Você está na página 1de 4

Iniciado em Quarta-feira, 23 Jan 2019, 08:27

Estado Finalizada
Concluída em Quarta-feira, 23 Jan 2019, 08:36
Tempo empregado 9 minutos 35 segundos
Avaliar 100,00 de um máximo de 100,00
Questão 1
Correto
Atingiu 20,00 de 20,00

Marcar questão

Texto da questão

Julgue as frases a seguir como verdadeiras (V) ou falsas (F):

A ausência intencional do servidor por mais de 30 dias configura Resposta 1


abandono do cargo e é motivo para a pena de demissão.
O texto legal deixa evidente dois critérios para a materialização Resposta 2
da infração de abandono de cargo, a saber: continuidade e prazo
mínimo.
A comissão que julgará o abandono do cargo deverá apurar Resposta 3
eventual justificativa para a ausência.
Motivos para a ausência que independem da vontade do servidor, Resposta 4
não afastam a hipótese de abandono de cargo.
Feedback

Respostas Verdadeiras: "a" e "c"


Feedback B:
(Módulo IV, Inciso II - abandono de cargo).
É preciso também a intencionalidade. Veja texto do curso: “O texto legal deixa evidente
três critérios para a materialização da infração de abandono de cargo, a saber:
intencionalidade, continuidade e prazo mínimo. ”
Feedback D:
(Módulo IV, Inciso II - abandono de cargo)
“Dessa forma, motivos hábeis a afastar a intenção de abandonar o cargo são aqueles “(...)
que se fundam em razões independentes de sua vontade. O motivo, assim, precisa ser
relevante, já que a ausência injustificada faz pressupor o desinteresse do servidor na
prestação do serviço público. Essa presunção só se afasta por motivo de força maior,
entendido, como tal, o obstáculo intransponível, de origem estranha, liberatório da
responsabilidade (...)”
A resposta correta é: A ausência intencional do servidor por mais de 30 dias configura
abandono do cargo e é motivo para a pena de demissão. → V, O texto legal deixa evidente
dois critérios para a materialização da infração de abandono de cargo, a saber:
continuidade e prazo mínimo. → F, A comissão que julgará o abandono do cargo deverá
apurar eventual justificativa para a ausência. → V, Motivos para a ausência que
independem da vontade do servidor, não afastam a hipótese de abandono de cargo. → F.

Questão 2
Correto
Atingiu 20,00 de 20,00
Marcar questão

Texto da questão

A pena de demissão será aplicada nos seguintes casos, exceto:


Escolha uma:
a. Aplicação irregular de dinheiros públicos;
b. Revelação de segredo do qual se apropriou em razão do cargo;
c. Lesão aos cofres públicos e dilapidação do patrimônio nacional;
d. Manutenção sob sua chefia imediata, em cargo ou função de confiança, cônjuge,
companheiro ou parente até o segundo grau civil;
Feedback

Resposta Verdadeira: "d"


Feedback:
(Módulo 4, Aplicação irregular de dinheiros públicos)
O artigo 132 da Lei nº 8.112 elenca os casos de demissão. A manutenção de cônjuge,
companheiro ou parente até o segundo grau civil não faz parte do rol.
A resposta correta é: Manutenção sob sua chefia imediata, em cargo ou função de
confiança, cônjuge, companheiro ou parente até o segundo grau civil;.

Questão 3
Correto
Atingiu 20,00 de 20,00

Marcar questão

Texto da questão

Julgue as frases a seguir como verdadeiras (V) ou falsas (F):

A inassiduidade habitual ocorre caso o servidor falte mais que 60 Resposta 1


dias interpoladamente em um período de 12 meses, tendo ou não
causa justificada.
A inassiduidade habitual configura-se por rito sumário, Resposta 2
configurando-se nulidade a adoção de rito ordinário.
Para apuração da inassuduidade habitual pode-se usar quaisquer Resposta 3
períodos de 12 meses, não sendo necessário que coincida com um
ano civil.
Resposta 4
Faltas justificadas afastam a imputação de inassiduidade habitual.
Feedback
Respostas Verdadeiras: "c" e "d"
Feedback A:
(Módulo IV, Inassiduidade habitual).
Caso justifique as faltas não configura inassiduidade habitual. Veja:
“Lei nº 8.112, de 11/12/90 - Art. 139. Entende-se por inassiduidade habitual a falta ao
serviço, sem causa justificada, por sessenta dias, interpoladamente, durante o período de
doze meses.”
Feedback B:
(Módulo IV, Inassiduidade habitual).
“A exemplo do abandono de cargo, a inassiduidade habitual tem seu apuratório em rito
sumário, mas não configura nulidade a apuração em rito ordinário, visto que nenhum
prejuízo traz à defesa (ao contrário, é um rito mais completo), conforme se verá adiante. ”
A resposta correta é: A inassiduidade habitual ocorre caso o servidor falte mais que 60
dias interpoladamente em um período de 12 meses, tendo ou não causa justificada. → F,
A inassiduidade habitual configura-se por rito sumário, configurando-se nulidade a adoção
de rito ordinário. → F, Para apuração da inassuduidade habitual pode-se usar quaisquer
períodos de 12 meses, não sendo necessário que coincida com um ano civil. → V, Faltas
justificadas afastam a imputação de inassiduidade habitual. → V.

Questão 4
Correto
Atingiu 20,00 de 20,00

Marcar questão

Texto da questão

Marque se a alternativa é verdadeira ou falsa, quanto às proibições do


servidor, segundo a Lei nº 8.112, de 11/12/90, Art. 132, inciso II -
abandono de cargo:
O abandono de cargo, a exemplo da inassiduidade habitual, tem seu
apuratório em rito sumário, mas não configura nulidade a apuração em
rito ordinário, visto que nenhum prejuízo traz à defesa.
Escolha uma opção:
Verdadeiro
Falso
Feedback

A resposta correta é 'Verdadeiro'.

Questão 5
Correto
Atingiu 20,00 de 20,00

Marcar questão
Texto da questão

Quanto à Manifestação Judicial para Perda do Cargo, marque se


a questão é verdadeira ou falsa:
Havendo a expressa manifestação do juiz na sentença, a condenação
penal transitada em julgado nunca repercutirá diretamente na via
administrativa, não havendo a necessidade de se proceder a processo
administrativo disciplinar.
Escolha uma opção:
Verdadeiro
Falso
Feedback

Havendo a expressa manifestação do juiz na sentença, a condenação penal transitada em


julgado poderá repercutir diretamente na via administrativa, sem necessidade de se
proceder a processo administrativo disciplinar.
A resposta correta é 'Falso'.