Você está na página 1de 3

BÔNUS EXTRA - ALOCAÇÃO FINANCEIRA

Alocação Financeira

A Alocação Financeira, também chamada de Alocação de Ativos é uma estratégia de


investimento que visa a proteção e a otimização da renda de seu patrimônio através da
diversificação estruturada de seus investimentos. Ela pode e deve ser aplicada tanto no
ambiente da Bolsa de Valores, no Mercado de Ações, como entre diferente mercados como
forma de salvaguardar seu patrimônio, bem como melhorar e expandir sua rentabilidade.

Trata-se do dito popular de não colocar todos os ovos em uma cesta só, para caso aconteça
algo com esta cesta, não se perca tudo. A prudência sugere que se tenha mais de uma cesta,
ou algumas.

No mercado de ações, esta estratégia tem se demonstrado tanto como uma excelente técnica
de proteção, mas acima de tudo, do aumento da rentabilidade. Nós vimos até aqui que a
técnica dos grande milionários e bilionários das Bolsas de Valores mundiais são a estratégia do
Value Investing, o investimento em boas empresas, em empresas de valor.

Investidores e milionários se utilizam também da diversificação dentro e fora da Bolsa de


Valores. Mas quando se trata da própria bolsa, o consenso tem sido de se investir em uma
média de 10 a 12 empresas aproximadamente para que se possa conseguir administra-las com
eficiência. Além de não haver necessidade de se ter na carteira mais do que esta quantidade
de empresas para se conseguir enriquecer neste mercado, mais do que isso tomaria um tempo
demasiado em analises que não se justificariam.

A ideia é de que tendo uma carteira de cerca de 10 empresas bem escolhidas, empresas boas,
se por acaso 3 ou 4 tiverem um mau desempenho, outras 3 ou 4 tiverem um desempenho
médio, e as demais 3 ou 4 forem bem, como a Bolsa de Valores oferece ganhos muito acima
do mercado de produtos bancários, esta estratégia, independente de um sucesso estrondoso
de qualquer desta empresas, já justificaria um ganho geral da carteira muito acima de qualquer
aplicação em produtos de banco ou títulos públicos.

No âmbito geral, a alocação de ativos é uma estratégia de investimento usada para escolher
entre diversas classes de ativos como ações, títulos, commodities, moedas estrangeiras,
imóveis, seguro de vida, colecionáveis de alto valor, metais preciosos e investimentos de alta
liquidez para emergências e contas a pagar.

A alocação de ativos como maneira de investir é uma parte importante do processo de


planejamento financeiro que diz respeito à relação entre risco e retorno de um portfólio de
investimentos. Diferentes classes de ativos oferecem riscos e retornos diferentes contanto que
suas performances não sejam perfeitamente correlacionadas (se elas sobem e descem nas
mesmas condições de mercado). A alocação de ativos reduz a volatilidade dos resultados de
investimento quando nem todos os investimentos no portfólio sobem e descem ao mesmo
tempo.

Como funciona?

Investimento é crescimento de capital ao longo do tempo. Mas o desempenho futuro de


qualquer investimento é incerto e passível de flutuações de preço e valor, de tempos em
tempos. O Hedging ou cobertura do risco, é um processo onde um risco ou exposição existente
é reduzido pela adição de uma outra posição que elimina a possibilidade de extremos, tanto
para perdas como para lucros, mas em troca dá um certo nível de certeza no resultado de
investimento. Comparável a gestão de risco de investimentos individuais, alocação de ativos é
uma forma de hedging em casos de portfólios. Cada classe de investimento serve como hedge
para outra classe de investimento. Como resultado, quando um investimento perde, outros
ganham e o resultado do investimento como um todo do portfólio é suavizado para atingir o
nível do lucro esperado.

Importância

A alocação de ativos é considerada como um ferramenta de gestão de investimentos. Uma vez


que o dinheiro de investimento for alocado entre classes de ativos com base na percentagem
definida de pesos, é importante para o investidor médio seguir o plano exceto em casos de
ajuste periódico do portfólio. Investir ativamente comprando e vendendo, pulando de um ativo
para o outro, nao só exigiria tempo, recursos e conhecimentos mas também pode acabar em
resultados piores do que seguir um plano consistente.

5 Vantagens da Alocação de Ativos que todo Investidor deve conhecer

1 – Minimiza os risco da sua Carteira de Investimentos

2 – É fácil de entender, Simples de Praticar e tem Excelentes Resultados

3 – Menos Custos, Menos Stress e Mais Tempo Aproveitando a Vida

4 – Aperfeiçoa Suas Estratégias como Investidor de Sucesso

5 – Calibra seu Foco no Longo Prazo

Conclusão, a alocação de ativos ou alocação financeira é a colocação de seus investimentos


em diferentes classes de ativos para ajudar a diversificar o risco de mercado. Isto ajudar a
assegurar o melhor retorno de seu portfólio em diferente condições de mercado.
SEGUE ABAIXO UMA IMAGEM DE EXEMPLO:

https://hotmart.s3.amazonaws.com/membership_area/4f9a9343-245e-48c0-8bf1-1d1f60fa89f3/
EXEMPLOALOCACAOFINANCEIRA.png