Você está na página 1de 2

ESCOLA ESTADUAL

FORMULÁRIO PARA REGISTRO DE PROPOSTA DE TRABALHO PARA O CAMPO DE


INTEGRAÇÃO CURRICULAR

1. Professor Responsável:

2. Campo de Integração Curricular:


Pesquisa e Inovação Tecnológica

3. Projeto(s) /oficina(s) proposta :


Transformar temas de interesse em problemas que instiguem os alunos a compreendê-los.
Desenvolver projetos de pesquisa e/ou de intervenção concebidos como uma proposta pedagógica que
gere situações de aprendizagem, nas quais as disciplinas tornam-se ferramentas de apoio na busca de
soluções para o problema proposto.
Aulas expositivas.
Aulas no laboratório de informática.
Oficinas com palestrantes que desenvolvam pesquisas com aplicabilidade social na cidade de Ubá e
região.

4. Materiais necessários e Tempo previsto para execução do(s) projeto(s)


a) Recursos Humanos (ou oficineiros de apoio): palestrantes
b) Recursos Materiais: folhas a4, cartolinas, canetas, tesouras, cola branca, pincéis, pastas plásticas,
tinta para impressora.
c) Equipamentos: computadores, impressoras, gravadores de som, máquinas fotográficas,
calculadoras e pen drives.
d) Recursos Financeiros: palestras e viagens.
e) Tempo previsto de início e Término: 4meses e meio (de agosto a meados de dezembro).

5. Faça um breve resumo do projeto (apresentação, justificativa, objetivos, metodologia, tempo de


execução):
Nessa disciplina os alunos formularão questões para resolver um problema e pesquisarão o tema,
atribuindo significados e construindo suas soluções.
Essa disciplina se faz relevante à medida que se propõe a transformar os temas de interesse em
problemas que instiguem os alunos a compreendê-los.
O objetivo é desenvolver projetos de pesquisa e/ou de intervenção concebidos como uma proposta
pedagógica que gere situações de aprendizagem, nas quais as disciplinas tornam-se ferramentas de apoio
na busca de soluções para o problema proposto.
Através de aulas expositivas, aulas no laboratório de informática, e palestras, os alunos irão
compreender o que é um projeto de pesquisa e/ou intervenção e as partes que o compõe (título, resumo,
palavras-chaves, justificativa, objetivo, metodologia, coleta e tabulação de dados e conclusões). Terão
acesso a plataformas de pesquisa científicas confiáveis e a normas de referências bibliográficas. E
construir a aplicabilidade do projeto no meio social.

6. Qual/quais tema/temas o projeto aborda?


As partes de um projeto de pesquisa e/ou intervenção.
Tipos de pesquisa.
Aplicabilidades sociais dos projetos.

7. Quais áreas do conhecimento e disciplinas o projeto abrange?


As mais variadas áreas, uma vez que o tema será livre. Diversas disciplinas irão ser envolvidas nesse
projeto: A língua portuguesa estará nas técnicas de redação de todas as partes dos projetos, a matemática
na tabulação e apresentação dos resultados das pesquisas quantitativas. Todas as disciplinas poder ser
abrangidas de acordo com os temas escolhidos.

8. Quais habilidades e capacidades o projeto potencialmente poderá desenvolver nos e com os


estudantes?
Organizar e tabular um conjunto de dados.
Interpretar e usar dados apresentados em tabelas e gráficos.
Representar um conjunto de dados graficamente.
Resolver problemas que envolvam média, moda e mediana.
Esquema e resumo de artigos de divulgação científica.
Relatório de experiências científicas.
Artigo, entrevista, notícia e perfil.
Produção textual.

9. De que maneira o projeto poderá contribuir para efetivar e/ou consolidar o aprendizado dos
estudantes?
Possibilitando que o estudante questione o mundo em que vive e passe a se perguntar sobre ele, comece
a olhá- lo de uma forma investigativa.
Dando protagonismo aos jovens, por meio de ações e atividades que contemplem a abordagem de
conhecimentos, as experiências e atitudes que se materializam na formação humana integral, gerando
reflexão crítica e autonomia.

10. De que maneira o projeto se insere no Campo de Integração Curricular escolhido?


Permitindo a articulação entre formas disciplinares e não disciplinares de organização do conhecimento e
favorecendo a diversificação de arranjos curriculares, com vistas a produzir maior diálogo e interação dos
saberes locais, das áreas do conhecimento e dos componentes curriculares.

11. De que maneira esse projeto reconhece os saberes da Base Nacional Curricular Comum?
Através de uma formação humana integral para a construção de uma sociedade justa, democrática e
inclusiva.
Trabalhando dentro das diretrizes e competências do ensino médio.

12. Existem possibilidades interdisciplinares com essa proposta? Se sim, quais?


Sim, com uma proposta pedagógica que gere situações de aprendizagem, nas quais as disciplinas tornam-
se ferramentas de apoio na busca de soluções para os problemas propostos, como algo desafiador e não
apenas como uma dificuldade. Envolvendo habilidades e capacidades das disciplinas de língua portuguesa,
matemática, entre outras.