Você está na página 1de 4

As conversas que se seguem são baseadas nos factos verídicos, as personagens não são ficção

e o nível do português é assustador. Este é um verdadeiro teste.

Cliente: Pizza na hora, boa noite, em que posso ajudá-lo?

Telefonista: Boa noite, é pizzaria (…) – Pizza na Hora…

Cliente: Gostaria1 de encomendar uma pizza.

Telefonista: Uma só?

Cliente: Sim uma.

Telefonista: Pequena, média ou familiar? (tamanho da pizza)

Cliente: Gostava de encomendar uma pizza familiar.

Telefonista: Quais os ingredientes?

Cliente: A pizza familiar é muito grande?

Telefonista: É para uma família.

Cliente: Ah sim ...

Telefonista: Uma (pizza) familiar a dois adultos e a duas crianças.

Cliente: Está bem. Está bom. Mas queria só encomendar para mim, posso?

Telefonista: Pode.

Cliente: Obrigado.

Telefonista: De nada. Quais ingredientes?

Cliente: Gostaria de encomendar com cogumelos.

Telefonista: Cogumelos bravo, porcini ou enlatado.

Cliente: Santinho. Desculpe, não entendi.

Telefonista: Eu perguntei se o senhor vai querer os cogumelos bravo, porcini ou enlatado?


Os (cogumelos) enlatados são os mais baratos.

Cliente: Oh enlatados. Está a brincar. Está a brincar.

Telefonista: Não, na pizza na hora, não brincamos.

Cliente: Então vendem cogumelos enlatado (…)

Telefonista: Cogumelos bravo, porcini e enlatado.

Cliente: Preferia o bravo então.

1
Modo condicional é substituído pelo Pretérito Imperfeito, gostava de …
Telefonista: Não temos. Temos só enlatado.

Cliente: Só têm enlatado. Mas dá-me a escolher o bravo, o porcini ou enlatado.

Telefonista: Geralmente temos as três opções. Mas neste momento só temos enlatado.
Mais ingredientes?

Cliente: Vou começar agora porque não quero cogumelos enlatados.

Telefonista: Então, pronto. Já risquei os cogumelos.

Cliente: Azeitonas, por favor2.

Telefonista: Preta ou verde.

Cliente: Preta, por favor.

Telefonista: Não temos, só há verde.

Cliente: Mas olhe, o senhor está a brincar comigo.

Telefonista: Na Pizza na Hora não brincamos.

Cliente: Azeitonas verdes então. Diga-me só uma coisa. As azeitonas têm caroços?

Telefonista: Não.

Cliente: São descaroçadas.

Telefonista: Descaroçadas

Cliente: Muito obrigado.

Telefonista: De nada. Mais ingredientes? Pimento. Verde, vermelho ou amarelo?

Cliente: Já tenho medo de perguntar, mas pode ser amarelo.

Telefonista: Não temos, temos verde e vermelho. O senhor é do Benfica ou do Sporting?

Cliente: Isso não está a acontecer, acho que isso não lhes diz respeito3.

Telefonista: O senhor quer pimento vermelho ou verde?

Cliente: Quero pimento verde.

Telefonista: Muito bem, mais? Alguma carne, algum peixe e mais alguma coisa na sua pizza?

Cliente: Anchovas.

Telefonista: Anchovas não temos. Atum, é o mais parecido.

2
Se faz favor (a entoação menos forte).
3
Algo diz respeito a algo.
Cliente: Olhe, é muito complicado pedir uma pizza assim. O senhor não tem nenhum
supervisor com quem posso falar?

Telefonista: Não, só comigo. Diga, quer atum, frango, ananás, fiambre?

Cliente: Quero frango por favor e não quero mais nada, não quero mais nenhum
ingrediente.

Telefonista: Frango, azeitona verde e pimento verde. Escolher mais um ingrediente e tem
direito a uma pizza gratuita de valor igual ou inferior.

Cliente: Sendo assim, quero mais um ingrediente, milho.

Telefonista: Milho não temos, o frango é meu.

Cliente: Não sei que diga, não sei. O senhor está a deixar-me desorientado.

Telefonista: Temos várias opções, temos tomate, temos …

Cliente: Ah pode ser tomate. Não quero saber mais nada, pode ser tomate.

Telefonista: Mas a pizza já tem tomate.

Cliente: Extra tomate, extra tomate.

Telefonista: Não quer queijo?

Cliente: Não quero queijo, quero essa pizza …

Telefonista: Várias opções de queijo, de certeza não quer o queijo?

Cliente: Quero queijo na pizza gratuita, disse-me que tinha uma pizza gratuita.

Telefonista: Com certeza.

Cliente: Então que seja o queijo.

Telefonista: Só queijo?

Cliente: Só quero despachar isto.

Telefonista: Deixe-me recapitular o seu pedido, duas pizzas familiares, uma só de queijo e
de oferta, e a que vai ser paga será com pimento verde, azeitona verde, frango e tomate,
correcto? Alguma bebida para acompanhar? Coca-cola, Sprite, sumo de laranja, sumo de
maça, cerveja.

Cliente: Sumo de guaraná.

Telefonista: Não temos. Isto não é o Brasil, isto é Portugal.

Cliente: Gengibre.

Telefonista: Também não. Coca-cola, Sprite, sumo de laranja ou sumo de maça.

Cliente: Sumo de romã


Telefonista: Sumo de laranja ou sumo de maça?

Cliente: Então não quero sumo, quero pepsi.

Telefonista: Pepsi não temos, e a água da sua torneira se calhar…

Cliente: Pode ser, pode ser, não quero bebida. Muito obrigado, o senhor é muito simpático.

Telefonista: Pronto, muito obrigado. Então diga-me uma coisa, é a entrega ao domicílio ou o
senhor vem buscar na nossa loja?

Cliente: Entrega ao domicílio. Já agora …

Telefonista: Com certeza, mas com o custo acrescido de 5 euros.

Cliente: Cinco euros?!

Telefonista: Cinco euros, com certeza. O total da sua encomenda ficará, deixe-me fazer as
contas, em trinta euros. Vai pagar com o multibanco ou em dinheiro?

Cliente: Trinta euros?!

Telefonista: Multibanco ou em dinheiro?

Cliente: Em dinheiro.

Telefonista: Em dinheiro, com certeza. E a sua morada, por favor.

Cliente: Moro na Rua do ‘‘vás lixar’’ no prédio ‘‘espero que a sua loja feche’’, andar ‘‘por
favor contacte mais’’.

Telefonista: Com certeza, isto fica em que zona?

Cliente: Em que zona? Na zona mais longe de si.

Telefonista: Muito bem, dentro de duas horas (...)

(...)

Você também pode gostar