Você está na página 1de 50

BENZIMENTO

Teoria e prática

Ditado por Pai Benedito dos Cruzeiros


Ministrado por Géro Maita

Centro Espiritualista de Umbanda - ESPERANÇA


Apostila do Curso de Benzimento
Ministrado por GÉRO MAITA

ORAÇÃO
André Luiz
Senhor Jesus,
Dá-nos o poder de operar a própria conversão, para que o teu Reino de Amor
seja irradiado do centro de nós mesmo!!!

"onti#o em nós, converteremos


a treva em c$aridade,
 a dor em a$e#ria,
o ódio em amor,
a descren%a em &é viva,
a d'vida em certeza,
a ma$dade em (ondade,
a i#nor)ncia em compreensão e sa(edoria,
a dureza em ternura,
a &raqueza em &or%a,
o e#o*smo em c)ntico &raterno,
o or#u$ho em humi$dade,
o torvo ma$ em in&inito (em

Sa(emos, Senhor,
que de nós mesmos
somente possu*mos a in&erioridade
de que nos devemos
desvenci$har!!!
mas, unidos a +i,
somos #a$hos &rut*&eros
na árvore dos sécu$os
que as tempestades da eperincia
jamais deceparão!!!
deceparão!!!

Assim, pois, .estre Amoroso,


di#na-te amparar-nos
a &im de que nos e$evemos
ao encontro de tuas mão,
sá(ias e compassivas,
que nos er#uerão da inuti$idade
para o servi%o da "oopera%ão Divina,
a#ora e para sempre!
Assim seja!!!
/Do $ivro 01o$tei0, cap! &ina$, 2"3avier, 2 EB)

Senzala da Luz – Casa de Pai Benedito


2
senzaladaluz.blogspot.com.br
Todos os direitos autorais reservados. Proibida a redistribuição ou cópia sem autorização.
Apostila do Curso de Benzimento
Ministrado por GÉRO MAITA

ORAÇÃO
André Luiz
Senhor Jesus,
Dá-nos o poder de operar a própria conversão, para que o teu Reino de Amor
seja irradiado do centro de nós mesmo!!!

"onti#o em nós, converteremos


a treva em c$aridade,
 a dor em a$e#ria,
o ódio em amor,
a descren%a em &é viva,
a d'vida em certeza,
a ma$dade em (ondade,
a i#nor)ncia em compreensão e sa(edoria,
a dureza em ternura,
a &raqueza em &or%a,
o e#o*smo em c)ntico &raterno,
o or#u$ho em humi$dade,
o torvo ma$ em in&inito (em

Sa(emos, Senhor,
que de nós mesmos
somente possu*mos a in&erioridade
de que nos devemos
desvenci$har!!!
mas, unidos a +i,
somos #a$hos &rut*&eros
na árvore dos sécu$os
que as tempestades da eperincia
jamais deceparão!!!
deceparão!!!

Assim, pois, .estre Amoroso,


di#na-te amparar-nos
a &im de que nos e$evemos
ao encontro de tuas mão,
sá(ias e compassivas,
que nos er#uerão da inuti$idade
para o servi%o da "oopera%ão Divina,
a#ora e para sempre!
Assim seja!!!
/Do $ivro 01o$tei0, cap! &ina$, 2"3avier, 2 EB)

Senzala da Luz – Casa de Pai Benedito


2
senzaladaluz.blogspot.com.br
Todos os direitos autorais reservados. Proibida a redistribuição ou cópia sem autorização.
Apostila do Curso de Benzimento
Ministrado por GÉRO MAITA

A ora%ão, na cren%a cristã
cren%a cristã,, é a comunica%ão e o &ruto consciente do re$acionamento
com Deus durante a qua$ a pessoa $ouva, a#radece, intercede
intercede pe$a vida de outro, pede
(n%ãos a
(n%ãos a e$e ou a outrem, e através de$a pode des&rutar da presen%a de Deus /este
'$timo mais citado no 4entecosta$ismo, que &oca mais no 5sp*rito Santo do que em
outras denomina%6es7!
denomina%6es7! As ora%6es são diri#idas a Deus /8s vezes, so(retudo no caso
cató$ica, em nome de 9ossa Senhora ou
Senhora  ou de santos como
santos como intercessores, o que não é
&eito pe$os protestantes em #era$ devido 8 passa#em de : +m ;<=7, por media%ão 'nica
"risto, e podem ser feitas em voz alta, falada, em canço o! em sil"ncio#
de Jesus "risto,
> propósito da ora%ão / Mt $, %&'(7 não seria o de a$terar a vontade de
vontade de Deus, mas de
o(ter para si mesmo e?ou para os outros (n%ãos e #ra%as que
#ra%as que Deus já estaria disposto
a conceder, mas que deveriam ser so$icitadas para se o(ter!

 No (enzim
(enzimen
ento
to encon
encontra
tramos
mos os a$tare
a$taress conhec
conhecido
idoss como
como .5S@9
.5S@9AS
AS em a$#uma
a$#umass
$oca$idades do 9ordeste (rasi$eiro, onde se reunem mediante a &é do B(ento/a7 ou
rezador/a7C santos, >rias, cristais, á#uas, &otos, anjos, etc!!!
5sta prática nos remonta a prática da &é não co$ocando o(stácu$os para se (enzer!
4odemos (enzer na &or%a de >a$á ou Jesus "risto, sempre respeitando a cren%a de
cada um que procure o (enzedor /a7
9ão eiste tam(ém dia, hora ou época especia$ para se (enzer! > ato de (enzer nos
$i#a a uma &or%a superior que irradia ener#ia que não esta $i#ada a ener#ia p$anetária
tão prejudicada pe$os do#mas, ou seja, podemos (enzer sempre e já é tempo destes
do#mas serem que(rados,
que(rados, pois não eiste hora nem dia para se &azer a caridade!
4odemo
4odemoss tam(é
tam(émm uti$iz
uti$izar
ar o (enzi
(enzimen
mento
to para
para animai
animais,
s, p$anta
p$antas,
s, o(jeto
o(jetoss a serem
serem
consa#rados, roupas, &otos, nomes, a$imentos em #era$, á#ua, terra, etc!!!

Senzala da Luz – Casa de Pai Benedito


3
senzaladaluz.blogspot.com.br
Todos os direitos autorais reservados. Proibida a redistribuição ou cópia sem autorização.
Apostila do Curso de Benzimento
Ministrado por GÉRO MAITA

O que é Benzimento?

Benzer é abençoar, é dar o que vem de Deus podendo ser feito por uma pessoa
adulta ou até mesmo uma criança, tendo como receptor uma pessoa, roupas,
objetos, casa ou animais.
quele que recebe a orto!a para o benzimento é c"amado de Bento e passa a ser
acompan"ado por um Bento #spiritual que poder ser um $uia #spiritual que j%
trabal"a con"ecido ou não.
& benzimento no Brasil nasceu do maltrato e a falta de estrutura e'istente nas
senzalas e na escravidão, onde não se tin"am condiç(es ou atendimento as suas
necessidades para o tratamento de doenças e males espirituais que acometiam os
escravos, assim através da fé encontraram o balsamo da cura dos seus males
através dos benzimentos . Lembremos ainda que o mestre Jesus Cristo foi o maior de
todos os Bentos, tanto pela sua maneira, como pela sua fé manifestada.

Procedimentos para se Benzer

&s fund
fundam
amen
entotoss de todo
todo benz
benzimimen
ento
to são
são o amor
amor inco
incond
ndic
icio
iona
nall e a fé,
fé, a
"umildade, manifestadas através da concentração e a li!ação com o divino e a
oração.
&s umbandistas e #spiritualistas j% t)m esse contato com o benzimento através
dos seus $uias #spirituais, pois todos os !uias benzem com e'ceção aos $uias
#spirituais de esquerda também con"ecidos como $*+D-#, porém estes
atuam no benzimento dando a !uarda necess%ria ao Bento /encarnado0 para a
realização do trabal"o. #ssa $uarda é trazida pelo Bento #spiritual que esta
presente em todo e qualquer benzimento que é iniciado, podendo este bento ser
um esp1rito ami!o como por e'emplo um P ou 23# 4#56&.
7o benzimento, além das oraç(es, cantos e ladin"as também são utilizados
outros elementos que tomam função ma!istica e reli!iosa através das mãos do
Bento. #sses elementos podem ser de in8meras funç(es ou ori!ens, podendo ser
ervas
ervas,, cru
crucif
cifi'o
i'os,
s, facas
facas,, terço
terços,
s, le!ume
le!umes,s, frutas
frutas,, pó
pós,
s, %!uas
%!uas,, pedra
pedras,
s, flore
flores,
s,
!arrafadas, bebidas, toal"as,
toal"as, etc., tudo que for de bom senso e intu1do pelo Bento
#spiritual. 9ualquer objeto ou elemento pode ser tornar abençoado na mão de
um Bento, a partir da solicitação do mesmo para que aquele objeto atue naquele
momen
momento to ou ainda
ainda popoden
dendo
do ser solic
solicita
itado
do que aquele
aquele objeto
objeto se torne
torne um
amuleto ou um campo de irradiação, isso quando benzido uma corrente, uma
ima!em ou até mesmo um fruto ou %!ua.

Senzala da Luz – Casa de Pai Benedito


4
senzaladaluz.blogspot.com.br
Todos os direitos autorais reservados. Proibida a redistribuição ou cópia sem autorização.
Apostila do Curso de Benzimento
Ministrado por GÉRO MAITA

&s benzimentos podem ser feitos diretamente no beneficiado ou assistido, :


distancia com nomes, foto!rafias, roupas ou até mesmo pelo pensamento em
quem deve receber a benção.
& tempo de duração de um benzimento não é fi'o, podendo ser de minutos ou
até uma "ora, dependendo de cada caso, podendo ser repetido por mais ;, <, =,
>? ou até @> dias. 7os casos mais lon!os normalmente são tratados doenças em
estado mais delicado. u!erimos o ciclo de = dias, pois neste per1odo renovamAse
as ener!ias no campo vibratório do assistido.
 postura de um Bento deve ser sempre de serenidade, respeito e atenção a
pessoa que receber% a benção, devendo manter a atenção e concentração naquele
ato, e estar preparado para o benzimento através do pensamento, da fé e da
própria proteção. Deve conversar com calma com a pessoa, procurando estar em
sintonia com seu Bento #spiritual para que j% na conversa consi!a intuir o que
ser% necess%rio fazer por aquela pessoa.
s oraç(es e a fé do Bento podem ser direcionadas a santos católicos, &ri'%s,
njos ou orças Divinas das quais o Bento mais se afinizar e em acordo com a
necessidade do assistido.  oraç(es são feitas pela intuição e podendo ser
acompan"adas por oraç(es j% codificadas no astral pela força que tem, como o
Pai 7osso, a ve 2aria, o Credo, a &ração de ão or!e ou outras. Podendo ser
proferidas em tom aud1vel ou não, mas a recomendação é sempre se!uir a
intuição.
Antes de todos os benzimentos o Bento deve se benzer azendo uma ora!"o e
pedindo para que se#a um instrumento de $eus em au%ilio & aquela pessoa'
mas que se#a eita a vontade de $eus acima da sua pr(pria vontade. )sse
procedimento é obrigat(rio e a *salva+guarda, para que cargas e processos da
Lei n"o se#am absorvidos pelo Bento.
)sse
)sse proced
procedimen
imento
to deve
deve se repetir
repetir ao inal
inal do benzim
benzimento
ento'' novame
novamente
nte se
benzendo e agradecendo por ter sido instrumento de $eus.

Ora!"o b-sica para todo benzimento


#m nome de Deus /mão no frontal0, de esus /na direção do umbilical0, de ...
/santo, &ri'% ou força divina da sua própria devoção0 /mão em um ombro0 e de
... /outra força divina, santo ou &ri'%0 /mão no outro ombro0. pós profereAse as
palavras de ser instrumento de Deus em au'ilio a aquela pessoa ou situação. &
sinal da cruz em si próprio alcançando o frontal, todo o tronco, sua direita e
esquerda.
e!uindo desencadeiaAse toda a ação de oraç(es.
abendo que toda a força ou irradiação clamada nesse momento é quem l"e
atender% e l"e sustentar% durante todo o trabal"o.
Senzala da Luz – Casa de Pai Benedito
5
senzaladaluz.blogspot.com.br
Todos os direitos autorais reservados. Proibida a redistribuição ou cópia sem autorização.
Apostila do Curso de Benzimento
Ministrado por GÉRO MAITA

A aplica!"o do benzimento
#'istem in8meras formas e direcionamentos que podem ser dados ao ato de
 benzer. Podemos benzer nossa casa antes de uma defumação não substituindo o
ato de defumar, mas potencializando e ampliando os campos de diluição de
ener!ias e absorção de b)nçãos para a mesma. Podemos nos utilizar de
garraadas , e'celentes ferramentas nos benzimentos que tem a função de
concentrar ou recol"er forças e elementos em função da necessidade do
momento.

Procedimento /eral para o benzimento


ndependentemente do elemento utilizado/ lembramos que não se utiliza sangue ou
elementos cárneos nos benzimentos 0, o Bento vai cruzando a pessoa, benzendo
proferindo e a oração e outras intuiç(es circulando deva!ar toda a pessoa.
& ato de cruzar toda a pessoa faz com que nen"um campo escape da ação do
 benzimento.
#nquanto cruza e profere as oraç(es vai pedindo que se abram os camin"os da
pessoa, que ela alcance a cura das doenças, que ela seja amparada pelos esp1ritos
de 5uz, enfim, pedindo que se corte o mal que a afli!e e pedindo também os
 benef1cios posteriores pra vida dela.
#nquanto circula em volta da pessoa, deve procurar pe!ar todos os campos,
abai'ando, cruzando laterais, costas, sempre pe!ando o alto e o embai'o, o
tempo todo repetindo as oraç(es e os clamores e ainda cruza e traz também entre
as pernas, na altura do joel"o, no alto sempre acima da cabeça da pessoa,
fazendo os ;EFG em volta da pessoa, indo pela direita ou esquerda dependendo
da intuição.
empre atento as inspiraç(es e intuiç(es que podem indicar a parada em
determinados pontos com mais afinco.
#nquanto esta benzendo uma pessoa, casa ou objeto, não se deve parar o
 benzimento, caso a pessoa sintaAse mal, deveAse coloc%Ala sentada e continuar o
 benzimento.
#nquanto esta benzendo a pessoa, não se deve pedir pela casa dela, deveAse
nesse momento trabal"ar a pessoa em todos os seus campos pessoais, depois
mais especificamente trabal"a a casa dela no local ou a distancia.
 Mais a frente vamos dar alguns eemplos de benzimento, garrafadas e lamparinas que podem ser
usadas em acordo com a necessidade, sempre lembrando que a sua pr!pria intui"ão e fé que vão trazer
os mel#ores resultados para todos os tipos de benzimentos.

Senzala da Luz – Casa de Pai Benedito


6
senzaladaluz.blogspot.com.br
Todos os direitos autorais reservados. Proibida a redistribuição ou cópia sem autorização.
Apostila do Curso de Benzimento
Ministrado por GÉRO MAITA

OS CHACRAS

Chacra: palavra sânscrita que significa roda ou vórtice. São estruturas


localiadas nos corpos e!tra f"sicos co# a fun$ão de adequar a freq%&ncia vi'ratória de
u#a di#ensão para a outra( de for#a que )a*a u#a perfeita troca entre todos os corpos
ou ca#pos de energia.
+e for#ato c,nico( possue# p-talas ou )-lices que gira# e# seus vórtices
gerando freq%&ncias #ais altas quanto #aior for o n#ero de p-talas. /apta# os
est"#ulos do plano astral( #ental ou espiritual. Suas ra"es afunila# 0 #edida que se
apro!i#a# do corpo f"sico e conecta#1se sutil#ente aos ple !os nervosos.
Os ple!os( por sua ve( leva# o est"#ulo 'ioenerg-tico( agora *2 e# for#a de
i#pulsos neuronais( 0s glândulas. As glândulas transfor#a# estes est"#ulos e#
)or#,nios que são secretados no sangue e a partir da"( todas as c-lulas( órgãos e
siste#as do corpo são atingidos.
O ca#in)o inverso ta#'-# acontece. 3st"#ulos f"sicos( captados pelos cinco
sentidos( pela ali#enta$ão e respira$ão são transfor#ados e# est"#ulos nervosos(
a'sorvidos pelos c)acras onde são perce'idos co#o i#pulsos energ-ticos e interfere#
assi# na )ar#onia dos corpos sutis que a'riga# a consci&ncia )u#ana.

Senzala da Luz – Casa de Pai Benedito


7
senzaladaluz.blogspot.com.br
Todos os direitos autorais reservados. Proibida a redistribuição ou cópia sem autorização.
Apostila do Curso de Benzimento
Ministrado por GÉRO MAITA

4o /5A/RA 1 BÁSICO

6o corpo f"sico relaciona1se 0 região referente ao per"neo( na 'ase da coluna e


co# toda a região circundante. Suas glândulas são a supra1renais. A fun$ão
principal deste c)acra - a de proporcionar for$a para ancorar o esp"rito no plano
f"sico e a'rir u# canal de #anifesta$ão para a vontade de ser do su*eito. +isto
deriva a afir#a$ão na realidade( a vitalidade do corpo f"sico e a capacidade de luta
pela so'reviv&ncia.
7essoas co# caracter"sticas deste c)acra são geral#ente são #uito reativas(
responde# de #odo i#pulsivo. 7ouco profundas( vive# se#pre no aqui e agora.
Incapaes de esperar ou dei!ar algo para depois( co# pouca tolerância 0 frustra$ão.
Sno'istas( influenci2veis e sugestion2veis. O #undo - u#a fonte cont"nua de
sensa$8es. +esenvolve# condutas agressivas e pouca capacidade de su'li#a$ão.
6ão co#e#( devora#9
Os aspectos positivos se #anifesta# na for$a para lutar pela vida( no #ane*o
dos o'*etivos( na capacidade de resist&ncia f"sica e no alto n"vel de e!cita$ão ou
energia que pode# concentrar. 7aci&ncia( esta'ilidade( seguran$a( sade( corage#(
generosidade( rapide de percep$ão e si#patia.
 As disfun$8es neste c)acra pode# ocasionar contraturas na coluna(
constipa$ão( irrita'ilidade( stress. Se 'loqueado( produ falta de capacidade f"sica(
desengano( cansa$o( angstia. Ta#'-# as tens8es da vida ur'ana se relaciona# a
este c)acra. A superesti#ula$ão pode produir insta'ilidade ps"quica( psicoses(
agressividade( furor( atividade se!ual e!acer'ada.

Senzala da Luz – Casa de Pai Benedito


8
senzaladaluz.blogspot.com.br
Todos os direitos autorais reservados. Proibida a redistribuição ou cópia sem autorização.
Apostila do Curso de Benzimento
Ministrado por GÉRO MAITA

:; /5A/RA < ESPLÊICO

Situado na altura do )ipoc,ndrio esquerdo( na região correspondente ao =a$o.


Sua a$ão se #anifesta pri#ordial#ente nas g,nadas e rege todo o siste#a
reprodutor. 6este sentido( o c)acra espl&nico se a're a dupla dire$ão> a individual e
a transpessoal. Ta#'-# c)a#ado de c)acra da vitalidade( une o corpo f"sico ao
+uplo 3t-rico( corpo l)e assegura a reserva de energia vital necess2ria 0
#anuten$ão da vida f"sica.
 A fun$ão principal deste c)acra - converter as energias do plano astral e#
energia vital ou 'ioenergia. A'sorve a energia solar distri'ui a todo o corpo. Ao
#es#o te#po - u# acu#ulador do a#or interpessoal. +isto deriva a capacidade de
dar e rece'er neste plano( seu potencial de desfrute e sua aptidão para esta'elecer
rela$8es. É a fonte do a#or social.
?uando e# )ar#onia provoca entusias#o na rela$ão co# os outros( dese*o de
con)ecer pessoas( capacidade de a*uda ao se#el)ante( esp"rito investigativo(
dese*o de progresso( de to#ar contato co# a realidade concreta( tendo e# conta a
opinião dos outros( capacidade de dar e rece'er( pai!ão no a#or( assi#ila$ão de
novas id-ias( conceito de fa#"lia e sade( tolerância( capacidade de tra'al)o
)ar#onioso e criativo( sinceridade de propósitos( intelecto claro( capacidade de
pensa#ento a'strato.
Muito preocupados co# sua reputa$ão( pode# criar #2scaras. Muitas vees
são prisioneiros da #oda e t&# necessidade de possuir algo invi2vel para os outros.
Outra caracter"stica - a de não dei!ar as pessoas sere# o que são( #as de avalia1
las de acordo co# u# #odelo pr-vio.
3nfer#idades do siste#a reprodutor e se!ual. I#pot&ncia( dificuldade na
satisfa$ão se!ual. +esordens intestinais e g2stricas. 7ro'le#as esto#acais. =ai!a

Senzala da Luz – Casa de Pai Benedito


9
senzaladaluz.blogspot.com.br
Todos os direitos autorais reservados. Proibida a redistribuição ou cópia sem autorização.
Apostila do Curso de Benzimento
Ministrado por GÉRO MAITA

vitalidade. Infec$8es genitais. Algu#as for#as de psicopatias. 7ervers8es vergon)a


se!ual. 7ro#iscuidade.

@; /5A/RA ! "#BILICAL

Ta#'-# c)a#ado ple!o solar( coordena as fun$8es do 7âncreas e todo o trato


digestivo. ocaliado so're o u#'igo. Sua dinâ#ica energ-tica o fa ser u# vórtice
que gera o senti#ento de identidade e unidade de cada su*eito co# o universo.
B#a das fun$8es funda#entais deste c)acra - o de ser u# grande centro de
distri'ui$ão das energias infra1diafrag#2ticas. Te# influ&ncia na vontade( na
capacidade de cone!ão )u#ana e a integra$ão a#or e se!o.
7essoas co# predo#inância na energia do @ o  c)acra geral#ente são pouco
reativas e pouco espontâneas. +e pensa#ento linear( 'usca# per#anente#ente o
porque das coisas. 7lanifica#( classifica# e divide#. A#a# as trocas e as
novidades. +e 3go poderoso( são #uito ocupadas de si #es#as. +og#2ticas(
custa# a aceitar a e!peri&ncia al)eia. O que não te# lógica as irrita. São frias e
trata# os outros co#o a'stra$8es. +uais e# sua concep$ão do #undo e da
realidade. 6ão ad#ite# crises. 6ão l)es interessa# #uito as conseq%&ncias
pr2ticas de suas atividades ou id-ias. Racionaliadores e!tre#os( cae#
freq%ente#ente na esterilidade intelectual.
7ode# viver na dissocia$ão entre se!o e a#or e estão vulner2veis a infesta$8es
energ-ticas.
?uando e# )ar#onia apresenta# autoridade( energia( capacidade de decisão e
an2lise. =o# )u#or( esta'ilidade( autocontrole( intui$ão( serenidade e capacidade
de transfor#a$ão.
Cisica#ente est2 relacionado a pro'le#as digestivos( g2stricos( ves"culo 'iliares
e )ep2ticos. 7rocessos cancerosos( tu#ores #alignos( erup$8es na pele(

Senzala da Luz – Casa de Pai Benedito


1
senzaladaluz.blogspot.com.br
Todos os direitos autorais reservados. Proibida a redistribuição ou cópia sem autorização.
Apostila do Curso de Benzimento
Ministrado por GÉRO MAITA

alucina$8es( enfer#idades do siste#a si#p2tico( artrites. 3#o$8es e!tre#as e


incontrol2veis( gota( dor diafrag#2tica.
D; /5A/RA $ CAR%&ACO

O c)acra card"aco - o centro pelo qual flui a fonte de energia de cone!ão co#
todas as for#as de vida. Sua glândula - o Ti#o( que atua significativa#ente no
siste#a i#unológico. 3ste c)acra cu#pre as fun$8es de ser o canal de distri'ui$ão
das for$as do a#or.
É u#a central energ-tica( piv,( centro( ei!o. A pessoa co# #uitas
caracter"sticas neste c)acra 0s vees se orienta na acu#ula$ão possessiva ou
apego. Ta#'-# pode aceitar u# #odo de vida pouco satisfatório para ter
seguran$a. ?uando a#a( espera ser a#ada. 7ode estar do#inada por senti#entos
de e!clusão e sede de poder. Ta#'-# pode desenvolver u# forte senti#ento de
inferioridade e inseguran$a que co#pensa co# o do#"nio e acu#ula$ão #aterial.
Oscila nos e!tre#os da euforia e da introspec$ão.

?uando e# )ar#onia pro#ove a incondicionalidade para o a#or( co#pai!ão


co#preensão( equil"'rio( consci&ncia grupal( a#or 0 vida. 7ode levar o ser a u#
estado de pa e )ar#onia( a#or 0 verdade( cal#a( te#pera#ento sereno e
intelig&ncia clara. =oa capacidade para e!pressar ver'al#ente seus senti#entos.

6o corpo f"sico pode desenvolver  enfer#idades auto i#unes( lupus erite#atoso(


artrite reu#atóide( colite ulcerativa( #iastenia( stress( pro'le#as card"acos
funcionais e lesionais. +istr'ios circulatórios( tu#ores e fi'ro#as pro'le#as
esto#acais( enfer#idades do sangue( for#as psicop2ticas de controle dos outros(
dificuldade para a#ar( a#oralidade e irresponsa'ilidade.

Senzala da Luz – Casa de Pai Benedito


1
senzaladaluz.blogspot.com.br
Todos os direitos autorais reservados. Proibida a redistribuição ou cópia sem autorização.
Apostila do Curso de Benzimento
Ministrado por GÉRO MAITA

E; /5A/RA < LAR&'EO

O c)acra lar"ngeo - u# poderoso centro energ-tico vinculado 0s fun$8es


criativas superiores do )o#e#.
/oordena as fun$8es da tireóide e paratireóide( que são vitais para o
cresci#ento( processos o!idativos e #eta'olis#o do c2lcio. +o #es#o #odo( este
centro energ-tico interv-# nos processos de #aturidade pessoal. Sua a$ão so're o
siste#a respiratório o coloca no co#ando e intercâ#'io do e!terno co# o interno( o
ideal e o afetivo(a ca'e$a e o tronco.
+irige as fun$8es de conceitua$ão e s"ntese no su*eito. 6este sentido( te# a ver
co# a aprendiage# da e!peri&ncia e o registro na #e#ória. Outra tarefa
significativa - de coordenar os processos assi#ilativos glo'ais e o #eta'olis#o.
 Atua co#o filtro do siste#a nervoso atenuando os ru"dos e!ternos.
7essoas co# caracter"sticas do c)acra lar"ngeo geral#ente são tranq%ilas(
passivas( não se descontrola# facil#ente( ne# reage# i#ediata#ente a u#
est"#ulo. Gosta# da pa. 3vita# as discuss8es. São tolerantes co# pessoas
pac"ficas( #as reage# #al se algu-# tira a sua pa. Idealistas( tanto no ca#po
religioso quanto no cient"fico( pode# c)egar a ser dog#2ticos. 3sta atitude est2 na
necessidade de que as coisas não se altere#( per#ane$a# iguais.
/o# tend&ncia a conceituar tudo( são 'ons sintetiadores e unificadores tanto
no intelectual co#o no social. 3stão a servi$o da verdade esta'elecida e t&# u#a
grande capacidade para integrar o passado. 6este sentido( são personalidades para
as quais as recorda$8es de vidas passadas t&# u#a i#portância significativa.
/onservadoras e atadas a valores consagrados( cuida# para que eles
perdure#. T&# u#a grande tend&ncia a co#parar as e!peri&ncias novas co# as
passadas.

Senzala da Luz – Casa de Pai Benedito


1
senzaladaluz.blogspot.com.br
Todos os direitos autorais reservados. Proibida a redistribuição ou cópia sem autorização.
Apostila do Curso de Benzimento
Ministrado por GÉRO MAITA

?uando e# )ar#onia desenvolve# grande poder na palavra. =oa co#unica$ão.


/riatividade e!pressiva( na linguage# e nas artes. Integra$ão( pa( )onestidade(
generosidade. /apacidade de a#ar( perseveran$a( sentido co#u#( *usti$a(
independ&ncia( r2pida percep$ão #ental.
6o plano f"sico pode# desenvolver depressão( pro'le#as na tireóide( irrita$ão(
vertige#( alergias( ane#ia( fadiga( irregularidades #enstruais. +or de garganta(
faringites( as#a( transtornos respiratórios. 6egativis#o( quadros de anore!ia( #edo
do fracasso( pessoas que parece# atrair se#pre o negativo so're si #es#as.

F; /5A/RA < (RO)AL

3ncontra1se na região referente ao centro das so'rancel)as. Seu correlato


glandular( a )ipófise( - u#a glândula que controla todo o siste#a endócrino.
+esenvolve a atividade de integra$ão da personalidade. incula1se co# a
fun$ão arquet"pica de SI M3SMO #as ta#'-# - respons2vel pelos processos de
visualia$ão e co#preensão de conceitos #entais. +esenvolve a capacidade de
realia$ão do su*eito.
/aracteria pessoas de personalidade intuitiva( oti#istas e co# #uita esperan$a
na vida. Son)adoras( vive# se#pre no futuro. +e consci&ncia e pensa#entos
indisciplinados( não gosta# de dar defini$8es claras so're as coisas. 7ossue# u#a
e!celente disposi$ão para o pensa#ento a'strato. /apacidade de lideran$a(
#agnetis#o( entusias#o. Movi#enta# recursos para resolvere# pro'le#as e t&#
u#a profunda necessidade de estar e# contato co# o entorno( o universo e o
transpessoal. ision2rias( parece# estar nas nuvens e se adere# a u#a religião( o
são e# car2ter #"stico que não se preocupa co# o ritual( #as pelo inici2tico.

Senzala da Luz – Casa de Pai Benedito


1
senzaladaluz.blogspot.com.br
Todos os direitos autorais reservados. Proibida a redistribuição ou cópia sem autorização.
Apostila do Curso de Benzimento
Ministrado por GÉRO MAITA

?uando e# )ar#onia desenvolve# a intui$ão( i#agina$ão( concentra$ão(


clarea e pa #ental. /apacidade de percep$ão e!tra1sensorial( perseveran$a(
cortesia. 7ode# ter e!tre#o cuidado co# detal)es( se# perder de vista o con*unto.
7ode# desenvolver enfer#idades cere'rais e dos ol)os. Transtornos
patológicos do nari( ouvidos e siste#a nervoso. Sinusites( #ucosidades.
Gigantis#o. Calta de concentra$ão. +or de ca'e$a. /ardiopatias.

H; /5A/RA < COROÁRIO

3ncontra1se no alto da ca'e$a. 3!terioria1se na glândula pineal. Seu governo


se estende so're a parte superior do c-re'ro e possui dentro de si u#a r-plica da
cada c)acra.
3sta estrutura o coloca na posi$ão de ser a cone!ão da pessoa co# todo o seu ser(
f"sico( #ental e#ocional e transpessoal.
 A fun$ão deste c)acra - governar e purificar a i#agina$ão para poder alcan$ar a
realia$ão de u# pro*eto de vida positivo( que inclua a concretia$ão de suas
potencialidades. A*uda a adquirir u#a adequada i#age# de si #es#o e a
desenvolver a capacidade criativa. 6este sentido( a atividade deste centro
energ-tico se relaciona co# o arqu-tipo da 7lenitude.
+e personalidade forte#ente i#aginativa e criadora( as pessoas co#
caracter"sticas neste c)acra desenvolve# a tend&ncia a #aravil)ar1seJ
per#anente#ente co# as coisas. Isto as leva a sere# respeitosos ad#iradores da
naturea. T&# predisposi$ão ao &!tase. A consci&ncia do#inada por este c)acra
te# u#a forte aspira$ão a so'repor1se ao caos e a controlar a orde# das coisas.
Geral#ente propensas a senti#entos cós#icos( #uito espirituais e dog#2ticos.

Senzala da Luz – Casa de Pai Benedito


1
senzaladaluz.blogspot.com.br
Todos os direitos autorais reservados. Proibida a redistribuição ou cópia sem autorização.
Apostila do Curso de Benzimento
Ministrado por GÉRO MAITA

?uando e# )ar#onia possue# idealis#o( voca$ão para o servi$o( dese*os


espirituais( corage#. /apacidade para questionar( para e#preendere# grandes
pro*etos )u#anit2rios.
6o plano f"sico pode# desenvolver confusão #ental( psicoses( depressão(
aliena$ão. Transtornos da raão( pro'le#as de inspira$ão. Tu#ores cere'rais(
infla#a$ão dos nervos( 3nfer#idades dos ol)os. Tend&ncia ao autoritaris#o.
?uadros de dissocia$ão.

%ES'AS)E EER'*)ICO

?ue# lida co# a 'ioenergia deve estar li'erado de situa$8es que dificulte# o
uso e o #ane*o dessa energia( #antendo1se( tanto quanto poss"vel( livre de 'loqueios
que o i#pe$a# de ser u# )2'il indutor( #anipulador( trans#issor e e!peri#entador das
diversas possi'ilidades que a naturea oferece.

ariadas for#as de desgaste vital>

  A i#portância do sono

 /onflito entre a necessidade de u# per"odo de sono satisfatório e o per"odo


de sono usufru"do

 3#o$8es descontroladas( efervescentes( e# e'uli$ão.

 3sfor$o f"sico co#pat"vel co# o estado de sade e a realidade do corpo.

 Calta de nutrientes oferecidos pelo planeta.

 3!erc"cio f"sico insuficiente.

 Catores cli#2ticos e at#osf-ricos adversos.

Senzala da Luz – Casa de Pai Benedito


1
senzaladaluz.blogspot.com.br
Todos os direitos autorais reservados. Proibida a redistribuição ou cópia sem autorização.
Apostila do Curso de Benzimento
Ministrado por GÉRO MAITA

 Calta de resist&ncias do corpo f"sico( ou corpo co# poucas possi'ilidades


vitrais( devido a fatores c2r#ico ou acidentais.

 Catores e#ocionais e!tre#os> decep$8es( cansa$o #ental e e#ocional.

 +esconforto e#ocional e doen$as da al#a

 3stresse( cansa$o.

 +epressão e o'sessão.

 Inclusão do laser no cotidiano e ado$ão de u#a for#a inteligente de


gerenci21lo.

 +esperd"cio das energias vitais co# atividades e )2'itos nocivos.

 Indisciplina #ental e e#ocional no gerencia#ento dos )or2rios de tra'al)o e


descanso.

 3sgota#ento intelectual devido( principal#ente( 0 falta de o'serva$ão dos


próprios li#ites.

  Apropria$ão ind-'ita de energias al)eias por #eio do va#piris#o energ-tico


e vital

KEnergia – Novas dimensões da bioenergética humana  < Ro'son 7in)eiro 1 3d. /asa dos
3sp"ritos /ontage# < MG1 4 a edi$ão < :LLN

Senzala da Luz – Casa de Pai Benedito


1
senzaladaluz.blogspot.com.br
Todos os direitos autorais reservados. Proibida a redistribuição ou cópia sem autorização.
Apostila do Curso de Benzimento
Ministrado por GÉRO MAITA

)%emplos de Benzimentos

Benzimento especial dedicado a pessoas com s0ndrome do p1nico' doen!as de


cun2o )spiritual e emocional.

 Material
 $iz branco
 F? velas brancas ou brancas e pretas /bicolor0
 F? copos com %!ua
 F> toal"a !rande branca
 F> cruz

Procedimento +iscar uma cruz no c"ão, colocar as velas em suas pontas, colocar


ao lado das velas, na ponta da cruz os copos com %!ua, cobrir a cabeça da pessoa
com a toal"a branca !rande de forma a cair nos ombros e coloc%Ala no meio da
cruz.
Com a cruz na mão ir circulando a pessoa benzendo e dizendo a se!uinte rezaH

Benzimento
$% nome de &eus, de Jesus e de meu 'ai (balua)*, eu descruzo todo o mal de .............. e
em nome de meu 'ai que toda a doen"a +falar o nome, todo mal +falar o nome e toda a
s-ndrome que a estea envolvendo seam cortados e curados em suas ra-zes. /e caso
#ouver esp-ritos sofredores em sua volta, então que seu poder amado 'ai (balua)*, os
recol#a em vosso mistério cure0os e regenere0os.1
#m se!uida rezar > Pai 7osso e > ve 2aria.

Benzimento para serem trabal2ados os sentidos da é' abertura de camin2os e


cargas negativas

 Material
 ç8car
 > Pedra de cristal
 ; 4elas brancas
 = lores brancas

Senzala da Luz – Casa de Pai Benedito


1
senzaladaluz.blogspot.com.br
Todos os direitos autorais reservados. Proibida a redistribuição ou cópia sem autorização.
Apostila do Curso de Benzimento
Ministrado por GÉRO MAITA

Procedimento Traçar um triIn!ulo no c"ão com o aç8car e colocar em cada


ponta uma vela branca, colocar na mão da pessoa que iremos tratar uma flor
 branca e distribuir as demais pela casa.
Pe!ar o cristal e fazer o benzimento abai'o, após o benzimento com o cristal
envolta da pessoa, trocaAse, ou seja, coloca o cristal na mão dela e pe!a a flor,
cruza a frente, os lados e o atr%s da mesma em cruz, rezando ; Pai 7osso e < ve
2aria.

Benzimento
$%m nome de 'ai (lorum, em nome de 'ai (alá e Mãe (iá eu pe"o que +pedir o que
desea, pois este benzimento serve pra tudo, inclusive descarregar a casa... 2mém1

Benzimento com al2o para sua casa ou a casa de outras pessoas

 Material
 > cabeça de al"o
 al $rosso

Procedimento 7os cJmodos da casa que e'istem uma vibração ne!ativa, pe!aA


se uma cabeça de al"o, escol"e um local ou canto para dei'ar a cabeça de al"o,
ajoel"a, se benze pedindo ser instrumento de Deus e ser amparado, traçaAse um
trian!ulo com sal !rosso no c"ão, no meio do trian!ulo coloca a cabeça de al"o e
faz o benzimento cruzando e estalando o dedo.
pós o benzimento rezaAse > Pai 7osso, > ve 2aria e dei'a por @? "oras no
local, no outro dia recol"e o sal e o al"o e enterra num jardim, podendo até ser o
seu jardim.
#sse benzimento é muito indicado quando ocorre a morte de uma pessoa dentro
da casa.

Benzimento
$%m nome de 'ai (lorum, em nome de 'ai (alá, em nome de 'ai (mul3, eu vos pe"o
que toda a irradia"ão negativa ou portal que esteam neste +quarto, sala, c4modo, parede
que esteam irradiando energias ou for"as negativas neste local que seam pela cruz de 'ai
(balua)* e pelo alfane de 'ai (mulu recol#idos purificados e fec#ados de toda sua a"ão
negativa.1
Senzala da Luz – Casa de Pai Benedito
1
senzaladaluz.blogspot.com.br
Todos os direitos autorais reservados. Proibida a redistribuição ou cópia sem autorização.
Apostila do Curso de Benzimento
Ministrado por GÉRO MAITA

Benzimento para uma casa 3que vale para 4 dias5 3sou ou outra5

 Material
 > copo com %!ua
 > ramo de arruda
 > ramo de !uiné

Procedimento BenzeAse primeiro o copo com %!ua, o ramo de arruda e o ramo


de !uiné. Com o copo na mão se!uindo do fundo para fora na intenção de
descarre!ar, ou se!uindo da porta para dentro para atrair coisas boas.
7os cantos mol"amAse os ramin"os e vai rezando Pai 7osso e ve 2aria, se no
primeiro canto foram ; de cada, se!ue repetindo ; de cada, pedindo que o mal
ruim que esta ali seja retirado.
7a porta de entrada vai cruzar o c"ão. e for para atrair cruza primeiro, se for
para descarre!ar cruza por ultimo.

Benzimento para preparar o ambiente para antes de uma deuma!"o

 Material
 > !arrafa com %!ua ou um ramo de capim seco.

Procedimento #sse benzimento não substitui o ato reli!ioso de uma defumação,


apenas d% mais força para que tudo fique descarre!ado e "armonioso. uraAse a
tampa da !arrafa e vai aos cantos /dentro para fora, ou de fora para dentro0
 benze em cruz borrifando os cantos em forma de cruz, ou com o capim seco,
acende o capim e vai cruzando os campos. e usar %!ua, dei'ar a %!ua borrifada
no c"ão secar naturalmente.

Benzimento
$%m nome de &eus, de Jesus, e das for"as que me regem e protegem0me vos pe"o que esse
lar sea devidamente preparado para que possamos receber as b*n"ãos através da
defuma"ão1

Benzimento para limpeza do Bento

Senzala da Luz – Casa de Pai Benedito


1
senzaladaluz.blogspot.com.br
Todos os direitos autorais reservados. Proibida a redistribuição ou cópia sem autorização.
Apostila do Curso de Benzimento
Ministrado por GÉRO MAITA

Procedimento Depois do ban"o comum, ou ban"o de ervas, com a mão direita


espalmada, fazendo o sinal da cruz em si /frontal, umbilical, ombros0 fazer o
se!uinte benzimento.

Benzimento
$%m nome de &eus, em nome de Jesus em nome de +seguir a intui"ão eu vos pe"o que
meu corpo sea purificado e consagrado na irradia"ão +seguir a intui"ão ... na irradia"ão
das 5 Lin#as ou 'ai ...1

Benzimento de -guas

Procedimento Podemos benzer também a %!ua do filtro, as %!uas de limpeza


das !uias, %!uas para tratamento do corpo, a casa, amuletos, no caso de a!uaras
podendo até manter !uardado que não perde a ener!ia. 7um copo ou !arrafa,
imp(e as mãos e faz o se!uinte benzimento. pós o Benzimento rezaAse um Pai
7osso e uma ve 2aria.
Benzimento
$%m nome de (lorum, que na for"a de seu mistério dado a 'ai (alá, que o poder de
cura do amor, da liberta"ão e do amparo %spiritual que esta água possa receber em sua
ess*ncia divina a sua energia pura e cristalina e renovadora.1

Benzimento a distancia

 Material
 > bacia de %!ata
 ? velas brancas
 *m pires com azeite
 7omes das pessoas escritos em papeis brancos

Procedimento #nc"er a bacia com %!ua, disp(e e acende as ? velas em cruz em


volta da bacia, coloca os nomes das pessoas dentro da bacia com %!ua, se benze,
fazendo a oração a se!uir, vai mol"ando as pontas dos dedos /menos o
mindin"o0 no azeite e vai pin!ando em cruz em cima da %!ua em volta do papel
dizendo o benzimento, após reza um Pai 7osso, duas ve 2aria /repetindo o
procedimento e as oraç(es tr)s vezes0. Dei'ar queimar as velas, depois jo!ar a
%!ua no jardim e os papeis no li'o.
Benzimento

Senzala da Luz – Casa de Pai Benedito


2
senzaladaluz.blogspot.com.br
Todos os direitos autorais reservados. Proibida a redistribuição ou cópia sem autorização.
Apostila do Curso de Benzimento
Ministrado por GÉRO MAITA

$%m nome de meu 'ai Maior, em nome de (alá e em nome da corrente das lamas eu vos
 pe"o que +o irmão ou irmãos que aqui estão sendo atendidos possam ser curados, limpos
de todo seu negativismo, libertos de toda a"ão negativa de suas vidas e que fiquem no
amparo de seus 2nos e na Luz de (lorum.1

Benzimento para quebra de demandas

 Material
 = velas brancas
 *m crucifi'o /do Bento ou da pessoa0
 *ma faca
 *m copo de %!ua benzida

Procedimento & Bento vai se benzer primeiro pedindo amparo e proteção e que
seja feita a vontade de Deus e da 5ei 2aior e da ustiça Divina.
cender as velas brancas em circulo. Dispor a pessoa dentro do circulo que deve
estar vestida com roupas brancas e limpa, e com o crucifi'o no pescoço por cima
da roupa se!urando o copo com %!ua, podendo estar a pessoa sentada /dentro
do circulo de velas0.
& Bento disp(e a pessoa, vai se benzer pe!ando a faca com a lamina voltada para
a pessoa se benze em cruz com a ponta da faca repetindo = vezes seu auto
 benzimento. Depois disso feito o Bento inicia o benzimento da pessoa
circundando deva!ar e mentalmente fazendo o se!uinte benzimento. 7os
primeiros ;F minutos vai cruzando, circundando e repetindo esse benzimento.

Benzimento
$'ela for"a de (lorum e (alá e na reg*ncia de seus &ivinos (riás que toda amarra"ão
e demandas feitas em encruzil#adas, em cruzeiros, em camin#os escuros, evocando a for"a
de entes trevosos contra a vida deste irmão que seam cortados neste instante pela espada
de meu 'ai (gum, de min#a Mãe 6ansã e recol#idos nos mistérios de Meu 'ai (balua)*
e de Meu 'ai (mul3.1
Procedimento 7os ;F minutos se!uintes continua circundando e cruzando,
fazendo esse outro benzimento abai'o. Completado a uam "ora, o Bento vai para
a frente da pessoa e cruza o c"ão a frente dela com a faca e reza > Pai 7osso e >
ve 2aria. Depois essa pessoa se levanta da cadeira, bebe a %!ua que estava
se!urando. & Bento se benzes e a!radece, tira a pessoa do circulo, recol"e /se for
do Bento0 o crucifi'o e conduz a pessoa a ir embora. e ainda tiver velas acessas,

Senzala da Luz – Casa de Pai Benedito


2
senzaladaluz.blogspot.com.br
Todos os direitos autorais reservados. Proibida a redistribuição ou cópia sem autorização.
Apostila do Curso de Benzimento
Ministrado por GÉRO MAITA

coloca a faca dentro do circulo na dia!onal, terminando as velas, recol"e a faca e


 jo!a os restos de velas no li'o.

Benzimento
$7a for"a de Meu 'ai (alá e de Meu 'ai 8ang4, a fé, a for"a e a Justi"a se fa"am
 presentes ma vida deste irmão +ã. 9ue min#a Mãe 6emaná acol#a0o em seu bra"os e
reequilibre de #oe em diante o seu seguimento de vida.1

Obs.: e essa quebra de demanda for para o próprio Bento, faz o mesmo
procedimento, só que sentado dentro do circulo, se cruzando /benzendo0 com a
faca numa mão, o copo na outra, e com o crucifico no pescoço.

Benzimento para ter!ol 3ol2os5


 Material
 > conc"a caramujo
 > toal"a branca limpa
 > pedra /qualquer tipo0

Procedimento Coloca a pessoa sentada numa cadeira, com a cabeça recostada


para tr%s, coloca a conc"a caramujo com a abertura sobre o ol"o afetado da
pessoa, cobre com a toal"a branca e com a pedra fica ao lado da pessoa, se benze
e c"ama pela corrente de cura. Cruza o rosto dela = vezes com a pedra na direção
do ol"o afetado vai cruzando e pedindo cura com o benzimento abai'o. +eza um
Pai 7osso e uma ve 2aria, terminado retira tudo e d% para a pessoa %!ua benta
para que ela lave os ol"os em casa.
Benzimento
$ 'or &eus, por Jesus, e por 7ossa /en#ora, eu determino que na for"a de /anta 2na sea
desinflamado, desinc#ado, curado e regenerado o ol#o do irmão que aqui se encontra.
 2mém1

Benzimento com o 6er!o na m"o indicado para problemas nervosos


 Material
 > terço

Procedimento entado frenteAaAfrente com a pessoa, o bento se benze, e com o


terço no rumo da cabeça da pessoa, cruzandoAo vai fazendo a oração e pedindo a
solução do problema. pós reza um Pai 7osso e uma ve 2aria.
Benzimento
Senzala da Luz – Casa de Pai Benedito
2
senzaladaluz.blogspot.com.br
Todos os direitos autorais reservados. Proibida a redistribuição ou cópia sem autorização.
Apostila do Curso de Benzimento
Ministrado por GÉRO MAITA

$9ue o amor, que a serenidade, que a paz e que a #umildade dos 'retos e 'retas :el#as
que são emissários do /en#or envolvam o mental deste irmão e devolvam0no a paz e a
serenidade nele perdidos1

Benzimento para 6P7 3tens"o pré menstrual5 e c(licas em geral


 Material
 > lençol branco
 zeite ou alfazema

Procedimento Com a pessoa deitada no c"ão ou cama, sobre um lenço branco. &
Bento se benze, e com pole!ar umedecido em azeite ou alfazema vai cruzando da
altura do estoma!o e acima do p8bis posicionado ao lado da pessoa, vai
cruzando e benzendo dizendo o benzimento abai'o. e for utilizada faca, a
função é de cortar san!ramentos e'cessivos e incJmodos fortes, sempre
lembrando que é necess%rio o aconsel"amento de que se é al!o que se repete ou
muito estran"o ao funcionamento do corpo, além do acompan"amento
#spiritual dado através do benzimento, e necess%rio que seja procurado um
médico. e forem cólicas intestinais, trocaAse o azeite por arruda.

Benzimento com otograias


 Material
 $al"os de arruda
 al !rosso, ou um elemento que pode ser pedra, pun"al, cruz, ou até
mesmo estalar de dedos ou mão espalmada.

Procedimento azer um circulo de arruda no c"ão, colocaAse a foto dentro,


enc"e a mão com sal !rosso /ou outro elemento, ou somente a mão0 se benze e
vai cruzando a foto!rafia que esta dentro do circulo de arruda com o benzimento
abai'o. pós rezaAse ; Pai 7osso e < ve 2aria, termina se benze, a foto fica no
local por >@ "oras sem ser me'ida.

Benzimento
$'ela for"a de &eus, pela for"a de seus &ivinos (riás que recaia sobre este irmão que
estou atendendo um véu de luz que consuma todo o seu negativismo e que cure e
transmute todo o esp-rito negativo que estea fec#ando os camin#os deste fil#o+a1

Senzala da Luz – Casa de Pai Benedito


2
senzaladaluz.blogspot.com.br
Todos os direitos autorais reservados. Proibida a redistribuição ou cópia sem autorização.
Apostila do Curso de Benzimento
Ministrado por GÉRO MAITA

Benzimento do local de trabal2o & distancia


 Material
 > pun"ado de aç8car
 > pun"ado de pó de café
 7ome e endereço do local de trabal"o

Procedimento Pe!aAse um cartão da empresa, ou escreve o nome e endereço do


local num papel e faz um circulo com aç8car e coloca o cartão ou papel no centro
do circulo com aç8car, com um pun"ado de pó de café na mão derruba em cruz
o café sobre o papel e com o que sobrou na mão se benze e depois volta para o
circulo e ai cruzando pedindo que na força de Pai &!um e Pai Kan!J /pensando
em todo o local de trabal"o, desde o camin"o da ida até o camin"o de volta0
pedindo amparo e proteção para as demandas mentais, ol"o !ordo, projeç(es
ne!ativas, pedindo também idéias pro!ressivas, ordenação, inspiração,
resolução, etc.
Terminado a!radece, se benze, reza um Pai 7osso e uma ve 2aria e lava a mão
numa pia em %!ua corrente.
#sse benzimento é indicado fazer no dia de domin!o a noite.

Benzimento para dores musculares' lu%a!8es e dores na coluna

 Material
 zeite
 l!odão
Procedimento #squenta o azeite, mol"a o al!odão no azeite, se benze e vai
cruzando em cima do local afetado em cruz espiralada ro!ando ao Pai &baluaL),
Pai &mul8 e a corrente dos médicos do astral que tra!am a crua e a re!eneração
daquele local para aquele fil"o. +epete todo o procedimento por = vezes, fazendo
o movimento espiralado em cruz. 4ai umedecendo o al!odão e fazendo a oração
mentalmente. & óleo pode ser também de alfazema. !radece, se benze.
Benzimento
$ %m 7ome de &eus, de Meu 'ai (balua)*, de Meu 'ai (mul3 e da corrente médica do
astral que pelas min#a mãos saiam o remédio necessário para a cura o alento dessa dor
nesse fil#o1

Benzimento para sarna 2umana 3impinge' micose' lepra5


 Material

Senzala da Luz – Casa de Pai Benedito


2
senzaladaluz.blogspot.com.br
Todos os direitos autorais reservados. Proibida a redistribuição ou cópia sem autorização.
Apostila do Curso de Benzimento
Ministrado por GÉRO MAITA

 al $rosso
 M!ua

 #ss)ncia de arruda, ou sumo de arruda macerada.

 $aze para fazer compressa, ou pano limpo

 > cruz

Procedimento quece a %!ua, coloca dentro o sal !rosso, a ess)ncia de arruda e


prepara as compressas para colocar sobre a re!ião afetada.
BenzeAse, pe!a o azeite espal"a no local com uma !aze mol"ada no liquido
preparado pelo sal !rosso e a erva vai fazendo o curativo.
Pe!a a cruz se benze, e imposta a cruz na mão vai tocando e cruzando os locais
 benzendo e mentalmente fazendo o benzimento abai'o. pós rezaAse < Pai 7osso
e < ve 2aria. !radece, se benze. Dei'a por ; "oras com os curativos.
Benzimento
$'ai todo 'oderoso, mestre de todos os Mestres como o leproso que ;u curaste e com as
c#agas desta doen"a consumidora que na for"a de /ão Lazaro esta  3dizer o nome da
doen!a5 sea retirada do corpo deste +a irmão e que o mesmo na ben"ão de seu caado
 possa ser curado. 2mém1

Benzimento para abertura de campos medi9nicos 3mem(ria mental e


emocional5
 Material
 > Cruz
 > Toal"a branca

Procedimento Coloca a toal"a branca cobrindo a cabeça e parte do rosto vai


cruzando a testa, tocando card1aco, ombros e vai pedindo que as lin"as de
*mbanda /&ri'%s0 abram seus campos medi8nicos seu mental, fortaleça a sua
memória, etc..
azer na força dos &ri'%s e das = lin"as de *mbanda. 7o final reza um Pai
7osso e uma ve 2aria. #ste é auto aplic%vel.

Benzimento para memoriza!"o e desobstru!"o de c2acras

 Material
 4ela Branca
 ita Branca

Senzala da Luz – Casa de Pai Benedito


2
senzaladaluz.blogspot.com.br
Todos os direitos autorais reservados. Proibida a redistribuição ou cópia sem autorização.
Apostila do Curso de Benzimento
Ministrado por GÉRO MAITA

Procedimento Coloca a fita branca em torno do pescoço d% = nós meio frou'os


começando na altura do card1aco. 4ela acesa na mão se benze. 4ira pra pessoa e
direciona na testa e desce até a altura do c"acra b%sico /sem tocar na re!ião0 e os
dois lados da cruz, entre!a a vela na mão direita da pessoa, e desfaz o primeiro
nó e estala os dedos, pe!a a vela novamente na mão e faz novamente o
cruzamento abran!endo desde o frontal até o embai'o numa enorme cruz,
devolve a vela a mão da pessoa, desfaz o se!undo nó e estala os dedos, e vai
repetindo isso até o final dos = nós, terminado retira a fita, que poder% ser
utilizada em outra ocasião. pa!a a vela e d% para a pessoa que dever% acend)Ala
em casa. pós +ezaAse @ Pai 7osso. #ssa reza é só na frente da pessoa. #sse
 benzimento não é autoAaplic%vel.
Benzimento
$%m nome de &eus, em nome de 2rcano Miguel, 2no <afael, e 2no =abriel eu vos
 pe"o que na for"a de vossa luz e de vossa espada, que na for"a da sua cura e que na
verdade da comunica"ão que todos os c#acras deste irmão que estou atendendo seam
limpos, purificados, regenerados e que sirvam de fonte para trabal#ar a usti"a, a evolu"ão
e a renova"ão de seu semel#ante. 2ssim é e assim será.1

Benzimento para descarregar a casa


 Material
 > copo com %!ua
 > cabeça de al"o do taman"o de uma mão aberta
 &u > incenso de = ervas
Procedimento Para descarre!ar, faz o benzimento do fundo da casa para frente,
para fazer o benzimento de prosperidade fazAse o benzimento da frente para o
fundo da casa, sempre dando atenção aos cantos da casa. e benze primeiro, e vai
cruzando todos os pontos fazendo o benzimento abai'o. e for feito o
 benzimento com a %!ua, despejeAa no jardim, não devendo ser jo!ada na pia ou
vaso sanit%rio. & al"o pode ficar @? "oras em um dos cantos e depois ser
despac"ado na terra ou se!uir a intuição do Bento #spiritual, no uso do incenso,
usaAse um bastão em cada cJmodo. #sclarecendo, anta Clara N &L% N Tempo.
pós o benzimento rezaAse > Pai 7osso e > ve 2aria.

Benzimento
$%m nome de &eus, de Jesus, de /anta Clara, eu vos pe"o que todo mal, toda invea, todo
o negativismo ou amarra"ão de for"as que esteam neste ambientes, seam corados,
 purificados e transmutados, permitindo na for"a de 7osso /en#or que #aa de #oe em
diante não s! neste lar, mas também para todos os familiares que aqui residem as b*n"ãos
de paz, renova"ão e for"a espiritual. 2mém1
Senzala da Luz – Casa de Pai Benedito
2
senzaladaluz.blogspot.com.br
Todos os direitos autorais reservados. Proibida a redistribuição ou cópia sem autorização.
Apostila do Curso de Benzimento
Ministrado por GÉRO MAITA

Benzimento para fechamento de solo

 Material
 > vela branca /para cada cJmodo0
 > copo com %!ua /para cada cJmodo0

Procedimento e benze, acender uma vela branca da porta pra dentro no


 batente da porta, iniciando pelo c"ão, cruzando com a vela fazendo o
 benzimento abai'o. pós rezaAse < Pai 7osso, ? ve 2aria e > &ração de ão
 or!e ou &!um. CruzaAse o batente, depois vai até o meio do ambiente /ou
cJmodo0, e no centro faz a oração de ão or!e, cruzando o c"ão, no se!undo
cJmodo repete o procedimento, benze o batente cruzando o c"ão e vai até o
centro do cJmodo, repete isso em todos os cJmodos, observando que no centro
do cJmodo faz somente o cruzamento e a oração de ão or!e, no caso do
 ban"eiro, cruzaAse somente o batente e o centro não. Terminado todos os
cJmodos, voltaAse : primeira porta, recol"emAse todas as velas e copos e colocaA
se na primeira porta, dei'ando queimar até o final, os restos de vela jo!amAse
fora, e os restos de %!ua despejam na pia /não colocar em plantas0. e o Bento
estiver fazendo isso em outra casa, o dono da casa pode despejar os restos.
Benzimento
$%m nome de meu 'ai (lorum, em nome de meu 'ai (alá, em nome de meu 'ai (gum
eu vos pe"o que a for"a de sua espada sele o solo da min#a casa+ou desta casa contra as
investidas de esp-ritos sofredores e vingativos que queiram preudicar a vida material e
espiritual min#a e de meus familiares +ou desta fam-lia. 2mém1

Benzimento para tumores

 Material
 > Toal"a branca
 > faca
 zeite benzido ou consa!rado

Procedimento Colocar a toal"a em cima da parte afetada, pe!ar o azeite


consa!rado com o dedo indicador, se benze, cruza a toal"a sobre o local afetado,
Senzala da Luz – Casa de Pai Benedito
2
senzaladaluz.blogspot.com.br
Todos os direitos autorais reservados. Proibida a redistribuição ou cópia sem autorização.
Apostila do Curso de Benzimento
Ministrado por GÉRO MAITA

se!urar a faca na mão esquerda nas suas costas apontandoAa pro c"ão e com o
dedo indicador direito cruzando sobre a toal"a ir benzendo com a oração abai'o.
pós o benzimento, rezaAse ; credos, > Pai 7osso e > ve 2aria. +epeteAse esse
 benzimento mais vezes, podendo ser feito =, >?, ou @> de acordo com a intuição
do Bento #spiritual.
Benzimento
$%m nome de &eus, de sua Lei Maior e /ua Justi"a Bendita eu clamo a nosso /en#or
 Jesus Cristo e a todos os seus 2nos que atuem nesse +tumor ou ferida de +dizer o nome
da pessoa libertando0o com sua Mão <edentora, aquela que a tudo cura e que a todos
consola que l#e traga equil-brio, sa3de, liberta"ão e paz. %u ainda voz rogo que permitas
que seus 2nos o amparem de #oe em diante em todos os camin#os de sua vida.1

Benzimento para inflamação do Nervo Ciático

 Material
 M!ua Benta
 Cruz
 zeite benzido ou consa!rado
 l!odão

Procedimento Pe!ar a %!ua, umedecer um al!odão, benzer a re!ião em toda a


e'tensão de cima para bai'o, pin!ando com a %!ua /pode ser atr%s ou ao lado da
perna0 em se!uida pe!aAse a cruz na mão e vai benzendo e cruzando podendo
concentrarAse em pontos, sem tocar na re!ião. Pe!aAse o azeite, pin!aAse = !otas
na mão da pessoa /se a dor for na perna direita, coloque o azeite na mão direita,
se for na esquerda coloque na mão esquerda0 e peça a pessoa que passe na re!ião
de maior concentração de dor e o Bento vai estalando o dedo em cruz sobre o
local. pós o benzimento rezar > Pai 7osso e > ve 2aria. +epeteAse quantas
vezes forem necess%rias. e for f1sico concentra, se tiver a intuição de circular a
pessoa é de fundo espiritual.
Benzimento
$%m nome de &eus, em nome de Jesus e em 7ome de são Lazaro, eu vos pe"o que o mal
 f-sico que esta internalizado em +dizer o nome da pessoa possa ser cortado e que se caso
este mal proceder de ordem espiritual que na for"a de /ão Lazaro o mesmo, sea cortado
 purificado e encamin#ado para as #ostes &ivinas.1

Senzala da Luz – Casa de Pai Benedito


2
senzaladaluz.blogspot.com.br
Todos os direitos autorais reservados. Proibida a redistribuição ou cópia sem autorização.
Apostila do Curso de Benzimento
Ministrado por GÉRO MAITA

Benzimento para manchas na pele

 Material
 rruda
 zeite consa!rado ou benzido
 aca

Procedimento #squentar azeite com arruda numa panela /mornar0 e aplicar na


re!ião afetada, depois com a ponta dos dedos /pole!ar, indicador, médio0 mol"a
no azeite e em volta da manc"a, com os dedos faz um circulo de fora para
dentro/anti "or%rio0. 5impa sua mão. Pe!a a faca, se benze, primeiro com o sinal
da cruz com a ponta da faca mira /não precisa encostar0 em cruz fazendo o
 benzimento abai'o. pós o benzimento, +ezaAse < Pai 7osso, < ve 2aria e >
alve +ain"a. e forem varias manc"as passaAse o azeite em tudo ou cruza a
pessoa por inteiro.
Benzimento
$%m nome de &eus, em nome de Jesus, e de toda /ua corrente médica %spiritual eu vos
 pe"o que esta manc#a +ou micose sea na ;ua for"a de cura cortada e que esta região
afetada sea reconstitu-da na for"a da cura e no amor de Jesus. 2mém.1

Benzimento para erisipela

 Material
 lfazema /com o menor teor de %lcool poss1vel0
 zeite Consa!rado ou Benzido
 Tomate

Procedimento  Primeiramente benzer a alfazema e o azeite, depois pe!aAse o


tomate na mão, vai cruzando com ele o local afetado fazendo o benzimento
abai'o. e for no corpo inteiro fazAse os ;EFG em torno da pessoa. 5evar em um
 jardim o tomate e com a faca fazer uma cruz no tomate com o corte sem separar
as partes e dei'ar @? "oras no tempo. Terminou jo!aAse tudo no li'o.  alfazema
e o azeite devem ser dados para a pessoa e indicar que a pessoa antes de dormir
em dias alternados, aplique em movimentos antiA"or%rios. *sando = dias
alternados com a alfazema e = dias alternados com o azeite. PodeAse, se
necess%rio colocar uma fai'a. 7ão substituir o tomate por nen"um outro
elemento. pós o benzimento rezaAse > Pai 7osso e > ve 2aria.
Benzimento
Senzala da Luz – Casa de Pai Benedito
2
senzaladaluz.blogspot.com.br
Todos os direitos autorais reservados. Proibida a redistribuição ou cópia sem autorização.
Apostila do Curso de Benzimento
Ministrado por GÉRO MAITA

$%m nome de &eus nosso 'ai Maior e amoroso, em nome de Jesus, nosso sen#or da
 Miseric!rdia e em nome de Mãe /ant-ssima eu vos clamo que assim como foram limpas
as c#agas no corpo de ;eu >il#o, seam limpas estas c#agas +erisipela do corpo deste
 fil#o. 2mém.1

Benzimento para criança agitada

 Material
 M!ua de melissa /ou c"%0
 +amo de !uiné
 = docin"os

Procedimento Benzer a criança em cruz e ;EFG /caso ela esteja dormindo, firmaA


se o pensamento ima!inando a volta0 2ol"a o ramo de !uiné na %!ua de melissa
e vai cruzando a criança, fazendo o benzimento abai'o. 7o final, levar a %!ua, os
ramos de !uiné em um jardim e por ao lado = docin"os para a corrente de Cosme
e Damião. pós o benzimento rezaAse > Pai 7osso e ; ve 2aria.
Benzimento
$%m nome de &eus, de Jesus, em nome de /ão Cosme e /ão &amião, eu vospe"o que sea
acalmado o ecesso de atividade de +dizer o nome para que ela manten#a o equil-brio em
sua vivencia. 2mém.1

Benzimento para bronuite

 Material
 Toal"a Branca
 Pedra turmalina ne!ra

Procedimento Colocar a toal"a em cima do pulmão da pessoa, na frente ou nas


costas. r benzendo e cruzando com a re!ião com a pedra, fazendo o benzimento
abai'o. 7o s dias se!uintes ao benzimento essa pessoa poder% colocar a toal"a
usada por >< minutos, durante o dia, sobre o pulmão. pós o benzimento rezaAse
= Pai nosso e = ve 2aria.
Benzimento
$%u evoco a &eus, a Jesus, as 5 lin#as de umbanda e vos pe"o que esta bronquite que
envolve esta+e irmã+o sea recol#ida em vossa for"a e mistério e toda a região que estava
afetada pela mesma sea curada e regenerada. 2mém.1

Senzala da Luz – Casa de Pai Benedito


3
senzaladaluz.blogspot.com.br
Todos os direitos autorais reservados. Proibida a redistribuição ou cópia sem autorização.
Apostila do Curso de Benzimento
Ministrado por GÉRO MAITA

Benzimento para depressão! bai"a estima e pesadelos durante a noite

 Material
 M!ua
 *ma vasil"a branca /média0
 ol"as de "ortelã
 *ma pedra de metista

Procedimento Colocar a %!ua na vasil"a branca, escrever o nome da/s0 pessoa/s0


e colocar dentro, em cima da %!ua colocar as fol"as de "ortelã Com a pedra
ametista em forma de cruz benzer com o benzimento abai'o. pós o benzimento
rezaAse < Pai 7osso e ; Credos.
Benzimento
$%m nome de &eus e de Mãe 7anã +ou /anta Clara eu vos cruzo e liberto de todo o mal
que assola +dizer o nome da pessoa, toda a amarra"ão negativa e vos dou a ben"ão de meu
'ai maior e de min#a Mãe 7anã +ou /anta Clara e que todo medo, toda a ins4nia e toda
a baia estima que o+s estea atacando sea cortada neste momento, dando0l#e+s 'az, 'az
e 'az. 2mém.1

Benzimento para uebra demanda! recolher forças negativas! libertar de


esp#ritos sofredores

 Material
 F> copo com M!ua
 F> pedra de Jni'
 cadeira

Procedimento Com a pessoa sentada em com o copo de %!ua na mão da pessoa,


pe!ar a pedra de Jni' e benzer a pessoa em cruz com o benzimento abai'o. pós
o benzimento rezaAse E Credos, < Pai 7osso e < ve 2aria.
Benzimento
$%m nome de Meu 'ai Maior, em nome de (alá e em nome de meu 'ai (molu, eu pe"o
que todo o mal e todas as for"as negativas que esteam envolvendo este +a irmão +ã,
seam recol#idos curados e purificados dentro do vosso mistério, mas se o +a mesmo +a
estiver sendo atacado por for"as de demandas negativas, então que a for"a de seu poder
amado 'ai (molu, o recol#a em vosso mistério e o anule não permitindo mais que o
mesmo se volte contra ele +a. 2mém.1
Senzala da Luz – Casa de Pai Benedito
3
senzaladaluz.blogspot.com.br
Todos os direitos autorais reservados. Proibida a redistribuição ou cópia sem autorização.
Apostila do Curso de Benzimento
Ministrado por GÉRO MAITA

Benzimento com $urmalina Negra para casa ou pessoas doentes

 Material
 F> pedra Turmalina 7e!ra
 F> vela branca e preta /bicolor0 para cada cJmodo da casa ou para se fazer
uma cruz na pessoa que ser% atendida
 F> copo com %!ua, se for na casa F> em cada cJmodo, se for para a pessoa
em ao lado de cada vela

Procedimento Benzer em Cruz, com o Benzimento abai'o. pós o benzimento,


rezaAse F< Pai 7osso, F< ve 2aria e F@ Credos.
Benzimento
?Casa? 
$2mado &eus, /en#or do universo, 2mada Mãe Maria, 2mado 'ai (balua)*, eu vos
 pe"o que se #ouver esp-ritos sofredores, amarra"@es negativas, buracos negros ou invea e
ol#o gordo nesta casa, que na for"a de meu 'ai (balua)* eles seam cortados
transmutados. 2mém1
?'essoa? 
$2mado &eus, sen#or do universo, 2mada Mãe Maria, 2mado 'ai (balua)*, caso #aa
 for"as negativas atuando sobre este +a irmão +ã, que sua for"a e sua luz , com a
 permissão de &eus o audem a se recuperar e que este mal f-sico sea quebrado neste
momento, mas se este problema f-sico for de ordem espiritual, então que o esp-rito que o
 persegue sea recol#ido em vossa for"a e purificado de todo o mal e encamin#ado a seu
dom-nio para que lá se transmute de todo seu negativismo. 2mém1

Benzimento para abrir caminhos! tantos espirituais uanto materias

 Material
 F? espadas de ão or!e
 F? pires com aç8car
 F> pun"al vir!em
 F> vela vermel"a
 F> vela branca

Procedimento  Colocar as espadas de ão or!e em cruz, a pessoa deve ficar


dentro, colocar os pires com aç8car na frente de cada espada.azer o benzimento
Senzala da Luz – Casa de Pai Benedito
3
senzaladaluz.blogspot.com.br
Todos os direitos autorais reservados. Proibida a redistribuição ou cópia sem autorização.
Apostila do Curso de Benzimento
Ministrado por GÉRO MAITA

abai'o, cruzando a pessoa com o pun"al /que poder% ser utilizado em outros
 benzimentos0, dei'ar a vermel"a no meio da cruz, ou seja, no meio das pernas da
pessoa acessa e após o benzimento dar a vela branca para que a pessoa possa
acender para seu anjo da !uarda quando c"e!ar em casa. +ezaAse F; Pai 7osso,
F; &raç(es e ão or!e e F> ve 2aria.
Benzimento
$2mado &eus, 2mado 'ai (gum, na tua for"a meu 'ai, na for"a de tua espada, eu vos
 pe"o que todos os camin#os de +nome da pessoa seam abertos tanto no campo material,
quanto no campo espiritual. /e caso ela ten#a sido vitima de demandas, que a for"a de tua
espada meu 'ai (gum, corte as amarras negativas que a estão envolvendo e que seus
camin#os seam iluminados de #oe em diante, seam abertos e que ela ten#a sa3de, paz e
#armonia em sua vida. 2mém.1

Benzimento para dores na cabeça

 Material
 F> copo com %!ua
 F> banco para a pessoa sentar
 F> vela branca

Procedimento #ste benzimento deve ser feito de prefer)ncia a meio dia com a


pessoa sentada ao sol. Com a pessoa sentada, colocar o copo com %!ua sob a
cabeça da pessoa se!urandoAo e com a mão cruzando o copo fazer o benzimento
abai'o. pós o benzimento, rezaAse F; Pai 7osso e F; ve 2aria. 9uando
terminar, jo!ar a %!ua em um jardim e dar a vela para a pessoa acender para
Cosme e Damião.

Benzimento
$%m nome de &eus, de Cosme e &amião eu cruzo esta água concentrando toda a dor de
cabe"a de +nome da pessoa dentro deste copo com água e na for"a das crian"as que ela
 possa ser curada e reequilibrada nas suas for"as, camin#os e sentimentos. 2mén.1

$icas :mportantes

Todo elemento que é esférico, laranja, limão, etc tem o poder de recol"er dentro
de si todo o ne!ativismo, devendo ser jo!ado fora posteriormente no li'o ou em
um jardim.
Senzala da Luz – Casa de Pai Benedito
3
senzaladaluz.blogspot.com.br
Todos os direitos autorais reservados. Proibida a redistribuição ou cópia sem autorização.
Apostila do Curso de Benzimento
Ministrado por GÉRO MAITA

Toda !arrafada é despac"ada em rio, ou em caso especifico em um cruzeiro.

s toal"as usadas, podem ser lavadas posteriormente e reutilizadas.

Todos os problemas de cabeça, dor, confusão mental, é mais indicado o


tratamento com a toal"a branca, que deve ser mol"ada em %!ua benta, colocada
na cabeça da pessoa e com um pun"al benzer toda a pessoa, dando volta e
pedindo o corte da atuação ne!ativa.

PodeAse benzer uma pessoa enquanto ela dormeO

9uando não for poss1vel dar a volta em torno da pessoa, fec"aAse os ol"os e
ima!inaAse fazendo a voltaO

& limão é indicado para casos de demandas, j% não deve ser usado em feridasO
9uanto tiver a intuição de usar frutas e cort%Alas no final colocaAse na terra e a
faca fincaAse na terra por @? "oras.

7a bacia com %!ua, podeAse benzer mais de um nome, escrevendo ou falando de


forma coletiva.

PodeAse fazer c1rculos com pós, frutas, ervas e pedras.

PodeAse benzer também amuletos, c"aves, carteiras, documentos, etc.

As /arraadas

#'istem determinados fec"amentos /amarraç(es, ma!ias destrutivas0 que se


escondem em outras dimens(es e as !arrafadas é um dos meios de recol"erem e
encamin"arem essas forças ne!ativas para os locais adequados da criação para o
seu tratamento.
 !arrafada é utilizada para concentrar, recol"er o que estiver na pessoa ou
ambiente.
 utilizado como recipiente uma !arrafa tipo de !atoraide ou refri!erante, bem
lavada que levar% ali dentro elementos intu1dos e indicados para a situação em
especifico.
Senzala da Luz – Casa de Pai Benedito
3
senzaladaluz.blogspot.com.br
Todos os direitos autorais reservados. Proibida a redistribuição ou cópia sem autorização.
Apostila do Curso de Benzimento
Ministrado por GÉRO MAITA

Toda vez em que for utilizada uma !arrafada, deveAse no preparo da mesma
estar em sintonia com a intenção da solução do problema e não estando presente
no mesmo recinto a pessoa que ser% beneficiada e também não revelando a
mesma os elementos utilizados dentro da !arrafada.
pós o benzimento com a !arrafada deveAse imediatamente colocar a !arrafa do
lado de fora de casa /iniciando o descarre!o na força do tempo0 e no dia se!uinte
/@? "oras0 ao benzimento despac"ar a mesma em um rio ou córre!o
independente de ser de %!uas limpas, pedindo licença ao !uardião do local.
Toda !arrafada é individual e devendo, e quando e'iste a necessidade de ;, < ou
=, dever% ser feita umaAaAuma em cada dia destinado ao benzimento, sabendo
que as !arrafadas mais lon!as são !eralmente para benzimentos de doenças.
7o caso de utilizar a !arrafada para a limpeza da sua própria casa /a casa do
Bento0 podemos prepar%Ala e no ato de benzimento coloc%Ala atr%s da porta
principal dei'andoAa ali de ; a = dias, sem abriAla ou me'eAla, depois
despac"ando a mesma em um rio ou córre!o. Caso estoure a !arrafa, benza o
local, recol"a os elementos e despac"e em %!ua corrente.
Caso seja necess%rio podemos também fazer o benzimento com !arrada :
distancia através de uma foto, se!uindo também todo o procedimento normal, e
colocandoAa do lado de fora da casa, despac"ando a mesma posteriormente.
Toda !arrafada vai pin!a e ervas em n8meros de sete ou m8ltiplos de sete.
7os e'emplos dados, podeAse por necessidade substituir ervas conforme a
intuição.

)%emplos de garraadas

/arraada para descarregar o negativismo de uma pessoa

 Material
 > $arrafa
 Pin!a
 = ramos de arruda
 = ramos de !uiné
 al !rosso
 = pimentas dedo de moça
Senzala da Luz – Casa de Pai Benedito
3
senzaladaluz.blogspot.com.br
Todos os direitos autorais reservados. Proibida a redistribuição ou cópia sem autorização.
Apostila do Curso de Benzimento
Ministrado por GÉRO MAITA

 4ina!re branco

7uma !arrafa limpa colocar uma medida de dois dedos acima da metade de
pin!a, colocar = ramos de arruda, = ramos de !uiné, sal !rosso, = pimentas dedo
de moça e completar até a boca com vina!re branco. Colocando tudo isso
e'atamente nessa ordem. em dei'ar os elementos ou l1quidos sa1rem da !arrafa.
eito isso fec"aAse bem a !arrafa se benze e benze a !arrafa da se!uinte formaH
se!ura a !arrafa com a mão esquerda e com a mão direita em riste fazendo o
sinal da cruz na !arrafa vai fazendo o benzimento, depois repete com a outra
mão /se!ura com a direita e benze com a esquerda0

Benzimento:
Primeiro se benzer pedindo amparo e proteção e que seja instrumento de Deus,
depoisH
Q%m nome de &eus, de Jesus, de Meu 'ai (gum, de min#a Mãe 6ansã e de toda a
corrente das 2lmas eu vos pe"o que seam concentrados nestes elementos as suas for"as
 para que todo o mal, todos esp-ritos sofredores e toda a a"ão negativa que estão na vida e
nos campos de for"a da pessoa que irei atender seam recol#idos neste mistério e não mais
atuem negativamente em todos os seguimentos de sua vida.1
eito isso, rezaAse ; Pai 7osso e > ve 2aria.
 pessoa atendida permanece em pé ou sentada com as mãos espalmadas pra
frente e em pensamentos elevados ao stral uperior, enquanto o Bento
/encarnado0 vai fazendo todo o benzimento.

/arraada que serve como irmeza para a esquerda

 Material
 > !arrafa
 Pó de ferro
 Pedra Rni'
 = pre!os
 Pin!a
 ita preta e vermel"a
 4ela preta e vermel"a /bicolor0
 Pin!a
 C"ampan"e

#nc"er a !arrafa até a metade com pó de ferro, colocar no meio a pedra Rni', em
se!uida enc"er até a boca com pó de ferro e fincar os = pre!os com as pontas
Senzala da Luz – Casa de Pai Benedito
3
senzaladaluz.blogspot.com.br
Todos os direitos autorais reservados. Proibida a redistribuição ou cópia sem autorização.
Apostila do Curso de Benzimento
Ministrado por GÉRO MAITA

para cima. ec"ar a !arrafa e amarrar uma fita preta e uma fita vermel"a com =
voltas em torno da !arrafa na parte do meio.

Benzimento:
$%m nome de &eus, de sua lei maior e de sua usti"a &ivina, eu evoco meu =uardião e
min#a =uardiã e pe"o que abra neste ponto, seu portal onde todo mal, todo trabal#o
negativo, toda persegui"ão ou obsessão %spiritual, toda invea e maledic*ncia contra mim
 feitos, seam recol#idos, purificados e cortados pela vossa for"a.1
#m se!uida colocaAse a pin!a ao lado e a c"ampan"e do outro e acende uma vela
preta e vermel"a, consa!rando a mesma aos $uardi(es. pós a queima da vela,
 jo!ar as bebidas em terra...
Dei'ar esta !arrafa @> dias fora de C e depois despac"%Ala em um cruzeiro ou
encruzil"ada, fazer todas as vezes que sentir necessidade.
  &bs.H #ste trabal"o não limita as firmaç(es que fazemos constantemente e é
indicado para casas e'tremamente carre!ados onde vamos fazer um
atendimento. Também pode ser feito para nós mesmos. & Pai Benedito
mencionou que nossos $uardi(es e $uardiãs, trazem uma classe de esp1ritos que
estão sendo reAeducados para trabal"arem nestes @> dias e os mesmo se tornam
nossos protetores, pois através de nós veio a fonte para que o mesmo pudessem
se reequilibrar nas telas da lei.

/arraada para tratamento de crian!a com diiculdade de dormir 3ansiedade'


gripes' etc5

 Material
 > $arrafa
 Pin!a
 >? ramos de arruda
 zeite

#nc"er a !arrafa até metade com pin!a, colocar os >? ramos de arruda e
completar com azeite não dei'ando os elementos sair da !arrafa.
7o quarto da criança, se benze, ajoel"a nos pés da cama e benze a !arrada com o
se!uinte benzimento.

Benzimento
$%m nome de &eus, em nome de Jesus, em nome de Mão /ant-ssima e em nome de /ão
Cosme e /ão &amião eu vos pe"o que a noite de sono de ...+deizer o nome da crian"a sea
 guardada e que ele possa dormir amparado+a pelos seus anos.1
Senzala da Luz – Casa de Pai Benedito
3
senzaladaluz.blogspot.com.br
Todos os direitos autorais reservados. Proibida a redistribuição ou cópia sem autorização.
Apostila do Curso de Benzimento
Ministrado por GÉRO MAITA

azer a oração cruzando a !arrafa, ajoel"ado coloca a !arrafa embai'o da cama,


 bem no meio, se não tiver como então coloca ao lado, ou na cabeceira. # az as
oraç(es nos pés da cama e no meio da cama.
 criança não pode me'er, nem ver fazer, dei'ando a !arrafa por = dias, após os
= dias pe!a a !arrafa e leva para um rio. & bento é quem deve retirar a !arrafa.

/arraada de Baiano para limpeza ou ec2amento da entrada da sua casa

 Material
 > $arrafa
 Pin!a
 ete pimentas
 =, >? ou @> pedaços de coco /marrom0 sem casca
 = fol"as de c"apéu de couro
 4ina!re Branco

#nc"er a !arrafa acima da metade com pin!a, colocar as = pimentas, os pedaços


de coco, = fol"as de c"apéu de couro e completa com vina!re branco, fec"aAse
 bem a !arrafa.
#ssa !arrafada é colocada atr%s da porta, fazendo o benzimento ; vezes completa
/no mesmo momento em que é colocado0.
ColocaAse do lado direito /junto a dobradiça0, com a !arrafada no c"ão acende
uma vela amarela, e faz o Benzimento.
Benzimento
$%m nome de 'ai (lorum e de nosso /en#or do Bonfim e em nome de toda corrente
baiana +vai cruzando e estalando o dedo eu vos pe"o que todo o mal, todo sentimento de
invea e maledic*ncia, que todo agouro, que todo ol#o gordo e toda mandinga que a mim
ou a qualquer um de meus familiares sea enviada, que nesta porta eles seam tancados,
barrados e recol#idos na for"a de nosso sen#or do Bonfim1
Para essa !arrafada rezaAse > Pai 7osso, > ve 2aria e > Credo.
 !arrafada permanece no local ; ou = dias.

/arraada para puriica!"o da casa e das pessoas que nela vivem

 Material
 > $arrafa
 M!ua
Senzala da Luz – Casa de Pai Benedito
3
senzaladaluz.blogspot.com.br
Todos os direitos autorais reservados. Proibida a redistribuição ou cópia sem autorização.
Apostila do Curso de Benzimento
Ministrado por GÉRO MAITA

 al $rosso
 Pétalas de = rosas brancas
&bs. e tiver %!ua do mar substituir %!ua e o sal !rosso.
Colocar metade da !arrafa com sal !rosso e completar com %!ua ou completar a
!arrafa inteira com %!ua do mar. Colocar as pétalas de = rosas brancas. ec"ar a
!arrafa e benzer toda a casa e as pessoas que nela vivem com o se!uinte
 benzimentoH
Benzimento
$%m nome de &eus, de Jesus e de min#a Mãezin#a 6emaná, eu vos pe"o que sea
retirado desta casa e de todas as pessoas que nela vivem todo o negativismo que neles
 possam estar instalados. 'e"o também que na tua for"a amada Mãe, sea gerada para esta
casa e para seus moradores somente bons acontecimentos, no campo f-sico, no campo
espiritual e no campo material. 2mém1
Para essa !arrafada rezaAse F< Credos *mbandistas /ou o credo normal no caso
de não umbandistas0, F< Pai 7osso e FE ve 2aria.
Terminar o benzimento atr%s da porta de sa1da da casa e dei'ar a !arrafa l% por =
dias. pós os = dias dei'a a !arrafa embai'o de uma %rvore ou enterr%Ala na terra
ou em solo arenoso.

As lamparinas e seu uso dentro do benzimento


/;eto ditado por 'ai Benedito dos Cruzeiros

S7o inicio do século KK onde as velas de cera ainda não e'istiam as lamparinas
eram a forma mais comum de se SiluminarS os ambientes.
& que é uma 5amparina
5amparina, de uma forma mais simples para se compreender era composta por
uma ti!ela de barro / "oje con"ecida como al!uidar 0 com óleo dentro, que ao se
atear fo!o iluminava o ambiente onde estava.
Como na senzala e na época da mesma os ne!ros não tin"am a liberdade de
cultuar seus sa!rados &ri'%s, bem como suas oferendas, as mesmas pela
sabedoria dos mais vel"os eram feitas dentro das lamparinas e ofertadas ao seu
&ri'% de devoção, isso com o tempo se estendia com os !uias de direita e
esquerda.
Com a tradição dos benzimentos feitos dentro das senzalas, as benzedeiras e
 bentos foram pelos seus !uias e pelo astral superior intu1dos a benzer na força de
determinado &ri'% com a 5amparina em beneficio daqueles que eram atendidos
pelos mesmos.

Senzala da Luz – Casa de Pai Benedito


3
senzaladaluz.blogspot.com.br
Todos os direitos autorais reservados. Proibida a redistribuição ou cópia sem autorização.
Apostila do Curso de Benzimento
Ministrado por GÉRO MAITA

Q# assim a lamparina até c"e!arem :s velas de cera de abel"a, ban"a de porco e


parafina nos dias atuais era a maneira mais simples de se benzer com um !rande
poder realizadorU

 se!uir passaremos uma seqV)ncia de benzimentos com a 5amparina para


pr%tica e para cultivo das ra1zes dos ne!ros do cativeiro.

)%emplos de lamparinas

Benzimento com lamparina para descarregar uma casa de energias negativas


na or!a do Ori%-s Omolu ou S"o Bento
&bsH este benzimento dever% ser repetido no local por = dias consecutivos

2aterialH

 Ti!ela média de barro envernizada / Para não vazar0


 %!ua pot%vel
 = Pedras de &ni' preto
 zeite e'tra vir!em ou Wleo de !irassol
 Pemba branca
 Pavio para lãmparina

Procedimento para se benzer

A +iscar uma cruz no c"ão com a pemba branca


A Colocar no centro da cruz a ti!ela média de barro envernizada
A Dentro colocar ? dedos com %!ua pot%vel
A Completar o restante com azeite ou óleo de !irassol
A Colocar no pavio
A Circular a cruz com as = pedras de Rni' preto
A Cruzando com uma cruz a lamparina j% acessa fazer a se!uinte oraçãoH

A%m nome de &eus, de meu 'ai (alá eu cruzo esta lamparina na for"a de 'ai (molu
+ ou /ão Bento e pe"o que todo o mal que estiver dentro desta casa, unto a esta fam-lia
na forma de camin#os fec#ados, esp-ritos sofredores, obsessores, vingativos atuando na
vida de cada um que aqui vive sea cruzado e recol#ido dentro de for"a de nosso 'ai
(molu + ou /ão Bento seam descarregados de todo o mal que carregam em si e que esta

Senzala da Luz – Casa de Pai Benedito


4
senzaladaluz.blogspot.com.br
Todos os direitos autorais reservados. Proibida a redistribuição ou cópia sem autorização.
Apostila do Curso de Benzimento
Ministrado por GÉRO MAITA

casa possa ser equilibrada e que todos que aqui vivem seam equilibrados em seus
camin#os, trabal#os, sa3de e vida. 2mém
<ezar 5 'ai 7osso, 5 2ve Maria e 5 credos.
<epetir este benzimento no mesmo #orário durante 5 dias

o final dos = dias jo!ar os elementos da ti!ela forma em cima da terra e !uardar
as pedras

Benzimento com lamparina para cura de uma doen!a na or!a de O%ossi 3 ou


S"o Sebasti"o5

2aterialH

 Ti!ela média
 maci de ervas
 zeite ou óleo de !irassol
 nome da pessoa que vai se trabal"ar
 Pemba verde
 +amo de arruda

Procedimento para se benzer

A +iscar um circulo com a pemba branca de duas flec"as cruzadas dentro do


mesmo
A Colocar no centro do circulo a ti!ela com o amaci de ervas que podem serH
%lvia, arruda, aça pei'e, pin"ão ro'o, tapete de &'al%, flor branca e alecrim
A Colocar no meio do amaci o nome da pessoa que estamos benzendo para se
curar
A Completar com zeite ou óleo de !irassol
A cender o pavio
A azer a se!uinte oraçãoH / Cruzando com o ramo de arruda 0

S%m nome de ambi, de 'ai (ossi eu vou pe"o meu pai que o mal f-sico na vida de
+ nome da pessoa  sea cruzado e se for da vontade de ambi que ela sea curada do
mesmo, se ainda esta mal, for de encosto, mal ol#ado ou obsessor, que ele sea cruzado e
retirado, 2mém
rezarD EF 'ai 7osso, EF 2ve Maria e EF =l!ria ao 'ai
Senzala da Luz – Casa de Pai Benedito
4
senzaladaluz.blogspot.com.br
Todos os direitos autorais reservados. Proibida a redistribuição ou cópia sem autorização.
Apostila do Curso de Benzimento
Ministrado por GÉRO MAITA

&eiar por EF dias e entregar os elementos sob um ardim ou em baio de uma mangueira

Benzimento com lamparina para abrir camin2os

2aterialH

 Copo de vidro
 Pedra de sodaliita bolada
 óleo de !irassol

ProcedimentoH

APe!ar meio copo com %!ua


A# com a pedra fazer o se!uinte benzimentoH

A %m nome de &eus e de meu 'ai (gum + ou /ão Jorge eu cruzo todos os camin#os da
vida de + nome da pessoa rogando a &eus e a 'ai (gum + ou /ão Jorge que eles seam
abertos 2mém + este benzimento com lGmparina é muito indicado para quem esta
desempregado
<ezar EH 'ai 7osso, E5 2ve Maria e F (ra"ão de /ão Jorge

#m se!uida colocar a pedra dentro da %!ua, completar com óleo de !irassol e


acender o pavio.

Benzimento com lamparina na or!a de Ogum 3para quebrar demandas5

2aterialH

 Ti!ela média
 %!ua de flor de laranjeira
 F= pedaços de espada de ão or!e
 F> vela vermel"a
 pemba vermel"a

Procedimento para o benzimento


Senzala da Luz – Casa de Pai Benedito
4
senzaladaluz.blogspot.com.br
Todos os direitos autorais reservados. Proibida a redistribuição ou cópia sem autorização.
Apostila do Curso de Benzimento
Ministrado por GÉRO MAITA

A Distribuir os = pedaços de espada de ão or!e dentro do al!uidar com %!ua de


flor de laranjeira
A +iscar um triIn!ulo no c"ão e coloc%Alo dentro
A Completar com azeite ou óleo de !irassol
A cender a vela vermel"a e cruzar o al!uidar em cruz fazendo a se!uinte oraçãoH

S 2mado &eus, meu amado pai (gum, se caso ten#am sido feitas demandas contra mim
ou + nome da pessoa que elas seam pela for"a de sua espada cruzadas e cortadas
libertando0me e a + nome da pessoa de todos os males que contra n!s possam estar sendo
 feitos na for"a da cruz, no poder da luz 2mém
H 'ai 7osso, H 2ve Maria, H (ra"ão de /ão Jorge
Logo ap!s deiar a vela queimando ao lado da tigela

Benzimento com lamparina para curar sopro do cora!"o 3indicado para


crian!as5

2aterialH

 Copo de vidro
 Pétalas de rosa vermel"a
 zeite e'tra vir!em de &liva

Procedimento para benzerH


A Colocar as pétalas de rosas no fundo do copo
A Cobrir com o azeite até quase a boca
A Colocar pavio
A eparar uma pétala de rosa umedecida no azeite antes de acend)Alo.

azer a se!uinte oração cruzando o coração da criança com a pétala umedecida


no azeite do copoH
S%m nome de &eus, de Jesus e da virgem /ant-ssima, eu cruzo o cora"ão de +nome da
 pessoa de todo mal de +nome da doen"a que nela estea instalada.
 Maria com Jesus no colo cantava uma doce can"ão para %le ninar,
 Maria com a sua mão de mãe, o sopro deste cora"ão irá tirar.

#m se!uida dar um assopro em direção do coração da criança e rezar > Pai 7osso
e = ve 2aria.
Senzala da Luz – Casa de Pai Benedito
4
senzaladaluz.blogspot.com.br
Todos os direitos autorais reservados. Proibida a redistribuição ou cópia sem autorização.
Apostila do Curso de Benzimento
Ministrado por GÉRO MAITA

5o!o em se!uida colocar a pétala de encontro com o coração da criança e dei'ar


l% enquanto se faz as oraç(es

Benzimento com lamparina para puriica!"o do mental 3colocar as idéias em


ordem e evitar demandas mentais5

2aterialH
 l!uidar médio
 M!ua de la!o
 #rva asa pei'e
 Pedra de ametista pequena

2étodo para benzer


Colocar a pedra, erva e %!ua no fundo do al!uidar ou pote
Completar com azeite e ascender a lãmparina

azer a se!uinte oraçãoH

S%m nome de &eus eu cruzo o mental de + nome da pessoa  e entrego a 7anã Buroque
+ ou /antI2na, todos os pensamentos negativos que esteam pairando na mente ou sendo
enviado para + nome da pessoa , que ela ten#a sua cabe"a e pensamentos colocados no
lugar e viva em paz, com saude e #armonia na luz de 7anã + ou /antI2na
<ezar 5 'ai 7ossos e EH 2ve Maria

Benzimento com lamparina para ;eman#-

ndicado para diversos tipos de problemas, mas muito boa para encontrar
empre!o

2aterialH
 l!uidar envernizado médio
 = conc"as pequenas
 %!ua do mar

Procedimento para benzer


+iscar no c"ão com uma pemba azul clara uma estrela de cinco pontas
Colocar no fundo do al!uidar as conc"as e a %!ua do mar
Completar com azeite
Senzala da Luz – Casa de Pai Benedito
4
senzaladaluz.blogspot.com.br
Todos os direitos autorais reservados. Proibida a redistribuição ou cópia sem autorização.
Apostila do Curso de Benzimento
Ministrado por GÉRO MAITA

Colocar a 5amparina

&ração
S Min#a Mãe )emaná eu vos pe"o que leve para as águas de seu sagrado mar todo o
negativismo da vida de + nome da pessoa  e a aude a + fazer o pedido
>azer esta ora"ão coma a mão em conc#a cruzando o alguidar
rezar F 'ai 7ossos e F 2ve Maria

Benzimento com lamparina na or!a de Pai O%al-

2aterialH

 l!uidar
 Pétalas de rosas brancas
 :!ua
 Pemba branca

Procedimento para benzer


+iscar uma cruz no c"ão com a pemba branca
Colocar o al!uidar dentro da cruz
Colocar a %!ua e as pétalas dentro do al!uidar
completar com azeite ou óleo de !irassol

azer a se!uinte oraçãoH

Q#2 7&2# D# D#* # D# 2#* P &K5M #* 4& P#X& 9*#   D#


/7&2# D P#&0 # +#TB#5#CD, #* C276& #2
B#+T&,  C*+ # +#TB#5#X #2 * 4D # * C #T#
5*27D P#5 4& 5*Y 5B#+DD&+, mém
> Pai 7osso e > ve 2aria

7ota este benzimento é r%pido, pois presenciamos muita emoção nas pessoas
que são benzidas com esta lamparina e o intuito é mais refle'ivo neste caso

Benzimento com l1mparina na or!a dos baianos


/ Benzimento muito bom para abrir os camin"os0
Senzala da Luz – Casa de Pai Benedito
4
senzaladaluz.blogspot.com.br
Todos os direitos autorais reservados. Proibida a redistribuição ou cópia sem autorização.
Apostila do Curso de Benzimento
Ministrado por GÉRO MAITA

2aterialH
 al!uidar médio
 Coco em pequenos pedaços
 %!ua pot%vel ou de coco
 óleo de !irassol

&ração
S#u peço a permissão a 7osso en"or do Bonfim, a corrente de todos os baianos,
ro!ando que min"a vida, meus camin"os, meus trabal"os sejam abertos para
que tudo o 7osso en"or reservou para mim, a mim seja dado, na força e na luz
do povo da Ba"ia eu vos peço que me au'iliem em min"as necessidades mém.
= Pai 7osso
= ve 2aria
= Credo *mbandista

/ pode ser feita para outras pessoas0


Benzer cruzado com a mãe aberta, repetindo estas oraç(es por ; dias

Senzala da Luz – Casa de Pai Benedito


4
senzaladaluz.blogspot.com.br
Todos os direitos autorais reservados. Proibida a redistribuição ou cópia sem autorização.
Apostila do Curso de Benzimento
Ministrado por GÉRO MAITA

Ora!8es

%ai Nosso
Pai 7osso que estais no céu, santificado seja o vosso nome, vem a nós o vosso
reino, seja feita a vossa vontade assim na terra como no céu.
& pão nosso de cada dia nos da1 "oje, perdoaiAnos as nossas ofensas, assim como
nós perdoamos a quem nos tem ofendido, não nos dei'ei cair em tentação mas
livraiAnos do mal.
mém.

 &ve Maria
ve 2aria, c"eia de !raça, o en"or é convosco, bendita sois 4ós entre as
mul"eres, bendito é o fruto em 4osso ventre, esus.
anta 2aria 2ãe de esus, ro!ai por nós os pecadores, a!ora e na "ora da nossa
morte.
mém.

Credo
Creio em um só Deus, Pai todoApoderoso, Criador do céu e da terra, de todas as
coisas vis1veis e invis1veis.
Creio em um só en"or, esus Cristo, il"o Znico de Deus, nascido do Pai antes
de todos os séculosH Deus de Deus, 5uz da luz, Deus verdadeiro de Deus
verdadeiro, !erado não criado, consubstancial ao Pai.
Por #le todas as coisas foram feitas.
#, por nós, "omens, e para a nossa salvação, desceu dos céusH e encarnou pelo
#sp1rito anto, no seio da 2aria 4ir!em, e se fez "omem.
Também por nós foi crucificado sob PJncio PilatosO padeceu e foi sepultado.
+essuscitou ao terceiro dia, conforme as escriturasO
# subiu aos céus, onde est% sentado : direita de DeusAPai.
# de novo "% de vir, em sua !lória, para jul!ar os vivos e os mortosO e o seu reino
não ter% fim.
Creio no #sp1rito [ anto, en"or e fonte de vida, que procede do PaiO e com o Pai
e o il"o é adorado e !lorificadoH #le que falou pelos profetas.
Creio na !reja *na [, anta, Católica e postólica. Professo um só batismo para
remissão dos pecados.
#spero a ressurreição dos mortosO
Senzala da Luz – Casa de Pai Benedito
4
senzaladaluz.blogspot.com.br
Todos os direitos autorais reservados. Proibida a redistribuição ou cópia sem autorização.
Apostila do Curso de Benzimento
Ministrado por GÉRO MAITA

# a vida do mundo que "% de vir.


mém.

Credo <mbandista
Creio em &5&+*7, &nipresente e upremoO
Creio nos &ri'%s e nos esp1ritos Divinos que nos trou'eram para a 4ida, por
vontade do majestoso Pai.
Creio nas alan!es #spirituais, que orientam os 6omens na vida TérreaO
Creio na 5ei da +eencarnação e na ustiça Divina, se!undo a 5ei do CarmaO
Creio na comunicação dos $uias strais, encamin"andoAnos para a Caridade e a
pr%tica do bemO
Creio na nvocação, na Prece e na *mbanda, como atos de fé e creio na
*mbanda, como reli!ião redentora, capaz de nos levar pelo camin"o da
#volução até nosso pai &5&+*7.
$lória a &5&+*7\

Salve =ain2a
alve, +ain"a, 2ãe misericordiosa, vida, doçura e esperança nossa, salve\
 vós bradamos os de!redados fil"os de #va.
 vós suspiramos, !emendo e c"orando neste vale de l%!rimas.
#ia, pois, advo!ada nossa, esses vossos ol"os misericordiosos a nós volvei, e
depois deste desterro mostraiAnos esus, bendito fruto de vosso ventre, ó
clemente, ó piedosa, ó doce sempre 4ir!em 2aria.
+o!ais por nós anta 2ãe de Deus.
Para que sejamos di!nos das promessas de Cristo.
mém.

Ora!"o a S"o >orge


#u andarei vestido e armado com as armas de ão or!e para que meus inimi!os,
tendo pés não me alcancem, tendo mãos não me pe!uem, tendo ol"os não me
vejam, e nem em pensamentos eles possam me fazer mal.
rmas de fo!o o meu corpo não alcançarão, facas e lanças se quebrem sem o meu
corpo tocar, cordas e correntes se arrebentem sem o meu corpo amarrar.
 esus Cristo, me proteja e me defenda com o poder de sua santa e divina !raça,
4ir!em de 7azaré, me cubra com o seu manto sa!rado e divino, prote!endoAme
em todas as min"as dores e afliç(es, e Deus, com sua divina misericórdia e

Senzala da Luz – Casa de Pai Benedito


4
senzaladaluz.blogspot.com.br
Todos os direitos autorais reservados. Proibida a redistribuição ou cópia sem autorização.
Apostila do Curso de Benzimento
Ministrado por GÉRO MAITA

!rande poder, seja meu defensor contra as maldades e perse!uiç(es dos meu
inimi!os.
$lorioso ão or!e, em nome de Deus, estendaAme o seu escudo e as suas
poderosas armas, defendendoAme com a sua força e com a sua !randeza, e que
debai'o das patas de seu fiel !inete meus inimi!os fiquem "umildes e submissos
a vós. ssim seja com o poder de Deus, de esus e da falan!e do Divino #sp1rito
anto.
ão or!e +o!ai por 7ós.

Ora!"o do >usto >uiz


>usto Juiz de Nazaré, Filho da Virgem Maria, ue em !elém "ostes #as$ido e#tre as
idolatrias, eu %os &e'o, (e#hor) &elo %osso se*to dia e &elo amor de +adre -$ero, ue
meu $or&o #.o se/a &reso, #em "erido, #em morto, #em #as m.os da /usti'a e#%olto0

risto assim disse aos seus dis$-&ulos)

(e os meus i#imigos %ierem &ara me &re#der, ter.o olhos, mas #.o %er.o
er.o ou%idos, mas #.o ou%ir.o
er.o o$as, mas #.o me "alar.o

om as armas de (.o Jorge, serei armado


$om a es&ada de ra.o, serei $oerto
$om o leite da Virgem Maria, serei orri"ado
#a ar$a de Noé, serei arre$adado
$om a $ha%e de (.o +edro, serei "e$hado o#de #.o me &ossam %er,
#em "erir, #em matar, #em o sa#gue do meu $or&o &ossam tirar

amém %os &e'o, (e#hor, &or aueles rs li$es !e#tos, &or aueles rs +adres
e%estidos, &or auelas rs :;stias o#sagradas ue $o#sagrastes ao ter$eiro dia, desde
as &ortas de !elém até Jerusalém e &elo meu (a#to Juazeiro ue, $om &razer e alegria,
eu se/a tamém guardado de #oite $omo tamém de dia, assim $omo a#dou Jesus #o
%e#tre da Virgem Maria0

<eus adia#te, &az #a guia

<eus me d a $om&a#hia ue sem&re deu = Virgem Maria, desde a asa (a#ta de !elém
até Jerusalém0

<eus é meu +ai Nossa (e#hora das <ores, mi#ha M.e

om as armas de (.o Jorge, serei armado


$om a es&ada de (.o iago, serei guardado &ara sem&re mém

Senzala da Luz – Casa de Pai Benedito


4
senzaladaluz.blogspot.com.br
Todos os direitos autorais reservados. Proibida a redistribuição ou cópia sem autorização.

Interesses relacionados