Você está na página 1de 1

PORTARIA NORMATIVA Nº 520/MD, DE 16 DE ABRIL DE 2009

Dispõe sobre o Programa de Prorrogação da Licença à


Gestante e à Adotante no âmbito das Forças Armadas.

O MINISTRO DE ESTADO DA DEFESA, no uso das atribuições que lhe são


conferidas pelos incisos I e II do parágrafo único do art. 87 da Constituição, e tendo em vista o
disposto nº Decreto nº 6.690, de 11 de dezembro de 2008, resolve:

Art. 1º O Programa de Prorrogação de Licença à Gestante e à Adotante criado pelo


Decreto nº 6.690, de 11 de dezembro de 2008, é aplicado às militares das Forças Armadas.

Art. 2º A Prorrogação da Licença à Gestante e à Adotante será garantida às militares


que requeiram o benefício até o final do primeiro mês após o parto e terá duração de sessenta dias.
§ 1º A prorrogação a que se refere o caput iniciar-se-á no dia subseqüente ao término
da vigência da licença à gestante e à adotante.
§ 2º O benefício mencionado no caput será igualmente garantido a quem adotar ou
obtiver guarda judicial para fins de adoção de criança na seguinte proporção:
I - quarenta e cinco dias, no caso de criança de até um ano de idade; e
II - quinze dias, no caso de criança com mais de um ano de idade.
§ 3º Para os fins do disposto no § 2º, considera-se criança a pessoa de até 12 anos de
idade incompletos, nos termos do art. 2º da Lei nº 8.069, de 13 de julho de 1990.
§ 4º A prorrogação da licença será custeada com recurso do Tesouro Nacional.

Art. 3º No período de licença-maternidade e licença à adotante de que trata esta


Portaria Normativa, as militares gestantes não poderão exercer qualquer atividade remunerada e a
criança não poderá ser mantida em creche ou organização similar.
Parágrafo único. Em caso de ocorrência de quaisquer das situações previstas no caput,
a beneficiária perderá o direito à prorrogação, sem prejuízo do devido ressarcimento ao erário.

Art. 4º A militar em gozo de licença-maternidade na data de publicação desta Portaria


Normativa poderá solicitar a prorrogação da licença, desde que requerida até trinta dias após essa
data.

Art. 5º Esta Portaria Normativa entra em vigor na data de sua publicação.

NELSON A. JOBIM

(DOU nº 73, de 17.04.2009, Seção 1 – página 16)


https://www.in.gov.br/imprensa/visualiza/index.jsp?data=17/04/2009&jornal=1&pagina=16&totalArquivos=144