Você está na página 1de 37

Cárie: uma doença multifatorial

Definição: A cárie é uma doença


infectocontagiosa causada pela
descalcificação ou desmineralização do
esmalte dentário, pela ação de ácidos
orgânicos, provenientes da fermentação
microbiana dos carboidratos da dieta e
produzidos pelas bactérias.
Evolução da lesão cariosa
Evolução da lesão cariosa
Saliva + enzimas bacterianas → carboidratos → ácidos
orgânicos (lático, acético, butírico, propiônico) → esmalte,
dentina, polpa, cemento → cárie
Cárie radicular
Cárie radicular
Cárie de mamadeira
Lesão de cárie → hospedeiro, microrganismo, substrato, tempo

A cárie requer um hospedeiro com tecidos


susceptíveis (dentes) colonizados por uma
microbiota potencialmente cariogênica,
consumindo constantemente uma dieta rica em
sacarose, que deve estar presente em um
período de tempo significativo.

Newbrun, 1988
Dieta

Alimentos cariogênicos
Dieta
Prevenção
Doença periodontal é uma doença infecto-inflamatória que
acomete os tecidos de suporte (gengiva) e sustentação
(cemento, ligamento periodontal e osso) dos dentes.
Etiopatogenia das doenças
periodontais

O principal fator etiológico é a placa bacteriana,


também chamado de biofilme bacteriano.
Gengivite e Periodontite

São as duas maiores formas de doenças


inflamatórias que afetam o periodonto.
Gengivite → é a inflamação do tecido gengival
que não resulta em perda de inserção clínica.

Periodontite → é a inflamação do tecido gengival,


caracterizada pela perda de inserção do tecido
conjuntivo e de osso alveolar.
Casos clínicos de periodontite

Antes Depois
Casos clínicos de periodontite

Antes Depois
Casos clínicos de periodontite

Antes Depois
Periodontite versus Alterações
sistêmicas

As doenças periodontais podem estar


relacionadas com:
* doenças cardiovasculares;
* doenças respiratórias;
* nascimento de crianças com baixo peso.
Fatores de riscos para as doenças
periodontais.

Congênitos → raça, sexo, deficiências


nutricionais.
Adquiridos e ambientais → higiene bucal
precária, idade, medicações, fumo, estresse,
imunodeficiência adquirida, doenças endócrinas
adquiridas, doenças inflamatórias adquiridas.
A maioria das doenças periodontais não
apresenta sinal de dor.

Excessão: Gengivite Ulcerativa Necrosante


Aguda (GUNA) que é caracterizada por:
* ulceração;
* necrose;
* dor intensa;
*sangramento gengivais mesmo ao toque
delicado;
*odor fétido.

A GUNA é uma enfermidade inflamatória


destrutiva das gengivas.
Estão relacionados ao aumento de frequência de
GUNA:

* estresse;
* fumo;
* ingestão de bebidas alcóolicas
* trauma local;
* estado nutricional;
* higiene bucal deficiente.
Técnicas de Escovação
Técnicas de escovação
Técnicas de escovação
Técnicas de escovação
O flúor importante é aquele mantido
constantemente e em pequenas concentrações
na cavidade bucal, agindo não só como agente
preventivo, mas também terapêutico.
Fluorose

Período crítico → compromete esteticamente os


incisivos no período de 20 a 36 meses.
A IMPORTÂNCIA DO AUTO-
EXAME BUCAL
COMO PROCURAR?
O QUE PROCURAR?

Mudanças na aparência dos lábios e da porção interna da boca;

Endurecimentos, caroços, feridas, sangramentos, inchações e


áreas dormentes;

Mudança de coloração;

Áreas irritadas debaixo de próteses (dentaduras ou pontes


móveis);

Feridas que não cicatrizam em duas semanas;

Dentes quebrados ou amolecidos.