Você está na página 1de 2

Salmo 11

“No Senhor confio; como dizeis à minha alma: fugi para a vossa montanha como
pássaro? * 2 Pois eis que os ímpios armam o arco, põem as flechas na corda, para
com elas atirarem, às escuras, aos retos de coração. * 3 Se forem destruídos os
fundamentos, que poderá fazer o justo? * 4 O Senhor está no seu santo templo, o
trono do Senhor está nos Céus; os seus olhos estão atentos, e as suas pálpebras
provam os filhos dos homens. * 5 O Senhor prova o justo; porém ao ímpio e ao que
ama a violência odeia a sua alma. * 6 Sobre os ímpios fará chover laços, fogo,
enxofre e vento tempestuoso; isto será a porção do seu copo. * 7 Porque o Senhor é
justo, e ama a justiça; o seu rosto olha para os retos.

Salmo 13
Até quando te esquecerás de mim, Senhor? Para sempre? Até quando esconderás
de mim o teu rosto? * 2 Até quando consultarei com a minha alma, tendo tristeza no
meu coração cada dia? Até quando se exaltará sobre mim o meu inimigo? * 3
Atende-me, ouve-me, ó Senhor, meu Deus; ilumina os meus olhos para que eu não
adormeça na morte; * 4 Para que o meu inimigo não diga: ‘Prevaleci contra ele’; e
os meus adversários não se alegrem, vindo eu a vacilar. * 5 Mas eu confio na tua
benignidade; na tua salvação se alegrará o meu coração. * 6 Cantarei ao Senhor,
porquanto me tem feito muito bem.”

Salmo 23
O Senhor é o meu pastor, nada me faltará. Deitar-me faz em verdes pastos, guia-
me mansamente a águas tranquilas. Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas
da justiça, por amor do seu nome.
Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum,
porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam.
Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos, unges a minha
cabeça com óleo, o meu cálice transborda. Certamente que a bondade e a
misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na casa do
Senhor por longos dias.

Salmo 29
Dai ao Senhor, ó filhos dos poderosos, dai ao Senhor glória e força. * 2 Dai ao
Senhor a glória devida ao seu nome, adorai o Senhor na beleza da santidade * 3 A
voz do Senhor ouve-se sobre as suas águas; o Deus da glória troveja; o Senhor
está sobre as muitas águas. * 4 A voz do Senhor é poderosa; a voz do Senhor é
cheia de majestade. * 5 A voz do Senhor quebra os cedros; sim, o Senhor quebra os
cedros do Líbano. * 6 Ele os faz saltar como um bezerro; ao Líbano e Siriom, como
filhotes de bois selvagens. * 7 A voz do Senhor separa as labaredas do fogo. * 8 A
voz do Senhor faz tremer o deserto; o Senhor faz tremer o deserto de Cades. * 9 A
voz do Senhor faz parir as cervas, e descobre as brenhas; e no seu templo cada um
fala da sua glória. * 10 O Senhor se assentou sobre o dilúvio; o Senhor se assenta
como Rei, perpetuamente. * 11 O Senhor dará força ao seu povo; o Senhor
abençoará o seu povo com paz.”
Salmo 54
Salva-me, ó Deus, pelo teu nome, e faze-me justiça pelo teu poder. * 2 O Deus,
ouve a minha oração, inclina os teus ouvidos às palavras da minha boca. * 3 Porque
os estranhos se levantam contra mim, e tiranos procuram a minha vida; não têm
posto Deus perante os seus olhos (Selá). * 4 Eis que Deus é o meu ajudador, o
Senhor está com aqueles que sustêm a minha alma. * 5 Ele recompensará com o
mal os meus inimigos. Destrói-os na tua verdade. * 6 Eu te oferecerei
voluntariamente sacrifícios; louvarei o teu nome, ó Senhor, porque é bom, * 7 Pois
me tem livrado de toda a angústia; e os meus olhos viram o meu desejo sobre os
meus inimigos.”

Salmo 91
Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do onipotente descansará.
* 2 Direi do Senhor: ‘Ele é o meu Deus, o meu refúgio, a minha fortaleza, e Nele
confiarei’. * 3 Porque Ele te livrará do laço do passarinheiro, e da peste perniciosa. *
4 Ele te cobrirá com as suas penas, e debaixo das suas asas te confiarás; a sua
verdade será o teu escudo e broquel. * 5 Não terás medo do terror de noite nem da
seta que voa de dia, * 6 Nem da peste que anda na escuridão, nem da mortandade
que assola ao meio-dia. * 7 Mil cairão ao teu lado, e dez mil à tua direita, mas não
chegará a ti. * 8 Somente com os teus olhos contemplarás, e verás a recompensa
dos ímpios. * 9 Porque tu, ó Senhor, és o meu refúgio. No Altíssimo fizeste a tua
habitação. * 10 Nenhum mal te sucederá, nem praga alguma chegará à tua tenda. *
11 Porque aos seus anjos dará ordem a teu respeito, para te guardarem em todos
os teus caminhos. * 12 Eles te sustentarão nas suas mãos, para que não tropeces
com o teu pé em pedra. * 13 Pisarás o leão e a cobra; calcarás aos pés o filho do
leão e a serpente. * 14 Porquanto tão encarecidamente me amou, também eu o
livrarei; pô-lo-ei em retiro alto, porque conheceu o meu nome. * 15 Ele me invocará,
e eu lhe responderei; estarei com ele na angústia; dela o retirarei, e o glorificarei. *
16 Fartá-lo-ei com longura de dias, e lhe mostrarei a minha salvação.”

Salmo 140
Livra-me, ó Senhor, do homem mau; guarda-me do homem violento, * 2 Que pensa
o mal no coração; continuamente se ajuntam para a guerra. * 3 Aguçaram as
línguas como a serpente; o veneno das víboras está debaixo dos seus lábios (Selá).
* 4 Guarda-me, ó Senhor, das mãos do ímpio; guarda-me do homem violento; os
quais se propuseram transtornar os meus passos. * 5 Os soberbos armaram-me
laços e cordas; estenderam a rede ao lado do caminho; armaram-me laços
corrediços (Selá). * 6 Eu disse ao Senhor: Tu és o meu Deus; ouve a voz das
minhas súplicas, ó Senhor. * 7 Ó Deus, Senhor, fortaleza da minha salvação, tu
cobriste a minha cabeça no dia da batalha. * 8 Não concedas, ó Senhor, ao ímpio os
seus desejos; não promovas o seu mau propósito, para que não se exalte (Selá). * 9
Quanto à cabeça dos que me cercam, cubra-os a maldade dos seus lábios. * 10
Caiam sobre eles brasas vivas; sejam lançados no fogo, em covas profundas, para
que se não tornem a levantar. * 11 Não terá firmeza na terra o homem de má-língua;
o mal perseguirá o homem violento até que seja desterrado. * 12 Sei que o Senhor
sustentará a causa do oprimido, e o direito do necessitado. * 13 Assim os justos
louvarão o teu nome; os retos habitarão na tua presença.”