Você está na página 1de 12

para a

Bíblia
------------ ----------------- -— -

Dr. H a r o ld L. W il l m in g t o n
Guia de
Willmington
para a
— Bíblia---
............... ............................

Um ensino bíblico completo

M étodo Teo ló gico


W illmington’s Guide to the Bible, Portuguese
Copyright © 1981,1984 by Harold L. Willmington
Portuguese edition © 2012 by Editora Central Gospel with permission of Tyndale
House Publishers, Inc. Ali rights reserved.
Copyright © 2015 por Editora Central Gospel

D ad o s In tern acion ais de C a ta lo g a ç ã o na P ublicação (C IP)

A utor: W IL L M IN G T O N , H arold L.
Título: G uia de Willmington p a ra a Bíblia: M étodo Teológico
Título original: W illmington’s G uide to the Bible
R io de Janeiro: 2015
1260 páginas
IS B N : 978-85-7689-416-2
1. Bíblia - V ida C ristã I. T ítu lo II.

G erên cia editorial e de prod u ção R evisão


Jefferson M agno C osta M aria Jo sé Marinho
Q ueila M em ória
C o o rd en ação de com un icação e design Welton Torres
Regina C oeli

C o o rd en ação editorial C ap a
Joede Bezerra
Michelle C andida Caetano

T rad u ção P ro jeto gráfico e d iag ram ação


Clarice Tamm erik Joede Bezerra
Elizabeth D ias
Elon C anto Im p ressão e acab am en to
Fábio R oberto Lucas Im prensa da Fé

I a edição: Ju lh o/2015
I a reim pressão: Ju lh o/2015

A s citações bíblicas utilizadas neste livro foram extraídas da versão Alm eida
R evista e C orrigida (A R C ), salvo indicação específica, e visam incentivar a leitura das
Sagradas Escrituras.
É proibida a reprodução total ou parcial do texto deste livro p or quaisquer meie s
(m ecânicos, eletrônicos, xerográficos, fotográficos etc.), a não ser em citações breves,
com indicação da fonte bibliográfica.
Este livro está de acordo com as m udanças propostas pelo novo A cordo
O rtográfico, que entrou em vigor em janeiro de 2009.

Editora Central G ospel Ltda.


Estrada do Guerenguê, 1851 - Taquara
C E P : 22.713-001
R io de Janeiro - R J
Tel. (21)2187-7000
w w w.editoracentralgospel.com
Esta nova edição é dedicada às seguintes pessoas:

À Sue, minha esposa, fiel amparo e companheira por mais de 50 anos;

A Matt, nosso único filho;

À Christine, nossa linda nora;

Aos nossos netos, Nathan, Carissa e Abigail;

Ao meu irmão, Gordon Willmington, e às minhas irmãs, Mary Hartfield e


June Smith;

A Jerry Jr., filho mais velho do falecido Dr. Falwell e chanceler da Liberty
University;

A Jonathan, filho mais novo do Dr. Falwell e pastor da Thomas Road


Baptist Church;

A Elmer Towns, amigo por mais de meio século;

A Rick Buck, Eva Middleton, Marie Layne, Karen Tweedy, Ken Smith,
Carol Duncan e Suzanne Gunter, dedicados cooperadores que servem tanto
em nosso campus como em programas de ensino a distância;

A Wendell Hawley, ex-executivo da Tyndale House, que provavelmente fez


mais do que qualquer outra pessoa jamais pôde fazer pelo ministério de
minhas publicações. Obrigado, caro amigo!
Prefácio à edição de 2011............................... Satanás e os demônios............................................ 467
Introdução................................................... As profecias.................................................. ......... 499
Por que o filho de Deus deve estudar a Palavra de Deus ...ix 0 céu eo inferno........................................... ......... 595
A Bíblia hebraica e a Bíblia em português......... A vida cristã.................................................. ......... 633
Personagens do Antigo Testamento................ ......... 659
Método teológico........................................ Personagens do Novo Testamento............................ 957
ATrindade.................................................... índice de tópicos da Bíblia............................. ....... 1023
Deus Pai....................................................... ...........43 As parábolas de Jesus.................................... .......1147
Jesus Cristo................................................... ...........53 Os milagres de Jesus..............................................1179
0 Espírito Santo............................................ ......... 127 Perguntas e respostas sobre Gênesis 1— 11..... .......1203
0 homem.................... ................................ ......... 157 Contrastando a vida dos heróis da Bíblia.......... .......1225
0 pecado...................................................... ......... 179
A salvação.................................................... Bibliografia................................................... .......1235
A Igreja........................................................ ......... 265 Indice de quadros.......................................... .......1243
A Bíblia........................................................ ......... 353 índice de suplementos................................... ...... 1245
Os anjos....................................................... ......... 451

V
PREFÁCIO À EDIÇÃO DE 2011
Xr . . . _ .

Em 1981, eu enviei milhares de páginas de mate­


rial bíblico à editora Tyndale House, cuja direção ha­
via previamente concordado em publicar o guia pro­
posto. A primeira edição foi impressa em 1984.
Desde então, mais de 300 mil volumes têm circu­
lado ao redor do mundo, passando por países como
Estados Unidos, Canadá, México, índia, Gana, N i­
géria, República Centro-Africana, Togo e outros. Ele
já foi anteriormente traduzido para o chinês, corea­
no, espanhol, hauçá e francês.
Uma grande organização missionária afirmou
que este guia é atualmente o recurso bíblico mais lar­
gamente usado fora dos Estados Unidos. O Liberty
Home Bible Institute — um de nossos programas de
ensino a distância, no qual trabalho como reitor e
que tem aproximadamente 100 mil estudantes ma­
triculados em todos os estados norte-americanos e
em mais de 39 países — continua empregando este
guia como seu principal currículo.
Pessoalmente, posso dizer que aumentei meu co­
nhecimento da Palavra de Deus em 100 vezes duran­
te esses últimos 30 anos, desenvolvendo também a
minha capacidade de organizar, de estruturar e de
sumarizar o material bíblico de modo mais eficiente.
Parte do conteúdo da primeira edição foi excluí­
da para dar espaço a novos conteúdos no guia revi­
sado. Por exemplo: agora está incluída uma visão
ampla e detalhada tanto dos milagres como das pa­
rábolas de Jesus.
INTRODUÇÃO

Devido ao volume total de material nesse guia, é • Pastores, pois procura fornecer às suas prega­
necessário responder a três questões vitais relativas ções uma análise geral, ágil, acurada e útil dos
ao porquê, ao quem e ao quê de seu conteúdo. grandes fatos bíblicos que eles aprenderam
O porquê dessa obra. As raízes desse guia p o ­ na faculdade ou no seminário. Em alguns ca­
dem ser rastreadas até a época em que eu estava no sos, esta obra pode substituir a educação for­
seminário teológico de Dallas, no final dos anos 50. mal que um pastor eventualmente não tenha
Naquele tempo, Deus pôs, em meu coração, um recebido.
amor por Sua Palavra que eu nunca havia conhecido
antes. Comecei, então, a construir disciplinadamen- • Professores da escola dominical, pois lhes
te a minha biblioteca, constantemente procurando oferece fatos bíblicos com indicações pron­
determinado livro ou conjunto de livros que me for­ tas e orientadas para o aprendizado efetivo.
necessem o máximo de informação bíblica no menor
• Grupos do ensino médio ou da faculdade,
tempo possível. Com efeito, procurava um livro que
pois apresenta um sumário do eterno Livro de
pudesse sozinho prover-me um sumário básico e in­
Deus para essa idade cheia de incertezas, sen­
tegral das Escrituras. Como não conseguia encontrá-
do um sumário histórico, científico e teológi­
-lo, passei a meditar na possibilidade de eventual­
co, mas nada complicado.
mente ser o autor de tal obra. Assim, esse guia é minha
melhor tentativa de suprir aquela necessidade. Meu • Pessoas que amam a Bíblia, pois reforça suas
objetivo foi publicar um sumário conciso de infor­ convicções já adquiridas de que as Escrituras
mações básicas sobre a Bíblia em uma única e abran­ Sagradas ainda são o Livro mais estimulante,
gente obra, e minha meta suprema foi abreviar e tor­ inspirador e prático que já foi escrito!
nar disponível à nossa geração uma educação bíbli­
ca completa. Somente o leitor poderá julgar se eu O quê dessa obra. Como alguém pode cumprir
consegui ou não cumprir esse propósito. essa tarefa? Que métodos são empregados nos ma­
O quem dessa obra. Ao preparar esse guia, tinha nuscritos? Deve observar-se que esse guia consiste
em mente quatro grupos especiais de indivíduos. Ele em dois volumes: o volume 1, Método cronológico,
foi feito para: e o volume 2, Método teológico.
POR QUE O FILHO DE DEUS DEVE ESTUDAR
A PALAVRA DE DEUS

A princípio, parece totalmente desnecessário dis­ escrito; porque, então, farás prosperar o teu ca­
cutir as razões para estudar a Palavra de Deus. Pre­ minho e, então, prudentemente te conduzirás.
sume-se que, após a conversão, a coisa mais natural Josué 1.8
a ser feita por um novo cristão é começar o estudo
vitalício da Palavra, que originalmente o levou a Procura apresentar-te a Deus aprovado, co­
Cristo. M as observações pessoais bem como a histó­ mo obreiro que não tem de que se envergonhar,
ria da Igreja provam que os fatos ocorrem ao con­ que maneja bem a palavra da verdade.
trário disso. A verdade é que boa parte dos cristãos 2 Timóteo 2.15
conhece muito pouco sobre a Bíblia! Por isso, lista­
mos abaixo as mais sólidas causas para estudar as E note especialmente este último versículo. Jesus
Escrituras. disse cada uma destas palavras:
Ele, porém, respondendo, disse: Está escrito:
Por causa de seu Autor Nem só de pão viverá o homem, mas de toda a
Deus é frequentemente considerado o Criador, o palavra que sai da boca de Deus.
Redentor, o Pastor, o Juiz etc. Claro que isso está cor­ Mateus 4.4
reto, pois Ele realmente desempenha todos esses pa­
péis. M as há outra grande realização de Deus quase Porque a Bíblia é o caminho escolhido por Deus
sempre ignorada entre as listas dos atributos divinos para realizar Sua vontade divina
compilados pelo homem. Esse papel maravilhoso, Os pecadores são salvos pela mensagem da Bíblia.
porém esquecido, é o de Autor! Deus escreveu um li­
vro, e esse livro inestimável e profundo é a Bíblia. Porque todo aquele que invocar o nome do
Como testifica todo e qualquer autor humano, a coi­ Senhor será salvo. Como, pois, invocarão aque­
sa mais agradável a se dizer para um escritor é: “Ah, le em quem não creram? E como crerão naque­
sim, eu li o seu livro” . le de quem não ouviram ? E como ouvirão, se
E é trágico, mas verdadeiro, o fato de que muitos não há quem pregue? E como pregarão, se não
cristãos estarão um dia (juntos de todos os outros) forem enviados? Como está escrito: Quão for­
diante do trono do juízo de Cristo e serão lamenta­ mosos os pés dos que anunciam a paz, dos que
velmente forçados a admitir que, mesmo salvos por anunciam coisas boas! Mas nem todos obede­
atender à mensagem da salvação no Livro de Deus, cem ao evangelho; pois Isaías diz: Senhor, quem
ainda assim falharam em reservar algum tempo pa­ creu na nossa pregação? De sorte que a fé é pe­
ra lê-lo. Portanto, se não for por qualquer outro mo­ lo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus.
tivo, a Bíblia deve ser cuidadosamente lida, para que Romanos 10.13-17
o cristão possa proclamar a Cristo nesse dia: “ Que­
rido Jesus, há muitas coisas que deveria ter feito na Pedro, porém, pondo-se em pé com os onze,
terra e não fiz, bem como outras que fiz e não deve­ levantou a voz e disse-lhes: Varões judeus e to­
ria ter feito, mas uma coisa fiz — eu li o Seu Livro!” . dos os que habitais em Jerusalém, seja-vos isto
notório, e escutai as minhas palavras.
Por causa do mandamento, frequentemente Atos dos Apóstolos 2.14
repetido, para lê-lo
Ouvindo eles isto, compungiram-se em seu
Não se aparte da tua boca o livro desta Lei; coração e perguntaram a Pedro e aos demais
antes, medita nele dia e noite, para que tenhas apóstolos: Que faremos, varões irmãos?
cuidado de fazer conforme tudo quanto nele está Atos dos Apóstolos 2.37
IX
G u ia de W illm in gto n pa r a a B íblia MÉTODO TEOLÓGICO

Mas os que andavam dispersos iam por toda Se vós estiverdes em mim, e as minhas pala­
parte anunciando a palavra. E, descendo Filipe vras estiverem em vós, pedireis tudo o que qui-
à cidade de Samaria, lhes pregava a Cristo. E as serdes, e vos será feito.
multidões unanimemente prestavam atenção ao João 15.7
que Filipe dizia, porque ouviam e viam os sinais
que ele fazia, pois que os espíritos imundos saí­ Agora, pois, irmãos, encomendo-vos a Deus
am de muitos que os tinham, clamando em alta e à palavra da sua graça; a ele, que é poderoso
voz; e muitos paralíticos e coxos eram curados. para vos edificar e dar herança entre todos os
E havia grande alegria naquela cidade. santificados.
Atos dos Apóstolos 8.4-8 Atos dos Apóstolos 20.32

Sendo de novo gerados, não de semente cor­ Porque nosso inimigo, o diabo, leu a Bíblia
ruptível, mas da incorruptível, pela palavra de Durante os eventos de Mateus 4, Cristo foi ten­
Deus, viva e que permanece para sempre. tado três vezes pelo diabo. Em cada uma dessas
1 Pedro 1.23 ocasiões, o Salvador respondeu a Satanás com a
frase está escrito e, em seguida, fez uma citação da
Segundo a sua vontade, ele nos gerou pela Palavra de Deus encontrada no livro de Deuteronô-
palavra da verdade, para que fôssemos como mio. M as é quase sempre ignorado o fato de que a
primícias das suas criaturas. frase está escrito é repetida quatro vezes em Mateus
Tiago 1.18 4 e que, na quarta repetição, é o diabo quem cita as
Escrituras para Cristo! Observe as circunstâncias
Os santos são santificados pela mensagem da desta passagem:
Bíblia.
Então o diabo o transportou à Cidade San­
Santifica-os na verdade; a tua palavra é a ta, e colocou-o sobre o pináculo do templo, e
verdade. disse-lhe: Se tu és o Filho de Deus, lança-te
João 17.17 daqui abaixo; porque está escrito: Aos seus
anjos dará ordens a teu respeito, e tomar-te-
Desejai afetuosamente, como meninos nova­ -ão nas mãos, para que nunca tropeces em a l­
mente nascidos, o leite racional, não falsificado, guma pedra.
para que, por ele, vades crescendo. Mateus 4.5,6
1 Pedro 2.2
Nesse ponto, Satanás cita as palavras do Salmo
Porque esta é a vontade de Deus, a vossa san­ 91.11,12. Certamente, elas estão completamente fo­
tificação: que vos abstenhais da prostituição. ra de contexto, mas, em primeiro lugar, como o dia­
1 Tessalonicenses 4.3 bo conhecia essas palavras? A resposta é dolorosa­
mente óbvia. Certo dia, quando não tinha nada me­
Como purificará o jovem ò seu caminho? lhor para fazer, ele deve ter se assentado e estudado
Observando-o conforme a tua palavra. De to­ o Salmo 91. E provável que muitos cristãos, atual­
do o meu coração te busquei; não me deixes mente, nunca leram esse salmo, mas o diabo aparen­
desviar dos teus mandamentos. Escondi a tua temente o decorou! Por isso, precisamos ler a Pala­
palavra no meu coração, para eu não pecar vra de Deus, para que Satanás não tenha vantagem
contra ti. sobre nós.
Salmo 119.9-11
Por causa do exemplo de Paulo
Toda palavra de Deus é pura; escudo é para Paulo foi provavelmente o maior cristão que já
os que confiam nele. N ada acrescentes às suas viveu. Suas realizações espirituais certamente não fo­
palavras, para que não te repreenda, e sejas ram desprovidas de maravilhamento. Eis o homem
achado mentiroso. que fez as primeiras três viagens missionárias, fun­
Provérbios 30.5,6 dou e pastoreou as primeiras 50 ou mais igrejas de
Por Q ue o F il h o de D eus D ev e Estu d a r a P alavra de D eus

cristãos na Bíblia, escreveu quase metade do Novo Digno és, Senhor, de receber glória, e honra,
Testamento e que, pelo menos, uma vez, foi arreba­ e poder, porque tu criaste todas as coisas, e por
tado para o terceiro céu! M as depois ele foi preso, tua vontade são e foram criadas.
condenado à morte e jogado na prisão. Leia cuida­ Apocalipse 4.11
dosamente suas últimas palavras a Timóteo, pouco
antes de ser executado: Para onde estou indo?

Porque eu já estou sendo oferecido por Porque Deus amou o mundo de tal maneira
aspersão de sacrifício, e o tempo da minha que deu o seu Filho unigênito, para que todo
partida está próxim o. Com bati o bom com ­ aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vi­
bate, acabei a carreira, guardei a fé. Desde da eterna. Porque Deus enviou o seu Filho ao
agora, a coroa da justiça me está guardada, mundo não para que condenasse o mundo, mas
a qual o Senhor, justo juiz, me dará naquele para que o mundo fosse salvo por ele. Quem crê
D ia; e não somente a mim, mas também a to­ nele não é condenado; mas quem não crê já es­
dos os que amarem a sua vinda [...] Quando tá condenado, porquanto não crê no nome do
vieres, traze a capa que deixei em Trôade, em unigênito Filho de Deus.
casa de Carpo, e os livros, principalmente os João 3.16-18
pergaminhos.
2 Timóteo 4.6-8,13 O S en h o r é o meu pastor; nada me faltará
[...] Certamente que a bondade e a misericór­
Que pergaminhos eram esses? Eram suas cópias dia me seguirão todos os dias da minha vida;
dos rolos do Antigo Testamento. O que precisa ser e habitarei na C asa do S e n h o r por longos
enfatizado é: apesar de todas as suas maravilhosas dias.
realizações, o apóstolo ainda conseguia beneficiar-se Salmo 23.1,6
do estudo da Palavra de Deus, mesmo às vésperas de
sua morte. E aquele que não foi achado escrito no livro
da vida foi lançado no lago de fogo.
Porque somente a Bíblia provê respostas Apocalipse 20.15
Toda geração pondera sobre três questões:
De onde eu vim? Porque nunca mais teremos a oportunidade de
aplicar muitos desses versículos depois de
E disse Deus: Façamos o homem à nossa deixarmos esta terra
imagem, conforme a nossa semelhança; e domi­ N ão haverá mais oportunidade para aplicar 1
ne sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos Coríntios 10.13 no céu, porque não haverá mais ten­
céus, e sobre o gado, e sobre toda a terra, e so ­ tação.
bre todo réptil que se move sobre a terra. E criou
Deus o homem à sua imagem; à imagem de N ão veio sobre vós tentação, senão huma­
Deus o criou; macho e fêmea os criou. na; mas fiel é Deus, que vos não deixará ten­
Gênesis 1.26,27 tar acima do que podeis; antes, com a tenta­
ção dará também o escape, para que a possais
Sabei que o S enh o r é Deus; foi ele, e não nós, suportar.
que nos fez povo seu e ovelhas do seu pasto. 1 Coríntios 10.13
Salmo 100.3
N ão haverá mais oportunidade para aplicar 1
Por que estou aqui? João 1.9 no céu, porque não haverá mais pecado.

De tudo o que se tem ouvido, o fim é: Teme Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel
a Deus e guarda os seus mandamentos; porque e justo para nos perdoar os pecados e nos puri­
este é o dever de todo homem. ficar de toda injustiça.
Eclesiastes 12.13 1 João 1.9
XI
G u ia de W illm in g to n pa r a a B íblia MÉTODO TEOLÓGICO

N ão haverá mais oportunidade para aplicar Fili- todos pertencentes a diversas religiões não cristãs.
penses 4.19 no céu, porque não haverá mais neces­ Depois de um jantar agradável, as conversas gradu­
sidades. almente passam a tratar de religião. Sua anfitriã, ao
perceber que o assunto é de interesse geral, subita­
O meu Deus, segundo as suas riquezas, su­ mente anuncia: “ Tive uma grande ideia! Já que todos
prirá todas as vossas necessidades em glória, por aqui parecem ter um grande interesse por religião,
Cristo Jesus. sugiro que a compartilhemos uns com os outros,
Filipenses 4.19 dando a cada pessoa dez minutos para falar ininter­
ruptamente sobre o assunto ‘Por que acredito que
N ão haverá mais oportunidade para aplicar João minha fé é a verdadeira’ ” .
14.1-3 no céu, porque não haverá mais tristeza. O grupo rapidamente concorda com essa ideia
rara e provocante. Em seguida, sem nenhum aviso
N ão se turbe o vosso coração; credes em prévio, a moça se vira para você e exclama: “Você
Deus, crede também em mim. Na casa de meu primeiro!” . Todas as outras conversas cessam ime­
Pai bá muitas moradas; se não fosse assim, eu diatamente. Todos os olhos estão fixados em você.
vo-lo teria dito, pois vou preparar-vos lugar. E, Todos os ouvidos estão atentos para apreender suas
se eu for e vos preparar lugar, virei outra vez e primeiras palavras. O que você dirá? Como poderá
vos levarei para mim mesmo, para que, onde eu começar?
estiver, estejais vós também. Você não poderá dizer: “ Sei que estou certo, por­
João 14.1-3 que sinto que estou certo! Cristo vive em meu cora­
ção ! ” . Claro que isso é uma verdade maravilhosa, vi­
N ão haverá mais oportunidade para aplicar o vida por todos os cristãos, mas isso não convencerá
Salmo 23.4 no céu, porque não haverá mais morte. o budista, que certamente sentirá que também está
certo.
Ainda que eu andasse pelo vale da sombra Você não poderá dizer: “ Sei que estou certo, por­
da morte, não temeria mal algum, porque tu que o cristianismo tem mais seguidores no mundo
estás comigo; a tua vara e o teu cajado me do que qualquer outra religião” . Isso não é exata­
consolam. mente verdade hoje em dia. Atualmente, a triste ver­
Salmo 23.4 dade é que o cristianismo evangélico e biblicamente
cristão representa uma distinta minoria no mundo.
Porque a única prova definitiva de nossa fé é a Sem dúvida, o muçulmano rapidamente apontaria
Bíblia isso para você.
Por fim, imagine a seguinte situação: frequente­ Você não poderá dizer: “ Sei que estou certo, por­
mente, os que não creem lançam a seguinte acusação que o cristianismo é a mais antiga de todas as religi­
contra os que creem: “Ah, vocês, cristãos, são todos ões” . Embora isso seja essencialmente verdadeiro, o
iguais! São tão dogmáticos. Admitem que só vocês confucionista talvez o questione e lembre que os en­
estão certos e que todas as outras pessoas estão er­ sinamentos de Confúcio apareceram séculos antes
radas. Como vocês podem ter tanta certeza de que é dos acontecimentos em Belém, pois é claro que ele
verdade aquilo em que acreditam?” . não poderia entender a existência eterna de nosso Se­
Essa pergunta, geralmente feita de forma escarne- nhor Jesus Cristo.
cedora, é, contudo, justa. Como o filho de Deus sabe Em suma, você não poderia usar esses argumen­
que sua fé é a única verdadeira? Imaginemos que vo­ tos. O que você então poderia dizer?
cê seja convidado para um importante evento social Na verdade, você teria à sua disposição apenas
em sua cidade natal. Pessoas de todo o mundo esta­ um único argumento. M as essa razão, essa arma,
rão nessa reunião. Conforme as apresentações são quando usada corretamente, é mais do que o sufi­
feitas, vagarosamente você começa a perceber que o ciente para convencer irresistivelmente qualquer ou­
único a se professar cristão é você mesmo. Na se­ vinte honesto e sincero em alguma reunião social.
qüência, apresentam-no a budistas, a confucionistas, Essa maravilhosa arma e argumento irrespondível é
a xintoístas, a muçulmanos e a outros indivíduos, a sua própria cópia pessoal da Bíblia!

xii
Por Q ue o F il h o de D eus D eve Estud ar a P alavra de D eus

O que você poderia dizer? Bem, você poderia se­ É claro que seria dito que nem a Palavra de Deus
gurar sua Bíblia e proclamar confiantemente o seguin­ nem o Deus da Palavra podem ser cientificamente
te: “Vejam isto! Sei que estou certo, porque o Autor analisados pelo tubo de ensaio do laboratório. O
de minha fé me deu um Livro que é completamente Criador divino ainda deseja e requer a fé da parte de
diferente dos livros das outras religiões” . Em seguida, Sua criação (Veja Hb 11.1-6). M as Ele presenteou-
você poderia continuar (até que seu tempo acabasse) -nos com um compêndio celestial que nos auxilia
e demonstrar a unidade, a indestrutibilidade e a influ­ com essa fé necessária. Com efeito, o Evangelho de
ência universal da Bíblia. Você poderia pôr em discus­ João afirma especificamente:
são a precisão histórica, científica e profética das Es­
crituras Sagradas. Por fim, você conseguiria relacionar [...] Para que creiais que Jesus é o Cristo, o Fi­
exemplos incríveis daquilo que talvez seja a maior lho de Deus, e para que, crendo, tenhais vida em
prova singular do poder sobrenatural da Bíblia, isto seu nome.
é, o seu maravilhoso poder de transformar vidas! João 20.31

Interesses relacionados