Você está na página 1de 45

ADMINISTRAÇÃO

QUESTÕES COMENTADAS POR GIOVANNA CARRANZA

01. (AOCP - 2017 - EBSERH - Assistente Administrativo) A figura abaixo representa a dupla atribuição do
planejamento.
Assinale a alternativa que substitui corretamente os números romanos.

Assinale a alternativa correta.

a) I = Definição das tarefas e II = Definição das pessoas


b) I = Definição dos planos e II = Definição dos objetivos
c) I = Definição das pessoas e II = Definição das tarefas
d) I = Definição dos objetivos e II = Definição dos planos
e) I = Definição dos resultados e II = Definição dos objetivos

GABARITO: ITEM D
Comentário:
A questão não é difícil de responder, só precisamos nos concentrar, preste atenção:
O item I corresponde a objetivos ou metas, correspondem àquilo que se pretende alcançar. O objetivo é
qualitativo e mais abrangente e a meta é quantitativa e mais detalhada.

O Item II nada mais é que o plano, planejamentos ou programas. Segundo Oliveira(2013), o planejamento é
composto por um conjunto de planos e os planos são compostos por um conjunto de estratégias.

02. (IADES - 2017 - EBSERH - Administrador) A gestão estratégica organiza os contributivos que as diversas
áreas têm de dar à organização, servindo como linha orientadora à integração dos esforços demandados pelos
respectivos profissionais. Em relação a esse assunto, assinale a alternativa correta quanto aos elementos que
integram o planejamento estratégico.

a) Visão; missão; objetivos; análise do microambiente exclusivamente; e, cadeia de valor


b) Visão; missão; análise do macroambiente exclusivamente; objetivos; e, processos mapeados e descritos.
c) Missão; objetivos; metas; análise SWOT; e, cadeia de suprimentos, que diz respeito à análise de ameaças e
oportunidades.

d) Visão; missão; objetivos estratégicos; análise SWOT (ameaças, oportunidades, forças e fraquezas); e, metas
a serem cumpridas, com seus respectivos prazos e responsáveis.
e) Missão; objetivos; análise SWOT (que diz respeito à ameaças e oportunidades apenas); cadeia de valor e de
suprimentos; e, metas.

GABARITO: ITEM D
Comentário:
Vamos ver item por item.

a) Visão; missão; objetivos; análise do microambiente exclusivamente; e, cadeia de valor. Falso. A palavra
“exclusivamente’’ deixa o item incorreto, pois é necessário analisar também o macroambiente, cadeia de
valor também não faz parte do planejamento estratégico.

b) Visão; missão; análise do macroambiente exclusivamente; objetivos; e, processos mapeados e descritos.


Falso. A palavra “exclusivamente’’ novamente deixa o item incorreto, pois é necessário analisar também o
microambiente, processos mapeados é algo detalhado, está relacionado com o nível operacional.

c) Missão; objetivos; metas; análise SWOT; e, cadeia de suprimentos, que diz respeito à análise de ameaças e
oportunidades.
Falso. A expressão “cadeia de suprimento” deixa o item incorreto, não faz parte do planejamento estratégico.

d) Visão; missão; objetivos estratégicos; análise SWOT (ameaças, oportunidades, forças e fraquezas); e, metas
a serem cumpridas, com seus respectivos prazos e responsáveis.
Verdadeiro. Os elementos citados integram o planejamento estratégico, inclusive correspondem às suas
etapas que são:
1. Definição de Missão, Visão e Valores
2. Estabelecimento de objetivos e metas
3. Analise da situação atual (diagnóstico – Análise SWOT)
4. Definição e escolha de estratégias
5. Implementação e avaliação de resultados.
6.
e) Missão; objetivos; análise SWOT (que diz respeito à ameaças e oportunidades apenas); cadeia de valor e de
suprimentos; e, metas.
Falso. A palavra “apenas’’ deixa o item incorreto, pois é preciso analisar também os pontos fortes e fracos
quando é feita a análise SWOT, cadeia de valor e de suprimentos também não fazem parte do Planejamento
estratégico.

03. (UFBA - 2017 - UFSBA - Assistente Administrativo) Qual função administrativa é responsável pela definição
dos objetivos da organização e escolha prévia dos melhores cursos de ações para alcançá-los?

a) Planejamento
b) Organização
c) Direção
d) Controle

GABARITO: ITEM A
Comentário:
Essa questão foi dada de presente, a função Planejamento é a função responsável pela definição dos objetivos
da organização e escolha prévia dos melhores cursos de ações para alcançá-los, ela reduz a incerteza, previne,
programa as atividades, define e estabelece objetivos e metas também.

04. (AOCP - 2017 - EBSERH - Analista Administrativo) Considerando-se os principais processos administrativos,
é correto afirmar que são algumas das principais finalidades do planejamento:

a) a gerência de conflitos internos; o reconhecimento do esforço dos trabalhadores e estabelecimento de


recompensas; o processo de comunicação interna.
b) a definição de objetivos para a empresa; o desenvolvimento de premissas sobre condições futuras; a
identificação de meios adequados para alcance dos objetivos.
c) a divisão e agrupamento das atividades na empresa; a designação de pessoas para as respectivas tarefas.
d) a garantia de qualidade dos processos na empresa; a institucionalização de padrões de comportamento no
trabalho; a adequada gestão dos recursos físicos, econômicos e humanos da empresa.
e) o monitoramento e a mensuração do desempenho dos empregados; a adoção de medidas corretivas para
assegurar o alcance de objetivos desejados.

GABARITO: ITEM B
Comentário: Questão muito básica, mas qualquer deslize pode fazer você errar e não alcançar o seu sonho, e
não é isso que queremos.

a) a gerência de conflitos internos; o reconhecimento do esforço dos trabalhadores e estabelecimento de


recompensas; o processo de comunicação interna.
Falso. Correspondem à função Direção. Todas as atividades relacionadas com integração, motivação e
orientação de pessoas diz respeito a coordenação e liderança, ou seja, direção.

b) a definição de objetivos para a empresa; o desenvolvimento de premissas sobre condições futuras; a


identificação de meios adequados para alcance dos objetivos
Verdadeiro. Correspondem à função Planejamento. Como vimos anteriormente, definir objetivos e metas,
estabelecer diretrizes e estratégias, correspondem a função planejamento.

c) a divisão e agrupamento das atividades na empresa; a designação de pessoas para as respectivas tarefas.
Falso. Correspondem à função Organização, estruturar, dividir, agrupar, ordenar, são palavras chave dessa
função.

d) a garantia de qualidade dos processos na empresa ; a institucionalização de padrões de comportamento no


trabalho; a adequada gestão dos recursos físicos, econômicos e humanos da empresa. Falso. O enunciado está
pedindo atividades relacionadas com o Planejamento, o especificado no item está mais relacionado com a
função Direção e Controle.
e) o monitoramento e a mensuração do desempenho dos empregados; a adoção de medidas corretivas para
assegurar o alcance de objetivos desejados.
Falso. Todas essas atividades correspondem à função Controle.

Acredito que com os comentários as questões ficam muito mais fáceis. Você não acha isso?

05. (FGV - 2017 - ALERJ - Analista Legislativo) Em termos de abrangência, os planos de um planejamento podem
ser estratégicos, táticos e operacionais.
Nesse sentido, a definição de metas para atividades específicas dentro de uma organização e a forte orientação
para o contexto da economia local em que está inserida essa organização dizem respeito, respectivamente, aos
níveis:

a) estratégico e tático;
b) estratégico e operacional;
c) tático e estratégico;
d) tático e operacional;
e) operacional e estratégico.

GABARITO: ITEM E
Comentário:
A definição de metas para atividades específicas dentro de uma organização acontece no nível operacional. Já
a forte orientação para o contexto da economia local em que está inserida essa organização ocorre no nível
estratégico, visto que o nível estratégico é aquele que se preocupa com as interferências do ambiente externo
e analisa a empresa como um todo. A frequência na resolução de questões vai fazer você ficar experto(a) nas
palavras chaves, até o final do curso você tirará administração de letra.

06. (COMPERVE - 2016 - UFERSA - Assistente em Administração) Organizações são entidades sociais
deliberadamente criadas para atingir metas específicas e possuem, dentre outras, as seguintes características:

a) coordenação de atividades e sistema fechado.


b) estrutura organizacional permanente e pouca mobilidade nos cargos.
c) tempo de encerramento definido e valores compartilhados.
d) agrupamento de pessoas e interesses comuns.

GABARITO: ITEM D
Comentário:
a) coordenação de atividades e sistema fechado.
Falso. Hoje sabe-se que todas as empresas são sistemas abertos e que o ambiente externo interfere na
empresa, assim como a empresa interfere no ambiente que ela se encontra.

b) estrutura organizacional permanente e pouca mobilidade nos cargos.


Falso. A palavra “permanente” deixa o item incorreto, a tendência hoje é que as estruturas organizacionais
sejam orgânicas, vivas e flexíveis, assim como é falso afirmar que há pouca mobilidade nos cargos, pois
depende da situação e tipo de empresa.

c) tempo de encerramento definido e valores compartilhados.


Falso. A existência de valores compartilhados é caraterística das organizações, porém tempo de encerramento
definido é uma caraterísticas dos projetos, os quais possuem começo, meio e fim e não de organizações.

d) agrupamento de pessoas e interesses comuns.


Verdadeiro. Agrupamento de pessoas com interesses comuns corresponde a uma definição de organização. O
conceito mais completo seria, um conjunto de pessoas unidas compartilhando esforços e recursos para
alcançar objetivos e interesses em comum. Não esqueça, pois esse conceito é importante.

07. (CCV-UFC - 2016 - UFC - Auxiliar em Administração) São componentes do planejamento:

a) Diagnóstico, metas e políticas.


b) Políticas, divisão do trabalho e objetivos.
c) Integração de esforços, diagnóstico e comunicação.
d) Divisão do trabalho, metas e integração de esforços.
e) Programa, padrão de desempenho e integração de esforços.

GABARITO: ITEM A
Comentário:

a) Diagnóstico, metas e políticas.


Verdadeiro. Diagnóstico, metas e políticas são componentes do planejamento. Vale ressaltar que as políticas
são definidas no nível tático, as diretrizes no nível estratégico e os procedimentos e métodos no nível
operacional.

b) Políticas, divisão do trabalho e objetivos.


Falso. Políticas e objetivos são definidos na função Planejamento, mas a divisão do trabalho ocorre na função
Organização. Essa divisão do trabalho leva a especialização e a departamentalização.
c) Integração de esforços, diagnóstico e comunicação.
Falso. O diagnóstico é feito durante o Planejamento, mas a função responsável por integração de esforços e
comunicação é a Direção.

d) Divisão do trabalho, metas e integração de esforços.


Falso. As metas são definidas na função Planejamento, mas a divisão do trabalho ocorre na função Organização
e a integração de esforços na função Direção.

e) Programa, padrão de desempenho e integração de esforços.


Falso. Programas são feitos no Planejamento, mas a definição de padrões de desempenho é feita no Controle,
inclusive é uma das etapas e a integração de esforços na Direção.

OBS: Tudo que está relacionado com motivação, liderança, gerenciamento de conflitos, integração, orientar
pessoas corresponde a função Direção. A Direção é uma função exclusiva da gestão de pessoas.

08. (FCM - 2016 - IFF - Assistente Administrativo) Para que sejam atingidos os objetivos da empresa, as quatro
funções básicas da administração são

a) planejamento, controle, influência e interação.


b) sobrevivência, organização, estima e controle.
c) segurança, sobrevivência, aceitação e interação.
d) planejamento, organização, influência e controle.
e) planejamento, interação, segurança e sobrevivência.

GABARITO: ITEM D
Comentário:
As quatro funções básicas da administração são conhecidas como: planejamento, organização, direção e
controle. Como a função Direção corresponde a coordenação e a liderança de pessoas, pode-se considerar que
a influência faz parte dela. Logo, o item que está mais próximo de corresponder às quatro funções é o item D.

Pode vir na sua prova também; Planejamento, organização, execução, liderança e controle. Preste atenção nos
sinônimos, existem diversas doutrinas sobre o mesmo assunto e podem usar palavras parecidas.

09. (UFMA - 2016 - UFMA - Administrador) No planejamento estratégico, ao definir a razão de ser da
organização, temos:

a) A visão da organização
b) O cenário estratégico
c) A missão da organização
d) A estratégia organizacional
e) Os objetivos organizacionais

GABARITO: ITEM C
Comentário:
A razão de ser da organização, o propósito, a contribuição para a sociedade corresponde a sua missão.
A visão é como a organização pretende ser vista no futuro, onde ela pretende chegar.
A estratégia organizacional é o caminho traçado para alcançar os objetivos, é o que vai ser feito para alcançar
o que se deseja.
Os objetivos organizacionais são os resultados que a organização deseja alcançar, que tem como
características; reais, alcançáveis, tem prazo, são hierárquicos, específicos e claros.
10. (CESPE - 2017 - SEDF - Administrador) A respeito de aspectos de planejamento nas organizações, julgue o
item subsequente.
Pensar estrategicamente significa tomar decisões e agir para formular e implementar estratégias que
proporcionarão competitividade às organizações frente aos seus ambientes.
(  ) Verdadeiro (  ) Falso

GABARITO: VERDADEIRO
Comentário:
Pensar estrategicamente é tomar decisões que permitirão que a empresa seja mais competitiva, e ter
capacidade de se manter e inovar. O nível estratégico vai buscar um equilíbrio entre o ambiente interno e
externo, preparando a empresa para os possíveis riscos que ela pode enfrentar e aproveitar as oportunidades
que surgirão, além disso a abordagem é sistêmica (envolve a empresa como um todo) e no longo prazo.

11. (CESPE - 2017 - SEDF - Administrador) A respeito de aspectos de planejamento nas organizações, julgue o
item subsequente.
Estratégias competitivas de diferenciação enfatizam atuação flexível com sólida autoridade central e forte
coordenação entre as unidades de negócio da organização.
(  ) Verdadeiro (  ) Falso

GABARITO: FALSO
Comentário:
A palavra autoridade “central” deixa o item incorreto, visto que para se obter produtos diferenciados não é
preciso centralizar. A tendência hoje em dia é descentralizar. Vale ressaltar que Michael Porter estabeleceu 3
estratégias competitivas genéricas:

 Diferenciação;
 Enfoque e
 Liderança em custo.

12. (CESPE - 2017 - SEDF - Administrador) A respeito de aspectos de planejamento nas organizações, julgue o
item subsequente.
Estratégias não associadas à alocação de recursos organizacionais fazem que a gestão por objetivos e incentivos
do balanced scorecard se caracterize como barreira ao alinhamento estratégico e à competividade da
organização.
(  ) Verdadeiro (  ) Falso

GABARITO: FALSO
Comentário:
A alocação de recursos não associada às estratégias é uma barreira. O erro da questão é que a informação está
invertida, visto que primeiro se faz a estratégia e depois a alocação do recurso. Além disso, da maneira como
a informação está redigida, estratégias dissociadas da alocação de recursos poderiam ser uma barreira ao
alinhamento estratégico, mas não seriam uma barreira à competitividade da organização. O Balanced
Scorecard (BSC) estabelece indicadores de desempenho associados a clientes, processos internos, aprendizado
e crescimento e financeiros. Esses indicadores auxiliam no acompanhamento da execução do planejamento
estratégico.

13. (IBFC - 2017 - EBSERH - Pedagogo) Porter (1986) descreve acerca de uma estratégia genérica que consiste
em diferenciar o produto ou o serviço oferecido pela empresa, criando algo que seja considerado único, no
âmbito de toda a indústria. Nesse sentido, os métodos para obter a diferenciação são vários, dentre eles:

I. Projeto ou imagem da marca.


II. Tecnologia.
III. Serviços sob encomenda ou rede de fornecedores.
IV. Peculiaridades.

Assinale a alternativa correta.

a) I apenas
b) II apenas
c) III apenas
d) IV apenas
e) I, II, III, IV

GABARITO: ITEM E.
Comentário:
Todos os itens correspondem a métodos que podem levar à diferenciação do produto. A imagem da marca
bem reconhecida no mercado, um projeto específico, tecnologia avançada, serviços sob encomenda, rede de
fornecedores bem qualificados e ainda peculiaridades do produto, todos podem agregar valor ao produto e
servir como método de diferenciação, para que o produto seja visto como único no mercado.

14. (IBFC - 2017 - EBSERH - Pedagogo) Porter (1986) afirma que a estratégia de diferenciação apresenta riscos
inerentes para a empresa. Nesse sentido, analise as proposições a seguir quanto aos possíveis riscos citados por
Porter:

I. O diferencial de custos entre os concorrentes de baixo custo e a empresa diferenciada torna-se muito grande
para que a diferenciação consiga manter a lealdade à marca.
II. Os compradores sacrificam, assim, algumas das características, serviços ou imagem da empresa diferenciada
em troca de grandes economias de custos.
III. A necessidade dos compradores em relação ao fator de diferenciação diminui. Isto pode ocorrer à medida
que os compradores se tornem mais sofisticados.
IV. A imitação reduz a diferenciação percebida, mas é uma ocorrência incomum quando o setor amadurece.

Estão corretas as afirmativas:

a) I, III apenas
b) II, IV apenas
c) I, II, III, IV
d) I, II, III apenas
e) III, IV apenas

GABARITO: ITEM D
Comentário:
Os itens I, II, III e IV relatam riscos que se corre ao adotar a estratégia de diferenciação. O erro do item IV está
em afirmar que a imitação é uma ocorrência INCOMUM quando o setor amadurece, pois esta é uma ocorrência
bastante COMUM.

Não é fácil explicar mas vamos lá.


Item I, correto- Digamos que você gosta muito do produto X, mas o produto Y que tem a mesma finalidade e
uso do produto X é muito, mas muito barato. Será que você vai continuar leal ao consumo do produto X?
Possívelmente não, você vai começar a consumir o produto Y, pois não vale a pena continuar pagando muito
por algo que tem o seu substituto mais barato.

Item II, correto – Ele está completando o que está escrito no item I. Como o produto X é muito mais caro, o
cliente prefere sacrificar a marca e a imagem para pagar menos.
Item III, correto– A medida que o consumidor se torne mais exigente, os fornecedores começam a produzir
produtos muito parecidos, o que faz com que o produto “original” não seja tão diferenciado em si.

Item IV, errado – A medida que o mercado amadurece, surgem muitos concorrentes com produtos parecidos,
a cópia e a imitação são muito comuns.

15. (IBFC - 2017 - EBSERH - Pedagogo) A diferenciação, se alcançada, é uma estratégia viável para se obter
retornos acima da média em um setor, pois ela cria uma posição de defesa para evitar as cinco forças
competitivas, mas de forma diferente da liderança de custos (PORTER, 1986). Desse modo, leia as proposições a
seguir atribua valores Verdadeiro (V) ou Falso (F).

( ) A diferenciação pode proporcionar isolamento contra os concorrentes.


( ) A diferenciação pode proporcionar isolamento contra os concorrentes devido à lealdade dos consumidores
com relação à marca, como também à menor sensibilidade a preço.
( ) A lealdade resultante dos consumidores já serve também como um barreira à entrada de novos entrantes.
( ) A diferenciação também permite margens maiores, com as quais se pode lidar com o poder dos
fornecedores, e também ameniza o poder dos compradores, devido à falta de alternativas comparáveis.
( ) A empresa que se diferencia para obter lealdade não estará, necessariamente, mais bem posicionada em
relação aos substitutos, até por que não é difícil ou impossível substituir o que é diferenciado.

Assinale a alternativa que apresenta, de cima para baixo, a sequência correta.


a) F, V, V, V, F
b) V, V, V, V, F
c) F, F, F, V, V
d) V, F, F, V, V
e) V, V, F, F, F

GABARITO: ITEM B
Comentário:
(V) A diferenciação pode proporcionar isolamento contra os concorrentes.
Se um produto é diferenciado torna-se mais difícil que a concorrência o reproduza e afete as suas vendas.

(V) A diferenciação pode proporcionar isolamento contra os concorrentes devido à lealdade dos consumidores
com relação à marca, como também à menor sensibilidade a preço.
Se um produto é diferenciado, o consumidor torna-se mais leal e menos sensível a preços, pois são poucos ou
únicos os locais em que pode encontrar aquele determinado produto.

(V) A lealdade resultante dos consumidores já serve também como um barreira à entrada de novos entrantes.
Como o produto é diferenciado torna-se mais difícil a reprodução de similares e, portanto, o consumidor se
torna mais leal, fazendo com que seja mais arriscado para que novas empresas entrem no mercado.

(V) A diferenciação também permite margens maiores, com as quais se pode lidar com o poder dos
fornecedores, e também ameniza o poder dos compradores, devido à falta de alternativas comparáveis.
Pelo produto ser diferenciado e os consumidores leais, a empresa detém maior poder para lidar com seus
fornecedores e compradores.

(F) A empresa que se diferencia para obter lealdade não estará, necessariamente, mais bem posicionada em
relação aos substitutos, até por que não é difícil ou impossível substituir o que é diferenciado.
Falso. A empresa estará sim em uma posição melhor, justamente por ser difícil copiar o que é diferenciado.

16. (IF-PE - 2017 - IF-PE - Administrador) Uma das perspectivas de desempenho do BSC (Balanced Scorecard)
diz respeito à orientação ao aperfeiçoamento de processos críticos através da qual as organizações buscam a
excelência, a partir de indicadores como a qualidade de serviços, medidas de garantia e índices de produtividade,
entre outros. Que perspectiva é a descrita?

a) Perspectiva dos Processos Internos.


b) Perspectiva dos Clientes.
c) Perspectiva de Aprendizado e Crescimento.
d) Perspectiva da Excelência.
e) Perspectiva Financeira.

GABARITO: ITEM A
Comentário:
Produtividade, excelência, qualidade dos serviços dizem respeito à perspectiva dos processos internos.
Observação: Balanced Scorecard (BSC) estabelece indicadores de desempenho associados a:

 Aprendizado e crescimento
 processos internos, aprendizado
 clientes
 financeiro

OBS: Esaf e Cespe consideram que o BSC serve também como ferramenta de análise, pois permite
diagnosticar a situação atual da empresa e de controle, pois avalia e compara a atuação da empresa
com o planejado.

(IF-PE - 2016 - IF-PE – Administrador- adaptada) Em relação a administração estratégica, assinale a alternativa
INCORRETA:

17. No processo de diagnóstico estratégico pode ser utilizada a Matriz de SWOT para obter uma análise do
ambiente interno e externo da organização.
(  ) Verdadeiro (  ) Falso

GABARITO: VERDADEIRO
Comentário:
A função da Matriz SWOT corresponde à análise do ambiente interno e externo da organização de forma a
auxiliar o processo de diagnóstico. A análise SWOT pode ser também chamada de FOFA, fortalezas,
oportunidades, fraquezas e ameaças. Fortalezas e fraquezas são variáveis internas e controláveis,
oportunidades e ameaças são variáveis externas e incontroláveis.

18. O Balanced Scorecard (BSC) é uma metodologia de gestão de desempenho desenvolvida por Robert Kaplan
e David Norton. O BSC possui algumas dimensões ou perspectivas, a saber: financeira, clientes, processos
internos, aprendizado e crescimento.
(  ) Verdadeiro (  ) Falso

GABARITO: VERDADEIRO
Comentário:
Balanced Scorecard (BSC) foi sim desenvolvido por Robert Kaplan e David Norton e possui como dimensões ou
perspectivas: financeira, clientes, processos internos, aprendizado e crescimento, inclusive mencionamos isso
anteriormente.

19. A Administração estratégica não lida com as incertezas, já que por meio de seu planejamento, visa criar
condições para permanecer no mercado capitalizando oportunidades de negócios.
(  ) Verdadeiro (  ) Falso

GABARITO: FALSO
Comentário:
O planejamento visa criar condições para permanecer no mercado capitalizando oportunidades e evitando
ameaças, porém ele jamais eliminará as incertezas, de forma que a administração precisa sim lidar com elas.
A empresa identifica as oportunidades para aproveitá-las a tempo antes de seu concorrente e se prepara para
as ameaças, para que quando ela surja a empresa não sofra com o impacto.

20. O Planejamento Estratégico refere-se ao plano que a organização pretende aplicar à estratégia para se
alcançar os objetivos desejados, que é elaborado a partir da formulação dos objetivos organizacionais, análise
interna e externa do ambiente organizacional e da formulação de alternativas estratégicas.
(  ) Verdadeiro (  ) Falso

GABARITO: VERDADEIRO
Comentário:
O item está perfeito, correspondendo às principais etapas do Processo de Planejamento, veja só:

1. Definição da Missão, Visão e Valores


2. Estabelecimento de objetivos e metas
3. Análise da situação atual
4. Definição de estratégias
5. Implementação e avaliação de resultados

21. O Plano Estratégico é pertinente à organização como um todo, enquanto os Planos Táticos estão
relacionados com as diversas áreas da organização.
(  ) Verdadeiro (  ) Falso

GABARITO: VERDADEIRO
Comentário:
O nível estratégico é responsável por analisar a organização como um todo e fazer o seu planejamento.
Já o nível tático corresponde aos departamentos ou áreas da organização e estes fazem o seu próprio
planejamento, chamado de planejamento tático, o qual corresponde ao desdobramento do planejamento
estratégico, para concluir o planejamento operacional refere-se a uma atividade ou tarefa especifica, ele é
minucioso e detalhado.

22. (CESPE - 2016 - FUB - Engenheiro Civil) Julgue o item que se segue, relativo aos processos de gerenciamento
de riscos em projetos.
A matriz SWOT pode ser utilizada como técnica para a identificação de riscos em projetos.
(  ) Verdadeiro (  ) Falso

GABARITO: VERDADEIRO
Comentário:
Através da Matriz SWOT, é possível analisar as oportunidades, ameaças, fortalezas e fraquezas, a palavra riscos
nada mais é do que o sinônimo de ameaças na Analise SWOT.

23. (IBFC - 2016 - EBSERH - Analista Administrativo) Analise as afirmações abaixo sobre Planejamento
Estratégico e assinale a alternativa correta.

I. Planejamento estratégico é o processo de definir objetivos e formas de realiza-lo.


II. Planos estratégicos definem objetivos para toda a organização e sua relação pretendida com o ambiente.
III. A responsabilidade pela definição dos planos estratégicos é da alta administração.

a) Todas as afirmações estão corretas


b) Nenhuma das afirmações está correta
c) Somente a afirmação I está correta
d) Somente a afirmação II está correta
e) Somente a afirmação III está correta

GABARITO: ITEM A
Comentário:
O planejamento (estratégico, tático ou operacional) corresponde ao processo de definir objetivos e as formas
de realiza-los (estratégias). Quando esses planos definem objetivos para toda a organização e analisam a sua
relação com o ambiente, serão chamados de planos estratégicos, pois ocorrem no nível estratégico e são de
responsabilidade da alta administração.

24. (IBFC - 2016 - EBSERH - Analista Administrativo) A situação estratégica de uma empresa tem vários focos
de análise. Assinale a alternativa que não contém um desses focos.

a) Missão, negócio e visão


b) Clientes e Mercados
c) Produtos e Serviços
d) Vantagens Competitivas
e) Qualidade

GABARITO: ITEM E
Comentário:
A função responsável por definir padrões, conferir e executar as ações corretivas para assegurar a qualidade é
o Controle. A situação estratégica da empresa é analisada no Planejamento e tem como foco missão, visão,
negócio, clientes e mercados, produtos e serviços e vantagens competitivas, entre outros.

25. (IBFC - 2016 - EBSERH - Analista Administrativo) Em linhas gerais, um plano estratégico define três
elementos do comportamento de uma empresa no futuro, são eles os que estão na alternativa:

a) Missão, objetivos e estratégias


b) Missão, visão e organograma
c) Organograma, estratégias e visão
d) Vantagem, desempenho e qualidade
e) Qualidade, estratégia e vantagem

GABARITO: ITEM A
Comentário:
Dentre os elementos expostos nos itens, aqueles definidos no planejamento estratégico e que direcionam o
comportamento da empresa no futuro são: a missão da empresa, os objetivos a serem perseguidos e as
estratégias para alcança-los.

O organograma é apenas a representação gráfica da estrutura organizacional, na qual é possível visualizar


linhas de comando, departamentos e níveis hierárquicos.

Desempenho e qualidade são observados na função Controle e são mais voltados para o nível operacional que
para o estratégico.

A visão corresponde à maneira como a empresa pretende ser vista no futuro e também é um elemento
definido no planejamento estratégico e que direciona o comportamento da empresa, porém, como está junto
a organograma nos itens em que consta, estes se tornam falsos.

Vantagem é um termo muito genérico e insuficiente para fazer afirmações.


26. (FCM - 2016 - IFF - Assistente Administrativo) Relacione os conceitos do planejamento estratégico nas
empresas às suas respectivas características:

1- Ameaça
2- Visão
3- Valores
4- Missão
5- Propósitos
6- Cenários

( ) limite que os principais responsáveis pela empresa enxergam dentro de um período de tempo mais longo.
( ) corresponde à explicitação dos setores de atuação dentro da missão em que a empresa já atua.
( ) representam situações, critérios e medidas para a preparação do futuro da empresa.
( ) conjunto de princípios, crenças e questões éticas fundamentais de uma empresa.
( ) força ambiental incontrolável pela empresa, que cria obstáculos à sua ação estratégica.
( ) determinação do motivo central da existência da empresa, de quem é atendido com seus produtos.

A sequência correta é

a) 1, 5, 2, 3, 6, 4.
b) 2, 5, 6, 4, 1, 3.
c) 2, 6, 5, 3, 1, 4.
d) 1, 2, 6, 5, 4, 3.
e) 2, 5, 6, 3, 1, 4.

GABARITO: ITEM E
Comentário:
Esse tipo de questão é excelente para você estudar conceitos. Na hora de fazer a questão você não é obrigado a
saber de tudo, mas sim acertar, então procure marcar aqueles itens que você tem certeza, marcando uns 3 você
já encontra o gabarito.

(2) Visão - limite que os principais responsáveis pela empresa enxergam dentro de um período de tempo mais
longo.
(5) Propósitos - corresponde à explicitação dos setores de atuação dentro da missão em que a empresa já
atua.
(6) Cenários - representam situações, critérios e medidas para a preparação do futuro da empresa.
(3) Valores - conjunto de princípios, crenças e questões éticas fundamentais de uma empresa.
(1) Ameaça - força ambiental incontrolável pela empresa, que cria obstáculos à sua ação estratégica.
(4) Missão - determinação do motivo central da existência da empresa, de quem é atendido com seus
produtos.

27. (FCM - 2016 - IFF - Assistente Administrativo) Quando o ambiente e a empresa estão em situação
inadequada, deve ser adotada a estratégia de

a) inovação.
b) crescimento.
c) manutenção.
d) sobrevivência.
e) desenvolvimento.

GABARITO: ITEM D
Comentário:
Se o ambiente e a empresa estão em situação INADEQUADA, de acordo com a Matriz de Stevenson, a empresa
estaria sofrendo com ameaças (análise do ambiente) e pontos fracos (análise da empresa), de forma que a
estratégia a ser adotada seria a de sobrevivência.

MATRIZ DE STEVENSON
ANÁLISE EXTERNA ANÁLISE INTERNA ESTRATÉGIA IDEAL
OPORTUNIDADES PONTOS FORTES DESENVOLVIMENTO
OPORTUNIDADES PONTOS FRACOS CRESCIMENTO
AMEAÇAS PONTOS FORTES MANUTENÇÃO
AMEAÇAS PONTOS FRACOS SOBREVIVÊNCIA

28. (FCM - 2016 - IFF - Administrador) A respeito do processo de Administração Estratégica, descrito por Daft
(MIGLIATO, 2003), relacione a segunda coluna de acordo com a primeira.

COLUNA I

1. Análise da situação atual


2. Implementação de estratégias
3. Análise Externa
4. Análise Interna

COLUNA II

( ) Fase essencial para uma administração estratégica eficiente.


( ) Inicia-se com a análise da indústria na qual a empresa está inserida.
( ) Envolve avaliar os pontos fortes e fracos da empresa, ou seja, uma visão geral de suas habilidades e
recursos.
( ) As ferramentas que os gerentes têm para desenvolver essa etapa são: liderança, projeto estrutural, sistemas
de controle e informações e recursos humanos.
( ) Inicia-se quando os dirigentes procuram avaliar a missão, metas e estratégias atuais da empresa

A sequência correta é

a) 2, 1, 4, 2, 3.
b) 1, 4, 2, 3, 2.
c) 3, 2, 3, 4, 1.
d) 4, 3, 2, 1, 3.
e) 2, 3, 4, 2, 1.

GABARITO: ITEM E
Comentário:
(2) Fase essencial para uma administração estratégica eficiente.
Várias fases podem ser consideradas essenciais, a depender do autor e da banca organizadora. Recomenda-se
deixar este item por último e analisar as opções de gabarito pelos outros itens.
(3) Inicia-se com a análise da indústria na qual a empresa está inserida.
A análise externa se inicia com o ambiente no qual a empresa se insere.
(4) Envolve avaliar os pontos fortes e fracos da empresa, ou seja, uma visão geral de suas habilidades e
recursos.
Corresponde a análise interna. Lembrando: pontos fortes e fracos - microambiente; oportunidades e ameaças
- macroambiente.
(2) As ferramentas que os gerentes têm para desenvolver essa etapa são: liderança, projeto estrutural, sistemas
de controle e informações e recursos humanos.
Para a implementação de estratégias, são necessários sistemas de controles e informações, recursos humanos,
liderança e um projeto.
(1) Inicia-se quando os dirigentes procuram avaliar a missão, metas e estratégias atuais da empresa
A missão, metas e estratégias atuais da empresa são informações obtidas dentro do ambiente organizacional,
portanto, correspondem à análise interna.

29. (FCM - 2016 - IFF - Administrador) O planejamento estratégico é ferramenta necessária e indispensável a
uma organização a fim de prevenir as incertezas por meio de técnicas e de processos administrativos que
permitem o planejamento do seu futuro, a elaboração de objetivos, estratégias, métodos e ações.
Analise as afirmativas abaixo.

I- O planejamento estratégico significa o ponto de partida na administração estratégica das organizações,


independente de seu tamanho e tipo.
II- A partir do processo de planejamento estratégico, a organização identificará as oportunidades e as ameaças
em um mercado globalizado e competitivo como o atual.
III- O planejamento está relacionado ao alto nível da organização, é ele que estabelece a melhor direção a ser
seguida.
IV- O principal auxílio para a alta administração é o planejamento estratégico que orienta as decisões tomadas
sem levar em conta a alta margem de erro do planejamento.

Estão corretas as afirmativas

a) I e III.
b) II e IV.
c) I, II e III.
d) I, III e IV.
e) I, II, III e IV.

GABARITO: ITEM C
Comentário:
I- O planejamento estratégico significa o ponto de partida na administração estratégica das organizações,
independente de seu tamanho e tipo.
Verdadeiro. Sempre se começa pelo planejamento, visto que é a primeira função administrativa, e sempre se
inicia pelo longo prazo que é o estratégico, já que ele define a razão de existência da empresa e onde ela
pretende chegar.
II- A partir do processo de planejamento estratégico, a organização identificará as oportunidades e as ameaças
em um mercado globalizado e competitivo como o atual.
Verdadeiro. Durante o planejamento estratégico, analisam-se as oportunidades e ameaças.
III- O planejamento está relacionado ao alto nível da organização, é ele que estabelece a melhor direção a ser
seguida.
Verdadeiro. Sabemos que existe planejamento nos níveis estratégico, tático e operacional, mas não torna o
item falso, apenas incompleto.
IV- O principal auxílio para a alta administração é o planejamento estratégico que orienta as decisões tomadas
sem levar em conta a alta margem de erro do planejamento.
Falso. Todo planejamento deve levar em consideração a margem de erro, visto que as organizações são
sistemas abertos e sujeitos a incertezas.

30. (FCM - 2016 - IFF - Administrador) Planejamento estratégico pode ser a função determinante que antecipa
o que a organização deve fazer e quais os objetivos que devem ser atingidos. Assim,

a) o planejamento estratégico é uma ferramenta que surgiu com as novas tecnologias, visando ao futuro.
b) a partir do planejamento estratégico, a organização não terá que definir políticas empresariais e tomar
decisões.
c) pelo planejamento, podem-se ver as oportunidades e os problemas do futuro e explorá-los ou combatê-los
sem precisar traçar o futuro.
d) o planejamento, apesar do mercado globalizado, não tem como objetivo nortear as ações gerenciais da
empresa com base no mercado externo.
e) a partir do processo de planejamento estratégico, a organização identificará as oportunidades e as ameaças
em um mercado globalizado e competitivo como o atual.

GABARITO: ITEM E
Comentário:

a) o planejamento estratégico é uma ferramenta que surgiu com as novas tecnologias, visando ao futuro.
Falso. O planejamento estratégico ocorre desde a década de 40.
b) a partir do planejamento estratégico, a organização não terá que definir políticas empresariais e tomar
decisões.
Falso. As políticas são definidas no nível tático. A partir do planejamento estratégico deve ser elaborado o
planejamento tático.
c) pelo planejamento, podem-se ver as oportunidades e os problemas do futuro e explorá-los ou combatê-los
sem precisar traçar o futuro.
Falso. O planejamento vai justamente traçar o futuro.
e) o planejamento, apesar do mercado globalizado, não tem como objetivo nortear as ações gerenciais da
empresa com base no mercado externo.
Falso. O “não” deixa o item incorreto, pois o planejamento tem como objetivo nortear as ações gerencias da
empresa com base no mercado externo e ambiente interno.
e) a partir do processo de planejamento estratégico, a organização identificará as oportunidades e as ameaças
em um mercado globalizado e competitivo como o atual.
Verdadeiro. A fase de diagnóstico que ocorre no planejamento estratégico engloba a análise externa,
identificando oportunidades e ameaças.

31. (FCM - 2016 - IFF - Administrador) “Não há consenso entre os diversos autores de Planejamento quanto à
sequência das etapas de elaboração de um planejamento estratégico organizacional”. Souza (2010) adota, em
sua publicação, as seguintes etapas na definição da identidade institucional: Missão, Visão e Valores
Institucionais.
Analise as afirmativas abaixo, sobre Missão, e marque (V) para verdadeiro ou (F) para falso.

( ) A missão define e se confunde com os produtos ou serviços ofertados pela Organização.


( ) A declaração da missão deve responder a seguinte questão: “ por que e para que existimos”.
( ) Nas organizações públicas, deve ser entendida como sua área de competência.
( ) Representa a razão da existência de uma organização, ou seja, o que ela faz, porque faz e para quem.
( ) A missão é estabelecida sobre os fins da instituição e corresponde à direção suprema que a organização
busca alcançar.

A sequência correta é

a) V, V, F, F, V.
b) F, F, V, V, V.
c) F, V, V, V, F.
d) F, F, V, V, F.
e) V, V, V, V, F.

GABARITO 31: ITEM C


Comentário:
(F) A missão define e se confunde com os produtos ou serviços ofertados pela Organização.
Falso. A missão define a área de atuação, ela estabelece de uma maneira geral com o que a empresa trabalha.
Pode até definir de maneira genérica os produtos ou serviços com os quais trabalha, mas jamais se confunde
com eles.
(V) A declaração da missão deve responder a seguinte questão: “ por que e para que existimos”.
Verdadeiro. A missão corresponde à razão de existência da empresa, respondendo, portanto, à pergunta “por
que e para que eu existo?”
(V) Nas organizações públicas, deve ser entendida como sua área de competência.
Verdadeiro. A missão pode definir a área de atuação da empresa, no âmbito da administração pública, sendo
a sua área de competência.
(V) Representa a razão da existência de uma organização, ou seja, o que ela faz, porque faz e para quem.
Verdadeiro. A missão corresponde à razão de existência da empresa, respondendo, portanto, à pergunta “por
que e para que eu existo?”.
(F) A missão é estabelecida sobre os fins da instituição e corresponde à direção suprema que a organização
busca alcançar.
Falso. A direção suprema que a organização busca alcançar é a visão.

32. (FCM - 2016 - IFF – Administrador adaptada) Tendo o Tribunal de Contas da União como exemplo de
Instituição a ser analisada, relacione as colunas abaixo.

1. Missão
2. Visão de Futuro
3. Valores

( ) Ser uma instituição de referência no Controle.


( ) Ética, efetividade, independência, justiça e profissionalismo.
( ) Assegurar a efetiva e regular gestão dos recursos públicos em benefício da sociedade.

A sequência correta é

a) 3, 1, 3.
b) 2, 1, 1.
c) 1, 2, 3,
d) 1, 3, 2.
e) 2, 3, 1

GABARITO: ITEM E
Comentário:

(2) Ser uma instituição de referência no Controle.


Corresponde à visão, ou seja, aquilo que a organização ainda não é, mas busca ser no futuro.
(3) Ética, efetividade, independência, justiça e profissionalismo.
Corresponde aos valores, os princípios que norteiam o comportamento das pessoas da organização.
(1) Assegurar a efetiva e regular gestão dos recursos públicos em benefício da sociedade.
Corresponde à missão da organização, a sua razão de existência, respondendo à pergunta “para que eu
existo?”.

33. (IFPI - 2016 - IFPI - Professor-Administração) Considerando que o ambiente externo está em constante
mutação, oferecendo oportunidades e ameaças, a estratégia é algo extremamente dinâmico, constituindo um
processo de constantes mudanças, adaptações e reformulações, com o objetivo de levar a empresa em frente,
em uma situação favorável. Nesse contexto, marque a alternativa INCORRETA.

a) A análise interna e externa da empresa deverá ser realista, integrada e contínua.


b) A visão da empresa, seus valores, a análise interna e externa são componentes do seu diagnóstico
estratégico.
c) O ambiente oferece à empresa oportunidades que deverão ser usufruídas e ameaças que deverão ser
evitadas.
d) O diagnóstico estratégico deve levar em consideração o ambiente e suas variáveis relevantes no qual está
inserida a empresa.
e) O diagnóstico estratégico deve ter enfoque no momento atual, desconsiderando possíveis desafios ou
momentos futuros. Somente assim será possível a construção da dimensão crítica para o sucesso da empresa
analisada.

GABARITO: ITEM E
Comentário:
A análise interna e externa deve sempre ser realista, integrada e contínua e, juntamente com a visão e os
valores, farão parte do diagnóstico estratégico. Nesse diagnóstico serão identificados: pontos fortes, que
devem ser explorados; pontos fracos, que devem ser melhorados; oportunidades, que devem ser
aproveitadas; e ameaças que devem ser evitadas. O diagnóstico é feito por meio da análise interna e externa,
logo, a externa considera o ambiente no qual a empresa está inserida, destacando as oportunidades e
ameaças. O erro está no item E, que afirma que o diagnóstico deve desconsiderar possíveis desafios ou
momentos futuros, o que é falso, pois o diagnóstico deve sempre considerar o futuro e preparar a empresa
para reagir a diversos cenários. Regra geral, a análise interna é tão importante quanto a análise externa. No
entanto, caso a questão dê a entender que a empresa precisa ser competitiva e ganhar do concorrente, a
análise externa será ainda mais importante que a análise interna.

34. (CESPE - 2016 - TCE-SC - Auditor de Controle Externo) No que diz respeito ao referencial estratégico das
organizações, julgue o item subsecutivo.
Na elaboração do diagnóstico institucional de uma empresa pública, a análise interna caracteriza-se por ser
restritiva e controlável e por identificar os pontos fortes e fracos da organização; a análise externa, apesar de ser
ampla e estar relacionada com o conhecimento de aspectos externos à organização, ainda lida com um ambiente
controlável.
(  ) Verdadeiro (  ) Falso

GABARITO: ITEM FALSO


Comentário:
A análise externa lida com um ambiente que não faz parte da organização, sendo, portanto, incontrolável.

35. (FCC - 2016 - ELETROBRAS-ELETROSUL - Superior) Suponha que determinada organização esteja iniciando
um processo articulado de definição de objetivos e escolha de meios para atingi-los, nos moldes tradicionais de
planejamento estratégico. Nesse diapasão, com base nas metodologias disponíveis e nos conceitos consolidados
na literatura especializada, uma etapa a ser percorrida consiste em

a) definir a visão, que expressa a própria razão de ser da organização, ou seja, sua essência.
b) estabelecer a missão da organização, o que corresponde ao consenso sobre os objetivos a serem atingidos.
c) criar cenários a serem perseguidos pela organização, representados por indicadores e metas.
d) realizar uma análise do ambiente externo da organização, identificando ameaças e oportunidades.
e) efetuar o diagnóstico institucional, que é restrito à identificação dos pontos fortes e fracos da organização.

GABARITO: ITEM D
Comentário:
a) definir a visão, que expressa a própria razão de ser da organização, ou seja, sua essência.
Falso. A razão de ser da organização é a missão.
b) estabelecer a missão da organização, o que corresponde ao consenso sobre os objetivos a serem atingidos.
Falso. Missão é a razão de existência.
c) criar cenários a serem perseguidos pela organização, representados por indicadores e metas.
Falso. A etapa de criação de cenários vem após a definição dos objetivos, o qual precede a elaboração de
indicadores e metas.
d) realizar uma análise do ambiente externo da organização, identificando ameaças e oportunidades.
Verdadeiro. Análise externa corresponde à identificação de ameaças e oportunidades.
e) efetuar o diagnóstico institucional, que é restrito à identificação dos pontos fortes e fracos da organização.
Falso. A palavra “restrito” torna o item falso, pois além da análise interna, que corresponde à identificação de
pontos fortes e fracos, o diagnóstico abrange a análise externa, a qual corresponde à identificação de
oportunidades e ameaças.

(FUNDEP - 2016 - IFNMG - Administrador) Analise as afirmativas a seguir sobre o processo de elaboração
do planejamento estratégico, assinalando com V as verdadeiras e com F as falsas.

36. Enquanto a estratégia empresarial se preocupa com “o como fazer” para atingir os objetivos empresariais
propostos, o planejamento estratégico volta-se para “o que fazer”.
(  ) Verdadeiro (  ) Falso

GABARITO: FALSO
Comentário:
Djalma afirma que o nível estratégico estabelece o “como fazer”, usando uma abordagem mais abrangente, e
o operacional, responsável pelas atividades, procedimentos e métodos, estabelece “o que fazer”, usando uma
abordagem detalhada.

37. O diagnóstico da situação atual da empresa face ao ambiente externo e a identificação das ameaças e
oportunidades constituem o ponto de partida para o estabelecimento dos objetivos empresariais, mesmo os de
curto prazo, e consequentemente para a formulação das alternativas estratégicas.
(  ) Verdadeiro (  ) Falso

GABARITO: VERDADEIRO
Comentário:
Há divergência entre os autores sobre as primeiras etapas do planejamento. Regra geral, o planejamento se
inicia com a definição da missão, visão e valores, seguido pela definição dos objetivos e metas e depois o
diagnóstico. Porém, há uma minoria dos autores que defende que o diagnóstico deve ser realizado primeiro
para, em seguida, serem definidos os objetivos e as metas, tornando o item verdadeiro.

38. (CESPE - 2016 - FUB - Engenheiro) Acerca do processo administrativo, julgue o item que se segue.
A análise SWOT é uma importante ferramenta de apoio ao diagnóstico organizacional, que permite a uma
organização identificar pontos fracos para o alcance dos seus objetivos, como, por exemplo, detectar a
impossibilidade de acesso a matérias-primas disponíveis no mercado e necessárias à realização de seu negócio.
(  ) Verdadeiro (  ) Falso

GABARITO: VERDADEIRO
Comentário:
Essa questão com certeza queria pegar você, mas espero que não tenha conseguido, se conseguiu só foi uma
falta de atenção e não falta de conhecimento, tenho certeza.
A análise SWOT é uma importante ferramenta de diagnóstico e identifica tanto os pontos fortes e fracos,
correspondendo à análise interna, como as oportunidades e ameaças, correspondendo à análise externa. A
detecção da impossibilidade de acesso a matérias-primas que estão disponíveis no mercado corresponde a um
ponto fraco da organização, pois é algo negativo e cuja impossibilidade de acesso parte da própria empresa,
já que as matérias primas estão disponíveis no mercado.
39. (ESAF - 2016 - ANAC - Analista Administrativo) Uma ferramenta bastante utilizada na formulação de
estratégias é a matriz SWOT (S ─ Strengths, W ─ Weaknesses, O ─ Opportunities e T ─ Threats). Nesse sentido,
assinale a opção que está correta.

a) A matriz SWOT confronta as ameaças e as oportunidades do ambiente com as forças e as fraquezas da


organização, gerando insumos para as estratégias da organização.
b) O principal objetivo da matriz SWOT é permitir um olhar objetivo sobre as ameaças que compõem seu
negócio, isso possibilita que você possa desenvolver e firmar bem sua estratégia empresarial.
c) No processo de elaboração de estratégias competitivas, as empresas devem analisar, de forma secundária,
os aspectos relativos ao ambiente externo.
d) A oportunidade consiste em uma circunstância que, se bem explorada no ambiente organizacional, contribui
para a redução da competitividade estratégica.
e) A capacidade de inovação no ambiente organizacional é considerada uma ameaça à estratégia competitiva
de uma empresa, visto que desestabiliza as estratégias elaboradas.

GABARITO: ITEM A
Comentário:
a) A matriz SWOT confronta as ameaças e as oportunidades do ambiente com as forças e as fraquezas da
organização, gerando insumos para as estratégias da organização. Em outras palavras, após fazer a analise das
variáveis internas e externas são estabelecidas as estratégias.
Verdadeiro. É a correta definição da atuação da Matriz SWOT.
b) O principal objetivo da matriz SWOT é permitir um olhar objetivo sobre as ameaças que compõem seu
negócio, isso possibilita que você possa desenvolver e firmar bem sua estratégia empresarial.
Falso. O principal objetivo da matriz SWOT não é permitir um olhar objetivo sobre as ameaças e sim sobre
todos os aspectos internos e externos, englobando forças, fraquezas e oportunidades além das ameaças.
c) No processo de elaboração de estratégias competitivas, as empresas devem analisar, de forma secundária,
os aspectos relativos ao ambiente externo.
Falso. Regra geral, não há uma hierarquia de importância entre a análise interna e externa, mas cuidado, se a
questão falar em estratégias competitivas, primeiro se analisa o ambiente externo e depois o ambiente
interno, pois tenho que conhecer as minhas oportunidades e ameaças para saber como está o desempenho da
empresa.
d) A oportunidade consiste em uma circunstância que, se bem explorada no ambiente organizacional, contribui
para a redução da competitividade estratégica.
Falso. A oportunidade bem explorada contribui para a o aumento da competitividade estratégica.
e) A capacidade de inovação no ambiente organizacional é considerada uma ameaça à estratégia competitiva
de uma empresa, visto que desestabiliza as estratégias elaboradas.
Falso. Quando se fala em ambiente organizacional, fala-se no ambiente interno. A capacidade de inovação no
ambiente organizacional é, portanto, considerada uma fortaleza da estratégia competitiva de uma empresa.

40. (CESPE - 2016 - TCE-SC - Auditor de Controle Externo) A respeito dos processos organizacionais de
planejamento e de tomada de decisões, julgue o item que se segue.
A matriz SWOT é uma ferramenta que possibilita ao gestor criar análises de cenário e embasar o planejamento
estratégico da organização, além de auxiliá-lo na verificação da posição estratégica da empresa, posição essa
que, segundo a matriz SWOT, pode ser classificada em manutenção, sobrevivência, crescimento ou
desenvolvimento.
(  ) Verdadeiro (  ) Falso
Comentário:
A Matriz SWOT é uma ferramenta usada no diagnóstico de forma a analisar o cenário interno e externo e
identificar oportunidades, ameaças, pontos fortes e fracos. Para auxiliar na formulação da estratégia ideal, é
usada a Matriz de Stevenson, que, com base na Matriz SWOT, estabelece 4 estratégias, sendo elas:
manutenção, sobrevivência, crescimento e desenvolvimento.
Veja a figura a seguir: A matriz de Stevenson contempla quatro posturas

AMBIENTE
INTERNO
SWOT

Predominância de Pontos fracos Predominância de Pontos fortes

Predominância
de: Estratégias
Estratégias de Sobrevivência
de Manutenção
Ameaças
AMBIENTE
EXTERNO
Predominância
de: Estratégias de Crescimento Estratégias de Desenvolvimento
Oportunidade

GABARITO: VERDADEIRO

41. (CESPE - 2016 - TCE-PA - Auditor) A respeito de aspectos inerentes ao planejamento, julgue o próximo item.
Segundo a análise SWOT de um órgão público, a identificação de servidores altamente qualificados em seu
quadro de pessoal consiste em uma estratégia para influenciar positivamente o alcance de resultados.
(  ) Verdadeiro (  ) Falso

GABARITO: FALSO
Comentário:
A identificação de servidores altamente qualificados em seu quadro de pessoal é algo positivo que parte da
própria empresa, sendo assim uma fortaleza na análise da Matriz SWOT, e não uma estratégia. A estratégia é
a forma de aproveitar as oportunidades e fortalezas, eliminar as fraquezas e evitar as ameaças identificadas
no diagnóstico.

42. (CESPE - 2016 - TCE-PA - Auditor) Julgue o item que se segue, relativos a aspectos diversos do processo de
planejamento.
Em uma análise SWOT, a identificação de servidores desqualificados para o exercício das suas atribuições
caracteriza uma ameaça, porque o despreparo funcional pode influenciar negativamente o desempenho
almejado.
(  ) Verdadeiro (  ) Falso

GABARITO: FALSO
Comentário:
Semelhante à questão anterior, a identificação de servidores desqualificados para o exercício das suas
atribuições caracteriza algo negativo que parte de dentro da empresa, logo, corresponde a uma fraqueza na
análise da Matriz SWOT.
43. (FCC - 2016 - Copergás-PE - Analista) Considere que determinada entidade integrante da Administração
Indireta pretenda implementar planejamento estratégico, utilizando, como metodologia, o Balanced Scorecard –
BSC. Em sua etapa inicial, de diagnóstico institucional, foi utilizada a matriz SWOT, com o objetivo de identificar,
na análise dos aspectos externos da organização,

a) ameaças e oportunidades.
b) cenários otimistas e pessimistas.
c) desafios e competências requeridas.
d) fatores exógenos e endógenos.
e) variáveis críticas e neutras.

GABARITO 43: ITEM A


Comentário:
Na Matriz SWOT, ferramenta utilizada no diagnóstico, é feita a análise interna, que identifica pontos fortes e
fracos, e a análise externa, que identifica oportunidades e ameaças. A análise externa corresponde, portanto,
ao item A.

44. (CESPE - 2016 - TCE-PR - Analista) A respeito das ferramentas utilizadas para a elaboração do planejamento
estratégico e a definição de visão e missão, assinale a opção correta.

a) A ferramenta 5W2H corresponde a um formulário cuja finalidade é auxiliar no controle e execução das
tarefas da organização.
b) Na análise SWOT de um tribunal, a identificação da existência, no mercado, de cursos altamente
recomendados para capacitações em assuntos jurídicos representa uma oportunidade.
c) Inspirar, na sociedade, a certeza do controle dos recursos públicos caracteriza uma visão de futuro, por se
referir àquilo que determinado órgão almeja alcançar em um determinado período de tempo.
d) Na análise SWOT de um órgão, as forças do ambiente interno juntamente com as oportunidades do mercado
promovem uma situação de estabilidade, com predominância de crescimento.
e) O aspecto tendência, na matriz GUT (gravidade, urgência e tendência), representa o potencial de
Comentário de um problema: atribui-se maior pontuação conforme seja grande a probabilidade de solucionar a
situação.

GABARITO: ITEM B
Comentário:
Observação:
A ferramenta 5W2H é uma ferramenta da gestão da qualidade:
Why? Porque?
Who? Quem?
Where? Onde?
What? O que ?
When? Quando?
How? Como?
How much?Quanto?

a) A ferramenta 5W2H corresponde a um formulário cuja finalidade é auxiliar no controle e execução das
tarefas da organização.
Falso. A 5W2H é uma ferramenta da gestão da qualidade cuja finalidade é auxiliar no planejamento
operacional.
b) Na análise SWOT de um tribunal, a identificação da existência, no mercado, de cursos altamente
recomendados para capacitações em assuntos jurídicos representa uma oportunidade.
Verdadeiro. A identificação de cursos altamente recomendados para capacitações em assuntos jurídicos é algo
positivo e que está localizado fora da organização, sendo, portanto uma oportunidade.
c) Inspirar, na sociedade, a certeza do controle dos recursos públicos caracteriza uma visão de futuro, por se
referir àquilo que determinado órgão almeja alcançar em um determinado período de tempo.
Falso. Inspirar, na sociedade, a certeza do controle dos recursos públicos está mais associada à missão.
d) Na análise SWOT de um órgão, as forças do ambiente interno juntamente com as oportunidades do mercado
promovem uma situação de estabilidade, com predominância de crescimento.
Falso. Na matriz de Stevenson, oportunidades juntamente a pontos fortes corresponde à estratégia de
desenvolvimento.
e) O aspecto tendência, na matriz GUT (gravidade, urgência e tendência), representa o potencial de
Comentário de um problema: atribui-se maior pontuação conforme seja grande a probabilidade de solucionar a
situação.
Falso. Atribui-se maior pontuação conforme a prioridade dos problemas e não a capacidade de Comentário.

45. (PREF. DO RIO DE JANEIRO - 2016 - PREF. DO RIO DE JANEIRO - Administrador) O subsecretário de
planejamento da SMTR solicitou ao administrador que fizesse uma análise do transporte público rodoviário
utilizando a matriz SWOT ou FOFA (Forças, Oportunidades, Fraquezas e Ameaças). Ele constatou que, devido às
mudanças promovidas nas linhas de ônibus municipal, houve um aumento no número de reclamações dos
usuários registradas no Portal 1746. Essas reclamações representam para a Secretaria uma:

a) oportunidade de mudanças
b) força do usuário
c) fraqueza da Secretaria
d) ameaça às mudanças

GABARITO: ITEM D
Resoluções:
Reclamações de usuários são um ponto negativo que parte de fora da organização, sendo, portanto, uma
ameaça para a organização.

46. (FGV - 2016 - IBGE - Analista) Neste momento duas organizações estão construindo os seus respectivos
planos estratégicos e optaram pela Matriz SWOT (Matriz FOFA, em português) como ferramenta para a análise
de seus ambientes de atuação. Ambas identificaram a variação cambial como fator que afeta ou poderá afetar
os seus ambientes de negócios. Sendo assim, a variação cambial pode ser considerada:

a) uma oportunidade ou uma fraqueza;


b) uma fraqueza ou uma ameaça;
c) uma força ou uma fraqueza;
d) uma oportunidade ou uma força;
e) uma ameaça ou uma oportunidade.

GABARITO: ITEM E
Comentário:
Variação cambial é uma variável que parte de fora da empresa e pode ser considerada uma ameaça ou uma
oportunidade, dependendo da forma como a organização trabalhe, se ela exporta mercadorias e o dólar sobe,
é uma oportunidade, mas se a empresa importa, o aumento do dólar é uma ameaça.

47. (FCC - 2016 - PREF. DE TERESINA-PI - Superior) Dentre as diversas etapas para o desenvolvimento de uma
adequada sistemática de planejamento financeiro de longo prazo encontra-se a

I. seleção de uma técnica confiável de projeção de demonstrações financeiras.


II. adoção de metodologia de adaptação dos planos às variáveis externas não controláveis.
III. análise SWOT, para identificação de pontos fortes, fraquezas, oportunidades e ameaças.

Está correto o que consta em

a) I, apenas.
b) I e II, apenas.
c) II e III, apenas.
d) III, apenas.
e) I, II e III.

GABARITO: ITEM E
Comentário:
Todos os itens estão corretos. Estão dentre as etapas para o desenvolvimento de um adequado planejamento
financeiro a seleção de uma técnica confiável de projeção de demonstrações financeiras, adaptar os planos às
variáveis externas não controláveis e realizar análise SWOT para identificar forças, fraquezas, oportunidades
e ameaças.

48. (FUNRIO - 2016 - IF-BA - Administrador) O governo da Índia promoveu uma discussão sobre a infraestrutura
educacional do país, com o propósito de estabelecer os requisitos para a sociedade do conhecimento do ano
2020 e definir um plano de ação para a área. Para tanto, será necessário analisar o posicionamento competitivo
da educação na Índia, o que foi feito com a utilização da análise SWOT. A relação de itens levantados foi a
seguinte:

A. Universidades bem estabelecidas;


B. Falta de motivação de professores e de estudantes;
C. Importância crescente dos trabalhadores do conhecimento;
D. Competição de outros países, como China, Rússia, Irlanda e Filipinas;
E. Educação superior pode não ser acessível a crianças pobres;
F. Uso de internet para serviços e comercialização de softwares, levando alunos a criar escolas modelos na
educação;
G. Educação centralizada na avaliação;
H. Custos aceitáveis na educação;
I. Língua inglesa como meio de educação;
J. Fracos vínculos entre educação e academia.

(Projeto EDRKS – Resultado da análise SWOP conforme Chowdary, 1998, citado em Tarapanoff 2001)

Qual das alternativas apresenta a análise SWOT correta?

a) Pontos Fortes: A, H e I; Pontos Fracos: B, G e J; Oportunidades: C e F; Ameaças: D e E.


b) Pontos Fortes: A, H e I; Pontos Fracos: G e J; Oportunidades: B, C e F; Ameaças: D e E.
c) Pontos Fortes: A e H; Pontos Fracos: B, G e J; Oportunidades: C e F; Ameaças: D, E e I.
d) Pontos Fortes: A e I; Pontos Fracos: G e J; Oportunidades: C e F; Ameaças: B, D e E.
e) Pontos Fortes: A, H e J; Pontos Fracos: B, G e I; Oportunidades: C e F; Ameaças: D e E.

GABARITO: ITEM A
Comentário: Analisando a India como um todo:
A. Universidades bem estabelecidas; (Fortaleza)
B. Falta de motivação de professores e de estudantes; (Fraqueza)
C. Importância crescente dos trabalhadores do conhecimento; (Oportunidade)
D. Competição de outros países, como China, Rússia, Irlanda e Filipinas; (Ameaça)
E. Educação superior pode não ser acessível a crianças pobres; (Fraqueza)
F. Uso de internet para serviços e comercialização de softwares, levando alunos a criar escolas modelos na
educação; (Fortaleza)
G. Educação centralizada na avaliação; (Fraqueza)
H. Custos aceitáveis na educação; (Fortaleza)
I. Língua inglesa como meio de educação; (Fortaleza)
J. Fracos vínculos entre educação e academia. (Fraqueza)

(FUNRIO - 2016 - IF-BA – Administrador - adaptada) Avalie as afirmativas e indique se são falsas ou
verdadeiras no que se refere às ferramentas de análise ambiental quando da realização do planejamento
estratégico:

49. Matriz SWOT – insere-se no campo da análise do ambiente e é comumente empregada em processos de
planejamento estratégico para avaliação do posicionamento da organização e sua capacidade de competição;
(  ) Verdadeiro (  ) Falso

GABARITO: VERDADEIRO
Comentário:
Faz-se a análise SWOT para avaliar como é que a empresa está e para que ela seja mais competitiva. É feita
durante o planejamento, na etapa de diagnóstico.

50. Balanced Scorecard – sistema de gerenciamento estratégico que monitora as estratégias da organização por
meio de mecanismos de mensuração.
(  ) Verdadeiro (  ) Falso

GABARITO: VERDADEIRO
Comentário:
O BSC avalia como a empresa está trabalhando em função do planejamento estratégico, por meio de
indicadores, auxiliando na correta implementação da estratégia. As perspectivas analisadas no BSC são 4:

Aprendizado e Crescimento
Processos Internos
Clientes
Financeira

51. (UFBA - 2017 - UFSBA - Secretário Executivo) Auxiliando no processo de análise estratégica de uma
universidade pública em que trabalha, um Secretário Executivo utilizou como uma das ferramentas a análise
SWOT. Marque a alternativa que apresenta um elemento das potenciais oportunidades que pode estar presente
na análise realizada.

a) Infraestrutura de qualidade
b) Quadro de servidores capacitados
c) Acervo bibliográfico amplo e atualizado
d) Alta demanda por cursos superiores na região

GABARITO: ITEM D
Comentário:
Alta demanda por cursos superiores na região é algo positivo e que está fora da organização, sendo, portanto,
uma oportunidade. Infraestrutura de qualidade, quadro de servidores capacitados e acervo bibliográfico
amplo e atualizado são pontos positivos, porém que estão dentro da organização, sendo, portanto, pontos
fortes.
52. (FCC - 2015 - TRT-PR - Analista Judiciário) Uma das etapas relevantes do planejamento estratégico é o
diagnóstico institucional ou estratégico, que, por seu turno, comporta uma análise interna e uma análise
externa:

I. a primeira, restrita e controlável, identifica os pontos fortes e fracos da organização.


II. a segunda, ampla, identifica as ameaças e oportunidades.
III. ambos, conjugadas, conduzem à identificação da missão e da visão da instituição.

Está correto o que se afirma APENAS em

a) I e III.
b) III.
c) II.
d) I.
e) I e II.

GABARITO: ITEM E.
Comentário:
Os itens I e II estão corretos, pois correspondem corretamente à análise interna e externa, sendo a interna
restrita e controlável, identificando pontos fortes e fracos, e a análise externa ampla, incontrolável,
identificando ameaças e oportunidades. Porém, a análise interna e a externa, conjugadas, NÃO conduz à
identificação da missão e da visão da instituição, tornando o item III falso, pois, regra geral, a definição da
missão, visão e valores é a primeira etapa do planejamento. Há uma divergência entre os autores a respeito
das primeiras etapas do planejamento, mas somente a minoria destes afirma que o diagnóstico seria a primeira
etapa.

53. (FCC - 2015 - TRE-SE - Analista Judiciário) Uma Secretaria Estadual de Saúde elaborou um plano, que definiu
as forças e fraquezas da política estadual de saúde. Essa metodologia de planejamento refere-se a:

a) Planejamento tático.
b) Planejamento setorial.
c) Balanced Scorecard.
d) Análise SWOT.
e) Mapa estratégico.

GABARITO: ITEM D
Comentário:
A análise que define forças, fraquezas, oportunidades e ameaças é a análise SWOT. Planejamento tático e
setorial são sinônimos, ambos correspondem ao planejamento a nível departamental. Balanced Scorecard
(BSC) é uma metodologia de gestão de desempenho desenvolvida por Robert Kaplan e David Norton, que
defendem que é necessário acompanhar o desempenho da organização em relação a quatro perspectivas, ou
dimensões, sendo estas: financeira, clientes, processos internos e aprendizado e crescimento. Mapa
estratégico é a representação gráfica do planejamento estratégico de uma organização.

54. (CESPE - 2015 - TCU - Auditor de Controle) Julgue o item a seguir, que tratam de ferramentas utilizadas pela
administração pública.
A matriz SWOT auxilia na análise de oportunidades e ameaças, aspectos relacionados ao ambiente externo à
organização, e na análise de forças e fraquezas, relacionadas a seu ambiente interno.
(  ) Verdadeiro (  ) Falso
GABARITO: VERDADEIRO
Comentário:
Item correto, corresponde perfeitamente ao conceito da Matriz SWOT, que é uma ferramenta de diagnóstico
que identifica pontos fortes e fracos na análise interna e oportunidades e ameaças na análise externa.

55. (FGV - 2015 - PREFEITURA DE CUIABÁ-MT - Especialista em Saúde) A metodologia de análise SWOT é um
modelo que utiliza a prospecção dos ambientes interno e externo da organização em busca de maior
compreensão da própria empresa e da concorrência para a formulação, execução e gerenciamento da estratégia.

Nesse sentido, analise as afirmativas a seguir.

I. A análise do ambiente externo da organização permite ao planejador avaliar a força de trabalho da sua
organização.
II. A análise do ambiente externo da organização permite ao planejador avaliar a capacidade gerencial da
diretoria.
III. A análise do ambiente externo da organização permite ao planejador avaliar a influência da legislação no
seu negócio.

Assinale:

a) se somente a afirmativa I estiver correta.


b) se somente a afirmativa II estiver correta.
c) se somente a afirmativa III estiver correta.
d) se somente as afirmativas I e III estiverem corretas.
e) se todas as afirmativas estiverem corretas.

GABARITO: ITEM C
Comentário:
I. A análise do ambiente externo da organização permite ao planejador avaliar a força de trabalho da sua
organização.
Falso. A análise do ambiente INTERNO da organização permite ao planejador avaliar a força de trabalho da sua
organização.
II. A análise do ambiente externo da organização permite ao planejador avaliar a capacidade gerencial da
diretoria.
Falso. A análise do ambiente INTERNO da organização permite ao planejador avaliar a capacidade gerencial da
diretoria.
III. A análise do ambiente externo da organização permite ao planejador avaliar a influência da legislação no
seu negócio.
Verdadeiro. A legislação é uma influência externa à organização, portanto é avaliada na análise externa.

56. (FGV - 2015 - PREFEITURA DE CUIABÁ-MT - Especialista em Saúde) Com relação à análise SWOT, assinale a
afirmativa correta.

a) Pontos fortes são aqueles criados pelo planejamento estratégico.


b) Pontos fracos são aqueles criados pelo processo de competição.
c) Pontos fortes facilitam a formulação estratégica em ambiente de oportunidades.
d) Pontos fortes e pontos fracos são funções relativas ao ambiente externo.
e) Pontos fracos podem ser utilizados para minimizar investimentos.

GABARITO: ITEM C
Comentário:
a) Pontos fortes são aqueles criados pelo planejamento estratégico.
Falso. Pontos fortes podem ser identificados pelo planejamento estratégico na fase do diagnóstico.
b) Pontos fracos são aqueles criados pelo processo de competição.
Falso. A competição entre as empresas ocorre nas ameaças que a empresa enfrenta.
c) Pontos fortes facilitam a formulação estratégica em ambiente de oportunidades.
Verdadeiro. A existência de pontos fortes auxilia no aproveitamento de oportunidades, devendo ser adotada,
segundo a Matriz de Stevenson, a estratégia de desenvolvimento.
d) Pontos fortes e pontos fracos são funções relativas ao ambiente externo.
Falso. Pontos fortes e pontos fracos são funções relativas ao ambiente interno.
e) Pontos fracos podem ser utilizados para minimizar investimentos.
Falso. Pontos fracos em geral aumentam a necessidade de investimentos. Já os pontos fortes podem ser usados
para minimizá-los.

57. (FGV - 2015 - PREF. DE CUIABÁ-MT - Especialista em Saúde) Segundo Porter, cinco forças competitivas
regem as relações entre os diversos players de um determinado ramo de negócios e determinam algumas
condições gerais que devem ser conhecidas pelos administradores para que o seu processo de planejamento e
gestão possam obter bons resultados.
Nesse sentido, analise as afirmativas a seguir.

I. Novos entrantes são organizações determinadas a ocupar espaço num mercado já estabelecido.
II. Barreiras à entrada podem ser geradas por políticas governamentais.
III. A necessidade de economia de escala é uma das barreiras à entrada.

Assinale:

a) se somente a afirmativa I estiver correta.


b) se somente a afirmativa II estiver correta.
c) se somente a afirmativa III estiver correta.
d) se somente as afirmativas l e II estiverem corretas.
e) se todas as afirmativas estiverem corretas.

GABARITO: ITEM E
Comentário:
I. Novos entrantes são organizações determinadas a ocupar espaço num mercado já estabelecido.
Verdadeiro. A definição de novos entrantes está correta. São os possíveis concorrentes que podem surgir no
mercado.
II. Barreiras à entrada podem ser geradas por políticas governamentais.
Verdadeiro. Se políticas governamentais tornam custoso ou arriscado entrar em determinado mercado,
representarão uma barreira à entrada de novas empresas.
III. A necessidade de economia de escala é uma das barreiras à entrada.
Verdadeiro. Para obter economia de escala é preciso comprar em grandes quantidades, o que necessita de
capital de giro e um grande conhecimento de como produzir em grandes quantidades a custos baixos,
funcionando como uma barreira para empresas que não o possuem.

Observação: As 5 Forças competitivas de Porter são:


1. Poder do consumidor
2. Poder do fornecedor
3. concorrentes atuais
4. novos entrantes ou entrantes potenciais
5. produtos/serviços substitutos
60. (FGV - 2015 - PREF. DE CUIABÁ-MT - Especialista em Saúde) Segundo Porter, as organizações devem analisar
o ambiente competitivo no qual se insere e que é determinado por 5 forças.
Nas opções a seguir estão listadas algumas dessas forças, à exceção de uma. Assinale-a.

a) Rivalidade entre os concorrentes.


b) Domínio da tecnologia.
c) Ameaça de novos entrantes.
d) Poder de barganha dos fornecedores.
e) Ameaça de produtos ou serviços substitutos.

GABARITO: ITEM B
Comentário:

As 5 Forças competitivas de Porter são:


1. Poder do consumidor
2. Poder do fornecedor
3. concorrentes atuais
4. novos entrantes ou entrantes potenciais
5. produtos/serviços substitutos

Logo domínio de tecnologia não é uma força competitiva de Porter.

61. (IF-SC - 2015 - IF-SC - Professor) Michel Porter identificou cinco forças competitivas que determinam a
atratividade intrínseca, no longo prazo, de um mercado ou segmento de mercado. A alternativa CORRETA que
define essas cinco forças.

a) Concorrentes, substitutos, compradores, novos compradores potenciais e defensores.


b) Concorrentes, substitutos, compradores, novos compradores potenciais e fornecedores.
c) Concorrentes, novos concorrentes potenciais, fornecedores, defensores e compradores.
d) Concorrentes, parceiros, defensores, compradores e fornecedores.
e) Concorrentes, novos concorrentes potenciais, substitutos, compradores e fornecedores.

GABARITO: ITEM E
Comentário:
As 5 forças de Porter são: Concorrentes, ameaça de novos entrantes, produtos substitutos, poder de barganha
dos compradores e poder de barganha dos fornecedores. O item que melhor resume estes elementos é o item
E.

62. (IDECAN - 2015 - INMETRO - Analista) A intensidade da concorrência em uma indústria não é uma questão
de coincidência ou de má sorte. Ao contrário, a concorrência em uma indústria tem raízes em sua estrutura
econômica básica e vai além do comportamento dos atuais concorrentes. De acordo com Porter, o grau de
concorrência em uma indústria depende

a) apenas da capacidade financeira


b) somente da sofisticação tecnológica.
c) do conjunto das forças competitivas.
d) da reputação dos produtos no mercado.
e) significativamente do poder de negociação dos compradores.
GABARITO: ITEM C
Comentário:
O grau de concorrência em uma indústria depende, dentro outro fatores, do conjunto das forças competitivas.
Nos demais itens, palavras como “apenas”, “somente” e “significativamente” os tornam incorretos.

63. (IDECAN - 2015 - INMETRO - Analista) “Uma parcela grande das vendas é adquirida por um determinado
comprador, aumentando sua importância nos resultados. Para Porter, essa situação integra o conjunto das cinco
forças competitivas básicas." Assinale a alternativa que identifica corretamente qual força o trecho anterior se
refere.

a) Ameaça de novos entrantes.


b) Poder de negociação dos compradores.
c) Poder de negociação dos fornecedores.
d) Rivalidade entre as empresas existentes.
e) Ameaça de produtos ou serviços substitutos.

GABARITO: ITEM B
Comentário:
“Uma parcela grande das vendas é adquirida por um determinado comprador, aumentando sua importância
nos resultados.” Essa situação representa justamente o poder de negociação dos compradores, pois quando
apenas um determinado comprador adquire grande parcela das vendas ele detém um alto poder de barganha,
deixando a empresa a sua mercê.

64. (CCV-UFC - 2012 - UNILAB - Administrador) O Modelo das Cinco Forças de Michael Porter pressupõe que
uma estratégia empresarial é decorrente do grau de competitividade da indústria (setor da economia) em que
esta empresa opera. Sobre estas cinco forças, assinale a alternativa correta.

a) O poder de barganha dos fornecedores advém da possibilidade da oferta de novos produtos pelos
concorrentes.
b) Altas barreiras de entrada levam a uma desconcentração em uma indústria e a uma redução do seu grau de
rivalidade.
c) A ameaça de entrada de novos concorrentes é ampliada em uma indústria com altos custos de investimento
inicial.
d) A ameaça de produtos substitutos é mais intensa quando há uma elevada oferta de fornecedores com
produtos a preços competitivos.
e) O poder de barganha de compradores leva os fornecedores a uma redução do nível de preços ou a um
aumento do serviço agregado oferecido.

GABARITO: ITEM E
Comentário:
a) O poder de barganha dos fornecedores advém da possibilidade da oferta de novos produtos pelos
concorrentes.
Falso. O item cita 2 informações independentes. Se o fornecedor tem o poder de barganha então os preços
dos produtos ou serviçoes adquiridos pela empresa sobem, o que é prejudial para a empresa.
b) Altas barreiras de entrada levam a uma desconcentração em uma indústria e a uma redução do seu grau de
rivalidade.
Falso. Altas barreiras de entrada levam a uma concentração em uma indústria ou poucas indústrias já que é
difícil entrar no mercado.
c) A ameaça de entrada de novos concorrentes é ampliada em uma indústria com altos custos de investimento
inicial.
Falso. A ameaça de entrada de novos concorrentes é reduzida em uma indústria com altos custos de
investimento inicial.
d) A ameaça de produtos substitutos é mais intensa quando há uma elevada oferta de fornecedores com
produtos a preços competitivos.
Falso. A ameaça de produtos substitutos não tem relação com os fornecedores. O item ficaria correto dessa
forma: A concorrência atual é mais intensa quando há uma elevada oferta de concorrentes com produtos a
preços competitivos.
e) O poder de barganha de compradores leva os fornecedores a uma redução do nível de preços ou a um
aumento do serviço agregado oferecido.
Verdadeiro. Quando os compradores detêm um alto poder de barganha, a empresa fica a sua mercê,
precisando reduzir preços ou aumentar o nível do serviço para manter a sua receita.

65. (FGV - 2015 - FUNARTE - Administrador) O modelo de estratégias genéricas proposto por Michael Porter
permite identificar duas vantagens competitivas para a empresa, que podem ser desdobradas segundo um
escopo amplo ou focado. Usando esse modelo para analisar um evento histórico, o desenvolvimento da linha de
montagem por Henry Ford, é possível relacionar o uso dessa linha de montagem com empresas que buscam
posicionar-se estrategicamente por:

a) diferenciação no nicho;
b) liderança no custo total na indústria;
c) foco no cliente;
d) liderança no nicho do setor relativo;
e) diferenciação por customização do produto.

GABARITO: ITEM B
Comentário:
Michael Porter desenvolveu três estratégias genéricas: diferenciação, foco e liderança em custo. O
desenvolvimento da linha de montagem por Henry Ford buscava oferecer produtos a um preço bastante
reduzido, porém sem muita diferenciação ou personalização. Caracteriza-se, portanto, uma estratégia de
liderança em custo.

66. (PREF. DO RIO DE JANEIRO - 2016 - PREF. DO RIO DE JANEIRO - Administrador) Em outubro de 2015, foi
aprovada na Câmara o projeto de lei que autoriza a circulação do Uber na cidade. Ao realizar uma análise das
Cinco Forças de Mercado, ferramenta proposta por Porter, e amplamente utilizada na década de 80, o
administrador identificou o Uber, em relação ao sistema municipal de transporte, como um:

a) usuário
b) novo entrante
c) concorrente tradicional
d) fornecedor

GABARITO: ITEM B
Comentário:
O uber seria um novo entrante no mercado de transporte em carros particulares. Por muito tempo houve
somente táxis oferecendo esse serviço, porém o Uber percebeu a oportunidade de entrar no mercado
oferecendo serviços e preços melhores.

67. (FGV - 2016 - CODEBA - Administrador) Com relação às estratégias competitivas genéricas, postuladas por
Michael Porter para o enfrentamento das forças competitivas, analise as afirmativas a seguir.

I. As estratégias competitivas genéricas são liderança de custo, de diferenciação e de foco.


II. A adoção da estratégia de liderança de custo deve abranger todo o mercado.
III. A estratégia de foco permite a diferenciação em determinado nicho de mercado.

Assinale:
a) se somente a afirmativa I estiver correta.
b) se somente a afirmativa II estiver correta.
c) se somente a afirmativa III estiver correta.
d) se somente as afirmativas I e II estiverem corretas.
e) se todas as afirmativas estiverem corretas.

GABARITO: ITEM E
Comentário:
Todos os itens estão corretos. As 3 estratégias genéricas apresentadas por Michael Porter são: liderança em
custo, diferenciação e foco. Quando se utiliza uma estratégia de liderança em custo, é preciso abranger todo
o mercado. A única que abrange apenas uma parte será a estratégia de foco, que permite a diferenciação em
um determinado nicho de mercado. Logo todos os itens estão verdadeiros.

68. (FGV - 2016 - CODEBA - Analista) Entre os fatores que devem ser considerados, quando se estabelecem
estratégias de expansão para uma organização, estão os mercados a serem explorados e os produtos em
desenvolvimento. Igor Ansoff, considerado o precursor da gestão estratégica, criou a Matriz Ansoff na qual
apresenta uma distribuição 2X2 que combina tipos de produtos e de mercados para formular as estratégias
adequadas. Assinale a opção que apresenta a estratégia que inclui a combinação, de acordo com a Matriz Ansoff,
de mercados novos e produtos tradicionais.

a) Desenvolvimento de produto.
b) Diversificação de produtos e mercados.
c) Desenvolvimento de mercado.
d) Penetração de mercado.
e) Penetração de produto.

GABARITO: ITEM C
Comentário:
De acordo com a Matriz Ansoff, a combinação de mercados novos e produtos tradicionais (existentes)
apresenta a estratégia de Desenvolvimento de mercado. Veja a tabela a seguir:

69. (FUNCAB - 2015 - CRF-RO - Administrador) A ferramenta conhecida como “produto versus mercado”, que
em um mercado específico, auxilia o gestor na avaliação das oportunidades de crescimento de uma determinada
unidade de negócio, é conhecida como:

a) matriz de Ansoff.
b) brainstorming.
c) análise SWOT.
d) ciclo PDCA.
e) benchmarking.

GABARITO: ITEM A
Comentário:
A ferramenta conhecida como “produto versus mercado” que, em um mercado específico, auxilia o gestor na
avaliação das oportunidades de crescimento de uma determinada unidade de negócio, é conhecida como
matriz de Ansoff.

70. (FUNCAB - 2015 - SEPLAG-MG - Gestão Pública) A matriz Ansoff classifica as estratégias empresariais em
quatro categorias. Aquela que corresponde a uma estratégia de explorar novos mercados com novos produtos é
conhecida como:

a) diversificação.
b) desenvolvimento de mercado.
c) penetração no mercado
d) desenvolvimento de produto.

GABARITO: ITEM A
Comentário:
De acordo com a Matriz Ansoff, a combinação de novos mercados com novos produtos é conhecida como
Diversificação.

71. (UFMT - 2015 - UFMT - Administrador) A Universidade Federal de Mato Grosso, ao lançar um novo curso, o
de Engenharia de Controle e Automação, em um novo Campus em Várzea Grande, está desenvolvendo uma
Estratégia baseada na Matriz de Igor Ansoff denominada

a) Desenvolvimento de mercado.
b) Desenvolvimento de produto.
c) Diversificação.
d) Penetração de mercado.

GABARITO: ITEM C
Comentário:
De acordo com a Matriz Ansoff, a combinação de novos mercados com novos produtos é conhecida como
Diversificação.

72. (CESGRANRIO - 2014 - BNDES - Superior) A matriz de Ansoff é uma ferramenta de análise e definição de
estratégias, que classifica as estratégias empresariais em quatro categorias.
Associe as categorias às suas características.

I. Desenvolvimento de mercado
II. Desenvolvimento de produto
III. Diversificação
IV. Penetração no mercado

P – Estratégia de explorar novos mercados com novos produtos.


Q – Estratégia de explorar um mercado novo com produtos tradicionais.
R – Estratégia de explorar produtos tradicionais em um mercado tradicionais.
S – Estratégia de explorar mercados tradicionais com produtos novos.
T – Estratégia da estabilidade.

As associações corretas são:

a) I - P , II - Q , III - R , IV - S
b) I - P , II - R , III - S , IV - T
c) I - P , II - S , III - R , IV - T
d) I - Q , II - S , III - P , IV - R
e) I - Q , II - P , III - S , IV - R

GABARITO: ITEM D
COMENTÁRIO:
P – Estratégia de explorar novos mercados com novos produtos. III
Q – Estratégia de explorar um mercado novo com produtos tradicionais.I
R – Estratégia de explorar produtos tradicionais em um mercado tradicionais.IV
S – Estratégia de explorar mercados tradicionais com produtos novos.II
T – Estratégia da estabilidade. (Não é de Ansoff.)

QUSTÕES 73 A 150 - ORGANIZAÇÃO

73. (IBFC - 2017 - EBSERH - Analista Administrativo) Leia a afirmação a seguir e assinale a alternativa que
preenche corretamente a lacuna. ________________ significa a distribuição de tarefas entre os indivíduos ou
grupos sociais, de acordo com a posição que cada um deles ocupa na estrutura social e nas relações de
propriedade.

a) Divisão do trabalho
b) Organograma
c) Cargo
d) Função
e) Atribuição

GABARITO: ITEM A
Comentário:
Distribuir tarefas entre os indivíduos de uma organização corresponde à divisão do trabalho que ocorre na
função Organização. A divisão do trabalho tem como consequência a especialização.

Observações:

Cargo é o conjunto de funções.


Função é o conjunto de atividades.
Atribuição é a mesma coisa de distribuição.

 Características da Organização Formal


-Divisão do trabalho
-Especialização
-Descentralização/Centralização
-Responsabilidade
-Autoridade
-Departamentalização
-Hierarquia
-Cadeia de comando
-Estrutura organizacional

74. (IBFC - 2017 - EBSERH - Analista Administrativo) Assinale a alternativa que apresenta uma característica
marcante da Escola de Administração Científica.

a) Divisão do trabalho.
b) Forma da organização.
c) Abordagem sistêmica.
d) Meritocracia.
e) Interação com o meio ambiente.

GABARITO: ITEM A
Comentário:
 Características da Administração Científica (Taylor)
-Estudo de tempos e movimentos
-Padronizar
-Divisão do trabalho
-Produtividade
-Especialização
-Remuneração adequada

 Princípios da Administração Científica:


-Planejamento
-Preparação dos trabalhadores
-Execução
-Controle

a) Divisão do trabalho. (Científica)


b) Forma da organização. (Estruturalista)
c) Abordagem sistêmica. (Teoria geral dos sistemas)
d) Meritocracia. (Burocracia)
e) Interação com o meio ambiente. (Teoria geral dos sistemas)

75. (QUADRIX - 2017 - CRB - Auxiliar Administrativo) Cada organização tem uma estrutura organizacional em
função de seus objetivos, de seu tamanho, da conjuntura que atravessa e da natureza dos produtos que fabrica
ou dos serviços que presta. Apesar de todas as diferenças, foram definidos três tipos tradicionais de organização:
organização linear, organização funcional e organização linha-staff. Na organização linha-staff coexistem órgãos
de linha (órgãos de execução) e de assessoria (órgãos de apoio) mantendo relações entre si. Os órgãos de linha
caracterizam-se pela autoridade linear e pelo princípio escalar, enquanto os órgãos de staff prestam assessoria
e serviços especializados. As quatro principais funções do staff são:

a) divisão do trabalho; especialização, amplitude administrativa; racionalismo.


b) serviços; consultoria e assessoria; monitorização; planejamento e controle.
c) serviços; consultoria e assessoria; hierarquia; amplitude administrativa.
d) divisão do trabalho; especialização; hierarquia; racionalismo.
e) comando; centralização de decisões; hierarquia; especialização técnica.

GABARITO: ITEM B
Comentário:
Órgãos de staff não “mandam” em ninguém, eles auxiliam, prestam assessoria e serviços especializados. As
quatro principais funções do staff são: serviços; consultoria e assessoria; monitorização; planejamento e
controle.

76. (AOCP - 2016 - CASAN - Administrador) O Administrador na CASAN precisa desempenhar determinadas
tarefas específicas que podem ser caracterizadas, dentre outros aspectos, pela separação dos poderes. Qual é o
princípio de administração proposto por Fayol que descreve essa atuação do Administrador da CASAN?

a) Ordem.
b) Disciplina.
c) Centralização.
d) Divisão do trabalho.
e) Unidade de comando.

GABARITO: ITEM D
Comentário:
Dentre os 14 princípios de Fayol, aquele que consiste na designação de tarefas específicas é o da divisão do
trabalho.

 14 Princípios de Fayol
-Ordem
-Disciplina
-Subordinação dos interesses individuais aos organizacionais
-Divisão do trabalho
-Centralização
-Remuneração Adequada
-Hierarquia
-Princípio escalar
-Unidade de comando
-Unidade de direção
-Treinamento
-Espírito de equipe
-Autoridade
-Equidade

77. (FUNDEP - 2016 - IFN-MG - Administrador) A teoria clássica de Fayol caracteriza-se pelo seu enfoque
eminentemente prescritivo e normativo: como o administrador deve se conduzir em todas as situações através
do processo administrativo e quais os princípios gerais que deve seguir para obter a máxima eficiência. Nesse
contexto, o princípio de administração, proposto por Fayol, que consiste na designação de tarefas específicas a
cada um dos órgãos que compõe a organização empresarial é denominado:

a) autoridade e responsabilidade
b) coordenação.
c) departamentalização.
d) divisão do trabalho.

GABARITO: ITEM D
COMENTÁRIO:
Dentre os 14 princípios de Fayol, aquele que consiste na designação de tarefas específicas a cada um dos órgãos
que compõem a organização empresarial é o da divisão do trabalho.

78. (IESES - 2016 - BAHIAGÁS - Administrador) A respeito da departamentalização e divisão do trabalho, julgue
os itens a seguir assinalando a alternativa correta:

a) A adoção de uma estrutura matricial pressupõe violar o clássico princípio da unidade de comando.
b) O modelo de departamentalização funcional estabelece como regra de composição das partes da estrutura de
uma organização as necessidades do nicho de mercado.
c) Podemos conceituar departamentalização como à adequada descentralização das atividades, delegando
atribuições e maior autonomia aos colaboradores de cada posto de trabalho da organização.
d) A departamentalização geográfica (territorial) reúne funções comuns ou atividades semelhantes para formar
uma unidade organizacional e apresenta a vantagem de ser adaptável a uma clientela em particular.
e) O modelo de departamentalização por produto se vale das características das tarefas realizadas nos setores
para então definir as partes componentes da estrutura organizacional.

GABARITO: ITEM A
Comentário:
a) A adoção de uma estrutura matricial pressupõe violar o clássico princípio da unidade de comando.
Verdadeiro. Ao adotar uma estrutura matricial passam a existir duas fontes de comando a que os subordinados
devem obedecer: a autoridade funcional e a autoridade de projetos; assim, ocorre a quebra do princípio da
unidade comando, que só ocorre efetivamente na estrutura linear.
b) O modelo de departamentalização funcional estabelece como regra de composição das partes da estrutura de
uma organização as necessidades do nicho de mercado.
Falso. O modelo de departamentalização por cliente estabelece as estruturas da organização de acordo com
os nichos de mercado.
c) Podemos conceituar departamentalização como a adequada descentralização das atividades, delegando
atribuições e maior autonomia aos colaboradores de cada posto de trabalho da organização.
Falso. Departamentalização é a forma como a organização tem as suas atividades distribuídas em
departamentos, podendo ser estabelecida de acordo com funções, clientes, produtos, processos, regiões ou
projetos. Não possui relação com os conceitos de descentralização e de delegação.
d) A departamentalização geográfica (territorial) reúne funções comuns ou atividades semelhantes para formar
uma unidade organizacional e apresenta a vantagem de ser adaptável a uma clientela em particular.
Falso. Corresponde à descentralização funcional.
e) O modelo de departamentalização por produto se vale das características das tarefas realizadas nos setores
para então definir as partes componentes da estrutura organizacional.
Falso. Corresponde à descentralização funcional.

79. (Pref. de Fortaleza - 2016 - Pref. de Fortaleza - Analista) Um subcampo fundamental dentro da perspectiva
clássica é conhecido como a abordagem dos princípios administrativos. Dentre os contribuintes dessa
abordagem, encontra-se Henry Fayol, que discutiu 14 princípios gerais da administração, vários dos quais são
parte da filosofia atual da administração. São eles:

a) unidade de comando, unidade de direção e divisão de trabalho.


b) unidade de comando, força de trabalho homogênea e espírito de equipe.
c) unidade de direção, espírito de equipe e desempenho eficiente.
d) divisão de trabalho, unidade de direção, força de trabalho homogênea.
GABARITO: ITEM A
Comentário:
Os 14 princípios de Fayol são: ordem, disciplina, subordinação dos interesses individuais aos organizacionais,
divisão do trabalho, centralização, remuneração adequada, hierarquia, princípio escalar, unidade de comando,
unidade de direção, treinamento, espírito de equipe, autoridade, equidade.

80. (COMPERVE - 2016 - UFRN - Assistente) Do ponto de vista formal, uma organização consiste em um conjunto
de encargos funcionais e hierárquicos, orientados para o objetivo de produzir bens ou prestar serviços. Algumas
das principais características da organização formal são:

a) hierarquia, divisão do trabalho e cultura organizacional.


b) racionalismo, especialização e relações sociais espontâneas.
c) especialização, hierarquia e autoridade não sujeitas ao controle da direção.
d) divisão do trabalho, especialização e distribuição da autoridade.

GABARITO: ITEM D
Comentário:
Divisão do trabalho, especialização e distribuição da autoridade. As características da Organização Formal são:
divisão do trabalho, especialização, descentralização/centralização, responsabilidade, autoridade,
departamentalização, hierarquia, cadeia de comando, estrutura organizacional.

Observação: A cultura é gerenciada na organização formal e é visualizada na organização informal. As


características da organização informal são: poder, cultura, clima, relações interpessoais/conflitos.

81. (IF-CE - 2016 - IF-CE - Administrador) É característica da teoria das relações humanas, exceto:

a) acentuada divisão do trabalho.


b) equalização do poder.
c) organização como grupo de pessoas.
d) sistemas de psicologia e sociologia.
e) liberdade e autonomia do empregado.

GABARITO: ITEM A
Comentário:
Acentuada divisão do trabalho é caracterítica das Teorias Cientifíca e Clássica. Todos os outros itens estão
relacionados com a teoria das relações humanas, explicam o comportamento das pessoas.

82. (IBFC- 2016 - EBSERH - Analista) A organização, enquanto processo de gestão, possibilita o uso racional de
recursos para o alcance de objetivos, de maneira eficiente e eficaz. Sendo assim, os principais tópicos para que
isso aconteça estão na divisão do trabalho e na delegação de responsabilidades e de autoridade. A divisão do
trabalho tem como primeiro resultado a departamentalização. Assinale a alternativa que não contém uma forma
de como ocorre a departamentalização.

a) Segundo a convergência em função da área territorial de ação


b) Segundo a convergência em função dos clientes
c) Segundo a convergência de uma estrutura vertical e híbrida
d) Segundo a natureza das atividades desempenhadas
e) Segundo a convergência em função de um processo produtivo
GABARITO: ITEM C
Comentário:
a) Segundo a convergência em função da área territorial de ação (Geográfica)
b) Segundo a convergência em função dos clientes (Por cliente)
c) Segundo a convergência de uma estrutura vertical e híbrida (não contêm uma forma de
departamentalização, se fosse só a palavra hibrida poderia ser matricial).
d) Segundo a natureza das atividades desempenhadas (Funcional)
e) Segundo a convergência em função de um processo produtivo (Por processo)

83. (AOCP- 2016 - CASAN - Administrador) Além de objetivos e recursos, as organizações têm dois outros
componentes importantes:

a) recrutamento e seleção e treinamento de pessoal.


b) prospecção de mercados e expansão territorial.
c) processos de transformação e divisão do trabalho.
d) planejamento e controle dos recursos financeiros.
e) eficiência e eficácia organizacional.

GABARITO: ITEM C
Comentário:
De acordo com Maximiano (2004) pág.26, os componentes da organização são: objetivos, recursos, processo
de transformação, divisão do trabalho, produtos e serviços. Não confundir componentes da organização com
elementos da estrutura organizacional.
a) recrutamento e seleção e treinamento de pessoal. (funções de gestão de pessoas)
b) prospecção de mercados e expansão territorial. (estratégias competitivas)
c) processos de transformação e divisão do trabalho. (componentes da organização)
d) planejamento e controle dos recursos financeiros. (funções financeiras)
e) eficiência e eficácia organizacional. (indicadores de desempenho)

84. (AOCP - 2017 - EBSERH - Assistente Administrativo) Assinale a alternativa correta quanto à caracterização
da autoridade hierárquica.

a) É tipificada como autoridade tradicional e, portanto, é baseada em aceitação da dignidade própria da pessoa
que exerce a autoridade.
b) Decorre de afinidade pessoal dos liderados em relação ao ocupante do cargo, o que a caracteriza como sendo
carismática.
c) Tem base em atributos pessoais de quem a desempenha como a extroversão e, portanto, baseia-se no
relacionamento pessoal.
d) É tipificada como autoridade racional-legal e, portanto, está baseada na ocupação de um cargo regido por
normas formais e regras estatuídas.
e) É tipificada como sendo baseada na capacidade de gerência e também liderança ou influência de quem a
exerce.

GABARITO: ITEM D
Comentário:
Tipos de Autoridade: Tradicional, Burocrática, Carismática.
Tipos de Poder: coercitivo, especialização, recompensa, legítimo, de referência, persuasão, expertise, conexão.
a) É tipificada como autoridade tradicional e, portanto, é baseada em aceitação da dignidade própria da pessoa
que exerce a autoridade. (Falso. Patrimonial)
b) Decorre de afinidade pessoal dos liderados em relação ao ocupante do cargo, o que a caracteriza como sendo
carismática. (Falso. Carismática)
c) Tem base em atributos pessoais de quem a desempenha como a extroversão e, portanto, baseia-se no
relacionamento pessoal. (Falso. Carismática)
d) É tipificada como autoridade racional-legal e, portanto, está baseada na ocupação de um cargo regido por
normas formais e regras estatuídas. (Verdadeiro. Burocrática)
e) É tipificada como sendo baseada na capacidade de gerência e também liderança ou influência de quem a
exerce. (Falso.Carismática)

85. (UFBA - 2017 - UFSBA - Assistente Administrativo) Qual é o processo de transferência de autoridade e
responsabilidade para posições inferiores na hierarquia?

a) Fluxogramação
b) Retroação
c) Delegação
d) Automação

GABARITO: ITEM C
Comentário:
Delegação é o processo de transferência de autoridade e responsabilidade para posições inferiores na
hierarquia. Preste atenção na seguinte dica, toda descentralização é delegação a vários níveis e a várias
pessoas, mas nem toda delegação é descentralização, pois pode-se delegar só para um subordinado, o que não
seria uma descentralização.

86. (IBFC - 2017 - EBSERH - Assistente Administrativo) Cada gestor deve utilizar intensamente a autoridade como
alavancador indispensável para proporcionar o empowerment em sua equipe, entendendo autoridade como:
Assinale a alternativa correta.

a) Fomentar o acesso à informação ao longo de todas as fronteiras. Criar condições para disseminar a informação
e torná-la útil e produtiva para as pessoas no sentido de facilitar a tomada de decisões e a busca de novos e
diferentes caminhos e soluções

b) Proporcionar incentivos compartilhados que promovam os objetivos organizacionais. Um dos mais fortes
motivadores é a recompensa pelo trabalho bem-feito. A recompensa funciona como reforço positivo e como um
sinalizador do comportamento que a organização espera de seus participantes. Reconhecimento é fundamental

c) Dar poder às pessoas para que elas possam tomar decisões independentes sobre ações e recursos. Nesse
sentido, o gestor reparte e delega autoridade às pessoas para que elas possam trabalhar de acordo com o que
aprendem e dominam. Isso significa dar autonomia e liberdade às pessoas

d) Ajudar as pessoas a aprender e a desenvolver as habilidades e capacidades para utilizar amplamente a


informação e a autoridade. É assim que se criam talentos dentro da organização: definindo as competências de
que a organização precisa para alcançar seus objetivos e criando condições internas para que as pessoas
aprendam e desenvolvam tais competências da melhor maneira possível
e) Burocracia

GABARITO: ITEM C
Comentário:
Autoridade é o direito de mandar que é dado aos funcionários para que possam tomar decisões. O item A
refere-se à gestão do conhecimento; o item B refere-se à gestão de pessoas ao falar de incentivo,
reconhecimento e recompensas; o item D refere-se à gestão por competências; o item E corresponde a Teoria
da Burocracia, que tem como pilares formalização, meritocracia e impessoalidade.

87. (AOCP - 2017 - EBSERH - Assistente Administrativo) A autoridade formal é o direito legal que os chefes ou
gerentes têm de dirigir ou comandar o comportamento dos integrantes de sua equipe. Qual é a contrapartida da
autoridade?

a) Administração.
b) Coordenação.
c) Delegação.
d) Departamentalização.
e) Responsabilidade.

GABARITO: ITEM E
Comentário:
A contrapartida da autoridade é a responsabilidade. Sempre que se recebe autoridade para exercer
determinada função, recebe-se junto a responsabilidade por aquela execução.

88. (UFBA - 2017 - UFSBA - Assistente Administrativo) Em uma instituição pública do tipo linear, qual princípio
rege que cada pessoa tenha apenas um único e exclusivo chefe?

a) Unidade de direção
b) Centralização da autoridade
c) Cadeia escalar
d) Unidade de comando

GABARITO: ITEM D
Comentário:
O princípio que determina que cada pessoa tenha apenas um único chefe é o Princípio da Unidade de
Comando. Não confundir com linha de comando, que é a relação entre chefe e subordinado que pode ser
visualizada no organograma, ou com cadeia de comando, que o conjunto de linhas de comando que existem
na organização. Lembrando que a única estrutura organizacional que respeita o princípio da unidade de
comando é a estrutura linear.

89. (CESPE - 2017 - SEDF - Administrador) A respeito dos princípios de organização, julgue o item subsecutivo. A
localização da autoridade de decisão gerencial próxima dos níveis hierárquicos do topo é um princípio da
centralização de estruturas organizacionais.

GABARITO: Verdadeiro
Comentário:
Quando a organização opta por centralizar o poder de decisão, ele será concentrado próximo aos níveis
hierárquicos do topo. Quando se descentraliza o poder de decisão, ele estará próximo dos níveis hierárquicos
da base.
90. (COMVEST - 2016 - UFAM - Assistente Administrativo) O ato pelo qual uma autoridade superior confere a
outra autoridade de nível hierárquico mais baixo uma autoridade específica para a execução de certa tarefa é

a) descentralização
b) desconcentração
c) deliberação
d) delegação
e) desafetação

GABARITO: ITEM D
Comentário:
O ato pelo qual uma autoridade superior confere a outra autoridade de nível hierárquico mais baixo uma
autoridade específica para a execução de certa tarefa é delegação. Descentralização não é o mesmo que
delegação, pois para ocorrer a descentralização, é preciso delegar para VÁRIAS pessoas. Quando se delega,
nem sempre é para mais de uma pessoa, portanto, nem sempre haverá descentralização. Lembrando que, em
administração, desconcentrar é sinônimo de descentralizar, ao contrário do que acontece no Direito
Administrativo, apesar de que o termo consolidado entre os autores é realmente descentralização.

91. (IFB - 2016 - IFB - Nível Fundamental) A ______________ e a ______________ são aspectos que podem ser
transferidos a outras pessoas para realizar atividades específicas. Sua delegação à pessoa que as recebe
representa uma declaração de confiança da chefia imediata, devendo ficar explícito que o subordinado passa a
ter condições de cumprir as determinações de seu superior hierárquico.

Assinale a alternativa que preenche CORRETAMENTE as lacunas do parágrafo acima, respectivamente.


a) liderança; autoridade
b) autoridade; responsabilidade
c) responsabilidade; legalidade
d) confiança; legitimidade
e) legitimidade; liderança

GABARITO: ITEM B
Comentário:
Quando se transfere a um subordinado a execução de determinada tarefa, para que ele tenha condições de
cumprir as determinações do seu superior, o principal aspecto a ser transferido é a autoridade, pelo fenômeno
da delegação e, juntamente com a autoridade, o subordinado recebe a responsabilidade pela execução da
atividade, logo, a responsabilidade é a contrapartida da autoridade.

92. (COSEAC - 2016 - PREF. NITERÓI-RJ - Administrador) Administrar é alcançar resultados por meio de pessoas,
aplicando o chamado processo básico da Administração. Mas para que se tenha o poder de administrar e
mobilizar os recursos organizacionais é fundamental a existência de outro tipo de recurso que assegure ao
administrador capacidade de decidir e mobilizar funcionários. Este atributo especial é conhecido como:

a) liderança.
b) autoridade.
c) investidura.
d) mandado.
e) delegação.
GABARITO: ITEM B
Comentário:
Autoridade é poder legítimo, dado ao administrador pelo cargo que ocupa, para ter a capacidade de tomar
decisões e mobilizar os funcionários. A liderança é a capacidade de inspirar os integrantes de um grupo e
motivá-los no exercício de suas funções. Geralmente o líder de uma equipe possui também autoridade, mas
os termos não se confundem.

93. (QUADRIX - 2016 - CRM-PI - Assistente Administrativo) Nas organizações – seja em indústrias, comércio,
organizações de serviços públicos, hospitais, universidades, instituições militares, seja em qualquer outra forma
de empreendimento humano –, a eficiência e a eficácia com que as pessoas trabalham em conjunto para
conseguir objetivos comuns dependem diretamente da capacidade daqueles que exercem a função
administrativa (CHIAVENATO, 2003, p. 26). Controle como função administrativa tem a finalidade de assegurar
que os resultados do que foi planejado, organizado e dirigido se ajustem aos objetivos previamente
estabelecidos. Verifica-se que a ideia de controle está ligada ao princípio administrativo da delegação de
___________ e, por esse aspecto, objetiva o registro, a comparação, o confronto e a inspeção; na verdade um
processo de comparação e segurança. A lacuna é corretamente preenchida por:

a) autoridade
b) competência
c) planejamento
d) integridade
e) direção

GABARITO: ITEM B
Comentário:
Conceito de Blênio César Severo Peixe no livro Finanças Públicas – Controladoria governamental: “Verifica-se
que a ideia de controle está ligada ao princípio administrativo da delegação de competência e, por este
aspecto, objetiva o registro, a comparação, o confronto e a inspeção, na verdade um processo de comparação
e segurança” (PEIXE, 2002).

Ou seja, como podem ver as bancas muitas vezes copiam e colam partes de livros. Por isso a melhor maneira de
estudar ainda é por questões.

94. (FUNRIO - 2016 - IF-PA - Auxiliar Administrativo) A linha contínua de autoridade que se estende do topo até
a base da organização e que evidencia quem se subordina a quem denomina-se

a) cadeia de comando.
b) delegação.
c) centralização.
d) descentralização.
e) atribuição indireta.

GABARITO: ITEM A
Comentário:
A linha contínua de autoridade que se estende do topo até a base da organização e que evidencia quem se
subordina a quem denomina-se cadeia de comando. Pode vir também que cadeia de comando é o conjunto de
linhas de comando e mostra a hierarquia da empresa, quem é chefe de quem e quem é subordinado de quem.

95. (EXATUS - 2016 - CERON-RO - Administrador) Um dos Princípios Gerais da Administração, segundo Fayol,
que diz: “cada empregado deve receber ordens de apenas um superior”, é o princípio da:
a) Disciplina.
b) Autoridade e responsabilidade.
c) Unidade de comando.
d) Unidade de direção.

GABARITO: ITEM C
Comentário:
O princípio que estabelece que cada empregado recebe ordem de apenas um superior é o Princípio da Unidade
de comando. A única estrutura organizacional que respeita esse princípio é a estrutura linear. Nesse príncipio
cada subordinado ou grupo de subordinados recebe, ordens de um único chefe, evitando-se a ambiguidade

96. (COMPERVE - 2016 - UFRN - Assistente Administrativo) O processo de Organização é composto de decisões
que precisam ser tomadas em relação à divisão do trabalho, à atribuição de responsabilidades, à definição de
autoridade e ao desenho da estrutura organizacional. A definição de autoridade diz respeito
a) ao processo por meio do qual uma tarefa é dividida em partes, cada uma das quais é atribuída a uma pessoa
ou grupo de pessoas.
b) ao direito legal que os chefes ou gerentes têm de dirigir ou de comandar o comportamento dos integrantes
de sua equipe.
c) às obrigações ou deveres das pessoas (ocupantes de um cargo) quanto à realização de tarefas ou atividades.
d) à divisão do trabalho em unidades ou blocos, de acordo com os critérios que sejam mais apropriados.

GABARITO: ITEM B
COMENTÁRIO:
a) ao processo por meio do qual uma tarefa é dividida em partes, cada uma das quais é atribuída a uma pessoa
ou grupo de pessoas.
Falso. Corresponde ao conceito de divisão do trabalho.
b) ao direito legal que os chefes ou gerentes têm de dirigir ou de comandar o comportamento dos integrantes
de sua equipe.
Verdadeiro. Conceito de autoridade.
c) às obrigações ou deveres das pessoas (ocupantes de um cargo) quanto à realização de tarefas ou atividades.
Falso. Conceito de responsabilidade.
d) à divisão do trabalho em unidades ou blocos, de acordo com os critérios que sejam mais apropriados.
Falso. Conceito de departamentalização. Mas tenhamos cuidado, o CESPE em 2017 já considerou errada essa
afirmação, pois departamentalização é o agrupamento de indivíduos, resultante da divisão de trabalho. Fique
de olho.

97. (QUADRIX - 2016 - CREF-DF - Auxiliar Administrativo) No desenvolvimento de uma estrutura organizacional,
devem-se considerar seus componentes, condicionantes, níveis de influência e níveis de abrangência. São três os
componentes da estrutura organizacional: sistema de responsabilidades, sistema de autoridades e sistema de
comunicações. A autoridade é o direito estabelecido de se designar o que – e, se necessário, como, por quem,
quando e por quanto – deve ser realizado em sua área de responsabilidade na empresa. Sobre autoridade, leia
as seguintes afirmativas.
I. A autoridade formal representa a estabelecida pela estrutura hierárquica da empresa, e pode ser delegada pelo
superior hierárquico imediato.
II. A autoridade informal é uma espécie de “autoridade adquirida” a qual é desenvolvida por meio de relações
informais entre as pessoas da empresa, que o fazem voluntariamente e por deferência à sua posição ou status.
III. A autoridade informal serve para modificar a autoridade formal na determinação do quanto esta terá de
aceitação por parte dos vários subordinados nos diferentes níveis hierárquicos da empresa.

Pode-se afirmar que:


a) somente I está correta.
b) somente II está correta.
c) somente III está correta.
d) há apenas duas afirmativas corretas.
e) todas estão corretas.

GABARITO: ITEM E
Comentário:
I. A autoridade formal representa a estabelecida pela estrutura hierárquica da empresa, e pode ser delegada pelo
superior hierárquico imediato.
Verdadeiro. A autoridade formal deriva da posição (cargo) na estrutura hierárquica da empresa e pode ser
delegado ao individuo imediato.

II. A autoridade informal é uma espécie de “autoridade adquirida” a qual é desenvolvida por meio de relações
informais entre as pessoas da empresa, que o fazem voluntariamente e por deferência à sua posição ou status.
Verdadeiro. A autoridade informal é adquirida por meio das relações informais, de forma que as pessoas a
reconhecem voluntariamente e não por decorrência de uma posição hierárquica. Essa autoridade de acordo
com Max Weber chama-se Autoridade Carismática e depende da atuação do individuo.

III. A autoridade informal serve para modificar a autoridade formal na determinação do quanto esta terá de
aceitação por parte dos vários subordinados nos diferentes níveis hierárquicos da empresa.
Verdadeiro. Se há uma pessoa a quem os funcionários percebem mais como autoridade que aquela definida
pela estrutura hierárquica, esta última terá menos aceitação. Por isso que quem possui Autirdade formal pode
adquirir autoridade formal se lhe for dado o cargo.

Observação:
Sistema de responsabilidade inclui departamentalização, linha e assessoria e especialização.
Sistema de autoridades inclui níveis organizacionais, amplitude, distribuição de poder, delegação e
centralização/descentralização.
Sistema de comunicação inclui “o que comunicar”, ”quando” e “como” e “onde”.

98. (FUNIVERSA - 2016 - IF-AP - Administrador) A liderança é diferente da autoridade formal, que é uma das
bases das organizações e um atributo dos cargos gerenciais. Ambas diferem, pois
a) autoridade formal é ilimitada no espaço organizacional.
b) os limites da liderança extrapolam a área de influência do líder.
c) um agente público que exerce poder de polícia não precisa exercer liderança informal para o cumprimento de
suas tarefas.
d) a liderança tem duração que extrapola a utilidade do líder para o grupo de seguidores.
e) em uma associação informal o exercício da liderança informal requer a existência de um cargo com autoridade
formal.

GABARITO: ITEM C
Comentário:
a) autoridade formal é ilimitada no espaço organizacional.
Falso. A autoridade formal é limitada ao espaço, às circunstância e ao tempo, pois esta é devido ao cargo.
Quem é ilimitada é a liderança e o poder.

b) os limites da liderança extrapolam a área de influência do líder.


Falso. O correto seria dizer que a liderança extrapola o espaço organizacional.
c) um agente público que exerce poder de polícia não precisa exercer liderança informal para o cumprimento de
suas tarefas.
Verdadeiro. O poder de polícia dispensa o exercício de liderança informal. Pois o indivíduo está exercendo a
autoridade formal.

d) a liderança tem duração que extrapola a utilidade do líder para o grupo de seguidores.
Falso. O erro dessa alternativa é a palavra “extrapola”, visto que a liderança dura a utilidade do líder. Isso
significa que quando aquele líder não for mais útil para o liderado, ele deixa de exercer influencia, pense
naquele artista que vc era fã quando criança, você fazia tudo que ela dizia, enquanto era útil para você.

e) em uma associação informal o exercício da liderança informal requer a existência de um cargo com autoridade
formal.
Falso. Nenhuma liderança informal precisa do cargo, pode-se ter o cargo e não ter liderança ou ter liderança e
não ter o cargo. Quem exige a existência do cargo é a autoridade formal.

99. (CESPE - 2016 - DPU - TAE) Na organização funcional, a autoridade centraliza as decisões aos postos mais
altos da hierarquia.
(  ) Verdadeiro (  ) Falso

GABARITO: FALSO
Comentário:
Na organização linear, a autoridade centraliza as decisões aos postos mais altos da hierarquia. Na organização
funcional, a autoridade descentraliza as decisões para os departamentos de acordo com a função exercida.

100. (AOCP - 2016 - EBSERH - Assistente Administrativo) Na estrutura organizacional das empresas, qual é o
conceito que apresenta a hierarquia à qual todos estão submetidos, segundo princípios de cadeia escalar,
autoridade e comando?
a) Conceito de staff.
b) Conceito de linha.
c) Conceito de setores.
d) Conceito de departamentos.
e) Conceito de horizontalização.

GABARITO: ITEM B
Comentário:
O conceito que mostra a hierarquia é o de linha, em outras palavras cadeia de comando é um conjunto de
linha de comando que logo mostram a hierarquia.

Você também pode gostar