Você está na página 1de 2

QUIMICA 1 – ATOMISTICA – RAMOS – POLIEDRO QUIM 1 CAPITULO 1 QUIMICA A – ATOMISTICA – MARCAO – ANGLO QUIM 1 U1 CAPITULOS 1 E 2

MODELOS ATOMICOS

  • - Filosófico (450 aC): átomo: menor unidade divisível da matéria.

  • - Dalton (1808): 1 o modelo experimental; átomo maciço, indivisível e indestrutível. Modelo: “Bolha de

Bilhar” | Teses de Dalton: 1- uma reação química é uma reorganização de átomos | 2- átomos de um

mesmo elemento possuem todas as propriedades idênticas [ prova-se falsidade pela descoberta de isótopos)

  • - Thomson (1897): descobriu a primeira partícula subatômica elétrica. Átomo é maciço, indestrutível porem divisível.

Modelo: “Pudim de passas.

  • - Rutherford (1911) Átomo descontinuo e divisível em: eletrosfera (que contem elétrons) e núcleo ( prótons e nêutrons).

Modelo: “Sistema planetário”

PARTICULAS ATOMICAS

Massa de próton quase igual a massa de nêutrons e gritantemente maior que a de elétrons. Elemento químico – conjunto de átomos que possuem a mesma quantidade de prótons. Z [numero atômico] – quantidade de prótons (carga nuclear) A [numero de massa] – quantidade de prótons + nêutrons

QUIMICA 1 – ATOMISTICA – RAMOS – POLIEDRO QUIM 1 CAPITULO 1 QUIMICA A – ATOMISTICA

ISOTOPOS Elementos com o mesmo numero de prótons.

ISOBAROS Elementos com o mesmo numero de massa.

ISOTONOS Elementos com o mesmo numero de nêutrons.

ISOELETRONICOS Elementos com o mesmo numero de elétrons.

BOHR

1943 – Niels Bohr descobre comportamento dual do elétron. Partícula: justifica porque o átomo é eletricamente neutro: Onda eletromagnética: o elétron não ser atraído pelo núcleo. Eletrosfera é dividida em camadas eletrônicas ou níveis de energia:

eletrosfera

o

)

)

)

)

)

)

)

níveis (camadas de E)

K

L

M

N

O

P

Q

n quântico principal (n)

1

2

3

4

5

6

7

n max de é por nível

2

8

18

32

50

72

98

( 2n 2 )

32

18

8

Subníveis

S

P

D

F

N quântico secundário (azimutal)

 

0

1

2

3

Quantidade máx de é

2

6

10

14

Distribuição eletrônica se da em ordem crescente de energia

Para calcula-la:

Energia é= N + L

Nível mais energético (ultimo a receber é na dist) !

camada de valência (camada + ext)

Para cátions e ânions a distribuição eletrônica é feita normalmente para o elemento químico e posteriormente
Para cátions e ânions a distribuição eletrônica é feita
normalmente para o elemento químico e posteriormente da
camada de valência os é são adicionados ou retirados.
Excessão de distribuição:
S 2 D 4 ! S 1 D 4
S 2 D 9 ! S 1 D 10
Orbital – região com máxima probabilidade de se encontrar é.
Cada orbital abriga no máximo 2 é.
Número de orbitais por subnivel:
S- 2,
P- 3,
D- 5,
F- 7.

Representação:

Representação física:

N quântico magnético (M)- posição do é no subnível

N quântico magnético (M)- posição do é no subnível

M= -L

 

0

+L

Ou seja

 

S

0

P

-1

0

+1

D

-2

-1

0

+1

+2

F

-3

-2

-1

0

+1

+2

+3

Numero quântico spin (ms) [direção de rotação do é] : +1/2 ou -1/2 1 o elétron de um orbital = - ½ Regra de Pauli – dois elétrons podem ter no max 3 características comuns pois sempre terão spin diferente

Tabela periódica Conjunto de símbolos de elementos químicos.

 

Organização em dois fatores: 1- n o de átomo crescente ( esquerda ! direita) 2- semelhança de propriedades químicas (vertical) 7 camadas = períodos – numerados de acordo com qtd de níveis da distribuição é do elemento 18 colunas = família = grupo – baseado de acordo com o subnivel de valencia dos elementos

Grupo A: 8 colunas Elementos representativos Distribuiçao de Pauling terminada em S e/ou P

 

N S1 N S2 N S2 P1 N S2 P2 N S2 P3 N S2 P4 N S2 P5 N S2 P6

Ia Metais alcalinos: H, Li, Na, K IIa Metais alcalino terrosos: Mg, Ca, Ba IIIa grupo do boro: Al IVa grupo do carbono: C, Si Va grupo do nitrogênio: N, P VIa grupo calcogênios: O, S VIIa grupo halogênios: F, Cl, Br, I VIIa ou 0 gases nobres: He, Ne, Ar

 

Grupo B: 10 colunas Elementos de transição (metais) Distribuição eletrônica de Pauling terminada em D ou F

Representação: Representação física: N quântico magnético (M)- posição do é no subnível M= -L 0 +L

IIIb

IVb

Vb

VIb

VIIb

VIIIb

Ib

IIb

D1

D2

D3

D4

D5

D6

D7

D8

D9

D10