Você está na página 1de 10

PORTFÓLIO- LICENCIATURAS

MÓDULO C – FASE I

EIXO 2 – EDUCAÇÃO INCLUSIVA


Tema: Adaptando atividades em sala de aula
MÓDULO C Texto: adaptação de atividade
FASE I Prática: aplicação atividade adaptada
- Refletir sobre a necessidade de adaptar as atividades aos
alunos de inclusão;
- Perceber que as turmas são formadas por alunos
OBJETIVOS heterogêneos, e que cada um apresenta suas
especificidades;
- Adaptar uma das atividades disponibilizadas de modo a
torná-la acessível ao aluno de inclusão;
- Aplicar a atividade adaptada com os colegas no polo,
verificando a validade da mesma.

ATIVIDADE

Uma turma é formada por alunos heterogêneos, com especificidades que devem ser
observadas quando o professor realiza o seu planejamento. Muitas vezes é necessário
pensar não só no aluno de inclusão, mas no aluno que apresenta maior ou menor
conhecimento sobre um conteúdo. Materiais adaptados podem auxiliar na resolução de
atividades. Veja estes, que foram extraídos do livro Portal de ajudas técnicas para
educação, de Manzini e Santos (2002, p. 30; 37).

Portal de ajudas técnicas para educação

RÉGUA DE MADEIRA ADAPTADA

Facilita o uso da régua ao aluno que possui dificuldade de preensão.

1
Descrição: O recurso é composto por uma régua de madeira comum com um suporte, também
de madeira, colado bem ao meio para facilitar à preensão da criança. Fonte: BRASIL (1980).

CADERNO DE MADEIRA

Auxilia na coordenação viso-motora, na noção de parágrafo, espaço delimitado e na


sequenciarão. É um recurso que também pode ser utilizado na alfabetização, por alunos que não
possuem a coordenação motora fina para trabalhar com lápis e papel. Facilita os movimentos de
flexão e extensão de braços, podendo ser utilizado na posição em pé, inclinada ou deitada sobre
a carteira.

Descrição: Caderno confeccionado em madeira resistente, medindo 40 cm de largura por 60 cm


comprimento. Contém canaletas que representam as linhas do caderno. O espaço entre as
canaletas pode ser variável dependendo da necessidade de cada aluno. O caderno é
acompanhado por um abecedário de madeira possuindo letras maiúsculas de um lado (escritas
em azul) e minúsculas do outro (escritas em vermelho).

Fonte: Laboratório de Educação Especial “Prof. Ernani Vidon”, Unesp, Marília-SP.

Agora, supostamente, você é o professor de um aluno de inclusão. Imagine a idade


desse aluno, o motivo da sua inclusão, suas facilidades e dificuldades. Escolha uma das

2
atividades retiradas da coleção “Um mundo de conhecimento”, da Uninter, aqui
apresentadas e crie uma proposta adaptada para esse aluno no template (modelo)
anexo. Você pode adaptar a atividade ou inserir um recurso que a torne possível para o
aluno. Não se esqueça de descrever o aluno e a sua necessidade educativa especial.
Poste no AVA a sua proposta.

ATIVIDADE 1 - Disponível no livro “História”, 6º ano, vol. 2 (UNINTER, 2016a, p. 26).

3
ATIVIDADE 2 - Disponível no livro “Matemática”, 6º ano, vol. 2 (UNINTER, 2016b, p.
11).

4
ATIVIDADE 3

Disponível no livro “Língua Portuguesa”, 7º ano, vol. 2, (UNINTER, 2016c, p. 34-35.)

5
Depois de elaborar a sua atividade, aplique-a com um grupo de colegas no polo. Em
seguida, outros colegas aplicarão as atividades desenvolvidas por eles e você
participará delas. No momento em que estiver aplicando a sua atividade, avalie o seu

6
planejamento: será que daria certo? Precisaria de modificações? Após realizar uma
atividade de um colega, contribua avaliando como foi executar o que foi por ele proposto.
Não se esqueça de providenciar os materiais necessários para aplicar a atividade no
polo e de conversar com o seu tutor para definir o tempo e a data de apresentação.

RESUMO DA
ATIVIDADE

1- Leitura do texto;
2- Adaptação da atividade escolhida (template);
3- Aplicação da atividade no polo.

Postagem no AVA – Trabalho – texto escrito: atividade adaptada (Word.doc)


Postagem no AVA – Trabalho - ficha de apresentação: ficha avaliativa (PDF ou
imagem)

LEMBRETES

1. Para formar grupos, os alunos devem ser do mesmo polo, curso


e das mesmas disciplinas;
2. No caso de grupo, apenas um dos alunos realiza a postagem
do texto e da ficha e insere o RU dos colegas;
3. Os grupos podem ser formados com até 4 integrantes;
4. Há dois links de postagem no AVA: um para o portfólio e outro
para a ficha avaliativa;
5. Verifique nos links o período de postagem;
6. Em caso de dúvidas, procure o seu polo de apoio presencial;
7. Verifique com o polo as datas de apresentação do seu trabalho;
8. Na ficha avaliativa, deve conter o nome e RU de todos os integrantes do grupo;
9. Leia atentamente todos os materiais postados na aula Portfólio das disciplinas da
fase;
10. Produza o seu texto utilizado o modelo/template disponibilizado;
11. Solicitações de alterações deverão ser realizadas até 15 dias após o término do
período de postagem do trabalho no AVA e serão analisadas pelo Núcleo de Práticas.

7
CRITÉRIOS DE
AVALIAÇÃO

Trabalho Escrito
Na adaptação da atividade apresentou ideias articuladas (coerência). (0-100)

Peso: 15

Trabalho Escrito

Apresentou reflexão no momento de adaptar a atividade. (0-100)

Peso: 15

Trabalho Escrito

O texto está de acordo com a norma padrão da língua. (0-100)

Peso: 10

Trabalho Escrito

A adaptação realizada está relacionada aos objetivos propostos.

Peso: 15

Trabalho Escrito

A adaptação realizada torna a atividade adequada ao aluno cujas características foram


apresentadas.

Peso: 15

Apresentação no polo

8
A APRESENTAÇÃO E A POSTURA DESPERTARAM A ATENÇÃO NOS PRESENTES. (0-100)

Peso: 10

Apresentação no polo

A ADEQUAÇÃO DA LINGUAGEM, POSTURA E ORGANIZAÇÃO DOS MATERIAIS E DO TEMPO


TORNARAM A APRESENTAÇÃO CLARA E COESA. (0-100)

Peso: 10

Apresentação no polo

DOMÍNIO DO CONTEÚDO, CLAREZA, ADEQUAÇÃO DIDÁTICA E OBSERVÂNCIA DO TEMA FORAM


CONTEMPLADOS. (0-100)

Peso: 10

Nota Final:

ANEXOS

9
Dados para a adaptação da atividade (preencha o template disponível no AVA):

Ano/Série e idade do aluno:


Caracterização do aluno:

Cole aqui a atividade escolhida:

Proposta de adaptação da atividade:

Objetivos da adaptação:

Resultados esperados:

10