Você está na página 1de 32

Círculo de

Harmonia
Um encontro de líderes da Seicho-No-Ie de todo o Brasil e dos países Ibero-Americanos
e África Latina, para estudar, planejar e levar avante o Movimento de Iluminação da
Humanidade – Movimento Internacional de Paz pela Fé.
Seminário de Líderes e Encontro Nacional dos Representantes, na Academia de Treinamento Espiritual da
Seicho-No-Ie de Ibiúna (SP) - um ato de dedicação ao ideal de levar a Verdade Homem-filho-de-Deus ao próximo.

Publicação Bimestral - Distribuição gratuita ANO XXIII - Nº 294 - Março/Abril de 2017

Oração Perpétua - Amplie seus Refeição Simples – SNI/BR doa valor


conhecimentos sobre esta Oração; palavras de arrecadado para entidade que realiza projetos
luz que perduram pela eternidade. Pág. 10 de erradicação da fome no Brasil. Pág. 14

BOLETIM INFORMATIVO DA
SEICHO-NO-IE DO BRASIL
“Fitem,
simplesmente fitem
a sua própria Imagem
Verdadeira, eterna e perfeita.
Mentalizem intensamente sua
Imagem Verdadeira.
Mentalizem-na com toda a
força de seu ser,
até se identificar com ela.
E descobrirão em si mesmos
um ser resplandecente.”

Trecho do poema ‘As mãos de Deus’, contido no


livro ‘A Verdade da Vida’ v. 20, de autoria do
Sagrado Mestre Masaharu Taniguchi.
Editorial

Sumário Conversa com o leitor


Entramos num período memorável na pro-
04 Mensagem de Ano Novo do Supremo
Presidente da Seicho-No-Ie
gramação de atividades da Seicho-No-Ie do Brasil
e, claro, você é nosso(a) convidado(a) para estar
Prof. Masanobu Taniguchi conosco em todos os eventos destes meses de
março e abril de 2017.
06 Mensagem dos Presidentes
Preletores Fumio Nishiyama e Yoshio Mukai
Além dos seminários nas Academias de Trei-
namento Espiritual, teremos neste período a
88ª Solenidade Comemorativa da Fundação da
09 Cerimônia
29º Ano de Falecimento da Sagrada Irmã
Seicho-No-Ie e Transmissão da Sagrada Tocha da
Profa. Teruko Taniguchi Verdade ao Supremo Presidente da Seicho-No-
-Ie, as tão esperadas 61ª Festividade do Santuário
10 Cerimônia
Dia de Finados e Oração Perpétua
Hoozo do Brasil e 33ª Cerimônia no Monumento
aos Anjinhos Anônimos dos Países Ibero-Ameri-
canos e África Latina (Presencial e Virtual) e, final-
13 61ª Festividade do mente, a Cerimônia de 29º Ano de Falecimento da
Sagrada Irmã Profa. Teruko Taniguchi. Neste Bole-
Santuário Hoozo do Brasil - 2017
tim Informativo Círculo de Harmonia você encon-
trará todas as informações sobre estes eventos e,
14 Filantropia
Refeição Simples ainda, a cobertura dos que já passaram - a Ceri-
mônia Especial de Oração Perpétua ao Apóstolo
da Missão Sagrada Espiritual (Dez. 2016), Seminá-
16 Sede Central
Lista dos indicados aos prêmios Esforço e rio para Líderes e Encontro Nacional dos Repre-
Apóstolo de 2016 sentantes (Nov. 2016); entre outros.
Na grandiosa escola de aprimoramento espi-
18 Sede Internacional
Seminário para Líderes e Encontro
ritual chamada Seicho-No-Ie, aprendemos a re-
gistrar somente os momentos felizes, bem como
Nacional de Representantes 2016 apreciar somente as qualidades das pessoas, coi-
sas e fatos. Ao contemplarmos a oportunidade de
26 Filantropia
Campanha Doar faz bem Casa de
vivermos em meio a este grande Lar Divino – o Lar
do Progredir Infinito enxergaremos em nós mes-
Repouso da Grande Harmonia mos a fonte da solução de todos os problemas.
Convide os amigos e a família para participarem
28 Novos Divulgadores da SNI
Lista dos novos divulgadores da
de nossas atividades e, assim, estender ao maior
número possível de pessoas a alegria que é ser
Seicho-No-Ie do Brasil
um membro da Seicho-No-Ie! Muito obrigado!

Círculo de Harmonia Correspondência para o


Boletim Informativo Círculo de Harmonia
Av. Eng. Armando de Arruda Pereira, 1266 – Jabaquara
Diretor-Presidente: Tuguio Teramae
São Paulo – SP – CEP: 04308-900 – Tel.: (11) 5014-2273
Gerente Responsável: Viviane Tenório de Macêdo Hara
Coordenação: Ailli de Mello França
Website: http://www.sni.org.br/chonline
Redação: Fábio Dummer Camargo
E-mail: circulodeharmonia@sni.org.br
Silvia Aparecida Rabelo Fontes
Projeto Gráfico: Paulo César Santos de Azevedo Registro nº 23.575
Diagramação: Paulo César Santos de Azevedo Órgão Informativo da Seicho-No-Ie do Brasil
Capa: Paulo César Santos de Azevedo
Este produto é impresso na PLURAL - uma empresa comprometida com o meio
Tiragem: 37.000 exemplares ambiente e com a sociedade, oferece produtos com o selo FCS, garantia de manejo
Impressão: Plural Indústria Gráfica Ltda. florestal responsável.

3
Mensagem do Supremo Presidente da Seicho-No-Ie

Vamos iniciar a Construção


da Base da “Nova Civilização”
que temos diante de nós, a vulgemos de forma ampla e
qual se baseia em valores cen- concreta os ensinamentos da
trados no ser humano, e, ain- Seicho-No-Ie para as pessoas
da que alguns valores tenham que nos rodeiam.
sido adotados, no geral, eles A principal característica
Prof. Masanobu Taniguchi foram deixados de lado devi- do mundo no ano passado foi
Supremo Presidente da do a políticas governamentais a ascensão do populismo.
Seicho-No-Ie que priorizaram o desenvolvi-
mento econômico. Não somente no Japão
mas também na Europa e nos
Estamos tentando cons-
A os membros da Seicho-No- Estados Unidos, houve mu-
truir a base de uma “Nova Ci- danças que, se por um lado
-Ie de todo o mundo, Feliz vilização” juntando esses valo-
Ano Novo! Estou muito grato a recusam-se a aceitar o caráter
res, reforçando-os, dando-lhes político-econômico que veio
Deus por poder receber este vida para desenvolvermos um
novo ano com boa saúde jun- governando a era moderna até
todo sistemático, implemen- hoje, por outro lado, não pos-
tamente com todos os senho- tando-os sempre que possível.
res. Muito obrigado suem medidas apropriadas de
Como atividades para re- renovação.
Este é o ano em que se ini- alizarmos isso, propomos três
cia o “Plano Trienal para Cons- Embora este movimen-
práticas. to ensine as desvantagens da
truir a Base da ‘Nova Civiliza-
ção’”. A primeira é uma “vida de globalização excessiva, tam-
dieta alimentar sem a carne, bém mostra uma direção pe-
A “Nova Civilização” é o de baixa emissão de carbono”; rigosa.
modo de vida em que a felici- a segunda, um “modo de vida
dade humana e o crescimento Este movimento defende
com economia de recursos o governo de massas ao invés
da natureza são compatíveis. naturais, de baixa emissão de do domínio da elite, o nacio-
Refere-se a toda fé, filo- carbono”; e a terceira, práticas nalismo ao invés do globalis-
sofia, ciência e tecnologia, po- de “atividades que enfatizem mo, o protecionismo ao invés
lítica e economia que apoiam e expressem a natureza, com do livre comércio, a rejeição
esse modo de vida e consti- baixa emissão de carbono”. de imigrantes ao invés da sua
tuem a força para difundi-la. Essas três práticas já vêm aceitação, a expansão de ar-
Nós não vamos iniciar essa sendo realizadas dentro do mas ao invés da sua redução.
vida da estaca zero. nosso movimento em várias Não se pode negar que es-
Ao longo de milhares de localidades desde o ano pas- tes são os “clamores” de pes-
anos da história, a humanida- sado. soas que se opõem às rápidas
de veio alcançando inúmeras Contudo, meu desejo é de mudanças na sociedade.
conquistas equivalentes a isso que, colocando–as em prática Contudo, se colocarmos
em várias partes do mundo. com alegria, de maneira mais esses “clamores” em prática
No entanto, essas conquis- enérgica e extensiva, como dessa forma, é evidente que
tas não foram adotadas de prova do nosso “modo de vida nos moveremos em direção
imediato na “velha civilização” ético” e de pessoas de fé, di- a um “mundo de conflito” no

4
qual cada país irá defender os esses princípios, preconizam permeia toda a natureza.
seus próprios interesses. medidas extremas e desenca- Vamos dar adeus à “velha
Acredito que o “crescente deiam ações extremas. civilização” que pressupõe que
sentimento de desigualdade” Em termos religiosos, na a riqueza advém da exploração
na sociedade é uma das princi- sociedade atual, as virtudes da natureza.
pais causas desse clamor. de Deus, como “sabedoria”, E vamos construir a “Nova
É natural que, numa socie- “amor” e “vida” são expressas Civilização” que concretiza a
dade onde somente uma pe- de forma extremamente desi- felicidade dos seres humanos
quena elite goze de benefícios gual. através do cuidado com a na-
e a maioria não possa receber Portanto, devemos desen- tureza.
os benefícios da sociedade e volver de modo mais ativo e Essa é a única maneira de
se sinta psicologicamente dei- enérgico as atividades que ex- evitar que a sociedade global
xada para trás, as pessoas per- pressam a vontade de Deus em caia num “mundo de conflito”
cam a vontade de contribuir todos os aspectos da socieda- e retorne ao caminho da paz.
para a sociedade em que vi- de.
vem. Senhoras e Senhores,
Para realizarmos isso, de- agradeço antecipadamente
Aos olhos dessas pesso- vemos parar de destruir a na- pelo apoio e cooperação tam-
as, os ideais democráticos não tureza mais do que já o fize- bém no ano que se inicia. Mui-
passam de “slogans de enfeite”. mos. to obrigado.
É por isso que temos pes- Não podemos nos esque-
soas que se revoltam contra cer de que a vontade de Deus

05 de Março
Dia da Seicho-No-Ie

Venha participar desta comemoração conosco


05 de março, às 08h30.
SEDE CENTRAL DA SEICHO-NO-IE DO BRASIL
Av. Eng. Armando de Arruda Pereira, 1266. Próximo à estação Conceição do metrô.
Estacionamento gratuito na Av. Eng. George Corbisier, 99.
Ou numa Sede mais próxima de você.
www.sni.org.br/ondeencontrar
Tel.: (11) 5014-2200

5
Mensagem do Presidente Doutrinário

Foto: Acervo SNI/BR

A nossa gratidão pela


fundação da Seicho-No-Ie
Esta decisão está bastan- Transmitirei esta chama da
te clara no texto da primeira Verdade a todos que em mim
revista SEICHO-NO-IE, publi- tocarem. Levanto-me resolu-
cado naquele dia 1º de março to! Vejam! Iluminarei o cami-
de 1930, onde o Prof. Masaha- nho que a humanidade deve
ru Taniguchi nos conclama: seguir, queimando o meu pró-
“Levanto-me e coloco- prio ser, como uma vela, até
-me diante da Humanidade, consumir-se toda a chama!
erguendo alto a chama da A chama que eu levanto é a
Verdade. Tornou-se inevitável chama de boas novas para a
Fumio Nishiyama levantar-me. Amigos e com- humanidade; é a chama da
Presidente Doutrinário da panheiros, venham aderir a Verdade. Com esta chama,
Seicho-No-Ie para a América mim. quero mostrar à humanidade
como ser feliz, como se liber-
Latina A humanidade encontra- tar das algemas da situação,
-se, agora, diante do perigo. como governar o destino,
Variadas formas de miséria como dominar as doenças,
Reverências, Muito Obrigado! avançam sobre a humanida- como eliminar a causa da mi-
de que é arrastada como um séria, como superar os sofri-
O mês de março é o mês
pequeno barco prestes a ser mentos causados pelos pro-
importante e marcante den-
tragada por ondas bravias. blemas familiares, etc.
tro da Seicho-No-Ie. Como os
Hesitei em me levantar e tor-
senhores sabem, foi no dia Hoje, são inúmeros os tor-
nar-me um líder, pois temia
1º de março de 1930 que o mentos da humanidade. Os
ser acusado de presunçoso.
Movimento de Iluminação da homens se afligem, sofrem e
Queria permanecer sempre
Humanidade teve início pelo se contorcem como que num
humilde como um simples
Prof. Masaharu Taniguchi e inferno de torturas. Ávidos,
perseguidor da Verdade. Po-
Profa. Teruko Taniguchi, com a estão à busca do remédio e
rém, o desejo de permanecer
publicação da primeira revis- da salvação para as suas an-
na humildade parece-me ten-
ta SEICHO-NO-IE, e esta ficou gústias. Mas não estarão eles
tação para levar uma vida sos-
sendo a data da fundação da com os olhos cegados pelo
segada. Preciso vencer essa
Seicho-No-Ie. sofrimento? Não estarão vol-
tentação e salvar a humani-
Na época, não havia nin- dade. Preciso salvar a huma- tados para a direção errada?
guém que os apoiassem. Mes- nidade com toda a chama que Não estarão buscando a sal-
mo assim, os professores, possuo. Por menor que seja a vação onde ela não existe?”
munidos de uma coragem e minha chama, não deixarei de
amor imensurável, resolve- iluminar o caminho que a hu- “Levanto-me agora resolu-
ram levantar para iniciar um manidade deve seguir. to, erguendo alto, a chama
trabalho quase inimaginável,
É a chama da Verdade da Verdade, para iluminar o
pois a sua proposta era salvar
que desceu dos céus. É cha- caminho que eles têm para
a humanidade!
ma ardente! Toquem em mim. seguir.”
6
(Significado Espiritual do que continuam sofrendo nes- os seres, sejam eles seres
Surgimento da Seicho-No-Ie se mundo. Aliás, não somente animados ou inanimados,
e sua obra) os seres humanos, mas tam- pois no final, se não salvamos
bém os animais, plantas e a natureza, nós, que somos
toda a natureza sofre de ma- parte dessa natureza, tam-
Nesta ocasião em que neira gritante, como podem bém acabaremos sucumbindo
comemoramos os 88 anos perceber através das grandes junto e o objetivo inicial que
da fundação da Seicho-No- catástrofes que ocorrem no é a salvação da humanidade
-Ie, gostaríamos de lembrar e mundo, como aquele furacão também será prejudicado.
agradecer novamente àquele Mattew, que em outubro do Com o nosso sentimento
espírito corajoso e generoso ano passado causou a morte de gratidão, vamos contribuir
do Prof. Masaharu Taniguchi de cerca de mil pessoas no ainda mais no crescimento
e Profa. TerukoTaniguchi, gra- Haiti e exigiu a evacuação de do Movimento de Iluminação
ças aos quais, incontáveis nú- 1,5 milhão de pessoas na Fló- da Humanidade e Movimento
meros de pessoas no mundo rida, EUA, fatos esses nunca Internacional de Paz pela Fé,
já foram salvas e continuam ocorridos até hoje. para fazer com que o nobre
sendo salvas dos seus tor- Hoje, a nossa missão não e sagrado desejo do casal de
mentos e sofrimentos. pode mais ser restringida professores seja ainda mais
Entretanto, é com grande apenas à salvação da huma- manifestada na face da Terra.
pesar que percebemos que nidade. Precisamos ampliar Muito obrigado!
ainda existem muitas pessoas essa salvação junto a todos

Sendo reconduzido a Diretor-


Foto: Acervo SNI/BR

-Presidente pela vontade de Deus e


confiança dos companheiros de fé
Reverências, muito obrigado. Estive na mesma função
No dia 26 de novembro entre os anos 1996 e 2001.
de 2016, a Assembleia Geral De janeiro de 2001 até 2004
Ordinária da SEICHO-NO-IE ocupei o cargo de Presiden-
DO BRASIL confiou-me mais te Doutrinário da Seicho-No-
uma vez a honra e a respon- -Ie para a América Latina em
sabilidade de atuar como Exercício. Em 31 de julho de
Diretor-Presidente na gestão 2004 assumi em definitivo a
2017-2019. A todos, meu mui- presidência doutrinária, que
to obrigado, principalmente cumpri até dezembro de 2012.
Yoshio Mukai
ao Presidente Doutrinário da Olhando um pouco mais
Diretor-Presidente da
Seicho-No-Ie para a América para trás, de 1954 a 1983, ou
Seicho-No-Ie do Brasil Latina, Preletor da Sede In- seja, por mais de 28 anos, fui
ternacional Fumio Nishiya- dirigente voluntário do Movi-
ma. mento. Como funcionário da
7
Mensagem do Diretor Presidente

Sede Central, foram 33 anos, acontecerem na sala de mi- de engraxar as suas botas
de 1983 em diante. E agora, nha casa, quando meu pai, de couro cru que usava pe-
retorno sem auferir remune- Chukiti Mukai, realizava a las andanças de divulgação a
ração e me sentindo aquele Meditação Shinsokan e a lei- cavalo, mandou chamar-me
mesmo menino que assu- tura das sutras e livros. Da à sala para um assunto sério,
miu a Associação Local de vizinhança que comparecia, de homem para homem. Ora,
Jovens da cidade de Uraí/PR, muitos chegavam desespera- eu tinha apenas 11 anos de
na presença do Prof. Miyoshi dos e saíam completamente idade, mas ele já via em mim
Matsuda, na década de 1950. curados. Desde então, apren- um homem de capacidade
Talvez alguns possam se di muito com os pioneiros infinita. Disse-me ele: “Agora
perguntar: por que o Mukai, do Movimento. Meu pai certa você vai ser responsável, vai
com quase 83 anos de ida- vez me ensinou: “É sim, sim, ter que cuidar da casa”.
de, mesmo podendo descan- ou não, não! Nunca fique no Não sabíamos se meu pai
sar de sua longa jornada em meio termo ou indeciso”. voltaria vivo. Mas ele voltou.
prol da Seicho-No-Ie, volta a Do Prof. Miyoshi Matsu- No entanto, aquela imagem
atender ao chamado para ser da recebi várias orientações, do Prof. Daijiro, e o fato de eu
novamente Diretor-Presiden- e até broncas. Não foi dife- compreender que a minha
te? rente com o Prof. Katsumi família era a Seicho-No-Ie e
Minha resposta é a se- Tokuhisa, que me ensinou a a Seicho-No-Ie era a minha
guinte: nada pode ser mais me doar com esforços redo- família, me ensinaram uma
feliz do que fazer os outros brados, mesmo quando tudo lição profunda: se há algo
felizes, ou seja, transmitir a parecesse estar satisfatório. a ser feito, vá lá e faça com
Verdade que salva lares, vi- Ambos me tratavam com um todo o seu amor, pois esta é
das e o planeta, por meio da amor realmente de família. a vontade de Deus para sua
construção de uma nova ci- vida, para sua família, para a
Quando meu pai foi le-
vilização que cresce em con- Família Seicho-No-Ie e para o
vado pelo exército brasileiro,
junto com a natureza, basea- mundo. Não há idade quan-
no ano de 1944, quando o Ja-
da no slogan “Deus, Natureza do somos chamados e o nos-
pão se encontrava na condi-
e seres humanos são origi- so dever é amar o próximo.
ção de adversário do Brasil, o
nariamente unos”. Prof. Daijiro Matsuda veio ra- Conto com todos os se-
Nasci no ano de 1933, na pidamente até a nossa casa. nhores nessa nova jornada
cidade de Vera Cruz/SP. Cres- A conversa era comigo. Ele, de grandes desafios. Reve-
ci em uma família Seicho- que me conhecia desde bem rências, muito obrigado.
-No-Ie. Vi muitos milagres pequeno, quando eu tinha

Errata
Regional Preletor(a) Grau
Na edição passada do Boletim Informa-
SP–Paulista 1 Rosa Hiroko Matsuzaki Sênior
tivo Círculo de Harmonia publicamos a
lista dos novos Preletores e Líderes da
SP–Pinheiros Deise Pimenta e Souza Máster
Iluminação aprovados no exame de 2014. SP–Santana Eurico Fleury Máster
Nesta lista faltou o nome da L.I. Liana SP–Santana Luis Antonio Gomes Máster
Sayumi Higashiyama, da Regional PR-Cu- SP–Santos Fernando Bianchi Rufino Sênior
ritiba. Na lista dos Preletores promovi- SP–São Bernardo do Campo Leonor Ichikawa Máster
dos aos graus Sênior e Máster aprovados SP–São Bernardo do Campo Érica Kremer Frederico Sênior
no exame de 2014, faltaram os nomes: SP–São Paulo 1 Paulo Yasuo Fujinaga Máster

8
Perfil

Louvemos a querida Professora


Teruko Taniguchi!

S
e ainda estivesse nes- tal envergadura espiritual Falecimento da Sagrada
te mundo, a Sagrada só poderia ser construída Irmã Profª Teruko Tanigu-
Professora Teruko Ta- com o apoio da companhei- chi. Logo após a Cerimônia,
niguchi estaria completan- ra ideal. Assim foi a Sagrada haverá o Seminário Espe-
do, neste mês de março, 121 Professora Teruko Tanigu- cial em Homenagem à Sa-
anos. Sua presença se faz chi. Nascida em 7 de março grada Irmã Profª Teruko
ainda hoje, sempre suave e de 1896, na cidade de Taka- Taniguchi. Você é nosso(a)
cheia de amor, por meio de oka, província de Toyama, convidado(a) para este im-
seus livros, tão delicados, Japão, era a décima filha portante evento. Partici-
amorosos e inspirados, como da família Emori. Casou- pe deste ato de gratidão à
ela própria. Podemos tam- -se com o Mestre Masaharu nossa querida Professora
bém ouvi-la nos hinos sa- Taniguchi aos 24 anos e vi- Teruko Taniguchi e louve co-
grados que escreveu, e ainda veu intensamente a missão nosco sua passagem de va-
admirar o papel fundamen- de seu marido, que se tor- lor inestimável neste mun-
tal que desempenhou junto nou a sua também. Ascen- do. Muito obrigado.
ao Sagrado Mestre Masaharu deu ao plano espiritual em
Taniguchi, para que pudesse 24 de abril de 1988, na ci-
cumprir sua tão importante dade de Nagasaki. Em seus Cerimônia de 29º Ano de
missão neste mundo. últimos momentos, pronun- Falecimento da Sagrada Irmã
É certo que sem a pre- ciou as seguintes palavras: Profa. Teruko Taniguchi
sença constante e acalen- “Eu sou realmente feliz! Não
Data: 24 de Abril de 2017
tadora de nossa Sagrada tenho palavras para me ex-
Horário: 13h30
Professora Teruko, a Seicho- pressar...” (Fonte: Revista
Pomba Branca nº 131, p. 14). Local: Sede Central da
-No-Ie não seria a mesma.
Seicho-No-Ie do Brasil – Av.
Esta grandiosa obra de sal- Em sua homenagem,
Engenheiro Armando de
vação da humanidade ti- é realizada uma cerimô-
Arruda Pereira, 1266 –
nha que vir ao mundo pelas nia especial por ocasião
Jabaquara.
mãos, mente e coração do da data de seu passamen-
Sagrado Mestre Masaharu to ao plano espiritual – *Estacionamento gratuito –
Taniguchi, e uma obra de A Cerimônia de 29º Ano de *Entrada Franca

9
Cerimônia

Foto: Acervo SNI/BR

Seicho-No-Ie celebra a Vida Eterna todos


os finais de ano
O Dia de Finados atrai milhares de pessoas para academias de treinamento espiritual e
Sede Central, e, em dezembro, cerimônias especiais consagram almas inscritas na Oração
Perpétua aos Apóstolos da Missão Sagrada Espiritual.

Finados: cerimônias nomes de antepassados e Memória às Almas dos An-


celebram a inexistência da entes queridos, ler em con- tepassados, nas academias,
morte – Todo final de ano, junto a Sutra Sagrada Chu- na parte da tarde do dia 2
a Seicho-No-Ie concede aos va de Néctar da Verdade e de novembro também é re-
adeptos e a todo o povo depositar, diante da luz das alizada a Cerimônia em Me-
brasileiro a oportunidade velas, a sua parcela de in- mória dos Povos Negros e
de vivenciar a Imortalidade censo em honra e gratidão Índios que participaram da
da Vida. No Dia de Finados, aos amados que já partiram construção das respectivas
quatro academias de treina- para o plano espiritual. regiões.
mento espiritual (Ibiúna-SP, Em 2 de novembro de Oração Perpétua: gratidão
Santa Fé – BA, Santa Tecla – 2016 não foi diferente. Ao que perdura pela eterni-
RS e Curitiba – PR) e Sede todo, 3.629 pessoas viram dade – Já o mês de dezem-
Central na edição de 2016), ser consagrados mais de 164 bro é marcado por duas
em São Paulo/SP, tornam- mil registros espirituais que cerimônias especiais diri-
-se a mais solene paisagem serão encaminhados para a gidas às almas que foram
da gratidão às raízes da 61ª Festividade do Santuá- inscritas na Oração Perpé-
vida, os nossos antepassa- rio Hoozo do Brasil, marca- tua aos Apóstolos da Missão
dos. Milhares de pessoas se da para o dia 9 de abril de Sagrada Espiritual, também
reúnem para consagrar os 2017. Além da Cerimônia em conhecida como Oração Per-
10
pétua. Sempre no primeiro Hoozo do Brasil). mas também para levantar-
sábado de dezembro, a ceri- A equipe do Sagrado – Uma mos os pontos que temos de
mônia especial é em idioma operação pontual de auxílio melhorar para a edição das
japonês, e, no segundo sá- de bastidores foi orquestra- cerimônias do ano seguinte”,
bado, em idioma português. da a partir do Departamento explicou o Prel. Fernando.
Ambas são realizadas no sa- de Ofícios Religiosos da Su- A dupla Cerimônia Especial
lão nobre da Academia Sul- perintendência das Ativida- de Finados – Pela primeira
-Americana de Treinamen- des dos Preletores da SNI/ vez, a Cerimônia Especial de
to Espiritual de Ibiúna/SP. BR. Uma equipe de experts Finados, realizada na Sede
“Nesses dias, todas as almas foi escalada para passar Central da SNI/BR, em São
inscritas são evocadas para orientações e tomar as pro- Paulo/SP, teve duas edições,
que possamos enaltecer vidências necessárias para o uma pela manhã e outra à
suas virtudes, orarmos para bom andamento das cerimô- tarde, recebendo um total de
que tenham maior desenvol- nias, em cada local. Em reu- mais de 500 participantes.
vimento no mundo espiritu- nião de avaliação, presidida Foram consagrados 3.368 re-
al, e solicitarmos a densa pelo Preletor da Sede Inter- gistros espirituais. O orien-
orientação aos descenden- nacional, Fernando Antônio tador foi o Prel. Fernando
tes da família”, explica o Pre- Mendes Marques, Superin- Marques. “É uma data muito
letor Oswaldo Garraffa Neto, tendente das Atividades dos especial para a Seicho-No-
responsável pelo Departa- Preletores, realizada no dia -Ie, por isso oportunizamos
mento de Ofícios Religiosos 8 de novembro de 2016, a aos adeptos e simpatizan-
da SEICHO-NO-IE DO BRASIL equipe apresentou relatório tes, nos dois horários, ce-
(SNI/BR). As almas inscritas das atividades de Finados de rimônias tomadas por uma
receberão cinco orações di- cada academia, e também atmosfera onde reinasse a
árias para todo o sempre, da Sede Central. “A cada beleza do reencontro, a mais
na Casa de Orações da Aca- ano, buscamos nos aprimo- alegre gratidão, a transposi-
demia de Ibiúna/SP (até a rar, criando uma estrutura ção da saudade para a ma-
construção desse recinto, de planejamento não ape- nifestação de amor, e tudo
as almas recebiam as ora- nas para auxiliar e treinar isso em um ambiente com-
ções realizadas no Santuário as lideranças de cada local, pletamente tomado de reve-

Fotos: Acervo SNI/BR

Oferendas: o carinho pelos antepassados pode Oração Perpétua: Cerimônia anual consagra as
ser percebido na fartura de frutas, legumes e almas inscritas para receber orações para todo o
outros itens para compor o altar. sempre, na Academia de Ibiúna/SP.
11
Cerimônia

rência e paz”, definiu o Prel. harmonioso”. Missão Sagrada Espiritu-


Fernando. Alguns destaques – A emo- al são amparadas por uma
A gratidão é suprarreligiosa ção é o ponto comum das proteção divina de luz, e
– As cerimônias de Finados cerimônias. No entanto, em passam a viver no plano es-
da Seicho-No-Ie, ao longo cada local pôde-se perceber piritual uma vida abençoada
dos últimos anos, têm uni- e registrar peculiaridades. e iluminada. Dessa forma,
do, diante do mesmo altar Na Academia de Curitiba e naturalmente manifestam o
de oferendas, pessoas de na Academia de Santa Tecla, desejo de retribuir o presen-
várias origens religiosas. “O destaque para a lotação dos te que receberam de uma
amor e a manifestação de espaços e a grande procura pessoa muito querida. É isso
gratidão aos antepassados por registros espirituais. Na que explica o fato de acon-
atrai e mexe com os votos de Academia de Santa Fé, viu- tecer um fluxo de graças
fé profunda de pessoas de -se a grande fartura de ofe- abundantes a quem oferece
várias religiões, que acabam rendas, no altar, com frutas a Oração Perpétua. “Essas
participando das nossas ati- e legumes da época e carac- almas, assim protegidas por
vidades de 2 de novembro”, terísticos da região nordes- Deus-Pai, contribuem para
destaca o Prel. Garraffa, que te do Brasil. A harmonia da a Paz Mundial, orientam os
esteve auxiliando a realiza- condução das atividades foi povos em direção ao mundo
ção do evento na Academia um dos destaques, tanto na sem ilusão e dissensões e,
de Treinamento Espiritual Sede Central, quanto na Aca- com o coração alegre e puro,
de Santa Tecla, em Gravataí/ demia de Minas Gerais. Res- reverenciam os anjos prote-
RS. Sobre a equipe das lide- salve-se que todos os pon- tores e antepassados, coo-
ranças locais, chamada para tos destacados podem ser perando assim com a grande
compor a comissão organi- atribuídos a todos os locais obra de Deus”, explica o Prel.
zadora, o Prel. Garraffa teceu onde as cerimônias foram Garraffa. Tais benesses ex-
elogios: “Em um treinamento realizadas. plicam o crescimento, a cada
anterior que fizemos, todos ano, do número de pessoas
A proteção proporcionada
assimilaram muito bem e que inscrevem, alguém ou a
pela Oração Perpétua – As
desempenharam suas fun- si mesmos, na Oração Perpé-
almas que recebem Oração
ções de modo eficiente e tua aos Apóstolos da Missão
Perpétua aos Apóstolos da
Sagrada Espiritual.

Fotos: Acervo SNI/BR


Dupla homenagem: Sede Central realizou, pela Gratidão: adeptos, simpatizantes e pessoas de outras
primeira vez, uma edição da Cerimônia Especial de denominações religiosas, dividem o Dia de Finados
Finados pela manhã, e outra na parte da tarde. entre as academias e a visita ao cemitério.

12
Festividade do Santuário Hoozo do Brasil - 2017

Fotos: Acervo SNI/BR

Somente amor e muita, muita gratidão!


Separe o dia 09 de abril e prepare-se para viver um sentimento impactante. Vem aí a 61ª
Festividade do Santuário Hoozo do Brasil e da 33ª Cerimônia no Monumento aos Anjinhos
Anônimos dos Países Ibero-Americanos e a África Latina (Presencial e Virtual).

A Seicho-No-Ie nos en- 16 trisavós (avós de nossos que já partiram para o plano
sina que a manifestação avós), temos 32 tetravós espiritual, não dá esse nú-
de nossa existência neste (avós de nossos bisavós), 64 mero. Talvez isso signifique
mundo é fruto dos méritos pentavós, etc. Esse número que somos todos membros
daqueles que vieram antes dobra a cada geração, numa de uma mesma família, num
de nós, nossa linhagem fa- progressão geométrica de passado longínquo! Inclu-
miliar. Nascer parece fácil, razão 2. Em média, a cada ímos nessa conta de amor
porém, na verdade, foram século, temos quatro gera- as almas abortadas, vitimas
necessárias muitas pessoas ções. Em apenas 300 anos, da pratica de aborto provo-
que, com seus esforços, sus- são aproximadamente 12 cado ou que padeceram em
tentaram as sucessivas ge- gerações - 2 pais + 4 avós + virtude de aborto espontâ-
rações de uma família. Nada 8 bisavós + 16 trisavós + 32 neo.
é mais importante que os tetravós + 64 pentavós + 128 Reserve este dia para
laços de amor que unem as hexavós + 256 heptavós + estar conosco e ampliar sua
várias gerações que com- 512 octavós + 1024 eneavós compreensão sobre a eter-
põem uma família. Se fizer- + 2048 decavós + 4096 un- nidade da vida e do amor
mos algumas contas, perce- decavós, que perfazem um que une os familiares, que
beremos quantas pessoas total de 8.190 ancestrais perpassa gerações e une
formam nossa linhagem de diretos em apenas três sé- pais, filhos e ancestrais num
antepassados. Veja só: de- culos! Em 1000 anos, são único coração. Participe das
pendemos de duas pesso- mais de 1 trilhão de ances- cerimônias e entenda que
as para nascer, nossos pais. trais (1.099.511.627.776) só sua vida é muito maior do
Cada um deles tem um pai na 40ª geração, o que dá que você imaginava!
e uma mãe, portanto, temos mais de 2 trilhões de ances-
Informações: www.sni.org.br
4 avós. Cada um de nossos trais diretos de apenas uma
/santuariohoozo
4 avós tem um pai e uma pessoa. O mais interessante
mãe, portanto temos 8 bi- é que, somando toda a po- tel.: (11) 5014-2262
savós. Em sequência temos pulação da Terra mais todos Muito obrigado!
13
Filantropia

(Da esq. para a dir.) Lívia (ActionAid), Suely (ASPA), Maria do Socorro (ASPA), Sra. Cleide (Reg. RJ– Foto: Emannoel Zaninetti
Catete) e Sra. Gilcéa (Reg. RJ – Copacabana).

Refeição Simples – amor e consideração


para com o próximo!
Uma ação simples, cionários e adeptos têm a te isso. É também uma for-
assim como o seu nome – oportunidade de dividir um ma de fazer nascer no cora-
Refeição Simples – é rea- sentimento de humanidade ção dos mais afortunados a
lizada periodicamente nos para com aqueles que por gratidão pelo alimento e a
refeitórios da Seicho-No-Ie ventura estão em situação caridade de compartilhar.
do Brasil, abarcando a Sede de fome em nosso país. De No dia 08 de dezembro
Central, a Subsede e alguns acordo com o site Brasil Es- de 2016, representantes da
eventos nas Academias de cola (http://brasilescola. Seicho-No-Ie do Brasil se
Treinamento Espiritual da uol.com.br/brasil/fome- reuniram na cidade do Rio
Seicho-No-Ie. Consiste na -no-brasil.htm) eles são, 32 de Janeiro (RJ), numa sede
economia de itens alimen- milhões de brasileiros em da ActionAid – organização
tícios oferecidos no almoço, situação de fome extrema, não governamental sem fins
para que o valor angariado e mais 65 milhões que se lucrativos, que tem como
nessa contenção seja rever- alimentam de forma precá- um de seus objetivos contri-
tido para doação à pessoas ria. A Refeição Simples é um buir para a erradicação da
que não têm condições de modo de produzir recursos fome e promover segurança
se alimentar adequadamen- financeiros para ajudar essa alimentar à população ca-
te. Através desta ação, fun- população, mas não somen-
14
rente. A ActionAid recebeu gida por paredes e cercas, é que sentimos que vale a
da Seicho-No-Ie o valor de eventualmente invadida por pena se alimentar de modo
R$ 20.195,93 (vinte mil, cen- roedores e outros animais frugal um dia que seja por
tro e noventa e cinco reais que acabam comendo a pro- mês, a fim de proporcionar
e noventa e três centavos). dução das crianças. esse benefício para aqueles
Esta ONG repassará o valor A realidade da fome, que normalmente não o têm.
para a ASPA – Ação Social além de afetar a saúde do Criar um mundo mais frater-
Padre Anchieta, que desen- ser humano, também agride no e digno para todos está
volve projetos sociais na Co- em nossas mãos e depende
sua dignidade. É uma ques-
munidade da Rocinha (RJ), de nossas escolhas. Um ges-
tão social que traz consigo
beneficiando 204 crianças to simples – uma refeição
implicações que podem se
da região. A contribuição simples – pode trazer imen-
arrastar pela vida inteira
da Seicho-No-Ie será usada sa felicidade a um irmão. Va-
daqueles que a vivenciam,
para financiar a alimenta- mos ampliar essa iniciativa?
além das repercussões psi-
ção dessas crianças e, ain- Vamos pensar juntos quais
cológicas.
da, prover de estrutura física outros caminhos nosso co-
uma horta que já existe, mas O significado do gesto ração de amor pode apontar
carece de finalização em seu da Refeição Simples é muito para que possamos trazer
projeto. A horta é cultivada mais grandioso do que sua mais felicidade a este mun-
pelas crianças da comunida- prática supõe. Um gesto de do?
de, mas por não ser prote- carinho e consideração, em

28 E 29 DE ABRIL

+INFO: 11 5014-2231 |prosperidade@sni.org.br

15
Sede Central

Confira a lista dos indicados aos


prêmios Esforço e Apóstolo de 2016

Ao todo, 115 líderes do movimento foram celebrados por ocasião da 87ª Solenidade Come-
morativa da Data Natalícia do Sagrado Mestre Masaharu Taniguchi.

O amor ao próximo, na tica de amor que está em de revistas. Foram indicados


Seicho-No-Ie, tem nome, conformidade com a Vonta- dois nomes: Elaine de Sou-
RG e face. Mas são diferen- de de Deus. Salvar verdadei- za Saldanha, Regional AM-
ciados. Preferem pregar em ramente é fazer com que as -MANAUS, Preletora Sênior,
silêncio e com atos, criam pessoas se conscientizem 48 anos de idade, empresá-
ao seu redor a oportunida- de que são filhos de Deus, ria, 90 convites do Seminário
de da alegria e põem em que não envelhece, não da Luz, cota de 1.000 revistas
tudo o que fazem o impac- adoece nem morre; de que mensais e 24 novos membros
to do eterno. Em 2016, não o homem é a própria Vida da Missão Sagrada ou assi-
foi diferente. O Aspirante a de Deus, imaculada e pura. nantes de revistas. E Luiza
Preletor da Sede Internacio- Em sinal de reconhecimen- Hiroko Shimanoe, Regional
nal, Osvaldo Garraffa Neto, to pelo empenho dedicado SP-SÃO PAULO 2, Preletora
responsável pelo Departa- nesta grandiosa missão, a Aspirante, 71 anos de idade,
mento de Ofícios Religiosos Sede Central concede, em aposentada, Presidente de
da Sede Central da SEICHO- forma de reconhecimento Associação Local, cota de 63
-NO-IE DO BRASIL (SNI/BR), a esses dedicados a ilumi- revistas mensais e 20 novos
foi preciso e abrangente nação, os prêmios Esforço membros da Missão Sagrada
ou assinantes de revistas.
ao descrever a dimensão e Apóstolo”, define o Prel.
dessas premiações. “O Mo- Garraffa. Prêmio Apóstolo – O pré-
vimento de Iluminação da -requisito básico para tais
Prêmio Esforço – O período
Seicho-No-Ie é constituído indicações é a divulgação
avaliado foi de 01º/07/2015
de pessoas maravilhosas mensal de no mínimo 100
a 30/06/2016. Os requisitos
que de forma silenciosa e revistas. Confira, abaixo, a
mínimos são os seguintes:
imperceptível realizam, em lista dos indicados.
20 convites do Seminário da
suas Regionais, Núcleos e Luz, cota mensal de no mí-
Associações Locais, um tra- nimo 50 revistas, e 20 novos
balho de dedicação de amor membros da Missão Sagra-
ao próximo. Essa é uma prá- da ou 24 novos assinantes
16
Lista de indicados para Prêmio Apóstolo - 2016
Qtde Qtde Qtde Qtde
n˚ Mensal Anual Nome n˚ Mensal Anual Nome
Revistas Revistas Revistas Revistas
MA-SÃO LUÍS PA-PARÁ
1 153 1836 Rice Azevedo Duailibe 52 800 9600 Motobel Motores de Belém Ltda
2 150 1800 Roberto Ewerton Viana 53 520 6240 Motobel Veículos Ltda
MG-BH CAIÇARA 54 500 6000 Nippon Veículos Ltda
3 150 1800 Ana Alves Dutra 55 300 3600 Isaura Fusako Yamada
4 128 1536 Wilma Eustaquio Marinho de Souza 56 300 3600 Masakazu Shimizu
5 125 1500 Flavio Rodrigues da Silva 57 150 1800 Masaharu Shimizu
6 100 1200 Leonice Rezende de Castro Arcanjo 58 135 1620 Yoshiko Morita
MT-CUIABÁ 59 120 1440 Nelma do Socorro Salgado Uramoto
7 107 1284 Darci Corbelino Biancardini 60 120 1440 Sachiko Shimizu
PA-BELÉM 61 100 1200 Getulio Mamoru Shimizu
8 380 4560 Celia Teresa Soares e Silva Alves 62 100 1200 Mafrinorte
9 300 3600 Isaura Fusako Yamada 63 100 1200 Marcio Rogerio da Silva
64 100 1200 Zilah Therezinha de Souza Araujo
10 150 1800 Roldão da Silva Negrão Filho
65 100 1200 Shigeharu Shimizu
11 120 1440 Adauto Barros de Lima
12 110 1320 Maria de Fatima Kato Negrão PR-PARANÁ 1
13 100 1200 Manoel Lobato Maues Neto 66 250 3000 Luzia Harue Suzukawa
14 100 1200 Fatima Francileide Moreira Pamplona 67 130 1560 Shorou Suzukawa
68 105 1260 Mariko Sakai
PE-RECIFE
RJ-RIO DE JANEIRO 1
15 100 1200 Helbe Oliveira Lins
69 140 1680 Yoshiaki Ito
16 100 1200 Maria das Graças O. Nascimento
SP-SÃO PAULO 1
RO-PORTO VELHO
70 600 7200 Paulo Yasuo Fujinaga
17 200 2400 Salvino José dos Santos Medeiros
71 500 6000 João Yokoyama
18 150 1800 Raimundo Nonato da Silva
72 450 5400 Sisplac Montagens Eletronicas Ltda
19 100 1200 Nilce Buzetti
73 380 4560 Marco Antonio Vieira Rocha Dias
20 100 1200 Maria do Socorro Borges da Silva
74 250 3000 Tereza Yokoyama
SC-FLORIANÓPOLIS
75 200 2400 Marie Murakami
21 150 1800 Ferena Loch
76 130 1560 Sinji Takahashi
22 150 1800 Eugenio Ryozo Shinzato
77 110 1320 Yuriko Kanda
23 150 1800 Virginia de Mello Shinzato
78 105 1260 Koga Koga
24 100 1200 Almeri Maria Moisyn de Nardin
79 100 1200 Alexandre Chikara Oda
25 100 1200 Roseli Judith da Silva
80 100 1200 Eliza Kiyoshi Takase
26 100 1200 Albandina Fernandes Salema Coelho
81 100 1200 Helena Tomiko Kiyoshi Takase
SP-BAURU 82 100 1200 Isamu Kawaguchi
27 100 1200 Maria Rita de Moura Mistroni SP-SÃO PAULO 5
SP-CAMPINAS 83 198 2376 Nelson Takeshi Matsubara
28 160 1920 Maria Odette Urbano Leal 84 150 1800 Tsunemoto Sato
29 120 1440 Cleusa Deodato Rohwedder 85 140 1680 José Shinieiti Sato
30 110 1320 Candelaria Madalena Moreno Bernardi 86 100 1200 Elza Kazue Tominaga
31 110 1320 Janice dos Santos Palladino 87 100 1200 Fumico Iwamoto
32 110 1320 Elisabete Pinheiro Marques 88 100 1200 Kazue Ishi
33 106 1272 Rosa Celia Fascina de Palma 89 100 1200 Kiyoshi Hashimoto
34 100 1200 Wanda Pires Oliveira da Silva 90 100 1200 Minami Hada
SP-GUARULHOS 91 100 1200 Sachiyo Okata
35 100 1200 Yoshihico Iuassaca SP-SÃO PAULO 6
36 100 1200 Massaaki Beppu 92 100 1200 Aparecida Tamae Yassue Ogoshi
SP-JABAQUARA 93 100 1200 Ayako Sakamoto
37 600 7200 Rosana Mieko Yamamoto 94 100 1200 Massayoshi Ogoshi
38 140 1680 Maria Norico Saito SALA DE ORAÇÕES
39 100 1200 Doralice de Alcântara Silva 95 600 7200 Cláudio Sanches
40 100 1200 Olivia Gomes Rotilio 96 340 4080 Marco Antonio Vieira Rocha Dias
SP-LAPA 97 250 3000 Helena Francisca dos Reis
41 150 1800 Maria Aparecida Prudente do Nascimento 98 150 1800 Adilson Ferraresi
42 110 1320 Roberto Okito Fugiwara 99 150 1800 Joziani Vaccari Ferraresi
43 100 1200 Geraldo Vieira da Silva 100 100 1200 Família Saraiva de Oliveira
SP-OURINHOS 101 100 1200 Leila Ogata Ogusco
44 130 1560 Alair Corrêa Hernandes 102 100 1200 Otavio Mocarzel e Família
45 100 1200 Mara Isabel Armentano Mrad 103 100 1200 Sadako Ogata
46 100 1200 Dalton Costa Pimentel SEDE CENTRAL
SP-PINHEIROS 104 300 3600 Fusaji Tanaka
47 150 1800 Donizete dos Anjos Mendonça 105 300 3600 Noriyo Enomura
SP-SÃO BERNARDO DO CAMPO 106 200 2400 Yoshio Mukai
48 200 2400 Takeshi Nishihara 107 150 1800 Junji Miyaura
49 100 1200 Leonor Ichikawa 108 150 1800 Valdir Alberto Fiuza
50 100 1200 Ademir Camillo Teixeira 109 120 1440 Maria da Piedade Silva Romano
SP-SÃO JOSÉ DO RIO PRETO 110 100 1200 Heitor Miyazaki
51 150 1800 Braz Ferreira Elias 111 100 1200 Sinji Takahashi
112 100 1200 Tuguio Teramae

17
Sede Internacional

Representantes de países Ibero-Americanos e África Latina

Lideranças vivem três dias históricos


no Seminário para Líderes e no Encontro Nacional
de Representantes 2016
A eleição do Diretor-Presidente para o triênio 2017-2019, a presença de Orientador da Sede
Internacional, apresentação da Diretriz do Movimento para 2017, e Solenidade Natalícia
do Sagrado Mestre Masaharu Taniguchi, entre outras atividades marcantes do Movimento,
deram às colinas de Ibiúna contornos de experiência divina.

Entre os dias 25 e 27 de no- tro Nacional dos Supervisores e gestão 2017-2019, o programa
vembro de 2016, a Academia Presidentes Regionais 2016. para experienciar a natureza,
Sul-Americana de Treinamen- A conjugação de várias ati- homenagem surpresa ao Prel.
to Espiritual de Ibiúna/SP se vidades e a dimensão doutri- Tuguio Teramae e à Prela. Marie
tornou território “santo”, ain- nária e organizacional de cada Murakami por suas atuações
da mais do que já o é. Mais de uma delas deu contornos his- como Diretores-Presidentes, e
mil líderes do Movimento em tóricos a esses três dias. Orien- muita emoção durante a Sole-
idioma português e japonês tação da Sede Internacional, nidade Comemorativa da Data
do Brasil, e representantes dos apresentação da Diretriz do Natalícia do Sagrado Mestre
demais países da América La- Movimento da SEICHO-NO-IE Masaharu Taniguchi – esses e
tina, Espanha e Portugal, vive- DO BRASIL (SNI/BR) 2017, a elei- outros momentos de alto teor
ram o Seminário para Líderes, a ção do Preletor em Grau Más- de esclarecimentos sobre os
Reunião do Conselho Nacional ter Yoshio Mukai como Diretor- rumos que o Movimento deve
dos Representantes e o Encon- -Presidente da SNI/BR para a tomar foram vividos intensa-

18
Logo nas Palavras de Abertu- enfatizou a necessidade de a
ra, o Presidente Doutrinário da Seicho-No-Ie formar mais lide-
Seicho-No-Ie para a América ranças jovens.
Latina, Preletor da Sede Inter- “A Seicho-No-Ie não é um
nacional Fumio Nishiyama, ex- Movimento ecológico, mas da
plicou a importância da Diretriz reconciliação com todas as
do Movimento como forma de coisas do céu e da terra” – O
direcionamento único para to- Prel. Nishiyama também ante-
dos os países do mundo em cipou que a SNI/BR irá com-
que a Seicho-No-Ie atua. pensar o carbono emitido pe-
Na sequência, em sua pri- las atividades da Sede Central,
meira palestra, o Presidente Subsede e Academia Sul-Ame-
Doutrinário contou trechos de ricana de Treinamento Espiri-
sua trajetória, como sua pas- tual de Ibiúna/SP, através do
sagem pelo Departamento de plantio e ajuda à recuperação
Preletores da Sede Internacio- da Mata Atlântica. Anualmente,
nal, onde atuou também como os três locais emitem 21 tonela-
intérprete por 17 anos e meio; das de CO2. O objetivo é plantar
salientou a fala do Supremo 3.334 (três mil, trezentas e trin-
Foto: Jorge Kazuo Miura
Presidente da Seicho-No-Ie, ta e quatro) árvores por ano. Ao
Professor Masanobu Taniguchi, final de quatro anos, 100% da
feita no dia 22 de novembro de emissão desses três importan-
mente por todos os líderes pre-
2016, no Japão, quando este ci- tes centros do Movimento, no
sentes.
tou o Brasil como o país com Brasil, passarão a ser compen-
Orientadores e temas do maior número de adeptos da sados. “A atividade ecológica
Seminário – Foram orientado- Seicho-No-Ie, em todo o mun- não é a nossa doutrina, nossa
res do Seminário para Líderes do, destacando a importância doutrina é a do ‘Homem, filho
2016 o Preletor da Sede Interna- estratégica e global daquele de Deus’”, assegurou o Prel.
cional Tatsufumi Yukishima; o colegiado de elite; e também Nishiyama, completando, a se-
Preletor da Sede Internacional fez um breve panorama da pro- guir: “É preciso salvar as pesso-
Fumio Nishiyama; o Preletor da blemática ambiental global, as espiritualmente e também
Sede Internacional Junji Miyau- convergindo sua análise para o atuar para que elas não mor-
ra; o Preletor em Grau Máster slogan do Supremo Presidente: ram devido ao desrespeito aos
Tuguio Teramae; o Preletor da “Deus, Natureza e seres huma- recursos naturais”, disse o Pre-
Sede Internacional Fernando nos são originariamente unos”. sidente Doutrinário.
Antonio Mendes Marques; e o
Também foram pontos de As palestras do Prel.
Preletor da Sede Internacional
sua abordagem, a busca pela Yukishima – Um dia, o ex-
Mario Gabriel França Silva.
Nova Civilização de crescimento -funcionário de um importante
Entre os temas, a expansão em conjunto com a natureza, a banco de Nova Iorque, devido à
do “Movimento que cresce com necessidade de incorporarmos morte do pai, foi visitar o Tem-
a Natureza”, “Posição e Ação atos que reflitam a ética para plo de Uji da Seicho-No-Ie no
das Principais Religiões do com as gerações futuras, a im- Japão. Desde então decidiu vi-
Mundo frente à Destruição da portância de não se consumir ver a fé da Seicho-No-Ie e lar-
Natureza”, “Aprendendo com o carne e de manter uma vida de gou a promissora carreira no
Canto em Louvor ao Bodisatva baixa emissão de carbono. “Se mercado financeiro. Com esse
Que Reflete os Sons do Mundo”, somos originariamente puros, breve histórico, o Prel. Yukishi-
e “A Ação do Musubi (o poder saberemos tratar a natureza de ma iniciou uma palestra pontu-
da união) para a Paz Mundial”. forma pura e correta”, disse o ada pela emoção de estar ali:
Palavras de Abertura – Prel. Nishiyama, que também “Já vim a Ibiúna algumas vezes,

19
Sede Internacional

acompanhando comitivas da “Viva Livre” e edições em São avanço dos problemas climáti-
Sede Internacional, por isso, Paulo e em Santa Catarina, e cos, muito sentidos no semiá-
sinto saudades daqui, porque, também foi apresentada a es- rido brasileiro”, afirmou o Prel.
assim como em Uji, é aqui que trutura de Marketing e Comuni- Santana. Para o Preletor Carlos
está o Santuário Hoozo”, disse. cação da Sede Central da SNI/ Soster, da Regional PR-PARA-
Ao abordar a doutrina, explicou BR, com várias novidades como NAVAÍ, “a emoção veio desde a
que “a felicidade vem quando Rádio web (24h), novo websi- Oração de Abertura, pois senti
reconhecemos que tudo é um te com muita interatividade o espírito divino de Deus re-
em Deus”. Ressaltou, ainda, que e uma conexão cada vez mais almente presente entre nós”,
a Seicho-No-Ie enceta, mun- estreita entre líderes, Sede relata. O Prel. Soster elogiou
dialmente, a prática da vida Central e adeptos. Foi também ainda ao Prel. Yukishima: “Fui
religiosa moderna de proteção durante o encontro somente às lágrimas ao sentir o amor e
ao planeta. para supervisores doutrinários a identificação dele para com o
Em sua segunda e última e administrativos que foram Santuário Hoozo do Brasil e a
palestra, o Prel. Yukishima, que entregues diplomas para quem Academia de Ibiúna”, contou.
teve tradução simultânea da recém assumira a função. Ficou O encanto dos latinos –
Preletora da Sede Internacional a mensagem, a partir de to- Com tradução simultânea via
Harumi Kinoshita, salientou o dos os representantes da Sede sistema de rádio, os represen-
programa educativo para expe- Central, de que todos os líde- tantes dos países latinos, de
rienciar a natureza e a impor- res, ali presentes, são pessoas Portugal e Espanha, traziam,
tância de dominarmos a técni- muito especiais e escolhidas consigo, histórias de superação
ca de transmitir isso às outras diretamente por Deus para o inspiradoras. As cubanas Joana
pessoas, mesmo em ambiente trabalho sagrado de transmitir Maria Vuelta Madrazo, médica,
urbano. Durante as atividades as palavras da Verdade. e sua filha, Ivette Perez Vuel-
do Seminário para Líderes 2016, Percepção dos líderes – ta, arquiteta, apesar da quase
os participantes foram separa- Temas como fazer escolhas extrema falta de recursos e da
dos em grupos que, ao se di- corretas baseadas na ética in- política que limita muito qual-
rigirem para locais específicos tergerações, incentivar criação quer acesso via internet e até
da área verde da Academia de de hortas, usar mais bicicle- mesmo via correios, descreve-
Ibiúna, vivenciaram a interpre- ta, praticar artesanato e uma ram sua trajetória pela Seicho-
tação da natureza. Segundo o dieta sem carne e de baixa -No-Ie, revezando nas faces lá-
orientador, a Sede Internacio- emissão de carbono, estão no grimas e sorrisos. Hoje, elas são
nal elaborará um manual que plano trienal da Diretriz que responsáveis por uma reunião
será disponibilizado em língua visa construir a base da nova quinzenal com 30 a 40 partici-
portuguesa para que todos os civilização. Para o Presidente pantes, na capital Havana. Da
núcleos e sedes locais possam da Associação Fraternidade da República Dominicana vieram
realizar a atividade. Regional SP-MOGI DAS CRUZES, Francina Pantaleon, contadora,
Representantes e super- Prel. Kyotaka Uozume, o even- e Maria de Los Milagros Guil-
visores: direcionamentos e to foi completo e maravilhoso. len, psicóloga. Destaca-se, nes-
dúvidas sanadas – No momen- Durante cinco anos e meio, ele te país, o sucesso em levar os
to reservado a presidentes de foi coordenador de reunião em ensinamentos da Seicho-No-Ie
regionais de cada federação e idioma português na Regional a escolas públicas locais. Em
supervisores, foram abordadas Tóquio I, quando de sua estada todos os casos, é primordial
questões sobre a importância no Japão. O Supervisor da Re- e muito presente o apoio da
de incentivar a progressão de gional SE-ARACAJU, Preletor Ju- Superintendência Doutrinária
grau como preletor, itens sobre raci Muniz Santana, dá seu tes- para a América Latina, que re-
o Seminário da Luz, incentivo temunho do avanço da seca no aliza videoconferências, envia
ao Módulo de Estudos, pré- sertão nordestino. “Encontrei livros e até mesmo orientado-
-lançamento da Convenção Na- na Seicho-No-Ie a salvação da res brasileiros para fomentar
cional de 2017, que terá o tema minha alma e também o cami- o crescimento da Seicho-No-Ie
nho concreto de atuar contra o em vários países.
20
Uma emblemática noite de outros eventos, mais vivências aquela conversa extremamen-
sábado – Passado e futuro do face a face, mais reuniões de te útil às lideranças presentes,
Movimento certamente tiveram vizinhança, orar com cada vez o passado, no sentido de va-
um de seus principais elos no maior afinco pelo próximo, lorização das raízes, ganharia
Salão Nobre da Academia de mais harmonia interna, traba- os holofotes logo em seguida.
Ibiúna, no sábado à noite. As lhar efetivamente a entrega Diante do Santuário Hoozo do
lideranças puderam fazer per- das revistas da Seicho-No-Ie, Brasil, uma belíssima homena-
guntas referentes aos desafios tudo sendo direcionado para a gem-surpresa foi feita para os
de divulgar o Ensinamento em prática da fé religiosa no “cor- ex-diretores presidentes Prele-
tempos de internet, comple- po a corpo”, olho no olho, com tor Tuguio Teramae e Preletora
xidade das relações, das mu- calor humano e buscando ob- Marie Murakami, com direito à
danças causadas pelo mundo ter vínculo emocional cada vez entrega de placas comemorati-
virtual no comportamento em maior com o adepto, ou seja, vas e leitura do vasto currículo
geral, entre outras questões. amizade mesmo. Essas e outras de ambos em prol do Movimen-
As respostas de diretores e su- orientações foram passadas to. Houve muita emoção, a pre-
perintendentes foram pontuais com precisão pelos diretores sença surpresa dos familiares
e dinâmicas: mais orientação e superintendentes presentes, do Prel. Teramae, um coquetel
pessoal, mais visitas de bên- na noite do sábado, 26 de no- especial (sem carne) e música
ção, maior e mais minucioso vembro. ao vivo.
planejamento de reuniões e Se o futuro passava por

Entrevista exclusiva com o Preletor da


Sede Internacional Tatsufumi Yukishima

humanos são originariamente a paz mundial através da gran-


unos”. de harmonia entre Deus, natu-
reza e os seres humanos.
CÍRCULO DE HARMONIA/ENKAN Na prática, fizemos a leitu-
Fotos: Silvia R. Fontes – Qual a finalidade e público ra conjunta do Canto em Lou-
objetivado neste Seminário vor a Natureza e do Canto em
União pela Paz Mundial: Prel.
para Líderes? Esse seminário Louvor ao Bodisatva Que Refle-
Yukishima pontuou a necessidade
que um religioso da atualidade é realizado também no Japão? te os Sons do Mundo. Também
tem de ser ético no respeito para Trata-se de uma parte da di- assistimos ao vídeo Alimenta-
com a natureza. retriz do Movimento da Sede ção que une o homem, a região
Internacional? Qual é a con- e a natureza. A alimentação foi
Acompanhe, na íntegra, a tribuição que os dirigentes do sem carne, e tivemos também
entrevista que a equipe do Bo- Brasil e da América Latina po- alimentação simples. O semi-
letim Informativo CÍRCULO DE derão dar com a participação nário dá ênfase também a di-
HARMONIA e do ENKAN reali- neste Seminário? versas atividades como a Fes-
zaram com o Orientador do Se- TATSUFUMI YUKISHIMA – ta das Dádivas da Natureza, o
minário para Líderes 2016. É um Realizamos (o seminário) ten- Bosque da Vida, a Campanha
verdadeiro guia para a constru- do como centro o conteúdo da para ampliação das usinas de
ção de uma nova civilização e Conferência Especial realizada energia limpa, etc.
de como aplicar, na prática, o em julho deste ano (2016), no Também é objetivo do se-
slogan “Deus, Natureza e seres Escritório na Floresta, visando minário fazer com que os parti-

21
Sede Internacional

cipantes vivam como cidadãos que cresce com a natureza, foi manashi, região rica em natu-
éticos, busquem uma alimen- definida a Diretriz trienal para reza. Por outro lado, no plano
tação isenta de carne, tenham a construção da base da nova individual os dirigentes e adep-
também uma alimentação com civilização. Visa fazer com que, tos estão procurando um modo
baixo consumo de CO2, tenham em suas vidas individuais, os de viver sem causar ônus à
uma vida com reduzido consu- líderes passem a viver a fé reli- natureza. Através de dieta sem
mo de energia, e também com giosa que deve coincidir com a carne, ou, pelo menos com a
reduzida emissão de CO2, ou vida cotidiana e expandir esse redução da carne.
seja, que todos tenham uma modo de viver também para Na introdução da Diretriz
vida voltada para valorização outras pessoas. Na prática, é apresentada neste ano, a “Di-
da natureza. Há atividades ar- viver como cidadão ético, sem retriz trienal para a construção
tísticas com reduzida emissão carne, e alimentação com redu- da base da nova civilização”,
de CO2. ção de CO2, etc. existe a apresentação resumi-
No Japão, este seminário da da diretriz que foi seguida
é realizado todos os anos em CH/E – Que tipo de contribui- desde 2007, da seguinte forma:
abril, com o mesmo público ção a Seicho-No-Ie conseguiu Desde 2007, viemos desen-
alvo. Visamos a padronização fazer com a execução do pla- volvendo o Movimento com
dos itens de divulgação, tanto no quinquenal da Seicho-No- base nos Planos quinquenais
no Japão como no exterior. -Ie, executada durante esses 10 para a concretização do Movi-
Os líderes do Brasil e de di- anos? mento que cresce com a natu-
versos países da América Lati- reza, ou seja, durante dez anos,
na podem atuar com o mesmo TY – Viemos contribuindo visando a prevenção do aqueci-
sentimento, entendimento e na conscientização de que há mento global e a ampliação do
mesma energia. Este seminário uma íntima ligação entre os Movimento. Para combatermos
para lideres visa essa padroni- atos para defesa dos proble- o aquecimento global, promo-
zação e motivação. mas de aquecimento global vemos o movimento de carbo-
com a paz/meio ambiente/ no zero para zerar na prática a
recursos naturais, e que há emissão de dióxido de carbono
CH/E – A Diretriz do Movimen- necessidade de combater tais (CO2) nas nossas atividades.
to da Seicho-No-Ie foi reno- problemas por meio de espí- Para ampliarmos o movimen-
vada. Até agora, a Diretriz era rito religioso tendo como guia to, focalizamos na realização
um plano quinquenal, realiza- a Diretriz para concretização dos três itens seguintes no 1º
da duas vezes, totalizando um do Movimento que cresce com plano quinquenal (2007-2011):
período de 10 anos. Mas desta a natureza, praticada durante 1) Aperfeiçoamento na divul-
vez o plano ficou trienal. O que dez anos. gação da prática no dia a dia e
os dirigentes e adeptos da SEI- nos trabalhos visando a paz; 2)
CHO-NO-IE DO BRASIL e dos pa- Existem muitos exemplos
de prática concreta. Podemos Melhoria das atividades orga-
íses Ibero-Americanos e África nizacionais da linha de frente
Latina poderão praticar dentro citar como algo representativo,
a obtenção da certificação do baseadas na comunidade local;
da sua vida cotidiana e que e 3) Formação de recursos hu-
consta dessa nova Diretriz? ISO 14001 na Sede Internacio-
nal, algo inédito no meio reli- manos responsáveis pelo novo
gioso, seguido, posteriormente século.
TY – Um dos pontos im- pelas sedes do Brasil, dos EUA O grande terremoto do les-
portantes do ensinamento é e também pela República da te do Japão e o acidente nucle-
que a fé religiosa e vida coti- China (Taiwan). ar de Fukushima I ocorridos em
diana devem coincidir, ou a março de 2011 revelaram que
fé religiosa está no cotidiano. Além disso, a Sede Interna-
cional transferiu sua sede da a civilização contemporânea,
Dando continuidade ao espíri- em especial da zona urbana,
to da Diretriz quinquenal para grande metrópole Tóquio para
o Escritório na Floresta, em Ya- que supervaloriza a matéria,
concretização do Movimento foi construída às custas e com
22
o sacrifício dos moradores das balho do musubi, que é a maior técnicas ambientais nas suas
regiões do interior com rica característica da natureza, em atividades. Foram construídos
natureza. Eles também nos 2014 as três divindades da cria- também grandes geradores de
fizeram conscientizar que a ção, Amenominakanushi-no- energia solar na cidade de Jôyô,
vida urbana e a destruição da -Kami, Takamimusubi-no-Kami em Quioto, e na vila Nishigô, na
natureza estão intrinsicamen- e Kamimusubi-no-Kami, foram província de Fukushima, graças
te ligadas. Através dessa lição consagradas oficialmente no à doação recebida dos adeptos
aprendida, decidimos seguir Templo Matriz da Seicho-No-Ie, do Japão e outras pessoas. As-
para a direção da concretiza- onde o grande Deus Sumiyoshi sim, toda a organização Seicho-
ção da nova civilização em que já era consagrado. Também -No-Ie está criando caminhos
a natureza e os seres humanos foram incluídos nos eventos para reduzir a emissão de CO2
convivem e prosperam juntos, oficiais da Seicho-No-Ie a Ce- de forma constante.
abandonando o uso da ener- rimônia para orar pela grande Outro fato que merece
gia nuclear, incompatível com harmonia entre Deus, natureza destaque no 2º plano quinque-
a prosperidade do mundo na- e seres humanos e a Cerimônia nal é a conclusão das obras
tural. de acolhimento de todas as re- do Escritório na Floresta em
Assim, visando um avan- ligiões. 2013, construído com o objeti-
ço ainda maior do Movimento, Assim, os ofícios religiosos vo de “fazer com que as pes-
no 2º plano quinquenal (2012- da Seicho-No-Ie que antes prio- soas contemporâneas vivam
2016) decidimos focar nos dois rizavam a proteção espiritual em harmonia com a natureza,
itens do 1º plano quinquenal da nação passaram a priorizar mesmo levando um estilo de
(“Contribuição para a solução a paz mundial e, dessa forma, vida contemporâneo”, e o início
de problemas de paz, ambien- foram concluídos os prepara- dos trabalhos da Sede Interna-
te e recursos” e “Realização de tivos para a forte conscientiza- cional nesse escritório. Através
um movimento organizacional ção, pelos dirigentes e adeptos, desse fato, comprovamos que
de alta qualidade”) para con- da Verdade de coexistência e a utilização adequada das tec-
cretizarmos a nova civilização. co-prosperidade entre os se- nologias científicas atuais pos-
Concretamente, enfatizamos o res humanos e a natureza, e de sibilita uma vida e um trabalho
movimento dinâmico e amplo que todas as religiões emanam normais das pessoas contem-
que utiliza a internet e o mo- de um Deus Universal, que são porâneas sem a necessidade
vimento que fortalece as rela- as principais premissas para a de desmatamento e vivificando
ções pessoais entre os adeptos concretização da Paz Mundial. as funções florestais. Além dis-
de cada região. No movimento que visa o so, esse escritório, além de não
Para concretizar a nova carbono zero, também foram emitir CO2 na prática, absorve o
civilização, os dois Cantos pu- obtidos resultados notáveis: CO2 que já foi emitido. Decidi-
blicados na internet de autoria todos os escritórios e edifí- mos transferir para outras re-
do Supremo Presidente, Prof. cios da Seicho-No-Ie no Japão, giões a tecnologia do edifício
Masanobu Taniguchi, Canto em além das Sedes Centrais do de energia zero e, em abril de
Louvor à Natureza e Canto em Brasil, dos Estados Unidos e 2016, inauguramos a sede re-
Louvor ao Bodisatva Que Refle- de Taiwan, obtiveram a certifi- gional na cidade de Kasama,
te os Sons do Mundo, foram pu- cação ISO 14001. Além disso, a província de Ibaraki, que adota
blicados na forma de sutra em Sede Internacional, o Templo os mesmos conceitos do escri-
2012 e os adeptos passaram a Matriz e o Templo Uji concreti- tório na floresta.
poder confirmar no dia a dia a zaram o carbono zero referente Além dos esforços na área
mensagem dos dois Cantos, de a 8 itens relacionados à ener- de desenvolver a natureza, fo-
que “o mundo natural é mani- gia utilizada nos prédios e ve- ram realizados vários esforços
festação de Deus e o ser huma- ículos; e as regionais do Japão para desenvolver o movimento.
no, que é filho de Deus, é origi- estão reduzindo a emissão de Em 2011, foi realizado um
nalmente um com a natureza”. CO2 nas suas sedes e introdu- experimento-modelo de grupo
Além disso, para louvar o tra- zindo a preservação florestal e de colaboradores comunitários
23
Sede Internacional

da Seicho-No-Ie, visando a re- CH/E – O assunto foi colocado outras organizações.


alização de uma organização também no Escritório na Flo- Na conferência especial re-
atraente. Esse sistema apre- resta, por ocasião da realiza- alizada neste ano foi apresen-
sentou alguns problemas e não ção da Conferência Especial da tado o trabalho feito por uma
pode ser introduzido a nível Seicho-No-Ie para a Paz Mun- entidade religiosa do budismo
nacional, mas, com os conhe- dial, mas no Japão está aconte- com a qual a Seicho-No-Ie pos-
cimentos obtidos através dele, cendo a conversa e cooperação sui bom relacionamento.
em 2015 foram iniciadas as ati- com outras religiões? Que tipo
vidades do sistema baseado de cooperação está acontecen-
em projeto (PBS) que possui do? CH/E – O Supremo Presidente,
os seguintes três fatores: “cola- Prof. Masanobu Taniguchi, vem
boração inter-organizacional”, TY – No Japão existe uma trabalhando seriamente com
“utilização de redes” e “comu- organização sem fins lucrati- os problemas diversos, assim
nicação face a face (ou corpo a vos denominada Religious and como o caminho que a huma-
corpo)”. Além disso, a partir de Scholarly Eco-Initiative da qual nidade deve seguir, ou aquilo
2016 começaram a ser realiza- a Seicho-No-Ie faz parte. É uma que podemos realizar como
dos encontros voltados para os organização que visa superar a religioso para a próxima gera-
jovens e pessoas de meia idade crise ambiental atual através ção. Ciente deste fato, a Sede
que participaram pela primeira da cooperação entre religião Central da SEICHO-NO-IE DO
vez das conferências, que estão e pesquisadores, com vistas a BRASIL vem desenvolvendo re-
produzindo certo resultado. harmonia entre os seres huma- centemente os seus trabalhos
No âmbito do movimen- nos e a natureza, objetivando a também em países assim como
to internacional que visa uma criação e propagação dos prin- Cuba ou na África. Além disso,
gestão unificada e organizada, cípios da nova civilização. mesmo nos países que não es-
o Canto em Louvor à Nature- No web site dessa organização tão sob sua jurisdição, graças
za, o Canto em Louvor ao Bo- ao fato de que os brasileiros
está escrito:
disatva Que Reflete os Sons do estão mudando para aqueles
Visando a construção da nova países, o Ensinamento vem
Mundo, além do Diário do Re- civilização, desenvolvendo a
lógio de Sol foram traduzidos sendo transmitido. Mas, mui-
introdução da energia natural tos países estão repletos de
para vários idiomas, a mensa- (energia verde) que não seja
gem de que a natureza e os se- pessoas pobres, e a realidade é
através da energia do subso- que os movimentos de conser-
res humanos constituem uma lo que causa problema para a
unidade está sendo comparti- vação do ambiente nem sem-
natureza, invocando a solução pre são aceitos. Dentro desse
lhada em diversas regiões do dos problemas ambientais, foi
mundo e o princípio do relógio contexto, como o senhor acha
introduzido no site da organi- que devemos conduzir o nosso
de sol está sendo praticado no zação o demonstrativo da ca-
dia a dia. Com a tradução e a Movimento no futuro, seja nos
pacidade de energia gerada países da América Latina ou
publicação do Canto em Lou- pelo conjunto das organizações
vor à Natureza e do Canto Lou- nos demais países?
religiosas, templos, universida-
vor ao Bodisatva Que Reflete des, etc (participantes da orga-
os Sons do Mundo para vários TY – Nós que temos o espí-
nização). rito religioso de amor ao pró-
idiomas, eles passaram a ser
lidos nos diversos países do Nesse painel será registra- ximo podemos abandonar essa
mundo. Além disso, estão sen- da a soma da energia gerada missão sem fazer nada só por-
do criados meios que possibili- pelos diversos sistemas, como que é difícil? Creio que nós que
tam a transmissão via internet vento, calor da terra, pequenas sentimos essa necessidade é
das mensagens do Supremo hidroelétricas também. que devemos tomar a iniciati-
Presidente proferidas nos prin- va de começar. No Japão existe
O volume gerado pela
cipais eventos da Seicho-No-Ie um provérbio que diz “para co-
Seicho-No-Ie é extremamente
em vários idiomas. meçar algo, antes de mandar o
grande, comparado com o de

24
outro fazer, comece você a pra- site oficial da Seicho-No-Ie posa, pela oportunidade.
ticar.” informando que é contrária à
Como é de seu conheci-
eleição dos membros do atu-
mento, o Brasil é um país que
al governo, chamando muita
CH/E – Também no Brasil, vem tem em abundância a diversi-
atenção do povo. Isto porque
aumentando o número de dade de pessoas e da natureza.
o governo atual adota medidas
adeptos que buscam as ener- Tem também muitas pessoas
que a Seicho-No-Ie não pode
gias fotovoltaicas, captação de alegres, manifestando a natu-
aceitar, como o funcionamento
águas da chuva, coleta seleti- reza do filho de Deus. Eu gosto
da energia nuclear de eletrici-
va, etc. Entretanto, apesar dis- do Brasil e dos brasileiros.
dade de Fukushima, e a expor-
so, conforme uma estatística, tação de tecnologia da energia Conforme eu disse no se-
apenas 18% dos lixos urbanos nuclear para geração de eletri- minário, o objetivo desta minha
no Brasil são devidamente re- cidade. visita era reconfirmar sobre o
colhidos e classificados, sendo princípio e trabalho do musu-
o restante abandonado. Além bi (união). Esse princípio e o
disso, dado entraves legais, a CH/E – O Preletor Yukishima trabalho do musubi pode ser
instalação de energias fotovol- esteve diversas vezes no Brasil. desenvolvido em diversos as-
taicas também não vem se de- Gostaríamos de ouvir a sua im- pectos. Entre a Sede Central do
senvolvendo adequadamente. pressão sobre os dirigentes da Brasil e a Sede Internacional,
Logicamente também o custo SEICHO-NO-IE DO BRASIL e dos entre você e eu, entre homem
é elevado e isso também é um países da América Latina. Além e natureza, etc., enfim, existem
dos motivos. Além disso, dizem disso, gostaríamos também de muitos aspectos.
que um terço dos alimentos receber uma mensagem do Sr.
Fortalecendo ainda mais
produzidos são desperdiçados junto a esses dirigentes.
o princípio e o trabalho do
e jogados fora. Com base na Di-
musubi, pretendo caminhar
retriz da Seicho-No-Ie até hoje TY – Fiquei bastante sen-
juntamente com todos os lí-
existente, a SEICHO-NO-IE DO sibilizado e emocionado pela
deres e adeptos do Brasil e
BRASIL não vem fazendo muita participação maciça de líderes
da América Latina para cons-
atividade política ou trabalho do Brasil e da América Latina, e
truir a base para a criação da
junto aos políticos. Mas, consi- vendo pessoalmente a postura
nova civilização constante da
derando a situação atual, não de ouvir atentamente as aulas.
Diretriz trienal da Seicho-No-
seria necessário também esse Agradeci profundamente ao
-Ie. Vamos nos esforçar juntos.
tipo de atividade? Supremo Presidente e sua es-
Muito obrigado.
TY – Acho maravilhoso o
trabalho realizado pela SEI-
CHO-NO-IE DO BRASIL. Quero
louvar e abençoar o resultado
obtido até agora. A pergunta é
se não é o momento de pen-
sar também nas negociações
com o governo? – como eu não
estou familiarizado com o sis-
tema de governo do Brasil, é
difícil de responder. Então, vou
falar da situação do Japão.
No Japão, houve a eleição
Fotos: Silvia R. Fontes
para o senado. Nessa opor-
tunidade a Sede Internacio- Evento histórico: a Seicho-No-Ie que recebemos dos pioneiros agora
está nas mãos de lideranças maravilhosas e dispostas a encontrar
nal publicou a mensagem no
caminhos modernos para divulgar a Verdade.

25
Filantropia

Amor que se traduz em números


– Campanha em prol da Casa de Repouso
da Grande Harmonia
O ensinamento de que tidos pela Casa de Repou- lhado. O Boletim Informa-
em essência “somos um só” so da Grande Harmonia, tivo Círculo de Harmonia
nos instiga a querer aju- localizada na Academia de lança aqui o resultado e o
dar o próximo. Nesse enla- Treinamento Espiritual da reconhecimento pelo gesto
ce de amor, a Seicho-No-Ie Seicho-No-Ie de Ibiúna (SP), de amor de todos que co-
se une todos os anos para mantida pela Seicho-No-Ie laboraram, seja divulgando,
promover uma campanha do Brasil. A campanha de seja doando. Nossos queri-
de doação de fundos para 2016 foi mais um sucesso dos idosos também agrade-
beneficiar os idosos assis- que merece ser comparti- cem! Doe você também!

Depósito em nome da Casa de Repouso da Grande Harmonia, CNPJ - 05.035.828/0001-07


Banco Bradesco - Agência 3392-8, Conta Corrente 5900-5
Banco do Brasil - Agência 3347-2, Conta Corrente 7710-0
Banco Itaú - Agência 1000, Conta Corrente 18881-1
Mais informações - (11) 5014-2233
E-mail - creditoecobranca@sni.org.br

26
Resultado da Campanha “Doar Faz Bem” - Regionais em Português 2016

Regionais Arrecadação
AL-Maceió R$ 334,95 PR-Londrina R$ 497,45 SP-Campinas R$ 3.125,85
AM-Manaus R$ 800,00 PR-Maringá R$ 420,00 SP-Dracena R$ 327,50
BA-Barris R$ 472,42 PR-Paranavaí R$ --- SP-Guaratinguetá R$ 155,40
BA-Feira Santana R$ --- PR-Umuarama R$ 207,00 SP-Guarulhos R$ 980,00
BA-Ilhéus R$254,40 PR-Wenc. Braz R$ --- SP-Interlagos R$ 187,50
BA-Itamaraju R$ 313,85 RJ-Catete R$ 1.508,30 SP-Jabaquara R$ 732,05
BA-Pituba R$ 340,00 RJ-Copacabana R$ 760,95 SP-Lapa R$ 824,25
CE-Fortaleza R$ 520,00 RJ-Niterói R$ 360,00 SP-Marília R$ ---
DF-Brasília R$ 2.592,10 RN-Natal R$ 110,60 SP-Mogi das
ES-Vitória R$ 634,60 RO-Cacoal R$ 1.577,20 Cruzes R$ 1.000,00

GO-Goiânia R$ 1.555,00 RO-Porto Velho R$ 1.000,00 SP-Osasco R$ 1.500,00

MA-Imperatriz R$ --- RS-Caxias do Sul R$ --- SP-Ourinhos R$ 796,83

MA-São Luís R$ 520,00 RS-Ijuí R$ 1.000,00 SP-Penha R$ 522,00

MG-BH Caiçara R$ 897,50 RS-Novo SP-Pinheiros R$ 608,31

MG-BH Paraíso R$ 221,90 Hamburgo R$1.115,85 SP-Pres. Prudente R$ 801,90

MG-Três Vales R$ 504,10 RS-Passo D’Areia R$ 1.188,55 SP-Ribeirão Preto R$ 365,00

MG-Juiz de Fora R$ 565,80 RS-Passo Fundo R$ 500,00 SP-Santana R$ 700,00

MG-Montes Claros R$ 80,00 RS-Pelotas R$ 323,00 SP-Santo Amaro R$ 1.038,45

MG-Triângulo e RS-Rio Branco R$ 609,85 SP-Sto. André R$ 1.000,00


Alto Paranaíba R$ 882,20 RS-Santa Maria R$ 726,30 SP-Santos R$ 1.192,50
MS-Campo SC-Criciúma R$ 890,00 SP-São B. Campo R$ 940,00
Grande R$ 1.168,90 SC-Florianópolis R$ 1.065,45 SP-São
MS-Dourados R$ 326,85 SC-Joinville R$ 786,00 J. Boa Vista R$ 1.514,48
MT-Cuiabá R$ 1.460,71 SC-Xanxerê R$ 1.210,90 SP-S. J. do
PA-Belém R$ 3.350,00 R. Preto R$ 1.170,87
SE-Aracaju R$ 1.000,00
PB-João Pessoa R$ --- SP-S. J. dos
SP-Araçatuba R$ 931,00 Campos R$ 513,60
PE-Recife R$ 355,80 SP-Araraquara R$ 438,45 SP-São M. Paulista R$ 621,46
PI-Teresina R$ 300,00 SP-Aricanduva R$ 1.065,00 SP-Sorocaba R$ 1.319,70
PR-Curitiba R$ 640,00 SP-Atibaia R$ 312,00 SP-V. Prudente R$ 240,25
PR-Foz Iguaçu R$ 140,00 SP-Barretos R$ 220,86 TO-Palmas R$ ---
PR-Francisco SP-Bauru R$ 660,30
Beltrão R$ 404,00 Total: R$ 62.297,99

Resumo da Campanha “Doar Faz Bem” 2016

Proveniente Arrecadação
Diversos R$ 4.262,50 Reg. Japonês R$ 30.768,60
Academias R$ 550,25 Sede e Subsede R$ 2.078,20
Reg. Português R$ 62.297,99 Total: R$ 99.957,54

27
Novos divulgadores da Seicho-No-Ie do Brasil
É com imensa alegria que parabenizamos os Divulgadores da Seicho-No-Ie do Brasil recém-no-
meados. Nossas profundas reverências pela decisão de colaborarem na expansão do Movimento de
Iluminação da Humanidade - Movimentoa Internacional de Paz pela Fé.
“Quando as pessoas são indicadas para suas respectivas funções dentro do Movimento de Ilumi-
nação, no mundo espiritual são indicados espíritos superiores dotados de aptidão condizente com
cada função para serem seus protetores.”
(Masaharu Taniguchi, O Que Deve Fazer o Dedicado à Iluminação, 8ª impressão, p. 54)
Que Deus os abençoe! Bom trabalho!
Associação Fraternidade/ Associação Pomba Branca/ Associação dos Jovens/ Associação Pros-
peridade.

Regionais em Português e Japonês

AL-MACEIÓ - Pedro Augusto da Ro- Ferreira Maia/ Aline Alves Garcia/ Ana da Zanotto Teixeira/ Isadora Ferreira
cha Cavalcante/ Otavio Ferreira do Claudia Martins e Silva/ Dalisman Fabris/ Joao Pedro Ferreira Fabris/
Nascimento/ Jacqueline Sales Rocha Peregrino Ramos Pereira/ Denise Lucas Yudi Uemura/ Marcio Akio
Santos/ Janailda de Cassia Rodrigues da Silva Vieira Benther/ Ivonete dos Nakamura/ Marcio Seiji Yamada/
Santos/ Maria Aparecida Bezerra Al- Santos Silva/ Maria do Carmo Ribeiro Mayara Novaes Rossetti/ Nathalia
ves/ Maria Edileusa Almeida Ferreira da Silva Marinez Álvares Rodrigues/ Zanotto Teixeira/ Elisa Emerita Cam-
da Silva/ Sônia Ferreira dos Santos/ Marta Henrique de Andrade/ Rosana pos Bulsing/ Ironês Maria Ceolin Mo-
Josineide Francisco Sampaio Xavier de Araújo Valle/ Sandra Cristi- messo/ Lucianna de Lara Pinto Cos-
AM-MANAUS - Rafael de Araújo Mira- na Silva/ Gustavo Montemor Soares ta/ Márcia Vialogo Cunha/ Margarete
na Messina Rita Riva/ Maria Aparecida da Rocha/
BA-FEIRA DE SANTANA – Keilan Godi- GO-GOIÂNIA - Aderaldo da Silva San- Nair Rodrigues de Miranda/ Neiza Au-
nho e Silva de Lima Ribeiro/ Ana Rita tos/ Gilberque Braga/ Romildo Jesus xiliadora Ourives D. Gonçalves/ Veni-
Ribeiro de Jesus Santos de Oliveira/ Fabiany Cristina ci da Penha Cruz Almeida/ Claudete
BA-ILHÉUS – Maria Cristina Barbosa da Silva Pires/ Guilherme Couto Sa- Schmidt/ Davi Vicente da Silva/ Mário
Felix/ Neildes Nascimento Lemos lib/ Julia Evangelista da Silva/ Maria Aparecido Camargo/ Nylter Aparecida
BA-ITAMARAJU - Carlos Alberto Ferrei- Eduarda Pereira Braga/ Nayara Lopes Ferreira Fabris
ra Santos/ José Alves da Cruz/ Ema- Marques Santana/ Rafael Bechepe- MS-CAMPO GRANDE - Paulo Augusto
nuel Vieira Pinto che Barbosa/ Raphaela Mara Silva Weiller de Vasconcelos/ Henrique dos
BA-BARRIS - Delza Carolina dos San- Queiroz/ Rodrigo Moreira Marques/ Santos Fernandes/ Elisangela Costa
tos/ Dalva Maria Vita Leite/ Fabiana Vitor Henrique Zordan Neves/ Anelisa Sandim/ Marcelo Serafim Tenório/
Souza Laurindo/ Maria do Socorro Ri- de Souza Melo Oliveira/ Eline Vieira Pedro Gomes da Silva Neto
beiro Nunes/ Melissa Petró Basso das Neves/ Julia Inês Soares de Oli- MS-DOURADOS - Camila de Azevedo
BA-PITUBA - Marcos Judá de Olivei- veira/ Maria de Fatima da Silva Xa- Chaves Correia/ Julia Silva Banardi/
ra Gomes Santana/ Sérgio Roberto vier/ Maria Lilia Franco de Carvalho Juliani Salatini dos Santos/ Fatima
Nogueira da Silva/ Fabiana Noia de Navarini/ Milena Rita da Silva Colin/ Sumico Kaida Senno Assunção/ Ja-
Araujo/ Roberta Sheilla de Cerqueira Regina Maria Goncalves/ Reginamar queline Zanzi/ Marciana Rodrigues da
Costa/ Edna Maria Sotero Carneiro de de Barros/ Sandra Mara da Silva Ta- Silva Nascimento
Mesquita/ Josefina Santana Rossi/ vares/ Ana Angélica Moreira Andra- MG-BH CAIÇARA – Karoline de Oliveira
Melissa Cristian Bukowski Serbake/ de/ Deise Fleury Araujo/ Gabriela Costa/ Natassia Ribeiro Morais Har-
Nelsonita Argolo Santana/ Nereide de Macedo Góis/ Marcus Vinicius Costa den Freitas/ Rafael Brasil Pinto/ Ana
Melo Bacelar Rodrigues Caciquinho/ Marivone Alves de Oli- Carolina Siqueira/ Filomena Cândida
CE-FORTALEZA - Francisco Francinir veira/ Mariza Rosa Santana/ Moacir de Souza/ Lindeia de Sales/ Luciane
Pereira de Lima/ Glhenda Oliveira Braga Costa Junior/ Paulo Antonio da Cassia Vieira Martins
Machado/ Rafael Nascimento Ferrei- Costa/ Wellington Santos de Souza/ MG-BH PARAÍSO - Christiane Marques
ra/ Maria Margarida dos Santos/ Van- Wilson Alves de Oliveira Caldeira/ Adriana Rita Xavier Tironi/
nery Cristina de Mesquita Silva MA-IMPERATRIZ - Mariana Lixa Rodri- Ana Tereza de Marchi Faria/ Cristia-
DF-BRASÍLIA - Bianca Novais da Silva/ gues/ Monyse Ferreira da Silva Gomes ne Kelly de Oliveira/ Edna Maria do
Bruno Teixeira Barbosa/ Elem Apare- MT-CUIABÁ - Gilmar Wandscheer Jo- Couto/ Heliane Maria Iglesias/ Maria
cida Sousa Laura/ Fernando Augus- hann/ Odenir Arruda de Souza/ Ri- Eliete Pereira Souza / Marta Margari-
to de Oliveira Aires/ Hilary Queiroz cardo Gonçalo dos Santos Moreira/ da Pinto/ Rosemere Moreira Alves
Ribeiro/ Julianna Moreira Reis/ Taís Roberto Carlos Sponchiado/ Fernan- MG-TRÊS VALES – Maria Aparecida

28
MG-JUIZ DE FORA – Ana Lúcia dos veira /Vitoria Maria Borges de Moura Maria Orsatto/ Suian Paula Dalla Cos-
Santos/ Ana Maria Ferreira de Olivei- Lopes/ Jomara Sandra Gonçalves de ta/ Valdir Prediger
ra/ Claudia dos Santos Silva/ Dalila S. Coelho/ Luzileide Cristina da Silva RS-PASSO D’AREIA - Joanna Vitoria de
de Barros Alves/ Eliete Maria Silva e Fernandes/ Misângela de Fátima dos Camargo Borchardt/ Luciana Maciel
Silva/ Ildete Franca Canabrava/ Kátia Santos Barbosa Ferreira/ Luciano Pereira Vargas/ An-
Maria de França/ Ligia Leandro Silva/ RJ-NITERÓI – Jandyra Oliveira Alves de toninha Macuglia Kray/ Eunice Rejane
Lilian Machado Alves/ Sonia Apare- Assis/ Josenita de Sousa Torres/ Ma- Lehnen/ Mirian Regina Scheffer Car-
cida Severo/ Sonia Maria Santoro de ria do Perpetuo Socorro P. de Freitas/ doso /Suenia Maria Orsatto/ Suian
Oliveira/ Janice Aparecida Teixeira da Fabiola Tavares Carius Veiga/ Fernan- Paula Dalla Costa/ Valdir Prediger
Silva/ Quintanilio Ferreira da Silva da Motta de Oliveira Saturnino RS-RIO BRANCO - Geoneli Martins
MG-TRIÂNGULO E ALTO PARANAÍBA RJ-CATETE – Marisa Duarte Rodrigues/ Bassoa Filho/ Celina Torres Dittmar/
- Aurélio Barbosa Pereira/ Davidson Rita de Lira Santana da Silva/ Celia Cintia Maria Schneider/ Elizangela
Mesquita Neves/ Eliana Aparecida Maria Perdigão Terra/ Ilda Conceicao Brum Cereça/ Gabriel Barros de Pau-
Bueno/ Lairêz Augusta Ferreira/ Vera Jesus Bonfim/ Ivy Motta Piazzarollo/ la/ Gabriel Pacicco de Freitas/ Marlon
Lúcia Borges da Silva/ Alessandra Ma- Thálisson Augusto Viana de Santana Eilert Gonçalves/ Renan dos Santos
ria Silva do Nascimento/ Valdir José RJ-COPACABANA – Alexsandra de Oli- Fagundes/ Eunice Oliveira Pereira/
Ferreira/ Waldemar Freitas Lacerda veira Rodrigues/ Eduardo Campos/ Gladis Specht Marquetti/ Ilse Tere-
PA-BELÉM - Evelin Taiana Segtowick Kelly Cristina da França Martins/ Ro- sinha Boelhouwer/ Luiza Lourdes
Sousa/ Laline Assunção de Oliveira/ gerio Magalhães Fortes/ Sergio Bote- Pigatto/ Marilez Martins Amaro/ So-
Wellerson da Silva Pancieri/ Maria lho do Amaral/ Vanise Zema Ribeiro lange da Silveira/ Tania Maria Silva
das Gracas Ferreira Neri dos Santos Macedo/ Zilda Lopes Silveira/ Velma
PR-CURITIBA - Carmen Lucia Petron- RN-NATAL – Celia Sousa Lopes/ Maria Cristiane Cunha Tubino/ Wilson Tubi-
zelli/ Jonathan Corrêa Machado/ Jose da Silva no Junior/ Dalva Heinen
Matsuko Mori Barbosa/ Roseli Pe- RS-CAIXAS DO SUL - Gelson Seben/ RO-CACOAL - Udicleia Costa Madeira/
drozo/ Rozelia Catarina dos Santos/ Haroldo Santos/- Luciana Scopel Carlos Augusto de Matos/ Fernanda
Valdemir de Jesus Lemes Prestes/ Vianna Lorencet/ Paolla Gelsdorf Tor- Mílbene Oliveira Braga/ Martina Ma-
Anna Giulia Sundin do Lago da Silva/ res/ Renata Riboli/ Daiane Faghera- riana Santos Queiroz Vieira/ Ricardo
Ligia Dechatnek Campos/ Marcel Eiji zzi/ Carla C. Nehme Demari/ Carlito da Costa Alcantara/ Rogério Daltoé/
Higashiyama/ Matheus Henrique Ri- Bison/ Elizabete Borsoi Aires/ Gilmar Waltair Viana Andreatta
bas Vicente/ Ângela de Sá Lemos de Adão Rodrigues/ Ilo Juarez Kramer/ RO-PORTO VELHO – Carlos Augusto
Medeiros/ Antonio Fernandes Sidre/ Inês Bueno Krahe/ Marice Gnoatto de Matos/ Fernanda Mílbene Oliveira
Clarice Vieira da Silva/ Claudio Neis Saldanha/ Marlene Fachinelli/ Oli Braga/ Martina Mariana Santos Quei-
da Silva/ Ines Virginia Zarpellon Fer- Dorneles Moiano roz Vieira/ Ricardo da Costa Alcan-
reira/ Maria do Rocio Cunha Frega/ RS-IJUÍ – Carmem Maria Majolo Pes- tara/ Rogério Daltoé/ Waltair Viana
Maria Elena Kern/ Maria Euzi Santos sina/ Inês Aparecida Pedó Heck/ Ma- Andreatta/ Rayle Santana Barbosa/
Mello/ Rosemary Aparecida de Lima/ rilia Machado de Bittencourt/ Sandra Wemerson Evangelista de Melo/ Edi-
Solange Aparecida Mareth Santos/ Ja- Regina Caneppele Gregorius son de Souza Campos/ Maria de Lour-
cinta Maria da Costa RS-NOVO HAMBURGO - César Alexan- des Silva de Almeida
PR-FOZ DO IGUAÇU - Fernando Alves dre Teixeira Cruvinel/ Gustavo Var- SC-CRICIÚMA - José Octavio de Ro-
dos Santos/ Walter José Henze/ Loiani gas Portilho/ Helena Anita Bomm/ chi/ Marcos da Silva Uliano/ Sandro
Ayessa Schimidt Maron/ Marana Mus- Mellissa Dias Pacheco/ Carmen Luiza Anacleto/ Pedro Augusto Baschirotto/
skopf Alves/ Dirce Cavinato/ Josiana Pinheiro Teixeira/ Denise Maria Ma- Sandro Rosendo da Rocha/ Sanelli Vi-
Mascarenhas Souza/ Karla Sibele Vi- ciel da Silva/ Evanilda Ludvig Correa/ dal Rosso/ Adelia Vieira Acordi/ Almi-
dotto Hiraoka/ Maria Izenir Paupitz/ Lourdes Kummer/ Nilza da Rosa Fer- ria Sperling Candido/ Cintia Reis dos
Terezinha Isabel Barbosa da Silveira/ nandes/ Cassiano Huff Goulart/ Nel- Santos/ Renata de Souza/ Hercílio
Elizangela Passala/ Lin Chi Wen ma Elisabeth Ferreira Rocha/ Rejane Pedro da Silva/ Susana Ribarski Scal-
PR-FRANCISCO BELTRÃO - Constanti- Salete Boenny co
no Eleuthério da Luz;/ Juliana Dorigo- RS-SANTA MARIA – Eva Helena Lanes SC-FLORIANÓPOLIS - Fernanda Do-
ni/ Mariana Isabelle Mackowiak/ Ma- da Costa/ Silvia Aparecida Motta Ho- mingues de Melo/ Mariaugusta Ge-
teus Augusto Bredo Colpani/ Patricia ffmann/ Gladis Geni Jaeger Potter/ Je- remia/ Nabieli Aparecida Fidencio/
Machado Dias Olders Rocha/ Claudia nifer Fornari/ Thais Paula Pötter Ademiro Alexandre Koneski/ Danny
Tiemi Tomioka de Oliveira/ Simone RS-PELOTAS – Valdenise Barbosa de Juliano Borges de Souza/ Eladio Ávila
Aparecida Machinski dos Santos Munhoz/ Vladimir Damé Torma Cabral/ Eugênio Del Castanhel/ Gil-
PR-LONDRINA - José Carlos Pereira RS-PASSO FUNDO - Rafael Lauri Kreis- berto Xavier dos Santos/ Ana Nair de
Junior/ Pedro de Souza Siécola Mo- che/ Wilson Fistarol/ Alessandra Marco/ Carmen Aparecida Antunes/
reira/ Jamylle Ripoli Duarte Pereira / Motter/ Adriana do Sacramento/ Ali- Josiane Stropollo Bozano/ Maria Alice
Vania Regina Torres /Michele Rípoli ne Garcia de Figueiredo/ Marlene Lu- Marcio dos Santos/ Melissa Gabriela
Manoel nelli/ Rosane T. Zamproggna Flores/ de Marco/ Morgana Gatner de Souza/
PR-MARINGÁ – Lucilene de Araujo Adriano Fumegali/ Aline Dallazen/ Nair Raya Souza/ Rosemere Apare-
PR-WENCESLAU BRAZ – Patrícia Ro- Ivete Maria Giareta/ Maria Helena cida Gasperin/ Thatiany Aparecida
drigues Absalão Boff Fochesatto/ Marta da Silva/ Mar- Waltrick Tenarollo/ Casiana Regina
PI-TERESINA – Antonia Maria de Oli- ta Maria Weschenfelder Daré/ Suenia Battisti da Silva/ Iracy Jacinta Chaves

29
da Costa/ Jonata Jiovã Salvadego de seca/ Aline Dantas Pires Daminelli/ Santos/ Carlos Alberto Mendes de
Souza/ Rosane Aparecida Liberato Anelise da Silva Pizzi/ Lívia Yukari Paula/ Edson Roberto Silva/ Hélio Al-
Maciel/ Sônia Regina da Silva/ Wag- Ikegame/ Luana Segismundo Moles- ves de Oliveira/ José Alexandre/ Ma-
ner Cajueira Munhoz / Rodrigo Mar- sani/ Samantha Regina da Silva Ros- theus de Freitas Vilela
tini si/ Thiago Borlina da Silva/ Valdirene SP-MARÍLIA - Gerson Yukio Ogawa/
SC-JOINVILLE - Sergio Ronaldo Belle/ Correa de Souza/ Adriana Herman Anisete Aparecida Collis da Cunha/
Fabiane Neves Antonowicz/ Helmuth Auvray/ Clarice Garrido Sakita/ Cris- Cinara Cristina Duarte Tech Macag-
Prust Neto/ Irene Vidalina Pereira/ tiane de Camargo Neves/ Dora Nas- nan/ Renato Antonio Macagnan
Marlene Orsi/ Marly Zimmer Scoz/ cimento Gomes de Freitas/ Idineia de SP-MOGI DAS CRUZES - Antonio Sales
Mauristela Aparecida Odorizzi/ Rosa Fatima Lopes/ Idur da Silva de Oli- da Silva Neto/ Jonatas Pereira Wirth/
Yukiko Hirokawa Shiino/ Rosane Ma- veira/ Irene Mantoani Higuchi/ Ligia Sidney Opariuk/ Wellington Oliveira
ria Bertoldi Perini/ Tania Regina Pe- Silva da Fonseca/ Lourdes Aparecida Porto/ Aline Feltrin Gonçalves/ Ana
reira/ Teresinha Lourdes de Lima/ Demartini Soares/ Marcia Luzia Bro- Laura Souza da Cunha/ Douglas Ken-
Maria Angélica da Silva glio/ Nicia de Cassiano Cabral/ Regi- ji Tamura Kubo/ Erika Tiemi Tamura
SC-XÂNXERE - Odilon Carlos Althoff/ na Satie Yamashita Okawa/ Silvana Kubo/ Murilo Yamauchi C. dos San-
Angelina Teresinha Schroeder Horst/ Colpas Lopes Ferreira/ Silvia Grando tos/ Isabel Canatani/ Vera Lucia de
Sirlei Maria Berger de Paula Loren- Santiago Cordeiro/ Adriana Francisco Oliveira/ Dayana Jéssika de Souza N.
zzon/ Maria Isabel Licks Milani de Carvalho/ Bianca Maria Stievano/ da Silva/ Eurides Fatima de Oliveira
SE-ARACAJU - Manoel Messias Cardo- Eduardo Daher/ Juaresa Lara Vieira Maria Fatima de Souza Ferreira Ro-
so da Silva Moura/ Maria Nivia Natalia Pereira/ Tabata Coradini berto Scalice
de Sousa/ Marleide Lucas de Sousa SP-DRACENA - Luis Maeda Junior/ SP-OSASCO - Gilberto Ferreira Cruz/
Alves/ Edvânia Ferreira dos Santos Jose Botassin Gilberto Santana de Souza/ Paulo
SP-ARAÇATUBA - Ademilson Pereira SP-GUARATINGUETÁ - Ricardo Reis Calistro de Almeida/ Walter Rolando
Pinto/ Fatima Maria Antonia Vantini/ Palmanhani/ Ana Lucia Castro Paula/ Lenzi/ Cristina Aparecida da Silva/
Marcia Helena Monteiro Pereira Pin- Débora Gomes/ Doralice Cuba Perei- Delza Caetano Mendes Marques /Ma-
to/ Maria Aparecida Pavan/ Osterlai- ra/ Cláudia Regina de Oliveira Rezen- ria Angelina Baroni de Castro/ Thais
ne Henriques Alves de/Lenith Arima Mercadante
SP-ARARAQUARA – Rute Correa Lofra- SP-GUARULHOS - Carlos Hideo Ka- SP-PENHA - Domenico Pedrisso Ju-
no wakami/ Leandro Messias Vieira/ Ma- nior/ Valdir Abud/ Cristiane Esmeral-
SP-ARICANDUVA - Fernando Mascot- riana Lopez Pinto/ Sadatoshi Yokomi- da Pereira/ Elizabeth Barbosa Abud/
te/ Maísa Cristina dos Santos/ Pedro zo/ Jefferson Silva Siqueira/ Jessica Renata Vergilio Pedrisso
Henrique dos Santos/ Tamires Cuper- Miti Ohara/ Larissa Lopez Pinto/ Ma- SP-PINHEIROS - Antonio Carlos Fre-
tino Teruya/ Thainá Nascimento Tor- ria Aparecida Vieira Menezes/ Hele- derico/ Janduir Gonzaga da Silva/
res/Dalva Vieira Acácio/Maria Miyoko na dos Santos Silva/ Edson Satoshi Wilson Antonio Ferreira Alves/ Caro-
Takahashi/Marilza Costa Barradas Gushiken/ Marilene Batista Marques lina Yuri Ogawa/Suely Silva
Chiés/Marisa Benedita Sanches Ro- Castilho SP-RIBEIRÃO PRETO - Luiz Antonio
cha/Rosa Vasconcelos da Silva/Ro- SP-JABAQUARA - Antonio Bento de Gama Filho/ Fabiani Gomes Ferreira
simary Torres Alvarenga dos Santos/ Lima/ Carlos Alberto de Moraes/ Ladeia/ Letícia Piovezan de Carvalho/
Claudia Rodrigues Gimenez Sepetiba/ Claudionor Ferreira de Souza/ Mar- Adriana Cardoso Pereira Silva/ Celia
Neuza Viana Pereira dos Santos/ Ro- celo Barbosa dos Santos/ Rubens de Mello Abadia Stopa/ Diva de Fati-
drigo José de Castro Sepetiba Carlos Machado/ Gabriella de Mace- ma Jacinto Contadm/ Erika Andrade
SP-ATIBAIA – Aparecida Farias Slei- do Silva/ Geovana Souza Costa/ Mara Miguel/ Fatima Aurora Garcia Ceri-
man/ Lissandra Negrini Bigliatto Oli- Alice Joaquim/ Sandra Tenório de belli/ Sonia da Silva Santana/ Terci-
veira Macedo/Carla Giglio de Souza/Clarice lia Aparecida Silva da Rocha/ Adriana
SP-BARRETOS - Adilson Alves Figuei- Ferreira Souza/Claudia Regina Lyra P. Mautese Gaspari/ Douglas Haas de
redo/ Isabella Azevedo da Silva/ Cyn- de Oliveira/Cleide Francisca da Silva/ Oliveira/ Eunice Alves Duarte/ Fabrí-
tia Silva Araujo/ Geni Aparecida Novo Damiana Bernardo da Silva/Denise cio Abrahão Crivelenti/ Francisca An-
dos Santos/ Maria Angélica da Silva/ Peres Faria Takahashi/Maria Jandira gélica Ferreira Passos/ Iezo Nakano/
Maria Claudia Meinberg de Curtis/ de Lima Chagas/Rosiane Fernandes Iolanda Toshiko Heto Tonetti/ Maria
Suzimar Aparecida Marcos Suzuki de Matos Cecilia Garcia dos Santos Taveira/
SP-BAURU - Antonio Marcos Berton- SP-LAPA - Delano Camara França/ Sandra Marcia da Silva Oliveira
cin/ José Otavio Bola/ Francine Yas- Jaime Guerra dos Santos/ Aline Cam- SP-SANTANA - Danilo de Lima Cordei-
min Sanchez/ Izabela Sementille Ma- pos Cruz/ Davi Manoel Dias Nóbrega ro/ Darci Fermino da Silva/ Jefferson
luf/ Jennifer Daiane Pinheiro/ Juliana Carvalho/ Juliana Raquel dos Santos/ Magalhaes/ Leandro de Souza San-
de Oliveira Sato/ Maria Eduarda Dal Sergio V. Lombardi/Cleide Borges/ tos/ Rodrigo de Barros Taibo Cador-
Picolo Decourt/ Sandra Cristina Dal Inês Gomes de Souza/Iolanda Pasco- niga/Gustavo Nanetti Sodini/ Ana Lú-
Picolo Decourt/ Antonio Gustavo da alina Calandro Modona/Kamila Rumi cia Gomes Coelho/ Ana Paula Ribeiro
Silva Dallasta/ Olivia Fernandes Ro- Toyofuki/Kiyoko Fukunaga/Maria da Fermino da Silva/ Daniela Pazinatto/
cha Paz de Jesus Padovino/Maria das Denise Lucena Cordeiro/ Nathalia
SP-CAMPINAS - Adélio Sarro Sobri- Neves Lopes Oliveira/Noemia Maria Leuenberger Conrradi/ Cadorniga/
nho/ José Carlos Seiichi Sakita/ Mar- Ribeiro de Castro/Regina Moreira da Sandra Regina da Silva Melo Gime-
co Antonio dos Santos/ Roberto Fon- Silva/Renata Monteiro Rodrigues dos nes/ Claudia Tieko Otsuka/ Gustavo

30
Morais Torloni SP-SOROCABA - Adauto Dias dos San- Massaru Toda/ Kazuko Nakamura/
SP-SANTO AMARO - Magnoria Fer- tos/ Alexandre Monteiro de Queirós Mieko Honda Aizawa/ Miyoshi Naka-
nandes Carvalho/ Maria Risoneide da Filho/ Daniel Naomi Makuta/ Jairo de mura/ Tereza Kazuko Yokote
Silva Oliveira San Roman/ Valdir Barbosa SP-CENTRAL 2 - Fernando Katsuji
SP - SANTO ANDRÉ - Marcos Anto- de Oliveira/ André Vinicius Tolentino/ Mahoe/ Mitsuo Shiomi
nio Cardoso de Oliveira/Alice Gentil Celia Lopes Oliveira/ Claudia Messias SP-NOROESTE 2 - Ioshio Wassano/
Pires/Clarice Gonçalo de Andrade/ Nunes/ Emilia Esposito Martins/ Fer- Maria Suzuki Hifumi/ Marina Toshiko
Daniela Bueno de Carvalho Teles/ nanda Letícia Nagase Makuta/ Ivo- Sekiya Izumi
Élen Cristina Panisse de Lima/Marcia ne Ferreira Rodrigues/ Joice Soto de SP-NORTE 1 - Nelson Mituo Matsu-
Aparecida Moreno Machado/Miriam Sousa/ Kazuko Miura Kowara/ Lucia moto/ Angélica Luana Carrillo Barra/
Midori Nakamura/ Luciano da Silva Emi Makuta de Sá/ Luciana Chagas Caio Henrique Rodrigues/ Cristina
Cambuy/ Marcia Donzel Inhesta de Souza/ Luciana Gouveia/ Luzia de Teruko Ota/ Erika Sayuri Kanashiro/
Almeida/ Maria Ivone dos Santos de Lourdes Carmelo/ Maria Aparecida Maria Eugenia Nakada Bessi/ Maria
Oliveira/ Renato Britos de Almeida/ Rodrigues/ Maria Ivonete da Costa Fernanda Nakada Bessi/ Milena Yumi
Silvana Sandaniel Parise/ Mirian Antunes Cardoso/ Ra- Shimura/ Patricia Tiemi Nakamura/
SP-SANTOS - Alex Soares de Araujo/ quel Fernandes Nunes Vanessa Tamara Brilhante Takehara/
Frederico Azevedo Siqueira/ Roberval SP-VILA PRUDENTE - Antonio Varle- Victor Eiji Tokubo/ Karine Miyamoto
Antonio Alves/ Carolina Roque No- se/ Beroaldo José do Nascimento/ Watanabe/ Rosana Ap. Marcondes
gueira/ Fernanda dos Santos Baptis- Daniel Dias Tome/ Edinalvo Gomes Cézar Calegari/ Yanna Oyama Inuma-
ta/ Ingrid Ramos da Silva Cabral/ Vi- da Silva/ Joaquim Perez Ayala/ Roseli ru
nicius Baptista Vieira/ Gláucia Duarte Movio Nunes Lemes/ Jandira Pereira SP-NORTE 2 - Thiago Ken Narimatsu
Campos Arias/ Isabel Dombidau/ Lu- Lima/ Leonor Zangirolami Trentino/ SP-PAULISTA 1 - Cláudio Renato Yashi-
ciani Tilly Mont Alegre/ Regina Llase Maria da Paixão Lima/ Maria Goreti ma/ Julio Sato/ Luís Kiyoshi Konishi/
do Nascimento/ Roberta de Selvi Tur- de Oliveira/ Maria Vilela de Souza/ Nilson Hideyuki Tomioka/ Amelia
biani/ Silvana Aparecida Marguliano Marli Ferreira/ Marli Gouveia Tavares Hakiko Sato/ Catarina Hajime Hira-
Nunes/ Fabio Belmonte da Costa da Silva/ Rita de Cassia Lima Ventre/ tuca/ Cecilia Gohara/ Claudia Tomie
SP-SÃO BERNARDO DO CAMPO - Edu- Tania Barbosa Kigon Silva/ Zuleide Al- Hori Manshou/ Cristina Keiko Shimo-
ardo Lima/ Rogério Fernandes Car- ves dos Santos/ Aline Marques Maga- da/ Elza Miyuki Tateishi Tanaka/ Izau-
valho/ Jorge Masanobu Baffi Onishi/ lhães/ Daniel Borba da Luz ra Idehara/ Marcia Yabiko Konishi/
Larissa Ap. Pereira/ Elenize Ogalla/ SP-SÃO PAULO 1 - Maurício Massaaki Nadia Satomi Nakamura Arakaki/
Giorgia Franco Formena Cabrera/ Li- Kitahara/ Nobutaka Machida/ Alzi- Sandra Kanashiro Hayashi Sakai
lian Keiko Tamashiro/ Marly Botelho ra Yoshie Aoki Yokomizo/ Joana Rei- SP-SOROCABANA 1 - Carlos Henrique
Wiering/ Simone Agostinho Lopes/ co Takiy/ Kazuko Yamashita/ Teruka Goya/ Lisiane Yuri Sako
Francisco Cabrera Fernandez Junior/ Nishikava/ Beatriz Rezende Ramos/ SP-SUDOESTE – Eliza Matsuda/ Luzia
Laércio Faustino da Silva/ Marlene Cristiane de Lacerda Gonçalves Cha- Murasawa/ Tomoe Matsui
de Oliveira Freitas/ Rosana Lozano da ves/ Guilherme Metran Saita/ Isadora SP-SÃO PAULO SUL - Thomas Yukio
Silva/ Veridiana Oliveira de Lima Tokeshi Müller/ Paula Kikuchi/ Rafae- Tajiri
SP-SÃO JOÃO DA BOA VISTA – Laude- la Midori Ueda DF-BRASÍLIA 1 – Jandira Suguino/Lu-
mira Soares dos Santos SP-SÃO PAULO 2 - Carmelino Toshiyuki cia Massae Suguiura Dias
SP-SÃO JOSÉ DO RIO PRETO – Ar- Hirata/ Walter Issei Iamato MS-MATO GROSSO DO SUL 1 - Camila
mindo Riske/ Dirço Porcina/ Fabio SP-SÃO PAULO 3 - Beatriz Rezende Ra- Tamie Yoza Flores/ Massahiro Kato
Antônio dos Santos Neves/ Anto- mos/ Cristiane de Lacerda Gonçalves MS-MATO GROSSO DO SUL 2 - Mariza
nio Augusto Spada/ Dayane Cristina Chaves/ Guilherme Metran Saita/ Isa- Mie Natsumeda Matsunaga
Braga da Silva/ Graziela Karina Spa- dora Tokeshi Müller/ Paula Kikuchi/ PR-PARANÁ 1 - Patricia Yoshie Shino-
da/ Maria Aparecida Clara Felizardo Rafaela Midori Ueda/ Elena Kotsuko hara
Spada/ Naiara Lovo Lobanco / Thais Hiroyama PR-PARANÁ 2 - Hatiro Ohi/ Walter Ha-
Cristina Lovo Lobanco/ Aparecida de SP-SÃO PAULO 4 - Rubens Sussumu ruyoshi Nakashima/ Zelia Noda
Paula Nestor Porcina/ Claudia Regina Takahashi PR-PARANÁ 5 - Lauro Katsumi Suzuki/
Manoel Soares/ Aparecida Elisabeth SP-SÃO PAULO 5 - Paulo Makoto Ka- Fernanda Mayumi Kuba/ Adam Yuuki
Zaghini Borges/ João Julio Iglesias wakami/ Ricardo Yoshitaka Ikeda/ Oyama/ Bruno Hiromi Oyama/ Letícia
Siqueira/ Milton Luis Henrique de Ioco Kataoka Tamaoki/ Keiko Naga- Gabriella Vera/ Rafael Eidi Matugu-
Araujo sawa/ Olga Miyashiro Harakaki/ Ro- ma/ Raphael Egashira/ Talyta Kuriha-
SP-SÃO JOSÉ DOS CAMPOS - João Pau- sangela Akemi Endo Oishi/ Shizuka ra/ Luiza Ayako Suzuki
lo dos Santos/ Nanceli Ribeiro Barbo- Endo/ Fernanda Mayumi Kuba RJ-RIO DE JANEIRO 1 - Jeniffer Hide-
sa/ Cleonice de Oliveira SP-SÃO PAULO 6 - Catarine Hiromi mi Murakami/ Lilian Takahata Yoco-
SP-SÃO MIGUEL PAULISTA - Expedito Yara Oliveira/ Teresa Kazue Kumaza- gawa/ Ivaldo Mattos Ogata/ Amelia
Leandro Alencar/Edilamar da Costa/ wa Oizumi/ Yaeko Obara Yamashita Yukie Takahata Yocogawa/ Aparecida
Iolanda Pereira Shiaku/Maria Clei- SP-ABC - Rogério Augusto Ueno/ Hideko Murakami/ Marilena Hatsumi
de da Silva/Maria de Lourdes de Fi- Tadashi Funabashi/ Adriana Lieko Ojima
gueiredo/Maria Inês Ramos/Roberta Ideyama
Pacheco de Oliveira Fonseca/ Selisio SP-ARARAQUARA 3 - Marino Yuamoto
Fernandes da Silva SP-CENTRAL 1 - Mario Ziro Kikuchi/

31
Seminário de Treinamento Espiritual da Associação Pomba Branca
(Associação das Mulheres)

Seminário Alegria da Mulher


Academia Sul-Americana de Treinamento Espiritual da Seicho-No-Ie - Ibiúna (SP)

24 a 26 de março de 2017
Orientadores:
Junji Miyaura
Belisa da Rocha Braga
Ana Célia Neves Ribeiro Diniz

Convidada Especial:
Viviane Tenório de Macêdo Hara

Informações: (11) 5014 2299 - e-mail: pombabranca@sni.org.br


SEICHO-NO-IE DO BRASIL

www.sni.org.br/pombabranca