Você está na página 1de 3

PSICODRAMA

Jacob Levy Moreno (1889-1974) psiquiatra judaico romeno,


conhecido como o pai do Teatro Espontâneo, Psicoterapia de
Grupo, Psicodrama e Sociodrama e Sociometria. Moreno criou o
“Teatro do Improviso” ou “Teatro Espontâneo”, gênero no qual os
participantes amadores improvisavam acontecimentos do dia-a-dia.

O Psicodrama é uma abordagem psicológica que tem como objetivo


o tratamento das relações sociais, o treinamento e o
desenvolvimento de novos papéis e a investigação dos aspectos
intrapsíquicos que interferem na expressão da criatividade e
espontaneidade para o re-estabelecimento da conexão de vínculos
satisfatórios. Nas palavras de Jacob Levy Moreno, o criador e
responsável pelo desenvolvimento do Psicodrama:

“Psicodrama é um método que aprofunda o conhecimento da alma


por meio da ação”. (Moreno, 1931)

Segundo Moreno, o Psicodrama é uma forma de mudar o mundo no


aqui e agora, usando as regras fundamentais da imaginação, sem
cair no abismo da ilusão, alucinação e irrealidade.
Espontaneidade/criatividade: são ingredientes centrais no processo
do Psicodrama e do viver saudável. Desenvolve no homem um
estado de originalidade e de equilíbrio para atuar em todos os
âmbitos da vida.

No Psicodrama a ação é sempre mais importante que a palavra,


para Moreno, cada indivíduo deveria sempre ser autor e ator de sua
própria história, para assim, ser um ator criativo e responsável no
palco do universo.

O PSICODRAMA COMO UM CAMINHO DE INCLUSÃO

O Psicodrama através de sua visão de homem, como um ser


espontâneo e criativo, tem muito a contribuir com suas propostas
para construirmos uma sociedade mais justa e saudável. Não
apenas via teoria, mas, principalmente de maneira prática e
objetiva.
Quando Moreno, nos jardins de Viena através do teatro com
crianças, depois defendendo direitos para as prostitutas e
posteriormente nos campos de concentração, sanatórios e hospitais
psiquiátricos atuou junto aos atores envolvidos nesses cenários,
melhorando a convivência , interagindo, sensibilizando-se,
colocando-se no lugar do outro e principalmente agindo em prol de
uma melhor qualidade das relações, trazendo esperança e alegria
para as pessoas, deixou-nos o seu principal legado de que a
responsabilidade de cada um passa por ações concretas em favor
da igualdade.

Portanto, se vivenciarmos em nossa prática o modelo dessa grande


proposta de inclusão, que segundo o próprio Moreno, deveria levar
em conta o todo da humanidade, estaremos contribuindo para o
processo de horizontalidade das relações.

Logo, temos em Moreno, não só na sua teoria, mas principalmente


em suas vivências, um exemplo de homem, co-criador e co-
responsável pelos seus atos e pelas conseqüências deles em sua
vida e na vida do outro. Nesse sentido o Homem para Moreno é um
ser com potenciais criativos e espontâneos, capaz de dar respostas
adequadas para si e para o outro, dentro de cada contexto. E é
nesse sentido que devemos direcionar nossas ações.

Se conseguirmos introjetar essas idéias e condutas e ampliarmos


para os contextos de trabalho e para as pessoas que dele
participam, podemos e devemos contagiar psicodramaticamente a
sociedade como um todo. Assim, poderemos construir um mundo
melhor para se viver, sairemos do egoísmo do eu, para
vivenciarmos o nós, possibilitaremos a inversão de papéis,
favoreceremos a criação de um mundo capaz de celebrar as
diferenças.

Link Sugerido: Abordagem de técnicas

http://tramadavida.blogspot.com.br/p/tecnicas-do-psicodrama.html

Videos do Youtube:

https://www.youtube.com/watch?v=cHr9edtXeR8
https://www.youtube.com/watch?v=ME4-I4XjUbw

LIVROSPesquisas relacionadas a livros de psicodrama pdf


jacob levy moreno psicodrama pdf
psicodrama moreno pdf
fundamentos do psicodrama moreno pdf
psicodrama moreno download
psicodrama moreno scielo
psicodrama jacob levy moreno livro
livro psicodrama moreno pdf
psicoterapia de grupo e psicodrama pdf

21/05/2016