Você está na página 1de 4

Português – Gramática

Graus dos adjetivos


G4 -Identificar os graus dos adjetivos e proceder a alterações de grau.

Os adjetivos qualificativos, além de admitirem variação em número e género,


admitem também variação em grau:

 gato gordo/ gatos gordos

 gato gordo/ gata gorda

 O gato é gordo/ O gato é o mais gordo/…

São três os graus dos adjetivos:


 grau normal

 grau comparativo

 grau superlativo

O grau normal atribui uma qualidade.

 Aquele gato é gordo.

 A Maria e a Rita são lindas.

 Essa rapariga é alta.

O grau comparativo mostra que um ser é igual, superior ou inferior a outro.

 Comparativo de Igualdade:

A Maria é tão alta como a Rita.

 Comparativo de Superioridade:

A Maria é mais alta do que o Tiago.

 Comparativo de Inferioridade:

O Tiago é menos alto do que a Maria.

1
Português – Gramática

O grau superlativo exprime a qualidade de um ser no grau mais elevado.

de Superioridade
O João é o mais alto.
Relativo
de Inferioridade
O Ivo é o menos alto.
Grau Superlativo
Analítico
A Ana é muito alta.
Absoluto
Sintético
A Maria é altíssima.

Casos particulares de comparativos e superlativos:

NORMAL COMPARATIVO DE SUPERIORIDADE SUPERLATIVO ABSOLUTO SINTÉTICO


bom melhor óptimo
mau pior péssimo
grande maior máximo
pequeno menor mínimo
alto superior supremo, sumo
baixo inferior ínfimo

Formação irregular na formação de alguns adjetivos no grau superlativo absoluto sintético:

 Quando queremos acentuar uma determinada qualidade expressa por um adjetivo, utilizamos o grau
superlativo sintético. Geralmente este grau forma-se acrescentando o sufixo –íssimo (não esquecer o
acento)ao adjetivo, quando este termina em consoante e retirando-se a vogal final se o adjetivo
terminar em vogal:

Original – originalíssimo
Triste – tristíssimo

 Contudo, há adjetivos que sofrem modificações na sua passagem para este grau, adoptando a forma
latina primitiva. Assim:

- os adjetivos terminados em – vel formam o superlativo em –bílissimo:


Ex. Amável – amabilíssimo
Agradável – agradabilíssimo

- os adjetivos terminados em –z fazem o superlativo em –císsimo:


Ex. Capaz – capacíssimo
Feliz – felicíssimo
- os que terminam em vogal nasal (com –m em final de palavra) formam o superlativo em –níssimo:
Ex. Comum – comuníssimo

2
Português – Gramática

- os adjetivos terminados em –ão fazem o superlativo em –aníssimo:


Ex. Pagão – paganíssimo
São – saníssimo

 Há ainda outros adjetivos que no grau superlativo absoluto apresentam grandes diferenças em
relação ao adjetivo no grau normal:

Amargo – amaríssimo
Amigo – amicíssimo
Antigo – antiquíssimo
Cristão – cristianíssimo
Cruel – crudelíssimo
Doce – dulcíssimo ou docíssimo
Fiel – fidelíssimo
Geral – generalíssimo
Nobre – nobilíssimo
Pessoal – personalíssimo
Sábio – sapientíssimo
Sagrado – sacratíssimo
Simples – simplicíssimo ou simplíssimo
Soberbo – superbíssimo

Frio – frigidíssimo

 Para além destes casos, há adjetivos que formam o grau superlativo em –imo (fácil – facílimo;
humilde - humílimo difícil – dificílimo; fácil – facílimo; grácil - gracílimo) e –rimo (célebre –
celebérrimo; íntegro – integérrimo; livre – libérrimo; mísero - misérrimo ; negro – nigérrimo; pobre –
paupérrimo; salubre – salubérrimo.

Lista alfabética com alguns adjetivos no grau superlativo absoluto sintético

acre acérrimo
ágil agílimo
agradável agradabilíssimo
agudo acutíssimo
amigo amicíssimo
amável amabilíssimo
amargo amaríssimo
antigo antiquíssimo
áspero aspérrimo
atroz atrocíssimo
audaz audacíssimo
benéfico ou beneficente beneficentíssimo
benévolo ou benevolente benevolentíssimo
capaz capacíssimo
claro claríssimo
celebre celebérrimo ou celérrimo
comum comuníssimo
cristão cristianíssimo
crível credibilíssimo
cru cruíssimo
cruel cruelíssimo ou crudelíssimo
difícil dificílimo

3
Português – Gramática

doce dulcíssimo
dócil docílimo
fácil facilíssimo ou facílimo
fiel fidelíssimo
feliz felicíssimo
feroz ferocíssimo
frágil fragilíssimo
frio frigidíssimo ou friíssimo
geral generalíssimo
grácil gracílimo
humilde ou húmile humílimo
horrível horribilíssimo
inimigo inimicíssimo
íntegro integérrimo
interior íntimo
livre libérrimo
magnífico magnificentíssimo
maléfico maleficentíssimo
magro macérrimo
manso mansuetíssimo
mísero misérrimo
miúdo minutíssimo
negro nigérrimo
nobre nobilíssimo
pagão paganíssimo
parco (pouco) parcíssimo
pessoal personalíssimo
pródigo prodigalíssimo
próprio propriíssimo
pobre paupérrimo ou pobríssimo
pulcro pulquérrimo
são saníssimo
sábio sapientíssimo
sagrado sacratíssimo
salubre salubérrimo
semelhante simílimo
sério seriíssimo
simples simplíssimo ou simplicíssimo
soberbo superbíssimo
terrível terribilíssimo
tétrico tetérrimo
vão vaníssimo
veloz velocíssimo