
obcenos)

(figura)

- os saltimbancos, um tipo de teatro ambulante muito popular. As trupes (grupos de atores) utilizavam
as carroças como moradias e como palco, apresentando-se nas ruas, praças e castelos dos lugares
por onde passavam. O circo derivou desse tipo de espetáculo.

Teatro renascentista
(figura)
* Renascimento= commédia dell’arte, com apresentações / os atores improvisavam seus diálogos,
não decoravam falas/ mas sabiam o que iria se passar na história/ um misto de cantores/
acrobatas/ comediantes/ mímicos e dançarinos/ uso de máscaras.

Os tipos mais conhecidos que representavam eram: Colombina, Arlequim, Polichinelo, Pierrô e
Pantaleão.

(figuras)

-1564, nascia William Shakespeare, na Inglaterra. Teatro Elisabetano

(figura)

- ator , escreveu peças de teatro/ histórias, repletas de drama e humor: Hamlet, Rei Lear e Romeu e
Julieta.

(figura)

- Molière, na França escreveu comédias explorando e expondo as fraquezas e as peculiaridades do


ridículo do ser humano/Escola de mulheres, Tartufo, O avarento e Don Juan.

Ópera-uma peça cantada com acompanhamento de uma orquestra ,que tbém executa partes
exclusivamente instrumentais,sem vozes.

Libreto -é o texto de uma obra e seu autor é libretista.

Romantismo

Europa / várias revoluções./o teatro sofre infuências, o drama substitui a tragédia e a comédia se desenvolve, o foco do teatro se torna
muito mais individual e não é mais social.

No romantismo, o teatro volta-se para o ser humano, as peças falam sobre emoção, e surge o melodrama. Liberdade, fraternidade e
igualdade são os lemas desse período.

Assuntos de natureza histórica/tramas giram em torno do amor.

Palco italiano-século XVII-

(figura do palco italiano)

Especialmente para a ópera depois adotado pelo teatro falado.

Realismo e Naturalismo no teatro


(figura)

Até o século XVIII o teatro era frequentado pelo povo.

-, a burguesia começou a ser maioria nas plateias e

o teatro -as realidades burguesas com temas: a vida social/ o casamento/o dinheiro entre outros.

-mais naturais, mostrando pessoas comuns, mais próximas da vida real.

*Ibsen-dramaturgo norueguês -1890 peça:”Hedda Gabler”-


*Tchekhov-dramaturgo russo-1880—“O jardim das cerejeiras”

*Konstantin Stanislaviski-1863-1938-russo-ator amador/fundou uma companhia”Teatro de Arte de Moscou”(o teatro da emoção


interior)

“Naturalismo” cênico dominava as convenções teatrais, e em seguida, no início do século XX, novos
movimentos e experimentações artísticos começaram a surgir em oposição as regras dominantes.
Desses experimentos se destacam o Expressionismo alemão, o Teatro Épico, o Teatro da Crueldade e o
Teatro do absurdo.

*Bertolt Brechet-1898-1956-alemão- pai do “teatro épico”..

Baseia-se na narração (feitos históricos/eminentemente didático) Influenciou profundamente o teatro moderno.

-criou o efeito de distanciamento ou de estranheza.

-peças com canções/paródia.

-máscaras/cenários mínimos/iluminação intensa/tabuletas.

-ator em muitas situações narravam a ação em vez de representá-la.

Peças:-”Mãe Coragem e seus filhos”-1938-

-“A alma boa de Setsuan”1943-

* “Teatro da Crueldade”, França, por Antonin Artaud (1896-1948).

Artaud- seu livro “O Teatro e seu Duplo” (1938)- Ele acreditava na comunicação teatral
passando pelos sentidos e não uma apelação para a mente racional.

- o teatro deveria ser para o público uma estética de mágica e energia,

-estrapolando os espaços teatrais convencionais e representando nas ruas, fábricas,


comércio, -acreditava que desta forma, o público se confrontaria com sua própria
subjetividade, com seus sentimentos, num processo doloroso, denominando então de
“Teatro da Crueldade”.

Teatro do Absurdo

-personagem travam diálogos desconexos sem chegar a conclusão nenhuma.

-negação consciente da lógica/do realismo.

*Eugène Ionesco-1912-1994-romeno radicado na França./dramaturgo inovador./um dos cabeças do teatro do absurdo.

Peças: -“Cantora Careca”—1950/-“A lição”---1951

*Samuel Brechet-1906-1989-irlândes—depois se instalou na França.

-peça:”Esperando Godot”1953-(obra prima)

Grupos teatrais que surgiram nas últimas décadas,

-costumam eliminar a quarta parede,


- trabalhar a encenação interativa e a produção de textos coletivos.

- diretor passa a ser mais valorizado que o autor.

ACHO QUE NÃO, NÉ? Na realidade essa questão de autoria é uma questão que
existe até hoje no Teatro

Jerzy Grotowski (1933-1999) - teatro experimental Teatro experimental por que?

-ele propõe a criação de um “Teatro Pobre” ( uma encenação de extrema economia de


recursos cênicos /cenográficos, indumentários, etc), apenas com o que é extremamente
essencial à cena,

- deixando somente a relação entre o ator e o espectador.


Isso é só uma fase do teatro
do Grotowski. Depois ele para de trabalhar com espetáculos e foca no trabalho do
ator. Está resumido até demais.

Outras personalidades do teatro contemporâneo merecem destaques, dentre muitas


outras, são elas: Joseph Chaikin, Eugênio Barba, Peter Brook, Richard Schechner,
Heiner Müller. OK

No Brasil, o teatro contemporâneo iniciou com Nelson Rodrigues (1912-1980).


NÃO! É dito que o Modernismo no Teatro surgiu com o Nelson Rodrigues. Prefiro
dizer que o Teatro Moderno surgiu com Nelson Rodrigues e não o contemporâneo.

- sua peça, “Vestido de Noiva”, em 1943, é o marco da modernidade do teatro


brasileiro. Os personagens criados por Nelson Rodrigues.

Outros autores do panorama contemporâneo brasileiro são: Jorge de Andrade (1922-


1983), Plínio Marcos (1935-1999), Ariano Suassuna (1927-2014), Dias Gomes (1922-
1999), entre outros.