Você está na página 1de 6

Visual Basic .

NET 1

Visual Basic .NET


Visual Basic .NET
Paradigma estruturada, imperativa, orientação a objeto, declarativa

Surgido em 2001

Última versão Visual Basic 2010 (VB 10.0.30319.1) (12 de Abril de 2010) ()

Criado por Microsoft Corporation

Estilo de tipagem: dinâmica, forte, insegura[1] , nominativa

Compiladores .NET Framework, Mono

Dialetos: Microsoft Visual Studio .NET, .NET 2003, 2005, 2008, 2010

Influenciada por Nenhuma

Influenciou Nenhuma

Visual Basic.NET é uma linguagem de programação totalmente orientada a objetos e com suporte total a UML,
criada pela Microsoft e distribuída com o Visual Studio .NET.
O Visual Basic.NET é um produto extremamente diferente do antigo Visual Basic 6.0, não podendo ser considerada
uma versão seguinte. Não apenas a maneira de programar foi alterada, mas todo conceito de orientação a objetos
trouxe poder para a linguagem. A Microsoft simplesmente descontinuou o antigo Visual Basic 6.0 tornando o
produto parecido com as demais linguagens do Visual Studio, parecido em questões de recursos e portabilidade pois
o Visual Basic.NET ainda é muito diferentes de liguagens como o Visual C++, C#, etc. Porém esta nova versão
aproximou o Visual Basic.NET das grandes linguagens de programação, aumentando a aceitação dos
programadores Java e até mesmo C++, embora os programadores Java que migram para a plataforma .NET da
Microsoft prefiram o C#.[carece de fontes?]
Apesar da linguagem ser parecida com o antigo Visual Basic 6.0 a migração para a nova plataforma e utilização do
Visual Basic.NET é mais fácil para programadores que utilizam linguagens orientada a objeto. Os programadores do
antigo Visual Basic 6.0 acostumados com a orientação a eventos encontram algumas dificuldades na utilização do
Visual Basic.NET.
Os desenvolvedores podem criar uma ampla gama de aplicativos Web, móveis, do Windows e do Office, com a
mesma base .Net Framework, que tem atualmente a versão 3.5.

Versões do Visual Basic .NET


Desde Novembro de 2007, existem quatro versões do Visual Basic .NET implementadas por The Visual Basic Team
[2]
:

Visual Basic .NET (VB 7)


O Visual Basic .NET original foi lançado em 2002 juntamente com Visual C# e ASP.NET. Alterações muito
significativas quebraram a compatibilidade com versões anteriores e criaram alguma tensão na comunidade de
programadores.[3]

Visual Basic .NET 2003 (VB 7.1)


Esta versão do Visual Basic foi lançada com a versão 1.1 da Framework .NET. Novos recursos incluíam o suporte
para o .NET Compact Framework e um upgrade ao wizard do VB. Foi melhorada a performance e fiabilidade do
IDE. Adicionalmente, Visual Basic .NET 2003 tinha uma versão acadêmica (Visual Studio .NET 2003 Academic
Visual Basic .NET 2

Edition - VS03AE).

Visual Basic 2005 (VB 8.0)


A partir do VB 8.0, a Microsoft largou o termo .NET na designação do produto. Nesta versão, foram adicionadas
bastantes novos recursos, incluindo:
• Editar e Continuar
• Avaliação de expressões quando no Design;
• Melhoria no conversor VB-para-VB.NET;[4]
• Palavra-chave Using, simplificando a utilização de objetos que necessitam do padrão Dispose para libertar
recursos;
• Suporte para o tipo de dados inteiro sem sinal, muito utilizado em outras linguagens;
• Programação genérica;[5]
• Operator overloading;[6]
• Comentários em XML que podem ser processados por utilitários tais NDoc para produzir documentação
"automática";
• Operador IsNot que funciona desta forma: 'If X IsNot Y', que é equivalente a: 'If Not X Is Y'. Ganhou fama[7]
quando se descobriu que fora patenteado pela Microsoft.[8] [9]

Visual Basic 2005 Express


Como parte do range dos produtos Visual Studio, a Microsoft criou um conjunto de ambientes de desenvolvimento
gratuitos para aprendizes: a série Visual Studio 2005 Express. Visual Basic 2005 Express Edition é uma das edições
dessa série de aplicações, que foi depois substituído pelo Visual Basic 2008 Express Edition do Visual Studio
Express[10]

Visual Basic 2008 (VB 9.0)


O Visual Basic 9.0 foi lançado juntamente com o Microsoft .NET Framework 3.5, a 19 de Novembro de 2007.
Nesta versão, a Microsoft adicionou bastantes novos recursos, tais como:
• O operador condicionante If(boolean, value, value), para substituir a função IIf.
• Tipos anónimos.
• Suporte para LINQ.
• expressões Lambda.
• literais XML.

Visual Basic 2010 (VB 10.0)


Em 2007, a Microsoft planeou a utilização de DLR para o Visual Basic 10, conhecido como VBx.[11] Contudo, a
partir de Agosto de 2009, não houve mais notícias sobre o desenvolvimento do VBx com DLR. Como o C#, o Visual
Basic poderá aceder a objetos de linguagens dinâmicas construídas no DLR tais como IronPython e IronRuby.[12]
Para uma lista completa das características do Visual basic 10.0, ver o documento em "What's New in Visual Basic
2010" [13] publicado pela Microsoft.
Juntamente com o Visual Basic 2010 obtemos o .NET Framework 4.
Visual Basic .NET 3

Sintaxe VB.NET e VB
O seguinte exemplo simples demonstra a similaridade entre sintaxe VB.NET e VB. Ambos os exemplos aparecem
numa caixa de mensagem dizendo "Olá, Mundo" com um botão OK.
Clássico VB exemplo:

Private Sub Command1_Click () MsgBox("Olá, Mundo") End Sub

Exemplo VB.NET:
Private Sub Button1_Click (ByVal sender As System.Object, ByVal e As System.EventArgs) Handles Button1.Click

MsgBox("Olá, Mundo")

End Sub

Note que todas as chamadas procedimento deve ser feita com parêntesis em VB.NET, enquanto, no VB6 houve
diferentes convenções para funções (parênteses necessário) e subcategorias (sem parênteses permitida, a não ser
chamada utilizando a palavra-chave Call). Além disso, note que os nomes comando1 e Button1 não são obrigatórias.
No entanto, esses são nomes padrão para um botão de comando VB6 e VB.NET, respectivamente. Existe uma
função chamada MsgBox no namespace Microsoft.VisualBasic, que pode ser usado do mesmo modo que a função
correspondente no VB6. Existe uma controvérsia sobre qual função para usar como uma melhor prática (não apenas
restrito a mensagem mostrando caixas, mas também a outras características do namespace Microsoft.VisualBasic).
Alguns programadores preferem e defendem que, usando linguagem de código características específicas torna mais
legíveis (por exemplo, utilizando int (C #) ou Integer (VB.NET) em vez de System.Int32). O exemplo a seguir
mostra uma diferença entre VB6 e VB.NET. Ambos os exemplos descarregar a janela ativa. Clássico VB exemplo:

Private Sub cmdClose_Click () Esvaziar Me End Sub

VB.NET Um exemplo:
Private Sub btnClose_Click (ByVal remetente Como System. Object, ByVal e Como System.
EventArgs) _ Handles btnClose. Clique em mim. Close () End Sub

Nota o "cmd" sendo substituídos com o prefixo 'btn' prefixo, conformes à nova convenção anteriormente
mencionados. Os seguintes são equivalentes: VB6 Exemplo:

Private Sub Timer1_Timer () mim. Altura = Me. Altura - 1 End Sub

VB.NET exemplo:

Private Sub Timer1_Tick (ByVal remetente Como System. Object, ByVal e Como System.
EventArgs) _ Handles Timer1. Tick mim. Altura -= 1 End Sub

Críticas
Os muitos utilizadores do Visual Basic queixaram-se [14] do fato das versões iniciais do Visual Basic .NET
abandonarem um grande número de características da linguagem [15] disponíveis no VB6 (não mais vendido pelo
Microsoft), e pelas alterações na semântica das características que se mantiveram; por exemplo, no VB.NET os
parâmetros são passados (por default) por valor, não por referência. Detratores referem-se pejorativamente ao
VB.NET como Visual Fred ou DOTNOT.[16] A 8 de Março de 2005, uma petição [17] foi criada em resposta à recusa
da parte da Microsoft em estender o suporte[18] ao VB6.
Visual Basic .NET 4

Limitações
As versões anteriores do VB tinham várias limitações no código:
• Nº de variáveis usadas no mesmo código.
• Nº de arquivos abertos no mesmo código.
• Nº de janelas abertas no mesmo código, dentre outras.
No VB.NET existem limitações físicas, segundo a Microsoft, mas são tão altas que não há chances de serem
atingidas pelo desenvolvedor, a ponto de não serem nem documentadas oficialmente.[carece de fontes?]

Arquivos Gerados
Arquivos com extensão .vb e outros que podem ser incluídos no projeto, tais como ASP (extensão .aspx), XML
(extensão .xml), arquivos HTML (extensão .html), etc. Não há distinção de arquivos de classes, janelas, controles e
outros, pois todos terão a extensão .vb.[carece de fontes?]

Notas e referências
[1] Somente se a checagem de tipos (Option Strict) não for habilitada. Muitos desenvolvedores em VB.NET afirmam que a checagem restrita de
tipo deve ser habilitada em todos os novos projetos e desabilitada somente para códigos antigos convertidos através do Ajudante de
Atualização (Upgrade Wizard).
[2] http:/ / blogs. msdn. com/ vbteam/
[3] Petição à Microsoft (http:/ / www. classicvb. org/ petition/ ). Classicvb.org (8 March 2005). Página visitada em 16 June 2009.
[4] What's New with the Visual Basic Upgrade Wizard in Visual Basic 2005 (http:/ / msdn2. microsoft. com/ en-us/ library/ ms379614. aspx) (em
inglês)
[5] Defining and Using Generics in Visual Basic 2005 (http:/ / msdn2. microsoft. com/ en-us/ library/ ms379608. aspx)
[6] Operator Overloading in Visual Basic 2005 (http:/ / msdn2. microsoft. com/ en-us/ library/ ms379613. aspx)
[7] Sherriff, Lucy (22 February 2005). Real Software slams MS IsNot patent application (http:/ / www. theregister. co. uk/ 2005/ 02/ 22/
real_slams_ms_patent/ ). The Register. Página visitada em 6 April 2009.
[8] Taft, Darryl K. (21 February 2005). Real Software Slams Microsofts Patent Effort (http:/ / www. eweek. com/ article2/ 0,1759,1766949,00.
asp). eWeek. Página visitada em 6 April 2009.
[9] Vick, Paul A. Jr.; Barsan, Costica Corneliu; Silver, Amanda K. (14 May 2003). United States Patent Application: 20040230959 (http:/ /
appft1. uspto. gov/ netacgi/ nph-Parser?Sect1=PTO1& Sect2=HITOFF& d=PG01& p=1& u=/ netahtml/ PTO/ srchnum. html& r=1& f=G&
l=50& s1="20040230959". PGNR. & OS=DN/ 20040230959& RS=DN/ 20040230959). IS NOT OPERATOR. US Patent & Trademark
Office. Página visitada em 6 April 2009.
[10] Microsoft Brings Programming to the Masses With Visual Studio Express: Company brings the power of code to growing community of
hobbyist programmers who seek to integrate technology and software into their everyday lives (http:/ / www. microsoft. com/ presspass/ press/
2006/ apr06/ 04-19VSExpressFreePR. mspx)
[11] What the heck is "VBx"? (http:/ / www. panopticoncentral. net/ archive/ 2007/ 05/ 01/ 20383. aspx) (1 May 2007). Página visitada em 12 de
Augosto de 2009. "'With the new DLR, we have support for IronPython, IronRuby, Javascript, and the new dynamic VBx compile'"
[12] What's New in Visual Basic 2010 (http:/ / msdn. microsoft. com/ en-us/ library/ we86c8x2(VS. 100). aspx). Microsoft (2009). Página
visitada em 12 de Agosto de 2009.
[13] http:/ / msdn. microsoft. com/ en-us/ vbasic/ ee336123. aspx
[14] Karl E. Peterson. Microsoft Basic: 1976-2001,R.I.P. (http:/ / vb. mvps. org/ vfred/ Trust. asp). http:/ / vb. mvps. org''. & #32;Página visitada
em 7 de Março de 2009.
[15] Microsoft Basic: 1976-2001, R.I.P (http:/ / vb. mvps. org/ vfred/ breaks. asp)
[16] Microsoft Basic: 1976-2001, R.I.P (http:/ / vb. mvps. org/ vfred/ Trust. asp)
[17] Petition to Microsoft (http:/ / classicvb. org/ petition/ )
[18] Product Family Life-Cycle Guidelines for Visual Basic 6.0 (http:/ / msdn. microsoft. com/ en-us/ vbrun/ ms788707. aspx)
Visual Basic .NET 5

Ver também
• Microsoft Visual Studio
• Visual Basic
• Visual Studio .NET
• .NET Framework
• Microsoft .NET
• ASP.NET
• C#
• Mono

Ligações externas

Inglês
• página do VB.NET na Microsoft (http://msdn.microsoft.com/vbasic/)
• Visual Studio (http://msdn.microsoft.com/vstudio/)
• developerfood.com (http://www.developerfood.com/) Diretório de controles e componentes do Visual Studio
• Tutoriais gratuitos sobre VB.NET na Startvbdotnet.com (http://www.startvbdotnet.com)
• VB no The Movies(Tutoriais gratuitos em video na Microsoft) (http://msdn.microsoft.com/vbasic/
atthemovies/)
• Tutoriais gratuitos em video disponíveis na MSDN (http://msdn.microsoft.com/vstudio/express/vb/learning/
)
• Tutoriais gratuitos de VB.NET 2005 (http://www.exforsys.com/content/category/17/266/350/)
• Programando em Visual BASIC (http://lepslair.com/tutorials/vb/)
Fontes e Editores da Página 6

Fontes e Editores da Página


Visual Basic .NET  Fonte: http://pt.wikipedia.org/w/index.php?oldid=21584327  Contribuidores: Aquinta, Euproprio, Fabsouza1, Gildemax, InterWAS, Juntas, Leonardo.stabile, LeonardoG,
Lijealso, Mschlindwein, Rafael.afonso, Reynaldo, Ruy Pugliesi, Tumnus, Waldir, 28 edições anónimas

Licença
Creative Commons Attribution-Share Alike 3.0 Unported
http:/ / creativecommons. org/ licenses/ by-sa/ 3. 0/

Você também pode gostar