Você está na página 1de 6

Cinco Pontos do Calvinismo – TULIP

ACRÓSTICO (Tulip)
Autoria: Não foi Calvino – Formulado pelo sínodo de Dort
Grupo mais de 80 Teólogos e 18 representantes seculares, 27 delegados
europeus

Tempo: 154 Sessões com término em maio 1619


“Completo exame das doutrinas de Arminius e comparar cuidadosamente com
as Escrituras Sagradas”
-Foram censurados, depondo-os dos seus cargos (governo) e banido do país por
cerca de seis anos.

- estes “pontos” foram fundamentados tão somente nas doutrinas ensinadas


por Calvino

Razão da escrita
Respostas ao documento dos alunos de Arminus.
Arminus simpatizava com os ensinos de Pelágio (pecado de Adão afetou só ele..
humanos pecam por socialização, pois nascem bons)
Ex Pelágio tb cria na livre vontade do homem, Arminus livre arbítrio

1-Depravação total – Palavra forte


Arm: Vontade livre – Palavra de Deus ou de satanás
- a salvação depende de SUA escolha

Calv: Todo homem não regenerado é escravo de satanás, incapaz de fazer a


própria vontade
Jo 6.44 “Ninguém pode vir a mim se o Pai, que me enviou, não o trouxer”

-O homem foi corrompido por completo, corpo e mente.


Todos os seres humanos são afetados
-Adão errou como representante da nação.

a-O que não é depravação total?


-Não é defeito físico, mas espiritual
“Vir a mim não é algo físico”, pois seguiam Jesus por longos caminhos por
causa do pão.

-Não é uma depravação absoluta, q só fazemos o mal, e sim q até as


bondades tem resquícios de maldade
Ex Ajudar os outros p se sentir bem.
b-Êx 20.1-17 – LEI, é ela q caracteriza a depravação humana
Rm 7.7 “Que diremos, pois? É a lei pecado? De modo nenhum! Mas eu não teria
conhecido o pecado, senão por intermédio da lei; pois não teria eu conhecido a
cobiça, se a lei não dissera: Não cobiçarás”

A lei veio p mostrar 1-o caráter de Deus e 2-a maldade do homem


Deus não deu a Lei como manual p salvação, mas como um diagnóstico da
natureza caída e depravada do homem.
IL Ela é um raio-x da nossa perdição e doença, não da salvação
Ex Foi dada p provar q não conseguimos agradar a Deus.

Depois da queda o homem não tem mais livre arbítrio.


Rm 7.14 “Vendido a escravidão do pecado”
“O bem q queremos fazer, não conseguimos..”

c-Ex Vale de ossos secos


Ex Velório do Michel – Somos nós espiritualmente

O q levou Lutero a “revolta”, é q ele descobriu q ele não consegui guardar a


lei e q sua justificação não podia depender dele.

Todo homem é caído


Sl 51.5 “Nasci na iniquidade e em pecado me concebeu minha mãe”
IL Homem e criança são árvores, + e - frutos

2-Eleição incondicional.
Arm: Eleição condicional: Deus elegeu àqueles a quem “pré-conheceu”,
sabendo que aceitariam a salvação.
O pré-conhecimento de Deus estava baseado na condição estabelecida pelo
homem.
-Deus não pode fazer o q Ele quer, só o q o homem permite
Deus Onipotente é limitado ao homem criatura.

Calv: O pré conhecimento de Deus está baseado no Seu propósito.


É a vontade do Criador à parte de qualquer obra de fé do homem
espiritualmente morto.
Is 64.6 “Mas todos nós somos como o imundo, e todas as nossas justiças, como
trapo da imundícia..”
IL Trapo – absorvente

-Deus teve q escolher alguns, pois nós nunca O escolheríamos


Ex A voz do povo pedindo Barrabás é a nossa

b-Incomoda muitas pessoas.


Se os pecadores são depravados, relutantes em buscar a Deus, então, o único
meio pelo qual eles podem ser salvos é quando Deus toma a iniciativa de nos
buscar.
Eleição é Deus em sua Soberania, escolher aqueles que por mérito próprio
pereceriam. (Rafael).

Ef 1.4 “assim como nos escolheu nele antes da fundação do mundo, para
sermos santos e irrepreensíveis perante ele; e em amor nos predestinou para
ele, para a adoção de filhos, por meio de Jesus Cristo, segundo o beneplácito
de sua vontade, para louvor da glória de sua graça, que ele nos concedeu
gratuitamente no Amado..”

Jo 15.16 Não fostes vos..

c-Ele não previu q nós O escolheríamos, como afirmam Arminianos


At 13.48 “Os gentios, ouvindo isto, regozijavam-se e glorificavam a palavra do
Senhor, e creram todos os que haviam sido destinados para a vida eterna”

– A fé não é a causa da eleição, a eleição é a causa da fé


Santidade é resultado da eleição, não o contrário
Ef 2.10 “criados em Cristo Jesus para boas obras..”

d-Se Deus escolheu, pq Cristo morreu?


O mesmo Deus q escolheu os fins, escolheu “OS” meios.

-A prova q fomos eleitos é uma vida de santidade.


A eleição não nos leva a uma vida relapsa, mas a uma vida de temor e
reverencia

e-Se Deus tem Seus eleitos, p que evangelizar? Equivoco.


At 18.9 “Paulo, Fala e não te cales.. Deus tem muito povo nesta cidade”
-Evangelizamos na CERTEZA de q Deus vai chamar seus escolhidos

3-Expiação limitada. Ou específica


Arm: Expiação Universal: Cristo morreu para salvar não um em particular,
mas somente àqueles que exercem sua vontade livre e aceitam o oferecimento
de vida eterna.
Daí, a morte de Cristo foi um fracasso parcial: Pois os que não querem
aceitar, irão para o inferno.
Ex e se TODOS rejeitassem?
Calv: Cristo morreu para salvar pessoas determinadas, que lhe foram dadas
pelo Pai desde toda a eternidade.
Jesus não morreu p possibilitar salvação, mas efetivamente salvar.

a-O que é Expiação


É uma morte substitutiva – Cristo morrer no lugar de alguém
Jo 10.11 “O bom pastor da a vida pelas ovelhas”
Ef 5 “Maridos amai vossas mulheres como Cristo amou a igreja..”
At 20.28 “Atendei por vós e por todo o rebanho sobre o qual o Espírito Santo vos constituiu
bispos, para pastoreardes a igreja de Deus, a qual ele comprou com o seu próprio sangue”

Rm 8.29.30 “Porquanto aos que de antemão conheceu, também os predestinou para


serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos
irmãos. E aos que predestinou, a esses também chamou; e aos que chamou, a esses também
justificou; e aos que justificou, a esses também glorificou”

Jo 3.16 – Deus amou o mundo q nEle creu, e esses foram escolhidos antes da
fundação do mundo.

b-Expiação foi Cristo tornar-se pecado por nós


Cl 2.14 “tendo cancelado o escrito de dívida, que era contra nós e que constava de
ordenanças, o qual nos era prejudicial, removeu- o inteiramente, encravando-o na cruz”
Cristo morreu a minha e a nossa morte

4-Graça irresistível.
Arm: A Graça pode ser Impedida – Ainda q ES procure levar todos os homens
a Cristo, a vontade de Deus está amarrada à vontade do homem.
-O ES pode ser resistido, se o homem assim o quiser.
-O homem pode determinar se quer ou não ser salvo
Ex O Criador é impotente em face da vontade do homem

Calv: Sua graça é irresistível.


A graça irresistível não está baseada na Onipotência de Deus, ainda que
poderia, mas no amor, na regeneração.
Ex Jacó lutando com Deus
At 9.1 “Paulo.. respirando ameaças”
Ex Traficante H. D. Lopes, Deilton – S. Luís

5-Perseverança final.
Arm: O Homem pode Cair da Graça
MLJ “Se perdi minha salvação hoje pq pequei, ontem eu a tinha pq era bom”
Se sou salvo por aquilo q mereço, posso perder se fazer imerecido.
-Esta possibilidade de perder-se, é chamada de “queda (ou perda) da graça”.
IL Ele tinha, perdeu, mas pode voltar a ter
-A vida é uma angústia terrível

Calv: A salvação e a manutenção dela é obra de Deus, independe do homem.


Ef 2.8-9
Jo 10.28 “Eu lhes dou.. jamais perecerão”
Fl 1.6 “Estou plenamente certo, aquele q começou..”
Os eleitos ‘perseverarão' pela simples razão de que Deus prometeu
completar, em nós, a obra que Ele começou.

Ex Sl 23, somos ovelhas dependentes, não Leões indomáveis


A ênfase é TODA no Pastor
Ele.. Ele.. Ele me guia..

IL vídeo – Acorda e vai à luta.. melhorar e questionar

Deus persevera conosco, por isso perseveramos com Ele.


Perseverança é a prova definitiva de eleição.

Ex E se a pessoa desviar, já vi casos


Ex 3 casos – ES, profeta e morte
Se é filho de Deus vai voltar ou Deus vai matar..
Se não é pq nunca foi filho de Deus.
------------------------------------
a-A soberania de Deus não anula a responsabilidade humana... como? NÃO
SEI, é mais um dos mistérios.
Ex Trindade, 2 naturezas de Cristo

b-Deus não predestinou todos p a salvação.


Mas tb não foi injusto e nem que Ele fez acepção de pessoas
-Deus predestinou inocentes ao inferno? Não, pois não há inocentes.
-Deus deixou de conceder Sua graça a quem merecia? Não, pois ninguém
merecia.

Deus predestinou para a salvação pecadores perdidos, merecedores do


inferno.
Deus não é injusto ao condenar, mas misericordioso ao salvar quem ELE
quer.
Ex Jó e os “por quês”... “Onde vc estava quando fiz..”
c-Cristão calvinista, crê na soberania de Deus, mas reconhece que não tem
todas as explicações de todas as questões.
Ex A origem do mal.. Nos calamos onde a bíblia se casa.

Resgatar Moreira, quinta 08/09/16


Pr Rafael