Você está na página 1de 3

EDITORIAL

SUMÁRIO
ENTÃO É NATAL!
DEZEMBRO 2018/10

É
próprio de final de ano. É nesta época em que
assistimos um pouco por todo o lado, todos os
tipos de manifestação de solidariedade entre as
pessoas, familiares e até instituições.
É verdade que o fato vai de encontro também
com o espírito das celebrações natalinas. Só que por Que possamos fazer de
2019 um tempo de graça de
paradoxal que possa parecer estamos escrevendo este Deus para a nossa vida.
texto num momento muito infeliz. Pelo menos entre Foto: Divulgação
a nossa sociedade. Para quem tem acompanhado o
noticiário nacional, estamos nos referindo à mais re-
cente divulgação da pesquisa brasileira, publicada no
início de dezembro que trata da desigualdade entre
brasileiros, e não só. É claro que nossa sociedade é  PRÓ-VOCAÇÕES----------------------------------------03
de classes. Um dos componentes que colabora para Juventude e Vocação
Joseph Mampia
que a violência, por exemplo, continue recrudescen-
 ATUALIDADE----------------------------------------------04
do. Aliás, o fato é apontado por muitos especialistas Peregrinação na Amazônia
em segurança, que a violência é marca registrada de Philip Njoroge Njuma
sociedades desiguais. Voltando à recente pesquisa, o  MISSÃO EM CONTEXTO-------------------------------06
Grita Baixada
noticiário apontou que seis em cada dez brasileiros Robério Crisóstomo da Silva
viviam em 2017 sem acesso adequado à educação,  ÁFRICA----------------------------------------------------07
moradia, proteção social, saneamento básico e à in- Uma pericórese africana
Filbert Nkanga
ternet, itens considerados importantes no exercício
da cidadania.  VOLTA AO MUNDO ------------------------------------08
AFP / Associated Press / Folha de S. Paulo
A pesquisa conhecida como Síntese de Indicadores
 INTENÇÃO MISSIONÁRIA-----------------------------09
Sociais, divulgada pelo IBGE mostra o aumento do Joseph Kihiko
desemprego e da informalidade, cuja causa principal  ESPIRITUALIDADE----------------------------------------10
é sinalizada pela crise econômica que fez com que o Natal: Deus que nos surpreende
Ronaldo Lobo
contingente de pobres aumentasse em 2 milhões no
ano passado chegando a um total de 54,8 milhões  TESTEMUNHO-------------------------------------------12
Testemunho do Reino dos céus
de brasileiros, ou 26,5% da população. Pobres são Aurora Cossu e Comunidade de Dourados
considerados todos aqueles que vivem com até US$  FORMAÇÃO MISSIONÁRIA----------------------------14
5,50, equivalente a aproximadamente R$ 18, 24 por Violência e criança
Fátima Bazeggio
dia. A situação não para por aí, também cresceu o
número de brasileiros em extrema pobreza. Ou seja,  FÉ EM AÇÃO---------------------------------------------16
Sejamos promotores de paz
em 2017, 15,2 milhões de pessoas estavam nessa Nei Alberto Pies
situação. Os que vivem com menos de US$ 1,90 por  FAMÍLIA CONSOLATA-----------------------------------17
dia. Ou seja, R$ 140,00 por mês. Esse contingente É somente Dele que vem tudo!
Giacomo Mazzotti
aumentou em 1,7 milhão de brasileiros no ano pas-
 MISSÕES RESPONDE-----------------------------------21
sado e passou a representar 7,4% da população, ante A autonomia da ordem temporal
6,6% no ano anterior. Edson Luiz Sampel
Toda essa situação nos mostra que devemos acolher  ESPECIAL--------------------------------------------------22
Médico dos índios
o verdadeiro espírito das celebrações natalinas. Cá Gianpaolo Romanato
entre nós, a humanidade não irá mudar com o atual  DESTAQUE------------------------------------------------24
sistema econômico que privilegia o capital e gera cada A finalidde é sempre a Missão!
Leda Botta
vez mais divisões.
Que o nascimento de Jesus devolva à humanidade  ENTREVISTA-----------------------------------------------28
Voando alto
o verdadeiro sentido do Natal. Só assim, poderemos Maria Emerenciana Raia
cantar: “Então é Natal!”   VOLTA AO BRASIL-----------------------------------------30
Folha de S.Paulo / POM

2 DEZEMBRO 2018 MISSÕES


PRÓ-VOCAÇÕES

Juventude e Vocação de Joseph Mampia É missão de cada um de nós


criar uma cultura vocacional,
começando nas famílias.

D
ias 6 e 7 de novembro de 2018, o grupo dos
animadores vocacionais da Consolata se mundo deles. Conversar com os jovens, participar
reuniu no Centro de Animação Missionária e nas suas atividades como retiros, confissões, shows,
Vocacional de Cascavel, Paraná, para refletir encontros, é a maneira de estar com eles.
sobre juventude e vocação na atualidade. A Falar sua linguagem, cantar sua música, contar
pergunta que não quer calar é "será que Deus não suas piadas. Levar o mundo deles nas homilias.
chama mais a juventude ou é a juventude que não Não se pode aproximar os jovens com prescri-
escuta mais o chamado de Deus?" ções moralistas ou o Evangelho. Estar junto com
É verdade que os jovens parecem tão distantes os jovens não quer dizer ser possuído por eles
das coisas do Senhor... Difícil é interagir com eles ou se comportar de um jeito que escandaliza o
sobre Deus e a Igreja. Ao falar do Pai, a reação de povo. Junto com os jovens, o trabalho vocacional
muitos é fria, igual a dos gregos no areópago de consiste em convidar pessoalmente, apresentar a
Atenas contra Paulo, quando falou da ressurreição proposta sem medo da resposta, ir atrás, visitar os
dos mortos "acerca disso te ouviremos outra vez" que manifestam interesse.
(At 17). Parece mais complicado ainda aproximar Mesmo que atualmente as vocações pareçam
os jovens da proposta vocacional. Esse é um dos ser um grande desafio, ainda existem muitos jovens
assuntos que menos querem ouvir. que sentem o chamado de Deus. Muitos querem
Diante desse grande desafio da juventude, uma ser padres, religiosos e religiosas, mas têm vergo-
pergunta foi feita ao padre Jorge, reitor do semi- nha e falta coragem de se expressar. Esses jovens
nário diocesano de Cascavel e responsável pela precisam de impulso, de alguém que os aproxime,
pastoral juvenil, assessor do encontro: "Como é escute, convide, encoraje. Concluiu o padre Jorge,
que o senhor consegue tantos jovens para entrar "precisamos criar uma cultura vocacional e me-
no seminário"? Respondeu ele: "Para os fracos, todologia adequadas para aproximar, identificar,
tornei-me semelhantemente fraco, para ganhar os impulsionar e acompanhar os jovens que mani-
fracos. Fiz-me tudo para com todos, com a finali- festam sinais de vocação. É missão de cada um de
dade de conseguir, de qualquer maneira possível, nós criar uma cultura vocacional, começando nas
salvar alguns". Como Paulo de Tarso com os gen- famílias". E você, não quer colaborar? 
tios, o segredo é estar junto com os jovens, para
ganhá-los. Estar com os jovens significa entrar no Joseph Mampia, imc, é animador missionário vocacional em São Paulo, SP.

DEZEMBRO 2018 MISSÕES 3