Você está na página 1de 30

Conceitos básicos de Dinâmica

e Leis de Newton

Física 1º ano – Professor: Fabricio Farias


Tópicos para estudo:

 Dinâmica
 Conceito de força
 Unidades de medida de força
 Aparelho que mede uma força
 Características de uma força
 Força resultante
 Conclusões de Aristóteles e Galileu
 Inércia
 Massa
 Aparelho que mede a massa de um corpo
 Estudo das Leis de Newton
 1ª Lei de Newton ou Lei da Inércia
 2ª Lei de Newton ou Lei Fundamental
 Tipos de forças
 3ª Lei de Newton ou Lei da ação e reação
Dinâmica

É a parte da física que estuda as causas dos movimentos.


Conceito de força

É a interação entre dois corpos, capaz de produzir uma


variação de velocidade e/ou deformação.
Unidades de medida de força

No sistema internacional (MKS) → unidade: Newton (N)


Outro sistema: (CGS) → unidade: Dyna (dyn)

Na prática medimos uma força com o uso de um aparelho,


chamado “Dinamômetro”
Características de uma força

Força é uma grandeza vetorial que apresenta:

 Módulo
 Direção
 Sentido

Exemplo:
Módulo: 75 N
Direção: Horizontal
Sentido: P/ direita
Força resultante (Fr)

Força capaz de substituir um sistema de forças e realizar


o mesmo efeito.

Uma força resultante pode ser determinada pelas regras


vetoriais.
Um pouco de História
ARISTOTELES, GALILEU

Aristóteles(384-322a.C.) elaborou uma teoria para


explicar os movimentos dos corpos, que permaneceu
até a Idade Média e apenas no Renascimento
começou a ser reavaliada. Um ponto importante dessa
teoria referia-se ao fato de que um corpo só estaria
em movimento se fosse continuamente impelido por
uma força.
Realizando experiências, Galileu Galilei(1564-1642),
verificou que a tendência natural dos corpos, livres da
ação de forças, é permanecer em repouso ou em
movimento retilíneo uniforme.
Sendo assim, pode haver movimento mesmo na
ausência de forças.
Inércia

É a propriedade da matéria, cujo objetivo é não alterar o


estado do corpo.
Se o corpo estiver em repouso, por inércia ele tende a
continuar em repouso.
Se o corpo estiver em movimento retilíneo com velocidade
constante, por inércia ele tende a continuar em movimento
retilíneo com velocidade constante.
Exemplos
Quando o ônibus freia, os passageiros
tendem, por inércia, a prosseguir com a
velocidade que tinham, em relação ao
solo. Assim, são atirados para
frente em relação ao ônibus.
Quando o cão entra em movimento, o
menino em repouso em relação ao solo,
tende a permanecer em repouso. Note
que em relação ao carrinho o menino é
atirado para trás.
Massa
É a medida da quantidade de matéria que constitui um corpo.
No sistema internacional de unidades ela é medida em “Kg”

Relação importante entre unidades de massa:

1 Kg = 1000 g e 1 g = 1/1000 Kg

Quanto maior for a massa de um corpo maior será sua inércia.


Portanto a massa de um corpo corresponde ao valor numérico
da sua inércia.
O aparelho utilizado para medir a massa de um corpo é
chamado “balança”
Estudo das Leis de Newton

Lei da Inércia ou 1ª Lei de Newton


“Todo corpo permanece em seu estado de repouso ou
Movimento uniforme numa reta, a menos que seja obrigado
a mudar seu estado devido à ação de uma força imprimida
sobre ele.”
Lei Fundamental ou 2ª Lei de Newton
 
Pode ser escrita como: FR  ma

A aceleração que um corpo adquire é diretamente


proporcional à força resultante que atua sobre ele.
Ela tem a mesma direção e sentido da força
Importante

• Unidade de força (SI): N (newton)


• Unidade de massa (SI): kg (quilograma)
• Unidade de aceleração (SI): m/s2 (metro por segundo
ao quadrado.
Força-peso P (ou força gravitacional)

O peso de um corpo é uma força que o campo gravitacional


exerce nos corpos.

 
P  mg
Peso sempre aponta para baixo?
Força normal - N
É uma força que a superfície faz em um corpo que esteja
em contato com ela, essa força é sempre perpendicular a
essa superfície.

P
Força de atrito
Força exercida devido o contato entre duas superfícies.
Ela é sempre oposta ao movimento.
Definição

Fat  .N
como : N  P  m.g

Logo : Fat  .m.g
µ  Coeficiente de atrito
N  Força normal
Força elástica
Força aplicada em corpos que apresentam elasticidade.


Fel  K .x
K  Cons tan te elástica
x  Deformação
Lei da Ação e Reação
ou 3ª Lei de Newton
Toda força (ação), produz uma reação de mesma
intensidade, direção e sentido contrário.
Estas forças são caracterizadas por terem:

- Mesma direção
- Sentidos opostos
- Mesma intensidade
- Aplicadas em corpos diferentes, logo não se
anulam.

Uma força nunca aparece sozinha. Elas sempre


aparecem aos pares (uma delas é chamada de
ação e a outra, de reação).
ESTUDEM, VOCÊS SÃO CAPAZES!