Você está na página 1de 62
Exercícios para a coluna PROF. ALEXANDRE TANAKA

Exercícios

para a coluna

Exercícios para a coluna PROF. ALEXANDRE TANAKA

PROF. ALEXANDRE TANAKA

Exercícios para a coluna PROF. ALEXANDRE TANAKA

Exercícios para a coluna

Exercícios para a coluna  Orientações importantes:  Modo de dormir  Posição sentada (trabalho, carro,

Orientações importantes:

Modo de dormir

Posição sentada (trabalho, carro, TV,

etc)

Modo de levantar e deitar da cama

Em pé por tempo prolongado (passar roupa, assistir à palestra, etc)

Pegar objetos no chão

e deitar da cama  Em pé por tempo prolongado (passar roupa, assistir à palestra, etc)

Exercícios para a coluna

Série de Williams

Método Mackenzie

Método Klapp

Método Feldenkrais

Exercícios para a coluna  Série de Williams  Método Mackenzie  Método Klapp  Método
Exercícios para a coluna  Série de Williams  Método Mackenzie  Método Klapp  Método

Exercícios para a coluna

Exercícios para a coluna  Séries:  literatura escassa e alguns exercícios pouco utilizados na prática

Séries:

literatura escassa e alguns exercícios pouco utilizados na prática

séries com exercícios repetidos

Entretanto, o mais importante é saber a real necessidade dos exercícios em cada caso estudado

com exercícios repetidos Entretanto, o mais importante é saber a real necessidade dos exercícios em cada

Série de Willians

Série de Willians  Desenvolvida pelo FT Paul Williams  São exercícios que buscam o alongamento
Série de Willians  Desenvolvida pelo FT Paul Williams  São exercícios que buscam o alongamento

Desenvolvida pelo FT Paul Williams

São exercícios que buscam o alongamento e a

estabilização da região tóraco-lombar, através de

movimentos voluntários de flexão dos membros

inferiores sobre o abdome.

da região tóraco-lombar, através de movimentos voluntários de flexão dos membros inferiores sobre o abdome.

Série de Willians

Série de Willians  Indicações:  Lombalgia, lombociatalgia, ciatalgia, artrose, hérnias, etc 
Série de Willians  Indicações:  Lombalgia, lombociatalgia, ciatalgia, artrose, hérnias, etc 

Indicações:

Lombalgia, lombociatalgia, ciatalgia, artrose, hérnias, etc

Contra-indicações:

Osteoporose (??), fraturas recentes

lombociatalgia, ciatalgia, artrose, hérnias, etc  Contra-indicações:  Osteoporose (??), fraturas recentes

Exercícios para a coluna

Exercícios para a coluna  Fotos inicias da Série de Williams e depois exercícios complementares 

Fotos inicias da Série de Williams e depois exercícios complementares

Realizar os exercícios em superfície adequada

Respiração lenta e profunda

Atenção ao posicionamento do paciente

os exercícios em superfície adequada  Respiração lenta e profunda  Atenção ao posicionamento do paciente
- Flexionar uma perna em direção ao corpo
- Flexionar uma perna em direção ao corpo
- Flexionar uma perna em direção ao corpo
- E depois flexionar a outra perna
- E depois flexionar a outra perna
- E depois flexionar a outra perna
- Flexionar as duas pernas em direção ao corpo
- Flexionar as duas pernas em direção ao corpo
- Flexionar as duas pernas em direção ao corpo
- Encaixar o quadril
- Encaixar o quadril
- Encaixar o quadril
- Encaixar o quadril
- Voltar à posição neutra (sem acentuar a lordose lombar)
- Voltar à posição neutra (sem acentuar a lordose lombar)
- Voltar à posição neutra (sem acentuar a lordose lombar)
- Exercício abdominal. Manter as pernas elevadas por 30 segundos, elevando um pouco o glúteo
- Exercício abdominal. Manter as pernas elevadas por
30 segundos, elevando um pouco o glúteo da maca
- Exercício abdominal
- Exercício abdominal
- Exercício abdominal
- Exercício abdominal
- Exercício abdominal
- Exercício abdominal
- Exercício abdominal
- Exercício abdominal
- Exercício abdominal
- Exercício abdominal
- Exercício abdominal
- Exercício abdominal
- Bicicleta (para frente)
- Bicicleta (para frente)
- Bicicleta (para frente)
- Bicicleta (para frente)
- Bicicleta (para trás)
- Bicicleta (para trás)
- Bicicleta (para trás)
- Bicicleta (para trás)
- Alongamento da coluna
- Alongamento da coluna
- Alongamento da coluna
- Alongamento da coluna
- Alongamento região peitoral
- Alongamento região peitoral
- Alongamento região peitoral
- Alongamento região peitoral
- Elevação ombros
- Elevação ombros
- Elevação ombros
- Elevação ombros
- Elevação ombros
- Rotação ombros para trás
- Rotação ombros para trás
- Rotação ombros para trás
- Rotação ombros para trás
- Rotação ombros para frente
- Rotação ombros para frente
- Rotação ombros para frente
- Rotação ombros para frente

Método Mackenzie

Método Mackenzie  Desenvolvida pelo FT Robin Mackenzie  Método é composto de movimentos repetidos em
Método Mackenzie  Desenvolvida pelo FT Robin Mackenzie  Método é composto de movimentos repetidos em

Desenvolvida pelo FT Robin Mackenzie

Método é composto de movimentos

repetidos em ADM máxima, posições

sustentadas e mobilizações

Fortalece os músculos extensores do

tronco (enfoca a hérnia discal posterior)

sustentadas e mobilizações  Fortalece os músculos extensores do tronco (enfoca a hérnia discal posterior)

Método Mackenzie

Método Mackenzie

Método Mackenzie

Método Mackenzie

Método Mackenzie

Método Mackenzie

Método Mackenzie

Método Mackenzie
Método Mackenzie

Método Mackenzie

Método Mackenzie
Método Mackenzie

Método Mackenzie

Método Mackenzie
Método Mackenzie

Método Mackenzie

Método Mackenzie
Método Mackenzie

Método Mackenzie

Método Mackenzie
Método Mackenzie

Método Mackenzie

Método Mackenzie
Método Mackenzie

Método Mackenzie

Método Mackenzie
Método Mackenzie

Método Mackenzie

Método Mackenzie
Isometria para os extensores

Isometria para os extensores

Isometria para os extensores
Isometria para os extensores

Isometria para os extensores

Isometria para os extensores
Isometria para os extensores

Isometria para os extensores

Isometria para os extensores
MÉTODO KLAPP PROF. ALEXANDRE TANAKA

MÉTODO

KLAPP

MÉTODO KLAPP PROF. ALEXANDRE TANAKA

PROF. ALEXANDRE TANAKA

MÉTODO KLAPP PROF. ALEXANDRE TANAKA

MÉTODO KLAPP

MÉTODO KLAPP  Criado pelo pediatra alemão Rudolph Klapp  Estudou os animais e observou que
MÉTODO KLAPP  Criado pelo pediatra alemão Rudolph Klapp  Estudou os animais e observou que

Criado pelo pediatra alemão Rudolph Klapp

Estudou os animais e observou que os

quadrúpedes não apresentavam desvios na

coluna

Exercícios baseiam-se no treinamento, alongamentos e fortalecimento da

musculatura do tronco na posição de

“gatos” e joelhos

baseiam-se no treinamento, alongamentos e fortalecimento da musculatura do tronco na posição de “gatos” e joelhos

MÉTODO KLAPP

Contra-indicações:

Limitação de movimento

Hiperfrouxidão ligamentar

Quadro álgico aumentado

Cervicalgia aguda

Etc

Limitação de movimento  Hiperfrouxidão ligamentar  Quadro álgico aumentado  Cervicalgia aguda  Etc
Limitação de movimento  Hiperfrouxidão ligamentar  Quadro álgico aumentado  Cervicalgia aguda  Etc
Limitação de movimento  Hiperfrouxidão ligamentar  Quadro álgico aumentado  Cervicalgia aguda  Etc

MÉTODO KLAPP

MÉTODO KLAPP  Posição inicial
MÉTODO KLAPP  Posição inicial

Posição inicial

MÉTODO KLAPP  Posição inicial
MÉTODO KLAPP  Posição inicial

MÉTODO KLAPP

MÉTODO KLAPP  Engatinhar
MÉTODO KLAPP  Engatinhar

Engatinhar

MÉTODO KLAPP  Engatinhar
MÉTODO KLAPP  Engatinhar

MÉTODO KLAPP

MÉTODO KLAPP  Deslizar
MÉTODO KLAPP  Deslizar

Deslizar

MÉTODO KLAPP  Deslizar
MÉTODO KLAPP  Deslizar

MÉTODO KLAPP

MÉTODO KLAPP  Deslizar
MÉTODO KLAPP  Deslizar

Deslizar

MÉTODO KLAPP  Deslizar
MÉTODO KLAPP  Deslizar

MÉTODO KLAPP

Deslizar em diagonal

MÉTODO KLAPP  Deslizar em diagonal
MÉTODO KLAPP  Deslizar em diagonal
MÉTODO KLAPP  Deslizar em diagonal
MÉTODO KLAPP  Deslizar em diagonal

MÉTODO KLAPP

MÉTODO KLAPP  Gato
MÉTODO KLAPP  Gato

Gato

MÉTODO KLAPP  Gato
MÉTODO KLAPP  Gato

MÉTODO KLAPP

MÉTODO KLAPP  Cachorro
MÉTODO KLAPP  Cachorro

Cachorro

MÉTODO KLAPP  Cachorro
MÉTODO KLAPP  Cachorro

MÉTODO KLAPP

MÉTODO KLAPP  Cachorro
MÉTODO KLAPP  Cachorro

Cachorro

MÉTODO KLAPP  Cachorro
MÉTODO KLAPP  Cachorro
MÉTODO FELDENKRAIS
MÉTODO FELDENKRAIS

MÉTODO

FELDENKRAIS

MÉTODO FELDENKRAIS

MÉTODO FELDENKRAIS

MÉTODO FELDENKRAIS  O m é todo Feldenkrais é um sistema de educa ç ão som
MÉTODO FELDENKRAIS  O m é todo Feldenkrais é um sistema de educa ç ão som

O método Feldenkrais é um sistema de educação somática. Seu criador foi o israelense

Moshe Feldenkrais

O trabalho favorece os processos

de aprendizagem orgânica, contribuindo

para o aperfeiçoamento de capacidades

tanto físicas quanto psicológicas.

de aprendizagem orgânica, contribuindo para o aperfeiçoamento de capacidades tanto físicas quanto psicológicas.

MÉTODO FELDENKRAIS

MÉTODO FELDENKRAIS  Exercícios realizados lentamente, com cuidado, atenção e repetidos muitas vezes  Ditado
MÉTODO FELDENKRAIS  Exercícios realizados lentamente, com cuidado, atenção e repetidos muitas vezes  Ditado

Exercícios realizados lentamente, com

cuidado, atenção e repetidos muitas vezes

Ditado chinês

Eu ouço e esqueço Eu vejo e me lembro Eu faço e compreendo

atenção e repetidos muitas vezes  Ditado chinês Eu ouço e esqueço Eu vejo e me

MÉTODO FELDENKRAIS

MÉTODO FELDENKRAIS  O m é todo d á condi ç ões de descobrir o que
MÉTODO FELDENKRAIS  O m é todo d á condi ç ões de descobrir o que

O método dá condições de descobrir o que é supérfluo na movimentação, desenvolve a

sensibilidade e torna mais fácil detectar e eliminar o esforço que dificulta, interfere ou se opõe à atividade que se quer realizar.

O resultado é aprender a desenvolver formas mais confortáveis e equilibradas de movimento e

ação.

realizar.  O resultado é aprender a desenvolver formas mais confort á veis e equilibradas de

MÉTODO FELDENKRAIS

MÉTODO FELDENKRAIS  Este m é todo é freq ü entemente utilizado para aliviar dores, reduzir
MÉTODO FELDENKRAIS  Este m é todo é freq ü entemente utilizado para aliviar dores, reduzir

Este m étodo é freqü entemente utilizado para aliviar dores, reduzir estresse e encorajar o relaxamento

Alguns exercícios:

é freq ü entemente utilizado para aliviar dores, reduzir estresse e encorajar o relaxamento  Alguns

MÉTODO FELDENKRAIS

MÉTODO FELDENKRAIS  1- Balançar o corpo em pé  um lado para o outro 

1- Balançar o corpo em pé

um lado para o outro

frente e trás

“círculo” com a cabeça

pé D todo no solo e hálux do E (depois troca)

para o outro  frente e trás  “círculo” com a cabeça  pé D todo
para o outro  frente e trás  “círculo” com a cabeça  pé D todo

MÉTODO FELDENKRAIS

MÉTODO FELDENKRAIS  2- Balançar o corpo – posição sentada (beira de cadeira)  um lado
MÉTODO FELDENKRAIS  2- Balançar o corpo – posição sentada (beira de cadeira)  um lado

2- Balançar o corpo posição sentada (beira de cadeira)

um lado para o outro

frente e trás

“círculo” com a cabeça

– posição sentada (beira de cadeira)  um lado para o outro  frente e trás

MÉTODO FELDENKRAIS

3- Pés e mãos solo

Levanta pé e mão D Levanta em diagonal Depois repete outro lado

FELDENKRAIS  3- Pés e mãos solo  Levanta pé e mão D  Levanta em
FELDENKRAIS  3- Pés e mãos solo  Levanta pé e mão D  Levanta em
FELDENKRAIS  3- Pés e mãos solo  Levanta pé e mão D  Levanta em

MÉTODO FELDENKRAIS

MÉTODO FELDENKRAIS  4- Decúbito dorsal (DD), pernas dobradas  Treino respiração: movimentos costelas,
MÉTODO FELDENKRAIS  4- Decúbito dorsal (DD), pernas dobradas  Treino respiração: movimentos costelas,

4- Decúbito dorsal (DD), pernas dobradas

Treino respiração: movimentos costelas, diafragma e abdome

5- DD, pernas dobradas

Perna D sobre a E, dois joelhos caem para o lado D (apoio só pé E) Expira quando perna “cai” e inspira quando perna volta

a E, dois joelhos caem para o lado D (apoio só pé E)  Expira quando

MÉTODO FELDENKRAIS

MÉTODO FELDENKRAIS  6- DD, pernas dobradas  Elevação quadril  Balançar quadril para D e

6- DD, pernas dobradas

Elevação quadril

Balançar quadril para D e E

Movimento “circular” com a pelve

quadril para D e E  Movimento “circular” com a pelve  7- DV, pernas dobradas

7- DV, pernas dobradas a 90 graus

Virar pernas para D e depois E (como um balanço)

“circular” com a pelve  7- DV, pernas dobradas a 90 graus  Virar pernas para

MÉTODO FELDENKRAIS

MÉTODO FELDENKRAIS  8- Sentado  Levanta pé D com ajuda das mãos  9- Em
MÉTODO FELDENKRAIS  8- Sentado  Levanta pé D com ajuda das mãos  9- Em

8- Sentado

Levanta pé D com ajuda das mãos

9- Em pé

Pés separados, movimenta corpo para D e E, braços soltos

 Levanta pé D com ajuda das mãos  9- Em pé  Pés separados, movimenta

MÉTODO FELDENKRAIS

MÉTODO FELDENKRAIS  10- Sentado  Perna E para trás (dobrada) e D dobrada na frente
MÉTODO FELDENKRAIS  10- Sentado  Perna E para trás (dobrada) e D dobrada na frente

10- Sentado

Perna E para trás (dobrada) e D dobrada na frente (encostando na E) gira o corpo para o lado D Repete outro lado

11- Respirações

Sentado, com alongamento extensores cervical (tenta expandir o tórax)

 Repete outro lado  11- Respirações  Sentado, com alongamento extensores cervical (tenta expandir o

BIBLIOGRAFIA

BIBLIOGRAFIA  Consciência pelo movimento  Moshe Feldenkrais  Editora Summus  Vida e movimento 

Consciência pelo movimento

Moshe Feldenkrais

Editora Summus

Vida e movimento

Moshe Feldenkrais

Editora Summus

pelo movimento  Moshe Feldenkrais  Editora Summus  Vida e movimento  Moshe Feldenkrais 
pelo movimento  Moshe Feldenkrais  Editora Summus  Vida e movimento  Moshe Feldenkrais 