Você está na página 1de 5

ÍNDICE

REGIME ESPECIAL PARA AS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS (REMPE) ............. 1


OBJETIVO ................................................................................................................................... 1
DEFINIÇÃO art. 3º ..................................................................................................................... 1
MICRO EMPRESA: c) ........................................................................................................... 1
PEQUENA EMPRESA: d) ..................................................................................................... 1
NÃO ELEGÍVEIS art. 2º ............................................................................................................ 2
QUEM ESTÁ EXCLUÍDO DO REGIME? ................................................................................ 2
É OBRIGATÓRIO A ADESÃO AO REMPE? ......................................................................... 3
ONDE SOLICITAR A CERTIFICAÇÃO NO REMPE? .......................................................... 3
DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA.......................................................................................... 3
REDUÇÃO E ISENÇÃO DO TEU artº 38 OE 2017 .............................................................. 4
OBRIGATORIEDEDE ................................................................................................................ 4
REGIME ESPECIAL PARA AS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS
(REMPE)
Lei nº70/VIII/2014

OBJETIVO
Promoção da competitividade, produtividade, formalização e desenvolvimento
das micro e pequenas empresas. Artigo nº1

O QUE É O REMPE?

QUEM É ABRANGIDO PELO REGIME? ARTIGO 10º

•Micro empresa

• Pequena empresa

• Empresário em nome individual

DEFINIÇÃO art. 3º

MICRO EMPRESA: c)
•Emprego até 5 trabalhadores.

•Volume de negócios até 5 mil contos

PEQUENA EMPRESA: d)

•Emprego 6 a 10 trabalhadores.

•Volume de negócio entre 5 mil e dez mil contos

1
NÃO ELEGÍVEIS art. 2º
Empresas cujo capital tenha participação do Estado;

Empresas cujo capital tenha participação de outras empresas que não sejam
Micro ou Pequena ;

Empresas cujo sócio tenha 10% de participação numa outra empresa;

Empresas que exerçam atividades no setor financeiro, bancário e


parabancário;

Que seja filial ou sucursal no país

Constituída sob a forma de Cooperativa e;

Licenciadas e instaladas no Centro Internacional de Negócios

QUEM ESTÁ EXCLUÍDO DO REGIME?

Os profissionais liberais

Lista das atividades a que se refere o artigo 2º OE 2017 (constantes do CAE


de 2008)

•Actividades de Arquitectura, Engenharia e Técnicas Afins

•Actividades Jurídicas, Contabilidade e de Auditoria

•Actividade de Consultadoria para os Negócios e Gestão

•Actividades de Investigação Científica e de Desenvolvimento

•Actividades de Publicidade, Estudo de Mercado e Sondagem de Opinião

•Actividades de Medicina, Clínica Geral ou Estomatologia, Especialidade,


Veterinária e Psicologia

•Actividade de Enfermagem e de Análises Clínicas

•Actividade de Docência Secundária e Superior

•Os Importadores Excepto Micro e pequenos Importadores (MPI)

Art. 3, f) Micro e pequenos importadores (MPI), importadores cujo valor


aduaneiro de bens importados não ultrapassem anualmente o valor do volume

2
de negócios para efeitos de enquadramento no regime simplificado para micro
e pequenas empresas;

É OBRIGATÓRIO A ADESÃO AO REMPE?

• NÃO

ONDE SOLICITAR A CERTIFICAÇÃO NO REMPE?

(i)O pedido de registo de certificação pode ser feito nas CCISS, Repartições de
Finanças, o INPS e todas as instituições com o Serviço Empresa no Dia (Casa
Cidadão, algumas Câmaras Municipais, os Serviços do Notariado), BIC.

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA

(I)Documento de Identificação

(II)Certidão Comercial Actualizada

(III)Mod. 110 para empresas criadas apartir de 2015, carimbado pelas finanças

(IV)Modelo 1A ou as 4 declarações de IVA modelo 107 (regime de pagamento


trimestral), carimbado pelas finanças

(V)Modelo 1B ou as 12 declarações de IVA modelo 106, carimbado pelas


finanças

PORQUE SE CERTIFICAR NO REMPE?

QUAIS OS BENEFÍCIOS DO REMPE?

•Não é obrigatório ter técnico de contas; Artigo 7º, d) • Substituição do IUR,


IVA, Imposto de Incêndio e contribuição para a segurança social pelo Tributo

3
Especial Unificado; Artigo 24º, p.3 • Tributo Especial Unificado é de 4% sobre o
volume de negócios; Artigo 25º

•Para o inicio das atividades basta uma comunicação prévia à Câmara


Municipal num prazo de 30 dias); Artigo 18º

•Isenção aduaneira e de IVA na importação de veículo de transporte de


mercadorias; Artigo 37º

•Isenção de encargos legais e emolumentos na constituição e registo de MPEs.

•Abertura automática de uma conta bancária e o um endereço eletrónico; art.


7º, e)

REDUÇÃO E ISENÇÃO DO TEU artº 38 OE 2017

• A redução prevista no presente artigo é concedida uma única vez. nº5

• As micro empresas com volume de negócios inferior a mil contos ficam


isentas do pagamento do Tributo Especial Unificado. nº6

OBRIGATORIEDE
• As micro e pequenas empresas devem obrigatoriamente inscrever seus
trabalhadores no organismo gestor da segurança social. artº 24, nº4 OE
2017

• As micro empresas isentas do pagamento do Tributo Especial Unificado


ficam obrigadas a entregar no mês de Janeiro uma declaração anual de
volume de negócios e o respectivo anexo de fornecedor. artº 25, nº5 OE
2017