Você está na página 1de 258

Decisões em consultas ao tce/SC

prejulgados
atualizados até sessão de 08/06/2009

prejulgados 1
Decisões em consultas ao tce/SC

prejulgados

TRIBUNAL
DECONTAS
DESANTA
CATARINA

2 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 1


TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA
DIRETORIA GERAL DE PLANEJAMENTO E ADMINISTRAÇÃO
DIVISÃO DE PUBLICAÇÕES

Decisões em Consultas — Prejulgados


Apresentação
supervisão de edição
Conselheiro Wilson Wan-Dall

edição e revisão gramatical


Valdelei Rouver

O
Comissão de revisão e consolidação de prejulgados (Portaria TC-0106/09)
Tribunal de Contas de Santa Catarina, ao lado de outras atribuições com
Elóia Rosa da Silva (supervisão)
assento constitucional, tem a incumbência de responder a consultas origi-
Marcelo Brognoli da Costa (coordenador)
nárias dos órgãos e entes públicos submetidos à sua jurisdição.
Guilherme da Costa Sperry
Evaldo Ramos Moritz
Daí decorre a deliberação de decisões, nominadas como prejulgados, com
Valéria Rocha Lacerda Gruenfeld
caráter meramente pedagógico. São decisões voltadas à orientação não só de
quem formula a consulta, mas para todos que se deparem com a questão fática
Colaboração
trabalhada em tese pelo Tribunal, considerando a legislação incidente ao caso,
Flávia Bogoni
atentando para o tempo, período de vigência da norma legal, e espaço, âmbito
Luciana Cardoso Pilati
de aplicação dessas normas.
Marianne da Silva Brodbeck
Para dar acessibilidade às respostas decorrentes das consultas, o TCE/SC dis-
planejamento Gráfico ponibiliza em seu sítio eletrônico todo o elenco de prejulgados, o qual é constan-
Ayrton Cruz
temente atualizado em razão de novas deliberações, reformas ou revogações.
Impressão Por força de disposição regimental, o Tribunal de Contas, por ato do Pre-
Delta Editora e Serviços Gráficos Ltda. sidente, deve realizar a consolidação dos prejulgados. Eis, então o propósito
do presente trabalho, cujo préstimo inicial é a veiculação dessa sistematização
pela via de publicação impressa, permitindo acesso fácil e rápido ao material
para fins de consulta. Essa consolidação servirá ainda de base para a reforma e
revogação dos prejulgados, ação que requer deliberação do Plenário da Corte
de Contas.
Tem-se, então, com esta publicação, uma coletânea de prejulgados do Tri-
bunal de Contas do Estado de Santa Catarina que reafirma o compromisso com
S231p Santa Catarina. Tribunal de Contas do Estado de Santa
o primado da orientação dos gestores públicos, para, posteriormente, exercer a
Catarina. Prejulgados 1989/2009. Edição consolidada, função de controle.
revista e ampliada. Florianópolis : Tribunal de Contas, A leitura dos prejulgados e a condução da gestão pública baseada em seus
2009.
ditames assegurarão ao agente público a legitimidade e a legalidade de seus atos,
512 p. bem como a satisfação do interesse público, conferindo regularidade às contas
— objeto de julgamento pelo TCE/SC —, ou a emissão de parecer recomen-
1. Santa Catarina – Jurisprudência. I. Título.
dando a aprovação pelo Poder Legislativo competente.
CDU. 340.143098164 É certo, ainda, que o conteúdo da presente publicação não se restringe àque-
les envoltos diretamente com as questões da Administração Pública. Seu prés-
timo se estende a toda a sociedade, estudantes, professores, e principalmente
aos cidadãos comprometidos com o controle social do Estado, porque traduz a
visão do Tribunal de Contas ante as normas que impõem o dever-ser aos ges-
tores públicos.
PEDIDOS DESTA PUBLICAÇÃO PARA:
TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA
Divisão de Publicações
Rua Bulcão Vianna, 90 — CEP 88010-970 — Florianópolis — SC
José Carlos Pacheco
Fone (48) 3221-3843 Presidente do Tribunal de Contas
E-mail: publicacoes@tce.sc.gov.br
www.tce.sc.gov.br

2 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 3


Notas do editor

w Prejulgados

• Versão anterior consolidada, revista e ampliada — 2004.

• Versão atual consolidada, revista e ampliada até sessão de 08/06/2009.

w A interrupção da seqüência numérica é resultado da seleção dos prejulgados


(leia nota explicativa).

w Ao consultar esta obra verifique no site www.tce.sc.gov.br se o prejulgado


sofreu revogação ou reforma.

w Manteve-se, nesta edição, a ortografia vigente.

4 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 5


Nota explicativa

A presente publicação trata de coletânea de decisões em consultas respon-


didas pelo Tribunal de Contas entre o elenco disponibilizado em seu sítio
eletrônico. O leitor observará, ao ler o texto, a omissão de alguns prejulgados
que criou uma lacuna na seqüência numérica, a indicação de revogação ou re-
forma.
Os prejulgados não publicados e que resultam em saltos na ordem seqüencial
permanecem íntegros no sítio eletrônico, contudo, sua exclusão se fez necessária
segundo os critérios adotados pela Consultoria Geral, basicamente, sinonímia
com outros prejulgados e ausência de caráter de generalidade.
A revogação decorre da modificação do entendimento do Tribunal de Contas
acerca da matéria, ou seja, em uma decisão deliberada após a edição do prejul-
gado este não mais se sustenta por mudança na legislação incidente ou por nova
orientação interpretativa. A revogação é determinada pelo Tribunal Pleno em
razão do conflito exegético com a nova concepção sobre tema idêntico.
Há também os prejulgados reformados, assim identificados para evidenciar
que parte de seu texto sofrera alteração ou supressão, igualmente em razão da
evolução interpretativa ou modificação legal.

6 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 7


Prejulgados por assunto

Matéria Assunto
ACORDO • Acordo coletivo e convenção coletiva de trabalho.....................0886 – 1377 – 1436 – 1481
• Acordo com organização não-governamental para contratação de pessoal....................1205
• Acordo de Cooperação e Termo de Compromisso de estágio entre a Câmara
Municipal e instituições de ensino...................................................................................0838
• Acordo judicial e extrajudicial celebrados pelo Estado.......................... 0580 – 0886 – 1672
• JUCESC. Acordo com associações e indústrias..............................................................1493
• Necessidade de autorização legislativa............................................................... 0767 – 1672

ACUMULAÇÃO • Com cargo de Vice-Prefeito..........................................................100 – 0642 – 0744 – 1570


CARGO/FUNÇÃO • Com cargo proveniente de cedência mediante convênio de municipalização
de ensino...........................................................................................................................0034
• Com mandato de vereador.................................................................................. 0069 – 0547
• Com outro cargo comissionado........................................................................................0704
• Com outro cargo efetivo...................................................................................................0653
• De remuneração com cargo de professor.........................................................................1817
• No poder executivo e no poder legislativo......................................................................0761

AGENTES • Características...................................................................................................................1014
POLÍTICOS • Contratação com o Município.....................................................0041 – 0083 – 0099 – 0221
• Definição. Prerrogativas...................................................................................................1785
• Distinção de agentes administrativos...............................................................................1785
• Infrações cometidas. Indicação. Procedimento................................................................0734
• Participação em licitação..................................................................................................0014
• Prefeito, Vice-Prefeito e Vereador. Benefícios previdenciários.......................................1236
• Prefeito, Vice-Prefeito e Vereador. Remuneração. Fixação. Alteração. Requisitos........0991
• Prefeito. Licença para tratar de assuntos particulares.....................................................1637
 • Projeto de decreto legislativo. Pagamento de subsídio de Prefeito e Vice-Prefeito.
Legalidade........................................................................................................................0768
• Remuneração
• Alteração no curso da legislatura.................................................................. 0282 – 1098
• Jeton. Pagamento a Secretário de Estado..................................................................0710
• Teto remuneratório. Limite.........................................................................................0653
• Vício na norma fixadora. Retificação. Procedimento. Efeitos...................................0626
• Seguridade social. Contribuição.......................................................................................1634
• Subsídio
• Fixação extemporânea. Efeitos..................................................................................1214
• Fixação. Alteração. Vigência. Teto.............................................................................1098
• Fixação. Majoração....................................................................................................1076
• Fixação. Parâmetros. Previsão...................................................................... 0933 – 1090
• Imposto de Renda. Matéria tributária afeta à Secretaria da Receita Federal............1161
• Lacuna normativa. Procedimento...............................................................................0768
• Norma fixadora. Previsão...........................................................................................1016
• Prefeito e Vice-Prefeito. Décimo terceiro subsídio. Percepção.................................1215

8 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 9


• Revisão geral anual. Previsão...............................................1153 – 1163 – 1203 – 1687 Direito adquirido...................................................................1008 – 1047 – 1316 – 1424
• Vice-prefeito. Substituição do Prefeito nos casos de impedimento................................1937
ATOS • Anulação. Revogação.......................................................................................... 0713 – 1490
APOSENTADORIA • Acumulação de proventos com vencimentos...................................................................1778 ADMINISTRATIVOS • Atos de gestão. Ministério Público junto ao Tribunal de Contas....................................1176
• Acumulação de proventos de aposentadoria....................................................... 0918 – 1878 • Atos do Poder Público. Validade. Requisitos...................................................................1259
• Alteração do fundamento legal do ato aposentatório. Efeitos.........................................1969 • Certidões, informações ou cópias de documentos. Pedido. Interesse particular,
• Aposentadoria e pensão. Complementação. Requisitos.......................... 0860 – 1525 – 1598 coletivo ou geral. Requisitos............................................................................................0690
• Aposentadoria especial.....................................................................................................1357 • Entidades privadas. Parceiras para a confecção de equipamentos destinados a colher
• Aposentadoria junto ao INSS. Complementação.............................................................1699 sugestões e denúncias da população. Requisitos.............................................................1193
• Aposentadoria junto ao INSS. Efeitos.............................................................................1010 • Irregularidades. Indícios. Providências da Administração...............................................0817
• Aposentadoria por invalidez........................................... 1175 – 1352 – 1530 – 1623 – 1945 • Objeto. Clareza. Abrangência...........................................................................................0767
• Aposentadoria por invalidez. Cálculo dos proventos......................................................1707 • Poder Executivo. Atos administrativos. Edição. Responsabilidade................................1216
• Aposentadoria proporcional. Cômputo............................................................................1504 • Publicidade.......................................................................................................... 0829 – 1669
• Aposentadoria voluntária.............................................................0498 – 0688 – 0765 – 1325 • Publicidade. Alteração da forma......................................................................................0194
• Aposentadoria. Concessão. Requisitos e critérios diferenciados........................ 0844 – 1352 • Validade. Requisitos............................................................................................ 1259 – 1324
• Aposentadoria. Efeitos......................................................................................... 1360 – 1921
• Atividade rural. Averbação e contagem recíproca do tempo AUTARQUIA • Autarquia interestadual. Tempo de serviço......................................................................1424
de serviço................................................................................................. 0593 – 1489 – 1745 • Controles. Procedimentos financeiros. Movimentação. Competência............................1108
• Auxílio-doença. Cômputo do período para aposentadoria..............................................1903
• Averbação de tempo de serviço...................................................0665 – 1357 – 1424 – 1511 AUXÍLIOS E • Auxílio financeiro. Concessão a instituições sem finalidade lucrativa............................1940
• Causa extintiva do contrato de trabalho...........................................................................1010 SUBVENÇÕES • Concessão de subvenções sociais a entidades filantrópicas............................................0741
• Complementação de proventos........................................................................................1738 • Concessão aos agricultores. Vedações e procedimentos..................................... 1445 – 1507
• Compulsória.................................................................................0606 – 1325 – 1339 – 1921 • Cultos religiosos e Igreja..................................................................................... 0655 – 0748
• Contagem de tempo ficto.................................................................................................1883 • Educação Ambiental. FATMA..........................................................................................1376
• Contagem recíproca de tempo..........................................................................................0635 • Empresa privada. Implantação ou ampliação de atividades. Entidade de direito
• Continuidade na prestação do serviço. Concurso público...............................................0606 privado. Recursos financeiros recebidos. Aplicação. Comprovação...............................0613
• Direito adquirido. Implicações legais. Cômputo.............................................................0804 • Entidade privada. Concessão pela Câmara......................................................................0025
• Emenda Constitucional n° 41/03. Definições..................................................................1972 • Entidade tradicionalista (CTG). Concessão pelo Município...............................0023 – 1158
• Empregados de empresas públicas e sociedades de economia mista. • Entidades assistenciais. Sindicato de trabalhadores rurais..............................................1715
Equiparação entre ativos e inativos.................................................................... 1360 – 1367 • Entidades com fins lucrativos. Percepção de auxílio financeiro pela Administração.....1243
• Função gratificada e hora extra. Incorporação.................................................................0593 • Entidades esportivas............................................................................................ 0909 – 1828
• Invalidez.................................................................................................. 1325 – 1623 – 1903 • FATMA. Educação ambiental..........................................................................................1376
• Invalidez. Lei municipal...................................................................................................1735 • Intermediação de repasse.................................................................................................0203
• Invalidez. Normatização...................................................................................................1530 • Norma disciplinadora.......................................................................................................0495
• Invalidez. Suspensão para cumprimento de pena disciplinar..........................................0401 • Pessoas carentes. Concessão pela Câmara.......................................................................0090
• Licença-prêmio e férias não usufruídas. Indenização......................................................1974 • Pessoas carentes. Concessão pelo Município..................................................................0314
• Magistrado. Adicional compensatório..............................................................................1957 • Prestação de contas. Saldo financeiro..............................................................................1307
• Prefeito. Averbação de tempo de serviço prestado na função.........................................0635 • Prestação de contas. Comprovantes.................................................................................1540
• Professor. Aposentadoria especial....................................................................... 1432 – 1469 • Projetos de lei de concessão. Iniciativa...........................................................................0528
• Proventos. Cálculo................................................................................................0804 – 1136 • Servidor inativo. Percepção de auxílio-alimentação........................................................0901
• Proventos. Cálculo. Exclusão do vale-refeição...............................................................1849 • Sindicatos..........................................................................................................................1162
• Retorno ao serviço público. Concurso. Efeitos...................................... 0903 – 1878 – 1921 • Subvenções sociais. Concessão............................................................... 0615 – 1445 – 1584
• Servidor aposentado por outro ente. Aprovação em concurso público municipal..........1216 • Subvenções sociais e econômicas....................................................................................1940
• Servidor aposentado. Prestação de serviços notarial e de registros por servidor
aposentado. Percepção de proventos e emolumentos......................................................1647 BEM PÚBLICO • Alienação de bens móveis
• Tempo de contribuição • Dação em pagamento.................................................................................................0504
• Tempo de contribuição na atividade privada, rural e urbana....................................0406 • Forma................................................................................................. 0296 – 0504 – 0328
• Tempo de contribuição previdenciária..................................0688 – 1008 – 1357 – 1624 • Registros contábeis.....................................................................................................0504
• Tempo de serviço • Alienação de bens imóveis
• Servidor ocupante de cargo em comissão. Tempo de serviço. EC no 20/98.............0688 • Dispensa de licitação por ausência de interessados...................................................0057
• Tempo de atividade privada. Cômputo......................................................... 0406 – 1357 • Requisitos..............................................................................0932 – 1291 – 1503 – 1852
• Tempo de serviço............................................................................... 1504 – 1624 – 1957 • Incentivos econômicos. Instalação de empresas........................................................1852
• Tempo de serviço anterior à EC no 20/98. Cômputo.................................................1901 • Aquisição de bem imóvel. Parcelamento. Final do mandato..........................................1578
• Tempo de serviço prestado em condições especiais. Vedação à contagem • Bem Público. Instalações e equipamentos. Vistorias. Reparos. Responsabilidade.
recíproca. Exceções....................................................................................................1924 Despesas. Pagamento.......................................................................................................0673
• Tempo de serviço rural. Contagem recíproca. Vigência................... 0110 – 1106 – 1489 • Bens móveis. Doação. Cláusula de inalienabilidade.......................................................1741
• Tempo de serviço. Qualificação. Cômputo. • Bens móveis. Recebimento a título de doação por instituição estrangeira.....................0525

10 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 11


• Bens móveis e imóveis. Reavaliação. Competência........................................................0880 • Cargos e funções. Remuneração..........................................................................1136 – 1541
• Bens móveis inservíveis. Alienação. Requisitos..............................................................0727 • Cargos, empregos e funções. Criação, transformação ou extinção.
• Brita. Produção e alienação..............................................................................................1303 Competência.........................................................................................................1196 – 1541
• Cessão de uso.......................................................................................... 0208 – 1308 – 1447 • Cessão de uso de veículo ao Poder Executivo................................................................1926
• Classificação contábil.......................................................................................................0091 • Comissão de licitação da Prefeitura. Possibilidade de utilização....................................1946
• Classificação de materiais................................................................................................0490 • Construção de sede...........................................................................................................1754
• Concessão Administrativa................................................................................................1589 • Contabilidade própria. Responsabilidade. Implementação..................... 0781 – 0963 – 1072
• Concessão de bem imóvel................................................................................................1793 • Contabilidade. Realização.............................................. 0949 – 0988 – 1072 – 1136 – 1238
• Concessão de direito real de uso......................................................................... 1291 – 1596 • Contador.............................................................................................................. 1238 – 1649
• Condições.........................................................................................................................1060 • Contador. Cargo efetivo. Provimento. Forma.................................................................. 1110
• Dação em pagamento. Transferência de bens do Município para autarquia...................0544 • Contador. Contratação......................................................................................................0949
• Desafetação parcial de bem divisível...............................................................................1907 • Contratação de empresa de radiodifusão.........................................................................0863
• Desapropriação • Contratação de auditoria independente............................................................................0042
• Desapropriação de terras de propriedade do Estado..................................................0539 • Contratação de trabalhos gráficos....................................................................................1763
• Efeitos.........................................................................................................................0816 • Contratação e execução de obra. Prédio para a Câmara Municipal. Requisitos.............1184
• Lei específica. Transferência à administração...........................................................1827 • Contrato de locação. Previsão..........................................................................................1024
• Doação..............................................................................................................................1596 • Contrato ilegal. Rescisão. Invalidação. Pagamento. Responsabilidade...........................0706
• Doação de imóvel. Impossibilidade de devolução pelo município.................................1770 • Contribuição mensal à entidade associativa das Câmaras...............................................0266
• Doação. Requisitos legais................................................................................... 1479 – 1486 • Controle externo...............................................................................................................1935
• Entidade que explora a Difusão de tecnologia agropecuária. Bens móveis inservíveis. • Controle Interno
Alienação. Requisitos.......................................................................................... 0727 – 1291 • Atividades próprias.....................................................................................................1900
• Exploração............................................................................................................0711 – 1341 • Execução das atribuições...........................................................................................1900
• Forma de transferência de casas populares a particular..................................... 0178 – 0561 • Instituição...................................................................................................................1900
• Imóveis. Destinação para uso especial. Requisitos................................ 0982 – 1045 – 1184 • Otimização..................................................................................................................0988
• Instalações e equipamentos. Vistorias. Reparos. Responsabilidade. Despesas. • Terceirização. Impossibilidade...................................................................................1900
Pagamento........................................................................................................................0673 • Convênio. Cessão de instalações físicas para escritório modelo de advocacia.
• Patrimônio. Titularidade...................................................................................... 0416 – 0450 Objeto que foge às funções da Câmara...........................................................................1993
• Permissão de uso de bem móvel. Termo de permissão de uso. Requisitos. • Convocação e desconvocação de sessão legislativa........................................................1648
Conteúdo...........................................................................................................................1018 • Convocações. Pagamento.....................................................................................0954 – 1161
• Permissão remunerada de uso de bem público................................................................0227 • Créditos decorrentes de ressarcimento............................................................................. 1112
• Recebimento a título de doação.......................................................................................1566 • Criação de cargos comissionados.....................................................................................1935
• Uso das instalações portuárias.........................................................................................0475 • Criação. Extinção ou transformação de cargo.....................................................1136 – 1378
• Uso especial de bens públicos. Forma. Requisitos..........................................................0853 • Organização, funcionamento, polícia, criação................................................................. 1110
• Uso por particular.............................................................................................................0853 • Despesas
• Utilização. Desvio de Finalidade.....................................................................................1381 • Adiantamento para viagens........................................................................... 0491 – 1274
• Venda de passagens. Concessão de uso de box em terminais rodoviários. • Aquisição de aparelhos celulares...............................................................................1718
Terceirização.....................................................................................................................0711 • Coffe break.................................................................................................................1456
• Combustível de veículos particulares........................................................................1268
CÂMARA • Ação Civil Pública. Defesa de ex-vereador.....................................................................1109 • Contratação de serviço de identificação de chamadas...............................................1904
MUNICIPAL • Ação Direta de Inconstitucionalidade de lei municipal. Competência............................0835 • Coroa de flores...........................................................................................................0491
• Agência de publicidade. Contratação...............................................................................0491 • Decoração e coquetel.................................................................................................1859
• Ambulância. Aquisição. Cessão por meio de comodato para o Poder Executivo.......... 1111 • Empenhamento, pagamento e contabilização............................................................0994
• Aplicações financeiras. Rendimentos...............................................................................0461 • Eventos. Seminários, cursos e fóruns........................................................................1562
• Assessor jurídico. Alegação de impedimento para o exercício de suas atribuições • Fora da finalidade de suas funções............................................................... 0679 – 0742
funcionais. Efeitos............................................................................................................0871 • Gravação/reprodução das sessões legislativas...........................................................1255
• Assistência médica a ex-agentes políticos e seus familiares. Concessão........................0861 • Irregulares.......................................................................................... 0090 – 1269 – 1497
• Atos administrativos. Divulgação....................................................................................0829 • Limites..............................................1017 – 1062 – 1184 – 1212 – 1274 – 1329 – 1642
• Atos de publicidade obrigatória. Forma de divulgação...................................... 0297 – 1985 • Manutenção de serviços básicos................................................................................0949
• Atribuições constitucionais. Abrangência........................................................................1139 • Pesquisa popular de avaliação de desempenho.........................................................0742
• Auditoria Independente. Contratação...............................................................................0042 • Recepções a autoridades.............................................................................................0491
• Auxílio financeiro a rádios comunitárias.........................................................................1766 • Diárias. Fixação de valores........................................................................................0491
• Balancete da Câmara. Anexação de documentos............................................................1919 • Diárias. Pagamento.....................................................................................................0709
• Balancete da Câmara. Irregularidades. Efeitos................................................................0936 • Disponibilidades de caixa. Aplicação no mercado financeiro. Requisitos................1231
• Bolsas de estudos. Concessão a servidores.....................................................................1627 • Distribuição de cartilhas em escolas..........................................................................1875
• Cadastro geral de contribuintes. Inscrição.......................................................................0450 • Documentos. Remessa ao executivo..........................................................................0077
• Cargo comissionado.........................................................................................................0408 • Dotação orçamentária. Repasse..................................................................... 0074 – 1558
• Cargo efetivo. Provimento................................................................................. 0637 – 1110

12 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 13


• Duodécimo • Recursos financeiros. Concessão a entidades beneficentes.............................................0679
• Cálculo........................................................................................................................0234 • Repasse ao Poder Legislativo. Valores. Cômputo......................1184 – 1212 – 1583 – 1642
• Contabilização............................................................................................................0949 • Repasse de recursos à entidade representativa da Câmara Municipal............................1888
• Correção monetária....................................................................................... 1583 – 1642 • Repasse de verbas para custeio........................................................................................0720
• Devolução de numerário. Efeitos.................................................................. 1274 – 1329 • Recursos hídricos, exploração de recursos minerais ou extração de petróleo.
• Natureza......................................................................................................................1128 Compensação financeira...................................................................................... 0943 – 1642
• Repasse pelo Executivo...............................................................454 – 140 – 106 – 1128 • Recursos recebidos. Despesas do mês anterior. Apresentação do balanço em plenário.
• Emissora de rádio. Contratação.......................................................................................0297 Competência. Prazo..........................................................................................................0936
• Escola de Gestão Municipal. Criação..............................................................................1873 • Regime de suprimento adotado. Responsabilidade.........................................................0622
• Estagiário. Acordo de Cooperação e Termo de Compromisso de estágio celebrado • Regime Geral da Previdência Social. Filiação dos servidores. Competência.................0906
entre a Câmara Municipal e Instituições de Ensino. Local do estágio...........................0838 • Saldo do suprimento não utilizado. Restituição..................................... 1067 – 1111 – 1329
• Fiscalização de programa de prestação de serviços efetuado pelo Poder Executivo.....1709 • Sede da Câmara. Locação de imóvel. Transferência.......................................................0706
• Fiscalização pelo Tribunal de Contas..............................................................................0781 • Sede própria. Construção........................................................................ 0461 – 1240 – 1329
• Folha de pagamento. Abrangência.......................................................... 1146 – 1212 – 1642 • Serviços de contabilidade. Competência.........................................................................0843
• Folha de pagamento. Gastos além do limite. Efeitos......................................................1215 • Serviços técnicos..............................................................................................................1857
• Folha de pagamento. Gastos. Limites. Cálculo. • Servidor estranho ao quadro de pessoal. Efeitos.............................................................0704
Abrangência.....................................................................1067 – 1111 – 1135 – 1146 – 1274 • Servidor público. Concessão de benefícios. Estatuto próprio. Estágio probatório.........1732
• FUNDEB. Exclusão do limite da despesa do Poder Legislativo....................................1966 • Sessão Legislativa
• Funções. Atribuições Constitucionais. Concessão de auxílio financeiro........................0025 • Convocação e desconvocação....................................................................................1648
• Gastos. Limite. Controle. Competência...........................................................................1128 • Extraordinária. Devolução do valor recebido............................................................1821
• Imposto incidente na fonte sobre rendimentos pagos a qualquer título. • Extraordinária. Ocorrência. Condições. Pagamento..................................................1161
Recolhimento....................................................................................................................0461 • Extraordinária. Pagamento....................................... 0988 – 1153 – 1161 – 1837 – 1839
• Imóvel. Aquisição. Requisitos.......................................................................................... 1114 • Extraordinária. Pagamento. Previsão................................................ 1189 – 1220 – 1642
• Inativos e pensionistas. Transferência de pagamento da Câmara para o • Extraordinária. Período legislativo ordinário. Pagamento.............................0954 – 1161
Poder Executivo................................................................................................................0651 • Extraordinária. Recesso parlamentar. Gastos de pessoal. Apuração....... 1189 – 1220 – 1642
• Indenização. Concessão a vereadores por uso de veículo próprio..................................1153 • Matéria ordinária ou fora do recesso parlamentar. Pagamento.....................1161 – 1189
• INSS servidores. Recolhimento.......................................................................................0300 • Transmissão ao vivo...................................................................................................0297
• Lei municipal. Revogação. Competência........................................................................0835 • Solicitação de documentos ao Executivo.........................................................................0041
• Lei Orçamentária Anual. Repasse inferior ao previsto....................................................1558 • Subsídios
• Locação de veículo...........................................................................................................1910 • Fixação. Alteração......................................................................................................1214
• Mensagens alusivas a datas festivas e/ou campanhas educativas. • Fixação. Prazo............................................................................................................0991
Forma de veiculação.........................................................................................................0679 • Subvenções sociais. Gastos. Custeio................................................................................1139
• Motorista. Provimento......................................................................................................0637 • Suplementação de dotação sem autorização legislativa..................................................0098
• Orçamento. Numerário referente às dotações. Empenhamento, pagamento e • Suprimentos. Limite dos repasses....................................................................... 1329 – 1558
contabilização...................................................................................................................0994 • Suprimentos. Repasses mensais pelo Poder Executivo.......... 0647 – 0975 – 0982 – 1019 –
• Pagamento de pessoal. Adoção de períodos inferiores a 30 dias....................................1887 1042 – 1067 – 1111 – 1558 – 1694
• Patrimônio. Titularidade. Município................................................................... 0416 – 0450 • Suprimento. Valor não utilizado pelo Poder Legislativo e devolvido ao Tesouro
• Percentual de 5% sobre a receita municipal. Cálculo. Incidência. Limite......................0720 Municipal. Efeitos............................................................................................... 1202 – 1329
• Pessoal. Despesa total. Apuração........................................................................ 1034 – 1220 • Telefone celular. Aquisição. Requisitos...........................................................................1820
• Pessoal. Gastos. Percentuais e limites. Fiscalização. Competência................................1019 • Utilização da estrutura por cidadãos comuns. Impossibilidade.......................................1712
• Plano de cargos e salários. Competência para instituição...............................................1925 • Vencimentos dos cargos do Poder Legislativo. Proibição de serem superiores aos do
• Plano de cargos e salários. Criação mediante lei.............................................................1943 Executivo..........................................................................................................................1943
• Plano Plurianual. Elaboração...........................................................................................0244 • Verbas de gabinete. Instituição. Procedimento................................................................1220
• Plenário. Divulgação de trabalhos...................................................................... 0297 – 0491
• Presidente da Câmara CARGO • Acesso...............................................................................................................................0785
• Ordenador de despesa. Atribuições............................................................................0724 COMISSIONADO • Afastamento. Tratamento de saúde..................................................................................1586
• Remuneração. Forma. Quantum.................................................................... 1090 – 1091 • Características.......................................................................................... 0642 – 0704 – 1014
• Subsídio. Valor. Cômputo...........................................................................................0988 • Cargo comissionado não codificado. Remuneração........................................................0669
• Servidor público ocupante de cargo efetivo investido em mandato eletivo.............1215 • Contador...........................................................................................................................1649
• Substituição regular ao Prefeito. Remuneração.........................................................0794 • Contribuição para o Fundo Municipal de Seguridade Social..........................................0304
• Verba de caráter indenizatório. Percepção. Cômputo....................... 1161 – 1220 – 1642 • Criação. Extinção. Previsão.............................................................................................0704
• Verba de caráter indenizatório. Instituição.....................................................0991 – 1161 • Direitos e vantagens................................................................................ 0408 – 0554 – 1971
• Procedimentos. Descentralização.....................................................................................0290 • Empregos em comissão....................................................................................................1871
• Publicação de atos oficiais. Autonomia...........................................................................1985 • Estrangeiro. Nomeação.....................................................................................................0381
• Receita. Composição........................................................................................... 1240 – 1844 • Exercido no Poder Executivo. Acúmulo com mandato de vereador...............................0547
• Recursos financeiros destinados ao Poder Legislativo. Fixação. • Exoneração no período da gestação.................................................................................1976
Forma..................................................................1128 – 1212 – 1274 – 1329 – 1435 – 1642

14 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 15


• Falecimento de servidor em exercício no cargo. • Entidade de direito privado. Recursos financeiros recebidos. Aplicação.
Pagamento de pensão aos dependentes............................................................................0878 Comprovação....................................................................................................................0613
• Gratificação por dedicação exclusiva. Regulamentação. Pagamento..............................0783 • Entidade sujeita à Lei no 6.404/76 e às regras da Contabilidade Comercial..................1217
• Lei Complementar 90/93 – redação dada Lei no 1.149/93..............................................0839 • Entidade de direito privado sem fins lucrativos. Transferência de recursos...................1522
• Licença-prêmio. Triênios..................................................................................................1719 • Entidade cultural e comunitária sem fins lucrativos. Percepção de recursos
• Pensão especial.................................................................................................................0037 decorrente de transferência pelo Poder Público. Rubrica contábil..................................1251
• Preenchimento por servidor de carreira. Atribuições......................................................0732 • Entidade. Plano de Contas da Contabilidade. Organização. Forma................................1217
• Preenchimento por servidor inativo.................................................................................0752 • Fazenda Pública. Compensação de créditos. Procedimento............................................0652
• Provimento. Remuneração...............................................................................................0704 • FUNDEF. Classificação de receita e despesa..................................................... 0526 – 0571
• Provimento. Requisitos. Não atendimento. Efeitos.........................................................1433 • FUNDEF. Recursos. Contabilização................................................................................1235
• Servidor efetivo designado para ocupar cargo em comissão. Efeitos.............................0700 • Fundo Previdenciário Municipal. Extinção. Numerário. Destino. Contabilização.........0895
• Secretaria de Estado da Educação. Controle de freqüência de cargo comissionado......0725 • Ministério Público. Fundo Especial do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento
• Servidor estável ocupante de cargo em comissão. Promoção por tempo de serviço......1990 Funcional – FECEAF. Percepção de recursos financeiros. Contabilização....................1172
• Servidor municipal ocupante de cargo comissionado em autarquia...............................1989 • Ministério Público. Aquisição de livros para a biblioteca. Material permanente...........1897
• Servidor público efetivo ocupante de cargo comissionado. Previdência........................0704 • Município. Receitas de indenização ou restituição recolhidas ao Município.................0834
• Servidor público. Exercente de cargo efetivo. Assunção de cargo comissionado. • Órgãos e entidades da administração pública estadual sujeitos à Lei no 4.320/64.
Vinculação a regime de previdência................................................................................1082 Percepção de recursos financeiros do Fundo Estadual de Pessoal.
• Servidor ocupante de cargo comissionado. Exoneração. Nomeação imediata em outro Regime de competência. LRF..........................................................................................1423
cargo. Efeitos....................................................................................................................0700 • Policial Militar. Transferência. Despesas com transporte. Indenização.
Contabilização..................................................................................................... 0937 – 1224
CONSELHO • Conselheiro • Precatórios judiciais não pagos durante a execução do orçamento
TUTELAR DA • Acumulação com outro cargo.....................................................................................1475 em que foram incluídos. Efeitos......................................................................... 1235 – 1457
CRIANÇA E • Aposentado. Remuneração.........................................................................................0940 • Receitas com destinação específica. Manutenção e desenvolvimento do ensino
DO ADOLESCENTE • Concessão de diárias..................................................................................................1978 e ações de saúde. Saldo de exercício...............................................................................1638
• Natureza do cargo.......................................................................................... 0802 – 1273 • Receita corrente líquida. Conteúdo..................................................................................1235
• Remuneração.........................................................................0802 – 0940 – 1273 – 1869 • Receita patrimonial. Registros.........................................................................................1341
• Definição. Previsão legal. Funcionamento. Membros. Pagamento........ 0753 – 1054 – 1273 • Reconstituição de Bens Lesados. Contabilização............................................................1160
• Recursos disponíveis. Aplicações pelo Poder Público em bancos oficiais. Perdas
CONSÓRCIO • Associações. Escrituração contábil. Fiscalização pelo Tribunal de Contas....................0210 financeiras. Efeitos. Contabilização.................................................................................1234
• Bens móveis duráveis. Aquisição pela Prefeitura............................................................0008 • Recursos. Categoria Programática. Transposição, remanejamento ou transferência.
• Intermunicipal Previsão............................................................................................................... 0651 – 1312
• de Saúde. Aquisição de medicamentos......................................................................1626 • Registro das oscilações e de provisão para perdas..........................................................1983
• Previdência complementar.........................................................................................1387 • Rejeição da Lei Orçamentária. Créditos Especiais..........................................................0840
• Restos a pagar...................................................................................................................1984
CONTABILIDADE • Adicional trienal. Lançamento na folha de pagamento...................................................0671 • Saldos financeiros. Resolução no TC-16/94.....................................................................1750
• Aplicações e investimentos dos regimes próprios de previdência. • Segregação de funções. Contabilidade e Finanças..........................................................1333
Balanços e balancetes. Remessa. Normatização..............................................................0017 • Sementes e mudas de plantas. Aquisição. Despesas. Classificação................................0691
• Câmara Municipal. Devolução de numerário correspondente ao duodécimo. Efeitos. • SUS. Contabilização dos recursos financeiros.................................................................0039
Lançamento contábil........................................................................................................1274 • Terceirização de mão-de-obra. Contrato. Substituição de servidores e empregados
• Câmara Municipal. Percentual de 5% sobre a receita municipal. Cálculo. Incidência. públicos. Despesas. Contabilização..................................................................... 1235 – 1438
Limite................................................................................................................................0720
• Câmara Municipal. Competência........................................................................ 0843 – 1238 CONTRATAÇÃO • Advogado
• Concurso regularmente instituído e realizado. Prêmio devido. Despesa........................0698 DE SERVIÇO • Contratação com ônus para Administração Pública..................................................1767
• Consórcio público. SAMU. Repasse dos recursos..........................................................1938 • Contratação para reestruturar setor de licitação e contratos.
• Contabilização. Regras.....................................................................................................1235 Contratação sem vínculo empregatício......................................................................1121
• Contador. Atribuições do cargo........................................................................... 0988 – 1818 • Contratação. Requisitos..................................................................................0818 – 1121
• COSIP. Normatização e contabilização.............................................................. 1370 – 1535 • Honorários contratados. Pagamento. Retenção de valores pelo advogado...............1180
• Crédito especial. Abertura. Objetivo. Contabilização......................................................1180 • Inexigibilidade de licitação........................................................................................1791
• Créditos suplementares e especiais. Lei Orçamentária....................................................1312 • Procedimento..................................................................................... 1304 – 1485 – 1121
• Curso. Modalidade à distância. Contrato entre a UDESC e municípios. • Celebrado com órgão ou entidade integrante da administração pública.........................0387
Contabilização................................................................................................................. 1043 • Contratação de médico. Possibilidade de aditamento......................................................1932
• Décimo terceiro salário. Empenho...................................................................................1676 • Contrato de prestação de serviço. Empenho global e subempenho................................1356
• Despesas de exercícios anteriores. Empenho e pagamento........0698 – 1366 – 1822 – 1984 • Cooperativa. Contratação..............................................................0594 – 823 – 1336 – 1526
• Despesas irregulares pagas. Responsabilidade. Registro contábil de • Informática. Duração do contrato....................................................................................1979
responsabilização financeira.............................................................................................0875 • Proibição de contratar com servidor público lotado no órgão licitante..........................1257
• Detalhamento da despesa. LDO e LOA...........................................................................1498 • Publicidade.......................................................................................................................1506
• Duodécimo. Devolução de numerário. Lançamento contábil.........................................1274 • Saúde................................................................................................................................0389

16 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 17


• Serviço contínuo.................................................................................................. 0161 – 1643 • Reajuste............................................................................................................................1984
• Sonorização. Divulgação de atos de interesse da administração pública.......................0228 • Reajuste. Índice pactuado entre as partes........................................................................0372
• Telefonia móvel celular....................................................................................................0204 • Regularidade FGTS e INSS. Comprovação....................................................... 0056 – 0917
• Terceirização de serviços. Abrangência. Requisitos........................................................1084 • Rescisão unilateral. Invalidação. Competência................................................... 0706 – 1528
• Revisão contratual............................................................................................... 1952 – 1992
CONTRATO • Alteração contratual. Acréscimo financeiro........................................................ 0774 – 0869 • Termo de contrato. Conteúdo...........................................................................................0563
• Alteração pela administração. Lei no 8.666/93................................................... 1528 – 1589 • Transferência de titularidade de contrato.........................................................................0736
• Anterior à Lei no 8.666/93. Alterações.............................................................................0199 • Unidades Hospitalares da SES. Implantação de sistema de cobrança através de cartões
• Arrendamento mercantil. Instituto de direito privado......................................................1922 de crédito. Contratação de empresa administradora de cartões. Procedimento............. 0596
• Atos do Poder Público. Divulgação. Contratação de emissora de televisão/rádio. • Variação contratual. Acréscimo ao objeto do contrato. Limites......................................0736
Requisitos..........................................................................................................................0927 • Vigência além do exercício financeiro. Empenhamento..................................................1342
• Carteira de Trabalho. Falta de anotação da data da despedida. Efeitos..........................0588
• Contrato em vigor. Cumprimento. Aditamento...............................................................0726 CONTRATO • Estágio. Recrutamento de estagiário pela Administração Pública..................................1718
• Celebrado DE TRABALHO • Gestante. Pagamento de licença após o término do contrato por prazo determinado....0549
• Com particulares.........................................................................................................0694
• Com profissional do setor artístico............................................................................0299 CONVÊNIO
• Ampliação.........................................................................................................................0385
• Comodato. Celebração entre a Prefeitura e grupo de agricultores. Financiamento de • Aplicação de recursos no exercício subsequente................................................ 0105 – 1576
tratores. Despesa com encargos e manutenção de tratores de terceiros..........................0157 • Apreciação pelo Poder Legislativo..................................................................................0528
• Concessão de uso.............................................................................................................1922 • Celebrado entre:
• Concessão. Previsão de subsídios ou incentivos fiscais à concessionária. • APP e Secretaria da Educação...................................................................................0003
Possibilidade.....................................................................................................................1933 • Autarquia e particular. Finalidade de lucro. Impossibilidade....................................1899
• Contratação de seguro de responsabilidade civil.............................................................1973 • Entes públicos para realização de obras ou serviços públicos. Requisitos...............1174
• Contratado. Suspensão do cumprimento de suas obrigações............................. 0633 – 1528 • Entidades públicas e instituições privadas.................................................................1588
• Contrato administrativo. Características.....................................0759 – 0771 – 1024 – 1296 • Estado e Município................................................... 0130 – 1458 – 1486 – 1592 – 1613
• Contrato administrativo. Pagamento a ex-sócio..............................................................0351 • Estados e Municípios vizinhos. Requisitos................................................... 1335 – 1478
• Contrato administrativo. Prorrogação..............................................................................0885 • Municípios e organizações não-governamentais. Documentação.............................0396
• Contrato administrativo. Prorrogação sucessiva. Previsão..............................................0923 • Cessão de pessoal.................................................................................... 1004 – 1319 – 1364
• Contrato com instituição de ensino e fundação. Requisitos............................................0856 • Finalidade.........................................................................................................................1486
• Contrato de concessão. Manutenção do equilíbrio econômico-financeiro. Requisitos...0889 • Fundações Públicas..........................................................................................................1590
• Contrato de gestão. Qualificação de sociedade civil sem fins lucrativos........... 0533 – 0560 • Impossibilidade de aditamento de convênios de trânsito para atender
• Contrato de locação................................................................................. 0517 – 1024 – 1660 ao policiamento ostensivo................................................................................................1422
• Contrato de risco. Condições...............................................................................1199 – 1213 • Impossibilidade de órgãos estaduais firmarem convênio entre si...................................1765
• Contrato decorrente de licitação. Cláusulas e condições.................................................0617 • Inclusão de contribuição espontânea autorizada pelo consumidor na fatura de água....0741
• Contrato em vigor. Cumprimento. Aditamento...............................................................0726 • Índice de reajuste dos contratos. IPCR............................................................................0280
• Contrato ilegal. Pagamento. Responsabilidade................................................................0706 • Município. Concessão de empréstimos pessoais a servidores mediante convênio.........1265
• Contrato por prazo determinado. Duração. • Município. Trânsito. Órgãos e entidades executivas.......................................... 0940 – 1056
Prorrogação..................................................................... 0055 – 0179 – 0561 – 0676 – 1336 • OSCIP...............................................................................................................................1590
• Contrato por prazo determinado. Tempo de serviço prestado ao Município. Efeitos....0959 • Participação complementar das instituições privadas no Sistema Único de Saúde........0762
• Contrato regido pela Lei 8.666/93. Alteração. Manutenção do equilíbrio • Partícipes. Ingresso e retirada do convênio. Previsão.....................................................0620
econômico-financeiro do contrato....................................................................................0677 • Prestação de contas......................................................................0105 – 0616 – 1540 – 1843
• Contrato regido pela Lei no 8.666/93. Prorrogação. Requisitos......................................1254 • Recursos financeiros. Destino..........................................................................................0602
• Correção contratual. Aplicação do IPCR.........................................................................0280 • Sindicato...........................................................................................................................1829
• Educação. Curso. Modalidade à distância. Contrato entre a UDESC e municípios. • Termo de aditamento........................................................................................... 0195 – 1422
Requisitos............................................................................................................ 1043 – 1621 • Trânsito. Pagamento de estagiário e membros da JARI......................... 1298 – 1337 – 1476
• Empresa administradora de cartão de crédito. Celebração de contrato • Tributos cobrados indevidamente. Restituição. Atualização monetária..........................0103
com o Município..............................................................................................................0258 • Vantagem pecuniária paga com atraso a servidor............................................................0173
• Empresa privada. Contratação através de parceria e por tempo determinado................0656 • Vigência............................................................................................................... 1577 – 1581
• Equilíbrio econômico-financeiro......................................................................................0677
• Licitação. Contratado. Suspensão do cumprimento das obrigações................................0633 DELEGAÇÃO • Requisitos. Responsabilidade.............................................................................. 0846 – 1533
• Modificação da estrutura administrativa. Implicações....................................................1365 DE ATRIBUIÇÕES
• Município. Contrato de execução de obra celebrado com particular. Vigência..............0668
• Município. Não podem firmar contrato com o Município..............................................0617 DESPESA PÚBLICA • Ações e Serviços Públicos de Saúde................................................................................1523
• Nulidade. Serviço prestado. Pagamento pela Administração..........................................0032 • Adiantamento...............................................................................1188 – 1703 – 1828 – 1887
• Operação de crédito. Royalties. Garantia........................................................................1846 • Agricultor. Custeio de despesas.......................................................................................0999
• Preços. Reajuste. Requisitos................................................................................ 0869 – 1830 • Analfabetismo. Programa de erradicação. Execução.......................................... 0867 – 1517
• Proibição aos deputados de contratar com o Poder Público...........................................0082 • Anuidade da OAB. Impossibilidade de custeio público..................................................1909
• Prorrogação. Requisitos....................................................................................... 1084 – 1830 • Aplicação dos princípios da Administração Pública. Observância.................... 0961 – 1366

18 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 19


• Aquisição de urnas funerárias. Sistema de registro de preços........................................0253 • Diárias...............................................................................................................................1710
• Aquisição de veículo. Pagamento. Responsabilidade......................................................0684 • Diárias, transporte e combustível. Pagamento. Previsão........................................ 0220 -778
• Assistencial.......................................................................................................................1403 • Diárias. Natureza. Previsão. Pagamento............................................................. 1003 – 1509
• Assunção de compromissos financeiros de outros entes da federação. Forma.... 0974 – 1009 • Dívida em curto e longo prazos. Pagamento. Responsabilidade.....................................1040
• Atendimento ao interesse público....................................................................................1861 • Dívida pública. Juros. Multa. Incidência de pagamento. Aplicação de
• Autorização legislativa prévia..........................................................................................1904 índices oficiais......................................................................................... 0372 – 0573 – 0446
• Câmara Municipal. Despesas com a realização de eventos. • Dívida pública. Pagamento na ordem cronológica............................................. 0171 – 0704
Seminários, cursos e fóruns.............................................................................................1562 • Doação de bens móveis por instituição estrangeira.........................................................0525
• Câmara Municipal. Despesas não pagas no exercício de sua liquidação.......................1208 • Educação. Restos a Pagar. Contabilização.......................................................................0676
• Câmara Municipal. Obras realizadas. Cômputo..................................... 1184 – 1240 – 1329 • Exame de DNA.................................................................................................................1855
• Câmara Municipal. Recursos financeiros repassados pelo Tesouro Municipal. • Exercícios encerrados.........................................0004 – 0587 – 0809 – 1038 – 1040 – 1366
Pagamento de despesas inscritas em Restos a Pagar. Efeitos............................ 1208 – 1420 • Folha de pessoal. Irregularidades. Pagamento. Apuração. Efeitos..................................0875
• Características...................................................................................................................1366 • Incentivos econômicos e tributários
• Caráter continuado. Requisitos........................................................................... 1373 – 1615 • Atletas. Concessão de incentivos materiais.................................................. 0308 – 1828
• Cartão de crédito. Realização e pagamento de despesa pública.....................................0258 • Incentivos a empresas. Observância da legislação local...........................................0514
• Cessão de servidores. Apuração da despesa....................................................... 1009 – 1364 • Incentivos tributários e não tributários. Isenção. Doação de imóveis. Terraplenagem.
• Cestas básicas. Pagamento. Responsabilidade.................................................................1075 Instalação de empresas...............................................................................................0530
• Classificação funcional programática...............................................................................0029 • Subvenções econômicas. Concessão a empresas.......................................... 0514 – 0530
• Coffee break......................................................................................................................1663 • Irregularidades. Indícios. Providências da Administração...............................................0817
• Comprovação de despesa • Legalidade
• Através de cupom fiscal. Comprovação de despesa pública. Requisitos..................0760 • Boletim Informativo Municipal.................................................................................0279
• Combustível. Comprovação perante o Tribunal de Contas.......................................0333 • Coffe break.................................................................................................................1456
• Documentos regulares à comprovação......................................................................0238 • Cursos de natureza supletiva......................................................................................0033
• Indenização por atividade parlamentar......................................................................1398 • Dependente químico...................................................................................................1464
• Nota fiscal de serviço avulsa......................................................................................0237 • Mudanças intermunicipais..........................................................................................1314
• Nota fiscal emitida por matriz ou filial......................................................................0249 • Limites impostos pelo art. 29-A da CF................................................... 1189 – 1229 – 1642
• Realizadas junto à EPAGRI.......................................................................................0714 • Locação de veículos.........................................................................................................1730
• Recibo.........................................................................................................................0321 • Maestro. Regência do Coral Municipal Adulto...............................................................0786
• Viagem. Substitutivo a ordem de tráfego ou bilhete de passagem. Diárias..............0186 • Medicamentos...................................................................................................................1713
• Comprovante de Despesa Pública • Município. Despesa irrelevante. Fixação. Competência. Características. Efeitos..........1235
• Documentação comprobatória dos atos administrativos financeiros e jurídicos. • Município. Despesas com cessão de servidores municipais
Arquivamento. Prazo..................................................................................................0521 ao Poder Judiciário.................................................................................. 1056 – 1097 – 1364
• Documentos regulares à comprovação de despesa....................................... 0238 – 1616 • Município. Publicidade.....................................................................................................0817
• Nota fiscal de serviço avulsa......................................................................................0237 • Não contemplada no orçamento. Procedimento..............................................................1002
• Nota fiscal emitida por matriz ou filial......................................................................0249 • Ordenação de despesa. Registro contábil........................................................................0875
• Pessoa física. Nota fiscal ou recibo...........................................................................0579 • Oedenador de Despesa
• Concurso público. Nomeação de candidatos. Despesas..................................................1252 • Originário. Delegação de atribuições. Requisitos. Responsabilidade.......... 0846 – 1533
• Conselho Estadual do Meio Ambiente. Diária e passagem a membro...........................0965 • Responsabilizado por irregularidade. Falecimento. Responsabilidade.....................0808
• Coroa de Flores. Funeral de policiais mortos em serviço...............................................1639 • Pagamento de despesa. Origem. Objeto. Verificação......................................... 0674 – 1366
• Credores. Pagamento. Transferência eletrônica de recursos...........................................1141 • Pagamento de fornecedores através de sistema de linha direta......................................0486
• Despesa realizada com auxílio financeiro. Requisitos.....................................................0990 • Pagamento extemporâneo. Efeitos...................................................................................1038
• Despesas com eventos comemorativos. Cinquentenário de sociedade de • Pagamento. Procedimento................................................................................... 1216 – 1366
economia mista.................................................................................................................1723 • Poder legislativo. Contratação de empresa de radiodifusão............................................0863
• Despesas contraídas. Efeitos............................................................................................1040 • Polícia Militar. Assunção de despesas pelo município....................................................1056
• Despesas de combustível. Uso de veículo particular a serviço. • Propriedades rurais particulares. Serviços gratuitos de máquinas. Requisitos...............0891
Condições para o ressarcimento.......................................................................................1790 • Publicidade. Limite de gastos..........................................................................................0892
• Despesas do exercício corrente. Empenhamento.............................................................0960 • Realização. Requisitos......................................................................................................1366
• Despesas empenhadas......................................................................................................1757 • Recepção de pessoas. Gastos. Requisitos........................................................... 0715 – 1639
• Despesas empenhadas, liquidadas e inscritas em restos a pagar. • Recursos financeiros. Centralização de adiantamentos...................................................0067
Dispêndios de exercícios anteriores. Configuração................................ 1189 – 1366 – 1420 • Recursos financeiros. Descentralização de adiantamentos..............................................0334
• Despesas irregulares com locação de imóvel para ocupação de órgãos estranhos • Restos a pagar
à administração municipal................................................................................................0085 • Liquidação..................................................................................................... 0593 – 1040
• Despesas irregulares pagas. Responsabilidade. Efeitos...................................................0875 • Processados e não-processados................................ 1040 – 1208 – 1232 – 1372 – 1303
• Despesas liquidadas no mês de dezembro. Registro.......................................................1216 • Saúde. Despesas com a prestação de serviços de assistência médica.............................0762
• Despesas obrigatórias. Características. Efeitos................................................................1235 • Substituição de servidores. Terceirização de mão-de-obra. Despesas consideradas.......1146
• Despesas. Registro............................................................................................................1132 • Transporte de estudantes da rede estadual de ensino. Previsão. Efeitos.........................1201
• Detalhamento da despesa. LDO e LOA...........................................................................1498 • Turismo. Incentivo............................................................................................................0323

20 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 21


• Utilização do veículo particular em serviço. Requisitos.................................................0961 • Assistência à saúde.....................................................................................................0019
• Vacina contra a gripe........................................................................................................1936 • Atividades desportivas, culturais e recreativas..........................................................1382
• Veículo particular. Conversão do valor da passagem em combustível...........................0322 • Cursos de natureza supletiva......................................................................................0033
• Vereador. Gabinete. Despesas decorrentes da manutenção.............................................1220 • Despesas de exercício anterior...................................................................................0096
• Vereador. Participação em cursos. Despesas. Contabilização.........................................1125 • Livros didáticos..........................................................................................................0015
• Pagamento de remuneração de empregado sem vínculo com o Município..............0571
DOCUMENTO • Arquivo público. Eliminação de documentos..................................................................0812 • Transporte escolar.......................................................................................... 0093 – 0582
PÚBLICO • Requisição de documentos. Direito de petição................................................................1397 • Maestro. Regência de Coral Municipal Adulto...............................................................0786
• Magistério municipal. Carga horária. Alteração. Requisitos...............................0971 – 1113
EDUCAÇÃO • Associação de Pais e Professores. Impossibilidade de exercer a autonomia • Manutenção e desenvolvimento do ensino. Saldo do exercício......................................1638
financeira das escolas.......................................................................................................1870 • Município. Aplicação de recursos. Valores......................................................................0914
• Autonomia de gestão financeira às unidades escolares...................................................1917 • Município. Ensino médio, graduação e pós-graduação. Pagamento de parte das
• Bem público. Utilização. Desvio de Finalidade..............................................................1381 mensalidades. Requisitos..................................................................................................1133
• Cessão de professores. Portador de deficiência...............................................................1802 • Não-cumprimento do percentual. Implicação..................................................................0524
• Contratação de instituições de ensino. Requisitos...........................................................0857 • Professor
• Contratação de professor inativo......................................................................................1981 • Acumulação de cargos................................................................................................1630
• Contrato entre instituição de ensino e fundação. Requisitos...........................................0856 • Ampliação de carga horária. Efeitos..........................................................................1215
• Contrato temporário. Carga horária.................................................................................1787 • Atuação como árbitro em competições locais. Pagamento pelos serviços
• Curso prestados.....................................................................................................................0883
• Modalidade à distância. Pedagogia. Contrato entre a UDESC e municípios. • Atuação na educação infantil e nas quatro primeiras séries do ensino fundamental.
Requisitos...................................................................................................... 1043 – 1621 Habilitação..................................................................................................................1237
• Seqüenciais e Pós-Graduação. Contrato entre instituição pública de ensino • Carência de professores. Contratação temporária......................................................1418
superior e entes públicos e entidades privadas..........................................................1621 • Cargos iniciais da carreira. Habilitação.....................................................................1987
• Despesas. Finalidade do art. 212 da CF. Requisitos. Contabilização.............................0963 • Efetivo estadual. Nomeação para cargo técnico ou científico no Município.
• Ensino fundamental. Profissionais em efetivo exercício. Concessão de gratificação.....1050 Requisitos...................................................................................................................1261
• Ensino público municipal. Administração. Orientação pedagógica. Competência.........0592 • Estrangeiro. Contratação ou admissão.......................................................................0716
• Ensino. Recursos provenientes do Estado. Despesas......................................................0851 • Funções de magistério. Lei no 11.031/06...................................................................1881
• Escola estadual. Processo de municipalização. Requisitos.............................................1061 • Gratificação mensal. Instituição.................................................................................1258
• Especialistas em educação. Concessão de abono. Requisitos.........................................1140 • Horas-aulas. Vacância. Regras para o exercício........................................................1631
• Fundação Educacional de Santa Catarina. Extinção. Servidores. Vantagens adicionais... 0915 • Município. Professor concursado. Ex-servidor aposentado. Efeitos.........................0903
• FUNDEB • Profissionais do magistério. Lei 9424/96. Características.........................................0619
• Despesas com merendeiras e serventes de limpeza...................................................1944 • Recusa em cursar Pedagogia. Efeitos........................................................................1237
• Despesas com motorista, veículos e combustível......................................................1944 • Programa
• Exclusão do limite da despesa do Poder Legislativo................................................1966 • Dinheiro na Escola. Recursos. Destino. Prestação de Contas...................................0648
• Pagamento de diárias..................................................................................................1880 • Erradicação do analfabetismo. Execução. Despesas.................................... 0867 – 1517
• Prestação de contas.....................................................................................................1932 • PROFORT e MAGISTER. Consecução. Secretaria de Estado da Educação...........0856
• Utilização dos recursos...............................................................................................1880 • Projeto Guias Mirins. Implantação. Convênio. Requisitos.............................................0756
• FUNDEF • Publicação de relatórios. Instituição do Fundo................................................................0471
• Visita a parques com projetos de educação ambiental..............................................1635 • Receita decorrente do cancelamento de restos a pagar. Efeitos......................................1194
• Administração Pública. Aplicação de recursos do FUNDEF. Responsabilidade. • Receita proveniente de impostos. Edificação de centro administrativo..........................1706
Efeitos............................................................................................................ 0666 – 0667 • Restos a Pagar. Contabilização........................................................................................0676
• Aplicação dos recursos................. 0571 – 0582 – 0619 – 0631 – 0800 – 0953 – 1081 – • Salário-educação...............................................................................................................1847
1239 – 1382 – 1431 – 1453 – 1633 – 1635 – 1769 • Transporte escolar de alunos. Despesa municipal com transporte de estudantes
• Aquisição de livros para o ensino fundamental. Licitação........................................1633 da rede estadual de ensino. Previsão. Efeitos......................................... 1201 – 1613 – 1658
• Cotas-partes do Município.........................................................................................1240 • Transporte escolar. Serviço contínuo...............................................................................1833
• Gêneros alimentícios. Aquisição pelas unidades escolares.......................... 0648 – 1547 • Transporte escolar. Utilização para transporte de alunos da rede privada......................1698
• Pagamento de professor................................................................................ 1237 – 1674 • UDESC. Pagamento de bolsas institucionais através de recursos extra-orçamentários.... 1640
• Prestação de contas.....................................................................................................0589 • UDESC. Programa Especial de Treinamento. Recursos recebidos em decorrência
• Profissionais em efetivo exercício. Concessão de gratificação.................................1050 de convênio. Aplicação....................................................................................................0952
• Rateio FUNDEF. Remuneração.................................................................................1258 • Uniformes. Alunos carentes da rede municipal. Aquisição e doação.............................1173
• Recursos. Normas. Contabilização.............................................................................1235 • Uniformes. Alunos do Ensino Fundamental da rede municipal. Gastos.........................1105
• Saldos financeiros apurados no final do exercício. Aplicação. Requisitos. Rateio...1258
• Inclusão no percentual de 25% EMPENHO • Associações Municipais. Sujeição à escrituração contábil..............................................0210
• Alimentação para creches.............................................................................. 0109 – 0220 • Concurso. Instituído e realizado. Prêmio devido. Despesa.............................................0698
• Ampliação e reforma de escolas................................................................................0582 • Despesas de exercícios anteriores. Empenho e pagamento................................ 0004 – 0698
• Aquisição de microônibus. Odontomóvel..................................................................0101 • Despesas do exercício corrente. Empenhamento.............................................................0960
• Aquisição de viaturas para Secretaria da Educação..................................................0582 • Despesas realizadas no sábado. Empenhamento.............................................................0155

22 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 23


• Procuradores legalmente constituídos. Necessidade de empenhamento em nome • Contabilidade..............................................................................................................1896
do outorgante....................................................................................................... 0147 – 1507 • Controle......................................................................................................................1896
• Secretário de Estado. Emissão de empenho e autorização de pagamento. Delegação. • Criação. Características................................................................................. 0712 – 1262
Competência. Responsabilidade.......................................................................................0875 • Forma de estruturação................................................................................................1896
• Subempenho. Possibilidade de emissão.............................................................. 0198 – 1356 • Fundo Estadual de Saúde. Servidor. Desempenho de atividade especial.
Gratificação.......................................................................................................................0058
EMPRESA PÚBLICA • BESC. Averbação de tempo de serviço...........................................................................1465 • Fundo financeiro de organização civil sem fins lucrativos. Constituição.......................0993
E SOCIEDADE DE • Casa do Albergado. Competência do Estado para instituição e manutenção.................1886 • Fundo Municipal. Recursos financeiros. Destinação a pessoas físicas ou jurídicas.......1629
ECONOMIA MISTA • CASAN. Advogados vinculados. Impedimentos.............................................................1485 • Fundos estaduais e municipais de saúde. Identificação dos recursos financeiros
• CELESC. Aplicação de multas a entidades da administração indireta por atraso recebidos da União...........................................................................................................0638
no pagamento das faturas de fornecimento de energia elétrica. Requisitos...................0784 • Fundo Municipal de Saúde
• CELESC. Aquisição de livros de arte. Despesa não relacionada com os objetivos • Aquisição de bem móvel............................................................................................0712
da empresa........................................................................................................................1861 • Aquisição de Medicamentos. Comissão de Licitação................................................0332
• CELESC. Cessão de pessoal............................................................................................1481 • Forma de estruturação. Unidade gestora....................................................................1896
• CIDASC. Cessão de veículo de sua propriedade a outro órgão. Requisitos..................0776 • Instituição de comissão de licitação. Impossibilidade...............................................1725
• CIDASC. Contratação do IDORT – Instituto de Organização Racional do Trabalho....0874 • Receitas e Despesas. Aplicação. Contabilização.......................................................1033
• CIDASC. Utilização de máquinas cedidas pela Secretaria de Estado • Recursos. Destino.......................................................................................................0712
do Desenvolvimento Rural...............................................................................................0928 • Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente
• Contratos de seguro firmados por órgãos estaduais. Interveniência da BESCOR..........1954 • Despesas pertinentes.......................................................................... 0224 – 1832 – 1885
• Empresa pública. Sociedade de economia mista e suas subsidiárias e controladas. • Fundo Previdenciário Municipal
Vantagens remuneratórias. Concessão.............................................................................0832 • Custeio. Base de incidência de alíquota. Previsão....................................................1082
• Jeton. Pagamento a dirigente de estatal...........................................................................0710 • Extinção. Efeitos. Responsabilidade................................................. 0878 – 0911 – 0983
• Extinção. Numerário. Destino. Contabilização............................................. 0895 – 0983
FUNDAÇÃO • Convênio com órgão ou entidade da Administração Direta e Indireta...........................1590 • Fundo Rotativo da Penitenciária. Contratação com dispensa de licitação......................0156
• Criadas e mantidas pelo Poder Público...........................................................................1617 • Licitação...........................................................................................................................0049
• Fundações estaduais. Serviços gráficos. Procedimento...................................................0611 • Ministério Público. Concurso público. Receita de inscrição em Concurso Público.
• Mantida pelo Estado. Remuneração. Alteração. Competência........................................0931 Despesas. Prestação de contas.........................................................................................1172
• UDESC. Programa Especial de Treinamento. Recursos recebidos em decorrência • Objetivos. Competência. Criação. Contabilidade. Extinção. Orçamento........................0852
de convênio. Aplicação....................................................................................................0952 • Orçamento. Recursos. Ordenador de despesa. Transferências a entidades privadas.
• UDESC. Receitas próprias. Utilização. Destino..............................................................0881 Quadro de pessoal............................................................................................................0049
• Unidades Hospitalares da SES. Implantação de sistema de cobrança através • Saldos e disponibilidade financeira. Transferência para o exercício seguinte................0049
de cartões de crédito.........................................................................................................0596 • Transferência de recursos a projetos atendidos com incentivos fiscais..........................1823
• Venda de bens à Secretaria Estadual................................................................................0156
FUNDO • Aplicação no mercado financeiro.....................................................................................0207
• Aquisição de bens................................................................................................ 0207 – 0712 FUNDO DE • FGTS. Liberação mediante simulação de dispensa de empregado. Efeitos....................0858
• Aquisição de bens imóveis...............................................................................................1858 GARANTIA POR
• Contabilidade....................................................................................................................0049 TEMPO DE
• Criação................................................................................................................. 0049 – 0852 SERVIÇO
• Despesas. Responsabilidade pelos atos assinados. Competência....................................0731
• Extinção. Requisitos. Efeitos...........................................................................................1123 LEI • Ação Direta de Inconstitucionalidade de lei municipal. Competência............................0835
• FPM. Vinculação de receita de impostos.........................................................................1827 • Acordo judicial ou extrajudicial. Acordo ou convenção coletiva. Requisitos................0886
• Fundo/Instituto de Previdência Municipal. Extinção. Efeitos.........................................0947 • Adicionais trienais. Agregações. Concessão....................................................................0654
• Fundo de Assistência à Saúde do Servidor. Características. Instituição. • Administração Pública Municipal. Obediência aos princípios constitucionais...............0732
Contribuição. Despesas....................................................................................................1055 • Adolescentes infratores. Centro de Internamento Provisório. Manutenção.
• Fundo de Assistência aos Servidores. Contribuição financeira do Município. Previsão legal....................................................................................................................0789
Extinção. Efeitos...............................................................................................................0945 • Art. 29-A, caput, da Constituição Federal. Limite. Apuração.......................... 1229 – 1642
• Fundo de Assistência e Previdência. Parcelamento de débito junto ao fundo. • Concurso público. Período eleitoral. Homologação........................................... 1541 – 1650
Requisitos.........................................................................................................................0764 • Decreto Legislativo. Fases processuais............................................................................0768
• Fundo de Aval. Instituição................................................................................................0770 • Créditos suplementares. Autorização...................................................... 0692 – 1312 – 1862
• Fundo de Melhoria da Polícia Militar. Despesas decorrentes da aplicação • Detentores de cargos ou empregos públicos. Percepção de vantagens. Requisitos........1258
do art. 51 da Lei Estadual no 5.645/79. Empenhamento.................................................0937 • Entes públicos. Normas constitucionais. Normas infraconstitucionais. Hierarquia.
• Fundo de Reaparelhamento da Justiça........................................0691 – 0899 – 1093 – 1307 Cumprimento....................................................................................................................1006
• Fundo do Sistema Municipal de Assistência. Confissão e parcelamento de dívida da • FGTS – Fundo de Garantia por Tempo de Serviço. Entes públicos.
Prefeitura e da Câmara. Previsão.....................................................................................0767 Recolhimento....................................................................................................... 1026 – 1430
• Fundo Especial • Folha de pagamento. Conceito.........................................................................................1189
• Aquisição de bens imóveis.........................................................................................0712 • Horas Extras. Fixação pelo Município............................................................................1299
• Celebração de contratos.............................................................................................0736 • ICMS. Débito automático em conta bancária..................................................................1216

24 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 25


• Inconstitucionalidade. Apreciação pelo Tribunal de Contas apenas • Empresas controladas. Demonstração do cumprimento do disposto no parágrafo
em caso concreto................................................................................................. 1783 – 1862 único do art. 47.................................................................................................................0904
• Lei de Diretrizes e Bases da Educação • Exercícios anteriores. Despesas com pagamento de salários não pagos
• Aplicação do percentual de 25%. Formas de controle. na época devida................................................................................................................0907
Leis nos 9.394/96 e 9.424/96.......................................................................................0471 • Gestão fiscal. Controle. Dados e informações.................................................................1235
• Apuração de receitas e despesas. Bimestralmente. Publicação do Relatório. • Incentivos e benefícios fiscais. Concessão............................................. 0898 – 1073 – 1295
Art. 72 da Lei Federal no 9.394/96.............................................................................0471 • Incentivos fiscais para participantes de programa de inserção de jovens
• Apuração de receitas e despesas. Diferença. Trimestralmente. no mercado de trabalho....................................................................................................1563
Art. 69 da Lei Federal no 9.394/96.............................................................................0471 • Limitação de empenho.....................................................................................................1435
• Professor. Progressão funcional.................................................................................1720 • Limite prudencial. Exceções à regra................................................................................1421
• Lei de Diretrizes Orçamentárias • Medidas de compensação. Princípio da anterioridade.....................................................1099
• Prazo de encaminhamento ao Legislativo.................................................................1716 • Município
• Projeto de lei. Conteúdo. Rito processual legislativo................................................0681 • Cessão de pessoal à Cadeia Pública Municipal. Pagamento.....................................1004
• Vedação de repasse a associações de servidores.......................................................0899 • Despesas com pessoal. Limite máximo e prudencial. Readequação.........................1379
• Lei Eleitoral. Nomeação para cargo efetivo. Readaptação e/ou supressão • Despesas irrelevantes. Fixação. Competência. Características. Efeitos....................1235
de vantagem. Criação de cargos. Efeitos............................................................ 0913 – 1541 • Operações de crédito com instituições financeiras estatais.......................................0925
• Lei Federal no 8.666/93. Prazos de publicidade..............................................................0719 • Receita Corrente Líquida. Apuração. Percentual máximo de
• Lei Municipal. Revogação. Competência........................................................................0835 comprometimento...........................................................................................0975 – 1155
• Lei Orçamentária Anual • Receitas com destinação específica. Manutenção e desenvolvimento do ensino
• Créditos suplementares e especiais............................................................................1312 e Ações de saúde. Saldo de exercício........................................................................1638
• Edição. Conteúdo.......................................................................................................0791 • Valores decorrentes de operações de crédito. Lançamentos......................................0940
• Metas. Prioridades......................................................................................................0683 • Novos incentivos fiscais. Demonstração e cálculo. Requisitos.......................................1235
• Programas ou Projetos não incluídos na lei. Início...................................................0603 • Operação de crédito................................................................................. 1041 – 1402 – 1554
• Repasse de valores financeiros inferior ao previsto..................................................1558 • Pessoal. Atos que resultem aumento de despesa nos últimos 180 dias de mandato.
• Matéria previdenciária. Competência legislativa.............................................................1236 Efeitos.................................................................................................................. 1235 – 1252
• Princípio da hierarquia das normas jurídicas...................................................................0255 • Pessoal. Aumento de despesas. Efeitos............................................................................1052
• Princípio do devido processo legislativo. Violação.........................................................1736 • Pessoal. Despesa total. Art. 71 da LRF. Correta interpretação.......................................1051
• Registros públicos. Competência para legislar................................................................0661 • Pessoal. Despesas. Limites máximos estabelecidos........................................................0978
• Remissão, renúncia, parcelamento e transação fiscais.....................................................1299 • Pessoal. Servidores à disposição. Remuneração e encargos. Despesas. Limites............1056
• Remuneração de cargos, empregos e funções. Iniciativa................................................1378 • Poderes Executivo e Legislativo. Renúncia de receitas. Ações para o
• Repristinação....................................................................................................................1866 cumprimento das prescrições da LRF..............................................................................1218
• Retroatividade. Observância do art. 5o, inc. XXXVI da CF e art. 6o da Lei • Programa de recuperação fiscal. Renúncia de receita. Efeitos........................................1010
de Introdução ao Código Civil.........................................................................................0575 • Realização da receita. Metas. Descumprimento. Efeitos.................................................1259
• Seguridade Social. Competência legislativa....................................................................1236 • Receita Corrente Líquida. Contribuição previdenciária..................................................1309
• Servidor em caráter temporário. Regulamentação...........................................................1299 • Receita. Renúncia. Efeitos.................................................................................. 1218 – 1235
• Trabalho em domingos e feriados. Requisição de servidor.............................................1299 • Recursos. Transferência para programas não previstos na Lei Orçamentária................ 1117
• Valores pagos indevidamente. Ressarcimento. Ausência de lei municipal.....................0063 • Reestruturação do Plano de Cargos e Salários................................................................1302
• Regras dos arts. 70 e 71. Abrangência.............................................................................1235
LEI DE • Alienação de bens e direitos. Aplicação..........................................................................1473 • Relatórios da Lei de Responsabilidade Fiscal. Padronização e atualização.
RESPONSABILIDADE • A utarquias. Contratos. Atos. Previsão..............................................................................0941 Competência.....................................................................................................................1235
FISCAL • Benefício ou incentivo tributário. Princípio da anterioridade. Concessão antes da LRF. • Relatórios de Gestão Fiscal. Remessa ao Tribunal via sistema e-Sfinge........................1900
Vigência. Prorrogação......................................................................................................1099 • Remissão, renúncia, parcelamento e transação fiscais.....................................................1299
• Benefício tributário. Renúncia de receita............................................... 1218 – 1894 – 1915 • Remuneração. Alteração. Servidores públicos da administração direta,
• Benefício. Imunidade tributária........................................................................................1073 autárquica e fundacional do Estado. Requisitos..............................................................0931
• Câmara Municipal. Cessão de servidores. Remuneração. Pagamento. Ônus.................1009 • Renúncia de receita................................................................................. 1394 – 1467 – 1492
• Cancelamento de crédito tributário. Renúncia de receita................................................1451 • Reserva de contingência. Utilização................................................................... 1079 – 1235
• Cessão de servidores. Apuração da despesa....................................................................1009 • Restos a Pagar. Disponibilidade financeira......................................................................1420
• Contrato regido pela Lei 8.666/93. Prorrogação. Requisitos..........................................1254 • Revisão Geral Anual................................................................................ 1379 – 1544 – 1565
• Despesa de caráter continuado. Requisitos......................................................... 1373 – 1615 • Servidor Público. Abono. Incorporação ao vencimento. Requisitos...............................1260
• Despesa de pessoal. Requisitos da LRF.......................................826 – 1379 – 1386 – 1423 • Servidor Público. Nomeação. Requisitos....................................0978 – 1468 – 1541 – 1650
• Despesa de pessoal. Servidores cedidos. Cômputo.............................................1097 – 1115 • Servidor Público. Revisão geral anual. Previsão................................................ 0931 – 1565
• Despesa total com pessoal..................................1155 – 1379 – 1413 – 1423 – 1773 – 1938 • Servidor público. Substituição. Contratação de mão-de-obra. Despesas.
• Despesa total com pessoal. Contratação para o SAMU. Inclusão no limite...................1938 Classificação.....................................................................................................................1235
• Despesas contraídas no final de mandato. Aquisição de Imóvel.....................................1578 • Servidor Público. Transcurso do tempo no exercício do cargo. Vantagens. Efeitos.......0978
• Despesas contraídas no final de mandato. Recursos de Convênio..................................1576 • Sistema de custos. Implementação...................................................................................1361
• Destinação de recursos para o setor privado...................................................................1940 • Suprimento. Valor não utilizado pelo Poder Legislativo e devolvido ao Tesouro
• Diárias. Previsão. Pagamento...........................................................................................1003 Municipal. Efeitos............................................................................................................1202

26 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 27


• Transferências voluntárias. Impedimentos legais............................................................1728 • Interessados. Cadastrados ou não.................................................................. 0287 – 1850
• Transferências voluntárias. Recebimento. Exigências.....................................................1067 • Proponente único. Adjudicação da proposta................................................. 0278 – 0332
• Tributo. Concessão de Desconto. Requisitos...................................................................1148 • Cooperativa. Contratação.................................................................................... 1336 – 1526
• Vigência. Efeitos legais....................................................................................................0887 • Credenciamento
• De fornecedores. Equipamentos para a Polícia Militar.............................................1193
LICITAÇÃO • Administração Pública. Regra geral.................................................................... 0864 – 1609 • De instituições bancárias. Sujeição a procedimento licitatório.................................0311
• Advogado................................................................................................. 1304 – 1485 – 1791 • Desmembramento.................................................................................................1102 – 1458
• Apresentação de proposta via fac-símile.........................................................................0110 • Dispensa
• Aquisição • Alienação gratuita de bens imóveis para fins habitacionais......................................1975
• Cartões de visita.........................................................................................................1882 • Contratação de instituição de ensino.........................................................................0857
• Combustível................................................................................................................0121 • Fracionamento............................................................................................................1980
• De bens por empresa prestadora de serviço público.................................................1861 • Instituição brasileira sem fins lucrativos incumbida regimental ou
• Equipamentos de informática.....................................................................................1603 estatutariamente da pesquisa, ensino ou do desenvolvimento institucional.
• Gêneros alimentícios..................................................................................................1547 Produção e finalização de vídeo para gravação de sessões plenárias.......................1566
• Material de consumo..................................................................................................1444 • Instituição brasileira sem fins lucrativos. Contrato para pesquisa,
• Medicamentos.............................................................................................................0137 ensino ou desenvolvimento institucional. Requisitos....................... 1191 – 1721 – 1950
• Medicamentos, órteses e próteses. Projeto Ajuda Supletiva. Aquisição...................0168 • OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público)...................1611 – 1653
• Medicamentos. Sistema de registro de preços...........................................................0253 • Para aquisição de bens destinados exclusivamente à pesquisa científica
• Passagens rodoviárias.................................................................................................0469 e tecnológica.............................................................................................................. 1614
• Peças e serviços de manutenção em veículos e equipamentos rodoviários..............0803 • Pequeno valor. Objeto não usual................................................................................1980
• Pneus...........................................................................................................................0419 • Por ausência de interessados. Alienação de imóvel...................................................0056
• Sistema de segurança.................................................................................................1434 • Por baixo valor. Parcelamento de contratação de obra, serviço ou compra.............0488
• Urnas funerárias. Sistema de registro de preços........................................................0253 • Por inabilitação dos proponentes...............................................................................0056
• Vacinas........................................................................................................................1936 • Ratificação pela autoridade superior..........................................................................1667
• Veículos. Permuta.......................................................................................................0328 • Requisitos................................................................. 0689 – 0822 – 1310 – 1482 – 1604
• Arrendamento mercantil. Bens retomados. Alienação. Dispensa de licitação................0390 • Situação emergencial ou calamitosa..............................................................1311 – 1395
• Ausência de interessados à licitação anterior. Impossibilidade de petição. Dispensa. • Sociedade de economia mista....................................................................................1673
Legalidade. Arts. 24 e 26 da Lei no 8.666/93..................................................................0344 • Valor limite para compras e contratação de serviços................................................0689
• Autarquias. Contratos. Atos. Previsão..............................................................................0941 • Doação de acervo elétrico à concessionária de energia elétrica estadual.
• Bem IAZPE Previsão. Efeitos..................................................................................................1198
• Bem imóvel. Alienação..............................................................................................1852 • Doação de materiais esportivos às entidades esportivas. Dispensa de licitação.............0528
• Bem imóvel. Alienação quando não acudirem interessados à licitação....................0057 • Edital. Caráter competitivo..............................................................................................1835
• Bem imóvel. Alienação. Impossibilidade de pagamento com realização de obra....1907 • Edital. Certidões exigíveis durante a execução do contrato............................................1622
• Bem imóvel. Locação.................................................................................................0318 • Entidade que explora a Difusão de tecnologia agropecuária. Bens móveis inservíveis.
• Bem móvel. Alienação. Limite superior ao previsto no art. 23, II, b, Alienação. Requisitos.............................................................................. 0727 – 1291 – 1503
da Lei no 8.666/93. Modalidade adequada. Concorrência.........................................0328 • Equipamentos. Aquisição em lote único composto por diversos itens...........................1096
• Bem móvel. Alienação. Sujeição a procedimento licitatório....................................0296 • Forma de envio da carta-convite. Meio eletrônico. Certificação ICP-Brasil..................1804
• Cessão de bem imóvel de empresa pública...............................................................1898 • Franquia. Correio. Sujeição a procedimento licitatório...................................................0374
• Boletim informativo. Edição. Sujeição a procedimento licitatório.................................0279 • Fundamento normativo.....................................................................................................0633
• Cadastro de fornecedores. Instituição. Competência.......................................................0705 • Habilitação. CND. Parcelamento de débito junto à Fazenda Pública.............................0176
• Comissão de licitação.......................................................................................... 1805 – 1946 • Habilitação. Obtenção e apresentação de documentos....................................... 0264 – 0747
• Comissões permanentes. Investidura dos membros. Substituição dos membros............0294 • Ilegalidades. Efeitos.........................................................................................................0706
• Compensação ambiental. Desnecessidade de licitação para utilização dos recursos.....1905 • Impedidos de participar....................................................................................... 0759 – 1415
• Competência da autarquia................................................................................................1759 • Inexigibilidade
• Concurso...........................................................................................................................1749 • Assinaturas de revistas, periódicos e publicações similares. Aquisição de livros.
• Consórcio Intermunicipal de Saúde. Realização de Licitação........................................1626 Requisitos....................................................................................................................1124
• Contratação de professor inativo......................................................................................1981 • Comprovação da regularidade junto ao INSS e FGTS quando da contratação........0525
• Contrato administrativo. Conceito...................................................................................1296 • Contratação de artista.................................................................................................0977
• Contrato com particulares................................................................................................0694 • Contratação de Seguro obrigatório. DPVAT..............................................................0501
• Contrato decorrente de licitação. Cláusulas e condições.................................... 0617 – 1482 • Contratação do autor do projeto básico para os serviços de fiscalização,
• Contrato. Alteração contratual. Acréscimo financeiro........................................ 0774 – 0869 acompanhamento e gerenciamento da obra civil.......................................................1571
• Contratos de natureza contínua........................................................................................1758 • Exclusividade de fornecimento..................................................................................1916
• Convênio...........................................................................................................................1749 • Exclusividade em razão de padronização..................................................................0440
• Convite • Impossibilidade de competição..................................................................................1948
• Credenciamento. Prazo de publicação do edital........................................................1714 • Notificação de infração de trânsito. CIASC. Município. Contratação em conjunto
• Efetivação nas pequenas unidades administrativas...................................................1946 dos serviços da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos – ECT.......................1651
• Idoneidade dos licitantes............................................................................................0056 • Notória especialização....................................................................... 0476 – 1341 – 1485

28 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 29


• Sistema de credenciamento........................................................................................1994 • De assessoria e ministração de cursos. Aplicabilidade do art. 25, inciso II,
• Valor. Limite para a contratação................................................................................1124 da Lei no 8.666/93......................................................................................................0243
• Inviabilidade de competição. Interesse público. Contratação inadiável. Requisitos......0917 • De assistência médico-hospitalar. Natureza contínua................................................0425
• Leasing. Edital de licitação. Previsão de opção de compra............................................0517 • De consultoria empresarial.........................................................................................1588
• Leilão. Pessoa jurídica de direito público interno. Participação obstada........... 0325 – 0455 • De consultoria organizacional....................................................................................1645
• Licitação. Obtenção e apresentação de documentos necessários à habilitação..............0747 • De informática............................................................................................................1603
• Limitação geográfica. Praça.............................................................................................1828 • Transporte escolar. Serviço contínuo.........................................................................1833
• Linha telefônica. Locação. Licitação. Exigência.............................................................0276 • Servidor Público. Fornecimento de bens ou serviços para o município.........................0222
• Modalidades. Critérios de definição.................................................................................1354 • Sistema de carona.............................................................................................................1895
• Município. Contratação de terceiros para a realização de Licitação. • Sistema de registro de preços. Implementação. Regulamentação por decreto......0365 – 1895
Município. Não podem participar de licitação nem firmar contrato • Telecomunicações. Privatização dos serviços. Efeitos.................................................... 1116
com o Município....................................0617 – 0759 – 0771 – 0883 – 1102 – 1056 – 1415 • Transmissão de sessões legislativas.................................................................... 0297 – 1669
• Museologia. Contratação de serviços...............................................................................0585 • Único estabelecimento comercial no município. Procedimento......................................1056
• Negociação. Valor ofertado..............................................................................................0509 • Variação contratual. Acréscimo ao objeto do contrato. Limites......................................0736
• Objeto. Identificação em editais.......................................................................................1581
• Obra MUNICÍPIO • Acidente de trânsito. Pagamento de indenização. Previsão legal....................................0630
• Acréscimo quantitativo e qualitativo............................................................. 1383 – 1654 • Acordo judicial. Lei autorizativa......................................................................................0538
• Entidade privada. Realização de obra municipal.......................................................0703 • Agente de serviços especiais. Contratação. Forma..........................................................1032
• Estudo de impacto ambiental e Licença Ambiental..................................................1560 • Alimentação destinada a policiais militares.....................................................................0551
• Execução de obra. Requisitos....................................................................................0982 • Aquisição de imóvel do município por autarquia municipal...........................................1977
• Inexigibilidade de licitação para contratação de autor do projeto básico • Aquisição de imóvel fora de seus limites territoriais. Observância de dispositivos
para acompanhar obra................................................................................................1571 legais.................................................................................................................................0483
• Obras e serviços de engenharia..................................................................................0810 • Aquisição de medicamentos. Sistema de registro de preços...........................................0253
• Obras, serviços ou compras. Descentralização. Realização local ou regional..........0270 • Assistência à saúde de servidores. Custeio. Facultado....................................................0376
• Obras, serviços ou compras. Parcelamento ou realização por etapas.......................0270 • Assistência social. Despesas. Obediência ao Plano Municipal de Assistência Social.
• Obras, serviços, compras e alienações.......................................................... 0680 – 0694 Prestação de Contas..........................................................................................................0436
• Operacionalização. Requisitos.........................................................................................1526 • Associação de agricultores. Contratação para prestação de serviços..............................0515
• Pagamento. Ordem cronológica.......................................................................................0704 • Associação de Municípios
• Parente de agente político. Contrato com o Município...................................................0094 • Contribuições mensais feitas pelos municípios.........................................................0955
• Parente de servidor ou dirigente. Possibilidade de firmar contrato • Coordenação de edição de editais de licitação de municípios associados.......0331 – 0545
com o Município................................................................................................. 0143 – 1415 • Pagamento pelo Município de percentual oriundo do FPM a título
• Permissão remunerada de uso de bem público................................................................0227 de contribuição...........................................................................................................0289
• Pessoa jurídica de direito público interno. Aquisição de bens ou serviços • Percentual do FPM a título de contribuição. Débito automático..............................0289
produzidos por órgão ou entidade pública. Dispensa de licitação..................... 0267 – 0487 • Sujeição à escrituração contábil e fiscalização pelo Tribunal de Contas..................0210
• Plano de saneamento básico.............................................................................................1933 • Atos administrativos. Competência. Objeto. Clareza. Abrangência................................0767
• Prazos. Contagem.............................................................................................................0268 • Ausência lei municipal sobre ressarcimento de valores pagos indevidamente...............0063
• Pregão. Prestação de serviços de coleta, transporte e destinação final de • Auxílio
resíduos sólidos compactáveis e lixo hospitalar..............................................................1680 • À Associação de Municípios. Débito automático em conta bancária de
• Princípio da igualdade......................................................................................................1296 percentual oriundo de FPM, a título de contribuição irregular.................................0289
• Proposta. Possibilidade de empresa concorrente apresentar proposta • A associações recreativas...........................................................................................0909
com faturamento direto de fábricas não cadastradas.......................................................0200 • A Cultos religiosos e Igreja........................................................................... 0655 – 0748
• Publicações exigidas na Lei no 8.666/93.........................................................................1934 • A entidades associativas. Realização de eventos sociais e comunitários..................0411
• Publicidade. Prazos...........................................................................................................0719 • A entidades. Requisitos..............................................................................................0717
• Publicidade. Divulgação através de órgãos de comunicação de atividades • A pessoas carentes......................................................................................................0314
desenvolvidas por autarquia.............................................................................................0229 • Moradia. Concessão a Juízes e Promotores de Justiça..............................................0354
• Realização de procedimento licitatório por terceiros contratados...................... 0331 – 0545 • Norma disciplinadora.................................................................................................0495
• Realização de procedimento licitatório. Obrigatoriedade................................................0263 • Bens imóveis urbanos. Créditos tributários.....................................................................0661
• Recursos do BIRD. Contratação direta. Convênios........................................................1771 • Bens pertencentes às APPs e APAEs. Inventário............................................................1568
• Regularidade fiscal. Documentação. Art. 29 da Lei no 8.666/93....................................0373 • Bolsas. Concessão. Oferta de vagas na rede pública.......................................................0356
• SEBRAE. Possibilidade de o município firmar contrato com dispensa de licitação......0172 • Cadastro sócio-econômico de munícipes. Determinação dos requerentes de serviços
• Secretário Municipal. Participação em licitação..............................................................0014 colocados à disposição da população...............................................................................0737
• Seguridade Social. Comprovação de inexistência de débito para contratar • Calamidade pública. Abertura de créditos extraordinários..............................................0524
com o Poder Público............................................................................... 0084 – 0246 – 0264 • Cargos de atribuições assemelhadas. Fixação de vencimentos.......................................0595
• Setor elétrico. Seleção de projetos para os Programas de Pesquisa • Cessão
e Desenvolvimento Tecnológico. Procedimento..............................................................1266 • De servidor a Sindicato representativo da sua categoria profissional.......................1539
• Serviços • De máquinas e implementos agrícolas.......................................................................0411
• Continuados. Contratação. Critérios. Prazo...............................................................1151 • De pessoal à Cadeia Pública Municipal. Pagamento.................................................1004

30 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 31


• De pessoal à Câmara Municipal. Requisitos............................................................. 1115 • Dívida. Incidência de correção monetária. Previsão.......................................................0767
• De pessoal. Requisitos....................................................................... 0721 – 1056 – 1364 • Dívida. Remissão. Previsão. Requisitos...........................................................................0792
• De servidor à Justiça Eleitoral. Requisitos. Vedações. • Dívidas inadimplidas. Forma de extinção. Prescrição ou pagamento.............................0372
Pagamento................................................................ 0893 – 1009 – 1056 – 1097 – 1364 • Documentos. Número de vias a serem arquivadas. Procedimento.................................0749
• De servidor ao Poder Judiciário. Condições.........................1056 – 1097 – 1115 – 1364 • Eleição Federal e Estadual. Efeito...................................................................................1355
• De servidor. Remuneração. Pagamento. Ônus...........................................................1009 • Emancipação........................................................................................................ 0375 – 1310
• De uso de veículo. Gastos. Responsabilidade.............................................. 1056 – 1926 • Empresa. Participação societária da Prefeitura Municipal. Transferência de recursos
• Concessão de direito real. Requisitos..............................................................................0853 financeiros. Aumento de capital.......................................................................................0683
• Concurso público................................ 0433 – 0628 – 0629 – 0667 – 1138 – 1243 – 1455 – • Empréstimo. Agricultores. Pagamento pelo Município. Impossibilidade.......................1100
1466 – 1468 – 1529 – 1541 – 1612 – 1650 • Empréstimos em dinheiro a servidores. Convênio com a Caixa Econômica Federal....1227
• Concurso público. Impugnação. Ausência de decisão judicial definitiva sobre o mérito. • Encargos trabalhistas da APAE. Pretensão de assunção pelo Município........................0211
Continuidade dos serviços públicos. Procedimento........................................................1215 • Escola de ensino fundamental da rede pública estadual. Assunção de encargos
• Concurso público. Realização em época eleitoral.................................. 1305 – 1541 – 1650 decorrentes de ampliação e manutenção..........................................................................0506
• Consórcio. Constituição. Prestação de contas.................................................................1776 • Escola estadual. Processo de municipalização. Requisitos.............................................1061
• Construção de casas populares.................................................................. 178 – 1230 – 1247 • Estagiário. Processo seletivo............................................................................................1908
• Contador da Prefeitura. Limites de atuação.........................................................0963 – 1137 • Estagiário. Seguro contra acidentes pessoais e seguro de vida.......................................1908
• Contador ou serviços contábeis. Contratação. Requisitos...............................................0873 • Estatuto dos Servidores Públicos Municipais. Abrangência sobre servidores
• Contas do Município. Julgamento. Competência............................................................0768 do Executivo e do Legislativo.........................................................................................1925
• Contratação com sociedade de economia mista. Exigência CND..................................0546 • Estrutura administrativa. Secretaria Administrativa........................................................1014
• Contratação de advogados. Requisitos.............................................................................0799 • Fazenda Municipal. Pagamentos devidos em razão de sentença judiciária.
• Contratação de pessoal por tempo determinado. Requisitos. Proibições. Prazo. Precatórios...................................................................................0713 – 0722 – 1546 – 1642
Responsabilidade..................................................................................... 0682 – 0746 – 0785 • Fazenda Pública. Compensação de créditos. Procedimento............................................0652
• Contratação de serviços através de empresas ou cooperativas.......................................0823 • Formulários e receituários. Uso restrito ao Poder Público..............................................0384
• Contratação de serviços médico-hospitalares. Remuneração de horas de sobreaviso....1609 • Função de motorista. Atribuições específicas do cargo...................................................0704
• Contratação de serviços prestados por servidores públicos de outras esferas • Funcionalismo. Organização. Competência.....................................................................0894
de governo........................................................................................................................0243 • Fundação Municipal. Prestação de contas. Fiscalização pelo Tribunal
• Contratação temporária. Requisitos........................................................ 0695 – 0920 – 1262 de Contas............................................................................................................. 0558 – 1617
• Contrato administrativo. Características..........................................................................0759 • Fundo de Aval. Instituição................................................................................................0770
• Contrato de gestão. Qualificação de sociedade civil sem fins lucrativos........... 0533 – 0560 • Gerentes. Vencimentos. Limites.......................................................................................1014
• Contribuição ao Conselho de Secretários Municipais de Saúde.....................................0645 • Homepage Contas Públicas. Implementação. Regras......................................................0837
• Contribuição Previdenciária. Pagamento extemporâneo. Efeitos........................1067 – 1155 • Iluminação Pública.............................................................................................. 0024 – 1920
• Controle interno................................................................................................................1935 • Imissão na posse de imóvel particular em litígio. Realização de obra pública..............0497
• Controle interno. Criação e competências.......................................................................1587 • Imóvel. Aquisição. Casos de dispensa de licitação.........................................................0539
• Controle interno. Rejeição do Projeto de Lei pelo Legislativo. Responsabilidade........1555 • Incentivo à cultura............................................................................................................0801
• Controle interno. Relatório. Elaboração. Responsabilidade............................................0478 • Instalação ou expansão de empreendimentos no Município. Inventário
• Convênio com a Polícia Militar visando à aquisição de automóvel...............................0551 do patrimônio do Município de origem. Inexistência.....................................................0214
• Cooperativa de crédito. Utilização pelo Município para movimentação financeira.......0357 • Jornal semanário. Possibilidade de instituição pelo Município.......................................0213
• Cooperativa. Apoio para implantação..............................................................................0868 • Juros. Pagamento..............................................................................................................0573
• COSIP. Normatização e contabilização.................................................. 1370 – 1535 – 1920 • Lei de Diretrizes orçamentárias. Projeto de lei. Conteúdo. Rito processual
• Cota de Participação Comunitária Provisória. Receita. Aplicação..................................0890 legislativo..........................................................................................................................0681
• Crédito especial....................................................................................................1180 – 1312 • Lei Orçamentária Anual. Edição. Conteúdo....................................................................0791
• Crédito suplementar. Abertura. Redução do valor proposto pelo Poder Executivo.......0793 • Lei Orçamentária Anual. Metas. Prioridades. Limites....................................................0683
• Crédito suplementar. Abertura. Observância de dispositivos..........................................1312 • Lei Orçamentária. Rejeição. Créditos Especiais..............................................................0840
• Créditos suplementares. Limite para abertura.................................................................0883 • Lei Orgânica.....................................................................................................................0740
• Créditos tributários. Compensação..................................................................... 0316 – 0685 • Licitação. Impedidos de participar...................................................................................0759
• Despesa pública. Indícios de irregularidades. Providências da Administração..............0817 • Licitação. Contratação de terceiros para realização........................................... 0331 – 0545
• Despesas com mudanças intermunicipais........................................................................1314 • Licitação. Não podem participar de licitação nem firmar contrato
• Despesas de outros entes..................................................................................... 0908 – 1056 com o Município.........................................................................0617 – 0771 – 0883 – 1056
• Despesas realizadas junto à EPAGRI. Comprovação da despesa...................................0714 • Licitação. Regra geral. Inviabilidade do competitório. Efeitos.......................................0864
• Devedor inadimplente. Inscrição no SPC........................................................................0315 • Locação de imóveis destinados à moradia de policiais militares....................................0551
• Disponibilidades financeiras. Depósito............................................................... 1536 – 1854 • Logomarca........................................................................................................... 1834 – 1931
• Dívida ativa em execução judicial. Cobrança de honorários e custas judiciais. • Macadame. Aquisição. Requisitos...................................................................................1243
Forma................................................................................................................................0792 • Mão-de-obra. Contratação através de Cooperativa. Critérios. Procedimentos.
• Dívida ativa. Cobrança. Forma........................................................................................0888 Efeitos...............................................................................................................................0594
• Dívida ativa. Território desmembrado. Titularidade........................................................0511 • Matéria tributária. Iniciativa.............................................................................................0528
• Dívida fundada interna. Inscrição de débito....................................................................0767 • Município novo
• Dívida Municipal. Atualização Monetária.......................................................................0071 • Contabilidade..............................................................................................................0362

32 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 33


• Contratação de Pessoal...............................................................................................0087 • Servidor estadual cedido mediante convênio. Contratação pelo Município
• Demonstrativo de evolução da receita.......................................................................0087 para ocupar cargo de provimento em comissão. Opção pela remuneração....................0341
• Direitos e Obrigações. Assunção. Início....................................................................0511 • Servidor estadual. Complementação de remuneração pelo Município.............. 0306 – 0341
• Fixação de excesso de arrecadação............................................................................0087 • Servidor nomeado pelo Presidente da Câmara. Inclusão na folha de pagamento..........0453
• Fixação de subsídios de agentes políticos.................................................................0087 • Servidor público. Pagamento de férias, 13o salário e FGTS...........................................0271
• Formas de efetivação da despesa...............................................................................0087 • Servidor público. Pagamento de verba indenizatória......................................................0271
• Instalação....................................................................................................................0087 • Servidor público. Transferência pelo Município de origem para o novo Município.
• Orçamento. Elaboração..............................................................................................0087 Autorização.......................................................................................................................0481
• Partilha de bens. Observância da LC no 135/95........................................................0458 • Servidor regido pela Consolidação das Leis Trabalhistas. Efeitos..................................0736
• Servidor público oriundo do Município sede. Direitos.............................................1310 • Sistema de Assistência ao Servidor. Instituição. Abrangência. Requisitos.....................1069
• Nota Fiscal de Serviço Avulsa. Fornecimentos. Imposto Sobre Serviços.......................0500 • Sistema de Controle Interno Municipal...........................................................................1587
• Obra municipal. Viabilidade de engenheiro servidor municipal responsabilizar-se • Sistema de Previdência Municipal. Benefícios previstos................................................0757
por obras executadas por terceiros...................................................................................0034 • Sistema de Registros de Preços. Implementação. Procedimento....................................1276
• Obra ou serviço particular. Utilização de veículos, máquinas, equipamentos ou • Subvenção econômica. Concessão para empresas com fins lucrativos.............. 0514 – 0530
material de qualquer natureza de propriedade do Município..........................................0896 • Subvenção social. Previsão. Concessão. Requisitos........................................................0615
• Obras e serviços de engenharia. Execução e responsabilidade.......................................0034 • Suprimentos. Repasses mensais pelo Poder Executivo à Câmara
• Operação de crédito. Resolução no 69/95 do Senado Federal.........................................0445 de Vereadores............................. 0647 – 0975 – 0982 – 1019 – 1042 – 1067 – 1111 – 1558
• Orçamento. Sujeição aos ditames da Lei no 4.320/64. Estimativa da receita. Base • Telefonia. Competência das concessionárias. Fiscalização.............................................1362
de cálculo..........................................................................................................................0303 • Terceirização e privatização de serviços. Procedimentos................................................0556
• Pagamento de custas e emolumentos pelo Município.....................................................0040 • Trânsito. Órgãos e entidades executivas. Convênios.......................................... 0940 – 1056
• Perdão de suas próprias dívidas. Impossibilidade...........................................................0767 • Tributo. Concessão de subsídio, isenção ou redução de base cálculo.
• Permuta de servidores......................................................................................................0787 Lei autorizativa.................................................................................................................0528
• Piso salarial determinado pela categoria. Pagamento......................................................1094 • Tributo. Instituição em proveito de empresa privada......................................................0516
• Poder Executivo. Competência. Limites constitucionais e legais. Princípios.................0816 • Tributo. Recolhimento. Programa de incentivo...............................................................0572
• Poder Executivo. Gestão municipal. Competência. Responsabilidade...........................0940 • Unidade gestora nova. Registro. Lei de criação e decreto regulamentador....................0451
• Posto de saúde. Construção em parceria com a associação de moradores.....................0703 • Utilização de veículo do Poder Legislativo.....................................................................1926
• Precatórios judiciais. Pagamento............................................................. 0722 – 1546 – 1642 • Valores pagos indevidamente. Restituição. Atualização monetária.................................0063
• Presidente da Câmara. Substituição regular ao Prefeito. Remuneração.........................0794
• Prestação de serviço de cobrança.....................................................................................1610 ORÇAMENTO • Abertura de crédito suplementar e especial.....................................................................1862
• Prestação de serviços em terrenos particulares com equipamentos • Abertura de créditos adicionais........................................................................................1794
da municipalidade................................................................................................ 0167 – 0531 • Câmara Municipal. Duodécimo. Repasse........................................................................1558
• Processo legislativo. Simetria com a Constituição Federal.............................................1358 • Câmara Municipal. Recebimento de suprimentos...........................................................0234
• Programa de pavimentação de vias municipais. Participação dos proprietários • Classificação programática da despesa............................................................................0029
no pagamento dos custos. Operacionalização. Requisitos...............................................1177 • Crédito adicional. Abertura. Utilização de recursos não comprometidos provenientes
• Publicação de atos administrativos..................................................................................1834 de convênio.......................................................................................................................0522
• Publicidade. Limite de gastos..........................................................................................0892 • Crédito especial. Abertura para despesas novas..............................................................0241
• Reajuste salarial. Concessão. Legalidade........................................................................0664 • Crédito extraordinário. Calamidade pública. Ausência de prévia autorização...............0524
• Recontratação por tempo determinado dos mesmos servidores......................................0676 • Crédito suplementar e especial. Abertura........................................................... 0072 – 0555
• Recursos • Déficit de execução orçamentária....................................................................... 1200 – 1863
• De terceiros em poder do Município. Destino...........................................................0821 • Descentralização de créditos orçamentários....................................................................1772
• Não consignados na Lei Orçamentária. Repasse.......................................................0472 • Despesa de exercícios anteriores. Executadas. Responsabilidade pelo pagamento........1652
• Provenientes de royalties. Aplicação............................................................ 0943 – 1642 • Execução de atividades dos órgãos ou entidades. Recursos contemplados
• Transferidos. Retenção para o FUNDEF. Contabilização.........................................0526 no orçamento....................................................................................................................0908
• Regime de Previdência. Instituição para servidores efetivos. Requisitos. Efeitos.........0939 • Exercício financeiro subseqüente. Elaboração do orçamento..........................................0979
• Regime jurídico dos servidores municipais. Alteração. Requisitos................................0819 • Fiscal e da Seguridade Social. Empresa estatal dependente...........................................1593
• Regime Jurídico Único Estatutário. Instituição. Efeitos..................................................0959 • Fixação de orçamento. Poder Legislativo........................................................................0140
• Regime próprio de previdência. Extinção. Implicações. Providências...........................0811 • Fundação pública. Inclusão no orçamento.......................................................................1923
• Remissão de dívida. Previsão...........................................................................................0767 • Fundos Municipais...........................................................................................................0049
• Remuneração. Modificações inseridas na sistemática remuneratória. • Isenção de tributos. Concessão. Previsão na LDO..........................................................0528
Responsabilidade civil......................................................................................................0816 • Lei de Diretrizes Orçamentárias......................................................................................1235
• Repasse de recursos privados a entidade beneficente......................................................1768 • Lei orçamentária anual. Benefícios fiscais. Concessão...................................................1218
• Responsabilidade técnica por atos de servidores públicos no exercício de função • Município. Custeio de despesas de competência de outros entes. Requisitos... 0908 – 1486
profissional regulamentada. Efeitos.................................................................................0940 • Município. Lei orçamentária anual. Metas. Prioridades..................................................0683
• Revisão Geral Anual....................................................... 1379 – 1499 – 1531 – 1544 – 1565 • Obra. Execução. Prazo. Previsão.....................................................................................0982
• Saúde. Recursos. Aplicação. Percentuais em ações e serviços.......................... 1006 – 1523 • Orçamento Municipal. Sujeição aos ditames da Lei no 4.320/64.
• Serviço de assessoria tributária. Contratação. Procedimento licitatório.........................0335 Estimativa da receita. Base de cálculo.............................................................................0303
• Servidor contratado em caráter temporário. Pagamento de férias proporcionais...........0847 • Plano Plurianual. Lei de Diretrizes Orçamentárias..........................................................1777

34 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 35


• Programas ou Projetos não incluídos na lei orçamentária anual. Início.........................0603 • Sujeição à prestação de contas.........................................................................................1540
• Proposta Orçamentária. Redução pela Câmara................................................................0047
• Reorganização administrativa. Alteração orçamentária...................................................0187 PREVIDÊNCIA • Câmara Municipal. Regime Geral da Previdência Social. Filiação dos servidores........0906
• Restos a pagar. Responsabilidade pelo pagamento..........................................................1652 • Cargos em comissão............................................................................................ 0939 – 1605
• Suplementação de dotação sem autorização legislativa. Anulação das despesas...........0098 • Compensação financeira. Contagem recíproca de tempo de contribuição......................0906
• Transposição, remanejamento ou transferência de recurso orçamentário.......... 0522 – 1862 • Compensação financeira. Execução do sistema COMPREV..........................................1953
• Cômputo do tempo de serviço prestado à empresa pública e sociedade
POLÍCIA MILITAR • Assistência judiciária a policiais militares. Procedimento...............................................0818 de economia mista............................................................................................................1860
• Assunção de despesas pelo município.............................................................................1056 • Contribuição previdenciária de servidor aposentado ocupante de novo
• Atribuições. Cumprimento. Recursos...............................................................................1056 cargo público....................................................................................................................1878
• Convênio de Trânsito. Pagamento de estagiário e membros da JARI............... 1298 – 1337 • Contribuição previdenciária. Indevidamente recolhida. Compensação e Restituição....1634
• Convênios. Requisitos e condições....................0919 – 0926 – 1335 – 1422 – 1440 – 1459 • Contribuição previdenciária. Não incidência sobre gratificação não incorporável.........1903
• Documentação comprobatória de regularidade com a previdência social • Contribuição previdenciária. Recolhimento sobre parcelas remuneratórias recebidas
e com o FGTS..................................................................................................................0917 em decorrência do local de trabalho, exercício de cargo em comissão ou função de
• Policiais militares. Diárias. Concessão. Condições.........................................................1188 confiança...........................................................................................................................1705
• Policiamento Ostensivo de Trânsito. Termo “Equipamentos e materiais”. • Contribuições em atraso. Juros e multa...........................................................................0426
Abrangência......................................................................................................................1120 • Contribuições previdenciárias. Retenção pelo Estado.....................................................1795
• Publicidade em uniformes e equipamentos.....................................................................0831 • Estágio probatório. Direito a benefícios previdenciários................................................1814
• Transferência de policial. Despesas com transporte. Indenização. • Extinção do Regime Próprio............................................................................................1597
Contabilização..................................................................................................... 0937 – 1224 • Fundo Previdenciário. Custeio. Base de incidência de alíquota. Previsão.....................1082
• Veículo particular. Utilização em serviço público.............................................. 0018 – 1074 • Fundo Previdenciário. Extinção. Efeitos..........................................................................0911
• Instituição de benefício....................................................................................................0835
PREFEITO • Contrato com o Município...................................................................... 0041 – 0083 – 0099 • Instituto de Previdência. Extinção. Efeitos......................................................................0906
• Crimes de responsabilidade..................................................................... 1180 – 1184 – 1329 • Ministério Público. Emendas constitucionais no 20, 41 e 47. Direito de opção. Teto.
• Décimo terceiro subsídio..................................................................................................1215 Legislação estadual...........................................................................................................1751
• Diárias. Indexador de reajuste..........................................................................................0144 • Paridade remuneratória.....................................................................................................1813
• Ex-Prefeito. Décimo terceiro e gozo de férias.................................................................0454 • Passivo atuarial.................................................................................................................1619
• Férias................................................................................................................... 1249 – 1661 • Pensão por morte
• Fundo de Garantia por Tempo de Serviço.......................................................................0541 • Despesa de pessoal. Cômputo....................................................................................1413
• Licença para tratar de assuntos particulares....................................................................1637 • Valor do benefício......................................................................................................1618
• Licenciado em missão autorizada pela Câmara. Concessão de diária............................0329 • Poder Legislativo e Executivo. Servidores de cargos efetivos não filiados
• Parentes de Prefeito. Possibilidade de contratar com o Município.................................0094 ao Regime de Previdência do Serviço Público – RPSP......................... 0939 – 1387 – 1306
• Possibilidade de contratar com o Município...................................................................0041 • Prefeito, Vice-Prefeito e Vereadores................................................................................0939
• Remuneração. Fixação.....................................................................................................0106 • Regime de repartição simples..........................................................................................1860
• Remuneração. Prefeito detentor de cargo efetivo............................................................0192 • Regime Geral da Previdência Social. Exercentes de mandato eletivo............... 1574 – 1634
• Repasse do duodécimo. Valor Inferior aos limites. Responsabilidade................1184 – 1435 • Regime Geral da Previdência Social. Sistema de Previdência
• Servidor público ocupante de cargo efetivo. Averbação de tempo de serviço Complementar......................................................................................... 1525 – 1598 – 1893
prestado na função de Prefeito.........................................................................................0635 • Regime Geral da Previdência Social. Vinculação.................................. 1026 – 1387 – 1306
• Servidor público. Afastamento do cargo..........................................................................1845 • Regime Próprio de Previdência................................... 0939 – 1086 – 1373 – 1387 – 1430 –
• Viabilização do acesso a informações e documentos afetos à contabilidade ............................................................................1484 – 1500 – 1513 – 1601 – 1704 – 1945
da Câmara Municipal.......................................................................................................0454 • Regime Próprio de Previdência Social. Aplicação dos recursos.....................................1951
• Regime Próprio de Previdência Social. Autarquia. Valor de contribuição
PRESTAÇÃO • Adiantamento....................................................................................................................0162 do Município....................................................................................................................1029
DE CONTAS • Apreciação e julgamento das contas do Prefeito pela Câmara Municipal......................0027 • Regime Próprio de Previdência. Aplicações e investimentos.
• Autarquia estadual. Remessa pelo e-Sfinge.....................................................................1956 Registro das oscilações e de provisão para perdas..........................................................1983
• Câmara Municipal............................................................................................................0077 • Resgate de contribuições previdenciárias. Impossibilidade............................................1892
• Condições para estabelecimento de critérios diferenciados............................................0359 • Sistema de Previdência e Assistência Social. Contribuição. Instituição............ 0620 – 1021
• Convênio.............................................................................................................. 0616 – 1843
• Despesas de empresas com recepção...............................................................................0715 PUBLICIDADE • Publicidade em via pública. Autorização e fiscalização..................................................1659
• FUNDEB..........................................................................................................................1932 • Vedação à promoção pessoal de autoridade.....................................................................1389
• FUNDEF...........................................................................................................................0589
• Fundo estadual..................................................................................................................1160 RECEITA • Arrecadação. Omissão do administrador. Responsabilização..........................................0336
• Piso de Atenção Básica (PAB).........................................................................................1409 • Contabilização..................................................................................................................1033
• Programa Dinheiro na Escola..........................................................................................0648 • Decorrente do cancelamento de restos a pagar....................................... 1031 – 1194 – 1595
• Recursos do SUS. Dispensa.............................................................................................0039 • Município. Receita corrente líquida. Apuração...............................................................0975
• Regime de Suprimento.....................................................................................................0622 • Município. Serviços prestados aos munícipes. Arrecadação das receitas municipais.
• Subvenções, auxílios e contribuições........................................................ 754 – 1540 – 1577 Instrumento adequado. Controle dos serviços prestados.................................................1243

36 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 37


• Receita corrente líquida. Conteúdo..................................................................................1235 • Aplicação de recursos provenientes do FUNDEF...........................................................1727
• Receita tributária para fins do art. 29-A da Constituição Federal...................................1884 • Aquisição de vacinas contra a gripe.................................................................................1936
• Receita tributária. Sem prévia existência de fato gerador...............................................1554 • Cadastro sócio-econômico de munícipes. Determinação dos requerentes de serviços
• Recursos naturais. Exploração. Receitas. Aplicação.......................................... 1027 – 1246 colocados à disposição da população...............................................................................0737
• Registro.................................................................................................................1132 – 1216 • Estado. Providências.........................................................................................................1242
• Farmácia básica. Prestação de serviço por Fundo Municipal de Assistência e Saúde...1779
RECURSOS
• Abertura de créditos adicionais suplementares e adicionais............................... 0692 – 1312 • Farmácia. Instalação pelo Município ou Fundo Municipal de Saúde.............................0137
FINANCEIROS
• Aquisição de veículo. Pagamento. Responsabilidade......................................................0684 • Fundo Municipal.........................................................................0137 – 0332 – 0712 – 1033
• Associação dos Municípios da Microrregião. Repasse pela Administração Municipal.0789 • Implantação do SUS na existência de autarquias atuando na área da saúde..................0095
• Categoria Programática. Transposição, remanejamento ou transferência. Previsão.......0651 • Município. Aquisição de medicamentos. Requisitos.......................................... 0944 – 1840
• Convênio. Recursos financeiros. Destino........................................................................0602 • Participação de instituições privadas. Requisitos............................................................0762
• Créditos suplementares e especiais. Abertura. Condições...............................................1312 • Plano de Assistência à Saúde.............................................................................. 0938 – 1373
• Custas judiciais. Repasse à Associação dos Magistrados Catarinenses..........................0693 • Planos de Saúde................................................................................................................0712
• Depósito das disponibilidades financeiras das Prefeituras..............................................0005 • Planos de Saúde. Instituição e manutenção para os agentes e servidores públicos........1753
• Empresa. Participação societária da Prefeitura Municipal. Transferência de recursos • Prestação dos serviços de saúde. Forma..........................................................................1242
financeiros. Aumento de capital.......................................................................................0683 • Prestadores de serviços de saúde. Indícios de irregularidade ou crime. Medidas para
• Entidade privada. Recursos financeiros recebidos. Prestação de contas... 0616 – 1518 – 1540 verificação. Responsabilidade..........................................................................................1242
• Entidades culturais e comunitárias sem fins lucrativos. Percepção de recursos • Programa Saúde da Família.............................................................................................1867
decorrente de transferência pelo Poder Público.................................................. 1251 – 1522 • SAMU. Despesas com manutenção. Possibilidade de inclusão no percentual mínimo
• Excesso de arrecadação....................................................................................................0692 destinado à saúde..............................................................................................................1938
• Fundo de Saúde. Aplicação..............................................................................................0712 • Saúde. Estado. Responsabilidade. Providências..............................................................1242
• Município. Recursos oriundos de royalties. Aplicação. Responsabilidade.....................1246 • Saúde. Execução das ações e serviços de saúde.........................0680 – 1348 – 1404 – 1523
• Período eleitoral. Tribunal de Justiça. Transferência de recursos ao município para • Saúde. Prestadores de serviços. Indícios de irregularidade ou crime.
construção de Casas da Cidadania. Requisitos................................................................1174 Medidas para verificação. Responsabilidade...................................................................1242
• Pessoa jurídica. Caráter assistencial ou cultural sem fins lucrativos. • Sistema estadual de saúde. Gestão plena. Habilitação....................................................0845
Destinação de recursos.....................................................................................................1158 • SUS. Autorização de Internação Hospitalar – AIH. Recursos financeiros......................1439
• Prefeitura Municipal beneficiária de repasse financeiro. Efeitos. • SUS. Internações além do disponibilizado. Responsabilidade de pagamento................1416
Prestação de contas.............................................................................................. 0589 – 1540 • SUS. Programa de Reestruturação e Contratualização dos Hospitais Filantrópicos
• Projetos de recuperação de bens lesados. Destinação de recursos. do SUS..............................................................................................................................1810
Operacionalização do repasse..........................................................................................1160 • Unidades Hospitalares da SES. Implantação de sistema de cobrança
• Recursos de multas de trânsito. Competência. Aplicação...... 0940 – 1056 – 1279 – 1440 – através de cartões de crédito............................................................................................0596
1459 – 1476 – 1478 – 1483 – 1487 – 1496 – 1518 – 1662 • Veículos. Gasto em educação e saúde..............................................................................1838
• Recursos federais. Fiscalização pelo TCU.......................................................................1956
• Recursos financeiros de terceiros em poder do Município. Destino...............................0821 SECRETÁRIO • Acumulação com função de membro ou conselheiro em empresa estatal......................0288
• Recursos financeiros do PAB. Destino. Utilização. Requisitos.......................... 0638 – 1409 MUNICIPAL • Acumulação com outros cargos. Limite...........................................................................1261
• Recursos financeiros. Utilização pelo Administrador Público. • Características. Remuneração...........................................................................................0991
Responsabilidade..................................................................................................0941 – 1125 • Cargo. Características.......................................................................................................1261
• Repasse de recursos da FAPESC à EPAGRI. Descentralização • Décimo terceiro salário, férias e um terço de férias. Percepção............ 0744 – 0991 – 1215
de créditos orçamentários.................................................................................................1772 • Exercício da atividade de magistério. Requisitos............................................................1243
• Repasse. Conselho da Comunidade.................................................................................1886 • Investidura no cargo. Subsídios. Nomeação. Exoneração.................................. 0991 – 1082
• Repasse. Entidades privadas. Despesas. Sujeição à prestação • Subsídio. Fixação. Alteração. Vigência. Procedimento.......................................1214 – 1156
de contas.................................................................................................. 1241 – 1518 – 1520
• Repasse. Forma. Lei no 4.320/64.....................................................................................1437 SERVIÇO
• Abastecimento de água e coleta e tratamento de esgoto.................................................1679
• Repasse. Fundo financeiro de organização civil sem fins lucrativos..............................0993 PÚBLICO
• Acesso
• Repasse. Sociedade desportiva e recreativa.....................................................................1532 • A cargo comissionado.................................................................................... 0785 – 1025
• Transferência. Entidades privadas sem fins lucrativos de caráter assistencial • A cargo e funções de museologia.................................................................................585
ou cultural. Requisitos.................................................................1211 – 1403 – 1437 – 1522 • A cargo efetivo.................................................................................. 0701 – 1032 – 1529
• Transferência. Fundo Estadual de Reconstituição de Bens Lesados para • A cargo ou emprego público............................................. 0676 – 0695 – 0785 – 1005 –
outros órgãos e entidades da administração pública estadual.........................................1160 1110 – 1121 – 1130 – 1131 – 1806
• Transferência. Setor privado. Procedimento....................................................... 1002 – 1520 • Acumulação de cargos públicos
• Transferências intragovernamentais, obrigatórias ou voluntárias. Apuração. • Professor e Especialista em Assuntos Educacionais ou Consultor Educacional ou
Receita Corrente Líquida Municipal................................................................................0963 Assistente Técnico Pedagógico..................................................................................1631
• Vereador. Participação em entidades não governamentais com ou sem aporte • Requisitos............................................................................................ 115 – 1636 – 1644
de recursos públicos.........................................................................................................0735 • Auxiliar de enfermagem e técnico de enfermagem. Requisitos................................1262
• Regra geral..................................................................................................................0717
SAÚDE
• Ações e serviços públicos de saúde.....................................................0680 – 1348 – 1404 – • Servidor e assessor jurídico........................................................................................0477
1523 – 1638 – 1840 – 1930 – 1938 • Servidor e cargo eletivo.............................................................................................0391

38 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 39


• Servidor e cargo de Secretário Municipal.................................................... 1025 – 1301 • Saneamento básico...........................................................................................................1933
• Servidor e prefeito......................................................................................................0380 • Saúde. Iniciativa privada. Prestação complementar de serviços........................ 0414 – 0579
• Servidor e vereador........................................................................... 0068 – 0069 – 0621 • Segregação de funções. Contabilidade e Finanças..........................................................1333
• Servidor estável do Poder Executivo ou Legislativo e em exercício • Serviço de controle. Natureza. Competência...................................................................0923
de função e/ou cargo técnico em outro Município....................................................0766 • Serviço de informática. Deficiência de pessoal. Concurso. Contratação........................0718
• Ações e Serviços Públicos de Saúde. Despesas.................................................. 1348 – 1404 • Serviços Públicos afetos ao Estado. Possibilidade do Município prestar
• Acumulação de remuneração. Servidor e cargo eletivo..................................................1695 auxílio financeiro para a sua execução............................................................................0130
• Adicional por tempo de serviço. Concessão pelo Município..........................................0044 • Telefonia Celular. Contratação pelo Poder Público.........................................................0204
• Advogado ou serviços jurídicos. Contratação. Requisitos..............................................1485 • Telefonia. Competência das concessionárias. Fiscalização.............................................1362
• Afastamento para concorrer à eleição. Remuneração......................................................1563 • Terceirização e privatização. Procedimentos...................................................................0556
• Ascensão funcional...........................................................................................................1130 • Terceirização. Atividades-meio........................................................................................1891
• Atividade de caráter permanente. Execução....................................................................1538 • Utilização em favor de particular........................................................................ 0167 – 0531
• Atividade-fim da Administração. Execução por terceiros...............................................0560 • Venda de passagens. Concessão de uso de box em terminais rodoviários.
• Auditoria externa, consultoria ou assessoria. Contratação. Forma. Requisitos...............0923 Terceirização.....................................................................................................................0711
• Auditoria interna e controle. Natureza. Competência......................................................0923
• Carga horária. Alteração. Aumento das despesas com pessoal.......................................1265 SERVIDOR
• Abono de férias.................................................................................................................0001
• Cargo efetivo. Efetividade. Requisitos.............................................................................1086 PÚBLICO
• Abono de permanência.....................................................................................................1762
• Cargo público. Carga horária semanal. Aumento. Requisitos.........................................1265 • Abono Salarial. Extensão aos Inativos.............................................................................1580
• Cargo público. Cargo técnico. Definição............................................................ 0766 – 1878 • Abono. Incorporação ao vencimento. Requisitos............................................................1260
• Cargo público. Criação. Rejeição de projeto de lei.........................................................1811 • Acesso...............................................................................................................................1792
• Cargos com atribuições iguais ou assemelhadas. Vencimentos......................................0675 • Transporte de servidores públicos ao local de trabalho...................................................1550
• Cargo de agente de serviços gerais. Características........................................................1032 • Acumulação
• Cargos remunerados. Acumulação...................................................................................1644 • Acumulação com função pública...................................................... 1371 – 1476 – 1964
• Cessão de servidor. Instituições ou entidades privadas...................................... 0963 – 1542 • Acumulação de cargos....................................................................... 1636 – 1927 – 1964
• Cessão de servidor. Justiça Eleitoral. Requisitos. Vedações. Pagamento........... 0893 – 1364 • Acumulação de proventos e vencimentos..................................................... 0653 – 1787
• Cessão de servidor. Procedimento.......................................................................1144 – 1364 • Acúmulo de cargos municipais. Remuneração limitada ao subsídio do Prefeito.....1874
• Cobrança de dívida ativa. Atividade-fim. Execução por servidores efetivos’.................1902 • Acúmulo de encargos no Executivo e Legislativo Municipal...................................0339
• Coleta, transporte e disposição final de resíduos sólidos................................................1933 • Adicional
• Concessão de serviços públicos. Requisitos...............................0879 – 0885 – 1331 – 1511 • Atividades penosas, insalubres ou perigosas. Previsão................................ 0343 – 1302
• Concurso Público....................... 1131 – 1455 – 1466 – 1468 – 1529 – 1541 – 1612 – 1650 • De qualificação...........................................................................................................1959
• Conselho Tutelar. Membros. Direitos trabalhistas/estatutários.......................... 1273 – 1293 • Décimo terceiro salário e adicional constitucional de férias.....................................0976
• Consultoria jurídica. Escopo genérico.............................................................................0923 • Dedicação exclusiva...................................................................................................0163
• Cooperativa. Contratação.................................................................................... 1336 – 1526 • Incidência em cargo acumulável................................................................................1701
• Delegação através do instituto da autorização.................................................................0126 • Pagamento. Serviços de consultoria ou assistência técnica.......................................1743
• Desincompatibilização para concorrer eleição. Remuneração........................................1563 • Tempo de serviço............................................................... 0044 – 0671 – 0978 – 1316 –
• Estacionamento em via pública. Natureza do serviço. Cobrança...................................0885 1424 – 1928 – 1968 – 1989 – 1991 – 1995
• Execução de obras por terceiros não credenciados no CREA. • Tempo de serviço. Serviço militar obrigatório..........................................................0520
Viabilidade de engenheiro servidor municipal se responsabilizar pelas obras...............0034 • Trienal. Concessão......................................................................................... 0654 – 1665
• Fatura de água. Convênio para incluir contribuição espontânea autorizada pelo • Trienal. Tempo decorrente da aplicação da “Lei Mineira” e de férias
consumidor.......................................................................................................................0741 e licença-prêmio não gozadas....................................................................................0392
• Fatura de energia elétrica. Possibilidade de cobrança de outros serviços • Admissão
autorizados pelo consumidor............................................................................................1933 • Admissão e aposentadoria de Servidor público. Apreciação pelo Tribunal de Contas.
• Função pública. Desempenho. Requisitos.......................................................................1090 Requisitos....................................................................................................................0912
• Hora extra. Remuneração.................................................................................................0716 • Em caráter temporário................................................................................... 0283 – 1664
• Iluminação pública. Prestação por concessionária ou diretamente pelo município........1920 • Gradual em substituição a pessoal irregular..............................................................1367
• Inatividade. Efeitos...........................................................................................................1150 • Sem concurso. Contribuição para o Fundo Municipal de Seguridade Social...........0304
• Licenciamento Ambiental. Atividade de caráter permanente. Execução........................1538 • Advogado. Honorários de sucumbência.................................................. 1007 – 1740 – 1982
• Obra e serviços remunerados em propriedades rurais particulares.................................1688 • Advogado. Vedação à defesa do interesse pessoal dos administradores
• Obra ou serviço particular. Utilização de veículos, máquinas, equipamentos pelo corpo jurídico da Administração..............................................................................1973
ou material de qualquer natureza de propriedade do Município.....................................0896 • Aeronauta. Certificados de habilitação técnica e capacidade física. Despesas.
• Órgãos responsáveis pela Segurança Pública. Manutenção............................................0884 Custeio..............................................................................................................................0934
• Pessoal. Vinculação ou equiparação de quaisquer espécies remuneratórias...................0642 • Afastamento para concorrer eleição. Remuneração.........................................................1563
• Propriedade particular. Prestação de serviços com equipamento e/ou pessoal do • Agregação.........................................................................................................................1755
Município. Remuneração.................................................................................................0896 • Agregação de mandato eletivo disciplinada na lei Estadual no 6.745/85........................0259
• Propriedades particulares. Serviços gratuitos de máquinas................................ 0891 – 0896 • Agregações. Previsão legal...............................................................................................0654
• Propriedades rurais particulares. Serviços gratuitos de máquinas. Requisitos...............0891 • Ajuda de custo a atletas servidores..................................................................................1793
• Reestruturação administrativa. Provimento de cargos públicos......................................1324 • Alegação de impedimento para o exercício de suas funções. Efeitos.............................0871

40 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 41


• Aposentadoria Preenchimento por candidatos habilitados.................................................... 0358 – 1466
• Compulsória................................................................................................................1339 • Período eleitoral. Homologação.................................................................... 1541 – 1650
• Especial.......................................................................................................................1357 • Realização sem previsão na Lei de Diretrizes Orçamentárias..................................0128
• Por invalidez............................................................................1175 – 1352 – 1530 -1623 • Concurso público................................................... 0628 – 0629 – 0667 – 1243 – 1455 –
• Ascensão funcional...............................................................................................0197 – 1130 1466 – 1468 – 1529 – 1541 – 1612 – 1650
• Auxílio a servidores visando assistência a seus dependentes deficientes mentais..........0508 • Contratação de pessoal por tempo determinado. Requisitos. Condições.
• Averbação de tempo de serviço...................................................0665 – 0782 – 1424 – 1511 Proibições. Prazo. Responsabilidade................................................................... 0746 – 0785
• Benefício. Auxílio-doença. Concessão. Requisitos.........................................................1175 • Contratação de profissionais da saúde.................................................... 1531 – 1700 – 1867
• Benefício. Salário-maternidade........................................................................................1534 • Contratação de seguro de vida.........................................................................................1717
• Benefícios a servidores de empresas públicas e sociedades de economia mista............1443 • Contratação temporária....................................................................................................1927
• Bolsas de Estudos. Concessão.........................................................................................1627 • Contratação temporária. Contribuição previdenciária.....................................................0577
• Capacitação de servidores...........................................................1367 – 1518 – 1521 – 1627 • Contratação temporária. Prazo contratual. Prorrogação..................................... 0566 – 0676
• Carga horária........................................................................................... 0562 – 1432 – 1961 • Contratação temporária. Prestação de serviço em órgão de outra esfera de Poder........0561
• Cargo comissionado. Exercício........................................................................................1657 • Contratação temporária. Recebimento de diárias............................................................1710
• Cargo de administrador. Habilitação................................................................................0870 • Contratação temporária. Regime. Denominação.............................................................1877
• Cargo e/ou emprego. Acesso. Ausência de normas próprias. Aplicação subsidiária • Contratações irregulares. Providências. Responsabilidade..............................................1265
de norma federal...............................................................................................................0485 • Contratado em caráter temporário. Pagamento de férias proporcionais.........................0847
• Cargo efetivo. Vantagens inerentes. Percepção...............................................................1082 • Contribuição sindical........................................................................................................1292
• Cargo público. Atividades de advocacia. Regime...........................................................1982 • Correção monetária de vantagem pecuniária...................................................................0173
• Cargos com atribuições iguais ou assemelhadas. Vencimentos......................................0675 • Cursos de aperfeiçoamento. Treinamento. Condições........................................ 0940 – 1518
• Cargos e funções. Provimento. Atividades típicas.............................................. 0637 – 1461 • Cursos de graduação e pós-graduação.............................................................................1801
• Cessão de pessoal. Requisitos............................................................................. 0721 – 1364 • Décimo terceiro salário....................................................................................... 0035 – 0976
• Cessão de servidores. Ampliação da cessão. Forma........................................................1144 • Décimo terceiro salário. Cálculo......................................................................................0035
• Cessão ou disposição de servidores a órgãos ou entidades públicas de outras esferas. • Demissão voluntária.........................................................................................................0556
Requisitos............................................................................................................ 1009 – 1364 • Desincompatibilização para concorrer eleição. Remuneração........................................1563
• Cessão de servidor público • Desvio de função..............................................................................................................0586
• A Cartório eleitoral. Prazo de cedência......................................................... 0624 – 1364 • Diárias
• À disposição. Órgão de origem. Ressarcimento. Efeitos............................. 0587 – 1319 • Durante as férias.........................................................................................................0734
• A entidades filantrópicas e não-governamentais........................................................0571 • Indexador de reajustes................................................................................................0144
• À Justiça Eleitoral......................................................................................... 1009 – 1364 • Pagamento posterior...................................................................................................1684
• A Sindicato representativo de sua categoria profissional..........................................1539 • Participação em eventos.............................................................................................0836
• Apuração da despesa total com pessoal............................................ 1009 – 1319 – 1364 • Direitos e vantagens............................................................................................ 0408 – 0554
• Art. 104 da Lei no 8.245/91........................................................................................0447 • Empregado público. Contribuição sindical......................................................................1292
• Às associações............................................................................................................0515 • Empresa pública. Sociedade de economia mista. Redução de jornada de trabalho.......1743
• Ato de cessão. Conteúdo............................................................................... 0447 – 1319 • Entidade de classe. Contribuição paga pelo servidor......................................................1262
• Benefícios que não constituem verbas salariais. Despesas. Pagamento. • Equiparação entre ativos e inativos.................................................................... 1360 – 1367
Competência...............................................................................................................0930 • Estabilidade funcional e sindical......................................................................................0180
• De empresa de economia mista para outros órgãos ou entidades da • Estabilidade. Artigo 19 do ADCT...............................................1406 – 1430 – 1906 – 1960
Administração Pública................................................................................... 1056 – 1481 • Estabilidade. Estágio probatório. Afastamento do cargo efetivo. Cômputo...................1682
• De empresa privada para administração pública. Sociedade de Economia Mista....0447 • Estabilidade. Interstício para aquisição. Artigo 41 da CF.................................. 0379 – 1650
• De Sociedade de Economia Mista Estadual para o Município.................................0065 • Estabilidade. Requisitos. Cômputo de tempo de serviço................................................0777
• Para entidade ou instituição privada................................................. 0963 – 1542 – 1689 • Estágio probatório................................................................................... 1650 – 1814 – 1988
• Para órgãos públicos e entidades assistenciais..........................................................0423 • Estrangeiro. Condições para contratação.........................................................................0381
• Procedimento..............................................................................................................1144 • Exercício de função de membro ou conselheiro em empresa estatal..............................0288
• Regra da Lei no 8.245/91............................................................................................0447 • Exoneração de cargo ou emprego público. Nova nomeação. Efeitos.............................1452
• Remuneração pela cessionária...................................................................................0981 • Férias não usufruídas........................................................................................................1824
• Requisitos..............................................................................1009 – 1319 – 1364 – 1513 • Férias não usufruídas. Gozo após o término do mandato eletivo...................................0468
• Ressarcimentos do valor da remuneração..................................................................0976 • Férias. 13o Salário e FGTS. Pagamento independente de autorização legislativa..........0271
• Servidor estadual. Secretário Municipal. Remuneração............................................1666 • Férias. Cancelamento.......................................................................................................0850
• Servidor federal. Cessão para órgãos e entidades estaduais e municipais. • Férias. Previsão.................................................................................................... 0700 – 1271
Hipóteses. Remuneração............................................................................................0981 • Férias. Remuneração........................................................................................... 0413 – 1249
• Cirurgião-dentista do quadro efetivo. Contratação como assessor jurídico. • Folha de pagamento. Contratação de instituição pública ou privada..............................1803
Acúmulo de cargos...........................................................................................................0477 • Gratificação
• Cláusulas pétreas................................................................................................. 1000 – 1302 • Concessão a servidores postos à disposição do Município.......................................0565
• Concurso público • Conclusão de curso superior......................................................................................1925
• Edital...........................................................................................................................1612 • Desempenho de atividade especial............................................................................0058
• Período de validade não vencido. Cargos vagos excedentes. • Jeton. Pagamento a dirigente de estatal e Secretário de Estado................................0710

42 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 43


• Natalina.......................................................................................................................0700 • Reenquadramento.............................................................................................................1594
• Para integrar comissão...............................................................................................1374 • Regido pela CLT. FGTS. Efeitos........................................................................ 0916 – 1430
• Por grau de instrução..................................................................................................1991 • Regime Geral da Previdência social. Vinculação. Efeitos..........1026 – 1387 – 1306 – 1514
• Regência de classe......................................................................................................1928 • Regime jurídico único......................................................................................................0230
• Hora extra. Cômputo. Limite. Previsão legal....0378 – 0708 – 0716 – 1299 – 1302 – 1742 • Regime jurídico único. ADIn no 2135-4..........................................................................1752
• Hora extra. Pagamento indevido a servidores comissionados e com função • Regime jurídico único. Convivência de regimes após a EC no 19/98............................1657
gratificada.........................................................................................................................1913 • Reintegração de servidor..................................................................................................1906
• Incentivo à exoneração. Indenização. Fundamento legal................................................0654 • Reintegração de servidor. Despesa com o pagamento.....................................................0166
• INSS. Obrigatoriedade de recolhimento..........................................................................0300 • Reintegração de servidor. Dois servidores em um mesmo cargo....................................0998
• Jornada de trabalho de médico. Possibilidade de redução..............................................0212 • Remuneração
• Licença do cargo. Assunção da direção de entidade classista.........................................1015 • Ano eleitoral. Índice revisional. Apuração............................0859 – 1355 – 1544 – 1565
• Licença especial a servidor por assiduidade. Concessão.................................................0894 • Aumento. Requisitos...................................................................................................1219
• Licença para atividade política. Cômputo como tempo de serviço público...................1782 • Complementar. Pagamento pelo Município a servidor estadual...............................0306
• Licença para tratar de assuntos particulares. Exercício de outras atividades.................0285 • Reajuste com índices diferenciados por categoria funcional ou por função.............1607
• Licença-maternidade. Inclusão da função gratificada......................................................1962 • Reajuste. Diretores de Departamento. Requisitos.....................................................1203
• Licença-prêmio............................................................................0239 – 0555 – 1665 – 1962 • Revisão geral anual............................................................0859 – 1153 – 1163 – 1203 –
• Licença-prêmio e férias não usufruídas. Extinção do vínculo funcional. 1310 – 1428 – 1499 – 1531 – 1544 – 1565
Conversão em pecúnia.....................................................................................................1974 • Revisão Geral Anual. Servidores do Programa de Saúde da Família (PSF)............1531
• Licenciado. Circulação em prédios públicos...................................................................0383 • Revisão. Índice econômico. Indicação. Competência...............................................0859
• Licenciado. Vedação ao acesso a bens de uso especial ou do patrimônio • Secretário escolar. Cargo efetivo......................................................................................1358
administrativo.................................................................................................................. 0382 • Secretário Municipal. Incumbência..................................................................................1666
• Mandato eletivo. Exercício cumulativo. Compatibilidade de horário.............................0547 • Secretário Municipal. Participação em licitação..............................................................0014
• Mandato eletivo. Opção pela remuneração. Art. 38, II, da CF.......................... 0380 – 0391 • Segurado. Cessação da incapacidade. Conclusão. Perícia...............................................1175
• Médico veterinário. Necessidade de concurso público para contratação........................0272 • Serviço fora das atribuições ordinárias do cargo. Gratificação. Requisitos....................1265
• Médico. Piso salarial........................................................................................................1094 • Servidor da Saúde. Gratificação por desempenho de atividade especial........................0058
• Motorista...........................................................................................................................1808 • Servidor da Saúde. Técnico em Atividades de Saúde. Técnico em Radiologia.
• Município emancipado.....................................................................................................1310 Habilitação para os cargos...............................................................................................0686
• Município. Cargos de atribuições assemelhadas. Fixação de vencimentos....................0595 • Servidor do executivo. Gratificação. Concessão pelo Poder Legislativo........................0913
• Município. Tempo de serviço. Período cursado em escola agrotécnica.........................0520 • Servidor em exercício ininterrupto de suas funções. Período de 5 anos.
• Nova função. Designação. Efeitos...................................................................................0663 Concessão de três meses de licença. Requisitos..............................................................0739
• Orientador Educacional e Supervisor Escolar. Vencimentos...........................................0581 • Servidor inativo. Alteração de cargo público. Percepção de proventos. Efeitos............1726
• Pagamento de diárias............................................................................... 0018 – 1509 – 1515 • Servidor inativo. Efeitos...................................................................................................0745
• Parente de servidor. Participação em licitação................................................................0143 • Servidor inativo. Percepção de auxílio alimentação........................................................0901
• Pensão Especial................................................................................................................0037 • Servidor inativo. Prestação de serviços de notariado e registros. Percepção
• Período eleitoral. Nomeação e demissão............................................................ 1541 – 1650 de proventos e emolumentos............................................................................................1647
• Permuta de servidores......................................................................................................0787 • Servidor inativo. Retorno ao exercício da função pública..............................................1921
• Plano de assistência médica.............................................................................................1373 • Servidor municipal. Reajuste salarial. Ausência de lei autorizativa. Efeitos..................0664
• Plano ou serviço de saúde. Inscrição obrigatória de servidor como beneficiário. • Servidor ocupante de cargo de provimento efetivo. Exoneração.
Cobrança de contribuição.................................................................................................1021 Nomeação imediata em outro cargo efetivo. Efeitos.......................................................0700
• Prefeito servidor público. Opção pela remuneração........................................... 0192 – 1845 • Servidor público considerado estável. Requisitos...........................................................0701
• Prestação de serviços afetos a outra esfera de governo..................................................0542 • Servidor público efetivo ocupante de cargo de Vice-Prefeito. Efeitos...........................0900
• Prestação de serviços de assessoria e ministração de cursos..........................................0243 • Servidor público nomeado. Normas a serem observadas................................................1094
• Professor • Servidor público. Acréscimos pecuniários. Cômputo......................................... 0708 – 0738
• Ampliação de carga horária........................................................................................0124 • Servidor público. Exercício simultâneo de mandato eletivo. Remuneração.
• Contratação temporária..............................................................................................1418 Subsídio. Opção................................................................................................... 0068 – 0069
• Dedicação exclusiva.......................................................................... 0163 – 0361 – 1961 • Servidor público. Fornecimento de bens ou serviços para o Município.........................0222
• UDESC. Cursando pós-graduação. Concessão de férias...........................................1630 • Servidor público. Serviço que refoge das atribuições do cargo. Remuneração.
• Profissionais da educação.................................................................................................0586 Gratificação.......................................................................................................................0716
• Progressão por merecimento e por aperfeiçoamento.......................................................1928 • Servidor regido pela Consolidação das Leis Trabalhistas. Efeitos..................................0736
• Progressão vertical no estágio probatório........................................................................1987 • Tempo de Serviço Militar Obrigatório. Averbação..........................................................1106
• Progressões funcionais horizontais..................................................................................0978 • Tempo de serviço prestado ao Município sob regime celetista.
• Promoção por antigüidade................................................................................................1879 Cômputo para todos os efeitos no regime estatutário......................................................0286
• Promoção. Transporte de cargo para outra classe. Remuneração...................................0671 • Tempo de serviço prestado ao Município. Cômputo.......................................................0700
• Provento de aposentadoria, subsídio de agente político e vencimento pelo • Tempo de serviço. Concessão de prêmio.........................................................................1685
exercício de cargo público. Aglutinação. Teto remuneratório.........................................0653 • Terço de férias. Pagamento. Restituição de pagamento indevido...................................0850
• Proventos. Percepção simultânea com remuneração.......................................................0870 • Triênio. Averbação de tempo de serviço anterior na condição de comissionado...........1722
• Redução de carga horária.................................................................................... 1743 – 1925 • Vale-refeição........................................................................................................ 0026 – 1849

44 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 45


• Vantagem individual. Concessão. Burla ao inciso VIII do artigo 73 da Lei Federal TRIBUTOS • Benefícios de natureza tributária a empresas. Instalação ou expansão de atividades
no 9.504/97. Efeitos..........................................................................................................0859 econômicas no Município................................................................................... 1894 – 1955
• Vantagem pecuniária. Concessão. Requisitos..................................................................0915 • Benefícios e incentivos de natureza tributária. Concessão.........0145 – 1099 – 1295 – 1299
• Vantagens e restrições......................................................................................... 0894 – 1665 • Benefícios ou incentivos tributários. Leis concessivas ou ampliativas. Adaptações......1235
• Vantagens. Transcurso do tempo no exercício do cargo. LRF. Efeitos...........................0978 • Bens imóveis urbanos ou rurais. Tributos.......................................................................0661
• Veículo particular. Utilização em serviço público.............................................. 0018 – 1074 • Certidão negativa. Débito tributário relativo a imóveis localizados no Município.
• Verba indenizatória. Pagamento a servidor público........................................................0271 Emissão.............................................................................................................................0813
• Cobrança extrajudicial. Contratação de empresa.............................................................1781
SOCIEDADE DE • Acordo coletivo expirado. Regularização........................................................................1436 • Cobrança. Abertura de contas em outros municípios......................................................0080
ECONOMIA MISTA • Apoio cultural. Lei Rouanet.............................................................................................1011 • Comprovante de quitação. Recibo de depósito................................................................1390
• Aquisição de imóvel.........................................................................................................0070 • Concessão de isenção. Associações ou entidades sem fins lucrativos............................1915
• Arrendamento mercantil. Bens retomados. Alienação.....................................................0390 • Contribuição de Melhoria. Incidência. Valorização imobiliária do imóvel....................1599
• Benefícios. Instituição.................................................................0930 – 1412 – 1443 – 1517 • Contribuinte inadimplente. Inviabilidade de inscrição no SPC pelo Município.............0315
• Cedência de funcionário de empresa privada para Sociedade de Economia Mista........0447 • Contribuinte. Isenção de tributo. Concessão...................................................................1218
• Cedência de servidor para o Município...........................................................................0065 • Correção monetária..........................................................................................................1408
• COHAB. Contratos de financiamento de conjuntos habitacionais. Requisitos. Efeitos.... 1248 • CPMF. Ausência de recolhimento. Responsabilidade.....................................................1294
• Contratação. Forma..........................................................................................................0995 • Credenciamento pelo Município para cobrança de tributos via rede bancária...............0311
• Contrato de trabalho. Encargos previdenciários e trabalhistas. Advogado. • Disponibilização de receita de ICMS para fins de incentivo ao PRODEC –
Contratação temporária. Requisitos.................................................................................1121 Programa de Desenvolvimento da Empresa Catarinense................................................0956
• Contribuições financeiras a sociedades civis organizadas sob a forma de agências • Crédito tributário
de desenvolvimento..........................................................................................................0632 • Ação para cobrança. Prescrição. Cômputo................................................................1216
• Dirigentes..........................................................................................................................1970 • Compensação pelo Município....................................................................... 0316 – 0685
• Empregado público. Recomposição de perdas inflacionárias. Insalubridade. • Certidão negativa de débito. Expedição. Requisitos.......................................................0640
Prescrição..........................................................................................................................1798 • Contribuição de melhoria. Instituição. Lei específica.....................................................1986
• Empregados. Dispensa. Efeitos........................................................................................0858 • Dívida ativa. Cancelamento.............................................................................................1317
• Empregos em comissão....................................................................................................1871 • Dívida ativa. Cobrança. Efeitos.......................................................................................0640
• Incentivo fiscal. Fomento a obras audiovisuais cinematográficas...................................1963 • Execução Fiscal. Advogado. Responsabilidade...............................................................1182
• Instituição de benefícios. Requisitos................................................................................0930 • Falecimento do contribuinte. Efeitos...............................................................................1299
• Leiloeiro. Escolha. Procedimento....................................................................................0614 • ICMS. Concessão de benefícios a empresas. Vedação à vinculação da receita
• Mercado financeiro. Ações. Vendas.................................................................................0148 de impostos.......................................................................................................................1942
• Plano de Carreira..............................................................................................................1543 • Imposto incidente na fonte sobre rendimentos pagos a qualquer título.
• Projetos culturais. Apoio. Gastos. Limites.......................................................................1011 Câmara Municipal. Recolhimento aos cofres do Poder Executivo.................................0461
• Redução da jornada de trabalho.......................................................................................1743 • Imunidade de tributos municipais em relação às autarquias...........................................0164
• Regime de trabalho...........................................................................................................1543 • Inscrição em dívida ativa. Procedimentos.......................................................................1299
• Repasse de recursos a associação de empregados...........................................................1601 • Instituição pelo Município em proveito de empresa privada..........................................0516
• Sistema de registro de preços. Implementação. Regulamentação por decreto...............0365 • Instituição. Exclusão. Extinção. Isenção..........................................................................0610
• Situações envolvendo diretores, empregados comissionados e efetivos.........................1756 • IPTU. Realização de obra. Dedução de IPTU.................................................................0324
• Sociedades anônimas do Estado de capital aberto. Não sujeição ao Conselho • Isenção. Condições para a concessão..............................................................................1313
de Política Financeira.......................................................................................................1871 • ISS. Impossibilidade de compensação com a realização de obras pelo particular.........1747
• ISS. Incidência sobre os materiais utilizados como insumo em obra pública................1815
TOMADA DE • Tomada de contas especial..............................0875 – 0940 – 1038 – 1181 – 1216 – 1475 – • ISS. Optante do SIMPLES. Incidência sobre os serviços sujeitos a retenção na fonte.... 1929
CONTAS 1533 – 1587 – 1744 – 1821 – 1900 • ISS. Redução de alíquota. Requisitos da LRF.................................................................1492
• ISS. Retenção pelo tomador do serviço...........................................................................1786
TRIBUNAL DE • Apreciação de inconstitucionalidade................................................................................1862 • ISSQN. Requisitos para exigibilidade.............................................................................1388
CONTAS • Ato fundado em norma contrária à Constituição. Efeitos...............................................0914 • ITBI. Extrapolação dos quinhões. Direito de herança. Competência municipal............1746
• Auxílio-moradia. Deputados Estaduais. Caráter remuneratório. Efeitos.........................1219 • Município. Dívida tributária. Títulos públicos para quitação. Aceitabilidade.
• Competência.......................................................0781 – 0844 – 0845 – 1409 – 1547 – 1560 Requisitos.........................................................................................................................1126
• Decisões emanadas do Egrégio Plenário. Execução. Competência................... 0825 – 1508 • Município. Matéria tributária. Iniciativa..........................................................................0528
• Emissão de certidão. Conteúdo........................................................................................1085 • Pagamento à vista. Desconto. Concessão. Requisitos.........................................1148 – 1366
• Emissão do Parecer Prévio. Contas prestadas pelos Prefeitos municipais. • Prescrição..........................................................................................................................1848
Despesas em ações e serviços de saúde...........................................................................1404 • Recolhimento. Programa de incentivo.............................................................................0572
• Instrução normativa. Limites de regulamentação............................................................1702 • Subsídio, isenção ou redução de base de cálculo. Concessão.........................................0528
• Regime de suprimento. Função legislativa......................................................................1269 • Taxa de administração cobrada por organismos internacionais de cooperação..............1949
• Servidor Público. Admissão e aposentadoria. Apreciação do ato pelo • Taxa de iluminação pública. Inconstitucionalidade.........................................................1920
Tribunal de Contas. Requisitos........................................................................................0912 • Taxas e tarifas. Pagamento pelo poder público...............................................................0387
• Taxas. Metrologia legal....................................................................................................1585
• Tributos. Pagamento. Prestação de serviços pelo contribuinte........................................1178

46 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 47


• Vedação à vinculação da receita de impostos..................................................................1786 • Desconto. Vereador faltante à sessão. Previsão.........................................................1204
• Extrapolação do limite. Efeitos..................................................................................1189
VEÍCULO • Aquisição. Leasing...........................................................................................................0697 • Fixação. Alteração. Majoração..................... 1076 – 1152 – 1153 – 1183 – 1189 – 1334
• Autarquia. Imposto sobre a propriedade de veículos automotores..................................0862 • Instrumento legal para fixação...................................................................................1214
• Cessão para outro ente.....................................................................................................1308 • Pagamento cumulativo com remuneração ou proventos...........................................0653
• CIDASC. Cessão de veículo de sua propriedade a outro órgão. Requisitos..................0776 • Revisão geral anual............................................................... 1152 – 1153 – 1183 – 1214
• Função de motorista. Atribuições específicas do cargo...................................................0704 • Vereadores atuais. Limite...........................................................................................1035
• Fundo de Saúde. Aquisição de veículos..........................................................................0712 • Servidor público concursado. Exercício simultâneo do mandato...................................0641
• Município. Aquisição de veículo. Pagamento. Responsabilidade...................................0684 • Subsídio. Pagamento de diferença...................................................................................1161
• Veículo oficial. Contratação do seguro obrigatório DPVAT. Forma...............................0917 • Vereador falecido. Concessão de pensão especial a cônjuge. Previsão legal.................0835
• Veículo oficial. Uso. Limites. Responsabilidade................................................ 0377 – 1967 • Vereador-Presidente. Remuneração. Forma. Quantum....................................... 1090 – 1091
• Veículo particular. Utilização em serviço público.............................................. 0018 – 1074
• Veículo particular. Utilização em serviço público. Policiais militares............................0322 VICE-PREFEITO • Acumulação com cargo comissionado........................................0100 – 0642 – 0744 – 1570
• Acumulação com cargo de confiança...............................................................................1005
VEREADOR • Acumulação com cargo efetivo ou cargo comissionado.................................... 0068 – 0069 • Acumulação com o cargo de Secretário Municipal.
• Afastamento do mandato por decisão da Câmara mediante processo regular. Opção pelo subsídio................................................................................ 0652 – 1016 – 1301
Remuneração....................................................................................................................0470 • Acumulação de remuneração. Cargo de provimento efetivo com o subsídio
• Aposentadoria por invalidez. Diferença entre o valor do benefício pago pelo RGPS de vice-prefeito.....................................................................................................1103 – 1414
e o subsídio. Complementação pela Câmara de Vereadores. Requisitos........................1574 • Contrato com o Município. Impossibilidade...................................................................1296
• Auxílio-moradia. Impossibilidade...................................0946 – 1152 – 1153 – 1183 – 1219 • Décimo terceiro subsídio..................................................................................................1215
• Auxílio-doença. Complementação pela Câmara. Licença-gestante. • Exercício de cargo, emprego ou função pública.............................................................0653
Salário-maternidade. Limite.............................................................................................1799 • Investidura em cargo comissionado. Subsídios. Opção...................................... 0642 – 0744
• Contrato com o Município.................................................................................. 0099 – 0221 • Nomeado para o exercício de cargo, emprego ou função.
• Exercício de cargo comissionado no âmbito estadual. Compatibilidade de horário......0337 Opção pela remuneração..................................................................................... 0647 – 1414
• Exercício de cargo, função ou emprego público. Requisitos..........................................0621 • Remuneração. Fixação.....................................................................................................0106
• Férias anuais.....................................................................................................................1249 • Servidor público efetivo. Efeitos............................................................ 0900 – 1414 – 1675
• Gabinete. Manutenção. Despesas.....................................................................................1220 • Servidor público. Subsídios. Opção.................................................................................1103
• Pagamento de diárias........................................................................................................0018 • Subsídio. Fixação. Iniciativa............................................................................................1214
• Participação como membro de Conselhos de Municípios...............................................1425 • Substituição do Prefeito. Percepção da remuneração do agente político substituído.....0114
• Participação em comissão de licitação.............................................................................0043
• Participação em Comissão de Licitação de Empresa Pública.........................................0043
• Participação em cursos. Despesas. Requisitos.................................................................1125
• Participação em entidades não governamentais com ou sem aporte de recursos
públicos................................................................................................................ 0735 – 1441
• Plano de saúde. Concessão a ex-vereadores e dependentes............................................0861
• Plano de saúde. Instituição inclusive para os dependentes.............................................0089
• Recesso Parlamentar. Pagamento Subsídio......................................................................0590
• Remuneração
• Alteração no curso da legislatura.................................................................. 0282 – 1334
• Cálculo. Limite...........................................................................................................1334
• Cálculo. Recursos repassados a título de auxílio. Exclusão......................................0330
• Comprometimento além do limite de 5%..................................................................0190
• Fixação........................................................................................................... 0106 – 1334
• Limites e percentuais. Fiscalização. Competência....................................................1019
• Pagamento irregular. Responsabilidade.....................................................................1019
• Parte variável. Forma de pagamento..........................................................................0136
• Suplente......................................................................................................... 0346 – 0946
• Regime de previdência.....................................................................................................1784
• Servidor eleito vereador. Exercício de cargo, função ou emprego. Remuneração.........0621
• Servidor público. Permanência no exercício do cargo....................................... 0068 – 0069
• Servidor público. Possibilidade de exercer a presidência da Câmara.............................0107
• Sessão extraordinária de Comissão Permanente. Pagamento a vereador
pela participação...............................................................................................................0473
• Sessão extraordinária. Indenização. Pagamento................................................. 1837 – 1839
• Subsídio
• Apuração do limite............................................................................ 1076 – 1334 – 1470
• Ato fixador para a legislatura subseqüente. Redução do valor. Efeitos....................1166

48 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 49


0001 É obrigatório o pagamento de abo- Parecer: DMU-014/89
no de férias aos servidores estatutários, relativo Origem: Prefeitura Municipal de
a 1/3 do salário normal, em conformidade com Palmitos
o artigo 7o, inciso XVII, da CF. Data da Sessão: 28/06/1989

Parecer: AT/CJ-048/89 0005 As disponibilidades financeiras das


Origem: Prefeitura Municipal de Três Prefeituras, quer sejam de recursos próprios ou
Barras de transferências da União, podem ser deposi-
Data da Sessão: 07/06/1989 tadas em qualquer instituição financeira oficial,
salvo os casos definidos em norma legal (artigo
164, § 3o, da Constituição Federal de 1988).
0002 Revogado
Parecer: AT/CF-066/89
Origem: Banco do Estado de Santa
0003 A Secretaria de Estado da Educação Catarina S/A
pode realizar convênios com as Associações de Data da Sessão: 03/07/1989
Pais e Professores — APPs para a reforma de
Unidades Escolares da Rede Estadual, desde que
sejam tais reformas consideradas pelo Departa- 0006 Revogado
mento Autônomo de Edificações — DAE1, como
de pequeno porte, mediante parecer técnico.
Na prestação de contas por parte das Asso- 0007 Revogado
ciações de Pais e Professores deverão ser anexa-
das cópias das referidas autorizações executadas
pelo DAE. 0008 Reformado
É facultado às Prefeituras Municipais parti-
Processo: CON-AM0009340/97 ciparem, mediante contrato coletivo de adesão,
Parecer: AT/CF-072/89 de Grupos de Consórcios para aquisição de bens
Origem: Secretaria de Estado da móveis duráveis (veículos, máquinas e equipa-
Educação e do Desporto mentos rodoviários), observados os requisitos
Data da Sessão: 26/06/1989 seguintes:
a) obrigatoriedade de lei autorizativa munici-
pal para firmar o contrato coletivo de ade-
0004 Despesas de Exercícios Encerrados, são (autofinanciamento);
não empenhadas nas épocas próprias, que não te- b) observância das regras relativas a opera-
nham por base prévia autorização legal, cujas do- ções de crédito constantes da Resolução do
tações em que deveriam ser empenhadas no exer- Senado Federal no 43, de 2001;
cício de origem, não dispunham de créditos orça- c) observância das regras atinentes à Despesa
mentários suficientes para comportá-las, poderão Pública no que concerne a Geração de Des-
ser regularizadas mediante Crédito Especial ou pesas, Despesas Obrigatórias de Caráter
através do seu reconhecimento por Lei da Câma- Continuado previstas nos artigos 15 a 17 e
ra Municipal, e o seu conseqüente empenhamento 37, IV, da Lei Complementar no 101/00, e,
nas dotações próprias de Despesas de Exercícios ainda, das regras que regem a Dívida e o
Anteriores, liquidação e pagamento, sem prejuízo Endividamento Público previstas nos arti-
da verificação de responsabilidade pela realização gos 29, III, e 30 da mesma Lei;
das mesmas nessas circunstâncias. d) existência de crédito orçamentário para
atender às despesas no exercício, bem

1
A Lei Complementar no 70, de 12 de novembro de 1992 extinguiu o DAE e criou o Departamento de Edificações e Obras Hidráulicas — DEOH.

50 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 51


como previsão de dotações próprias nos Parecer:


DMU-018/89
Prefeitura Municipal de Palhoça
0017 1. A organização das funções de 0019 Programas suplementares de alimen-
orçamentos subseqüentes; Origem:
fiscalização a serem exercidas pelo Legislativo tação e assistência à saúde prestada ao educando
Relator: Conselheiro Horst Otto
e) atendimento às normas de licitação previs- (controle externo) e pelo Executivo (controle in- no ensino fundamental, deverão ser financiados
tas na Lei Federal no 8.666/93 para a esco- Domning terno) deve ser normatizada em legislação local, com recursos provenientes de contribuições so-
Data da Sessão: 04/10/1989
lha da Administradora de Grupo de Con- obedecidos aos princípios e preceitos constitu- ciais e outros recursos orçamentários, não com-
sórcio e, se for o caso, para a aquisição do cionais. preendidos entre aqueles de aplicação constitu-
bem móvel consorciado; 2. A legislação local que instituir as normas cional obrigatória em gastos com manutenção e
f) execução dos registros contábeis adequa- 0009 Revogado de controle externo poderá determinar a remessa desenvolvimento do ensino.
dos, mantendo-os atualizados, de todas as do balancete mensal à Câmara Municipal, pelo
operações de receita e despesa orçamen- Poder Executivo. Processo: CON-AM0023533/00
tárias, de incorporação do bem móvel e 0011 Revogado 3. Na existência de legislação local que deter- Parecer: DMU-032/90
inscrição da dívida no patrimônio muni- mine a remessa de balancete mensal, compete ao Origem: Prefeitura Municipal de Mafra
cipal, observados os procedimentos con- Presidente adotar as medidas cabíveis para o seu Data da Sessão: 12/11/1990
tábeis, para registro das operações, cons- 0012 Revogado cumprimento.
tantes da Informação DMU no 158/05, de
10/06/2005, que passa a fazer parte inte- Processo: CON-AM0015637/00 0020 Revogado
grante deste Prejulgado. 0013 Revogado Parecer: DMU 12/90
Origem: Prefeitura Municipal de Salete

Reformado pelo Tribunal Pleno em sessão Data da Sessão: 01/08/1990 0022 Revogado
de 27/06/2005, através da Decisão no 1.517/05, 0014 É vedada a participação de Secretá-
exarada no processo no REC-05/00772010. Re- rio Municipal em licitações realizadas pelo Mu-
dação inicial: nicípio, em face à proibição contida no artigo 0018 Reformado 0023 1. Em sua competência de legislar
“É facultado às Prefeituras Municipais parti- 8o, inciso II, do Decreto-Lei 2.300/86 (Decreto- É possível a concessão de diárias aos Vere- sobre assuntos de interesse local, cabe ao Mu-
ciparem, mediante contrato coletivo de adesão, Lei no 2.300/86 — Revogado. Observar Lei no adores quando em missão de representação ou nicípio decidir acerca de concessão de auxílio a
de grupos de consórcios para aquisição de bens 8.666/93 — artigo 9o, III). a serviço da Câmara de Vereadores, bem como entidades dedicadas à promoção de movimentos
móveis duráveis (veículos, máquinas, equipa- aos servidores quando a serviço fora da sede do tradicionalistas, a exemplo dos CTGs, observa-
mentos rodoviários e outros), observados os re- Processo: CON-AM0003019/06 Município, na forma prevista em lei que disci- dos os princípios básicos estabelecidos na Cons-
quisitos seguintes: a) obrigatoriedade de lei auto- Parecer: AT/CJ-017/90 pline a matéria tituição Federal, em seu artigo 30.
rizativa municipal para firmar o contrato coletivo Origem: Prefeitura Municipal de 2. Na concessão de auxílio às entidades tradi-
de adesão (autofinanciamento); b) observância Canoinhas Reformado pelo Tribunal Pleno em sessão cionalistas a Prefeitura deverá observar:
das regras de endividamento público previstas na Data da Sessão: 28/05/1990 de 02/12/2002, através da Decisão no 3.089/02, a) legislação municipal dispondo sobre condi-
legislação federal específica; c) comprovação da exarada no processo no PAD-02/10566680. Re- ções e requisitos para a sua concessão;
entrega efetiva do bem móvel consorciado quan- dação inicial: “Poderão ser concedidas diárias b) autorização de crédito (orçamentário, su-
do do primeiro pagamento, de uma ou mais quo- 0015 As despesas com livros didáticos aos Vereadores, através de lei municipal, quan- plementar), obedecida à classificação insti-
tas; d) existência de crédito orçamentário para para bibliotecas públicas locais são incluíveis no do em missão de representação ou serviço da Câ- tucional, funcional-programática e econô-
atender a despesa no exercício, bem como pre- percentual de 25%, destinados a gastos com ma- mara de Vereadores. Também aos servidores po- mica, instituída na Lei no 4.320/64;
visão de dotações próprias nos orçamentos sub- nutenção e desenvolvimento do ensino previsto derão ser concedidas diárias, por lei municipal, c) atendimento às fases da despesa pública,
seqüentes; e) atendimento às normas de licitação no artigo 212, da Constituição Federal. para atendimento de despesas quando a serviço notadamente quanto ao empenho, liquida-
previstas no Decreto-Lei no 2.300/86 para a esco- e em deslocamento para fora da sede do Muni- ção e pagamento.
lha da Administradora de Grupos de Consórcio Processo: CON-AM0021660/97 cípio. São irregulares as despesas com combus-
e, se for o caso, para a aquisição do bem móvel Parecer: AT/CF 001/90 tíveis e lubrificantes de veículos estranhos à Ad- Processo: CON-AM0025207/02
consorciado (Decreto-Lei no 2.300/86 — revo- Origem: Secretaria de Estado da Cultura, ministração Municipal.” Parecer: DMU-002/91
gado. Observar artigo 2o e 6o, III da Lei Federal Esporte e Turismo Origem: Associação dos Municípios da

no 8.666/93); f) execução dos registros contábeis Data da Sessão: 28/05/1990 Processo: CON-AM0016278/05 Região do Contestado
adequados, mantendo-os atualizados, de todas as Parecer: DMU-13/90 Data da Sessão: 08/04/1991
operações de receita e despesa orçamentárias, de Origem: Prefeitura Municipal de Campo

incorporação do bem móvel e inscrição da dívida 0016 Revogado Erê


no patrimônio municipal. Data da Sessão: 22/08/1990

52 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 53


0024 A geração e distribuição de ener- Processo:


CON-AM0005543/16
DMU 036/91
0032 1. A nulidade do contrato não exo- Processo:


CON-AM0018475/11
DMU-039/91
gia elétrica é monopólio da União, que poderá Parecer:
nera a Administração do dever de indenizar o Parecer:

Origem: Departamento de Transportes e Prefeitura Municipal de Caçador


transferir a outrem a exploração desses serviços, contratado, pelo que este houver executado até a Origem:

mediante concessão. Terminais data em que for declarado a sua nulidade. Data da Sessão: 23/10/1991
Data da Sessão: 05/06/1991
Nesta condição, a responsabilidade pela 2. Caso a efetivação do pagamento resulte em
transmissão, transformação e fornecimento de prejuízo para o erário, justificar-se-á a indeniza-
energia elétrica passa a ser da concessionária do ção aos cofres públicos por aquele que deu cau- 0035 1. O décimo terceiro salário a ser
serviço público. 0027 1. Os procedimentos para aprecia- sa à ação ou omissão contrária ao ordenamento pago ao funcionário público, nos termos do ar-
Cabe ao Município a manutenção, através de ção e julgamento de contas de gestão do Prefei- jurídico. tigo 7o, inciso VIII, da CF, em vigor, deve ser
retribuição pecuniária ao agente distribuidor, da to, pela Câmara Municipal, são aqueles defini- calculado com base na remuneração integral ou
iluminação pública prestada à comunidade. dos na Lei Orgânica do Município. Processo: CON-AM0013855/18 nos proventos de aposentadoria.
Em casos excepcionais, os investimentos com 2. A Lei Orgânica do Município, estabelecen- Parecer: PG-365/91 2. A legislação municipal que dispuser dife-
obras de iluminação pública poderão ser assumi- do prazo para julgamento das contas e medidas Origem: Centro de Informática e rentemente sobre o assunto em questão deixará
dos pelo Município, quando, sendo de interesse decorrentes, quando vencido o prazo de julga- Automação do Estado de Santa de ser aplicada, por ter sido sobreposta pela nor-
da comunidade, ultrapassarem a capacidade de mento, devem ser observadas essas providências Catarina S/A ma constitucional que passa a prevalecer.
investimento da concessionária, mediante con- pela Câmara Municipal. Data da Sessão: 31/07/1991 3. Quem tenha percebido pagamento de 13o
trato assinado entre as partes, ficando o Muni- 3. O não cumprimento de disposições da Lei salário, a partir da promulgação da Constituição
cípio com o crédito, perante a distribuidora, do Orgânica do Município poderá ser motivo de re- Federal, calculado com base no vencimento do
investimento realizado. paração, mediante providências a serem tomadas 0033 As despesas com transferências a cargo ou função e não remuneração integral ou
nas esferas administrativa, legislativa e judicial. Entidades por Município, para atendimento de proventos de aposentadoria, tem direito de re-

Processo: CON-AM0022114/08 cursos de natureza supletiva, somente poderão querer pagamento de eventuais diferenças, ob-
Parecer: DMU 051/90 Processo: CON-AM0012080/12 ser consideradas como sendo de manutenção e servada a prescrição qüinqüenal, nas esferas ad-
Origem: Prefeitura Municipal de Coronel Parecer: DMU-022/91 desenvolvimento do ensino, para efeito das apli- ministrativa ou judicial.
Freitas Origem: Prefeitura Municipal de Santa cações obrigatórias das receitas de impostos, nos
Data da Sessão: 04/09/1990 Cecília termos do artigo 212, da Constituição Federal, Processo: CON-AM0019052/10
Data da Sessão: 05/06/1991 quando as entidades promotoras tiverem suas Parecer: DMU-053/91
atividades pertinentes reconhecidas pelo compe- Origem: Prefeitura Municipal de

0025 1. No desempenho de suas atribui- tente Conselho de Educação. Massaranduba


ções constitucionais, a Câmara Municipal deve 0029 A classificação funcional programá- Data da Sessão: 04/11/1991
restringir suas funções às de normatização, fis- tica da despesa com programas que objetivem a Processo: CON-AM0006944/10
calização, controle e assessoramento ao Poder ampliação de edifícios-escola, bibliotecas públi- Parecer: DMU-019/91
Executivo e à organização de seus serviços. cas, garagens municipais e outros, são classifi- Origem: Prefeitura Municipal de Lages 0037 A pensão especial, de acordo com o
2. Consideram-se ingerência indevida do Le- cadas, nos termos da Portaria SEPLAN no 9/74, Data da Sessão: 22/05/1991 disposto nos artigos 2o, item II, alínea “d”, e 6o
gislativo, o desempenho de funções de compe- como Projeto, por caracterizarem-se como um da Lei Estadual no 3.389, de 27 de dezembro de
tência do Executivo, como a de concessão de au- conjunto de operações limitadas no tempo, das 1963, e alterações posteriores, pode ser concedi-
xílio financeiro à entidade privada. quais resultam um produto final que concorre 0034 1. A realização de obras ou serviços da ao servidor ocupante de cargo em comissão
para a expansão ou o aperfeiçoamento da ação de engenharia, pela Administração Municipal, acometido de doença incapacitante para o traba-

Processo: CON-AM0000397/13 do Governo. poderá ser efetuada pelo regime de execução di- lho, provado nos termos da legislação própria;
Parecer: DMU-012/90 reta ou execução indireta. não se admite, contudo, a concessão de aposen-
Origem: Câmara Municipal de Santa Processo: CON-AM0013273/13 2. As obras e serviços de engenharia, execu- tadoria para o servidor nas mesmas condições.A
Cecília Parecer: DMU-021/91 tadas diretamente pela Administração ou no sis- observar, ainda, o preenchimento de todos os
Data da Sessão: 22/04/1991 Origem: Câmara Municipal de tema de mutirão, terão a responsabilidade técni- requisitos estabelecidos na lei mencionada. Vá-
Forquilhinha ca da Prefeitura, a quem caberá a Anotação de lido o critério para a fixação do valor da pensão,
Data da Sessão: 01/07/1991 Responsabilidade Técnica (ART). igual ao da aposentadoria, nas mesmas condi-
0026 É admissível a concessão de vale 3. Na realização de obras e serviços de enge- ções de incapacidade para a atividade laboral
refeição a servidor público estadual, com fulcro nharia pelo regime de execução indireta, o contra- devidamente apurada.
no artigo 115, § 1o, inciso V, da Lei no 6.745/85, 0030 Revogado to deverá ser firmado com profissional ou empre-
com o devido empenhamento no item orçamen- sa registrada no Conselho de Engenharia, a quem Processo: CON-AM0022923/00
tário 3.1.3.2 — Outros Serviços e Encargos. caberá a Anotação de Responsabilidade Técnica. Parecer: AT-089/90 e AT-103/9

54 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 55


Origem: Assembléia Legislativa do
Estado de Santa Catarina
a) a incompatibilidade de contratação com o Origem: Prefeitura Municipal de Otacílio
Costa
0049 Reformado
Município estende-se aos parentes, con- 1. Os Fundos são criados por Lei e regula-
Data da Sessão: 06/11/1991 Data da Sessão: 16/03/1992
sangüíneos ou afins até o 3o grau, do Pre- mentados por Decreto.
feito; 2. O ordenador de despesa do Fundo deve ser
b) desde que regularmente instituída, dispõe o seu Administrador.
0038 Revogado a Comissão Especial da Câmara Munici- 0043 É incompatível a participação de 3. A Constituição veda a vinculação de im-
pal de prerrogativa para requisitar cópias Vereador em comissão de licitação de órgãos in- postos a Fundo, podendo haver, no entanto, a
ou certidões de documentos relacionados tegrantes da administração direta e indireta do vinculação de outros tributos ou receita.
0039 Com relação aos recursos prove- à matéria em investigação: Poder Executivo, por caracterizar o exercício de 4. Os recursos que o Município destinar ao
nientes do SUS, a Secretaria de Estado da Saúde • os documentos originais devem ser exami- atividades executivas, não próprias de membros Fundo deverão estar autorizados no orçamen-
deverá proceder, apenas, o lançamento no Siste- nados na repartição em que se localizem, do Poder Legislativo. to municipal e serão liberados mediante empe-
ma de Compensação de todas as transferências sem retirada de livros e documentos; nhamento como despesa, através do processo de
feitas ao Estado e sua distribuição às Prefeituras • a Prefeitura não pode impedir ou negar o Processo: CON-AM0012396/19 execução da despesa.
e Instituições Hospitalares, cujo resíduo rema- exame dos documentos, dentro das condi- Parecer: DMU 082/91 5. Os recursos destinados ao Fundo são auto-
nescente passará a ser contabilizado como Re- ções citadas acima; Origem: Prefeitura Municipal de São rizados na própria lei de criação e serão libera-
ceita Orçamentária, sendo, portanto, dispensada • a retirada de documentos originais deve ser Joaquim dos mediante programação constante de seu pla-
a apresentação da Prestação de Contas, a este impedida pelo funcionário responsável, a Data da Sessão: 25/03/1992 no de aplicação.
Tribunal, no que concerne àqueles recursos. quem será imputada originariamente, res- 6. As transferências a entidades privadas, a
ponsabilidade por eventual extravio, quan- serem feitas pelo Fundo, a título de subvenções
Processo: CON-AM0019573/17 do constatado. 0044 O Adicional por Tempo de Serviço sociais, contribuições correntes, auxílios e/ou
Parecer: DBB-900/91 pode ser concedido no âmbito do serviço públi- contribuições para despesas de capital devem
Origem: Secretaria de Estado da Saúde Processo: CON-AM0009506/10 co municipal, desde que previsto em Lei. ser autorizadas em lei, geral ou específica, con-
Data da Sessão: 16/11/1991 Parecer: DMU-085/91 forme o caso.
Origem: Prefeitura Municipal de Galvão Processo: CON-AM0013663/19 7. Os Fundos deverão atender às normas
Data da Sessão: 11/03/1992 Parecer: DMU-03/92 de licitação determinadas pelo Decreto-Lei no
0040 Não existe qualquer impedimento Origem: Câmara Municipal de Correia 2.300/86, com as alterações introduzidas pelo De-
legal para a cobrança, pelos Cartórios, de pres- Pinto creto-Lei no 2.348/87 e Decreto-Lei no 2.360/87
tação de seus serviços, após a revogação da Lei 0042 1. O Poder Legislativo Municipal, Data da Sessão: 25/03/1992 (Decretos-leis nos 2.300/86, 2.348/87 e 2.360/87
Complementar no 05/75, que estabelecia a isen- no exercício das atribuições de fiscalização que — revogados. Observar Lei no 8.666/93).
ção desses serviços aos Municípios. lhes são conferidas pela Constituição e pelas 8. Salvo determinação em contrário da
As custas e emolumentos cartorários não são leis, poderá contratar serviços de auditoria inde- 0046 Revogado lei que o instituiu, os saldos disponíveis dos
impostos, por isso, inaplicável à espécie o artigo pendente para fazer verificações, levantamentos Fundos, apurados em balanço, transferem-se
150, VI, “a”, da Constituição Federal; tratam-se de ou acompanhamentos das contas do Prefeito, para o exercício seguinte, a crédito do mes-
pagamento por prestação de serviços dos órgãos incluídas aí as da própria Câmara Municipal, re- 0047 Não pode o Legislativo Municipal mo Fundo.
auxiliares da justiça (Lei Estadual no 5.624/79). forçando o auxílio emprestado pelo Tribunal de desconsiderar todo o planejamento de governo, 9. Os Fundos não possuem quadro de pessoal
Contas, no exercício da fiscalização. e, através de emenda reduzir o total da proposta próprio, devendo utilizar-se daqueles servidores
Processo: CON-AM0019069/17 2. Não poderá o Prefeito, sob pena de respon- orçamentária em 50%, sem discriminar os itens, que são colocados à sua disposição. O pagamen-
Parecer: DMU-045/91 sabilidade, negar a liberação de recursos corres- uma vez que no Orçamento Anual a discrimina- to da folha de pessoal poderá ficar a cargo do
Origem: Prefeitura Municipal de Porto pondentes às dotações orçamentárias, inclusive ção dos créditos orçamentários deve ser em ter- Fundo, desde que prevista em orçamento e no
União dos créditos suplementares e especiais, atribuí- mos de programas a executar e vinculados, no Plano de Aplicação.
Data da Sessão: 10/02/1992 dos à Câmara Municipal. mínimo, à despesa. 10. As normas para prestação de contas dos
3. A suplementação de dotações e os créditos Fundos Municipais ao Tribunal de Contas estão
especiais necessários à Câmara Municipal serão Processo: CON-AM0000380/24 consubstanciadas nas determinações da Resolu-
0041 É incompatível o fornecimento de concedidos dentro das disponibilidades de re- Parecer: COG-062/92 ção no TC-06/89, especificamente nos artigos 11
bens e serviços ao Município pela pessoa física cursos, obedecido ao disposto no artigo 167 da Origem: Prefeitura Municipal de União e 37 a 44 (a Resolução no TC-06/89 foi substitu-
do Prefeito ou por empresa de sua propriedade Constituição Federal. do Oeste ída pela Resolução no TC-16/94).
ou da qual seja sócio majoritário, segundo os Data da Sessão: 22/04/1992
princípios constitucionais expressos no artigo 37 Processo: CON-AM0013679/19 Reformado pelo Tribunal Pleno em sessão
da Constituição Federal. Subentende-se que: Parecer: DMU-05/92 de 17/12/2007, através da Decisão no 4.101/07

56 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 57


exarada no processo no ADM-07/00621377. Re- estão consubstanciadas nas determinações 3. A pessoa jurídica em débito com o sistema que devidamente regulamentada por ato do Che-
dação Original: da Resolução no TC-06/89, especificamente de seguridade social, não poderá contratar com o fe do Poder Executivo.
“Os Fundos são criados por Lei e regulamen- nos artigos 11 e 37 a 44 (a Resolução no TC- Poder Público (§ 3o do artigo 195 da CF).
tados por Decreto. 06/89 foi substituída pela Resolução no TC- Processo: CON-AM0013217/22
O ordenador de despesa do Fundo deve ser o 16/94).” Processo: CON-AM0002822/27 Parecer: COG-304/92
seu Administrador. Parecer: COG-202/92 Origem: Secretaria de Estado da Saúde
O Fundo deverá possuir escrita contábil pró- Processo: CON-AM0018399/18 Origem: Prefeitura Municipal de Correia Data da Sessão: 16/09/1992
pria, que poderá estar sob a responsabilidade téc- Parecer: DMU-01/92 Pinto
nica do contabilista do Município, observada a Origem: Cliente Data da Sessão: 12/08/1992
proibição constitucional de acumulação remune- Data da Sessão: 04/05/1992 0059 Revogado
rada de cargo público.
A Constituição veda a vinculação de impostos 0057 1. Quando não acudirem interes-
a Fundo, podendo haver, no entanto, a vincula- 0050 Revogado sados à licitação anterior, por duas vezes con- 0062 Revogado
ção de outros tributos ou receita. secutivas, é lícita a hipótese de alienação com
Os recursos que o Município destinar ao Fun- dispensa de licitação, desde que esta não possa
do deverão estar autorizados no orçamento mu- 0051 Revogado ser repetida sem prejuízo para a Administração, 0063 1. Na ausência da Lei Municipal que
nicipal e serão liberados mediante empenhamen- consoante o disposto no artigo 22, inciso VI, do estabeleça o procedimento a ser aplicado para o
to como despesa, através do processo de execu- Decreto-Lei no 2.300/863, mantidas as condições ressarcimento de valores pagos indevidamen-
ção da despesa. 0054 Revogado estabelecidas no instrumento convocatório ini- te, poderá a Administração Municipal adotar, a
Os recursos destinados ao Fundo são autori- cial. (Decreto-Lei no 2.300/86 revogado. Obser- seu critério, observados os princípios gerais da
zados na própria lei de criação e serão liberados var Lei Federal no 8.666/93). Administração, a forma de reposição de valores
mediante programação constante de seu plano de 0055 1. Os contratos por prazo determi- 2. A dispensa de procedimento licitatório de- praticada pelo Estado ou pela União.
aplicação. nado terão a duração máxima de dois anos, po- verá ser devidamente justificada e submetida à 2. O primeiro impõe que a reposição pecuni-
As transferências a entidades privadas, a se- dendo ser prorrogados uma única vez, desde que autoridade superior para ratificação, para que o ária seja parcelada, não podendo a parcela exce-
rem feitas pelo Fundo, a título de subvenções a soma dos dois períodos não ultrapasse a dois contrato possa ser celebrado, consoante o artigo der à décima parte dos vencimentos. O segundo
sociais, contribuições correntes, auxílios e/ou anos. 24, do Decreto supramencionado. vai além, exigindo, ainda, a atualização monetá-
contribuições para despesas de capital devem 2. Somente após 6 meses do término do pri- ria dos valores a serem repostos.
ser autorizadas em lei, geral ou específica, con- meiro contrato por prazo determinado, é que ou- Processo: CON-TC0013435/21
forme o caso. tro poderá ser firmado com as mesmas partes. Parecer: COG-298/92 Processo: CON-TC0016573/21
Os Fundos deverão atender às normas de lici- Origem: Secretaria de Estado dos Parecer: COG-411/92
tação determinados pelo Decreto-Lei no 2.300/86, Processo: CON-AM0003652/20 Transportes e Obras Origem: Prefeitura Municipal de Água

com as alterações introduzidas pelo Decreto-Lei Parecer: COG-160/92 Relator: Auditora Thereza Apparecida Doce
no 2.348/87 e Decreto-Lei no 2.360/87 (Decretos- Origem: SAMAE de Herval do Oeste Costa Marques Data da Sessão: 03/11/1992
06/07/1992 Data da Sessão: 09/09/1992
leis nos 2.300/86, 2.348/87 e 2.360/87 — Revo- Data da Sessão:

gados. Observar Lei no 8.666/93).


Salvo determinação em contrário da lei que o 0064 Revogado
instituiu, os saldos disponíveis dos Fundos, apu- 0056 1. Em face da inabilitação dos li- 0058 1. O artigo 3 da Lei no 5.254/76,
o

rados em balanço, transferem-se para o exercício citantes, é lícita a hipótese de aquisição de alterado pela Lei no 7.548/89, não autoriza a
seguinte, a crédito do mesmo Fundo. combustíveis, mediante dispensa de licitação, concessão de gratificação; somente autoriza o 0065 Reformado
Os Fundos não possuem quadro de pessoal consoante o disposto no inciso VI do artigo 22, Secretário de Estado da Saúde a dispor dos re- 1. As requisições promovidas pela Justiça
próprio, devendo utilizar-se daqueles servidores do Decreto-Lei no 2.300/862, mantidas as con- cursos provenientes do Fundo Estadual de Saú- Eleitoral, com fundamento na Lei Federal no
que são colocados à sua disposição. O pagamen- dições estabelecidas no instrumento convocató- de, para pagamento de gratificações específicas 6.999, de 07 de junho de 1982, aplicam-se ex-
to da folha de pessoal poderá ficar a cargo do rio inicial. anteriormente autorizadas. clusivamente aos servidores da Administração
Fundo, desde que prevista em orçamento e no 2. A realização de licitação através da modali- 2. Poderá o Secretário de Estado da Saúde Direta e das autarquias estaduais e municipais.
Plano de Aplicação. dade Convite não exime a Administração Públi- conceder, aos seus servidores, gratificação pelo 2. A Companhia de Desenvolvimento do Es-
As normas para prestação de contas dos ca de verificar, para todos os efeitos, a idoneida- desempenho de atividade especial com base no tado de Santa Catarina — CODESC não está su-
Fundos Municipais ao Tribunal de Contas de dos licitantes antes da contratação. artigo 85, inciso VIII, da Lei no 6.745/85, desde jeita aos ditames da Lei no 6.999/82, cabendo à

2
O Decreto-Lei no 2.300/86 foi revogado pela Lei no 8.666/93. 3
O Decreto-Lei no 2.300/86 foi revogado pela Lei no 8.666/93.

58 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 59


CODESC solicitar ao Tribunal Regional Eleitoral individuais poderão dar trato específico às ce- Origem: Prefeitura Municipal de te os institutos jurídicos da compra, permuta,
o ressarcimento das despesas com remuneração dências, conforme prevê a legislação. Diante dos Capinzal doação, dação em pagamento, ou compulsoria-
Data da Sessão: 10/02/1993
e encargos sociais dos servidores à disposição da princípios constitucionais que regem a Adminis- mente por desapropriação ou, ainda, por força
Justiça Eleitoral, salvo para prestação de serviços tração Pública, incluídas as sociedades de econo- de lei.
em dias de eleição (Lei no 4.737/65, artigo 120), mia mista, não devem ser assumidos ônus para o
ou determinar o retorno do servidor à origem. erário, sob pena de responsabilização.” 0069 Reformado Processo: CON-TC0013207/26
3. A cessão de servidores de empresas de eco- 1. O servidor público quando investido no Parecer: COG-045/93
nomia mista para outros órgãos ou entidades da Processo: CON-TC0019592/20 mandato de Vereador pode permanecer no exer- Origem: Companhia de Urbanização e

Administração Pública, de qualquer esfera admi- Parecer: COG-492/92 cício de suas funções, desde que haja compatibi- Desenvolvimento de Tubarão
nistrativa, somente se deve operar com o com- Origem: BADESC — Agência lidade de horários (artigo 38, inciso III, da CF). Data da Sessão: 08/03/1993
promisso da entidade cessionária em promover Catarinense de Fomento S/A 2. O servidor público quando for investido no
o ressarcimento à entidade cedente das despesas Relator: Conselheiro Carlos Augusto mandato de Vereador, havendo compatibilidade
com remuneração e encargos sociais do servidor
Data da Sessão:
Caminha
07/12/1992
de horários, perceberá as vantagens de seu cargo, 0071 1. É devida a atualização monetária
cedido, para não caracterizar desvio de finalida- emprego ou função, sem prejuízo da remunera- de dívidas do Município a partir do dia do venci-
de para a qual foi criada a entidade e preser- ção do cargo eletivo conforme dispõe o inciso mento até a data de sua liquidação, com suporte
var os interesses dos acionistas minoritários. Os III do artigo 38 da Constituição Federal. A regra na Lei Orgânica Municipal.
órgãos da Administração Direta, as autarquias, 0067 É possível a centralização de adian- inserta no artigo 17, incisos I e II, alínea “b”, da 2. Por liquidação deve entender-se o paga-
as fundações e as empresas estatais dependentes tamentos de recursos, desde que os pagamentos Lei Orgânica do Município, aplica-se aos Verea- mento, o resgate ou o cumprimento da obri-
devem atentar para a circunstância das despe- sejam efetuados pelo responsável ou em seu dores que à época da expedição do diploma não gação conforme conceituado na Lei Federal no
sas relativas ao ressarcimento de remuneração nome. eram servidores públicos. 4.320/64.
e encargos de servidores recebidos à disposição 3. É admissível o vereador exercer a vereança 3. A atualização monetária relativa ao exer-
integrarem a Despesa Total com Pessoal do res- Processo: CON-TC0011350/23 e simultaneamente ser ocupante de cargo comis- cício em curso será considerada como despesa
pectivo Poder ou Órgão constitucional, para fins Parecer: COG-406/92 sionado no âmbito do Governo Estadual, perce- desse mesmo exercício. A resultante de dívidas
de verificação dos limites estabelecidos na Lei Origem: Tribunal de Justiça do Estado de bendo cumulativamente a remuneração do man- de exercícios anteriores será lançada à conta de
Complementar no 101/00. Santa Catarina dato e os vencimentos do cargo, desde que haja despesas de exercícios anteriores.
Data da Sessão: 23/12/1992 compatibilidade de horários.
Reformado pelo Tribunal Pleno em sessão Processo: CON-TC0010756/32
de 02/12/2002, através da Decisão no 3.089/02, Terceiro parágrafo reformado Parecer: COG-400/93
exarada no processo no PAD-02/10566680. Re- 0068 1. Sobre a licitude de servidor pú- pelo Tribunal Pleno em sessão de 18/11/1998, Origem: Prefeitura Municipal de

dação Inicial: “Resolvidas as condições relacio- blico exercer cumulativamente mandato eletivo através da decisão exarada no processo no Fraiburgo
nadas ao ônus decorrente das cedências, inexis- de Vereador: A hipótese é perfeitamente viável PDI-0393405/87. Redação inicial do terceiro Data da Sessão: 11/08/1993
te vedação para que os órgãos da administração e legal, uma vez que enquadrada nos ditames do parágrafo:
indireta do Estado promovam cedência para ou- artigo 38 da Constituição Federal. “Um suplente à Vereança, ocupante de cargo
tros órgãos ou esferas de governo. O artigo 104 2. Quanto à percepção cumulativa das respec- comissionado, se investido no mandato de Ve- 0072 Não contemplando o orçamento
da Lei no 8.245/91, não se aplica para cedências tivas remunerações, o dispositivo constitucional reador, poderá permanecer no exercício de suas anual do Município crédito orçamentário à rea-
de servidores em geral. Trata-se de norma para assegura explicitamente essa possibilidade, des- funções, percebendo as respectivas vantagens lização dos Jogos Abertos, poderá o Executivo
atender situações especificadas. Ausente outro de que haja compatibilidade horária entre o exer- sem prejuízo dos subsídios a que faz jus no car- Municipal, observada a existência de recursos
disciplinamento, inclusive, consultados os ins- cício de um e outro cargo. go eletivo, desde que haja compatibilidade de e autorização específica em lei, abrir, mediante
trumentos que constituem as instituições, além 3. Procedência da opção pela remuneração horários.” decreto, o necessário crédito especial.
do regramento disposto na Lei no 8.245/91, ao mais conveniente.
qual se submetem, deverá ser observado o dis- 4. A mesma norma constitucional estabelece Processo: CON-TC0002563/31 Processo: CON-TC0003595/30
posto no artigo 18, § 1o, da Lei no 6.745/85. Apli- que, inocorrendo compatibilidade horária, o ser- Parecer: COG-043/93 Parecer: COG-086/93
cam-se no que couber, as diretrizes do Decreto vidor deverá ser afastado do cargo, emprego ou Origem: Prefeitura Municipal de Mondaí Origem: Prefeitura Municipal de Tubarão
Estadual no 2.920/92, que informa o modo de função, podendo optar pela remuneração deste Relator: Conselheiro Epitácio Bittencourt Data da Sessão: 10/03/1993
pagamento de servidores cedidos. Atentar para (cargo, emprego ou função pública), ao exercer Data da Sessão: 13/10/1993
a Resolução no 06/81, do Conselho de Política o mandato de Vereador.
Financeira do Estado, artigo 18, que dispõe so- 0073 Revogado
bre a matéria. Considerando a reserva de poder Processo: CON-TC0018113/20 0070 Aquisição de imóvel por Sociedade
outorgada ao Chefe do Executivo Estadual, atos
Parecer: COG-507/92 de Economia Mista poderá processar-se median-

60 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 61


0074 O repasse de recursos financeiros Processo:


CON-TC0011026/21
COG-042/93
ter ético e moral das operações comerciais pro- 0087 Reformado
pela Prefeitura Municipal à Câmara de Vereado- Parecer:
movidas pelo agente público. 1. Somente após a aprovação do orçamento
Origem: Prefeitura Municipal de Anita
res sob a forma de suprimentos implica em que poderá o município realizar despesas e assumir
a Câmara possua serviço interno para o empe- Garibaldi Processo: CON-TC000409A/30 encargos que impliquem em gastos públicos.
Relator: Conselheiro Moacir Bertoli
nhamento, contabilização e pagamento das des- Parecer: COG-084/93 2. No interregno entre a instalação do Muni-
Data da Sessão: 17/03/1993
pesas por ela efetuadas. À vista da inexistência Origem: Câmara Municipal de Xaxim cípio e a aprovação da Lei de estrutura adminis-
deste órgão interno, faz-se necessário a adoção Data da Sessão: 12/04/1993 trativa, havendo necessidade urgente de pessoal
de procedimento diverso, incumbindo assim, ao para suprir esse período de transição, atendidas
executivo municipal a efetuação do empenha- 0078 Revogado as condições estabelecidas na Constituição Fede-
mento, contabilização e pagamento das despesas 0083 Princípios de direito público ex- ral, artigo 37, inciso IX, poderá a administração
realizadas no âmbito do Legislativo. pressos na Constituição Federal, artigo 37, e realizar contratação de serviço temporário.
0079 Revogado pela doutrina, são contrários à celebração de ne- 3. Quando da fixação da remuneração do
Processo: CON-TC0013717/20 gócios, pelo Município, com a única Farmácia Prefeito, Vice-Prefeito, Secretários Municipais
Parecer: COG-511/93 localizada neste âmbito, de propriedade do Pre- e Vereadores do município emancipado, devem
Origem: Prefeitura Municipal de Laguna 0080 É possível a abertura de conta em feito Municipal. ser observados critérios estabelecidos em legis-
Data da Sessão: 22/03/1993 Agência Bancária sediada fora dos limites do Mu- lação local, pautando-se, contudo, no estabeleci-
nicípio para os fins de cobrança de tributos des- Processo: CON-TC0001489/38 do na Constituição Federal, artigo 29, incisos V e
de que não implique em despesas adicionais, tais Parecer: COG-085/93 VI, assim como o disposto no artigo 111, VII, da
0076 Revogado como: transportes, telefone, entre outras, para fazer Origem: Prefeitura Municipal de União Constituição do Estado de Santa Catarina.
a movimentação bancária, desde que, examinada a do Oeste 4. Tratando-se de Município recém instalado,
relação custo-benefício, este supere àquele. Data da Sessão: 14/04/1993 o Quadro Demonstrativo da evolução da Receita
0077 Reformado e Despesa omitirá dados de exercícios anterio-
1. A Câmara Municipal, no que concerne à Processo: CON-TC0004085/30 res, por não serem pertinentes as suas receitas e
verificação de suas contas, deverá prestá-las a Parecer: COG-100/93 0084 A comprovação de inexistência de despesas próprias.
par do controle interno exercido pelo órgão es- Origem: Prefeitura Municipal de Itapema débito com a Seguridade Social para fins de 5. O Quadro Demonstrativo para apuração do
pecífico, ao Tribunal de Contas do Estado. Data da Sessão: 05/04/1993 contratação com o Poder Público deve ser feita excesso de arrecadação considerará a receita pre-
2. A responsabilização pelas contas da Câma- através de Certidão Negativa de Débito, confor- vista e a arrecadada no exercício, por inexistir
ra Municipal será atribuída ao seu Presidente se me disposto no artigo 195, § 3o, da Constituição arrecadação anterior.
adotada a forma de suprimento; será imputada 0081 Revogado Federal, combinado com o artigo 47, inciso I, 6. A Constituição Federal de 1988 contém
ao Chefe do Executivo do Município quando o alínea a, da Lei Federal no 8.212/91. disposições relativas à elaboração orçamentária
empenhamento, a contabilização e o pagamento que revogam as do Decreto-Lei 1.875/81, dentre
das despesas forem realizados pelos serviços in- 0082 1. Conforme preceitua o artigo 54, Processo: CON-TC0009200/37 as quais estabelece o orçamento-programa como
ternos da Prefeitura Municipal. inciso I, da Lei Maior e artigo 43, inciso I, da Parecer: COG-193/93 instrumento de previsão orçamentária das admi-
3. Na hipótese de o empenhamento, contabiliza- Constituição do Estado, é vedado aos Deputa- Origem: Prefeitura Municipal de São nistrações públicas.
ção e o pagamento das despesas da Câmara de Ve- dos, desde a expedição do diploma, firmar ou José do Cedro
readores serem realizados pelos serviços internos da manter contrato com pessoa jurídica de direito Data da Sessão: 18/08/1993 Terceiro parágrafo reformado
Prefeitura Municipal, aquela deverá atender solici- público, autarquia, empresa pública, sociedade pelo Tribunal Pleno em sessão de 08/12/2008,
tação de envio de documentos formulada por esta. de economia mista ou empresa concessionária mediante a Decisão no 4.058/08 exarada no Pro-
de serviço público, salvo quando o contrato obe- 0085 São irregulares as despesas com cesso ADM-08/80059419.
Terceiro parágrafo reformado decer a cláusulas uniformes, o que não se consti- locação de imóveis, para ocupação de órgãos Redação original:
pelo Tribunal Pleno em sessão de 18/11/1998, tui no caso presente. estranhos à administração municipal, ou ainda, “A fixação da remuneração do Prefeito, Vice-
através da decisão exarada no processo no PDI- 2. A transferência do bem de propriedade de que beneficiem direta ou indiretamente qualquer Prefeito e Vereadores do município emancipa-
0393405/87, por conflitar com os artigos 31 da Deputado para terceiros, para posterior transação pessoa física. do deverá ser fixada em critérios estabelecidos
CF e 113 da CE. Redação inicial do parágrafo: com o Município é mero artifício para burlar a em legislação local, observado o estabelecido na
“[...] formulada por esta. Caso o controle in- legislação pertinente. Permanece a vedação do Processo:
CON-TC0005797/34 Constituição Federal, artigo 27, § 2o (Emenda
terno seja feito pela própria Câmara, situação em artigo 54, da Lei Maior e 43, da Constituição Parecer: COG-119/93 Constitucional no 01/92) e artigo 29, inciso V.”
que deverá dispor de serviços de tesouraria e de do Estado. Não se modificou, pois, no caso sob Origem: Prefeitura Municipal de Dionísio

contabilidade, a obrigação de apresentação de exame, o impedimento consagrado nos textos Cerqueira Processo: CON-TC0019577/24
documentos inexiste.” constitucionais que procuram resguardar o cará- Data da Sessão: 19/04/1993
Parecer: COG-093/93

62 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 63


Origem: Prefeitura Municipal de de uso especial e dominiais são contabilizados, in- Origem: Prefeitura Municipal de Joinville Origem: Prefeitura Municipal de Praia
Bombinhas ventariados e avaliados conforme as normas esta- Relator: Conselheiro Octacílio Pedro Grande
Data da Sessão: 03/05/1993 Ramos Data da Sessão: 07/07/1993
belecidas na Lei no 4.320/64, entre as quais o aten-
Data da Sessão: 09/06/1993
dimento à classificação contábil do anexo XIV.

0089 Reformado Processo: CON-TC0004635/31 0099 1. Nos termos da Lei Orgânica do


1. Os Vereadores, na qualidade de agentes Parecer: COG-102/93 0096 1. As despesas dos exercícios an- Município de Vidal Ramos, artigo 18, inciso I,
políticos, não gozam dos benefícios assegurados Origem: Prefeitura Municipal de Joinville teriores pertencem ao exercício em que foram alínea “a”, não poderá o Vereador, sob pena de
aos servidores públicos. Data da Sessão: 17/05/1993 legalmente empenhadas. As receitas e despesas perda do mandato, firmar contrato com o Muni-
2. Nesse sentido, qualquer programa de as- que não tiverem sido arrecadadas ou pagas no cípio e suas entidades, salvo quando o contrato
sistência médica, que ampare os Vereadores e encerramento do exercício são transferidas para obedecer a cláusulas uniformes.
seus familiares, deverá correr à conta de recurso 0092 Revogado o orçamento do exercício seguinte. 2. Não poderá o Município adquirir bens e
extra-orçamentário para o seu custeio, com base 2. Em decorrência, as despesas empenhadas serviços de empresa em que o Prefeito participe
nas contribuições dos benefíciários. com manutenção e desenvolvimento do ensino como proprietário, controlador, diretor ou nela
0093 Podem os Municípios aplicar parte provenientes de exercícios anteriores são consi- exerça função remunerada, nos termos do artigo
Segundo parágrafo reformado pelo das receitas resultantes de impostos, nos termos deradas para aplicação no percentual de 25% da 58, inciso I e V, da Lei supramencionada.
Tribunal Pleno em sessão de 18/11/1998, através do artigo 212, da CF, em programas suplementa- receita resultante de impostos, compreendida as
da decisão exarada no processo no PDI-0393405/87. res de transporte escolar. provenientes de transferências, como dispõe o Processo: CON-TC001051A/32
Redação inicial do segundo parágrafo: artigo 212 da Constituição Federal. Parecer: COG-289/93
“Nesse sentido, qualquer programa de assis- Processo: PC-AM0006571/31 Origem: Prefeitura Municipal de Vidal

tência médica, que ampare os Vereadores e seus Parecer: COG-137/93 Processo: CON-TC0009316/32 Ramos
familiares, deverá prever a fonte de recurso ex- Origem: Prefeitura Municipal de São Parecer: COG-292/93 Data da Sessão: 07/07/1993
traordinário para o seu custeio, com base nas João do Oeste Origem: Prefeitura Municipal de Grão

contribuições dos beneficiários.” Data da Sessão: 26/05/1993 Pará


Data da Sessão: 09/06/1993 0100 A acumulação de cargo envolven-
Processo: CON-TC0005975/38 do cargo de Vice-Prefeito e cargo comissionado
Parecer: COG-125/93 0094 Desde que inexistentes vedações na de Diretor de Indústria e Comércio, no caso em
Origem: Câmara Municipal de Indaial Lei Orgânica ou em Lei Ordinária, é legal o Mu- 0097 Revogado tela, é vedado frente ao artigo 61, inciso II, da
Relator: Conselheiro Moacir Bertoli nicípio adquirir bens e serviços de empresas de Lei Orgânica do Município de Porto União.
Data da Sessão: 10/05/1993 que sejam proprietários o sogro e o concunhado
do Prefeito Municipal, obedecidos o processo de 0098 1. A utilização pelo Prefeito Muni- Processo: CON-TC0010302/30
despesa pública. cipal da anterior gestão, de recursos orçamentá- Parecer: COG-312/93
0090 São irregulares os dispêndios de- rios da Câmara Municipal para suplementação Origem: Prefeitura Municipal de Porto

correntes de aquisição de passes escolares, la- Processo:


CON-TC0008144/31 sem autorização legislativa, caracteriza infração União
boratórios, remédios, combustível (quando não Parecer: COG-154/93 aos artigos 167 da Constituição Federal e 42 e Data da Sessão: 07/07/1993
possui veículo), hospitais, funeral, refeições, e Origem: Prefeitura Municipal de 43 da Lei Federal no 4.320/64.
serviços de transporte, quando efetuados pela Massaranduba 2. Em conseqüência são consideradas nulas as
Câmara Municipal por serem estranhos a sua Data da Sessão: 09/06/1993 despesas empenhadas no exercício de 1992 à con- 0101 As despesas com a aquisição de um
competência institucional. ta dos créditos anulados sem autorização legal. veículo microônibus, equipado com gabinete
3. Compete à atual Administração responsa- médico e odontológico, visando atendimento
Processo: CON-TC0003357/38 0095 A implantação do Sistema Único bilizar o Ordenador Primário das despesas em- exclusivo aos alunos da rede municipal de en-
Parecer: COG-040/93 de Saúde não veda a utilização de entidades au- penhadas irregularmente, abrindo crédito espe- sino, bem como a sua manutenção e pagamento
Origem: Câmara Municipal de Laguna tárquicas para o desenvolvimento de atividades cial à Câmara Municipal, observada a vedação de motorista, não estão dentre aquelas custeadas
Data da Sessão: 29/03/1993 nessa área, posto que caracteriza uma forma de constante do artigo 167, inciso I, da Constituição pela receita resultante de impostos a serem apli-
execução direta deste serviço, sendo desnecessá- Federal, até o limite das despesas ou do crédito cados na manutenção e desenvolvimento do en-
ria a extinção de tais entes. anulado. sino, conforme dispõe o artigo 212 da CF.
0091 Os bens de uso comum do povo após
a sua entrega ao domínio público não serão con- Processo: CON-TC0007755/33 Processo: CON-TC0001327/30 Processo: CON-TC0001674/36
tabilizados, inventariados ou avaliados. Os bens Parecer: COG-141/93 Parecer: COG-288/93 Parecer: 368/93

64 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 65


Origem: Prefeitura Municipal de vênio e poderá ser alterado mediante aditivo ou Os recursos a serem repassados à Câmara po- termos do artigo 212 da CF, em gastos com ali-
Presidente Castello Branco novo convênio. derão corresponder ao duodécimo da dotação or- mentação destinadas ao atendimento em creche
Data da Sessão: 14/07/1993 çamentária ou ao valor da cota estabelecida em e pré-escola às crianças de 0 a 6 anos de idade,
Processo: CON-TC0001338/33 programação financeira, que ao final do exercí- uma vez que as restrições constantes da Consti-
Parecer: COG-281/93 cio corresponda à dotação, acrescidos dos crédi- tuição Federal, dizem respeito somente ao ensi-
0102 Revogado Origem: Prefeitura Municipal de tos adicionais, atribuídos ao Órgão. no fundamental.
Concórdia Os fundamentos legais do repasse ao legis- 2. Os Municípios não estão obrigados a con-
Data da Sessão: 19/07/1993 lativo encontram-se na CF, artigo 168 e na Lei siderarem as receitas provenientes de aplicações
0103 1. Deve a municipalidade ao devol- Federal no 4.320/64, artigos 47 e seguintes. financeiras para o cálculo dos 25%, destinados à
ver as quantias recebidas a maior ou indevida- O montante repassado à Câmara é calculado manutenção e desenvolvimento do ensino, confor-
mente, relativas a tributos, fazê-lo com acrésci- 0106 Reformado sobre as dotações atribuídas ao Órgão. me preceituado no caput do artigo 212 da CF4.
mo de Correção Monetária nos padrões e pelos 1. É da competência do Município a fixação O montante que o legislativo pode gastar no
índices concedidos pela própria Administração. da remuneração do Prefeito, Vice-Prefeito e Ve- elemento 3.1.1.0 — Pessoal é aquele consig- Processo: CON-TC0010371/37
2. Não incidem juros de mora, no caso em readores, em cujos atos há o exercício da sua nado na sua dotação orçamentária, obedecidos Parecer: COG-389/93
tela, por não se tratar de inadimplemento obriga- autonomia como estabelecido na Constituição aos limites constitucionais relativos aos servido- Origem: Prefeitura Municipal de Rio

cional caracterizador de uma penalização à Ad- Federal, artigo 29, incisos V e VI. res mencionados no artigo 37, incisos XI, XII, Negrinho
ministração. 2. Os recursos a serem repassados à Câmara XIII, XVI e ADCT, artigo 38 e aos constantes da Data da Sessão: 09/08/1993
poderão corresponder ao duodécimo da dotação Emenda Constitucional no 01/92, de 31/03/1992,
Processo: CON-TC0011257/37 orçamentária ou ao valor da cota estabelecida em artigo 2o e, ainda, o artigo 29, inciso V, também
Parecer: COG-325/93 programação financeira, que ao final do exercí- da Constituição Federal, que tratam da remune- 0110 O sigilo das propostas é obrigatório
Origem: Prefeitura Municipal de cio corresponda à dotação, acrescidos dos crédi- ração de Vereadores.” até o momento da abertura dos envelopes em
Florianópolis tos adicionais, atribuídos ao Órgão. uma licitação, devendo o subscritor atentar de-
Relator: Auditor Evângelo Spyros 3. Os fundamentos legais do repasse ao le- Processo: CON-TC001034A/30 talhadamente para a Lei no 8.666 de 21/06/1993,
Diamantaras gislativo encontram-se na Constituição Federal, Parecer: COG-282/93 mais precisamente seu artigo 43, inciso I, § 1o,
Data da Sessão: 19/07/1993 Origem: Prefeitura Municipal de Vargem
artigo 168 e na Lei Federal no 4.320/64, artigos § 2o e § 4o, no que diz respeito aos procedimen-
47 e seguintes. Bonita tos, bem como o artigo 89 e seguintes da mesma
4. O montante repassado à Câmara é calcula- Data da Sessão: 21/07/1993 Lei, que tratam dos crimes e penas em caso de
0104 Revogado do sobre as dotações atribuídas ao Órgão. não observância dos dispositivos legais, sendo,
5. O montante que o legislativo pode gastar portanto, vedada a apresentação de proposta lici-
no elemento 3.1.1.0 — Pessoal é aquele consig- 0107 O servidor público investido em tatória via fac-símile.
0105 1. Recebendo o Município recurso nado na sua dotação orçamentária, cumpridos os mandato eletivo municipal poderá assumir a
para execução de programa a cargo do Estado, limites constitucionais relativos aos servidores Presidência da Câmara, observadas as disposi- Processo: CON-TC0012925/36
mediante delegação em um exercício, e não mencionados no artigo 37, incisos XI, XII, XIII, ções do artigo 38 da Magna Carta. Parecer: COG-436/93
havendo cumprido as etapas da licitação, con- XVI e ADCT, artigo 38 e, ainda, os artigos 29, Origem: Prefeitura Municipal de Irani
tratação e execução das obras até o final deste 29A e 57 § 7o, também da Constituição Federal, Processo: BLA-AM0009311/36 Data da Sessão: 11/08/1993
exercício, seu posterior cumprimento dependerá considerando-se as alterações promovidas nes- Parecer: COG-377/93
do estabelecido no convênio e da previsão de re- ses dispositivos pelas Emendas Constitucionais Origem: Câmara Municipal de

cursos suficientes. nos 01/92, 19/98, 25/00 e 50/06. Romelândia 0111 Revogado
2. Não sendo possível a execução do convê- Data da Sessão: 03/08/1993
nio, a prestação de contas consistirá em termo Prejulgado reformado pelo Tribu-
de cancelamento de convênio e devolução do re- nal Pleno em sessão de 08/12/2008, mediante a 0114 O Vice-Prefeito ao substituir o Pre-
curso recebido. Decisão no 4.058/08 exarada no Processo ADM- 0108 Revogado feito licenciado adquire o direito de receber a
3. A possibilidade de aplicação do recurso 08/80059419. Redação original: remuneração inerente ao cargo substituído.
transferido ao Município no exercício subseqüen- “É da competência do Município de Var-
te dependerá de suficiência financeira, que poderá gem Bonita a fixação da remuneração do Pre- 0109 1. Podem os Municípios aplicarem Processo: CON-TC0012708/34
ser suprimida por recursos já previstos no convê- feito, Vice-Prefeito e Vereadores, em cujos parte das receitas resultantes de impostos, nos Parecer: COG-412/93
nio, ou mediante novos a serem transferidos. atos há o exercício da sua autonomia como
4. O prazo para a aplicação e prestação de estabelecido na Constituição Federal, artigo 4
A EC no 53/06 criou o FUNDEB, destinando parte dos recursos a que se refere o caput do artigo 212 da Constituição Federal à manutenção e desenvolvimento da
contas deverá estar previsto no termo de con- 29, inciso V. educação básica e à remuneração condigna dos trabalhadores da educação.

66 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 67


Origem: Secretaria de Estado da Fazenda É dispensável a licitação quando na área do Mu- Processo: BLA-AM0010996/39 4.320/64, posto que é uma despesa pública. Sa-
Relator: Auditor Clóvis Mattos Balsini nicípio existir somente um posto de revenda de Parecer: COG-507/93 tisfeitos os ditames da prefalada lei, o pagamento
Data da Sessão: 16/08/1993 combustível, observados assim o preceituado no Origem: Prefeitura Municipal de
dos Vereadores, no que concerne a datas, fica a
artigo 70, da Constituição Federal, devendo ser Imbituba critério da Câmara é questão interna corporis.
Data da Sessão: 08/09/1993
devidamente justificada e submetida à autorida-
0115 A compatibilidade de horário, ou não de superior para ratificação, a teor do disposto no Reformado pelo Tribunal Pleno em sessão
encontro de horários entre os cargos excepciona- artigo 24, do Decreto-Lei no 2.300/86. Ou, sob o de 02/12/2002, através da Decisão no 3.089/02
dos no artigo 37, inc XVI, e ocupados cumulati- enfoque do novel Estatuto: A aquisição de com- 0127 Revogado exarada no processo no PAD-02/10566680. Re-
vamente por servidor, inscreve-se como conditio bustíveis e lubrificantes por parte da Administra- dação Inicial: “A forma de processamento do pa-
sine qua non para a legalidade da acumulação. ção Pública Estadual e Municipal está sujeita à gamento dos Edis, inclusive da parte variável,
realização do processo licitatório, uma vez que 0128 Na ausência de previsão de concurso deve obedecer ao prescrito na Lei Federal no
Processo:
CON-TC0010086/33 a Lei Federal no 8.666/93, que instituiu normas público na Lei de Diretrizes Orçamentárias, sen- 4.320/64, posto que é uma despesa pública. Sa-
Parecer: COG 394/93 para as licitações, não contempla no seu texto, do realizado o competitório e havendo admissão tisfeitos os ditames da prefalada lei, o pagamen-
Origem: Prefeitura Municipal de nenhuma regra específica no sentido de que os de pessoal aprovado, os atos adquirem caráter de to dos Vereadores, no que concerne a datas, fica a
Imbituba órgãos públicos ficassem dispensados de tal exi- inconsticionalidade. critério da Câmara; é questão interna corporis.”
Data da Sessão: 11/08/1993 gência, ressalvando-se é claro, os casos concre-
tos onde ficasse caracterizada a dispensa ou ine- Processo: BLA-AM0010996/39 Processo: CON-TC0010986/32
xigibilidade, na forma da legislação aplicada à Parecer: COG-507/93 Parecer: COG-185/93
0118 Revogado matéria em questão.” Origem: Prefeitura Municipal de Origem: Câmara Municipal de Imbituba
Imbituba Relator: Auditor Altair Debona Castelan
Processo:
PDI-TC0011801/34 Relator: Auditor Altair Debona Castelan Data da Sessão: 29/09/1993
0120 Revogado Parecer: Memorando 044/93 Data da Sessão: 08/09/1993
Origem: Tribunal de Contas do Estado de

Santa Catarina 0137 1. Não há óbice quanto à forma de


0121 Reformado Relator: Conselheiro Dib Cherem 0130 Pode a Prefeitura firmar convênio e instalação de Farmácia por parte da municipa-
A aquisição de combustíveis e lubrificantes Data da Sessão: 25/08/1993 conceder auxílio financeiro para melhoramento de lidade, diretamente através de sua Secretaria ou
por parte da Administração Pública Estadual serviços públicos que sejam constitucionalmente Diretoria própria, ou, pelo Fundo Municipal de
e Municipal está sujeita à realização do pro- de responsabilidade do Estado, mas que são de Saúde.
cesso licitatório, uma vez que a Lei Federal no 0124 Para que se processe a ampliação da interesse municipal, desde que munida de prévia 2. A aquisição de medicamentos deverá ser
8.666/93, que instituiu normas para as licitações, carga horária dos membros do Magistério Públi- autorização legislativa, devendo tais gastos serem precedida de procedimento licitatório.
não contempla no seu texto, nenhuma regra es- co Municipal, faz-se necessário a existência de empenhados em Despesa de Capital, sob a rubrica
pecífica no sentido de que os órgãos públicos vaga, a solicitação do professor interessado e o 4.3.2.2 — Transferências Intergovernamentais. Processo: CON-TC0016976/33
fiquem dispensados de tal exigência, ressalvan- deferimento da Administração de acordo com as Parecer: COG-618/93
do-se os casos concretos nos quais ficar caracte- suas necessidades. Na hipótese de haver mais de Processo: CON-TC0014798/30 Origem: Prefeitura Municipal de

rizada a dispensa ou inexigibilidade, na forma da um postulante, caberá à Administração Pública a Parecer: COG-564/93 Guaraciaba
legislação aplicada à matéria em questão. escolha, mediante a aplicação de critérios obje- Origem: Prefeitura Municipal de Campos Data da Sessão: 29/09/1993
tivos de sua livre eleição, para concessão a um Novos
Reformado pelo Tribunal Pleno em ses- deles. Data da Sessão: 08/09/1993
são de 02/12/2002, através da Decisão no 0138 Revogado
3.089/02 exarada nos autos do processo no PAD- Processo: CON-TC001372A/33
02/10566680. Redação inicial: Parecer: COG-532/93 0131 Revogado
“É obrigatório a realização de certame lici- Origem: Prefeitura Municipal de Videira 0139 Revogado
tatório para a aquisição de combustíveis e lu- Data da Sessão: 08/09/1993
brificantes, por parte da Administração Pública 0132 Revogado
Estadual e Municipal, vinculada aos ditames da 0140 Cabe à Lei Municipal prever as re-
legislação aplicável à espécie, mais precisamen- 0126 Não pode o Município delegar servi- ceitas e fixar as despesas integrantes do Orça-
te o Decreto-Lei no 2.300/86, e suas alterações, ços públicos através do instituto da Autorização, 0136 Reformado mento Anual do Município. Ao Prefeito Munici-
por haverem no mercado entes não administrati- por não ser forma prevista nos artigos 30, inciso A forma de processamento do pagamento dos pal compete a atribuição de colocar à disposição
vos capacitados para o fornecimento do produto. V e 175, caput, da Constituição Federal. Edis deve obedecer ao prescrito na Lei Federal no da Câmara, nos prazos e na forma fixada em Lei,

68 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 69


o numerário referente às dotações que lhes são Processo: CON-TC0017546/37 exarada no processo no PAD-02/10566680. Re- de convite em conformidade com o § 7o, do arti-
destinadas do Orçamento Municipal e dos cré- Parecer: COG-619/93 dação Inicial: “As Notas de Empenho deverão go 22, da Lei no 8.666/93.
Origem: Prefeitura Municipal de
ditos adicionais. ser expedidas em favor das empresas fornece-
O direito da Câmara Municipal de receber Guaraciaba doras ou prestadoras de serviço à Administração Processo: CON-TC0010291/34
Data da Sessão: 13/10/1993
recursos correspondentes às dotações orçamen- quando as contratações se efetuarem com a in- Parecer: COG-278/93
tárias encontra-se concretizado em regras jurí- terveniência de Procuradores legalmente consti- Origem: Prefeitura Municipal de Rio

dicas insertas no texto supremo e leis federal e tuídos. O Instrumento Procuratório, atendidos os Fortuna
municipal, não podendo, pois, ser desprezada a 0144 O índice oficial para a atualização mo- seus requisitos formais, poderá autorizar o man- Data da Sessão: 04/11/1993
sua aplicação pela autoridade respectiva que, se netária das diárias concedidas a agentes públicos datário a receber importâncias do Poder Público,
ofendê-la, será colhida pela sanção declarada- municipais em viagem a serviço é aquele adotado ou realizar outros atos em nome do outorgante,
mente cominada no Decreto-Lei no 201/67. pelo próprio Município, através de lei, em razão vedada, porém, a emissão de Notas de Empe- 0150 Revogado
A Câmara Municipal, tendo autonomia para da competência que lhe foi conferida pelo artigo nho em nome do outorgado. As CNDs deverão
a realização de suas despesas, deverá receber 30, inciso II, da Constituição Federal. ser exigidas das empresas prestadoras de servi-
transferências de recursos financeiros periódi- ços (jornais e rádios), acrescentando-se que este 0151 Revogado
cos, na forma de duodécimo ou de programação Processo: CON-TC0011791/36 Tribunal de Contas somente exigirá a relativa ao
financeira de desembolso que vier a ser estabe- Parecer: COG-501/93 FGTS a partir de 1o de janeiro de 1994, conso-
lecida. O duodécimo corresponde a 1/12 das do- Origem: Prefeitura Municipal de São ante decisão exarada nos autos do Processo no 0153 Revogado
tações atribuídas ao Legislativo no Orçamento Joaquim C-04102/33 de 19/04/1993.”
Municipal. Data da Sessão: 18/10/1993
Na realização de despesas, o Poder Público Processo: CON-TC0015702/34 0155 O repasse de recursos para o servi-
só pode gastar, ordenar despesas e liquidá-las, se Parecer: COG-632/93 dor público em viagem a serviço dar-se-á sob a
prévia e explicitamente tiver autorização legisla- 0145 A pessoa jurídica em débito com o Origem: Secretaria de Estado da forma de adiantamento ou pagamento de diárias,
tiva para tal, sob pena de responsabilização do Sistema de Seguridade Social, como o estabe- Comunicação Social com o devido empenhamento prévio da despe-
ordenador da despesa, devendo prestar contas, lecido em lei, não poderá contratar com o Poder Data da Sessão: 20/10/1993 sa, pouco importando se esta feita a posteriori
na forma da Lei. Público nem dele receber benefícios ou incenti- realizou-se em um sábado.
vos fiscais ou creditícios.
Processo: CON-TC0017366/39 0148 A venda de ações ordinárias e prefe- Processo: CON-TC0018429/35
Parecer: COG-680/93 Processo: CON-TC0014471/30 renciais do capital da CELESC, pertencentes aos Parecer: COG-801/93
Origem: Prefeitura Municipal de Parecer: COG-490/93 Municípios, se faz mediante autorização legis- Origem: Prefeitura Municipal de Anita

Guaraciaba Origem: BADESC — Agência lativa específica, interesse público devidamente Garibaldi
Data da Sessão: 13/10/1993 Catarinense de Fomento S/A justificado, prévia avaliação dos bens e licitação, Data da Sessão: 17/11/1993
Data da Sessão: 18/10/1993 dispensada esta no caso de negociação em Bolsa
de Valores (regidas pelas Leis Federais no 4.728,
0141 Revogado de 17/07/1965 e no 6.385 de 07/12/1976) ao pre- 0156 Sob a égide da legislação em vigor,
0147 Reformado ço do dia. O resultado auferido com a venda de mais precisamente o artigo 24, inciso VIII, da
1. As Notas de Empenho deverão ser expe- ações deverá ser contabilizado como Receitas de Lei no 8.666/93, não pode a Secretaria de Estado
0143 1. O artigo 9 , inciso III, da Lei Fe-
o
didas em favor das empresas fornecedoras ou Capital na conta no 22.11.00.00 — Alienação de da Educação Cultura e Desporto adquirir bens
deral no 8.666/93, não veda a participação em prestadoras de serviço à Administração quando Títulos Mobiliários. diretamente do Fundo Rotativo da Penitenciária
processo licitatório de parente de servidor lotado as contratações se efetuarem com a interveniên- Estadual de Florianópolis, com dispensa de li-
no órgão ou entidade contratante. cia de Procuradores legalmente constituídos. Processo: CON-TC0012415/32 citação, sendo obrigatório a prática do compe-
2. Os vícios constatados no competitório po- 2. O Instrumento Procuratório, atendidos os Parecer: COG-584/93 titório.
dem ensejar a sua invalidação por duas vias, pe- seus requisitos formais, poderá autorizar o man- Origem: Prefeitura Municipal de

los recursos inerentes à licitação ou pela ação datário a receber importâncias do Poder Público, Itapiranga Processo: CON-TC0012930/36
popular, quando afrontado os princípios inscul- ou realizar outros atos em nome do outorgante, Data da Sessão: 03/11/1993 Parecer: COG-401/93
pidos no artigo 37, caput, da Constituição Fe- vedada, porém, a emissão de Notas de Empenho Origem: Secretaria de Estado da

deral, princípios estes que não obstam a parti- em nome do outorgado. Educação e do Desporto
cipação de parentes de servidores em licitação 0149 A existência no Município de apenas Data da Sessão: 17/11/1993
promovida pelo órgão ou entidade onde esteja Reformado pelo Tribunal Pleno em sessão dois fornecedores de combustíveis não impede a
lotado. de 02/12/2002, através da Decisão no 3.089/02, realização do processo licitatório na modalidade

70 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 71


0157 1. São ilegais os repasses efetuados ou nuos, sendo essa prorrogação igual à vigência do 0164 A Administração do Porto de São 0168 1. A aquisição dos bens necessários
a serem efetuados, por parte do Município, me- crédito orçamentário, no exercício subseqüente. Francisco, autarquia estadual, é beneficiária da à execução do projeto Ajuda Supletiva pode ser
diante contrato, a um grupo de pequenos agricul- Ressalva-se que dita prorrogação sujeita-se às imunidade tributária recíproca nos termos da Lei efetivada através do sistema de registro de pre-
tores, para pagamento de financiamento de trator, demais determinações da referida Lei. Maior (artigo 150, VI, a). ços que impõe a concorrência como modalidade
uma vez que dispêndios dessa natureza não obje- licitatória adequada.
tivam a satisfação de necessidades coletivas, ou Processo: CON-TC0018884/39 Processo: CON-TC0020804/35 2. A realização de despesas decorrentes da
seja, não possuem caráter público. São, portan- Parecer: COG-687/93 Parecer: COG-805/93 implementação do referido projeto ao desabrigo
to, despesas que oneram os cofres públicos, sem Origem: Banco do Estado de Santa Origem: Administração do Porto de São do competitório prévio acarreta a irregularidade
constituírem em gasto com a criação, manutenção Catarina S/A Francisco do Sul das mesmas.
ou ampliação dos serviços públicos municipais. Data da Sessão: 01/12/1993 Data da Sessão: 06/12/1993
2. É nulo o contrato firmado entre as partes, Processo: CON-TC0013932/35
sob pena de, se admitido, poder constituir-se em Parecer: COG-713/93
crime de responsabilidade do Prefeito Munici- 0162 1. As prestações de contas, em se tra- 0165 Revogado Origem: Secretaria de Estado da Saúde
pal, sujeito ao julgamento do Poder Judiciário, tando de antecipações de recursos na forma de Data da Sessão: 15/12/1993
frente ao que dispõe o artigo 1o, incisos I e II, adiantamento, devem ser feitas no prazo estabe-
do Decreto Lei no 201/67. lecido, e na conformidade de leis, regulamentos 0166 A despesa com o pagamento dos ser-
ou normas emanadas das autoridades adminis- vidores reintegrados por ordem judicial deve ser 0169 Revogado

Processo: CON-TC0018152/37 trativas competentes. atrelada ao elemento 3.1.1.1 — Pessoal Civil,
Parecer: COG-686/93 2. A Câmara, para fins orçamentários, é con- posto que o item orçamentário 3.1.9.1, vincula-
Origem: Prefeitura Municipal de siderada unidade orçamentária. se ao artigo 100 da Carta Magna. 0171 Para aquelas despesas constituídas a par-
Pinhalzinho 3. O numerário a ser repassado pelo Executi- tir da vigência da Lei no 8.666/93, de 21 de junho
Data da Sessão: 22/11/1993 vo à Câmara, para realização de suas despesas, Processo: CON-TC0021999/39 de 1993, cada unidade da Administração Pública
será na forma de duodécimo ou de programação Parecer: COG-924/93 deverá obedecer, quando do pagamento das obri-
financeira de desembolso. Origem: Assembléia Legislativa do gações relativas ao fornecimento de bens, locações,
0158 1. A atualização do preço inicial 4. O duodécimo tem por base as dotações atri- Estado de Santa Catarina realizações de obras e prestações de serviços, para
do objeto do contrato, com base em índice in- buídas à Câmara no Orçamento Municipal. Data da Sessão: 08/12/1993 cada fonte diferenciada de recursos, a estrita ordem
dexador, só poderá se efetivar quando previsto cronológica das datas de suas exigibilidades, sal-
em edital e conseqüentemente, em instrumento Processo: CON-TC0018715/36 vo quando presentes relevantes razões de interesse
contratual. Parecer: COG-800/93 0167 A realização de investimentos em público, mediante prévia justificativa da autoridade
2. Os contratos celebrados com dispensa ou Origem: Câmara Municipal de Irati imóveis estranhos ao acervo da municipalidade, competente, devidamente publicada, nos termos do
inexigibilidade de licitação deverão prever, em Data da Sessão: 01/12/1993 bem como a manutenção dos mesmos, só pode caput do artigo 5o, sob pena de infringência ao dis-
cláusula específica, a forma de atualização do se efetivar mediante a autorização legal, confor- posto no artigo 92, em sua parte final.
preço inicial indicando o índice adotado como me disposto no artigo 10, inciso II, da Lei Fede-
indexador. 0163 Ao professor de Ensino Superior que ral no 8.429/92. Processo:
CON-TC0022006/35
perceba o adicional de dedicação exclusiva é ve- A norma autorizativa em questão poderá ob- Parecer: COG-917/93

Processo: CON-TC0018415/30 dada a retribuição pecuniária pelo exercício de jetivar o incentivo à instalação ou permanência Origem: Prefeitura Municipal de

Parecer: COG-652/93 outras atividades, mediante pagamento de gra- de indústrias no Município, ou ainda declarar de Imbituba
Origem: Prefeitura Municipal de tificações ou horas-atividades ou por qualquer utilidade pública os imóveis que receberão os in- Data da Sessão: 20/12/1993
Jardinópolis outro título, de conformidade com o disposto no vestimentos e a manutenção por parte da Admi-
Data da Sessão: 22/11/1993 artigo 14, § 1o, da Lei Complementar no 39, de nistração Pública Municipal.
09 de outubro de 1991, que não permite, nesse 0172 A contratação do SEBRAE é dispen-
caso, o exercício de outra atividade remunerada. Processo: CON-TC001039A/32 sada da realização de licitação por satisfazer, a
0159 Revogado Parecer: COG-297/93 entidade, os pressupostos do artigo 24, XIII, da
Processo: CON-TC0019481/30 Origem: Prefeitura Municipal de Vargem Lei Federal no 8.666/93.
Parecer: GAC/SRJ Bonita
0161 A previsão contida no artigo 57, in- Origem: Fundação Universidade do Data da Sessão: 13/02/1993 Processo: CON-TC0021675/30
ciso II, da Lei Federal no 8.666/93, faculta ao Estado de Santa Catarina — Parecer: COG-936/93
Poder Público a prorrogação da duração dos UDESC Origem: Prefeitura Municipal de Itapiranga

contratos relativos à prestação de serviços contí- Data da Sessão: 01/12/1993 Data da Sessão: 21/12/1993

72 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 73


0173 1. É cabível a correção monetária so- se encontram cadastrados e devidamente habi- Reformado pelo Tribunal Pleno em sessão 2. As alterações orçamentárias a serem efeti-
bre vantagem pecuniária devida a Servidor Mu- litados, amparados inclusive na ADIn no 927-3 de 02/12/2002, através da Decisão no 3.089/02, vadas devem observar o prescrito no artigo 167,
nicipal paga com atraso. de 03/11/1993. exarada no processo no PAD-02/10566680. Re- inciso I, da Constituição Federal, que veda o iní-
2. Não incidem Juros de Mora, no caso em dação Inicial: “A estabilidade é atributo do ser- cio do programa ou projeto não incluído na lei
tela, por não se tratar de inadimplemento obriga- Processo: CON-TC0020042/32 vidor legalmente investido em cargo ou em- orçamentária anual.
cional caracterizador de uma penalização à Ad- Parecer: COG-952/93 prego público na forma prevista no artigo 41 3. À vista desta vedação constitucional e
ministração. Origem: Prefeitura Municipal de Piratuba e no artigo 15, do ADCT, ambos da Constitui- considerando o lapso de tempo a ser utilizado
Data da Sessão: 17/02/1994 ção Federal. O artigo 8o da Constituição veda para operacionalizar as alterações que se fize-
Processo: PC-AM0021668/36 a dispensa de servidor regido pela CLT, que, rem necessárias, é preferível fazer-se a opção
Parecer: COG-842/93 sindicalizado, integre cargo de direção ou re- pela manutenção da execução do orçamento em
Origem: Prefeitura Municipal de 0179 1. O provimento no cargo efetivo de presentação sindical, até 01 (um) ano após o vigor, procedendo-se apenas as alterações es-
Balneário Camboriú professor deve se dar por meio do concurso pú- final do mandato, salvo se cometer falta grave tritamente necessárias, de modo a viabilizar a
Data da Sessão: 21/12/1993 blico. Havendo necessidade de ampliar o quadro nos termos da Lei.” realização das despesas não previstas no orça-
de professores titulares, a criação de novos car- mento originário.
gos se fará por lei. Processo: CON-TC0021712/36
0176 Os fornecedores participantes dos 2. A contratação de professor substituto tem- Parecer: COG-965/93 Processo: CON-TC0005015/30
processos licitatórios que apresentarem certidão porário a exemplo do que ocorre na esfera fe- Origem: Prefeitura Municipal de Rio do Parecer: COG-109/93
negativa de débitos para com a Fazenda Esta- deral, pode efetuar-se sob a égide do artigo 37, Oeste Origem: Prefeitura Municipal de Joinville
dual, constando nesta, que o débito se encontra inciso IX, sendo, porém, necessária a sua regu- Data da Sessão: 17/02/1994 Data da Sessão: 09/03/1994
parcelado e com o respectivo pagamento de cada lamentação no âmbito municipal.
parcela vencida quitada no vencimento ou, cons- 3. A norma disciplinadora em questão estabe-
tando que o débito está ajuizado e garantido com lecerá o regime a ser adotado para as contrata- 0181 Revogado 0190 Reformado
penhora de bens, fazem prova de sua regularida- ções, prazo dos contratos e a possibilidade de sua O mandamento do artigo 29, inciso VII, da
de para com a Fazenda, nos termos do inciso III, prorrogação ou não, entre outros pressupostos a Constituição Federal, ao limitar as despesas com
do artigo 29, da Lei no 8.666/93, combinado com serem regrados em conformidade com o interes- 0182 Revogado a remuneração dos Vereadores em até 5% da re-
o artigo 205 e 206 do Código Tributário Nacio- se e conveniência do Município. ceita municipal, determina que todo e qualquer
nal — Lei no 5.172/66. dispêndio seja contido nesse limite.
Processo: PC-AM0022002/36 0184 Revogado Os repasses de duodécimos à Câmara Munici-
Processo: CON-TC0022387/30 Parecer: COG-970/93 pal devem observar as determinações expressas
Parecer: COG-950/93 Origem: Prefeitura Municipal de Porto na Lei Orgânica do Município, bem como na Lei
Origem: Companhia Catarinense de União 0186 Na ausência de ordem de tráfego ou Orçamentária anual.
Águas e Saneamento Data da Sessão: 17/02/1994 bilhete de passagem, pode a Administração uti-
Data da Sessão: 09/02/1994 lizar-se de relatório, acompanhado de cópia de Prejulgado reformado pelo Tribu-
livro presença e da ata da reunião ou outro docu- nal Pleno em sessão de 08/12/2008, mediante a
0180 Reformado mento que supra esta exigência, como compro- Decisão no 4.058/08 exarada no Processo ADM-
0177 Revogado A estabilidade é atributo do servidor legal- vante regular de efetiva realização de viagem, a 08/80059419. Redação original:
mente investido em cargo ou emprego público qual se deve a respectiva concessão de diárias. “O mandamento do artigo 29, inciso VII, da
na forma prevista no artigo 41 e no artigo 19, do Constituição Federal, ao limitar as despesas com
0178 Podem os Municípios dentro da ADCT, ambos da Constituição Federal. Processo: CON-TC0000761/47 a remuneração dos Vereadores em até 5% da re-
autonomia que lhes é outorgada pela Consti- O artigo 8o da Constituição veda a dispen- Parecer: COG-007/94 ceita municipal, determina que todo e qualquer
tuição Federal, construir diretamente ou em sa de servidor regido pela CLT que, sindicali- Origem: Conselho Estadual de Cultura dispêndio, inclusive a remuneração de sessões
cooperação casas populares, e mediante lei zado, ocupe cargo de direção ou representação Data da Sessão: 09/03/1994 extraordinárias, seja contido nesse limite.
autorizadora transferi-las através de contrato, sindical, até 01 (um) ano após o final do man- Os repasses de duodécimos à Câmara Munici-
com cláusulas detalhadas que regulem direitos dato, salvo se cometer falta grave nos termos pal devem observar as determinações expressas
e obrigações advindos do negócio, àqueles que da Lei5. 0187 1. A adequação do orçamento em vi- na Lei Orgânica do Município e na Lei Orça-
gor às alterações na estrutura administrativa da mentária anual.”
5
Súmula no 390 — TST. Estabilidade — Celetista — Administração Direta, Autárquica ou Fundacional — Empregado de Empresa Pública e Sociedade de Economia Prefeitura, que venham a ser aprovadas no de-
Mista. I — O servidor público celetista da administração direta, autárquica ou fundacional é beneficiário da estabilidade prevista no artigo 41 da CF/1988. II — Ao BLA-AM0014241/30
empregado de empresa pública ou de sociedade de economia mista, ainda que admitido mediante aprovação em concurso público, não é garantida a estabilidade
correr do exercício, pode ser efetivada mediante Processo:

prevista no artigo 41 da CF/1988. créditos especiais. Parecer: COG-035/94

74 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 75


Origem: Prefeitura Municipal de São
Francisco do Sul
Estadual no 9.188/93, desde que o ajuste inicial 0199 Os contratos firmados pela Admi- financeiros a serem repassados pelo Estado à en-
contenha cláusula prevendo a hipótese de adita- nistração Estadual em data anterior à vigência tidade de direito privado, por desatender o que
Relator: Conselheiro Dib Cherem mento e que não haja alteração no objeto. da Lei no 8.666/93, são regidos pela legislação prescreve a Lei no 4.320/64, artigo 12, § 2o e 6o
Data da Sessão: 28/03/1994 anterior vigorante, ou seja, pelo Decreto-Lei no e a Resolução no TC-06/89, artigos 27 e 28. (A
Processo: CON-TC000158A/46 2.300/86 e suas alterações. Não cabe a efetua- Resolução no TC-06/89 foi substituída pela Re-
Parecer: COG-238/94 ção de alterações em desacordo com cláusulas solução no TC-16/94)
0191 Revogado Origem: Secretaria de Estado dos contidas nos respectivos contratos originários ou
Transportes e Obras nas licitações que lhes deram origem ou, ainda, Processo: CON-TC0002154/49
Data da Sessão: 11/04/1994 na legislação a que estão subordinadas por falta Parecer: COG-237/94
0192 Tendo o Prefeito optado pela percep- de amparo legal. Origem: Secretaria de Estado da

ção do vencimento do seu cargo efetivo, é veda- Educação e do Desporto


do o pagamento da diferença existente entre este 0196 Revogado Processo: CON-TC0022654/35 Data da Sessão: 25/04/1994
e a remuneração do mandato, de acordo com o Parecer: COG-979/93
artigo 38, inciso II, da Magna Carta. Origem: Secretaria de Estado da

0197 É possível a elevação na carreira ou Administração e Justiça 0204 1. Nos contratos em que a Adminis-
Processo: CON-TC0000088/42 nas linhas de ascensão funcional preestabeleci- Data da Sessão: 20/04/1994 tração for parte como usuária de serviço públi-
Parecer: COG-097/94 das no Plano de Cargo e Carreira, quando se trata co, não se aplica o artigo 57 da Lei Federal no
Origem: Prefeitura Municipal de de servidor público, desde que a elevação se pro- 8.666/93, conforme o estabelecido no artigo 62,
Imbituba cesse para os cargos e empregos de mesma natu- 0200 É admissível que numa licitação, a § 3o, II, da mesma norma. A vigência do contra-
Data da Sessão: 30/03/1994 reza daquele para o qual o servidor haja prestado proposta apresentada pelos participantes, com- to de prestação de serviços de telefonia móvel
concurso de ingresso, uma vez estabelecido em preenda faturamento efetivado diretamente pela celular está vinculada ao interesse do usuário em
lei, juntamente com as formas e critérios de sua fábrica, e não pelo proponente devidamente ha- utilizá-lo.
0193 Revogado aplicação. O não cumprimento dos princípios da bilitado de acordo com a modalidade da seleção, 2. A rescisão do contrato se dará quando a ad-
acessibilidade aos cargos e empregos públicos desde que tal possibilidade esteja previamente ministração não mais desejar dispor do serviço
implica em desrespeito à regra constitucional expressa no edital da licitação para não frustrar público contratado.
0194 A forma de publicação dos atos (artigo 37, I e II), sujeitando a autoridade admi- o princípio que resguarda a igualdade de condi-
da Administração Estadual, no Diário Oficial nistrativa à responsabilidade e à sanção a teor do ções para competir. Processo: CON-TC0021303/35
do Estado, opera-se ao arbítrio da autoridade que dispõem os § 2o e 4o, do artigo 37, da Magna Parecer: COG-935/93
competente, observado o ordenamento jurídico Carta Federal. Processo: CON-TC0011860/35 Origem: Secretaria de Estado da

vigente. A alteração da forma desses atos deve Parecer: COG-502/93 Segurança Pública
ter presente a necessidade de demonstração dos Processo: CON-TC0022395/31 Origem: Prefeitura Municipal de São Data da Sessão: 25/04/1994
seus elementos essenciais, de modo a fornecer Parecer: COG-012/94 José
informação suficiente à coletividade. Origem: Prefeitura Municipal de Irani Data da Sessão: 04/11/1993
Data da Sessão: 11/04/1994 0206 Revogado
Processo: CON-TC0000064/40
Parecer: COG-201/94 0201 Revogado
Origem: Secretaria de Estado da Casa 0198 É permissível a emissão, por parte 0207 Reformado
Civil das Administrações Públicas, de subempenhos 1. Os fundos especiais são criados por lei e
Relator: Conselheiro Salomão Ribas por ocasião do recebimento da nota fiscal ou de 0202 Revogado regulamentados por decreto, conforme previsão
Junior serviços, independente do mês de pagamento, legislativa. Os fundos especiais não têm perso-
Data da Sessão: 06/04/1994 desde que as mesmas disponham de sistemas de nalidade jurídica própria, exercendo os gestores
controle acessíveis aos órgãos fiscalizadores. 0203 As transferências de recursos finan- a sua representação ativa e passiva, podendo, em
ceiros são destinadas à despesa de manutenção seu nome e por sua conta, contrair obrigações e
0195 Em conformidade com os princí- Processo:
CON-TC0012942/29 ou de investimentos ou de inversões financeiras exercer direitos. Os fundos especiais não pos-
pios gerais do direito que regem a vigência das Parecer: COG-006/94 de outras pessoas de direito público ou privado e suem quadro de pessoal próprio, devendo utili-
leis nacionais e os seus efeitos, entende-se que Origem: Secretaria de Estado da devem ser aplicadas pelas respectivas entidades zar-se daqueles servidores que são colocados à
inexistem óbices para a celebração de termos Segurança Pública recebedoras, não cabendo serem repassadas por sua disposição. O pagamento da folha de pessoal
de aditamento de convênios firmados segundo Data da Sessão: 13/04/1994 estas a outras entidades. Não compete ao Mu- poderá ficar a cargo do fundo, desde que previsto
as normas legais vigentes anteriormente à Lei nicípio intermediar a transferência de recursos em orçamento e no plano de aplicação.

76 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 77


2. Podem os fundos especiais efetuarem apli- Processo:


RA-AM0013417/31
COG-528/93
prestação de serviços essenciais de assistência 0215 Revogado
cações financeiras no mercado aberto, visto que Parecer:
social, médica e educacional.
Origem: Associação dos Municípios
os rendimentos auferidos visam tão somente a
recomposição dos valores monetários em dispo- do Oeste de Santa Catarina —
AMOSC
Processo: CON-TC0022666/36 0216 Revogado
nibilidade. Esta assertiva é válida, desde que o Parecer: COG-204/94
Data da Sessão: 11/05/1994
resultado das aplicações financeiras venha a ser Origem: Prefeitura Municipal de Gaspar
utilizado exclusivamente nos fins para os quais Data da Sessão: 30/05/1994 0218 Revogado
foram criados os fundos, sendo necessários re-
gistros contínuos, claros e específicos acerca de 0208 É possível a cessão de uso de bens
cada operação, e desde que se trate de recursos de órgãos da Administração Pública da mesma 0212 A jornada de trabalho dos médicos é 0220 As despesas relativas a diárias,
disponíveis no período e que não prejudique o esfera de poder (federal, estadual e municipal), normatizada pela Lei Federal no 3.999/61. Nada quando contempladas na Lei de Orçamento ou
cumprimento das obrigações. mediante termo e anotação cadastral. Todavia, se obsta que o Município implante um plano de autorizadas por lei específica, podem ser fixadas
3. É proibida a aquisição de ações, haja vista a cessão ocorrer à outra entidade, mister se faz a carreira para os cargos dos mencionados pro- por Decreto do Chefe do Executivo Municipal,
não se constituir atribuição dos fundos a partici- autorização legal para a transferência de posse. fissionais, obedecidos aos parâmetros da prefa- quando se tratar da Administração Direta ou In-
pação no capital social de empresas. lada Lei. direta, ou por Resolução, quando se destinarem
Processo: CON-TC0012703/38 à Câmara Municipal, observados os preceitos
Reformado pelo Tribunal Pleno em sessão Parecer: COG-602/93 Processo: CON-TC0022666/36 de isonomia indicados no § 1o, do artigo 39 da
de 10/10/2007, mediante a Decisão no 3.242/07, Origem: BADESC — Agência Parecer: COG-204/94 Constituição Federal.
exarada no processo PAD 07/00514619. Redação Catarinense de Fomento S/A Origem: Prefeitura Municipal de Gaspar Os gastos com combustíveis e diárias decor-
inicial: “Os fundos especiais são criados por lei Data da Sessão: 16/05/1994 Data da Sessão: 30/05/1994 rentes de serviços em atividades assistenciais,
e regulamentados por decreto, conforme previsão quando realizados pela Câmara Municipal, são
legislativa. Os fundos especiais não têm personali- irregulares, por serem estranhos a sua compe-
dade jurídica própria, exercendo os gestores a sua 0209 Revogado 0213 Nada obsta ao Município, mediante tência institucional.
representação ativa e passiva, podendo, em seu lei autorizativa, a instituição de um jornal se- Conforme decisão proferida no processo de
nome e por sua conta, contrair obrigações e exer- manário que atue como Órgão de Divulgação no C-10371/37, na Sessão de 09/08/1993, po-
cer direitos. Os fundos especiais não possuem qua- 0210 As associações em geral, inclusive Oficial do Município, examinado o interesse dem os Municípios aplicar parte das receitas
dro de pessoal próprio, devendo utilizar-se daque- as Associações de Municípios, por força de le- público, e em especial, a relação custo-benefício resultantes de impostos, nos termos do artigo
les servidores que são colocados à sua disposição. gislação fiscal, estão sujeitas à escrituração con- decorrente da adoção desse procedimento. 212, da CF, em gastos com alimentação desti-
O pagamento da folha de pessoal poderá ficar a tábil comercial. nada ao atendimento em creche, uma vez que
cargo do fundo, desde que previsto em orçamento As associações submetem-se à fiscalização Processo: CON-TC0022666/36 as restrições constantes da Constituição Fe-
e no plano de aplicação. Podem os fundos espe- dos Tribunais de Contas somente quando rece- Parecer: COG-204/94 deral, dizem respeito somente ao ensino fun-
ciais efetuarem aplicações financeiras no mercado bem e aplicam recursos do Poder Público. Origem: Prefeitura Municipal de Gaspar damental.
aberto, visto que os rendimentos auferidos visam Data da Sessão: 30/05/1994
tão somente a recomposição dos valores monetá- Processo: CON-TC0001584/45
Processo: CON-TC002318A/32
rios em disponibilidade. Esta assertiva é válida, Parecer: Conforme voto do Relator Parecer: COG-017/94
desde que o resultado das aplicações financeiras Origem: Prefeitura Municipal de 0214 A inexistência de inventário do pa- Origem: Prefeitura Municipal de Três

venha a ser utilizado exclusivamente nos fins para Urupema trimônio do Município de origem, em caso de Barras
os quais foram criados os fundos, sendo necessá- Relator: Conselheiro Salomão Ribas emancipação, nos prazos estabelecidos na LC no Data da Sessão: 15/06/1994
rio registros contínuos, claros e específicos acerca Junior 29/90, com as alterações da LC no 37/91, enseja
Data da Sessão: 25/05/1994
de cada operação, e desde que se trate de recur- o inventário judicial, que poderá ser promovido
sos disponíveis no período e que não prejudique pelo Prefeito ou pela Câmara de Vereadores do 0221 1. É vedada a participação em licita-
o cumprimento das obrigações. É defeso a aquisi- Município de origem ou do Município emanci- ção e a conseqüente realização de obra ou for-
ção de ações, haja vista não se constituir atribuição 0211 É defeso ao Poder Público assumir pado, meio legal para resolver as pendências re- necimento de bens e serviços — decorrente de
dos fundos a participação no capital social de em- encargos trabalhistas de entidades de direito pri- latadas nos autos. contrato firmado com pessoa jurídica de direito
presas. Não podem os fundos especiais efetuarem vado, podendo o mesmo, com fulcro nas normas público do Município — pela pessoa física do
compra de imóveis por ser procedimento estranho de Direito Financeiro estatuídas pela Lei Federal Processo: CON-TC0001583/48 vereador ou por empresa da qual seja proprie-
aos fins a que se destinam, podendo, contudo, uti- no 4.320/64, conceder subvenções sociais, que Parecer: COG-252/94 tário, diretor ou que nela exerça função remu-
lizar-se deles, quando colocados à sua disposição devem constituir, precipuamente, suplementa- Origem: Prefeitura Municipal de Riqueza nerada, em face ao disposto no artigo 34, inciso
por órgãos ou entidades a que estão vinculados.” ção aos recursos de origem privada aplicados na Data da Sessão: 30/05/1994 I e II, alínea “a”, da Lei Orgânica Municipal,

78 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 79


combinado com os artigos 29, VII e 54, I e II, da qual o Estado efetua o repasse, que deverá de 1993, ressalvadas as hipóteses de dispensa, 0232 Revogado
da Constituição Federal. ater-se aos termos da Resolução no TC-06/891 legalmente previstas.
2. A infringência dos dispositivos supramen- (a Resolução no TC-06/89 foi substituída pela
cionados implica em perda de mandato, confor- Resolução no 16/94), de 17 de maio de 1989 e, Processo: CON-TC0004720/42 0233 Revogado
me dispõem os artigos 92, 93 e seus incisos, da quem deve prestar contas é a entidade que re- Parecer: COG-367/94
Carta Municipal. ceber os recursos repassados pelo Estado, indi- Origem: Secretaria de Estado da

vidualmente, segundo os critérios fixados na lei Comunicação Social 0234 Os repasses de suprimento para a
Processo: CON-TC000000A/43 de diretrizes orçamentárias, consoante determi- Data da Sessão: 06/07/1994 Câmara de Vereadores, na hipótese de inexistên-
Parecer: COG-249/94 nação Constitucional. cia de dispositivo legal que fixe o percentual a
Origem: Prefeitura Municipal de Lindóia ser observado para esse fim, tomarão por base
do Sul Processo: CON-TC0002038/23 0229 Para divulgar através dos órgãos a proporção contida na Lei de Orçamento, en-
Data da Sessão: 22/06/1994 Parecer: COG-271/94 de comunicação, sistematicamente, a atividade tre o montante da despesa orçada e o volume de
Origem: Fundação Educacional Unificada portuária desenvolvida pela autarquia, deverá a dotações destinadas ao Poder Legislativo. Esses
do Oeste de Santa Catarina mesma, previamente, realizar o devido processo repasses serão calculados aplicando-se o percen-
0222 É expressamente vedada a participa- Data da Sessão: 29/06/1994 licitatório, em obediência aos comandos inscul- tual sobre o valor da Receita Orçamentária pró-
ção em licitação e a posterior realização de obra pidos nos artigos 37, XXI e § 1o da Constituição pria do Município efetivamente arrecadada.
ou fornecimento de bens ou serviços por servi- Federal, 17, 16, § 6o e 19, da Constituição Esta-
dor municipal, concursado ou não, por dirigente, 0227 1. A permissão remunerada de uso dual e 1o e 2o e 25, II, da Lei no 8.666/93. Processo: CON-TC0002402/49
na condição de pessoa física ou jurídica, conso- de bem público, objeto da questão consultada, Parecer: COG-301/94
ante o que dispõe o artigo 9o, da Lei no 8666/93 traduz-se em outorgar ao permissionário a ex- Processo: CON-TC0003560/42 Origem: Prefeitura Municipal de São

e, ainda, aos princípios insculpidos no artigo 37, ploração de um bem público, segundo a sua es- Parecer: COG-318/94 José
da Constituição Federal. pecífica destinação. Origem: Administração do Porto de São Relator: Auditor Clóvis Mattos Balsini
2. O ato de permissão remunerada de bem pú- Francisco do Sul Data da Sessão: 25/05/1994
Processo: CON-TC000000A/43 blico está sujeito ao prévio procedimento licita- Data da Sessão: 11/07/1994
Parecer: COG-249/94 tório, de acordo com as regras estabelecidas na
Origem: Prefeitura Municipal de Lindóia Lei no 8.666/93. 0235 Revogado
do Sul 3. A dispensa de licitação, neste caso, é apli- 0230 1. À vista de omissão da Lei Muni-
Data da Sessão: 22/06/1994 cável na hipótese colacionada no artigo 24, inci- cipal no 619/91, instituidora do Regime Jurídico
so V, da Lei supramencionada. Único para os servidores de Morro da Fumaça, o 0237 Podem as Prefeituras Municipais
tempo de serviço anteriormente prestado ao Mu- comprovarem o recebimento de serviços através
0224 As despesas a serem realizadas Processo: PC-AM0004314/43 nicípio por servidor regido pela Consolidação de Nota Fiscal de Serviço Avulsa por elas for-
à conta do Fundo Municipal dos Direitos da Parecer: COG-374/94 das Leis do Trabalho, não pode ser computado necida.
Criança e do Adolescente são aquelas pertinen- Origem: Centrais de Abastecimento do para a concessão de vantagens estatutárias.
tes à execução das suas atividades, na forma da Estado de Santa Catarina — 2. Os efeitos da averbação do tempo de ser- Processo: CON-TC0022926/37
legislação aplicável, em especial a Lei no 8.069, CEASA/SC viço prestado ao Município, anteriormente à ins- Parecer: COG-349/94
de 13/06/1990 (Estatuto da Criança). Relator: Conselheiro Salomão Ribas tituição de Regime Jurídico Único, devem estar Origem: Prefeitura Municipal de
Junior definidos em lei municipal, considerando, inclu- Governador Celso Ramos
Data da Sessão: 06/07/1994 Relator: Auditor Altair Debona Castelan
Processo: CON-TC0001851/40 sive, que a Administração pública somente pode
Parecer: COG-281/94 agir sob a égide de autorização legislativa. Data da Sessão: 30/03/1994
Origem: Prefeitura Municipal de Porto

União 0228 Para contratar empresas especiali- Processo: CON-TC0003100/42


Data da Sessão: 27/06/1994 zadas em sonorização, com a finalidade de di-
Parecer: COG-364/94 0238 Reformado
vulgar mensagens de interesse da administração Origem: Fundo Estadual de Saúde Os comprovantes da despesa estão normatiza-
estadual em eventos públicos, deverá ser reali- Relator: Auditora Thereza Apparecida dos na seção II, do capítulo V, da Resolução no
0225 A forma de prestar contas dos recur- zado, previamente, o devido processo licitatório, Costa Marques TC-06/89 (a Resolução no TC-06/89 foi substi-
sos relativos à assistência financeira do Governo em obediência aos comandos insculpidos nos Data da Sessão: 13/07/1994 tuída pela Resolução no TC-16/94), desta Corte
do Estado de Santa Catarina, conforme o dis- artigos 37, XXI e § 1o, da Constituição Federal, de Contas, sendo o recibo um dos documentos
posto no artigo 170, da Constituição Estadual, 17, 16, § 6o e 19 da Constituição Estadual e 1o, 2o hábeis para comprovar despesas como as rela-
é a estipulada pela Secretaria de Estado através e 25, II, da Lei Federal no 8.666, de 21 de junho 0231 Revogado cionadas ao Fundo de Previdência e Segurida-

80 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 81


de do Servidor Público Municipal, observada a Origem: Associação dos Municípios da Processo: CON-TC0007838/46 Relator: Auditor Altair Debona Castelan
indicação precisa do beneficiário e do prestador Região da Grande Florianópolis Parecer: COG-500/94
Data da Sessão: 17/08/1994
Relator: Altair Debona Castelan Prefeitura Municipal de Gaspar
de serviços. Origem:

Data da Sessão: 03/08/1994 Relator: Conselheiro Dib Cherem


Reformado pelo Tribunal Pleno na sessão Data da Sessão: 08/08/1994 0251 Revogado
de 18/11/1998, através da decisão exarada no
processo no PDI-0393405/87. Texto reformado: 0243 O Município, na contratação de ser-
“Os comprovantes da despesa estão normati- viços a serem prestados por servidores públicos 0246 É inexigível a apresentação de CND 0252 Revogado
zados na seção II, do capítulo V, da Resolução de outras esferas de governo, deverá observar o do INSS para pessoa física, consoante o que
no TC-06/89 (a Resolução no TC-06/89 foi subs- cumprimento do artigo 37, inciso XVI, da Cons- dispõe o artigo 195, § 3o da Lei Fundamental,
tituída pela Resolução no TC-16/94), desta Corte tituição Federal; artigo 9o, inciso VIII, da Lei Fe- ressalvada as condições impostas pela Ordem de 0253 1. O procedimento recomendável
de Contas, sendo o recibo documento hábil para deral no 8.429/92; e artigo 9o, inciso III, da Lei Serviço no 52/92, do INSS, que atualizou as nor- para processar a aquisição de medicamentos e
evidenciar despesas [...].” Federal no 8.666/93. mas de sua expedição com fundamento legal na custear sepultamentos a título de auxílios para
A hipótese de inexigibilidade de licitação, Lei Federal no 8.212/91. carentes é o sistema de registro de preços, que
Processo: PC-AM0004315/40 prevista no artigo 25, inciso II, da Lei no 8.666, deve ser precedido de licitação na modalidade
Parecer: COG-406/94 de 21 de junho de 1993, para contratação de ser- Processo: CON-TC0006956/45 de concorrência, conforme o preceituado no arti-
Origem: Prefeitura Municipal de viços de assessoria e de ministração de cursos, Parecer: COG-481/94 go 15, da Lei Federal no 8.666/93.
Balneário Camboriú somente será possível quando estiverem conju- Origem: Prefeitura Municipal de 2. É viável a criação de um Fundo para aten-
Relator: Auditor José Carlos Pacheco gados os requisitos da especialização e da sin- Criciúma der despesas com a compra de medicamentos,
Data da Sessão: 27/07/1994 gularidade do serviço, a serem examinados, na Relator: Auditor Altair Debona Castelan bem como gastos com sepultamento de pessoas
oportunidade, pelo Administrador Público. Data da Sessão: 10/08/1994 carentes do Município, desde que observados os
artigos 167 da Constituição Federal e 71 a 74
0239 Não encontra suporte legal a con- Processo: CON-TC0004734/48 da Lei Federal no 4.320/64, além de a prestação
cessão de diferença decorrente de reajuste sala- Parecer: COG-488/94 0247 Revogado de contas submeter-se às regras definidas pelo
rial concedido em momento ulterior ao efetivo Origem: Prefeitura Municipal de Videira Tribunal de Contas, em textos legais e regula-
pagamento de importância requerida por servi- Relator: Conselheiro Salomão Ribas mentares.
dor municipal, a título de conversão em pecúnia Junior 0248 Revogado
de licença-prêmio. Leis Complementares Mu- Data da Sessão: 08/08/1994 Processo: CON-TC0019823/38
nicipais no 01, artigos 121 e 126, § 2o e no 03, Parecer: COG-712/93
artigo 40 e seus parágrafos. 0249 É cabível a comprovação de despesa Origem: Prefeitura Municipal de Otacílio

0244 1. A Câmara Municipal, dentro das pública mediante nota fiscal emitida por matriz ou Costa
Processo: CON-TC0004465/48 funções institucionais que lhe foram atribuídas, filial da mesma empresa, em face ao disposto nos Relator: Conselheiro Epitácio Bittencourt
Parecer: COG-380/94 não tem competência para tomar a si a incum- artigos 47 usque 51, da Resolução TC-06/89 (a Re- Data da Sessão: 19/09/1994
Origem: Câmara Municipal de Blumenau bência de elaborar e aprovar lei compreendendo solução no TC-06/89 foi substituída pela Resolução
Relator: Auditor José Carlos Pacheco o plano plurianual, uma vez que a iniciativa des- no TC-16/94), considerando a unidade das mesmas
Data da Sessão: 27/07/1994 sa lei é de competência privativa do Poder Exe- e a pluralidade de domicílios que lhes são peculia- 0255 Os administradores estaduais não es-
cutivo, conforme dispõe o artigo 165, incisos I, res, não se constituindo em óbice o fato do proces- tão jungidos aos ditames da Instrução Normati-
II, e III da Constituição Federal, reproduzido na samento do empenho discriminar unidade (matriz va no 001/92, da SJA, bem como ao Manual de
0241 É possível a abertura de crédito es- Lei Orgânica do Município de Gaspar em seu ou filial) diversa daquela que emitirá a nota fiscal. Classificação de Materiais de Caráter Permanente
pecial pelo Município, para o caso de despesas artigo 68, incisos I, II e III, ao qual se adiciona o Havendo matriz ou filial sediada no Estado e de Consumo, naquilo que conflitar com o pre-
novas; deverá ser precedida de autorização legis- artigo 47, inciso IX. Catarinense, com o propósito de evitar a eva- ceituado no Decreto Estadual no 345/87, em face
lativa e será efetivada por decreto do Executivo. É 2. Qualquer iniciativa da Câmara de Gas- são de tributos, o órgão ou entidade pública ad- ao princípio da hierarquia das normas jurídicas.
necessária a existência de recursos e de justifica- par em editar o Plano Plurianual encontra óbi- quirente poderá dar preferência pela emissão de
tiva aceitável; tudo isto nos termos dos artigos 42 ce nos artigos 47, inciso IX e 68, § 8o, inciso nota fiscal por aquela aqui sediada. Processo: CON-TC0007131/47
e 43 da Lei Federal no 4.320/64 e observados as II da Lei Orgânica do Município promulgada Parecer: COG-607/94
peculiaridades de cada Lei Orgânica Municipal. pela Câmara. Processo: CON-TC0006086/45 Origem: Secretaria de Estado dos

3. As leis municipais contrárias à Lei Orgâni-


Parecer: COG-503/94 Transportes e Obras
Processo: CON-TC0003996/47 ca são passíveis de impugnação via judicial. Origem: Polícia Militar do Estado de Relator: Auditor Clóvis Mattos Balsini
Parecer: COG-417/94 Santa Catarina Data da Sessão: 19/09/1994

82 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 83


0256 Revogado deral no 8.883/94, ressalvados os casos expressa- Processo:


CON-TC0012603/40
COG-742/94
Relator:

Auditor Altair Debona Castelan
14/12/1994
mente previstos na legislação, de dispensa e de Parecer: Data da Sessão:

inexigibilidade de licitação. Origem: Câmara Municipal de Quilombo


0257 Revogado Relator: Conselheiro Dib Cherem
Processo: CON-TC0007516/42 Data da Sessão: 28/11/1994 0270 1. Em conformidade com o precei-
Parecer: COG-726/94 to do artigo 20, da Lei Federal no 8.666/93, os
0258 É inviável a celebração de contrato Origem: Fundação Municipal de Esportes procedimentos licitatórios podem ser realizados
com firma administradora de cartões de crédito, de Florianópolis 0267 1. As pessoas jurídicas de direito pú- descentralizadamente, com a adoção da modali-
cuja aquisição se destina à utilização por parte Relator: Auditor Altair Debona Castelan blico interno entre si podem adquirir, com dis- dade correspondente às obras, serviços ou com-
de Ordenadores de Despesa, face à impossibi- Data da Sessão: 31/10/1994 pensa de licitação, bens produzidos ou serviços pras a serem efetivados local ou regionalmente,
lidade de prévio empenho da despesa por esti- prestados por órgão ou entidade que integre a conforme o caso, atentando para a ressalva da
mativa, em decorrência do não conhecimento Administração Pública e que tenham sido cria- norma legal em sua parte final.
dos respectivos credores, em atenção ao que 0264 A norma do § 1 do artigo 32 da Lei
o
dos para esse fim específico, em data anterior à 2. O artigo 23, em seus parágrafos 1o, 2o e 5o,
prescrevem os artigos 60 e 61, da Lei Federal Federal n 8.666/93, faculta ao Administrador a
o
vigência da Lei no 8.666/93, desde que o preço da Lei Federal no 8.666/93, com redação dada
no 4.320/64. dispensa de apresentação, no todo ou em parte, contratado seja compatível com o do mercado, pela Lei Federal no 8.883/94, permite os seguin-
da documentação de habilitação de que tratam nos termos do artigo 24, VIII, combinado com tes procedimentos:
Processo: CON-TC0011718/36 os artigos 28 a 31, da mesma Lei, quando na os artigos 2o, caput e 6o, XI, todos da Lei Federal • obras, serviços e compras podem ser par-
Origem: Prefeitura Municipal de modalidade de convite, concurso, leilão, e na no 8.666/93. celados ou realizados por etapas, desde que
Blumenau hipótese de fornecimento de bens para pronta 2. Excetua-se da exigência e criação anterior observada a cada evento a modalidade de
Relator: Conselheiro Dib Cherem entrega, estando, portanto, sujeito tão somente à vigência da Lei no 8.666/93, os serviços arro- licitação correspondente à execução total
Data da Sessão: 07/11/1994 a sua discricionariedade, o uso dessa faculdade, lados no inciso XVI, do artigo 24. do objeto em licitação (§ 1o e 2o, do arti-
estabelecendo em cada caso qual a documenta- 3. A comprovação de que o órgão ou entidade go 23);
ção exigida ou dispensada. Não se inclui nessa tenha sido criado para esse fim específico, atra- • obras e serviços da mesma natureza a serem
0259 A agregação percebida no exercício faculdade a exigência das Certidões Negativas vés de seus atos constitutivos e bem assim, a de- realizados no mesmo local deverão observar
de mandato eletivo, disciplinada no artigo 90, § de Débito com a Seguridade Social (INSS), e o monstração de que o preço contratado é compa- a modalidade licitatória pertinente ao objeto
6o, da Lei Estadual no 6.745/85, revogado pela FGTS, nos termos das Leis Federais nos 8.212/91 tível com o praticado no mercado, são requisitos global em licitação (§ 5o, do artigo 23);
Lei no 7.373/88, só alcança os mandatos exerci- (artigo 95) e 8.036/90 (artigo 27), as quais de- essenciais e necessários para a validade do ato • obras e serviços, ainda que da mesma na-
dos na esfera estadual, consoante o estabelecido vem ser apresentadas de acordo com a decisão administrativo vinculado à Lei no 8.666/93. tureza, a serem realizados em locais dife-
no artigo 18, da Constituição Federal, assegura- do Tribunal de Contas, com caráter normativo, rentes, podem ser licitados na modalidade
dor da autonomia financeira do Estado. no Processo no C-04102/33, exarada em sessão Processo: CON-TC0008785/45 correspondente a cada objeto em licitação
do Tribunal Pleno de 19 de abril de 1993, que Parecer: COG-722/94 (§ 5o, do artigo 23);
Processo: BLA-AM0007528/43 deve ser observada integralmente pelas Unida- Origem: Prefeitura Municipal de • obras e serviços realizados no mesmo local,
Parecer: COG-639/94 des Administrativas. Balneário Camboriú cujas parcelas ou etapas possam ser execu-
Origem: Prefeitura Municipal de Relator: Conselheiro Octacílio Pedro tadas, por sua natureza, por empresas espe-
Garopaba Processo: CON-TC0012201/44 Ramos cializadas diversas, serão licitados individu-
Relator: Auditor Clóvis Mattos Balsini COG-711/94 Data da Sessão: 28/11/1994
Parecer: almente, observando a modalidade corres-
Data da Sessão: 24/10/1994 Origem: Associação dos Municípios do pondente a cada objeto em licitação.
Alto Uruguai Catarinense —
AMAUC 0268 Os critérios para a contagem de pra- Processo: PC-AM0007130/40
0261 Revogado Relator:

Data da Sessão:
Conselheiro Dib Cherem
21/11/1994
zo de qualquer natureza previstos pela Lei Fe- Parecer: COG-688/94
deral no 8.666/93, são os estabelecidos em seu Origem: Secretaria de Estado da

artigo 110. Especificamente para abertura de Educação e do Desporto


0262 Revogado proposta de licitação, há que se observar o artigo Relator: Conselheiro Carlos Augusto

0266 Podem as Câmaras Municipais efe- 21, § 3o, do mesmo Diploma Legal.
Data da Sessão:
Caminha
19/12/1994
tuar dispêndios, a título de contribuições men-
0263 A licitação é a regra, portanto, há sais, a associações de natureza privada que con- Processo: CON-TC0014506/46
obrigatoriedade de sua realização por disposição gregam as Câmaras de Vereadores, desde que
Parecer: COG-752/94
constitucional — artigo 37, XXI e da Lei Fede- haja lei especial que autorize ou que constem da Origem: Prefeitura Municipal de Correia 0271 1. Considerando a autonomia muni-
ral no 8.666/93, com a redação dada pela Lei Fe- Lei Orçamentária. Pinto cipal insculpida no artigo 30 da Lei Maior, pode

84 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 85


o Município, mediante lei autorizativa especial, artigos 2o e 3o, da Lei (federal) no 8.666/93, com As locações da Administração Pública, quan- 0280 Pode a Administração Pública Mu-
efetuar gastos com pessoal a título de verba in- redação dada pela Lei (federal) no 8.883/94. do contratadas com terceiros, serão necessaria- nicipal utilizar-se do IPCR para as correções con-
denizatória, desde que atendidos os pressupostos 2. Cabe ao Administrador Público, dentro mente precedidas de licitação, nos termos do ar- tratuais, ou de outros índices oficiais, observadas
básicos da despesa pública, bem como o dispos- do poder discricionário pela Lei (federal) no tigo 2o, da Lei Federal no 8.666/93 e artigo 37, as melhores vantagens, os ditames das Leis no
to no artigo 169 da Carta Magna e no artigo 38 8.666/93 a este conferido, optar dentre as mo- XXI, da Carta Magna.” 8.666/93, e no 8.880/94 suas normas comple-
das Disposições Constitucionais Transitórias. dalidades permitidas, qual se ajusta ao valor do mentares, e a legislação municipal pertinente,
2. Pagamentos relativos a 13o salário, FGTS objeto ou objetos a serem adquiridos pela Ad- Processo: CON-TC0353403/50 em serviços como: locação de imóveis, linhas
e férias devem ser realizados, independente de ministração. Parecer: COG-050/95 telefônicas, implantação de software e contratos
autorização legislativa, aos servidores contrata- 3. Ao Tribunal de Contas, a Constituição con- Origem: Câmara Municipal de São com órgãos de imprensa.
dos sob a égide da CLT, considerando-se que ao feriu outras atribuições, que não a de tomar deci- Domingos
tempo da contratação tenha sido consignada do- sões dos atos que cabem única e exclusivamente Relator: Conselheiro Dib Cherem Processo: CON-TC0354503/54
tação orçamentária para este fim. ao Administrador Público. Data da Sessão: 20/03/1995 Parecer: COG-070/95
4. As locações da Administração Pública, Origem: Câmara Municipal de Braço do

Processo: CON-TC0015199/48 quando contratadas com terceiros, serão neces- Norte



Parecer: COG-853/94 sariamente precedidas de licitação, nos termos 0278 É admissível a adjudicação do objeto Relator: Conselheiro Dib Cherem
Origem: Prefeitura Municipal de Itapema do artigo 2o, da Lei (federal) no 8.666/93 e arti- licitado ao único interessado entre os convidados Data da Sessão: 03/04/1995
Relator: Conselheiro Octacílio Pedro go 37, XXI, da Carta Magna. Em se tratando de na modalidade de licitação convite, desde que, por
Ramos locação de veículo, deve o ato ser fundamentado limitações do mercado ou manifesto desinteresse
Data da Sessão: 21/12/1994 em normas locais que estabeleçam as situações dos convidados for, impossível a obtenção do nú- 0282 Reformado
nas quais aquela será admitida, assim como a mero mínimo de licitantes exigidos no § 3o do arti- 1. Quando a Constituição estabelece que a re-
forma e condições de seu uso, além das questões go 22 da Lei Federal no 8.666/93, sendo que estas muneração dos Vereadores deve ser fixada em
0272 Não pode o Município contratar, sem tangentes à responsabilidade (na hipótese de da- circunstâncias deverão ser devidamente justificadas cada legislatura para a subseqüente, significa di-
a realização de concurso público, profissional da nos a terceiros), em face ao § 6o do artigo 37 da no processo, sob pena de repetição do convite, nos zer que deverá ser fixado um único critério de
área de medicina veterinária, seja em decorrên- Constituição Federal. termos do § 7o do artigo 22 da LF no 8.666/93. remuneração e respectivo reajustamento para
cia de convênio de municipalização da agricul- toda a legislatura, não podendo haver alteração
tura ou qualquer outra forma, por ferir o disposto Reformado pelo Tribunal Pleno em sessão Processo: CON-TC0455703/50 no curso da mesma.
no artigo 37, inciso II, do Magno Diploma. de 19/12/2007, através da Decisão no 4.187 exa- Parecer: COG-056/95 2. Uma vez fixado o subsídio e as respectivas
rada no processo no ADM-07/00622934. Reda- Origem: Prefeitura Municipal de representações, não se pode alterá-los na legis-
Processo: CON-TC0015184/45 ção original: Balneário Camboriú latura vigente.
Parecer: COG-787/94 “É indispensável a realização de licitação para Relator: Conselheiro Dib Cherem 3. Nada impede que a Câmara Municipal fixe
Origem: Prefeitura Municipal de Treze de a locação de linha telefônica, em obediência aos Data da Sessão: 27/03/1995 o reajuste dos valores estabelecidos na legislatu-
Maio princípios constitucionais da isonomia, da igual- ra anterior, nos mesmos índices concedidos aos
Relator: Conselheiro Antero Nercolini dade, da moralidade, da impessoalidade e da li- servidores do Município, seguindo como parâ-
Data da Sessão: 08/03/1995 citação, e, em havendo mais de um interessado, 0279 São legais os gastos com Boletim metro o que preconiza o artigo 37, X, da Cons-
como garantia à observância de selecionar a pro- Informativo Municipal, desde que atendidos os tituição Federal.
posta mais vantajosa para a Administração, com pressupostos do artigo 37, § 1o, da Magna Carta,
0274 Revogado o estabelecimento do competitório, tudo nos ter- as normas de direito financeiro insculpidas na Primeiro parágrafo reformado
mos do artigo 37, XXI, da Constituição Federal Lei no 4.320/64, o procedimento licitatório (Lei pelo Tribunal Pleno em sessão de 08/12/2008,
e artigos 2o e 3o, da Lei Federal no 8.666/93, com no 8.666/93) quando não for editado pela própria mediante a Decisão no 4.058/08 exarada no Pro-
0276 Reformado redação dada pela Lei Federal no 8.883/94. municipalidade, e, artigo 13, § 1o, da Lei Orgâ- cesso ADM-08/80059419. Redação original:
1. É indispensável a realização de licitação Cabe ao Administrador Público, dentro do po- nica do Município. “Quando a Constituição estabelece que a re-
para a locação de linha telefônica, em obediên- der discricionário pela Lei Federal no 8.666/93 a muneração do Prefeito, do Vice-Prefeito e dos
cia aos princípios constitucionais da isonomia, da este conferido, optar dentre as modalidades per- Processo: CON-TC0352505/51 Vereadores deve ser fixada em cada legislatura
igualdade, da moralidade, da impessoalidade e da mitidas, qual se ajusta ao valor do objeto ou ob- Parecer: COG-057/95 para a subseqüente, significa dizer que deverá
licitação, e, em havendo mais de um interessado, jetos a serem adquiridos pela Administração. Origem: Prefeitura Municipal de Grão ser fixado um único critério de remuneração e
como garantia à observância de selecionar a pro- Ao Tribunal de Contas a Constituição confe- Pará respectivo reajustamento para toda a legislatu-
posta mais vantajosa para a Administração, com riu outras atribuições, que não a de tomar deci- Relator: Conselheiro Octacílio Pedro ra, não podendo haver alteração no curso da
o estabelecimento do competitório, tudo nos ter- sões dos atos que cabem única e exclusivamente Ramos mesma.”
Data da Sessão: 27/03/1995
mos do artigo 37, XXI, da Constituição Federal e ao Administrador Público.

86 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 87


Processo:


Parecer:
BLA-AM0014241/30
COG-723/94
Processo:

Parecer:
CON-TC0014687/40
COG-785/94
Processo:

Parecer:
CON-TC0230506/53
COG-041/95
0293 Revogado
Origem: Câmara Municipal de Maravilha Origem: Prefeitura Municipal de Origem: Companhia de Desenvolvimento

Relator: Conselheiro Octacílio Pedro

Ramos
Agrolândia
Relator: Auditor Evângelo Spyros Relator:
do Estado de Santa Catarina
Auditor José Carlos Pacheco
0294 1. A investidura dos membros das
comissões permanentes não poderá exceder a 1
Data da Sessão: 05/04/1995 Diamantaras Data da Sessão: 19/04/1995 (um) ano, vedada a recondução da totalidade de
Data da Sessão: 12/04/1995
seus membros para a mesma comissão no pe-
ríodo subseqüente, nos exatos termos do § 4o do
0283 Pode o Chefe do Executivo Muni- 0289 A autorização de débito automático artigo 51 da Lei Federal no 8.666/93.
cipal de Herval do Oeste contratar por tempo 0287 Convite é a modalidade de licitação em conta bancária de percentual incidente sobre 2. Quantos e quais os membros que serão subs-
determinado pessoal para atender necessidade entre interessados do ramo pertinente ao seu ob- recurso oriundo do Fundo de Participação dos tituídos é decisão que cabe à autoridade compe-
de excepcional interesse público, nos moldes jeto, cadastrados ou não, escolhidos e convida- Municípios para pagamento de contribuição fi- tente, atentando para a norma constante no § 4o
do artigo 37, IX da Constituição Federal e Leis dos em número mínimo de 3 (três) pela unidade nanceira mensal à Associação de Municípios é do artigo 51 da Lei Federal no 8.666/93.
Municipais nos 1.073/89 e 1.390/93. É recomen- administrativa, na forma preconizada pelo § 3o irregular, por caracterizar vinculação de receita 3. Inexistem restrições à designação de mais
dável que o administrador dê ampla publicidade do artigo 22 da Lei Federal no 8.666/93, estando à despesa, o que é vedado pelo artigo 167, IV, de uma comissão permanente de licitações, quan-
ao ato e realize alguma forma de seleção prévia a Administração obrigada a contratar o objeto da da Constituição Federal, alterado pela Emenda do então, deverá especificar sua área de atuação,
a seu arbítrio. Na contratação temporária não há licitação com o vencedor, conforme estipula o Constitucional no 3, de 17 de março de 1993. assim como, de comissões especiais, sendo que
o preenchimento de vagas, dada a excepcionali- artigo 50 do mesmo Diploma Legal. estas são exigidas em algumas espécies de licita-
dade de sua ocorrência. Processo: CON-TC0013061/46 ção, como prevê o Estatuto das Licitações.
Processo: CON-TC0504507/56 Parecer: COG-765/94
Processo: CON-TC0352101/52 Parecer: COG-083/95 Origem: Associação dos Municípios da Processo: CON-TC0936807/55
Origem: Prefeitura Municipal de Herval Origem: Prefeitura Municipal de Morro Região Serrana Parecer: COG-216/95
do Oeste da Fumaça Relator: Conselheiro Octacílio Pedro Origem: Prefeitura Municipal de

Relator: Conselheiro Moacir Bertoli Relator: Auditor José Carlos Pacheco Ramos Balneário Camboriú
Data da Sessão: 10/04/1995 Data da Sessão: 12/04/1995 Data da Sessão: 19/04/1995 Relator: Conselheiro Antero Nercolini
Data da Sessão: 12/05/1995

0285 O servidor em licença para tratar 0288 1. O exercício remunerado da fun- 0290 1. O Poder Legislativo Municipal,
de assuntos particulares pode exercer qualquer ção de membro ou conselheiro de órgão de de- em vista de sua autonomia administrativa, obser- 0295 Revogado
outra atividade lícita enquanto perdurar o be- liberação de empresas estatais, não se confunde vados os regramentos próprios, pode descentra-
nefício. Ao Administrador cabe a concessão da com a vedação contida nos incisos XVI e XVII lizar procedimentos no interesse de seus mem-
licença, levando em conta a oportunidade e a ne- do artigo 37 da Carta Magna, isto é, não implica bros. Em se tratando de recursos financeiros, 0296 1. Somente poderá o Chefe do Poder
cessidade do serviço. em acumulação remunerada ilegal. deverá ser preservada a unidade orçamentária, Executivo alienar bens móveis que pertençam ao
2. Os agentes políticos, como tal entendidos processando-se as despesas segundo as normas Ativo Permanente do Município com prévia au-
Processo: CON-TC0435106/55 os Secretários de Estado, não estão impedidos de de direito público, consideradas globalmente torização legislativa, específica ou genérica, vez
Parecer: COG-055/95 remunerada e cumulativamente exercer a função neste caso. que a Lei Orgânica do Município Consulente
Origem: Prefeitura Municipal de de membro ou conselheiro de órgão de delibe- 2. A responsabilidade pela prestação de con- não prevê essa hipótese (somente o faz em rela-
Guaraciaba ração, assim como os dirigentes de estatais, res- tas é exclusiva do Ordenador da Despesa respon- ção aos bens imóveis).
Relator: Auditor José Carlos Pacheco salvado se originariamente foram ocupantes de sável pela Unidade Gestora. 2. Há a necessidade ainda do atendimento do
Data da Sessão: 12/04/1995 cargo, emprego ou função, do qual se encontram disposto na Lei Federal no 8.666/93 referente-
afastados temporariamente. Processo: CON-TC0512903/58 mente ao procedimento licitatório e às normati-
3. Os servidores públicos ocupantes de cargos, Parecer: COG-098/95 zações contidas na Lei Federal no 4.320/64 (ar-
0286 É lícito o cômputo do tempo de ser- empregos ou funções, entre estes os nomeados em Origem: Câmara Municipal de tigo 105, § 2o).
viço sob o regime celetista de servidores munici- comissão submetidos ao regime estatutário, estão Florianópolis
pais que posteriormente, em face do regime ado- impedidos de receber qualquer remuneração a tí- Relator: Conselheiro Dib Cherem Processo: CON-TC0828311/51
tado pela municipalidade, tornaram-se estatutá- tulo de participação como membro ou conselheiro Data da Sessão: 24/04/1995 Parecer: COG-033/95
rios, para todos os efeitos legais, incluindo-se a de quaisquer órgãos de deliberação, por força das Origem: Câmara Municipal de Xanxerê
licença-prêmio, desde que os servidores tenham disposições contidas na Lei Estadual no 8.675/92 Relator: Conselheiro Antero Nercolini
prestado serviços ao Município. e no Decreto Estadual no 3.348/93. 0292 Revogado Data da Sessão: 17/05/1995

88 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 89


0297 1. Pode a Câmara Municipal de Vi- seus servidores, ainda que regidos pelo regime de está conferida pelo artigo 19 do Ato das Dis- 0306 Pode a Administração Municipal, me-
deira efetuar gastos com a contratação de rádio estatutário, não estejam vinculados a sistema posições Constitucionais Transitórias, aos que diante lei autorizativa e justificativa, sem que in-
emissora para a transmissão ao vivo das sessões próprio de previdência social, conforme o preco- tivessem cinco anos continuados e em exercício corra nas vedações contidas no artigo 37 da Consti-
legislativas, observadas as normas constantes nizado no artigo 13 da Lei Federal no 8.212/91, na data da promulgação da Constituição. tuição Federal, pagar remuneração complementar a
do artigo 37, inciso XXI e § 1o, da Constituição que dispõe sobre a organização da Seguridade 3. Nas situações descritas nos itens acima, en- professores pertencentes ao Quadro de Pessoal do
Federal; do artigo 2o, em especial da Lei Fede- Social, institui Plano de Custeio e dá outras pro- quanto não for reconhecida e proclamada a nu- Estado, cedidos ao Município em decorrência de
ral no 8.666/93, com a redação dada pela Lei no vidências. lidade seja pela Administração, seja pelo Judi- convênio de Municipalização da Educação.
8.883/94; e os dispositivos da Lei Orgânica Mu- ciário, se provocado, e estando o servidor con-
nicipal que tratam da matéria. Processo: CON-TC0743802/52 tribuindo obrigatoriamente para o Fundo Muni- Processo: CON-TC0900507/59
2. É permitido à Câmara Municipal de Videi- Parecer: COG-148/95 cipal de Seguridade Social (Lei no 2.609/92) é, Parecer: COG-234/95
ra firmar contrato com jornal local objetivando Origem: Câmara Municipal de Vargem por conseguinte, beneficiário das vantagens con- Origem: Prefeitura Municipal de Cerro

manter uma página semanalmente para divul- Bonita cedidas nos termos da lei supracitada, da Lei no Negro
gação dos trabalhos realizados pela Casa, bem Relator: Conselheiro Carlos Augusto 2.610/92 e da Lei Complementar no 02/91. Relator: Auditor Evângelo Spyros

como para enviar mensagens diversas aos cida- Caminha 4. A Lei no 2.609, de 22 de maio de 1992, que Diamantaras
Data da Sessão: 12/06/1995 Data da Sessão: 26/06/1995
dãos, observadas igualmente as prescrições do “institui o Plano de Seguridade Social” no âmbi-
inciso XXI e § 1o, do artigo 37 da Constituição to da municipalidade, é clara em seu artigo 5o ao
Federal; do artigo 2o e demais normas da Lei dispor que “os servidores efetivos e os ocupan-
Federal no 8.666/93, com redação dada pela Lei 0301 Revogado tes de cargos de provimento em comissão6, da 0308 Os incentivos materiais que não ca-
Federal no 8.883/94, e do § 3o, do artigo 82 e ar- Administração direta, Autárquica e Fundacional, racterizem remuneração derivada de contrato de
tigos 84 e 119, da Lei Orgânica do Município de serão aposentados na forma prevista na Consti- trabalho, concedidos aos atletas que praticam o
Videira, de 05 de abril de 1990. 0303 Os Municípios, em matéria orça- tuição Federal e nesta Lei, definido desde logo desporto de rendimento de modo não profissio-
mentária, estão obrigados aos ditames da Lei os beneficiários.” nal, compreendendo o desporto semi-profissio-
Processo: CON-TC0428203/56 Federal no 4.320/64. O cálculo da estimativa da 5. A concessão de benefícios por parte do nal, podem ser expressos através de bolsas de
Parecer: COG-150/95 receita deverá levar em conta o desempenho dos Fundo Municipal de Seguridade Social a servi- estudo ou emprego, mantimentos para reforçar
Origem: Câmara Municipal de Videira últimos três anos, consoante o artigo 30 do refe- dores admitidos em cargo de confiança está re- a alimentação, pagamento para ensinar ou trei-
Relator: Conselheiro Dib Cherem rido diploma legal; o que for arrecado além da gulada pelas Leis no 2.609/92, no 2.610/92 e no nar outros para competir no desporto e ajuda de
Data da Sessão: 17/05/1995 média é o excesso de arrecadação. 02/91, editadas pelo Municíos no exercício de custo para pagar os transportes e deslocações
sua autonomia. que os treinos diários obrigam, nos termos do
Processo: CON-TC0341606/57 6. Ocorrendo contribuição previdenciária artigo 3o, III, e parágrafo único, II, “a”, da Lei
0299 É possível a contratação de profis- Parecer: COG-192/95 mensal dos segurados obrigatórios, nos termos no 8.672, de 6 de julho de 1993. Tais incentivos
sional de qualquer setor artístico, diretamente Origem: Prefeitura Municipal de das Leis Municipais no 2.609/92, no 2.610/92 e deverão ser contemplados nos textos normativos
ou através de empresário exclusivo, desde que Urupema no 02/91, cria para o Fundo a obrigatoriedade que vierem a ser editados pelas esferas Estadual
consagrado pela crítica especializada ou pela Relator: Auditora Thereza Marques de concessão dos benefícios em leis previstos, e e Municipal.
opinião pública, nos termos do inciso III do ar- Data da Sessão: 19/06/1995 em caso de recolhimento indevido pelo Fundo,
tigo 25 da Lei Federal no 8.666/93, com redação cabe direito à restituição, nos termos da legisla- Processo: CON-TC1150802/55
dada pela Lei Federal no 8.883/94, observados os ção civil em vigor, pois a ninguém, nem mesmo Parecer: COG-245/95
demais dispositivos legais pertinentes à matéria. 0304 1. As admissões sem concurso após à Administração Pública, é dado locupletar-se Origem: Fundação Catarinense de

a promulgação da Constituição de 1988, salvo com o alheio. Desporto — FESPORTE


Processo:
CON-TC0865408/51 nos casos nela previstos, nos termos do § 2o do Relator: Conselheiro Carlos Augusto

Parecer: COG-198/95 artigo 37 da Lei Maior, implicam na nulidade do Processo: CON-TC0010186/47 Caminha
Origem: Associação dos Municípios do COG-702/94 Data da Sessão: 17/07/1995
ato e a punição da autoridade responsável, nos Parecer:

Médio Vale do Itajaí termos da lei, devendo referida nulidade ser re- Origem: Câmara Municipal de

Relator: Auditor Altair Debona Castelan conhecida e proclamada pela Administração, ou Curitibanos
Data da Sessão: 05/06/1995 pelo Judiciário, se provocado. Relator: Auditor Altair Debona Castelan 0311 Pode o Município consulente, para a
2. As admissões sem concurso antes da vigên- Data da Sessão: 21/06/1995 cobrança de seus carnês de tributos, utilizar-se
cia da Constituição de 1988, em que o funcio- da rede bancária nas seguintes hipóteses:
0300 A obrigação de recolher ao INSS nário até então não contasse com cinco anos de
os valores referentes a encargos sociais só recai serviço público, não conferem estabilidade aos 6
Ao servidor ocupante, exclusivamente, de cargo em comissão declarado em lei de livre nomeação e exoneração bem como de outro cargo temporário ou de
sobre a Câmara Municipal de Vargem Bonita se servidores admitidos nesta situação; a estabilida- emprego público, aplica-se o regime geral de previdência social — artigo 40, § 13 da CF, com a redação dada pela EC no 20/98.

90 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 91


• credenciar somente os bancos oficiais com devedor inadimplente no Serviço de Proteção ao 0321 O recibo é um dos documentos há- resse público, em face à notória vocação turísti-
agências no território municipal; ou Crédito e nem inscrever no mesmo serviço, contri- beis para comprovação de despesa, nos termos ca dos Municípios consulentes; ao fim legítimo
• credenciar os bancos oficiais e um da rede buintes de tributo em atraso, porque essa atividade do artigo 58, parágrafo único da Resolução no a que se destina; ao bem estar que almeja e à
privada com agências no Município, esco- é exclusiva para relações mercantis de direito pri- TC-16/94, de 21 de dezembro de 1994. reconhecida necessidade de divulgação junto ao
lhido por processo licitatório regular; ou vado, sendo vedada a sua participação. Deverá o público alvo.
• credenciar toda a rede bancária (privada e Consulente valer-se de sua consolidação legislativa Processo: CON-TC1360610/55 2. A realização da despesa fica condiciona-
pública), com agências no Município, sen- tributária e das normas gerais de direito tributário e Parecer: COG-329/95 da à prévia autorização legislativa da alçada
do, neste caso, dispensada a licitação por financeiro para o equacionamento das pendências. Origem: Fundação Ecológica e de cada um dos Municípios, podendo ser for-
inviabilidade de competição nos moldes do Zoobotânica de Brusque malizada por meio de lei genérica ou especí-
artigo 25, caput, da Lei no 8.666/93. Processo: CON-TC1282207/55 Relator: Auditor Clóvis Mattos Balsini fica para realização de determinadas despesas
Parecer: COG-306/95 Data da Sessão: 28/08/1995 ou por meio de previsão da despesa nas Leis
Processo: CON-TC0392105/54 Origem: Prefeitura Municipal de de Diretrizes Orçamentárias e de Orçamento
Parecer: COG-149/95 Imbituba Anual.
Origem: Prefeitura Municipal de Morro Relator: Auditor José Carlos Pacheco 0322 1. É admitida a conversão do valor 3. Em conformidade com a autorização pre-
da Fumaça Data da Sessão: 07/08/1995 da passagem em combustível quando o servidor vista na lei que vier a ser editada, as despesas
Relator: Conselheiro Octacílio Pedro militar usar para deslocamento o seu veículo deverão ser objeto de ato administrativo funda-
Ramos particular, desde que seja por um dos motivos mentado da autoridade competente.
Data da Sessão: 17/07/1995 0316 O Código Tributário Nacional e a le- citados nos incisos do § 2o do artigo 51 da Lei 4. Os dispêndios deverão ser empenhados jun-
gislação tributária do Município consulente au- Estadual no 5.645/79. to ao órgão competente da Prefeitura Municipal,
torizam o Chefe do Poder Executivo a compen- 2. O valor despendido com a conversão po- assim definido pela legislação ou pelo Prefeito,
0312 Revogado sar créditos tributários, desde que atendidos os derá ser pago por conta de adiantamento para as devendo ser objeto de rubricas específicas, inse-
requisitos legais para tanto. Esta operação pode despesas de combustível. ridas oportunamente nas respectivas Leis Orça-
ter lugar, inclusive, no curso de execução fiscal. 3. Todos os veículos particulares de proprie- mentárias e obedecendo aos ditames da Lei Fe-
0313 Revogado dade dos policias militares, sujeitos à utilização deral no 4.320/64.
Processo: CON-TC0953408/58 para os fins previstos nos incisos do § 2o do ar-
Parecer: COG-333/95 tigo 51 da Lei Estadual no 5.645/79, devem ser Processo: CON-TC1250408/50
0314 Pode o Município consulente imple- Origem: Prefeitura Municipal de cadastrados. Parecer: COG-512/95
mentar, mediante lei autorizativa, ações adminis- Imbituba 4. A Corporação deverá editar instrumento Origem: Prefeitura Municipal de

trativas no sentido de auxiliar pessoas carentes Relator: Auditor Altair Debona Castelan normativo a respeito do assunto, estabelecendo Blumenau
a se deslocarem a outros Municípios visando ao Data da Sessão: 07/08/1995 os requisitos a serem satisfeitos pelos interessa- Relator: Auditor Altair Debona Castelan
atendimento médico especializado. Deverá a le- dos, bem como os procedimentos para formali- Data da Sessão: 09/10/1995
gislação observar os preceitos da Lei no 4.320/64, zar o cadastramento, resguardando-se de even-
no que respeita à despesa pública; disciplinar a 0318 Nada obsta que o Poder Público tuais responsabilidades pelo uso optativo, pelo
triagem necessária para determinar quais os mu- efetue locação de imóvel com pessoa jurídica policial-militar, de veículo de sua propriedade 0324 1. O IPTU é um imposto periódico,
nícipes beneficiários; os meios de locomoção que e/ou física, utilizando-se da figura da dispensa privada. lançado anualmente, antecipado à instituição do
poderão ser utilizados; definir o órgão municipal de licitação, na forma como dispõe o artigo 24, crédito tributário, considerando-se que a base de
responsável pelo seu controle, além de indicar a inciso X da Lei no 8.666/93; e com fundamento Processo: CON-TC1247804/59 cálculo do imposto — valor venal — é variável
fonte de recurso orçamentário. no artigo 62, § 3o, inciso I, da Lei das Licitações. Parecer: COG-334/95 no tempo.
A restrição imposta à renovação de contratos por Origem: Polícia Militar do Estado de 2. A dedução do IPTU em contrato estabeleci-
Processo: CON-TC1252002/54 força do disposto no artigo 57 não é aplicável na Santa Catarina do pelo Município para a realização de obra não

Parecer: COG-299/95 locação de imóveis. Relator: Conselheiro Antero Nercolini encontra amparo legal. Primeiro, porque não é
Origem: Prefeitura Municipal de Peritiba Data da Sessão: 28/08/1995 aceitável que o interessado esteja obrigado ao
Relator: Conselheiro Carlos Augusto Processo: CON-TC0016901/32 pagamento do imposto citado por ser exigência
Caminha Parecer: COG-651/93 impertinente para o contrato. Segundo, porque
Data da Sessão: 02/08/1995 Origem: Tribunal de Justiça do Estado de 0323 1. As despesas com promoção e faltaria para estabelecimento de valores a quan-
Santa Catarina incentivo ao turismo, mesmo aquelas, exempli- tificação do tributo só existente após a constitui-
Relator: Conselheiro Dib Cherem ficativamente, como transportes, alimentação e ção do crédito tributário com o lançamento, cuja
0315 Não pode o Município, ente federa- Data da Sessão: 14/03/1994 hospedagem de agentes de viagem e jornalistas periodicidade é anual.
tivo de direito público interno, ser inscrito como especializados, podem ser consideradas de inte-

92 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 93


Processo:


CON-TC1406608/55
COG-432/95
0329 1. É legítima a concessão de diárias Processo:


CON-TC1279210/54
COG-453/95
Relator: Auditor Evângelo Spyros
Diamantaras
Parecer:
a Prefeito licenciado, em missão autorizada pela Parecer:

Origem: Prefeitura Municipal de Três Origem: Associação dos Municípios da Data da Sessão: 02/10/1995
Câmara de Vereadores, ou afastado temporaria-
Barras mente para tratar, fora do Município, de interes- Região Serrana
Relator: Auditor Altair Debona Castelan Relator: Conselheiro Carlos Augusto
se da própria municipalidade.
Data da Sessão: 11/09/1995 2. Se licenciado, por motivo de saúde, para
Data da Sessão:
Caminha
27/09/1995
0333 1. É admissível a comprovação de
tratar de interesses particulares ou outro motivo despesas relativas à aquisição de combustível
impediente de exercício do cargo, não tem direi- mediante nota fiscal que englobe diversos pedi-
0325 Ao Poder Público é obstado parti- to ao recebimento de diárias para custear despe- dos de fornecimento, os quais deverão ser jun-
cipar de leilões — públicos ou privados — na sas de viagem, pois durante esse período perde a 0332 1. A norma contida no inciso VIII tados à referida nota, indicando, entre outros
condição de adquirente dos bens colocados em condição e o dever de representar o Município. do artigo 24 da Lei Federal no 8.666/93 é diri- dados, o número da placa, a data do abasteci-
leilão, considerando que o procedimento contra- gida à pessoa jurídica de direito público interno mento, a quantidade do combustível e a quilo-
ria as normas da Lei de Licitações. Processo: CON-TC1422502/53 (União, Estados, Distrito Federal, Municípios metragem registrada no hodômetro do automó-
Parecer: COG-450/95 e Autarquias), no que não se enquadra o Fun- vel abastecido.
Processo: CON-TC1495102/51 Origem: Prefeitura Municipal de Mondaí do Municipal de Saúde de Balneário Camboriú. 2. O processamento da despesa deverá ob-
Origem: Associação dos Municípios do Relator: Conselheiro Moacir Bertoli No entanto, a Prefeitura Municipal de Balneá- servar os ditames constantes na Lei Federal no
Médio Vale do Itajaí Data da Sessão: 25/09/1995 rio Camboriú pode adquirir tais medicamentos, 4.320/64, e a nota fiscal deve ser conter os requi-
Relator: Auditor José Carlos Pacheco observadas as prescrições legais para, posterior- sitos do artigo 60 da Resolução no TC-16/94.
Data da Sessão: 09/09/1996 mente, repassá-los ao Fundo Municipal de Saú-
0330 Os recursos transferidos, repassa- de, com as implicações contábeis e financeiras Processo: CON-TC1422704/58
dos ao Município a título de auxílios, mediante correspondentes. Parecer: COG-482/95
0328 1. A CELESC S.A. ao pretender convênio ou instrumentos congêneres, possuem 2. É admissível a adjudicação do objeto lici- Origem: Polícia Militar do Estado de

adquirir veículos novos para a sua frota não po- uma finalidade determinada e específica, não po- tado ao único interessado entre os convidados na Santa Catarina
derá entregar os veículos usados como parte do dendo, portanto, estarem atrelados à remunera- modalidade de licitação Convite, desde que, por Relator: Conselheiro Antero Nercolini
pagamento dos novos. Deverá, pois, proceder à ção dos Vereadores. limitações do mercado ou manifesto desinteres- Data da Sessão: 04/10/1995
alienação por leilão ou concorrência, observan- se dos convidados, for impossível a obtenção do
do, ainda, as prescrições dos artigos 45 e 53 da Processo:
CON-TC1422502/53 número mínimo de licitantes exigidos no § 3o
Lei Federal no 8.666/93. Parecer: COG-450/95 do artigo 22 da Lei Federal no 8.666/93, sendo 0334 Considerando as normas estatuídas
2. A alienação de bens inservíveis da Admi- Origem: Câmara Municipal de Angelina que essas circunstâncias deverão ser devidamen- na Lei no 4.320/64 e na Resolução TC/SC no
nistração Pública, quando móveis, dependerá de Relator: Conselheiro Carlos Augusto te justificadas no processo, sob pena de repetição 16/94, é admissível o procedimento de adianta-
avaliação prévia e de licitação, conforme a Lei Caminha do convite, nos termos do § 7o do artigo 22 da mento de recursos pela Polícia Militar do Estado
Estadual no 5.164/75. Para a venda de bens mó- Data da Sessão: 25/09/1995 Lei Federal no 8.666/93. aos Batalhões e à Diretoria de Apoio Logístico,
veis avaliados, isolada ou globalmente, em quan- 3. O Fundo de Saúde de Balneário Cambo- bem como às Companhias isoladas, para o aten-
tia não superior ao limite previsto no artigo 23, riú não pode ter sua própria comissão de lici- dimento de pequenas despesas de caráter emer-
inciso II, alínea “b” da Lei Federal no 8.666/93, 0331 1. Em conformidade com o disci- tação, uma vez que, sendo órgão que executa gencial, como, por exemplo, a aquisição de pe-
a Administração poderá permitir o leilão. plinado na Lei Federal no 8.666/93, com a re- atividades atinentes à competência da entidade ças para reparo de veículos de vital importância
3. A concorrência pública é a modalidade ade- dação da Lei Federal no 8.883/94, é inviável a instituidora, na busca dos fins por esta almeja- para o atendimento das Comunidades Estaduais,
quada para a alienação de bens móveis de valor administração pública contratar com terceiros a dos, não possui personalidade jurídica, nem de ou dos sistemas elétricos, hidráulicos, de comu-
superior ao limite indicado no artigo 23, inciso realização de licitações. Trata-se de uma ativi- direito público, nem de direito privado, logo nicação e informática, principalmente dos Cen-
II, alínea “b”, da Lei Federal no 8.666/93. dade que deve ser executada diretamente pelo não lhe é permitido contratar por si só, mas tros de Operações Policiais e Militares.
Poder Público. somente com a interveniência da entidade ins-
Processo: CON-TC1395305/51 2. A Associação de Municípios poderá con- tituidora, devendo esta possuir Comissão de Processo: CON-TC1427003/59
Parecer: COG-459/95 tribuir para a obtenção de proposta mais van- Licitação para a aquisição dos bens e serviços Parecer: COG-508/95
Origem: Centrais Elétricas de Santa tajosa para a Administração, através da coorde- pelo Fundo pretendidos. Origem: Polícia Militar do Estado de

Catarina S.A. nação da edição de editais de licitação simultâ- Santa Catarina


Relator: Conselheiro Octacílio Pedro neos, pelos municípios associados, bem como Processo: CON-TC1347309/57 Relator: Conselheiro Dib Cherem
Ramos sua divulgação junto às fornecedoras ou pres-
Parecer: COG-389/95 Data da Sessão: 23/10/1995
Data da Sessão: 20/09/1995 Origem: Associação dos Municípios do
tadoras de serviço.
Médio Vale do Itajaí

94 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 95


0335 1. Compete ao Município, de acordo percebendo cumulativamente a remuneração do corra nas vedações contidas no artigo 37 da CF, Relator: Auditora Thereza Apparecida
Costa Marques
com a autonomia que lhe é assegurada constitu- mandato e os vencimentos do cargo, desde que pagar remuneração complementar a professores
Data da Sessão: 18/12/1995
cionalmente, mediante procedimento licitatório, haja compatibilidade de horários. pertencentes ao Quadro de Pessoal do Estado,
decidir sobre a contratação de empresa prestado- cedidos ao Município em decorrência de Con-
ra de serviço de assessoria na área tributária. Processo: CON-TC1440910/50 vênio de Municipalização do Ensino, a título de
2. No entanto, a despesa com o pagamento do Parecer: COG-536/95 compensação, frente às responsabilidades que 0345 Revogado
serviço prestado não poderá vincular-se à recei- Origem: Câmara Municipal de Araranguá lhes forem cometidas.
ta auferida com os impostos, em face à vedação Relator: Auditor Clóvis Mattos Balsini
constitucional contida no artigo 167, IV da CF. Data da Sessão: 20/11/1995 Processo: CON-TC1463707/56 0346 O Suplente de Vereador convocado
3. O contrato que vier a ser firmado deverá obe- Parecer: COG-535/95 para ocupar a vaga somente fará jus a qualquer
decer às normas editalícias do processo licitatório e Origem: Associação dos Municípios do remuneração após a sua posse, quando se inicia
conter o preço certo a ser empenhado em conformi- 0339 1. A hipótese de acúmulo de cargos Oeste de Santa Catarina o exercício do mandato.
dade com a Lei no 4.320/64 e Lei no 8.666/93. no Executivo e Legislativo Municipal encontra Relator: Auditor José Carlos Pacheco
óbice no artigo 37, inciso XVI da Magna Carta. Data da Sessão: 04/12/1995 Processo: CON-TC1511804/58
Processo: CON-TC1451405/56 Deve, portanto, o servidor, neste caso, optar por Parecer: COG-650/95
Parecer: COG-526/95 um ou outro vencimento, sendo exigível a devo- Origem: Câmara Municipal de Laguna
Origem: Prefeitura Municipal de Biguaçu lução das importâncias percebidas indevidamen- 0342 Revogado Relator: Conselheiro Antero Nercolini
Relator: Auditor José Carlos Pacheco te, mediante desconto em folha de pagamento, Data da Sessão: 14/02/1996
Data da Sessão: 30/10/1995 sob pena de responsabilidade do Chefe do Poder
Executivo. 0343 É juridicamente perfeita a expedi-
2. Admite-se que o servidor cedido com ônus ção de Decreto Regulamentador de concessão de 0349 Revogado
0336 Na hipótese de ser averiguado pre- para o órgão cedente (origem do servidor) per- adicionais de periculosidade e insalubridade aos
juízo para o Instituto de Previdência do Estado ceba gratificação pelo exercício de posto de con- servidores estatutários da administração direta
de Santa Catarina7, decorrente do recolhimento fiança (função gratificada) no órgão cessionário, do Município, previstos em lei. A regulamenta- 0351 As relações entre sócios e ex-sócios
de contribuições apenas parcialmente satisfeitas, desde que a legislação local disponha a esse res- ção da matéria por decreto está conforme o di- de uma sociedade qualquer estão delimitadas no
a responsabilidade recai sobre o gestor ou orde- peito, autorizando o procedimento. reito e a doutrina administrativa correntes. respectivo contrato social e na legislação aplicá-
nador da despesa do Instituto, quer seja por ação vel à espécie, configurando-se em ajuste diverso
quer seja por omissão, segundo as disposições Processo:
CON-TC1279502/56 Processo: CON-TC1493710/52 e independente daquele celebrado entre a socie-
dos artigos 70, parágrafo único e 71, inciso II, Parecer: COG-388/95 Parecer: COG-586/95 dade — pessoa jurídica e Órgão do Poder Públi-
da Constituição Federal; 58, parágrafo único e Origem: Prefeitura Municipal de Itapema Origem: Prefeitura Municipal de co, o qual se constitui de contrato administrativo
59, inciso II, da Carta Estadual e 73 da Resolu- Relator: Conselheiro Carlos Augusto Florianópolis regulado pelo Direito Público, não encontrando
ção no TC-06/89 (a Resolução no TC-06/89 foi Caminha Relator: Auditor Clóvis Mattos Balsini amparo legal o pagamento direto a ex-sócio por
substituída pela Resolução no TC-16/94) e ainda Data da Sessão: 20/11/1995 Data da Sessão: 11/12/1995 conta do referido contrato administrativo.
a doutrina e jurisprudência aplicáveis à matéria.
Processo: CON-TC1496505/57
Processo:
CON-TC1440708/56 0341 1. Pode a Administração Municipal 0344 Na hipótese de não acudirem inte- Parecer: COG-039/96
Parecer: COG-525/95 nomear servidor público estadual, cedido ao ressados à licitação anterior, e esta, justificada- Origem: Procuradoria Geral de Justiça

Origem: Instituto de Previdência do Município em decorrência de Convênio de Mu- mente não puder ser repetida sem prejuízo para a (Ministério Público)
Estado de Santa Catarina nicipalização do Ensino, para ocupar cargo de Administração, é admissível a contratação direta, Relator: Conselheiro Octacílio Pedro

Relator: Conselheiro Moacir Bertoli provimento em comissão de Secretário Munici- via dispensa de licitação, mantidas as condições Ramos
Data da Sessão: 30/10/1995 Data da Sessão: 25/03/1996
pal, devendo o nomeado optar pela remuneração estabelecidas no edital que lhe serviu de baliza,
de um ou outro cargo, considerando a vedação inclusive quanto ao prazo, nos termos do inciso
constitucional constante do artigo 37, incisos V do artigo 24, observada a prescrição do artigo
0337 É admissível o vereador exercer a ve- XVI e XVII da Magna Carta. 26, ambos da Lei Federal no 8.666/93. 0353 Revogado
reança e simultaneamente ser ocupante de cargo 2. Pode a Administração Municipal, mediante
comissionado no âmbito do Governo Estadual, lei autorizativa, e justificadamente, sem que in- Processo: CON-TC1494911/53

Parecer: COG-607/95 0354 O Município, por ausência de am-
Origem: Prefeitura Municipal de paro legal, não poderá instituir gratificação de-
7
LC no 412/08 — Artigo 10. O Instituto de Previdência do Estado de Santa Catarina — IPESC, instituído pela Lei no 3.138, de 11 de novembro de 1962, passa a
denominar-se Instituto de Previdência do Estado de Santa Catarina — IPREV. Cordilheira Alta nominada auxílio-moradia destinada a Juízes e

96 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 97


Promotores de Justiça que venham a residir na tração supri-las com candidatos habilitados nes- separado pelos órgãos competentes das Prefeitu- 0372 1. As dívidas inadimplidas pelo
sede da Comarca, por se tratar de verba remu- se certame, em obediência ao disposto no artigo ras dos Municípios que lhes deram origem. Po- Poder Público extinguem-se pela prescrição ou
neratória, cuja competência para decidir por sua 37 da CF. derá a Administração, tomando por base o valor pelo pagamento. A prescrição fundamenta-se no
criação é, respectivamente, do Poder Judiciário e arrecadado, fixar um percentual desse montante, Decreto Federal no 20.910 de 06/01/1932, que
do Ministério Público. Processo: CON-TC0129003/62 a título de receita — o suficiente para cobertura estabelece que as dívidas passivas da União,
Parecer: COG-116/96 das despesas relacionadas aos novos Municí- Estados e Municípios prescrevem em 5 (cinco)
Processo: CON-TC0058704/69 Origem: Prefeitura Municipal de Içara pios, na fase de transição, ou, quando não for anos contados da data do ato ou fato do qual se
Parecer: COG-043/96 Relator: Conselheiro Dib Cherem possível, determinar o quantum precisamente, originarem. O pagamento poderá ser efetuado se
Origem: Prefeitura Municipal de Mafra Data da Sessão: 13/05/1996 fixar, por estimativa, um percentual do total da a despesa tiver sido inscrita em Restos a Pagar,
Relator: Conselheiro Antero Nercolini receita arrecadada, proporcionalmente, à popula- os quais têm vigência por cinco exercícios, ou se
Data da Sessão: 15/04/1996 ção, território e extensão de rodovias existentes o compromisso for reconhecido pelo Adminis-
0359 As prestações de contas, em princí- na área desmembrada, levando-se em considera- trador, sendo pago à conta de dotação específica
pio, devem sujeitar-se às normas regulamentares ção, ainda, o ativo e o passivo do Município de consignada no orçamento.
0356 A Administração Municipal não po- vigentes. A hipótese de estabelecer critérios dife- origem, tudo sob o comando do artigo 32 da Lei 2. O pagamento de correção monetária, sen-
derá conceder bolsas de estudo a alunos do 1o renciados é admissível, contudo, condicionada à Complementar no 135/95. do usado como fundamento legal o artigo 117
grau, se existentes escolas públicas com oferta demonstração particularizada de que os procedi- da Constituição Estadual, compreende os mes-
de vagas suficientes para o atendimento da de- mentos exigidos superam as possibilidades ope- Processo: CON-TC0050106/64 mo critérios usados pela Administração Muni-
manda, em obediência ao disposto no artigo 213 rativas dos órgãos e entidades convenentes. Parecer: COG-159/96 cipal para a atualização das obrigações tributá-
da Carta Política da República. Origem: Prefeitura Municipal de Campos rias. Na hipótese de contrato entre as partes, os
Processo: CON-TC0003210/63 Novos índices são aqueles pactuados, e, mais recente-
Processo:
CON-TC0006903/63 Parecer: COG-167/96 Relator: Conselheiro Luiz Suzin Marini mente, aqueles que representam a variação de
Parecer: COG-081/96 Origem: Secretaria de Estado do Data da Sessão: 24/06/1996 preços dos insumos ou de custo dos materiais,
Origem: Prefeitura Municipal de Correia Desenvolvimento Social e da no período superior a um ano.
Pinto Família 3. O pagamento de juros somente poderá ser
Relator: Conselheiro Dib Cherem Relator:

Data da Sessão:
Auditor Clóvis Mattos Balsini
03/06/1996
0363 Revogado efetivado se estiver previamente previsto em lei,
Data da Sessão: 24/04/1996 ou no contrato celebrado entre as partes, ou de-
correr de decisão judicial, no percentual que for
0365 O Sistema de Registro de Preços, previsto nessas alternativas.
0357 Inexiste amparo legal para a Admi- 0361 Ao Professor de Ensino Superior implementado em sociedade de economia mista 4. A decisão de efetivar ou não o pagamen-
nistração Municipal utilizar-se de Cooperativa que perceba o adicional de dedicação exclusiva estadual, deverá ser regulado por meio de de- to da dívida, observada a legislação vigente, é
de Crédito para depósito e movimentação finan- é vedada a retribuição pecuniária pelo exercício creto a ser expedido pelo Senhor Governador do Administrador. Em considerando prescrita
ceira. Nos termos do artigo 164, § 3o da Magna de qualquer outra atividade pública ou privada, do Estado, consoante dispõe o artigo 15 § 3o c/c a obrigação (Decreto Federal no 20.910/32), a
Carta, as disponibilidades de caixa do Município conforme o preceituado na LC no 39/91, mais com o parágrafo único do artigo 119, ambos da baixa dos registros deve obedecer às normas da
e de seus Órgãos serão depositadas em bancos precisamente em seu artigo 14, § 1o. Lei Federal no 8.666/93. contabilidade pública.
oficiais, sendo admitido ao Poder Público Muni-
cipal, à falta desses no território do Município, Processo: CON-TC0116005/68 Processo: CON-TC0120102/62 Processo: CON-TC0156806/68
valer-se de estabelecimento bancário da rede Parecer: COG-131/96 Parecer: COG-194/96 Parecer: COG-287/96
privada. Origem: Fundação Universidade do Origem: Centrais Elétricas de Santa Origem: Câmara Municipal de Braço do

Estado de Santa Catarina — Catarina S.A. Norte


Processo: CON-TC0002705/63 UDESC Relator: Auditor José Carlos Pacheco Relator: Conselheiro Luiz Suzin Marini
Parecer: COG-077/96 Relator: Conselheiro Octacílio Pedro Data da Sessão: 15/07/1996 Data da Sessão: 07/10/1996
Origem: Prefeitura Municipal de Seara Ramos
Relator: Auditor José Carlos Pacheco Data da Sessão: 19/06/1996
Data da Sessão: 08/05/1996 0369 Revogado 0373 1. As dívidas inadimplidas pelo
Poder Público extinguem-se pela prescrição ou
0362 Em cumprimento ao artigo 25 da pelo pagamento. A prescrição fundamenta-se no
0358 Estando no prazo de validade o con- Lei Complementar Estadual no 135/95, a conta- 0370 Revogado Decreto Federal no 20.910 de 06/01/1932, que
curso realizado para preenchimento de cargos, e bilidade da receita e da despesa dos novos mu- estabelece que as dívidas passivas da União,
existindo vagas excedentes, deverá a Adminis- nicípios, enquanto não instalados, será feita em Estados e Municípios prescrevem em 5 (cinco)

98 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 99


anos contados da data do ato ou fato do qual se Origem: Fundação Universidade do
Estado de Santa Catarina —
sistemas de assistência à saúde e à previdência 0379 Reformado
originarem. O pagamento poderá ser efetuado se dos servidores municipais. O interstício para aquisição de estabilidade em
a despesa tiver sido inscrita em Restos a Pagar, UDESC cargo efetivo no serviço público por servidores
Relator: Auditora Thereza Apparecida
os quais têm vigência por cinco exercícios, ou se Processo: CON-TC0191209/64 nomeados em virtude de concurso público é de
o compromisso for reconhecido pelo Adminis- Costa Marques Parecer: COG-410/96 três anos de efetivo exercício, conforme os ter-
Data da Sessão: 09/10/1996
trador, sendo pago à conta de dotação específica Origem: Prefeitura Municipal de Nova mos do artigo 41 da Constituição Federal, com
consignada no orçamento. Veneza redação da Emenda Constitucional no 19/98.
2. O pagamento de correção monetária, sen- Relator: Auditor Evângelo Spyros

do usado como fundamento legal o artigo 117 0375 1. No intervalo de tempo que medeia Data da Sessão:
Diamantaras
21/10/1996
Reformado pelo Tribunal Pleno em sessão
da Constituição Estadual, compreende os mes- a aprovação da emancipação de Distrito e a ins- de 02/12/2002, através da Decisão no 3.089/02.
mo critérios usados pela Administração Muni- talação do novo Município, as despesas afetas à Redação Inicial: “O interstício para aquisição de
cipal para a atualização das obrigações tributá- área emancipada devem ser suportadas pelo Mu- estabilidade no serviço público é de dois anos de
rias. Na hipótese de contrato entre as partes, os nicípio de origem, de acordo com a Lei Comple- 0377 Os limites à utilização de veículos efetivo exercício, conforme os termos do artigo
índices são aqueles pactuados, e, mais recente- mentar no 135/958. oficiais do Poder Público são estabelecidos pela 41 da Constituição Federal.”
mente, aqueles que representam a variação de 2. A contabilidade da receita e da despesa, o própria natureza do bem — qualificado como
preços dos insumos ou de custo dos materiais, patrimônio, a distribuição dos servidores muni- bem de uso especial ou do patrimônio adminis- Processo: CON-TC0199201/65
no período superior a um ano. cipais e atos correlatos deverão ser objeto de re- trativo, sendo recomendável que a legislação Parecer: COG-399/96
3. O pagamento de juros somente poderá ser gistro em separado, contemplando o Município local estabeleça os limites de uso. Nesta condi- Origem: Câmara Municipal de Guabiruba
efetivado se estiver previamente previsto em lei, de origem e o Distrito Emancipado, até a data de ção, destinam-se especialmente à execução dos Data da Sessão: 30/10/1996
ou no contrato celebrado entre as partes, ou de- instalação deste, cujos procedimentos devem ob- serviços públicos, quer sejam veículos próprios,
correr de decisão judicial, no percentual que for servar, em especial, os artigos 8o, parágrafo único, quer sejam de propriedade de terceiros. O uso
previsto nessas alternativas. 25 e 26 da Lei Complementar Estadual no 135, de indevido configura a prática de ato de improbi- 0380 Eleito Prefeito, deverá o servidor
4. A decisão de efetivar ou não o pagamen- 11 de janeiro de 1995 (Prejulgado aplicável até a dade administrativa, sujeitando-se o seu autor afastar-se do cargo, emprego ou função pública,
to da dívida, observada a legislação vigente, é edição da Emenda Constitucional no 15/96). às cominações estabelecidas no artigo 12 da Lei assistindo-lhe o direito de optar pela sua remu-
do Administrador. Em considerando prescrita Federal no 8.429/92. neração — artigo 38, inciso II da CF.
a obrigação (Decreto Federal no 20.910/32), a Processo: CON-TC0181904/60
baixa dos registros deve obedecer às normas da Parecer: COG-340/96 Processo: CON-TC0199201/65 Processo:
CON-TC0199201/65
contabilidade pública. Origem: Prefeitura Municipal de Joaçaba
Parecer: COG-399/96 Parecer: COG-399/96
Relator: Conselheiro Antero Nercolini Origem: Câmara Municipal de Guabiruba Origem: Câmara Municipal de Guabiruba
Processo: CON-TC0156806/68 Data da Sessão: 14/10/1996 Relator: Auditor Evângelo Spyros Relator: Auditor Evângelo Spyros

Parecer: COG-287/96 Diamantaras Diamantaras


Origem: Câmara Municipal de Braço do Data da Sessão: 30/10/1996 Data da Sessão: 30/10/1996
Norte 0376 1. Ao Município é facultado subsi-
Relator: Conselheiro Luiz Suzin Marini diar o custeio de sistema de assistência à saúde
Data da Sessão: 07/10/1996 de seus servidores, incluindo os seus dependen- 0378 O limite de prestação de horas extras 0381 Reformado
tes, mediante lei autorizativa, conforme preco- indenizáveis deve estar previsto em norma legal Ao estrangeiro é permitido o acesso a cargo,
niza o caput do artigo 142 da Lei Orgânica do ou regulamentar, cabendo ao consulente consul- emprego ou função pública na forma regulada em
0374 Os serviços prestados por firmas Município de Nova Veneza, devendo atentar tar a legislação local a respeito, considerando o lei, nos termos do artigo 37, inciso I, da Consti-
franqueadas pela Empresa Brasileira de Correios para os limites estabelecidos pela Lei Comple- regime jurídico adotado — estatutário. tuição Federal, com redação da Emenda Constitu-
e Telégrafos deverão ser contratados mediante mentar Federal no 82/95, referentes a despesa cional no 19/98, bem como pode ser admitido por
prévio processo de licitação pública que propi- com pessoal. Processo: CON-TC0199201/65 universidades brasileiras e instituições de pesqui-
cie igual oportunidade a todos quantos tenham 2. Criado um ente público de previdência, a
Parecer: COG-399/96 sas científicas e tecnológicas, neste caso, exclu-
interesse em contratar com o Poder Público. competência da sua administração deverá estar Origem: Câmara Municipal de Guabiruba sivamente, professores, técnicos e cientistas, nos
disciplinada na própria lei de criação. Relator: Auditor Evângelo Spyros termos da Emenda Constitucional no 11/96.
Processo: CON-TC0216711/63 3. Compete ao Prefeito Municipal a decisão Diamantaras
Parecer: COG-404/96 acerca de procedimentos para a implantação de Data da Sessão: 30/10/1996 Reformado pelo Tribunal Pleno em sessão
de 02/12/2002, através da Decisão no 3.089/02.
Redação Inicial: “É vedado ao estrangeiro exer-
8
A LC no 135/95 foi alterada parcialmente pelas leis: LC no 139/95; LC no 207/01; LCP no 235/02; LC no 250/03. cer cargo comissionado ou função de confiança,

100 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 101


assim como, prestar concurso público — artigo Processo: CON-TC0199201/65 petição, considerando que se trata de hipótese Relator: Auditor Altair Debona Castelan
37, inciso I da CF. Ao estrangeiro é permitido o
Parecer: COG-399/96 expressamente prevista no artigo 25, caput, da Data da Sessão: 03/03/1997
Origem: Câmara Municipal de Guabiruba
acesso a emprego temporário — contratação a Lei Federal no 8.666/93, sendo exigível, nesses
Relator: Auditor Evângelo Spyros
ser firmada com fulcro no artigo 37, inciso IX — casos, a demonstração de que os demais pressu-
bem como, pode ser admitido por universidades
Data da Sessão:
Diamantaras
30/10/1996
postos e formalidades dessa Lei foram integral- 0392 É irregular o aproveitamento do
brasileiras e instituições de pesquisas científicas mente atendidos. tempo de serviço derivado da aplicação da Lei
e tecnológicas, neste caso, exclusivamente, pro- Estadual no 5.533/79 (“Lei Mineira”), bem como
fessores, técnicos e cientistas — EC no 11/96.” Processo: CON-TC0264303/69 daquele que decorre do cômputo em dobro de
0385 O acordo firmado entre entidades Parecer: COG-526/96 férias e licença-prêmio não gozadas para a con-
Processo: CON-TC0199201/65 públicas para a realização de objetivos de in- Origem: Prefeitura Municipal de Joinville cessão de adicional por tempo de serviço.
Parecer: COG-399/96 teresse comum das partes envolvidas pode ser Relator: Conselheiro Dib Cherem
Origem: Câmara Municipal de Guabiruba ampliado, por entendimento comum dos partíci- Data da Sessão: 16/12/1996 Processo: CON-TC0080604/75
Relator: Auditor Evângelo Spyros pes, observadas as prescrições da Lei Federal no Parecer: COG-026/97
Diamantaras 8.666/93, da Lei Federal no 4.320/64 e da legis- Origem: Polícia Militar do Estado de
Data da Sessão: 30/10/1996 lação local pertinente. 0390 Os bens objetos de contratos de Santa Catarina
arrendamento mercantil, que forem retomados Relator: Conselheiro Octacílio Pedro

Processo: CON-TC0197506/64 pela arrendadora, empresa estatal, sob a forma Ramos


0382 Licenciado do cargo, emprego ou Parecer: COG-409/96 de sociedade de economia mista, podem ser Data da Sessão: 10/03/1997
função, o servidor não age mais em nome da Origem: Tribunal de Justiça do Estado de alienados sem a realização de licitação, que está
Administração, mas em interesse próprio. Nesta Santa Catarina dispensada, atentando-se para a necessária ava-
condição, não deve acessar aos bens de uso es- Relator: Conselheiro Dib Cherem liação prévia, nos termos do artigo 17, inciso II, 0396 A documentação exigida pelas Se-
pecial ou do patrimônio administrativo. Data da Sessão: 30/10/1996 letra “e”, de Lei Federal no 8.666/93. cretarias de Estado aos Municípios deve obede-
cer ao disposto no artigo 30 da Lei no 10.191, de
Processo: CON-TC0199201/65 Processo: CON-TC0266301/61 24/07/1996, para o corrente exercício, e também,

Parecer: COG-399/96 0387 É legal o pagamento de taxa ou tarifa Parecer: COG-593/96 no artigo 116, § 1o, da Lei Federal no 8.666/93, à
Origem: Câmara Municipal de Guabiruba pelo Poder Público em contraprestação à utiliza- Origem: Besc Arrendamento Mercantil qual se submetem, igualmente, as organizações
Relator: Auditor Evângelo Spyros ção de serviço contratado com órgão ou entidade — Leasing não-governamentais.
Diamantaras integrante da Administração Pública. No contrato Relator: Conselheiro Salomão Ribas

Data da Sessão: 30/10/1996 celebrado com órgão ou entidade integrante da Junior Processo: CON-TC0065204/77
Data da Sessão: 17/02/1997 COG-067/97
Administração Pública é dispensável a licitação, Parecer:

desde que satisfeitos os critérios estabelecidos no Origem: Secretaria de Estado da Justiça e

0383 A circulação de servidor licenciado inciso VIII do artigo 24 e atendidas as formalida- Cidadania
de seu cargo, emprego ou função, em prédios des do artigo 26 da Lei Federal no 8.666/93. 0391 A opção pela remuneração do cargo, Relator: Conselheiro Octacílio Pedro

públicos, sujeita-se às restrições impostas ao emprego, ou função, ou a do cargo eletivo tem Ramos
CON-TC0224703/66 Data da Sessão: 17/03/1997
acesso dos demais cidadãos que não integram os Processo: amparo no artigo 38, II, da Carta Magna Federal,
quadros da Administração. Parecer: COG-456/96 cabendo o encargo, na primeira hipótese, de op-
Origem: Prefeitura Municipal de ção pela remuneração do cargo, emprego ou fun-
Processo: CON-TC0199201/65 Saudades ção, ao respectivo empregador; e, na segunda, 0401 A concessão de aposentadoria por
Parecer: COG-399/96 Relator: Conselheiro Dib Cherem de opção pela remuneração do cargo eletivo, ao invalidez aos servidores públicos é direito asse-
Origem: Câmara Municipal de Guabiruba Data da Sessão: 13/11/1996 respectivo Poder público em que o cargo eletivo gurado pela Carta Constitucional de 1988, arti-
Relator: Auditor Evângelo Spyros é exercido (Observar a Emenda Constitucional go 40, inciso I, atendidos os pressupostos fixa-
Diamantaras no 19/98. A nova redação do caput do artigo 38 dos em lei, na hipótese, a legislação do Muni-
Data da Sessão: 30/10/1996 0389 1. A contratação de serviços de saú- da CF é restrita à administração direta, autárqui- cípio que rege suas relações com os servidores
de através de entidades privadas, sob os auspí- ca e fundacional). públicos. Uma vez aperfeiçoadas as condições
cios do Sistema Único de Saúde — SUS, em do ato aposentatório, inexiste amparo legal para
0384 Constituindo-se os formulários e re- regra, deve ser precedida de licitação. Processo: CON-TC0082108/71 obrigar o retorno do servidor à atividade, mes-
ceituários em papéis de trabalho do serviço pú- 2. Nada obsta que a Administração Pública
Parecer: COG-010/97 mo que seja para cumprir pena disciplinar de
blico, a sua utilização só é possível em razão da promova procedimento administrativo de inexi- Origem: Companhia de Desenvolvimento suspensão decidida em processo administrativo
efetiva prestação de serviço público. gibilidade de licitação, por inviabilidade de com- do Estado de Santa Catarina disciplinar.

102 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 103


Processo: CON-TC0293902/62 convênio de cessão de máquinas e implementos Relator: Conselheiro Dib Cherem ministração municipal, mas somente os efetivos
Parecer: COG-523/96 agrícolas, observado o interesse público e ainda o Data da Sessão: 05/05/1997 e para órgãos públicos municipais, estaduais e
Origem: Câmara Municipal de
disposto no artigo 88 da Lei Orgânica Municipal. federais, desde que fundamentada na finalidade
Florianópolis 2. Em sua competência para legislar acerca da Administração. É necessário lei autorizativa,
Relator:

Data da Sessão:
Auditor Clóvis Mattos Balsini
26/03/1997
de assuntos de interesse local, cabe ao município 0416 A transferência de bens públicos ainda que contemple as cessões de modo abran-
decidir sobre a concessão de auxílios a entidades pelo Poder Executivo ao Poder Legislativo im- gente, não podendo a cessão efetivar-se median-
associativas para a realização de eventos sociais plica tão somente na faculdade de administra- te portaria ou decreto do prefeito.
e comunitários, observada a existência de recur- ção, ou seja, utilização, guarda, conservação e
0404 Revogado sos financeiros e orçamentários na forma da Lei aprimoramento, vez que referidos bens são de Reformado pelo Tribunal Pleno em sessão
no 4.320/64. propriedade do Município e não de seus Órgãos de 02/12/2002, através da Decisão no 3.089/02.
e Poderes. Redação Inicial: “É possível a cessão de funcio-
0406 1. Para efeitos de aposentadoria, é Processo: CON-TC0092906/75 nários da administração municipal, mas somente
assegurada a contagem recíproca do tempo de Parecer: COG-168/97 Processo: CON-TC0112201/75 os efetivos, para entidades assistenciais e órgãos
contribuição na administração pública e na ativi- Origem: Prefeitura Municipal de Campo Parecer: COG-188/97 públicos estaduais e federais, desde que funda-
dade privada, rural e urbana, conforme o dispos- Erê Origem: Câmara Municipal de Xanxerê mentada na finalidade da Administração. É ne-
to no artigo 202, § 2o, da Constituição Federal. Relator: Conselheiro Luiz Suzin Marini Relator: Auditor José Carlos Pacheco cessário lei autorizativa, não podendo a cessão
2. A exigência de 20 (vinte) anos de serviço Data da Sessão: 30/04/1997 Data da Sessão: 07/05/1997 efetivar-se mediante portaria ou decreto do pre-
municipal para a contagem do tempo de serviço feito. A Lei Municipal no 687, de 18 de agosto
privado prevista no artigo 128 da Lei Comple- de 1993, atende ao princípio da legalidade. Não
mentar no 002/90 do Município de Cunha Porã, 0413 A remuneração a ser percebida pelo 0419 1. A aquisição de pneus feita median- é preciso uma lei para cada espécie de cessão,
é incompatível com o artigo 202, § 2o, da Cons- servidor municipal quando entra em férias é a te procedimento licitatório deve, no julgamento desde que a lei esteja tecnicamente elaborada
tituição em vigor. do cargo que ocupa naquele momento, em aten- das propostas, nortear-se pelo menor preço, pos- de modo que contemple as cessões de caráter
dimento ao disposto no artigo 23, § 2o, IX, da to que os tipos de licitação contidos no artigo abrangente.”
Processo: CON-TC0070906/71 Lei Orgânica Municipal, artigo 101, § 4o e 102, 46 da Lei Federal no 8.666/93 não se aplicam à
Parecer: COG-143/97 do Estatuto dos Servidores Públicos Municipais compra do referido bem, por não ser albergada Processo: CON-TC0180704/77
Origem: Prefeitura Municipal de Cunha de Jaborá. pelo seu § 3o. Parecer: COG-249/97
Porã 2. É recomendável que o edital contemple o Origem: Prefeitura Municipal de Caçador
Relator: Conselheiro Luiz Suzin Marini Processo: CON-TC0135604/74 oferecimento de garantia, podendo, ainda, prever Relator: Conselheiro Octacílio Pedro

Data da Sessão: 09/04/1997


Parecer: COG-201/97 que o fornecimento dos materiais possa ser efe- Ramos
Origem: Prefeitura Municipal de Jaborá tuado de forma parcelada. Data da Sessão: 26/05/1997
Relator: Conselheiro Octacílio Pedro

0408 Os servidores do Poder Legislati- Ramos Processo:


CON-TC0162004/78
vo de Ipira, detentores de cargo de provimento Data da Sessão: 05/05/1997 Parecer: COG-234/97 0425 1. Serviços de assistência médico-
em comissão, farão jus aos direitos e vantagens Origem: Prefeitura Municipal de Xanxerê hospitalar podem ser enquadrados como de na-
aplicáveis aos detentores de cargos efetivos, Relator: Conselheiro Octacílio Pedro tureza contínua para os fins do artigo 57 da Lei
consoante dispõe o Estatuto dos Servidores do 0414 A Prefeitura Municipal de Urussanga Ramos no 8.666/93.
Município, exceto as que requeiram estabilidade poderá celebrar contrato de prestação de servi- Data da Sessão: 21/05/1997 2. Os contratos de prestação de serviços de
para sua fruição. ços na área da saúde com a iniciativa privada, natureza contínua admitem prorrogações nos ter-
de forma complementar, vedada a contratação mos da Medida Provisória no 1.531-49, de 26 de
Processo: CON-TC0181501/79 dos serviços na sua integralidade, obedecidas 0420 Revogado março de 1997, que altera a Lei no 8.666/93, des-
Parecer: COG-163/97 às normas estabelecidas pelos artigos 197 e 199 de que expressamente previsto no instrumento
Origem: Câmara Municipal de Ipira da Constituição Federal, e ainda, os ditames convocatório da licitação e no contrato.
Relator: Conselheiro Dib Cherem da Lei Federal no 8.080/90 e da Lei Federal no 0422 Revogado
Data da Sessão: 28/04/1997 8.666/93. Processo: CON-TC0029802/74

Parecer: COG-214/97
Processo: CON-TC0154001/75 0423 Reformado Origem: Superintendência do Porto de

0411 1. É facultado ao Município de Cam-


Parecer: COG-206/97 É possível a cessão de funcionários da ad- Itajaí
po Erê, segundo o seu peculiar interesse e dentro Origem: Prefeitura Municipal de

da livre administração de seu patrimônio, firmar Urussanga 9


A MP no 1.531/97 foi convertida na Lei no 9.648/98, que dentre outras matérias, altera a Lei de Licitações e Contratos Administrativos — Lei no 8.666/93.

104 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 105


Relator: Conselheiro Carlos Augusto Processo: CON-TC0171208/71 Relator: Conselheiro Octacílio Pedro Relator: Conselheiro Antero Nercolini
Caminha Parecer: COG-254/97 Ramos Data da Sessão: 07/07/1997
Data da Sessão: 02/06/1997 Origem: Prefeitura Municipal de Braço Data da Sessão: 16/06/1997
do Norte
Relator: Auditor Altair Debona Castelan 0447 1. A Administração Pública, nela
0426 As contribuições previdenciárias re- Data da Sessão: 09/06/1997 0443 Revogado compreendidas as sociedades de economia mis-
colhidas com atraso devem sofrer o acréscimo ta, está impedida de receber em empregados de
de juros e multa, conforme determina a legisla- empresa privada em regime de cedência, com
ção. O IPESC não pode reduzir ou dispensar a 0436 1. As despesas na área de assistência 0445 1. Para que o Município possa realizar posterior reembolso de remuneração, haja vista
cobrança destes valores. social efetuadas pelo Poder Executivo de Gua- operação de crédito é indispensável o cumprimento que a cessão de servidor é admitida somente nas
ramirim devem dar-se com obediência ao Plano dos requisitos citados no artigo 13, incisos I a IX, esferas de âmbito público, sem a participação de
Processo: CON-TC0010103/70 Municipal de Assistência Social, elaborado pelo da Resolução no 69/95 do Senado Federal, além do entidades privadas.
Parecer: COG-260/97 Conselho Municipal de Assistência Social, o que dever de observância à Lei no 4.595/64, que insti- 2. A Administração Pública Estadual, segundo
Origem: Instituto de Previdência do dispensa a consulta para a sua efetivação. tuiu o sistema financeiro nacional, e às prescrições o estabelecido no artigo 104 da Lei no 8.245/91
Estado de Santa Catarina — 2. A prestação de contas do Município de dos artigos 52, inciso VII; 163, 165 e 192 da Cons- com a redação das Leis nos 8.488/91 e 10.113/96,
IPESC Guaramirim contemplará os dispêndios públicos tituição Federal, e artigos 9o, inciso IV e 99, § 3o, poderá utilizar-se do instituto da cessão de servi-
Relator: Conselheiro Antero Nercolini afetos à assistência social, sejam eles submetidos incisos II e III da Lei Orgânica Municipal. dores públicos nos casos ali especificados.
Data da Sessão: 02/06/1997 ou não à consulta do Conselho Municipal de As- 2. É possível a vinculação de parcelas do Fun- 3. O ato de cessão de servidor público deve
sistência Social, e assim estarão sujeitos ao con- do de Participação dos Municípios (FPM) nas contemplar o modo pelo qual se efetivarão os res-
trole e fiscalização da Câmara de Vereadores. ressalvas contidas no inciso IV, do artigo 167 da sarcimentos de remuneração, observado o que dis-
0429 A Administração Pública do Municí- Constituição Federal (Observar a Lei Comple- põem os artigos 3o e 4o do Decreto no 2.920/92.
pio de Braço do Norte pode terceirizar a contra- Processo: CON-TC0145403/75 mentar no 101/00 e Resoluções no 40/01 e 43/01
tação de mão-de-obra, inclusive por intermédio Parecer: COG-222/97 do Senado Federal). Processo: CON-TC0274304/64
de cooperativas, desde que os serviços prestados Origem: Câmara Municipal de Parecer: COG-172/97
não constituam atividade-fim da Administração, Guaramirim Processo: CON-TC0168503/72 Origem: Companhia de Gás de Santa

não façam parte do quadro funcional, e sempre Relator: Conselheiro Antero Nercolini Parecer: COG-278/97 Catarina — SCGAS
mediante realização de processo licitatório, em Data da Sessão: 16/06/1997 Origem: Prefeitura Municipal de Relator: Conselheiro Antero Nercolini
atendimento aos artigos 2o e 6o, II, da Lei Fede- Concórdia Data da Sessão: 07/07/1997
ral no 8.666/93 e artigo 37, XXI, da CF. Relator: Conselheiro Antero Nercolini
0439 Revogado Data da Sessão: 07/07/1997
Processo: CON-TC0142406/76 0448 Revogado
Parecer: COG-215/97
Origem: Prefeitura Municipal de Braço 0440 1. A inexigibilidade de licitação só 0446 1. É admissível a previsão de pa-
do Norte poderá originar compra da Administração Públi- gamento de juros, desde que os índices fixados 0450 1. Diante do Regulamento do Im-
Relator: Conselheiro Luiz Suzin Marini ca, em se tratando de exclusividade e, em função estejam de acordo com taxas oficiais, e a sua posto de Renda aprovado pelo Decreto no
Data da Sessão: 02/06/1997 de processo de padronização, caso reste clara- aplicação seja pro rata die conforme artigo 40, 1.041/9410, a Câmara de Vereadores deve possuir
mente comprovado, nos termos da legislação vi- XIV, “d”, da Lei no 8.666/93. inscrição no Cadastro Geral de Contribuintes.
gente, que existe somente uma firma que poderá 2. Não é recomendável a previsão de paga- 2. A formalização do patrimônio dos bens
0433 O Poder Executivo Municipal pode- fornecer o bem desejado. mento de multa, por contrariar o interesse públi- municipais submetidos à administração da Câ-
rá autorizar despesa para realização de concurso 2. O atestado fornecido deverá assegurar de co, uma vez que não há previsão legal expressa mara Municipal deve ser processada pelo Exe-
público para admissão de servidores públicos forma clara e inequívoca que somente referida e por caracterizar o oferecimento de um ganho cutivo, na qualidade de representante do Municí-
municipais, desde que a mesma esteja prevista empresa poderá fornecer à Administração. Para real para o contratado. pio, proprietário dos bens da municipalidade.
na Lei de Orçamento Municipal anual, em aten- tanto, deverá se embasar em pesquisa de merca-
dimento ao disposto nos artigos 22, I, 60, III e do e não em declaração do próprio interessado. Processo: CON-TC1453504/56 Processo: CON-TC0173206/74
XIII, da Lei Orgânica do Município de Braço do
Parecer: COG-261/97
Parecer: COG-358/74
Norte, artigo 22, II, da Lei Federal no 4.320/64 Processo: CON-TC0185104/75 Origem: Companhia Catarinense de Origem: Câmara Municipal de

e artigo 165, I, II e III, e artigo 169, parágrafo


Parecer: COG-219/97 Águas e Saneamento Curitibanos
único, incisos I e II, da CF, e de acordo com o Origem: Procuradoria Geral de Justiça

prejulgado no 128 desta Corte de Contas. (Ministério Público) 10


Revogado pelo Decreto no 3.000, de 26 de março de 1999.

106 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 107


Relator: Conselheiro Luiz Suzin Marini bens, por parte do Poder Público, visto que o do imposto incidente na fonte sobre rendimen- Origem: Prefeitura Municipal de
Data da Sessão: 16/07/1997 critério orientador para a Administração, nessa tos pagos a qualquer título, vez que pertence ao Belmonte
Relator: Auditor Evângelo Spyros
modalidade, é a obtenção de maior lance ou Município, consoante dispõe o artigo 158, I, da
oferta; enquanto que o tipo básico de licita- Constituição Federal. Diamantaras
0452 Revogado ção a ser empregado pela Administração, para Data da Sessão: 25/08/1997
a aquisição de bens, obras ou serviços é o de Processo: CON-TC0136805/75
menor preço. Parecer: COG-405/97
0453 O Prefeito Municipal, frente à au- Origem: Câmara Municipal de 0470 Ao Vereador afastado em processo
tonomia administrativa e financeira da Câmara Processo: CON-TC0011708/70 Florianópolis regular por decisão da Câmara de Vereadores
de Vereadores, não pode recusar a inclusão, na Parecer: COG-364/97 Relator: Conselheiro Salomão Ribas ou judicial, fica interrompido o pagamento da
folha de pagamento de pessoal do Poder Le- Origem: Associação dos Municípios do Junior remuneração a que faria jus se estivesse em efe-
Entre Rios Data da Sessão: 04/08/1997
gislativo, de servidor legalmente nomeado pelo tivo exercício de suas funções, vez que cessada a
Presidente da Câmara. Relator: Auditor Clóvis Mattos Balsini causa legal justificadora da remuneração.
Data da Sessão: 23/07/1997
Processo: CON-TC0016310/73 0468 O exercício de mandato eletivo de Processo: CON-TC0137007/73
Parecer: COG-335/97 Prefeito por servidor público municipal efetivo Parecer: COG-378/97
Origem: Câmara Municipal de Guatambu 0458 A Lei Municipal n 3.131/96 que
o
suspende temporariamente as vantagens do car- Origem: Câmara Municipal de Fraiburgo
Relator: Conselheiro Dib Cherem autoriza a partilha de bens móveis entre o Mu- go que ocupa como servidor, referentes a licen- Relator: Conselheiro Salomão Ribas

Data da Sessão: 21/07/1997 nicípio de Curitibanos, e o Município de Frei ças, férias e outras similares, interrompendo a Junior
Rogério criado por desmembramento, afasta-se prescrição desses direitos. Férias anteriores não Data da Sessão: 25/08/1997
dos comandos da Lei Complementar Estadual usufruídas na condição de servidor poderão ser
0454 Deve o Prefeito Municipal dar aces- no 135/95, à qual deve observância, não con- gozadas após o término do mandato eletivo.
so a informações e documentos afetos à contabi- ferindo assim, amparo legal à transferência de 0471 1. O Município deve aplicar anual-
lidade da Câmara Municipal, bem como efetuar bens nela fulcrada. Processo: CON-TC0032305/79 mente vinte e cinco por cento, no mínimo, da
o repasse das dotações orçamentárias destinadas Parecer: COG-470/97 receita resultante de impostos, compreendida a
à Câmara até o dia vinte de cada mês, conforme Processo: CON-TC0248309/71 Origem: Prefeitura Municipal de proveniente de transferências constitucionais, na
preceituado no artigo 96 da LOM. Parecer: COG-344/97 Xavantina manutenção e desenvolvimento do ensino públi-
Ao negar o repasse do suprimento (duodéci- Origem: Prefeitura Municipal de Relator: Conselheiro Dib Cherem co (artigo 69, caput, da Lei Federal no 9.394/96),
mo) para a Câmara Municipal, o acesso a in- Curitibanos Data da Sessão: 20/08/1997 sendo de sua competência oferecer educação in-
formações e documentos contábeis a ela afetos, Relator: Auditor Evângelo Spyros fantil em creches e pré-escolas e, com priorida-
e a inclusão na folha de pagamento de pessoal Diamantaras de, o ensino fundamental11 (artigo 11, V, da Lei
do Poder Legislativo de servidor legalmente no- Data da Sessão: 30/07/1997 0469 A aquisição de passagens rodoviá- Federal no 9.394/96).
meado, o Chefe do Poder Executivo Municipal rias para atender necessidades da Administração 2. Bimestralmente devem ser apuradas as re-
abusa de seu poder, ficando sujeito a Mandado Pública deverá ser precedida de licitação. Exis- ceitas e despesas com a manutenção e desenvol-
de Segurança. 0461 1. Os rendimentos decorrentes de tindo, comprovadamente, apenas uma empresa vimento do ensino, e publicadas no relatório re-
aplicações financeiras efetuadas pelas Câma- de transporte coletivo rodoviário de passageiros sumido de que trata o artigo 72 da Lei Federal
Processo: CON-TC0016310/73 ras Municipais pertencem às mesmas, sem que atenda ao Município, a compra dos bilhetes no 9.394/96, c/c o artigo 165, § 3o, da Constitui-
Parecer: COG-335/97 prejuízo ou abatimento de parcelas duodeci- de passagem poderá ser feita com fundamento ção Federal.
Origem: Câmara Municipal de Guatambu mais futuras. em inexigibilidade de licitação, por inviabilida- 3. Trimestralmente devem ser apuradas e corri-
Relator: Conselheiro Dib Cherem 2. Desde que compatível com as metas esta- de do competitório, por força do artigo 25 da Lei gidas as diferenças entre a receita e a despesa pre-
Data da Sessão: 21/07/1997 belecidas no processo de planejamento orçamen- Federal no 8.666/93, atentando para o artigo 26 vistas e efetivamente realizadas, que resultem no
tário que compreende o plano plurianual, a lei e demais dispositivos dessa Lei, que devem ser não atendimento do percentual mínimo obrigató-
de diretrizes orçamentárias e a lei do orçamento observados. rio (artigo 69, § 5o, da Lei Federal no 9.394/96).
0455 A licitação, na modalidade leilão, anual, poderá a Câmara, ante a existência de re- 4. A instituição do Fundo de Manutenção e
consoante dispõe o § 5o do artigo 22 da Lei cursos orçamentários, contratar, mediante prévio Processo: CON-TC0031407/70 Desenvolvimento do Ensino Fundamental e Va-
8.666/93, promovido por órgãos públicos, processo licitatório, a construção de prédio para Parecer: COG-426/97 lorização do Magistério a partir de 01/01/1998,
quer da esfera federal, estadual ou municipal, instalação de sua sede.
ou, ainda, por instituições financeiras oficiais 3. Cabe à Câmara Municipal recolher aos co- 11
A EC no 53/06 criou o FUNDEB, destinando parte dos recursos a que se refere o caput do artigo 212 da Constituição Federal à manutenção e desenvolvimento
ou privadas, não se presta para a aquisição de fres do Executivo local o produto da arrecadação da educação básica e à remuneração condigna dos trabalhadores da educação.

108 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 109


nos termos do artigo 1o da Lei Federal no 9.494 ção de serviços de capatazia, bem como para reali- Origem: Câmara Municipal de Irani concordância, caso esteja lotado na área desmem-
de 24/12/1996, restringe-se ao âmbito dos Estados zação de serviços de manutenção de equipamentos Relator: Conselheiro Octacílio Pedro brada e nominado na relação prevista no inciso
e do Distrito Federal, não se fazendo necessária a utilizados nas operações portuárias, o qual pode ser Ramos V do artigo 8o da Lei Complementar no 135/95,
Data da Sessão: 01/09/1997
edição de lei municipal para instituição do Fundo. efetivado a título gratuito ou oneroso. conforme o comando do artigo 30, § 1o da mesma
5. O Fundo de Manutenção e Desenvolvimen- norma legal. Para aqueles servidores não relacio-
to do Ensino Fundamental e Valorização do Ma- Processo: CON-TC0163407/73 nados nos termos do artigo 8o, inciso V, a LC no
gistério é de natureza contábil, conforme estabe- Parecer: COG-417/97 0478 1. O Relatório de Controle Interno 135/95 em seu artigo 30, § 2o, exige a formulação
lece a Constituição Federal, no artigo 60, § 1o, do Origem: Administração do Porto de São exigido pelo § 5o do artigo 5o da Resolução no de requerimento no prazo de três meses após a
Ato das Disposições Transitórias, com a redação Francisco do Sul TC/SC 15/96, constitui encargo do responsável instalação do novo Município, o que requer o seu
dada pela Emenda Constitucional no 14/96. Relator: Auditora Thereza Marques pelo setor de controle interno da Unidade Ges- manifesto interesse do servidor na transferência.
Data da Sessão: 25/08/1997 tora, e na sua falta, do Contabilista, sendo que 2. É vedada a transferência de servidor inati-
Processo: CON-TC0030610/78 neste caso, versará sobre atos sujeitos a exame e vo do Município de origem para novo Município
Parecer: COG-422/97 registro pela contabilidade do órgão ou entidade. criado por desmembramento, em face da ausên-
Origem: Prefeitura Municipal de Barra 0476 1. A contratação de jurista de notório A responsabilidade do Contador limitar-se-á à cia de previsão expressa na Lei Complementar
Bonita saber e reconhecida competência por órgãos e matéria inerente à sua formação e competência. no 135/95.
Relator: Auditora Thereza Marques entidades da administração pública, por inexigi- 2. O Relatório deverá retratar o acompanha-
Data da Sessão: 25/08/1997 bilidade de licitação, é admitida desde que sejam mento da execução dos atos de arrecadação, guar- Processo: CON-TC0164507/77
observados os princípios constitucionais que re- da e aplicação de bens, direitos e valores públicos, Parecer: COG-452/97
gem a Administração Pública e as disposições da na Unidade, e servir para comunicar falhas ou ir- Origem: Prefeitura Municipal de Joaçaba
0472 É vedado ao Poder Público repassar Lei Federal no 8.666 de 21/06/1993. regularidades verificadas, assim como as medidas Relator: Conselheiro Luiz Suzin Marini
recursos não consignados na lei orçamentária 2. Sendo o serviço de natureza singular e pos- porventura adotadas pela autoridade competente Data da Sessão: 10/09/1997
à autarquia municipal, sem prévia autorização suindo o profissional que se pretende contratar para o seu saneamento. Além disso, o relatório
legislativa conforme estabelece o inciso VI do notória especialização, com a demonstração de deve avalizar a credibilidade dos dados encami-
artigo 167 da Constituição da Federal. que o seu trabalho é o mais adequado aos inte- nhados ao Tribunal de Contas, por meio informa- 0482 Revogado
resses da Administração, a contratação pode ser tizado, nos termos da Resolução no TC-16/94.
Processo: CON-TC0183207/70 feita nos termos dos artigos 25, II e § 1o, c/c o 3. Se o exame dos atos administrativos con-
Parecer: COG-484/97 artigo 13, V e § 3o, observando-se, também, os tábeis mensais não evidenciar divergências a se- 0483 É possível a aquisição de bem
Origem: Associação dos Municípios do artigos 25, § 2o, 26, 54 e 55, da Lei Federal no rem comunicadas ao Tribunal, o Relatório afir- imóvel pelo município, desde que observado o
Médio Vale do Itajaí 8.666 de 21/06/1993. mará a sua correção. processo licitatório (CF/88 — artigo 37, XXI e
Relator: Auditor Clóvis Mattos Balsini 4. A elaboração do Relatório de Controle In- LF 8.666/93), precedida de autorização legisla-
Data da Sessão: 25/08/1997 Processo: CON-TC0191502/74 terno não caracteriza ato de mero cumprimento tiva (LOM, artigo 81) e de avaliação prévia (LF
Parecer: COG-444/97 de formalidade, sendo, portanto, inviável a ado- 8.666/93, artigo 24, X e LOM — artigo 81), de-
Origem: Assembléia Legislativa do ção de quaisquer modelos de Relatório, ficando a vidamente justificada quanto à sua finalidade e
0473 É vedado o pagamento a Vereador Estado de Santa Catarina critério de cada administrador a sua composição, necessidade (LF 8.666/93, artigo 26).
pela participação em reunião extraordinária de Relator: Conselheiro Salomão Ribas em face de seu conteúdo.
Comissão permanente ou não da Câmara Muni- Junior Processo: CON-TC0013504/79
Data da Sessão: 17/09/1997 CON-TC0220405/77 COG-366/97
cipal de Criciúma. Processo: Parecer:

Parecer: APRE-050/97 Origem: Prefeitura Municipal de

Processo: CON-TC0029903/71 Origem: Associação dos Municípios da Itapiranga



Parecer: COG-469/97 0477 É vedada a contratação, para o cargo Região da Grande Florianópolis Relator: Conselheiro Luiz Suzin Marini
Origem: Câmara Municipal de Criciúma de Assessor Jurídico, de servidor que exerce car- Relator: Conselheiro Salomão Ribas Data da Sessão: 15/09/1997
Relator: Auditor Evângelo Spyros go de Cirurgião Dentista no Quadro de Pessoal Junior
Diamantaras da Prefeitura, por se configurar acúmulo de car- Data da Sessão: 01/09/1997
Data da Sessão: 25/08/1997 gos públicos, o que contraria o artigo 37, inciso 0484 Revogado
XVI, da Carta Magna Federal e o artigo 23, inci-
so XIV, da Lei Orgânica do Município de Irani. 0481 1. A transferência de servidor do
0475 É facultada à Administração do Porto quadro de pessoal do Município de origem para 0486 É possível a aquisição de bem imó-
de São Francisco do Sul realizar Termo de Permis- Processo: CON-TC0127107/75 o quadro de pessoal do novo Município, criado vel pelo município, desde que observado o pro-
são de Uso das instalações portuárias para a execu-
Parecer: COG-482/97 por desmembramento, só pode dar-se com a sua cesso licitatório (CF/88 — artigo 37, XXI e LF

110 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 111


8.666/93), precedida de autorização legislativa 0490 1. Os códigos e periódicos adquiri- pal e aos Vereadores, quando em viagem a modo a restringir o benefício aos que se encon-
(LOM, artigo 81), e de avaliação prévia (LF dos pelo Tribunal de Justiça, embora a princípio serviço ou em missão de representação do tram realmente necessitados.
8.666/93, artigo 24, X e LOM — artigo 81), de- devessem ser classificados como Materiais Per- Poder Legislativo;
vidamente justificada quanto à sua finalidade e manentes, contudo, pela forma de distribuição, g) realizar adiantamentos a servidores, para Processo: CON-TC0218407/72
necessidade (LF 8.666/93, artigo 26). destinação e utilização que lhes é dada e tendo atender a despesas de viagens, relativa- Parecer: COG-559/97
em vista a necessidade de constante atualização, mente a refeições e pernoite, mediante a Origem: Associação dos Municípios do

Processo: CON-TC0013504/79 o que não lhes garante vida útil superior a 2 comprovação com documentos hábeis, Oeste de Santa Catarina
Parecer: COG-366/97 (dois) anos, podem ser classificados como mate- quando inexistente a fixação de diárias; Relator: Auditor Evângelo Spyros

Origem: Prefeitura Municipal de riais não incorporados ao patrimônio público. h) efetuar gastos com passagens para viagens Diamantaras
Itapiranga Data da Sessão: 27/10/1997
2. Não sendo incorporáveis ao patrimônio, a por via aérea ou rodoviária, de Vereadores
Relator: Conselheiro Luiz Suzin Marini aquisição de códigos e periódicos pode ser clas- quando a serviço ou em missão de repre-
Data da Sessão: 15/09/1997 sificada em dotação de subelemento 3.1.3.2 — sentação do Poder Legislativo.
Outros Serviços e Encargos, constante do Aden- 0497 1. A decisão judicial, autorizando a
do IV — Especificação da Despesa, da Portaria Processo:
CON-TC0201009/73 imissão na posse de imóvel em litígio, tem ca-
0487 A Prefeitura Municipal de Blume- SOF no 8, de 04/02/1985, Anexo IV da Lei no Parecer: COG-290/97 ráter provisório, ou seja, por ocasião da decisão
nau pode adquirir produtos fabricados e/ou ser- 4.320/64. Origem: Câmara Municipal de Capivari definitiva a Justiça poderá se manifestar contra-
viços da Companhia de Urbanização de Blume- de Baixo riamente à desapropriação.
nau com dispensa de licitação, desde que o preço Processo: CON-TC0312805/78 Relator: Auditor Evângelo Spyros 2. A decisão provisória da Justiça autoriza a
contratado seja compatível com o do mercado, Origem: Tribunal de Justiça do Estado de Diamantaras imissão na posse, mas não a edificação de quais-
Santa Catarina Data da Sessão: 27/10/1997
nos termos do artigo 24, VIII, combinado com quer obras. Em razão disso e, tendo em vista que
os artigos 2o, caput e 6o, XI, todos da Lei Federal Relator: Conselheiro Salomão Ribas o princípio basilar da Administração Pública tra-
no 8.666/93, observadas as normas do artigo 26 Junior ta da supremacia do interesse público, entende-
do citado diploma legal. Data da Sessão: 13/10/1997 0492 1. Nos termos do caput do artigo se que para iniciar as obras o Município deve
37 da Constituição Federal, não pode a Câmara aguardar a decisão judicial definitiva.
Processo: CON-TC0232505/72 Municipal promover gastos com estacionamento 3. Se o Ordenador Primário insistir na execu-
Parecer: COG-593/97 0491 1. É facultado à Câmara de Verea- de veículos de vereadores, servidores e visitan- ção da obra, colocando em risco o erário munici-
Origem: Companhia Urbanizadora de dores, observado o disposto na Lei Orgânica do tes por não caracterizar despesa pública. pal, poderá ser responsabilizado, caso a desapro-
Blumenau Município, cumpridas as normas prescritas na 2. A concessão desse benefício a vereadores priação não se concretizar em virtude da decisão
Relator: Conselheiro Dib Cherem Lei Federal no 8.666/93 e atendidos os pressu- e servidores ocasionaria remuneração indireta, judicial definitiva.
Data da Sessão: 29/10/1997 postos da despesa pública: afrontando as normas do artigo 29, V da CF, ar-
a) proceder à divulgação dos seus trabalhos tigo 15, V da LOM e artigo 39, parágrafo 1o, da Processo: CON-TC0199707/70
de Plenário ou de Comissões, podendo para CF, respectivamente. Parecer: OG-583/97
0488 É vedado o parcelamento de contrata- isso contratar agências de publicidade; Origem: Prefeitura Municipal de Princesa
ções de uma mesma obra, serviço ou compra que b) adquirir passagens de transporte coletivo Processo: CON-TC0218306/75 Relator: Conselheiro Dib Cherem
possa ser realizada conjunta ou concomitantemen- urbano — blocos de passes para uso de Parecer: COG-542/97 Data da Sessão: 03/11/1997
te — com o intuito de se enquadrar na hipótese seus servidores, quando em deslocamento Origem: Câmara Municipal de Blumenau
de “dispensa por baixo valor” ou em modalidade a serviço; Relator: Conselheiro Luiz Suzin Marini
inadequada de licitação com limite de valor infe- c) adquirir medicamentos para uso em serviço Data da Sessão: 27/10/1997 0498 1. Quanto à aposentadoria voluntá-
rior — por contrariar o artigo 8o e 24, II, da Lei de por servidores e vereadores; ria de servidor, a Constituição Federal, em seu
Licitações e o interesse público, além de violar o d) realizar despesa com coroas de flores, para artigo 40, § 1o, determina que lei complementar
princípio da moralidade administrativa, preconiza- fins de prestar homenagem póstuma a au- 0493 Revogado poderá estabelecer diferenciação de tempo de
do no artigo 37, caput, da Constituição Federal. toridade e pessoas ilustres; serviço no caso de atividades consideradas pe-
e) efetuar despesas com recepções, almoços e nosas, insalubres ou perigosas, consoante dispõe
Processo: CON-TC0207003/71 jantares, restritas às autoridades, comitiva 0495 O texto normativo disciplinador o inciso III, “a” e “c”, do referido artigo, legisla-
Parecer: COG-551/97 da autoridade visitante, ao grupo de auto- para a concessão de auxílios a necessitados de- ção esta ainda não editada.
Origem: Prefeitura Municipal de Timbó ridade visitante e ao grupo de autoridades verá considerar a renda familiar, idade, estado de 2. Assim sendo, segundo o disposto no artigo
Grande que compõem o comitê de recepção; saúde, estado civil, número de filhos, entre ou- 26, § 1o da LOM, a redução do tempo de ser-
Relator: Conselheiro Antero Nercolini f) fixar os valores das diárias a serem con- tros critérios. Além disso, deve haver um acom- viço e de idade para efeito de aposentadoria no
Data da Sessão: 13/10/1997 cedidas aos servidores da Câmara Munici- panhamento do serviço de assistência social, de exercício de atividades penosas e insalubres ou

112 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 113


perigosas, depende da edição de lei complemen- Relator: Conselheiro Dib Cherem Processo: CON-TC0243808/76 Processo: CON-TC0263001/79
tar federal. Data da Sessão: 17/11/1997 Parecer: COG-543/97 Parecer: COG-684/97
Origem: Prefeitura Municipal de Iomerê Origem: Prefeitura Municipal de

Processo: CON-TC0234907/74 Relator: Conselheiro Luiz Suzin Marini Blumenau


Parecer: COG-573/97 0504 1. A alienação de bens móveis inser- Data da Sessão: 13/10/1997 Relator:

Data da Sessão:
Conselheiro Antero Nercolini
15/12/1997
Origem: Fundação Hospitalar José víveis deve ser realizada através de licitação na
Athanazio de Campos Novos modalidade de concorrência e, quando o valor
Relator: Auditor Clóvis Mattos Balsini se situar até o limite constante do artigo 23, II, 0508 O auxílio a servidores visando as-
Data da Sessão: 10/11/1997 “b”, da Lei no 8.666/93, poderá a Administração sistência a seus dependentes deficientes mentais 0511 1. A titularidade da dívida ativa ins-
realizá-la na modalidade de leilão. para tratamento especializado em fonoaudiolo- crita e em processo de execução ainda não con-
2. As compras e alienações devem ser fei- gia, psicologia e psicopedagogia, desde que ates- cluído, portanto, dívida não recebida, não rea-
0500 1. Considerando a competência mu- tas através de processos licitatórios distintos, tado por especialista em educação escolar, pode lizada, relativa ao Imposto Predial e Territorial
nicipal no que se refere ao recolhimento do Im- utilizando-se as modalidades licitatórias ade- ser concedido através de convênio ou termo Urbano (IPTU), cujo imóvel situe-se no territó-
posto Sobre Serviços, o fornecimento das Notas quadas, previstas nos artigos 22 e 23 da Lei no aditivo a convênio já existente, firmado entre o rio do município desmembrado, é deste, como
Fiscais de Serviços Avulsas deverá ser efetuado 8.666/93. ente público e a entidade representativa dos ser- também, assume este Município a posição de
pela Prefeitura. 3. Excepcionalmente, quando devidamente vidores, com amparo nos artigos 194, 203, IV e sujeito ativo das relações jurídicas em cujos di-
2. A Nota Fiscal de Serviços Avulsa não pre- justificado no processo da licitação, atendendo 227, § 1o, II da Constituição Federal, nos artigos reitos sub-rogou-se, nos termos do artigo 120 do
cisa ser, necessariamente, instituída por lei, bas- o interesse público e demonstrada a ausência de 157, IV, 163, V e 191 da Constituição Estadual, Código Tributário Nacional, combinado com o
tando a edição de ato administrativo, da compe- prejuízo, através de licitação na modalidade de nos artigos 6o e 11 § 1o do Estatuto da Criança e artigo 29, I, da Lei Complementar Estadual no
tência do Prefeito Municipal. concorrência pública, poderá a Administração do Adolescente (Lei no 8.069/90), e nos artigos 135/95.
adotar a dação em pagamento, oferecendo bem 114 e 115, § 1o do Estatuto dos Servidores Pú- 2. A assunção de direitos e obrigações pelo
Processo: CON-TC0350508/75 móvel inservível como parte do pagamento de blicos Civis do Estado de Santa Catarina (Lei no município desmembrado tem início a partir da
Parecer: COG-623/97 compra. 6.745/85). data da publicação da lei de sua criação, mas os
Origem: Prefeitura Municipal de Dionísio 4. Nos registros contábeis devem ser procedi- créditos tributários relativos ao IPTU se transfe-
Cerqueira dos todos os lançamentos pertinentes às opera- Processo: CON-TC0258108/72 rem in totun para este município, que assume a
Relator: Auditor Altair Debona Castelan ções realizadas, registrando-se, conforme o caso: Parecer: COG-687/97 titularidade das relações jurídicas sobre os imó-
Data da Sessão: 17/11/1997 a receita pela alienação dos bens; a despesa pela Origem: Imprensa Oficial do Estado — veis que se situam em seu território municipal,
aquisição dos bens; a baixa dos bens, no Passivo IOESC uma vez que se sub-rogou nos direitos perten-
Permanente, pela alienação; a inscrição dos bens Relator: Conselheiro Antero Nercolini centes anteriormente ao município de origem.
0501 1. A contratação do seguro obrigató- no Ativo Permanente, pela aquisição efetivada; o Data da Sessão: 15/12/1997
rio DPVAT para veículos categorias 01, 02, 09 e lançamento de correção dos bens alienados, no Processo: CON-TC0254808/78
10 pode ser feita por inexigibilidade de licitação, Ativo ou Passivo Permanente, quando couber. Parecer: COG-676/97
mediante instauração do competente processo, nos 0509 1. A negociação admitida nas lici- Origem: Prefeitura Municipal de Sombrio
termos do caput do artigo 25 e artigo 26 da Lei no Processo: CON-TC0250105/71 tações, na busca do menor valor ofertado, deve Relator: Auditor José Carlos Pacheco
8.666/93, em decorrência da inviabilidade de com- Parecer: COG-641/97 ocorrer na fase prevista no artigo 46, § 1o, II, vez Data da Sessão: 15/12/1997
petição, já que é oferecido somente pelo consórcio Origem: Prefeitura Municipal de que, sendo um procedimento formal e vinculado
de empresas integrantes do Convênio DPVAT. Guaraciaba (artigos 4o e 43, caput), não deve ser efetuada
2. Já a contratação do seguro obrigatório Relator: Auditor Clóvis Mattos Balsini após a adjudicação do objeto por ferir os prin- 0514 1. Visando à promoção de incentivos
DPVAT para veículos categorias 03 e 04 deve Data da Sessão: 01/12/1997 cípios da igualdade, da competitividade, do jul- para a instalação de empresas ou ampliação de
ser precedida de licitação pública, que assegure gamento objetivo, entre outros, insculpidos no suas atividades no Município de Siderópolis,
igualdade de condições a todas as Companhias artigo 3o, todos da Lei Federal no 8.666/93. devem ser observadas as Leis Municipais nos
Seguradoras, atendendo assim ao princípio da 0506 É facultado ao Município, mediante 2. A quantidade estimada de consumo mensal 753/89, 1.002/94 e 803/90, que estabelecem cri-
isonomia e o da impessoalidade, nos termos da Convênio, assumir encargos decorrentes da am- para a contratação dos serviços de impressão de térios para a concessão de incentivos econômi-
legislação. pliação e manutenção de escola de ensino funda- materiais é condição essencial e deverá constar cos e estímulos fiscais no âmbito municipal.
mental, da rede pública estadual, localizada no do instrumento convocatório, admitida a amplia- 2. A subvenção econômica tem por finalidade
Processo: CON-TC0245907/76 âmbito do Município, visando o cumprimento da ção ou a redução da quantidade, nos limites per- a cobertura dos déficits de manutenção ou fun-

Parecer: COG-648/97 aplicação do percentual mínimo destinado à ma- mitidos pelo § 1o do artigo 65 da Lei de Licita- cionamento de entidades da Administração indi-
Origem: Polícia Militar do Estado de nutenção e desenvolvimento do ensino consoan- ções e Contratações Públicas. reta; a cobertura de diferença entre os preços de
Santa Catarina te dispõe o artigo 212 da Constituição Federal. mercado e de revenda de gêneros alimentícios

114 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 115


ou outros materiais; e pagamento de bonifica- 0516 1. É vedada ao Município a ins- 0520 1. A concessão de adicionais por do Tribunal de Contas, deverão permanecer à
ções a produtores de determinados gêneros ou tituição de tributo específico para limpeza de tempo de serviço somente pode ser efetivada em disposição desta Corte pelo prazo de 5 (cinco)
materiais. determinado loteamento, com arrecadação por relação aos funcionários do Município de Dioní- anos, contados da data da decisão definitiva do
3. Para as empresas com fins lucrativos, a empresa privada prestadora de serviços contra- sio Cerqueira, conceituados na Lei Municipal no Tribunal Pleno, publicada no Diário Oficial do
concessão de subvenção econômica deve limi- tada para realizar a limpeza e conservação do 2.069/94 como aqueles que estão investidos em Estado, nos termos da Resolução no TC-16/94,
tar-se aos casos específicos previstos no parágra- loteamento, sem a participação do Poder Público cargo público, de provimento efetivo ou em co- de 21/12/1994.
fo único do artigo 18 da Lei Federal no 4.320/64 Municipal, por contrariar à Constituição Fede- missão, inexistindo perceptivo legal que agasalhe
(cobertura de diferença entre preço de merca- ral (artigo 145) e o Código Tributário Nacional a hipótese de cômputo de serviço prestado ao Mu- Processo: CON-TC0251003/70
do e preço de revenda de gêneros alimentícios (artigo 7o). nicípio em caráter temporário ou contratos regidos Parecer: COG-613/97
e outros materiais, e pagamento de bonificações 2. É vedado instituir tributo específico para pela CLT, tampouco o tempo de serviço militar. Origem: Fundação do Meio Ambiente
a produtores) e ser autorizada por lei municipal limpeza e conservação de determinado loteamen- 2. Por requerimento do servidor, a licença- Relator: Auditor Evângelo Spyros

especial, conforme disposto no artigo 19 da ci- to, cujo serviço será executado pelo seu proprie- prêmio poderá ser convertida em dinheiro, nos Diamantaras
tada Lei, e sempre observada a necessidade de tário, onde a arrecadação do tributo será efetua- termos do artigo 105, do Estatuto dos Servidores Data da Sessão: 11/03/1998
caracterização de interesse público. da pela municipalidade, com posterior dedução Públicos Municipais de Dionísio Cerqueira.
do IPTU devido pelo proprietário do loteamento, 3. A averbação do período em que servidor
Processo: CON-TC0240003/79 por contrariar à Constituição Federal (artigos 37, público municipal cursou Escola Agrotécnica, 0522 1. A transposição, o remanejamento
Parecer: COG-675/97 XXI, e 145), Código Tributário Nacional (artigos na condição de aluno-aprendiz, é possível, des- ou a transferência de recursos de uma categoria
Origem: Prefeitura Municipal de 7o e 170) e Lei no 8.666/93 (artigo 2o). de que tal período seja alcançado pela vigên- de programação para outra, ou de um órgão para
Siderópolis cia do Decreto-Lei no 4.073/42 (de 30/01/1942 outro, só pode ocorrer quando previamente au-
Relator: Auditor Clóvis Mattos Balsini Processo: CON-TC0252507/73 a 16/04/1959, quando da entrada em vigor da torizados por lei, consoante dispõe o artigo 167,
Data da Sessão: 22/12/1997 Parecer: COG-673/97 Lei no 3.552/79) e que tenha sido concedida ao inciso VI, da CF.
Origem: Prefeitura Municipal de mesmo retribuição pecuniária à conta de dotação 2. É lícita a utilização de recursos não com-
Balneário Gaivota orçamentária. prometidos, provenientes de convênio para a
0515 1. A contratação de Associação de Relator: Conselheiro Dib Cherem abertura de crédito adicional, quando estritamen-
Agricultores para a prestação de serviços, entre Data da Sessão: 22/12/1997 Processo: CON-TC0252305/79 te relacionado ao objeto do convênio, na Unida-
os quais o de terraplenagem, depende de prévio Parecer: COG-728/97 de Orçamentária com o qual foi firmado, e den-
processo licitatório, evitando assim o favoreci- Origem: Prefeitura Municipal de Dionísio tro do projeto/atividade específico, ainda que o
mento, em atendimento ao princípio da isonomia 0517 1. De acordo com o artigo 2 da o Cerqueira quadro de excesso de arrecadação se apresen-
e ao disposto no artigo 27, XXXVIII, “b”, da Lei Lei Federal n 8.666/93, alterada pelas Leis nos
o Relator: Conselheiro Luiz Suzin Marini te aquém do estimado, desde que adotadas pro-
Orgânica Municipal, no artigo 2o da Lei Fede- 8.883/94 e 9.032/95, os contratos de locação fir- Data da Sessão: 04/02/1998 vidências de modo a garantir a manutenção do
ral no 8.666/93 e também no artigo 37, XXI, da mados pela Administração Pública devem, obri- equilíbrio financeiro, a fim de evitar déficit.
Constituição Federal. gatoriamente, ser precedidos de certame licitató-
2. A cessão de funcionário municipal às refe- rio e a eles se aplica, no que couber, o disposto 0521 1. A guarda e manutenção de docu- Processo: CON-TC0271510/78
ridas associações afronta o princípio da legali- nos artigos 55, e 58 a 61, conforme prevê a regra mentos públicos devem ser efetuadas nos termos Parecer: COG-008/98
dade prescrito no artigo 37, caput da CF e des- do inciso I do § 3o do artigo 62 do mesmo diplo- da Lei Federal no 8.159, de 08/01/1991 e da Lei Origem: Associação dos Municípios da

respeita à proibição expressa contida no artigo ma legal. Estadual no 9.747, de 26/11/1994. Região da Grande Florianópolis
9o, inciso IV, da Lei Federal no 8.429, de 02 de 2. O Edital de Licitação para locação de bens, 2. As Secretarias de Estado, Autarquias e — GRANFPOLIS
dezembro de 1992, por não se enquadrarem as caracterizando operação de leasing, deve prever Fundações têm o prazo de 90 (noventa) dias, a Relator: Auditor Clóvis Mattos Balsini
Data da Sessão: 16/03/1998
associações como entidades públicas prestadoras expressamente a condição de opção de compra, contar da data de publicação da Lei Estadual no
de serviços públicos. em cumprimento à disposição legal que rege a 9.747/94, para designarem as comissões de ava-
matéria. liação dos documentos e, posteriormente, elabo-
Processo: CON-TC0263103/76 rarem as tabelas de temporalidade. 0523 Revogado
Parecer: COG-697/97 Processo: CON-TC0250408/73 3. As respectivas tabelas de temporalidade se-
Origem: Prefeitura Municipal de Parecer: COG-618/97 rão submetidas à apreciação do Arquivo Público
Armazém Origem: Fundação Cultural de Joinville do Estado. 0524 1. O Município aplicará, anualmen-
Relator: Auditor José Carlos Pacheco Relator: Conselheiro Antero Nercolini 4. Documentos referentes à Prestação de te, vinte e cinco por cento, no mínimo, da receita
Data da Sessão: 22/12/1997 Data da Sessão: 22/12/1997 Contas de Adiantamentos, Despesas e Recei- resultante de impostos, compreendida a prove-
tas, relativas aos Balancetes Mensais, Balanços niente de transferências, na manutenção e desen-
e Balancetes já aprovados e com decisão final volvimento do ensino, em obediência ao artigo

116 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 117


212, caput, da Constituição Federal, ao artigo 2. O recebimento de bens em doação pode 2. Esses recursos, sendo contabilizados pelos • não dar margem a que venha ensejar o seu
173 da Lei Orgânica Municipal, e ao artigo 69, se efetivar mediante convênio, acordo, ajuste ou valores integrais transferidos (100% dos valores não atendimento, por eventualmente conter
caput, da Lei Federal no 9.394, de 20 de dezem- outro instrumento congênere, verificada a inexis- repassados), não caracterizam a ocorrência de solicitações absurdas ou ilegais.
bro de 1996. tência de óbices diplomáticos e/ou comerciais duplicidade de lançamento sob a ótica da execu- 2. No caso específico da Prefeitura Municipal
2. O não cumprimento das determinações com a instituição doadora, devendo o termo de ção orçamentária, tendo em vista que as receitas de Atalanta, o balancete a ser enviado à Câmara
contidas no artigo 212, caput, da Constituição celebração ser submetido à apreciação da Câ- e despesas efetuadas possuem, a cada registro, Municipal deve observar a forma e o conteúdo,
Federal, no artigo 173 da Lei Orgânica Muni- mara Municipal, consoante dispõe o artigo 76, classificações específicas determinadas pela Lei se previstos na Lei Orgânica.
cipal, e no artigo 69, caput, da Lei Federal no XVII, c/c o artigo 33, X da Lei Orgânica Muni- no 4.320/64, seus anexos e portarias de atualiza- 3. Os documentos originais de despesas —
9.394, de 20 de dezembro de 1996, podem impli- cipal de Chapecó. ção da classificação da receita e da despesa. notas fiscais, recibos, folhas de pagamento, ro-
car na intervenção no Município pela não apli- 3. É admissível o pagamento das despesas re- 3. A classificação da receita13 proveniente dos teiro de viagens, bilhete de passagem, entre ou-
cação do mínimo exigido da receita de impostos ferentes aos custos para viabilizar a doação, ob- recursos retidos na conta única do Fundo de Ma- tros, devem ser arquivados no órgão de conta-
em gastos com a manutenção e desenvolvimen- servados os termos da Lei Federal no 8.666/93 e nutenção e Desenvolvimento do Ensino Funda- bilidade, à disposição dos agentes incumbidos
to do ensino (artigo 11, III, da Constituição do da Lei Federal no 4.320/64. Entidade com repre- mental e de Valorização do Magistério a ser efe- do controle interno e externo, conforme deter-
Estado de Santa Catarina de 1989), entre outras sentação exclusiva do doador poderá ser contra- tuada pelo Município é a seguinte: mina o artigo 92 da Resolução no TC-16/94, de
conseqüências que podem resultar deste ato. tada, sem prévio processo licitatório, com funda- • 3.2.0.0 Transferências Correntes; 21/12/1994.
3. Decretada a calamidade pública no Muni- mento no artigo 25 da Lei de Licitações, desde • 3.2.2.0 Transferências Intergovernamentais; 4. As normas atinentes à fiscalização exerci-
cípio, o artigo 167, § 3o, da Constituição Fede- que essa condição conste do termo de doação • 3.3.2.4 Transferências a Instituições Multi- da pela Câmara Municipal devem ser fixadas na
ral, o artigo 44, da Lei Federal no 4.320, de 17 ou instrumento congênere, condicionado, ainda, governamentais — Contribuições ao Fundo Lei Orgânica ou em lei ordinária do município,
de março de 1964, e o artigo 151, § 3o, da Lei à justificativa da conveniência do seu recebimen- do Ensino Fundamental e de Valorização do não cabendo ser estabelecida por requerimento
Orgânica Municipal, prevêem a possibilidade de to nestes termos. Magistério. aprovado em plenário.
abertura de créditos extraordinários para atender 4. Na contratação por inexigibilidade de li- 4. A classificação da receita repassada pelo 5. Os requerimentos aprovados em plenário
a despesas imprevisíveis e urgentes, os quais não citação deve a empresa contratada comprovar Fundo ao Município com base no número de pela Câmara de Vereadores, pertinentes a pedi-
dependem de recursos hábeis para sua abertura, a sua regularidade com a seguridade social e alunos regularmente matriculados em escolas da do de informações, devem se referir a situações
nem de autorização prévia da Câmara de Vere- FGTS, nos termos do artigo 195, § 3o, da Consti- rede municipal de ensino fundamental é a se- concretas e casos específicos, de modo a ensejar
adores. tuição Federal, artigo 27, “a”, da Lei no 8.036/90, guinte: o seu atendimento de forma plena pelo Poder
artigo 47, I, “a”, da Lei no 8.212/91 e artigo 2o • 1700.00.00 Transferências Correntes; Executivo.
Processo: CON-TC0273508/70 da Lei no 9.012/95. • 1722.00.00 Transferências do Estado;
Parecer: COG-762/97 • 1722.09.00 Outras Transferências do Estado; Processo: CON-TC0273205/79
Origem: Prefeitura Municipal de Pinheiro Processo: CON-TC0246603/70 • 1722.09.01 Transferência do Fundo de En- Parecer: COG-758/97
Preto Parecer: COG-615/97 sino Fundamental e Valorização do Magis- Origem: Prefeitura Municipal de Atalanta
Relator: Conselheiro Carlos Augusto Origem: Prefeitura Municipal de tério. Relator: Auditora Thereza Marques
Caminha Chapecó Data da Sessão: 01/04/1998
Data da Sessão: 16/03/1998 Relator: Auditor Clóvis Mattos Balsini Processo: CON-TC0243606/71
Data da Sessão: 25/03/1998 Parecer: COG-755/97
Origem: Federação Catarinense de 0528 1. A iniciativa de projeto de lei sobre
0525 1. É admissível o recebimento de Municípios — FECAM matéria tributária é privativa do Chefe do Poder
bens móveis através de doação de instituição 0526 1. Os recursos transferidos aos Muni- Relator: Auditor Clóvis Mattos Balsini Executivo, não sendo admitida iniciativa pela
estrangeira, devendo-se proceder à análise da cípios por força do disposto nos artigos 158, IV, Data da Sessão: 25/03/1998 Câmara de Vereadores por implicar em violação
conveniência, considerando-se a relação custo/ 159, I, “b” e 159, § 3o, da Constituição Federal, re- manifesta à Lei Maior, ensejando a nulidade da
benefício do bem doado, levando-se em conta lativamente às cotas partes do ICMS, FPM e IPI- lei, ainda que sancionada pelo Chefe do Poder
(i) as despesas com o transporte do bem até o Exportação, mesmo considerando que parte deles 0527 1. O pedido de informação do Poder Executivo, autoridade competente para apresen-
Brasil; (ii) o tempo de vida útil do bem e (iii) é retido para constituir o Fundo de Manutenção e Legislativo ao Poder Executivo deve observar os tar o projeto.
a existência, no mercado brasileiro, de peças de Desenvolvimento do Ensino Fundamental e Valo- seguintes requisitos: 2. A Câmara, no exercício de sua função le-
reposição do bem doado, cuja aquisição é indis- rização do Magistério12, devem ser contabilizados • ser devidamente fundamentado; gislativa, não pode tomar para si as atribuições
pensável para o seu perfeito funcionamento, em pelos seus valores integrais, ou seja, 100% (cem • mencionar o fim a que se destina; reservadas ao Poder Executivo. Os projetos de
face do desgaste natural decorrente do seu uso. por cento) dos valores repassados. • ser pertinente às atribuições de fiscalização lei de concessão de auxílios e subvenções são
da Câmara Municipal; e de iniciativa exclusiva do Chefe do Poder Exe-
12
A EC no 53/06 criou o FUNDEB, destinando parte dos recursos a que se refere o caput do artigo 212 da Constituição Federal à manutenção e desenvolvimento
da educação básica e à remuneração condigna dos trabalhadores da educação. 13
Para classificação da Receita, observar as Portaria Interministerial STN-MF/SOF-MOG nos 163/01 e 325/01 e a Portaria STN no 325/01.

118 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 119


cutivo, consoante dispõe o artigo 50, inciso IV nicipal no 635/97, que dispõe sobre incentivos Processo: CON-TC0266706/79 Público exercer a defesa de seus atos até esgota-
da Lei Orgânica do Município de Chapecó, e a econômicos e fiscais a empresas que se estabe- Parecer: COG-726/97 dos todos os recursos judiciais, sendo admissível
Origem: Prefeitura Municipal de
própria Constituição Federal que exige respeito leçam ou ampliem suas atividades no território a celebração de acordo homologada pelo compe-
ao princípio da divisão de Poderes. municipal. Formosa do Sul tente órgão do Poder Judiciário, observado estri-
Relator: Conselheiro Dib Cherem
3. Os convênios, consoante dispõe o inciso 2. A subvenção econômica tem por finalidade tamente o disposto na Constituição Federal.
Data da Sessão: 08/04/1998
XVII do artigo 76 da Lei Orgânica do Município a cobertura dos déficits de manutenção ou fun- 2. A proposta de acordo deve ser fundamentada
de Chapecó, são objetos de apreciação posterior cionamento de entidades da administração indi- a fim de demonstrar a predominância do interesse
pela Câmara, no prazo de trinta dias a contar da reta, a cobertura de diferença entre os preços de público, e não pode ir além do legalmente devido,
celebração. mercado e de revenda de gêneros alimentícios ou 0532 Revogado isto é, o pagamento do serviço prestado.
4. O desconto concedido pelo artigo 5o da Lei outros materiais. 3. O acordo deve ser precedido de autorização
n 3.805/93 do Município de Chapecó, não carac-
o
3. Para as empresas de fins lucrativos, a con- legislativa devendo sua celebração observar as
teriza vinculação de receita à despesa, consoante cessão de subvenção econômica deve limitar-se 0533 1. É vedado à administração munici- prescrições legais.
dispõe o artigo 167, inciso IV, da Constituição aos casos específicos previstos no parágrafo úni- pal contratar mão-de-obra através de cooperati- 4. Assentou-se jurisprudência nos Tribunais
da República. É perfeitamente compatível com co do artigo 18 da Lei Federal no 4.320/64 (co- vas, para a realização de serviços que constituam do Trabalho no sentido de que a admissão do
a Lei Maior, que em seu artigo 150 § 6o, prevê bertura de diferença entre preço de mercado e atividade-fim da administração pública ou cujas servidor público, após a promulgação da atual
a possibilidade de concessão, pela União, pelos de revenda de gêneros alimentícios e outros ma- funções sejam próprias de cargos integrantes do Constituição Federal, sem prévio concurso pú-
Estados ou Municípios, de subsídio, isenção ou teriais, e pagamento de bonificações a produto- Quadro de Pessoal do Órgão, face o disposto no blico, torna o ato nulo de pleno direito. A nuli-
redução de base de cálculo relativo a impostos, res) e ser autorizada por lei municipal especial artigo 37, II, da Constituição Federal. dade opera retroativamente, fulminando o ato na
taxas ou contribuições mediante lei específica. conforme disposto no artigo 19 da citada Lei, e 2. À administração municipal é facultado con- sua origem, atuando como se ele jamais tivesse
5. Por acarretar alteração na legislação tri- sempre observada a necessidade de caracteriza- tratar serviços através de empresas ou cooperati- existido. No âmbito da Justiça do Trabalho, em
butária e, conseqüentemente, na receita, a con- ção de interesse público. vas para atendimento de atribuições da atividade face da impossibilidade do restabelecimento do
cessão de isenção, a ser estabelecida em lei es- meio do órgão público, mediante lei municipal status quo ante, posto que não há como devolver
pecífica, deve estar prevista na Lei de Diretri-
Processo: CON-TC0257603/72 reguladora e observado o procedimento licitató- ao trabalhador a sua força laborativa despendida
zes Orçamentárias que compreenderá as metas Parecer: COG-686/97 rio, conforme artigo 37, inciso XXI, da CF e ar- na execução de suas atribuições, mas apenas o
e prioridades da Administração para o exercício Origem: Prefeitura Municipal de São tigos 2o e 6o da Lei Federal no 8.666/93. salário em sentido estrito que corresponde à in-
financeiro subseqüente, e orientará a elaboração Carlos 3. É facultado à administração municipal qua- denização pelos serviços prestados, não cabe ne-
da Lei Orçamentária, em consonância com o dis- Relator: Auditora Thereza Apparecida lificar sociedade civil sem fins lucrativos, que nhuma parcela de natureza trabalhista, tal como
posto no artigo 165, § 2o, da Constituição Fe- Costa Marques tenha finalidade dirigida ao ensino, à pesquisa férias, décimo terceiro salário, FGTS, etc.
Data da Sessão: 01/04/1998
deral [Observar exigências do artigo 14 da Lei científica, ao desenvolvimento tecnológico, à
Complementar no 101/00 (Lei de Responsabili- proteção e preservação do meio ambiente, à cul- Processo: CON-TC0238802/72
dade Fiscal)]. tura e à saúde, para o fomento e execução dessas Origem: Prefeitura Municipal de Capivari
6. O repasse de materiais esportivos previsto 0531 1. A execução de serviços em pro- atividades no âmbito da administração munici- de Baixo
no artigo 2o da Lei no 3.805/93 do Município de priedades particulares pela Administração Muni- pal, por meio de contrato de gestão, desde que Relator: Conselheiro Antero Nercolini
Chapecó poderá efetuar-se na forma do artigo cipal depende de lei autorizativa reguladora. haja lei específica dispondo sobre a matéria, a Data da Sessão: 27/04/1998
17, inciso II, alínea “a”, da Lei no 8.666/93 (Es- 2. O projeto de lei de iniciativa do Poder Exe- exemplo da disciplina implantada no âmbito fe-
tatuto de Licitações), ou seja, por doação, com cutivo deve estabelecer as condições gerais sob deral pela Medida Provisória no 1.591, editada
dispensa de licitação, haja vista destinar-se ex- as quais devem ser prestados esses serviços e a em 09 de outubro de 1997. 0539 1. Ao Município é vedado desapro-
clusivamente para fins e uso de interesse social. forma de seu pagamento, podendo prever a fi- priar área de terras de propriedade de empresa
xação da tabela de valores pelo Chefe do Exe- Processo: CON-TC0258602/79 de economia mista estadual, consoante dispõe
Processo: CON-TC0058400/83 cutivo. Parecer: COG-650/97 o § 2o do artigo 2o do Decreto-Lei no 3.365, de
Parecer: COG-049/98 3. Na hipótese de o projeto de lei estabelecer Origem: Assembléia Legislativa do 21/06/1941, que trata da desapropriação por uti-
Origem: Prefeitura Municipal de inclusive a tabela de valores a serem cobrados Estado de Santa Catarina lidade pública.
Chapecó pelos serviços, quando da apreciação pela Câma- Relator: Conselheiro Salomão Ribas 2. É viável a aquisição de imóvel pelo Muni-
Relator: Conselheiro Luiz Suzin Marini ra de Vereadores, esta poderá alterar os valores Junior cípio, com dispensa de licitação nos termos pre-
Data da Sessão: 01/04/1998 Data da Sessão: 13/04/1998
para mais ou para menos, desde que observada e conizados pelo inciso X do artigo 24 da Lei no
mantida a relação custo benefício, que represen- 8.666/93, quando caracterizada a inviabilidade
ta o parâmetro a ser seguido no estabelecimento de competição, ou seja, a impossibilidade de o
0530 1. Para promover incentivos a em- das tarifas dos preços públicos. 0538 1. Quando demandada a Justiça pela interesse público ser satisfeito com outro imóvel
presas deve o Município atentar para a Lei Mu- parte que se sentir prejudicada, é dever do Poder que não o escolhido.

120 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 121


3. É facultado à empresa de sociedade de eco- 3. Por interesse da administração municipal, ção pública contratar com terceiros a realização está sujeito o Vereador frente ao Chefe do Poder
nomia mista alienar imóvel com dispensa de li- é facultado ao Poder Executivo autorizar a ce- de licitações, por se tratar de atividade que deve Executivo, enquanto exercente de cargo demis-
citação para outro órgão ou entidade da Admi- dência de seus servidores para realização de ta- ser executada diretamente pelo Poder Público. sível ad nutum.
nistração Pública, de qualquer esfera de governo, refas específicas de outras esferas de Governo, 2. É facultado à Associação de Municípios
consoante dispõe o artigo 17, inciso I, alínea “e”, como as relacionadas à cobrança judicial de dí- atuar na coordenação de edição de editais de li- Processo: CON-TC0239206/75
da Lei Federal no 8.666/93. vida ativa municipal e de tributos municipais, citação simultâneos, dos Municípios associados, Parecer: COG-171/98
entre outras. e na sua divulgação junto às fornecedoras ou Origem: Prefeitura Municipal de São


Processo: CON-TC0269602/70 prestadoras de serviços, objetivando a obtenção João do Itaperiú
Parecer: COG-004/98 Processo: CON-TC0188707/78 de propostas mais vantajosas para a Administra- Relator: Conselheiro Salomão Ribas

Origem: Prefeitura Municipal de São Parecer: COG-557/97 ção Pública. Junior


Pedro de Alcântara Origem: Prefeitura Municipal de Data da Sessão: 01/06/1998
Relator: Conselheiro Dib Cherem Papanduva
Processo: CON-TC0512000/87
Data da Sessão: 04/03/1998 Relator: Conselheiro Carlos Augusto Parecer: COG-126/98

Data da Sessão:
Caminha
13/05/1998
Origem: Associação dos Municípios da 0549 1. É indevido o pagamento em di-
Região Serrana nheiro de licença à gestante, no valor equivalen-
0541 1. O Prefeito como chefe do Executi- Relator: Conselheiro Salomão Ribas te a quatro meses de trabalho, após o término do
vo Municipal, dirigente supremo da Administra- Junior contrato laboral temporário firmado, em confor-
ção Municipal, enquadra-se como agente políti- 0544 1. Não existe impedimento legal, Data da Sessão: 25/05/1998 midade com o inciso IX do artigo 37 da Consti-
co e não como funcionário público. A relação ju- frente à legislação vigente, para a transferência tuição Federal.
rídica que o Prefeito mantém com o Município é de bens do Município para Autarquia, através de 2. As férias proporcionais e as férias não goza-
de natureza político-institucional e seus direitos lei municipal autorizando a dação em pagamen- 0546 O Município não poderá dispensar a das constituem patrimônio do funcionário, tendo
e deveres não advêm de contrato firmado com o to de bens do Município àquela entidade pública apresentação da Certidão Negativa de Débito — o direito de percebê-las em pecúnia, quando do
Poder Público, mas descendem diretamente da para a quitação de débito existente. CND, ao contratar sociedade de economia mista término do contrato, até o máximo de dois pe-
Constituição e das leis. 2. Em obediência aos princípios de direito pú- da qual é detentor de 99, 99% das ações, em face ríodos, desde que comprovada a necessidade de
2. Não existindo amparo fático e legal para o blico, deverão ser observados para a efetivação da ao disposto no artigo 195, § 3o, da Constituição serviço, frente ao que dispõe o artigo 86, combi-
reconhecimento de vínculo de emprego, e consi- alienação de bens certos requisitos e determinadas Federal, que proíbe a pessoa jurídica em débi- nado com o artigo 84 do Estatuto dos Servidores
derando ser o Prefeito agente político, é incabí- formalidades, tais como: a) existência de débito to com o sistema da seguridade social contratar Públicos do Município de Piçarras.
vel o pagamento, a título de indenização, pela au- vencido; b) que a coisa dada em pagamento seja com o Poder Público.
sência de recolhimento do Fundo de Garantia por outra que não o objeto da prestação; c) que o cre- Processo: CON-TC0057600/81
Tempo de Serviço (FGTS), por não se constituir dor dê sua concordância a tal substituição; d) ne-
Processo: CON-TC0060100/86 Parecer: COG-151/98
em despesa própria da Administração Municipal. cessidade de prévia avaliação dos bens por parte Parecer: COG-134/98 Origem: Prefeitura Municipal de Piçarras
da municipalidade; e) subordinação à existência Origem: Associação dos Municípios do Relator: Conselheiro Luiz Suzin Marini

Processo: CON-TC0262407/71 de interesse público devidamente justificado; f) Médio Vale do Itajaí Data da Sessão: 03/06/1998
Parecer: COG-694/97 autorização legislativa; g) licitação dispensada na Relator: Auditora Thereza Marques
Origem: Prefeitura Municipal de Campos impossibilidade de selecionar proposta mais van- Data da Sessão: 25/05/1998
Novos tajosa para a administração; h) apreciação pelo 0551 1. Objetivando prover interesses da
Relator: Conselheiro Carlos Augusto Conselho Administrativo da Autarquia. comunidade e devidamente autorizado pelo Legis-

Data da Sessão:
Caminha
13/05/1998
0547 1. O cargo público, sendo de provi- lativo, é viável o Município efetuar despesas com
Processo: CON-TC0069000/86 mento efetivo e estando o servidor assegurado refeições destinadas aos policiais militares em ser-
Parecer: COG-196/98 pelo instituto da estabilidade, poderá ser exer- viço, mediante instrumento de convênio firmado
Origem: Prefeitura Municipal de Vargeão cido cumulativamente com o mandato de Ve- com o Estado, apenas para eventos especiais.
0542 1. Ao Município é outorgada a auto- Relator: Auditor Evângelo Spyros reador. Havendo compatibilidade de horário, a 2. As despesas com locação de imóveis por
nomia política, administrativa e financeira, nos Diamantaras remuneração do mandato eletivo e o vencimento parte do Município, destinados à moradia de po-
termos da Constituição Federal, artigo 18 e da Data da Sessão: 25/05/1998 do cargo podem ser acumulados, nos termos do liciais militares são irregulares por serem estra-
Constituição Estadual, artigo 110. artigo 38, III, da Constituição Federal. nhas à competência municipal.
2. Nesta circunstância, não se sujeita o Mu- 2. Na hipótese de o cargo ser de provimento 3. É facultado ao Município celebrar convê-
nicípio a ter que designar funcionários para a 0545 1. Em conformidade com os disposi- em comissão, opera-se a restrição ao acúmulo de nio com Polícia Militar para aquisição de auto-
realização de serviços afetos a outros níveis de tivos da Lei Federal no 8.666, de 21 de junho de cargos em decorrência do princípio da separação móvel, participando do valor conveniado, desde
governo. 1993, e suas alterações, é vedado à administra- dos Poderes, haja vista a nítida submissão a que que respeitados os seguintes pressupostos:

122 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 123


a) existência de dotação própria para fins de Origem: Prefeitura Municipal de tabelecendo parâmetros e fixando os limites, em pal, desde que para seu custeio o erário concorra
empenhamento da despesa; Agronômica atendimento ao princípio da legalidade. com mais de 50% (cinqüenta por cento) da sua
Relator: Conselheiro Dib Cherem
b) a despesa deve ser classificada no subele- 2. A demissão de servidor efetivo em estágio receita anual, nos termos do artigo 65, parágrafo
Data da Sessão: 10/06/1998
mento 4.3.2.2 — Transferências ao Estado probatório por extinção de cargos do quadro fun- 8o, da Lei Complementar no 31, de 27 de setem-
e ao Distrito Federal, no caso do Município cional é possível, mas diante de Lei, de acordo bro de 199014.
transferir os recursos à Polícia Militar para com o artigo 38, IV, da Lei Orgânica Municipal 2. Em qualquer circunstância, a Fundação
esta realizar a aquisição; 0555 1. Após 18/11/1997, o benefício de e artigo 61, § 1o, I, “a”, da CF. deve prestar contas ao Município de Jaraguá do
c) nos convênios em que ocorrer a situação licença-prêmio é devido somente aos servido- 3. O procedimento adequado relativo à tercei- Sul dos recursos públicos repassados pela muni-
inversa, isto é, a Polícia Militar efetuar o res públicos de Itajaí enquadrados no Regime rização e privatização dos serviços públicos pelo cipalidade, nos termos do artigo 50, § 1o, da Lei
repasse ao Município, cabe a ela a reali- Jurídico Único daquele Município, ocupantes município é o seguinte: Orgânica Municipal, e dos artigos 70, parágrafo
zação do empenhamento no subelemento de cargos efetivos, aprovados em concurso pú- • no caso de serviços de fabricação de tubos, único, da Constituição Federal, e 58, parágrafo
4.3.2.3 — Transferências a Municípios; blico, conforme disposto na Lei Municipal no produção de pedra britada e usina de asfal- único, da Constituição Estadual.
neste caso, há o ingresso de receitas no 3.220/97. to, pode a Prefeitura privatizar os serviços 3. A Fundação não estando enquadrada na hi-
Município, que deve ser contabilizada sob 2. Até 18/11/1997, e desde a vigência da Lei mediante autorização legislativa; pótese aventada no primeiro questionamento —
a rubrica 2.4.2.2.00.00 — Outras Transfe- Municipal no 1.999, de 08/09/1982, além de ser- • no caso de serviço de transporte escolar, é para cujo custeio o erário concorra com mais de
rências dos Estados. vidores ocupantes de cargo efetivo, aprovados facultado à Administração utilizar o institu- 50% (cinqüenta por cento) da sua receita anual
4. A entidade que receber parte dos recursos em concurso público, também tinham direito à to da concessão, precedida de licitação; — somente estará sujeita a prestar contas da parte
a ser despendido na aquisição dos bens será res- licença-prêmio os ocupantes de cargo em comis- • para o serviço de coleta de lixo, é possível o dos recursos recebidos do Município a título de
ponsável pela compra e pela incorporação do são, desde que atendidas as condições para ob- Poder Público se utilizar da terceirização de Transferências Operacionais (3.2.1.1), ou Auxí-
bem ao seu patrimônio, classificando a despesa tenção do direito previstas naquela Lei. serviço em sentido estrito, ou seja, contratar lios para Despesas de Capital (4.3.1.1), ou Con-
em dotação de elemento 4.1.2.0. 3. A partir de 05/01/1993, o período aquisiti- uma empresa especializada para que preste tribuições para Despesas de Capital (4.3.1.2), na
vo passou a ser de 05 (cinco) anos, com período os serviços à Prefeitura; forma prescrita pela Lei Federal no 4.320/64, de
Processo: CON-TC0184902/77 de gozo de 03 (três) meses, sendo que os servi- • é vedado à Administração Pública vincular 17 de março de 1964 (Adendo I, à Portaria SOF
Parecer: COG-504/97 dores podiam aproveitar o período ininterrupto a alienação de seus bens e os serviços de no 8, de 04/02/1985), combinado com o Esta-
Origem: Prefeitura Municipal de Arabutã do exercício em cargo efetivo ou em comissão seus servidores à terceirização de serviços, belecido pela Resolução TC no 16/94, de 21 de
Relator: Conselheiro Luiz Suzin Marini anterior a 05/01/1993, desde que não utilizado tendo em vista a impossibilidade de cedên- dezembro de 1994.
Data da Sessão: 03/06/1998 para gozo da licença-prêmio prevista na Lei no cia de servidores públicos e cessão de bens
1.999/82, quando o período aquisitivo era de- públicos a empresas privadas que objetivem Processo: CON-TC0004400/80
cenal. lucro. Parecer: COG-050/98
0554 1. Os servidores ocupantes de car- 4. A abertura de crédito suplementar sem de- Origem: Fundo Rotativo Habitacional de

go comissionado da Administração Pública do creto do Poder Executivo constitui irregulari- Processo: CON-TC0018308/76 Dionísio Cerqueira
Município de Agronômica que com ela não de- dade de natureza orçamentária, por contrariar o Parecer: COG-157/98 Relator: Conselheiro Luiz Suzin Marini
tenham vínculo efetivo, farão jus aos direitos e artigo 42 da Lei Federal no 4.320/64. A edição Origem: Prefeitura Municipal de Data da Sessão: 24/06/1998
vantagens aplicáveis aos detentores de cargos posterior de decreto, não regulariza a abertura de Itapiranga
efetivos, consoante dispõem os artigos 39, § 2o, crédito, mesmo que exista lei autorizativa. Relator: Conselheiro Antero Nercolini
da Constituição Federal, 52 e 62 da Lei Comple- Data da Sessão: 15/06/1998 0559 Revogado
mentar no 01/90 do referido Município, exceto as Processo: CON-TC0058700/85
que requeiram a estabilidade para sua fruição. Parecer: COG-180/98
2. Dentre as vantagens concedidas aos deten- Origem: Prefeitura Municipal de Itajaí 0557 Revogado 0560 1. A manutenção de creche é um
tores de cargos efetivos, é reconhecido, consoan- Relator: Auditor Evângelo Spyros serviço que deve ser prioritariamente oferecido
te dispositivos supramencionados, o direito, aos Diamantaras pelo Município, não se inserindo, contudo, no
ocupantes de cargos de provimento em comis- Data da Sessão: 10/06/1998 0558 1. A Fundação Educacional Regio- ensino fundamental, mas na educação infantil
são, da percepção do décimo terceiro salário, do nal Jaraguaense — FERJ, pessoa jurídica de que assiste às crianças de 0 a 06 anos de idade.
salário-família e do gozo de férias remuneradas direito privado, criada pela Lei Municipal no 2. É vedado à Administração Municipal con-
com pelo menos um terço a mais do que o sa- 0556 1. A redução do quadro funcional 439/73, sujeita-se à fiscalização do Tribunal de tratar mão-de-obra através de cooperativas, para
lário normal. por intermédio de um plano de demissão volun- Contas, se mantida pelo Poder Público Munici- a realização de serviços que constituam ativida-
tária é possível, mas, em observância ao artigo
Processo: CON-TC0004500/88 38, IV, da Lei Orgânica Municipal, deve ser ela- O artigo 65, § 8o, da Lei Complementar no 31, de 27 de setembro de 1990, citado no Prejulgado refere-se ao artigo 1o, § 1o, da nova Lei Orgânica do Tribunal de
14

Parecer: COG-155/98 borada lei de iniciativa do Poder Executivo, es- Contas do Estado de Santa Catarina — a Lei Complementar no 202/00.

124 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 125


des-fim da administração pública, ou cujas fun- cípio para implantar programas de construção Processo: CON-TC0196500/84 Processo: CON-TC0218900/87
ções sejam próprias das de cargos integrantes do de moradias e de melhoria das condições ha- Parecer: COG-263/98 Parecer: COG-264/98
Origem: Prefeitura Municipal de Jaborá Origem: Prefeitura Municipal de Herval
quadro de pessoal do órgão, em face do disposto bitacionais.
Relator: Auditor Evângelo Spyros do Oeste
no artigo 37, II, da Constituição Federal. A Ad- 2. A destinação de bens e serviços públicos
ministração pode contratar serviços através de municipais em favor de particular deve atender Diamantaras Relator: Conselheiro Antero Nercolini
Data da Sessão: 01/07/1998 Data da Sessão: 06/07/1998
empresas ou cooperativas para atendimento de à finalidade pública e se efetivar em consonância
atribuições da atividade-meio do órgão público, com a norma instituidora e regulamentadora do
mediante lei municipal reguladora e observado o programa habitacional.
procedimento licitatório, conforme disposto no 3. A contratação de pessoal por tempo deter- 0563 É vedado termo de contrato cujo 0566 O contrato por prazo determina-
artigo 37, XXI, da Constituição Federal, e arti- minado, conforme disposto na Constituição Fe- conteúdo se restrinja a fazer menção às regras do, realizado mediante permissão legal, é lícito
gos 2o e 6o da Lei Federal no 8.666/93. deral, artigo 37, inciso IX, visa o atendimento de do edital de licitação, sem especificar, de forma consoante preceito do artigo 37, inciso IX, da
3. É permitido à Administração Municipal necessidade temporária de excepcional interesse clara e precisa, no próprio termo, todas as regras Constituição Federal. A prorrogação, quando já
qualificar sociedade civil sem fins lucrativos, público. A contratação de pessoal pelo Municí- pactuadas, nos termos dos artigos 54, 55 e 60 expirado o termo final, se a lei autorizativa não
que tenha finalidade dirigida ao ensino, à pesqui- pio, para desempenho de serviço público junto a da Lei Federal no 8.666/93, exceto nos casos de estabelecer a possibilidade de prorrogação de
sa científica, ao desenvolvimento tecnológico, à órgão do Poder Judiciário, não se constitui em inexigibilidade do instrumento contratual, con- contrato, torna-o nulo.
proteção e preservação do meio ambiente, à cul- hipótese a ser albergada por lei que regulamente forme artigo 62 da citada Lei.
tura e à saúde, para o fomento e execução dessas a contratação para atender a necessidade tempo- Processo: CON-TC0219000/88
atividades no âmbito da Administração Munici- rária de excepcional interesse público pelo Mu- Processo: CON-TC0219600/81 Parecer: COG-301/98
pal, por meio de contrato de gestão, desde que nicípio. Parecer: COG-315/98 Origem: Prefeitura Municipal de São

haja lei específica dispondo sobre a matéria, a Origem: Prefeitura Municipal de Joaquim
exemplo da disciplina implantada no âmbito fe- Processo: CON-TC0067700/84 Blumenau Relator: Conselheiro Antero Nercolini
deral pela Medida Provisória no 1.59115, editada Parecer: COG-243/98 Relator: Conselheiro Luiz Suzin Marini Data da Sessão: 06/07/1998
em 09 de outubro de 1997. Origem: Prefeitura Municipal de Data da Sessão: 01/07/1998
4. É permitida ao Município a concessão de Palmeira
subvenção social a entidades privadas que atuam Relator: Auditor Evângelo Spyros 0570 Revogado
no setor da educação infantil (creches), obser-
Data da Sessão:
Diamantaras
01/07/1998
0565 1. Por não contrariar normas hierar-
vada a norma do artigo 16 da Lei no 4.320/64, quicamente superiores — Lei Orgânica do Muni-
e mediante lei municipal autorizativa. (Observar cípio de Herval do Oeste, Constituição Estadual 0571 Reformado
requisitos do artigo 26 da Lei Complementar no e Constituição Federal — o contido no inciso II 1. É vedado ao município repassar mensal-
101/00 — Lei de Responsabilidade Fiscal). 0562 1. Mediante lei municipal que mo- do artigo 2o da Lei Complementar Municipal no mente verba para a remuneração de servidores
5. O Município de Gaspar, observando a regra difique o disposto no inciso I, do artigo 35 do 003/94, que trata da concessão de gratificação contratados pela própria entidade e, portanto,
da licitação, pode terceirizar o serviço de água Estatuto dos Servidores Públicos Municipais, é especial a servidores à disposição daquele Mu- sem vínculo empregatício com a municipalida-
e esgoto, concedendo a prestação de serviço pú- facultado ao Município de Jaborá elevar a carga nicípio, está em plena vigência. de, uma vez que os recursos do fundo devem ser
blico nos moldes do artigo 175 da Constituição horária dos servidores até o limite fixado no ar- 2. Ante a autonomia municipal para a norma- aplicados na manutenção e desenvolvimento do
Federal e artigo 2o, inciso II, da Lei Federal no tigo 23, § 2o, inciso VI, da Lei Orgânica daquele tização da administração e da remuneração dos ensino fundamental público e na valorização do
8.987/9516. Município e artigo 7o, inciso XIII, da Constitui- seus servidores, e estando o disposto do artigo seu magistério17, nos moldes previstos pelo arti-
ção Federal. 2o, inciso II, da Lei Complementar no 003/94 em go 2o da Lei Federal no 9.424, de 24 de dezembro
Processo: CON-TC0271701/72 2. A elevação na carga horária diária e sema- plena vigência, é facultado ao Poder Executivo de 1996, combinado com o artigo 70, I, da Lei
Parecer: COG-248/98 nal pode gerar direito aos ocupantes dos cargos de Herval do Oeste, atendido o interesse públi- Federal no 9.394, de 20 de dezembro de 1996, e
Origem: Prefeitura Municipal de Gaspar atingidos a acréscimo proporcional nos venci- co, a concessão de gratificação especial aos ser- demais disposições legais pertinentes à espécie.
Relator: Conselheiro Luiz Suzin Marini mentos, observada a isonomia de vencimentos vidores de outros Municípios e de outras esferas 2. Quando da aplicação dos recursos recebi-
Data da Sessão: 24/06/1998 entre cargos de atribuições iguais ou assemelha- administrativas colocados à disposição daquele dos do Fundo, o Município realiza as despesas
das com idêntica carga horária, em face ao dis- Município. classificadas em 3.1.0.0 — Custeio; 4.1.0.0 —
posto no artigo 39, § 1o, da Constituição Federal 3. A referida norma só poderá ser modificada Investimentos; ou 4.2.0.0 — Inversões Finan-
0561 1. O artigo 23, inciso IX, da Cons- e artigo 23, § 1o, da Lei Orgânica do Município ou revogada por outra lei complementar. ceiras, conforme normas contábeis contidas na
tituição Federal, atribui competência ao Muni- de Jaborá. Lei Federal no 4.320/64, para atender às despesas

15
A Medida Provisória no 1.591/97 foi convertida na Lei no 9.637/98, que versa sobre a qualificação de entidades como organizações sociais. A EC no 53/06 criou o FUNDEB, destinando parte dos recursos a que se refere o caput do artigo 212 da Constituição da República Federativa do Brasil à
17

16
A Lei no 11.445/07, que estabelece diretrizes nacionais para o saneamento básico, revogou a Lei no 8.987/95. manutenção e ao desenvolvimento da educação básica e à remuneração condigna dos trabalhadores da educação.

126 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 127


admitidas pela Lei Federal no 9.424/96, que insti- programa de incentivo ou recolhimento de tribu- 0575 1. O direito brasileiro permite a re- Servidores Públicos Federais, de 11 de dezem-
tuiu o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento tos de sua competência, mediante a distribuição troatividade da lei, desde que esta não desres- bro de 1990, e sua aplicação se circunscreve ao
do Ensino Fundamental e Valorização do Magis- gratuita de prêmios. peite o direito adquirido, o ato jurídico perfeito âmbito dos Poderes da União, suas autarquias e
tério (FUNDEF), e Lei Federal no 9.394/96, que 2. O programa, contudo, deve ser implantado e a coisa julgada, nos termos do artigo 5o, inciso as suas fundações públicas, consoante os seus
dispõe sobre as Diretrizes e Bases da Educação, e formalizado em processo específico, de acordo XXXVI, da Constituição Federal, combinado próprios e específicos termos, não alcançando as
e pelo o artigo 212 da Constituição Federal. com as normas federais e os regulamentos bai- com o artigo 6o, caput, da Lei de Introdução ao normas estatuídas no âmbito da municipalidade
xados pelo Ministério da Justiça, Órgão detentor Código Civil, Decreto-Lei no 4.657, de 04 de se- acerca da matéria.
Primeiro parágrafo revogado pelo da competência para autorizar a distribuição de tembro de 1942. 2. A teor do artigo 1o do Decreto Municipal
Tribunal Pleno em sessão de 27/08/2003, através prêmios nessas condições. 2. Editada lei convalidando todos os atos pra- n 5.517, de 18 de abril de 1997, que alterou o
o

da Decisão no 2.918/03, exarada nos autos do pro- 3. A medida deve ser precedida de justifica- ticados relacionados à alienação do imóvel, ficam artigo 1o do Decreto Municipal no 2.534, de 14
cesso no CON-03/03668288. Redação do parágra- tiva que demonstre a conveniência, a oportuni- estes atos revestidos das formalidades legais. de maio de 1992, os servidores públicos civis
fo revogado: “Os recursos do Fundo serão apli- dade e a plena satisfação do interesse público. A ocupantes de cargos de provimento em comissão
cados na manutenção e desenvolvimento do en- despesa com a aquisição dos prêmios deve ser Processo: CON-TC0279000/80 ou admitidos em caráter temporário, sem vínculo
sino fundamental público e na valorização de seu realizada na conformidade da lei e dos princípios Parecer: COG-380/98 efetivo com a Administração Pública Municipal,
magistério, podendo ser destinado às instituições que regem a administração pública. Origem: Assembléia Legislativa do vinculam-se obrigatoriamente ao Regime Geral
privadas sem fins lucrativos, especializadas e com Estado de Santa Catarina de Previdência Social — RGPS, de que trata a
atuação exclusiva em educação especial, para fins Processo: CON-TC0512100/84 Relator: Conselheiro Antero Nercolini Lei Federal no 8.212/91.
de apoio técnico e financeiro pelo Poder Público e Parecer: COG-62/98 Data da Sessão: 10/08/1998
para escolas comunitárias, confessionais ou filan- Origem: Associação dos Municípios da
Processo: CON-TC0220700/87
trópicas, nos termos do artigo 2o da Lei Federal Região Serrana Parecer: COG-391/98
no 9.424, de 24 de dezembro de 1996, combinado Relator: Conselheiro Salomão Ribas 0576 1. Compete ao Município organizar Origem: Fundo do Sistema Municipal

com os artigos 60 e 77, da Lei Federal no 9.394, Junior ou prestar diretamente, ou sob regime de con- Previdência de Chapecó
Data da Sessão: 10/08/1998 Relator: Auditor Clóvis Mattos Balsini
de 20 de dezembro de 1996.” cessão ou permissão, os serviços públicos de in-
teresse local, incluído o de transporte coletivo, Data da Sessão: 24/08/1998
Terceiro parágrafo revogado que tem caráter essencial, nos termos do artigo
pelo Tribunal Pleno em sessão de 05/06/2006, 0573 1. O Município de Pinheiro Preto 30, inciso V, da Lei Orgânica do Município de
através do item 6.3 da Decisão no 1.312, exarada tem legitimidade passiva para o pagamento de Santa Cecília. 0579 1. Pode a Administração buscar na
nos autos do processo no CON-06/00012247. Re- juros, quando sua incidência decorre do texto le- 2. Para que o Município institua a prestação iniciativa privada a contratação de serviços pri-
dação do parágrafo revogado: “O Município não gal ou cláusula contratual. de serviços de transporte coletivo municipal, de vados para atender as necessidades da rede pú-
pode disponibilizar servidores a ele vinculados, 2. Em se tratando de juros de mora, devidos forma gratuita, necessita de estrutura e suporte blica da saúde, conforme dispõe o artigo 197 da
para atuarem em entidades filantrópicas e não go- em função de atraso de pagamento pelo Muni- financeiro para arcar com o ônus do encargo, Constituição Federal e a Lei Federal no 8.080/90.
vernamentais que prestam atendimento na área de cípio, a responsabilidade recairá sobre o Orde- uma vez que terá que disponibilizar seus pró- A contratação deverá ser precedida de licitação
educação infantil (creches e pré-escolas), séries nador da Despesa, caso não reste comprovada prios recursos, haja vista a proibição de utilizar ou, nos termos da Lei Federal no 8.666/93, dire-
iniciais (primeira a quarta séries) e educação es- a impossibilidade de cumprimento da obrigação os recursos recebidos para a manutenção e de- tamente, através de dispensa ou inexigibilidade.
pecial de portadores de deficiência, para manu- no prazo inicialmente avençado. senvolvimento do ensino, previstos na Lei Fede- 2. A inexigibilidade de licitação decorre da in-
tenção das atividades pedagógicas dessas unida- 3. O procedimento para cobrança dos ju- ral no 9.394, de 20 de dezembro de 1996. viabilidade de competição e tem fundamento no
des educacionais, com ônus para o Município, por ros devidos pelo Município de Pinheiro Pre- artigo 25 da Lei Federal no 8.666/93. A necessida-
absoluta falta de amparo constitucional, e por ferir to é através do contencioso administrativo ou Processo: CON-TC0219200/82 de de contratação de todo o universo de interessa-
princípios norteadores do direito administrativo.” judicial. Parecer: COG-365/98 dos, para executar determinado objeto, por preço
Origem: Prefeitura Municipal de Santa certo e prefixado pela Administração, caracteriza
Processo: CON-TC0072700/88 Processo: CON-TC0254707/70 Cecília situação de inexigibilidade de licitação.
Parecer: COG-348/98 Parecer: COG-674/97 Relator: Conselheiro Salomão Ribas 3. O credenciamento não pode ser utilizado
Origem: Prefeitura Municipal de Lages Origem: Fundo de Aposentadoria Junior em substituição à licitação ou ao contrato. Quan-
Conselheiro Luiz Suzin Marini Pensões e Serviços Municipais Data da Sessão: 17/08/1998
Relator: do a Administração pretende contratar determi-
Data da Sessão: 10/08/1998 de Assistência Social e Saúde nado objeto com todo o universo de interessa-
dos Servidores de Pinheiro Preto dos, estando caracterizada a situação de inexi-
Relator: Auditor Evângelo Spyros
0577 1. A Lei Federal n o
9.630, de 23 de gibilidade de licitação, é recomendável a utili-
0572 1. Não há impedimento de ordem Data da Sessão:
Diamantaras
10/08/1998
abril de 1998, tem vinculação direta com a Lei zação do credenciamento como mecanismo de
legal para que o Município regulamente por lei, Federal no 8.112, que dispõe sobre o Estatuto dos seleção dos possíveis interessados.

128 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 129


4. No caso da adoção do credenciamento, os Origem: Santa Catarina Turismo S/A 2. A aquisição de viaturas para a Secretaria 4. No caso em tela, a licitação pode ser inexi-
preços devem ser previamente definidos pela Ad- Relator: Auditor Evângelo Spyros da Educação e a construção de um prédio para gível, desde que comprovada a inviabilidade de
ministração, seguindo os mesmos valores cons- Diamantaras a mesma Secretaria, não são consideradas como competição, em razão da natureza singular do
Data da Sessão: 26/08/1998
tantes da tabela do sistema único de saúde, nos despesas com manutenção e desenvolvimento do serviço e da notória especialização do profissio-
termos do artigo 26 da Lei Federal no 8.080/90. ensino, nos termos dos incisos I a VIII do artigo nal a ser contratado, cujo trabalho se mostre o
5. O documento a ser emitido por pessoa fí- 70 da Lei Federal no 9.394, de 20 de dezembro mais adequado aos interesses da Administração,
sica referente a serviços prestados é a nota fiscal 0581 1. O Orientador Educacional e o Su- de 1996. nos termos do artigo 25, II e § 1o c/c artigo 13, V
ou o recibo, conforme o enquadramento fiscal pervisor Escolar perceberão os mesmos venci- 3. As despesas com construção, ampliação e § 3o e o artigo 26 da Lei Federal no 8.666/93.
em que o profissional se encontra, e consequen- mentos, sendo equivalente a 40 horas de Profes- e reformas de escolas, bem com a aquisição de
temente, este será o documento de comprovação sor nível III, quando formado em curso superior ônibus para transporte escolar, encontram am- Processo: CON-TC0334600/85
da despesa pública. com a referida habilitação, e o equivalente a 40 paro no artigo 70, incisos II e VIII, respectiva-
Parecer: COG-387/98
horas de Professor nível V, quando pós-gradu- mente, da Lei Federal no 9.394/96, sendo consi- Origem: Prefeitura Municipal de Biguaçu
Processo: CON-TC0252103/74 ado em uma das duas habilitações, nos termos deradas como gasto em desenvolvimento e ma- Relator: Conselheiro Salomão Ribas

Parecer: COG-314/98 do artigo 1o da Lei Municipal no 1.194, de 13 de nutenção do ensino. Junior


Origem: Prefeitura Municipal de Itá dezembro de 1994. 4. O percentual de 60% dos recursos oriundos Data da Sessão: 14/09/1998
Relator: Auditor Clóvis Mattos Balsini 2. O vencimento deverá ser correspondente ao do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do
Data da Sessão: 24/08/1998 de Professor nível V, do Quadro do Magistério Ensino Fundamental e Valorização do Magisté-
Municipal de Tijucas, para o Orientador Educa- rio deve, em consonância com o artigo 7o, ser 0586 1. Desvio de função corresponde à
cional e para o Supervisor Escolar que concluir aplicado na remuneração do Magistério e na ca- atribuição, a determinado servidor, de funções
0580 1. Os agentes do Estado, integran- curso de pós-graduação em nível de especiali- pacitação de professores leigos, nos termos do não próprias do cargo para o qual foi nomeado.
tes da administração direta e indireta, somente zação em Pedagogia, posto que amparado pelo artigo 9o, § 1o, ambos da Lei Federal no 9.424/96. 2. Desvio de função de pessoal docente e de-
poderão praticar atos para os quais estejam au- artigo 1o da Lei Municipal no 1.194, de 13 de de- A aplicação de eventual saldo remanescente de- mais profissionais da educação ocorre quando
torizados por norma legal válida. O poder de zembro de 1994, combinado com o artigo 8o da verá dar-se com a observância do artigo 70 da são atribuídas ao servidor funções não próprias
transigir ou de renunciar não se configura se a Lei Municipal no 850, de 02 de julho de 1991. Lei Federal no 9.394/96. de seu cargo e não relacionadas às atividades de
lei não o prevê. O acordo extrajudicial, portan- ensino.
to, é possível, desde que existente norma legal Processo: CON-TC0276900/87 Processo: CON-TC0219500/84 3. Demais profissionais da educação são
autorizativa. Parecer: COG-454/98 Origem: Prefeitura Municipal de Cerro aqueles que exercem outras funções relaciona-
2. As atividades de consultoria jurídica das Origem: Prefeitura Municipal de Tijucas Negro das às atividades de ensino, dentre as quais as
Secretarias de Estado, das autarquias, fundações, Relator: Conselheiro Luiz Suzin Marini Relator: Conselheiro Luiz Suzin Marini de suporte pedagógico às atividades de docência,
empresas públicas, sociedades de economia mis- Data da Sessão: 31/08/1998 Data da Sessão: 09/09/1998 incluídas as de direção ou administração escolar,
ta e suas subsidiárias ou controladas, serão de- planejamento, inspeção, supervisão e orientação
senvolvidas de forma articulada sob a coordena- educacional.
ção da Procuradoria Geral do Estado (artigo 32, 0582 1. Na aplicação dos recursos do 0585 1. O provimento e exercício de car-
parágrafo único, da Lei no 9.831/95)18. Fundo de Manutenção e do Desenvolvimen- gos e funções técnicas de museologia na Admi- Processo: CON-TC0059300/82
3. A efetivação de acordos com valores a me- to do Ensino Fundamental e de Valorização do nistração Pública Direta e Indireta não dispen- Parecer: COG-421/98
nor que o devido, ainda a negociar, é imprati- Magistério19 (Lei Federal no 9.424/96), deverá o sam a prestação de concurso público, nos termos Origem: Prefeitura Municipal de Ilhota
cável, uma vez que só é admitida pelo Estado a Município observar as prescrições específicas da do disposto na Lei Federal no 7.287/84, artigo 4o, Relator: Conselheiro Salomão Ribas

celebração de acordo judicial relativamente às Constituição e da Lei, como no caso do Magis- parágrafo único. Junior
condições de pagamento, à forma de pagamento tério, e atentar para as disposições do artigo 70 2. A contratação de serviços de consultoria e Data da Sessão: 14/09/1998
do valor devido, com as correções legais, e não da Lei Federal no 9.394, de 20 de dezembro de assessoria na área de museologia apenas é pos-
em termos de valores, se a mais ou menos que o 1996, que trata acerca do que considera como sível se caracterizada a natureza eventual da ne-
efetivamente devido. sendo despesa de manutenção e desenvolvimen- cessidade ou não continuação da prestação, de 0588 1. A falta da anotação da data da
to do ensino, com vistas a consecução dos ob- modo a não configurar infração ao artigo 37, II, despedida do empregado no espaço reservado na
Processo: CON-TC0222200/83 jetivos básicos das instituições educacionais de da Constituição Federal. CTPS não significa a continuidade do contrato
Parecer: COG-411/98 todos os níveis. 3. A contratação de serviços de consultoria e com a conseqüente obrigação ao recolhimento
assessoria na área de museologia deve ser prece- dos encargos, posto que a partir da data do despa-
18
A Lei no 9.831/95 foi revogada pela Lei Complementar no 317, de 30 de dezembro de 2005, que passou a dispor sobre a organização e o funcionamento da dida de processo licitatório, nos termos do esta- cho do Exmo. Sr. Presidente do Tribunal de Jus-
Procuradoria Geral do Estado. Dessa forma, o dispositivo aludido no item 2 refere-se ao artigo 4o, II, e § § 1o e 2o, da Lei Complementar no 317/05.
19
A EC no 53/06 criou o FUNDEB, destinando parte dos recursos a que se refere o caput do artigo 212 da Constituição da República Federativa do Brasil à
tuído no artigo 37, XXI, da Constituição Federal, tiça do Estado, tornando sem efeito o contrato de
manutenção e ao desenvolvimento da educação básica e à remuneração condigna dos trabalhadores da educação. e no artigo 2o da Lei Federal no 8.666/93. trabalho, cessou a contraprestação dos serviços.

130 Decisões em consultas ao tce/SC prejulgados 131


2. A baixa do contrato na CTPS pode ser pro- Reformado pelo Tribunal Pleno em sessão 0593 1. As despesas de exercícios encer- subordinação, vedada a contratação para a reali-
cessada, a qualquer momento, para cumprimen- de 02/12/2002, através da Decisão no 3.089/02, rados, não empenhadas nas épocas próprias, que zação de serviços que constituam atividade-fim
to das formalidades impostas pela legislação tra- exarada no processo no PAD-02/10566680. Re- não tenham por base prévia autorização legal, da administração pública ou cujas funções sejam
balhista, considerando-se como data da saída a dação Inicial: “O subsídio dos vereadores, fixado cujas dotações em que deveriam ser empenhadas próprias de cargos integrantes do seu quadro
do despacho do presidente do Tribunal de Justi- conforme determinam as normas constitucionais no exercício de origem, não dispunham de crédi- de pessoal, face o disposto no artigo 37, II, da
ça que anulou o contrato de trabalho, conforme vigentes, quando estabelecido em partes fixa e tos orçamentários suficientes para comportá-las, Constituição Federal. A administração munici-
anotações às fls. 57, da carteira de trabalho. variável, pode ser pago integralmente — inclu- poderão ser regularizadas mediante crédito espe- pal ao contratar serviços através de empresas ou
sive a parte variável — durante o recesso parla- cial ou através de seu reconhecimento por lei da cooperativas para atendimento de atribuições da
Processo: CON-TC0389505/87 mentar, mesmo inexistindo sessões da Câmara Câmara Municipal, e o seu conseqüente empenha- atividade-meio, deverá fazê-lo mediante lei mu-
Parecer: COG-370/98 nesse período. O recesso parlamentar será re- mento nas dotações próprias de despesas de exer- nicipal reguladora e observando o procedimento
Origem: Tribunal de Justiça do Estado de munerado, nos termos do artigo 3o da Resolu- cícios anteriores, liquidação e pagamento, sem licitatório, conforme artigo 37, inciso XXI, da
Santa Catarina ção no 04, de 14 de junho de 1996, que fixou a prejuízo da verificação de responsabilidade pela Constituição Federal, e artigos 2o e 6o da Lei Fe-
Relator: Conselheiro Salomão Ribas remuneração dos vereadores para a legislatura realização das mesmas nessas circunstâncias. deral no 8.666/93.
Junior 1997/2000.” 2. Quanto à averbação de tempo de serviço ru- 2. Os procedimentos legais a serem tomados
Data da Sessão: 30/09/1998 ral para os servidores públicos municipais após o pelo município para a contratação de terceiros,
Processo: CON-TC0345100/80 advento da Lei Federal no 9.528 de 10/12/1997: para a realização de obras, prestação de servi-
Parecer: COG-566/98 diante da ausência de comprovantes de contri- ços, inclusive de publicidade, compras, aliena-
0589 As prestações de contas dos re- Origem: Prefeitura Municipal de buição, condição sem a qual resta vedada a con- ções e locações da administração pública, serão
cursos financeiros provenientes do fundo de Caxambu do Sul tagem recíproca prevista no parágrafo 2o do ar- necessariamente os previstos na Lei Federal no
manutenção e desenvolvimento do ensino fun- Relator: Conselheiro Salomão Ribas tigo 202 da Constituição Federal, não é cabível 8.666/93, ou mediante concurso público, confor-
damental e de valorização do magistério20, re- Junior a averbação do tempo de serviço em atividade me o caso, nos termos do artigo 37, incisos II e
Data da Sessão: 21/10/1998
passados pelo Estado aos municípios por via rural para efeitos de aposentadoria. XXI, da Constituição Federal.
de convênio, em decorrência da transferência 3. Da incorporação de função gratificada e ho- 3. Se a cooperativa não pagar os seus trabalha-
de matrículas da rede estadual de ensino para ras extras, aos proventos de aposentadoria por dores, poderá o município ser responsabilizado,
a rede municipal, podem ser apresentadas jun- 0592 1. A administração do ensino pú- tempo de serviço referente de servidor público nos termos da legislação vigente, uma vez que
tamente com a prestação de contas anual dos blico municipal é de responsabilidade direta do municipal: não há possibilidade jurídica de ser- está garantida a responsabilidade subsidiária do
municípios, afastando-se, excepcionalmente, a poder público municipal, sendo intransferível a vidor público municipal incorporar função grati- tomador de serviços no caso de inadimplemento
incidência do artigo 44, caput, da Resolução no particulares. ficada e horas extras, para efeito de aposentado- de empresa interposta. A não observância das ca-
TC-16/94. 2. A responsabilidade pela formulação da ria, com base no Estatuto dos Servidores Públicos racterísticas que distinguem as cooperativas das
orientação pedagógica do sistema de ensino pú- Civis da União, quando o Estatuto dos Servidores demais sociedades, enseja fraude à lei, devendo
Processo: CON-TC0115605/81 blico municipal compete privativamente ao po- Municipais de Lacerdópolis não prevê esta hipó- esta ser considerada mera intermediadora de mão-
Parecer: 531/98 der público municipal. tese, caracterizando afronta ao artigo 61, § 1o, II, de-obra, fazendo emergir, inclusive, a existência
Origem: Secretaria de Estado da 3. Para formulação da proposta pedagógica e “c”, e ao artigo 30, I, da Constituição Federal, do vínculo empregatício com o município.
Educação e do Desporto boa administração da educação pública, o muni- combinado com o artigo 47, inciso II, da Lei Or-
Relator: Conselheiro Salomão Ribas cípio pode buscar subsídios e orientações junto gânica do Município de Lacerdópolis, de 1990. Processo: CON-TC0196600/81
Junior a entidades privadas, mediante acordos onerosos Parecer: 527/98
Data da Sessão: 21/10/1998 CON-TC0279300/82 Origem: Prefeitura Municipal de
ou não, observado o processo licitatório, sempre Processo:

que exigido, e as normas relativas à prestação Parecer: 544/98 Ipumirim


de contas. Origem: Prefeitura Municipal de Relator: Thereza Apparecida Costa

0590 Reformado Lacerdópolis


Data da Sessão:
Marques
26/10/1998
O subsídio dos vereadores, fixado conforme Processo: CON-TC0280700/80 Relator: Clóvis Mattos Balsini
determinam as normas constitucionais vigentes, Parecer: COG-552/98 Data da Sessão: 26/10/1998
pode ser pago integralmente durante o recesso Origem: Prefeitura Municipal de Joaçaba
parlamentar, mesmo inexistindo sessões da Câ- Relator: Conselheiro Dib Cherem 0595 1. O poder público municipal, me-
mara nesse período. Data da Sessão: 26/10/1998 0594 1. A contratação de mão-de-obra diante lei especifica, poderá fixar idênticos
pela administração municipal, através de co- vencimentos para cargos de atribuições asse-
operativa, somente é possível quando se tratar melhadas da Administração Direta e Indireta,
A EC no 53/06 criou o FUNDEB, destinando parte dos recursos a que se refere o caput do artigo 212 da Constituição da República Federativa do Brasil à
20
de serviços especializados ligados à atividade- observadas a natureza, a complexidade, o grau
manutenção e ao desenvolvimento da educação básica e à remuneração condigna dos trabalhadores da educação. meio e desde que inexistente a pessoalidade e a de responsabilidade e as peculiaridades de cada

132 Decisões em consultas ao tce/SC