Você está na página 1de 4

Roteiro de leitura global e compreensiva de um texto

1. Qual é o título do texto?

2. O texto possui subtítulos?

3. Qual é o assunto de que trata o texto?

4. Sublinha as palavras cujos significados desconheces.

5. Assinala no texto com um ?, a lápis e na margem, as frases que não


compreenderes.

6. Quantos parágrafos tem o texto?

7. Sublinha a azul as frases ou as palavras que exprimam a ideia principal de cada


parágrafo.

8. Sublinha a verde as palavras ou frases que exprimam a ideia secundária de cada


parágrafo.

9. Que outras dificuldades é que sentiste face à leitura do texto?

Como distinguir as ideias principais das ideias secundárias?

Para distinguir uma ideia principal de uma ideia secundária, podem seguir-se as
seguintes regras:

. Em qualquer parágrafo existe, usualmente, uma frase que exprime uma ideia
principal.
. As frases que exprimem as ideias principais caracterizam-se por conter afirmações
mais genéricas e amplas.
. As frases que exprimem as ideias secundárias transmitem informações mais
detalhadas.
. Se se retirarem as frases que exprimem as ideias principais, o texto deixa de fazer
sentido.
. Se se retirarem as frases que exprimem as ideias secundárias, o sentido do texto não é
alterado.

Vantagens do acto de sublinhar um texto:

. É uma forma activa de estudar: quem sublinha lê duas vezes.


. Despertar a atenção para as ideias principais de um texto.
. Permite apreender melhor o sentido de um texto.
. Facilita as revisões.
Atenção: Deves sublinhar apenas as ideias principais e/ou as definições, as palavras-
chave, as datas, as fórmulas.

Parafrasear um texto

Parafrasear um texto é contar por palavras suas que se acabou de ler nesse
texto.

As vantagens de parafrasear um texto podem ser resumidas do seguinte


modo:

. Facilita o estudo de um texto.


. Ajuda a compreender e a reter melhor a informação contida no texto.
. Ajuda a compreender melhor as dificuldades sentidas face ao texto.
. Ajuda a esquematizar e a resumir um texto.
. Ajuda a elaborar apontamentos.

Como resumir um texto?


Características de um bom resumo:

. Brevidade – Um bom resumo só deve conter as ideias principais.


. Clareza – Os factos ou as ideias são apresentados sem qualquer tipo de confusão ou
ambiguidade.
. Rigor – As ideias principais são reproduzidas sem erros nem deformações.
. Linguagem pessoal – Não se copiam frases do texto. Reproduzem-se, através de uma
linguagem própria, as ideias principais do texto, respeitando o ponto de vista do autor.

Etapas de um bom resumo:

. Realiza uma leitura global do texto.


. Sublinha em cada parágrafo as ideias principais do texto.
. Parafraseia cada uma das frases que exprimem essas ideias.
. Começa a escrever o resumo a partir das frases que parafraseaste, procurando:
a) Não incluir os pormenores inúteis.
b) Não repetir ideias.
c) Utilizar uma linguagem pessoal.

Avalia o trabalho realizado e, caso seja necessário, corrige o teu resumo.

a) O resumo contém as ideias principais?


b) Respeitaste a ideia do autor?
c) Evitaste os pormenores inúteis ou desnecessários?
d) O resumo compreende-se bem?
Tiveste em conta a ortografia, a pontuação e a construção das frases?

As estrelas

Se olharmos para o céu numa noite de céu limpo e sem luar, os objectos mais
brilhantes que podemos ver serão possivelmente os planetas Vénus, Marte, Júpiter e
Saturno.
Haverá também um grande número de estrelas, que são exactamente como o
nosso Sol, mas que se encontram mais distantes de nós. Algumas destas estrelas fixas
parecem de facto mudar muito ligeiramente as suas posições umas em relação às outras,
enquanto a terra gira em volta do Sol: não estão absolutamente nada fixas!
Isto acontece por estarem comparativamente perto de nós. Como a Terra gira em volta
do Sol, vemo-las de diferentes posições no pano de fundo das estrelas mais distantes. É
uma sorte, porque nos permite medir directamente a distância a que essas estrelas estão
de nós: quanto mais próximas, mais parecem mover-se. A estrela que está mais perto de
nós chama-se Próxima Centauro e está, afinal, a cerca de quatro anos-luz de distância (a
sua luz leva cerca de quatro anos a alcançar a Terra) ou a cerca de trinta e sete milhões
de milhões de quilómetros. A maior parte das outras estrelas visíveis a olho nú está a
algumas centenas de anos-luz de nós. O nosso Sol, em comparação, está a uns meros
oito minutos-luz de distância! As estrelas visíveis aparecem espalhadas por todo o céu
nocturno, mas concentram-se particularmente numa faixa a que damos o nome de Via
Láctea.

Actividade: Faz o resumo do texto, seguindo as indicações que te foram fornecidas.