Você está na página 1de 65

Aula 07

História p/ ENEM 2017 (Com videoaulas)


Professor: Sergio Henrique

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

SUMÁRIO
00. Bate papo inicial. Pág. 02
1. O iluminismo e o despotismo esclarecido. Pág. 03
2. As revoluções inglesas. Pág. 06
3. Os cercamentos. Pág. 08
4. A revolução industrial. Pág. 08
5. Toyotismo e fordismo. Pág. 10
6. Impactos do iluminismo no Brasil. Pág. 11
7. Exercícios resolvidos. Pág. 14
8. Exercícios propostos. Pág. 23
9. Considerações finais. Pág. 64

04178253905

Página 1 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

00. BATE PAPO INICIAL.


Olá amigo estudante. É com muita alegria que o recebo
novamente para falarmos de história. Estudar as aulas anteriores é
fundamental para que você possa compreender muitas das coisas que
vamos tratar aqui. Leia com atenção seu texto de apoio, releia e
pratique exercícios. Aos poucos o conteúdo básico vai ficar retido na
sua memória. Claro que para isso é muito importante você fazer suas
próprias anotações, ou em forma de resumo ou anotações nos
exercícios, não importa, você escolhe. O importante é estudarmos
bastante e nos concentrarmos nos estudos. Estimule sua disciplina e
procure motivação pensando em seus sonhos. Bons estudos.

04178253905

Página 2 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

1. O ILUMINISMO E O DESPOTISMO ESCLARECIDO.


O Iluminismo é o movimento intelectual que surgiu no século
XVIII. Promoveu profundas mudanças na filosofia, ciência e economia.
O termo iluminismo vem de luz, que para eles significava razão. A
razão e o conhecimento transformariam a humanidade ao romper com
as “trevas da ignorância” da Idade Média. Os iluministas queriam
romper com o “Antigo Regime” (idade moderna).
O Antigo Regime caracterizava-se:
Na política: Monarquias absolutistas.
Na economia: O mercantilismo (capitalismo comercial).
Na sociedade: Uma divisão social rígida, sem mobilidade e com
privilégios para o clero e a nobreza (não pagavam impostos e
ocupavam cargos públicos por direito)
As principais características do Iluminismo
 Antiabsolutistas (contrários ao absolutismo monárquico).
 Anticlericalistas (contrários ao clero das grandes religiões).
 Racionalistas (pregam a razão como a luz da humanidade).
 Empiristas (procuravam observar o funcionamento da natureza
e realizar experiências. É o pensamento na raiz do
desenvolvimento da ciência).
 Deistas (acreditavam que deus era o “relojoeiro do universo”,
que o criou com leis rígidas de funcionamento).
04178253905

 O enciclopedismo. Os iluministas queriam reunir em textos,


todo o conhecimento racional produzido pela humanidade. Assim
surgiram as enciclopédias, a partir do trabalho de dois
pensadores: Diderot e D’alambert.
Os pensadores iluministas pregavam a República para substituir
a monarquia, a divisão dos poderes em executivo, legislativo e
judiciário. Do pensamento iluminista vieram os princípios da Igualdade,
Liberdade e Fraternidade, que nortearam a Revolução Francesa. O
pensamento iluminista promoveu profundas transformações no

Página 3 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

mundo. As Revoluções Burguesas basearam-se nos princípios


iluministas. A Revolução Inglesa, Independência dos EUA,
Revolução Francesa e a Independência dos países da América
Espanhola foram diretamente influenciadas pelo iluminismo. No Brasil
as revoltas anticoloniais da Inconfidência Mineira e da Conjuração
Baiana, também eram iluministas.

Os principais filósofos iluministas (liberais)


 John Locke (1632-1704), ele acreditava que o homem adquiria
conhecimento com o passar do tempo através
do empirismo; defendia o direito à rebelião dos povos
oprimidos. Seu pensamento influenciou a Revolução Inglesa e
a Independência dos EUA.

 Voltaire (1694-1778), ele defendia a liberdade de pensamento


e não poupava crítica a intolerância religiosa.

 Jean-Jacques Rousseau (1712-1778), ele defendia a ideia de


um estado democrático que garanta igualdade para todos. Sua
principal obra é o “Contrato social”.

 Montesquieu (1689-1755), ele defendeu a divisão do poder


04178253905

político em Legislativo, Executivo e Judiciário em sua obra “O


Espírito das Leis”. Para ele o poder concentrado na mão do rei
leva a tirania, então o Estado deveria dividi-lo em poder
executivo (executa as leis, o governo), legislativo (cria as leis, o
congresso) e judiciário (que julga e fiscaliza os poderes).

Página 4 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

Pensadores economistas:
Os pensadores econômicos do iluminismo eram contrários a
intervenção do Estado na economia típica do mercantilismo. São os
Fisiocratas e os Liberais.
A Fisiocracia. Seu principal pensador foi François de Quesnay.
Eram contra a intervenção do Estado e contra a acumulação de metais
preciosos e regulamentações do mercantilismo. Para eles terra era a
fonte de toda a riqueza, por isso sua importância fundamental. Deveria
haver um imposto único pago pelos proprietários da terra livrando de
tributos o restante da sociedade.
O liberalismo econômico:
Formulado por Adam Smith que defendia o “laissez faire
laissez passer” (deixa fazer...deixa passar...), os princípios o
liberalismo, ou seja, a intervenção mínima do Estado na economia.
Defendia a livre concorrência, a livre iniciativa e o livre mercado. Sua
teoria baseia-se no princípio de que os homens atrás de seus desejos
mais individuais e egoístas, contribuem mais para o coletivo, com a
geração de riquezas. Sua ideia fundamental e a auto regulação dos
mercados. Entende que a produção se equilibra naturalmente com a
demanda, sem a intervenção do estado, que só traria distorções no
mercado.
O despotismo esclarecido: 04178253905

Muitos governos absolutistas preocupados com o teor revolucionário


das ideias iluministas, passaram a fazer concessões políticas e aplicar
alguns princípios iluministas. Estes monarcas que realizaram
concessões ao iluminismo são os “Déspotas esclarecidos”. Os mais
importantes foram:
 Catarina II da Rússia: A imperatriz limitou a interferência da
igreja concedendo liberdade religiosa, construiu escolas e
modernizou a administração.

Página 5 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

 José II, da Áustria: Aboliu a tortura e a servidão, passou a


cobrar impostos do clero e da nobreza, fundou escolas,
construiu hospitais, reformou a legislação e permitiu todas as
crenças religiosas.
 Frederico II da Prússia: Aboliu as torturas, fundou escolas,
reformulou o sistema penal passou a aceitar todas as crenças
religiosas.
 Marquês de Pombal – Era primeiro ministro português.
Expulsou os Jesuítas do Brasil realizando profundas reformas,
como a liberação das manufaturas na colônia.

Realizaram reformas que não punham em risco o absolutismo.


Podemos compreender o despotismo esclarecido pela frase “vão se os
anéis e ficam os dedos”. Realizar concessões para evitar revoluções.

2. AS REVOLUÇÕES INGLESAS.
A Inglaterra no século XVII deu início a uma série de revoluções
políticas na Europa em que derrubam o absolutismo monárquico,
instaurando governos constitucionais e parlamentares. Chamamos a
Revolução Inglesa, assim como a Francesa no século seguinte, de
Revoluções Burguesas, pois consolidam o poder desta classe social no
controle o Estado. A Revolução
04178253905

inglesa retirou entraves ao


desenvolvimento econômico, abrindo caminho para o crescimento e a
modernização. Em 1603 morre a Rainha Elizabete I em meios a
grandes conflitos religiosos a dinastia Tudor a qual ela pertencia foi
substituída pela dinastia Stuart. A monarquia inglesa apesar de
absoluta tinha desde a idade média um parlamento que foi adquirindo
maior importância conforme o tempo passava. Os Stuart, inicialmente
Jaime I e seu sucessor primogênito Carlos I foram ferrenhos
defensores do anglicanismo e governaram de forma despótica e
entraram em sérios conflitos com o parlamento. O parlamento

Página 6 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

britânico era formado pela maior parte de burgueses que professavam


a fé calvinista. Enquanto o governo de Jaime a Inglaterra desenvolvia-
se, sobretudo devido a suas atividades portuárias e comerciais e os
conflitos religiosos ficavam cada vez mais intensos. A situação ficou
mais tensa quando o rei Carlos resolveu criar novos impostos. Causou
muita polêmica e revolta no parlamento que em 1627 pressionado
pelos parlamentares assinou a Declaração de Direitos, o Bill of
Rights, que limitava os poderes do rei. Neste documento o rei é
proibido de convocar o exército e criar novos impostos sem consultar
o parlamento. Em 1629 Carlos dissolve o parlamento provocando uma
grande tensão política e religiosa, pois o Stuart, protestantes
rivalizavam com a burguesia do parlamento predominantemente
calvinista. A Escócia tenta se separar e para reunir recursos e esforços
de guerra reabriu o parlamento. Enfrentando forte pressão da
burguesia calvinista, em meio a tensões políticas e religiosas
crescentes, Carlos tenta novamente dissolver o parlamento e esta
atitude leva a Inglaterra a uma guerra civil entre os anglicanos
representantes da nobreza, que formavam um tradicional exército de
nobres contra os calvinistas, representantes da burguesia com o
exército de novo tipo, ou seja, formado por pessoas que obtinham
cargos por mérito e não por direito de nascimento. Em 1649 o rei
Carlos é preso, julgado e decapitado. Sob a liderança de Oliver
04178253905

Cromwell os puritanos após sangrentas batalhas tomam o poder, e será


instaurada uma ordem republicana em que Cromwell será o grande
ditador e realizará importantes medidas como os atos de navegação
que transformaram a Inglaterra na maior potência marítima europeia.
Superam os holandeses que até então dominavam as navegações
levando os dois países a conflitos. A Inglaterra fica sob a batuta de
uma república puritana liderada ditatorialmente por Cromwell, que
chegou a dissolver o parlamento, e governa até 1648, ano de sua
morte. É sucedido por seu filho, porém ele não consegue se manter o

Página 7 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

poder e os anglicanos realizam uma restauração monárquica colocando


de novo no trono Carlos II. Este processo de restauração monárquica
foi pacífico e por isso ficou conhecido como Revolução Gloriosa.
Mesmo com a restauração monárquica e o retorno dos anglicanos ao
poder, as reformas implementadas na república puritana foram muito
profundas e consolidaram o poder da burguesia. A monarquia
restaurada foi no modelo liberal (que vigora até hoje: há eleições para
o parlamento e o partido majoritário escolhe o 1° ministro), os poderes
reais foram definitivamente controlados pelo Bill Of Rigths, acabando
com o absolutismo inglês e devemos à esta época o surgimento do
instrumento jurídico conhecido como “Habeas Corpus”, que tenta inibir
abusos do Estado contra o indivíduo.

3. OS CERCAMENTOS.
A partir do século XVIII a Inglaterra já havia se tornado uma
grande potência marítima e com uma Burguesia muito poderosa, que
necessitava de matéria prima para abastecer suas principais
manufaturas; as têxteis. A terras inglesas, antes pertencentes a
nobreza e com vários grandes lotes de fazendas e bosques que tinham
uso comum, ou seja, as terras comunais, mas pertenciam aos nobres.
Estes passaram a expulsar os camponeses das terras e cercá-las para
a criação de ovelhas para a produção de lã. Neste processo de
04178253905

cercamentos a terra passou a ser arrendada ou vendida à burguesia.


Com a expulsão dos camponeses, eles passaram a procurar ocupação
nas cidades, então o enorme êxodo rural promovido pelos cercamentos
provocou também uma grande explosão urbana, que forneceu mão de
obra barata para a indústria que estava se desenvolvendo aos poucos.

4. A REVOLUÇÃO INDUSTRIAL.
A Revolução industrial foi o desenvolvimento da indústria. Uma
profunda transformação em que o modo de produção sai da

Página 8 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

manufatura para a maquinofatura. Teve início na Inglaterra no


século XVIII e espalhou-se pela Europa na França e Bélgica, os países
pioneiros. Entre os fatores que explicam a ocorrência na Inglaterra
podemos citar:
 Possuía importantes fontes recursos naturais, no caso Carvão e
Ferro.
 Grandes capitais acumulados pela burguesia inglesa.
 Abundancia de mão de obra barata.
 Uma monarquia constitucional, baseada nos princípios racionais
do Iluminismo e do liberalismo econômico.
A Inglaterra possuía um grande mercado consumidor, pois
muitos países eram dependentes de seus produtos. As primeiras
máquinas eram ligadas à indústria têxtil e mais tarde à produção de
ferro e aço. Entre as primeiras máquinas podemos citar a
descaroçadeira de algodão, o tear mecânico e a primeira máquina à
vapor, movimentada à carvão. A principal invenção da I Revolução foi
a locomotiva à vapor.
Consequências:
A revolução industrial trouxe profundas mudanças como:
 Aumento da velocidade de produção.
 Diminuição do preço dos produtos (e consequente expansão do
consumo). 04178253905

 Super exploração dos trabalhadores das fábricas, que eram


submetidos a jornadas exaustivas de trabalho, baixos salários e
condições insalubres (que prejudicam a saúde).
 Uma grande concorrência entre os países que se industrializavam
que passaram a disputar ferozmente a conquista de novos
mercados consumidores.
 Urbanização.

Página 9 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

A Revolução Industrial é um marco na história da humanidade. A


partir dela a noção de tempo foi alterada e o cotidiano guiado pelo
ritmo do relógio.
Fases da revolução:
O processo de modernização iniciado no século XVIII foi contínuo
e o progresso industrial e desenvolvimento tecnológico estão ainda
hoje em curso e são cada vez mais rápidos. Nas últimas décadas, após
a II Guerra Mundial, o desenvolvimento foi tão rápido que nos últimos
50 anos os avanços tecnológicos foram maiores que nos últimos 500
anos. Para compreendermos este processo de modernização dividimos
a Revolução Industrial em 3 etapas. Primeira, segunda e terceira
Revolução Industrial.

I Rev. Industrial II Rev. Industrial III Rev. Industrial


Época Séc. XVIII Séc. XIX Séc. XX (pós II Guerra)

Locais Inglaterra, França, EUA, Alemanha, EUA e Japão


Bélgica. Japão

Energia Carvão Petróleo e Energias limpas e


eletricidade alternativas

Matéria Ferro Aço, plástico e Fibra de carbono e ótica


borracha.
prima
Tecnologias Locomotiva Automóvel, telefone, Informática e
04178253905

fotografia, lâmpada telecomunicações

5. TOYOTISMO E FORDISMO.
De acordo com a evolução tecnológica a partir da Revolução
Industria foram desenvolvidos vários métodos de gestão da produção.
Os principais são o Taylorismo, fordismo e toyotismo. Podemos
relacioná-los com a I,II, e III Revoluções Industriais.
 Taylorismo.
 Fordismo.

Página 10 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

 Toyotismo.

Fordismo Toyotismo
II Revolução Industrial. III Revolução Industrial.
Produção em série. “just’ in time”.
Padronização dos produtos. Possibilidades de personalização.
Especialização dos trabalhadores Qualificação dos trabalhadores
(movimentos repetitivos). (Operação de equipamentos e
criação).
Esteira móvel. Robotização.
Mão de obra numerosa e pouco Mão de obra pouco numerosa e
qualificada. qualificada.
Produção centralizada em um Produção descentralizada e
país, em grandes fábricas. flexível. Mobilidade pelo mundo.

6. IMPACTOS DO ILUMINISMO NO BRASIL.


Revoltas emacipacionistas: Inconfidência Mineira e
Conjuração Baiana.
Foram duas revoltas que pretendiam a independência de Portugal
e possuíam um projeto de República. A inconfidência mineira foi uma
conspiração sufocada antes de chegar a sair as ruas. Os conspiradores
eram grandes funcionários públicos e donos de minas. O movimento
04178253905

foi denunciado por Joaquim Silvério dos Reis e o movimento foi


sufocado. Foram presos, mas a maior parte foi anistiada (receberam o
perdão dos crimes políticos), uns foram exilados em angola e o alferes
Joaquim José da Silva Xavier, mais conhecido como Tiradentes, foi
enforcado no rio de Janeiro e depois esquartejado e exposto na estrada
real, que ligava vila rica ao rio de janeiro. Era um movimento
separatista e republicano, com ideais iluministas e inspirados na
independência dos EUA.

Página 11 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

A conjuração baiana foi também separatista e republicana. Mais


radical que a inconfidência mineira, chegou a sair às ruas e tiveram
vários combates armados com as tropas metropolitanas. Foi guiado
pelas elites mas teve amplo apoio popular. Devido a isso tinham
claramente a proposta de abolição da escravidão (o que não era
consenso entre os inconfidentes mineiro). Foi também guiada pelos
ideais iluministas e se inspirou na fase mais radical da revolução
francesa.

 O liberalismo pode ser visto como correlato político do


subjetivismo epistemológico típico dos séculos XVII e XVIII.
 O problema central dos iluministas era a necessidade de conciliar
os direitos individuais, considerados como naturais, com a
necessidade da vida social.
 Hobbes, Locke e Rousseau sãos os mais importantes pensadores
sobre este tema, concordando quanto à concepção de um
contrato social como fundamento da sociedade organizada
racionalmente, mas discordavam sobre a natureza humana e as
características do Estado.
 O Iluminismo valoriza o conhecimento como instrumento de
04178253905

libertação e progresso da humanidade, levando o homem à sua


autonomia e a sociedade à democracia, ou seja, ao fim da
opressão.
 A enciclopédia representa os ideais de conhecimento da época e
do papel pedagógico e emancipador do saber.
 Entre os impactos do Iluminismo podemos citar as Revoluções
inglesas, Independência dos EUA, Revolução Francesa. No Brasil
influenciou a Inconfidência Mineira e Conjuração Baiana.

Página 12 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

 Revoluções inglesas porque primeiro temos a queda do


absolutismo sob o comando de Oliver Crowell que torna-se
ditador calvinista e decreta os atos de navegação.
 A revolução Gloriosa foi o retorno dos anglicanos ao poder sem
derramamento de sangue e com o apoio da burguesia que impôs
limitações aos poderes reais como o Bill of Rights.
 A Inglaterra tornou-se uma monarquia parlamentar e passou por
modernização e acumulação de capitais que possibilitou a
Revolução Industrial.
 A Revolução industrial ampliou a produtividade, urbanizou os
espaços, e surgiu a classe operária inglesa e o movimento
operário.

04178253905

Página 13 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

7. EXERCÍCIOS RESOLVIDOS.
1. (ENEM 2012) Que é ilegal a faculdade que se atribui à autoridade
real para suspender as leis ou seu cumprimento.

Que é ilegal toda cobrança de impostos para a Coroa sem o concurso


do Parlamento, sob pretexto de prerrogativa, ou em época e modo
diferentes dos designados por ele próprio.

Que é indispensável convocar com frequência os Parlamentos para


satisfazer os agravos, assim como para corrigir, afirmar e conservar as
leis.

Declaração dos Direitos. Disponível em http://disciplinas.stoa.usp.br.


Acesso em: 20 dez. 2011 (adaptado).

No documento de 1689, identifica-se uma particularidade da Inglaterra


diante dos demais Estados europeus na Época Moderna. A
peculiaridade inglesa e o regime político que predominavam na Europa
continental estão indicados, respectivamente, em:
a) Redução da influência do papa — Teocracia.
b) Limitação do poder do soberano — Absolutismo.
c) Ampliação da dominação da nobreza — República.
04178253905

d) Expansão da força do presidente — Parlamentarismo.


e) Restrição da competência do congresso — Presidencialismo.

Resposta:
[B]

A Declaração dos Direitos ou “Bill of Rights” foi um


documento produzido com o desfecho da Revolução Gloriosa,

Página 14 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

que eliminou o absolutismo da Inglaterra e fortaleceu o papel


do Parlamento enquanto instituição de governo no país.

2. (ENEM 2010) A Inglaterra pedia lucros e recebia lucros, Tudo se


transformava em lucro. As cidades tinham sua sujeira lucrativa, suas
favelas lucrativas, sua fumaça lucrativa, sua desordem lucrativa, sua
ignorância lucrativa, seu desespero lucrativo. As novas fábricas e os
novos altos-fornos eram como as Pirâmides, mostrando mais a
escravização do homem que seu poder.

DEANE, P. A Revolução Industrial. Rio de Janeiro: Zahar, 1979


(adaptado).

Qual relação é estabelecida no texto entre os avanços tecnológicos


ocorridos no contexto da Revolução Industrial Inglesa e as
características das cidades industriais no início do século XIX?
a) A facilidade em se estabelecerem relações lucrativas transformava
as cidades em espaços privilegiados para a livre iniciativa,
característica da nova sociedade capitalista.
b) O desenvolvimento de métodos de planejamento urbano aumentava
a eficiência do trabalho industrial.
c) A construção de núcleos urbanos integrados por meios de transporte
04178253905

facilitava o deslocamento dos trabalhadores das periferias até as


fábricas.
d) A grandiosidade dos prédios onde se localizavam as fábricas
revelava os avanços da engenharia e da arquitetura do período,
transformando as cidades em locais de experimentação estética e
artística.
e) O alto nível de exploração dos trabalhadores industriais ocasionava
o surgimento de aglomerados urbanos marcados por péssimas
condições de moradia, saúde e higiene.

Página 15 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

Resposta:
[E]

A Revolução Industrial que se processou na Inglaterra a


partir do final do século XVIII teve características sociais
nefastas para os trabalhadores, uma vez que, a inexistência de
legislação determinou um processo de superexploração. As
condições de trabalho e de vida eram marcadas pela miséria.
Surgiram grandes bairros operários, caracterizados pela
formação de cortiços, marcados pela falta de infraestrutura e,
muitas vezes, pela promiscuidade.

3. (ENEM 2009) A prosperidade induzida pela emergência das


máquinas de tear escondia uma acentuada perda de prestígio. Foi
nessa idade de ouro que os artesãos, ou os tecelões temporários,
passaram a ser denominados, de modo genérico, tecelões de teares
manuais. Exceto em alguns ramos especializados, os velhos artesãos
foram colocados lado a lado com novos imigrantes, enquanto pequenos
fazendeiros-tecelões abandonaram suas pequenas propriedades para
se concentrar na atividade de tecer. Reduzidos à completa dependência
dos teares mecanizados ou dos fornecedores de matéria-prima, os
tecelões ficaram expostos a sucessivas reduções dos rendimentos.
04178253905

THOMPSON, E. P. The making of the english working class.


Harmondsworth: Penguin Books, 1979 (adaptado).

Com a mudança tecnológica ocorrida durante a Revolução Industrial, a


forma de trabalhar alterou-se porque
a) a invenção do tear propiciou o surgimento de novas relações sociais.
b) os tecelões mais hábeis prevaleceram sobre os inexperientes.
c) os novos teares exigiam treinamento especializado para serem
operados.

Página 16 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

d) os artesãos, no período anterior, combinavam a tecelagem com o


cultivo de subsistência.
e) os trabalhadores não especializados se apropriaram dos lugares dos
antigos artesãos nas fábricas.

Resposta:
[D]

Se na alternativa A, a referência ao tear, for subentendida


como tear mecânico surgido no contexto da Primeira Revolução
Industrial (século XVII) e consideradas suas implicações
sociais nas relações de trabalho, como fica evidente no
fragmento do enunciado, esta seria a alternativa correta.
O emprego do termo “fazendeiros tecelões” de forma
específica no fragmento do enunciado e da expressão
“artesãos, no período anterior” de forma generalizante na
alternativa D, suscita dúvidas se a referência é apenas aos
“fazendeiros tecelões”.

4. (ENEM 2001) "... Um operário desenrola o arame, o outro o


endireita, um terceiro corta, um quarto o afia nas pontas para a
colocação da cabeça do alfinete; para fazer a cabeça do alfinete
04178253905

requerem-se 3 ou 4 operações diferentes, ..."

SMITH, Adam. A Riqueza das Nações. Investigação sobre a sua


Natureza e suas Causas. Vol. I. São Paulo: Nova Culturas, 1985.

Página 17 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

A respeito do texto e do quadrinho são feitas as seguintes afirmações:

I. Ambos retratam a intensa divisão do trabalho, à qual são submetidos


os operários.
II. O texto refere-se à produção informatizada e o quadrinho, à
produção artesanal.
III. Ambos contêm a ideia de que o produto da atividade industrial não
depende do conhecimento de todo o processo por parte do operário.

Dentre essas afirmações, apenas


a) I está correta.
b) II está correta.
c) III está correta.
d) I e II estão corretas.
04178253905

e) I e III estão corretas.

Resposta:
[E]

O texto de Adam Smith é contemporâneo à primeira


revolução industrial, quando já se percebe a divisão do trabalho
entre os operários fabris, apesar de não ser a característica
mais importante da época. Já o quadrinho, do final do século

Página 18 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

XX, retrata a divisão do trabalho dos operários em uma linha de


montagem, típica de processos conhecidos como fordismo e
taylorismo, desdobramentos da segunda revolução industrial,
no século XX.

TEXTO PARA AS PRÓXIMAS 2 QUESTÕES:


O texto abaixo, de John Locke(1632-1704), revela algumas
características uma determinada corrente de pensamento.

"Se o homem no estado de natureza é tão livre, conforme dissemos,


se é senhor absoluto da sua própria pessoa e posses, igual ao maior e
a ninguém sujeito, por que abrirá ele mão dessa liberdade, por que
abandonará o seu império e sujeitar-se ao domínio e controle de
qualquer outro poder?
Ao que é óbvio responder que, embora no estado natureza tenha tal
direito, a utilização do mesmo é muito incerta e está constantemente
exposto à invasão terceiros porque, sendo todos senhores tanto quanto
ele, todo homem igual a ele e, na maior parte, pouco observadores da
equidade e da justiça, o proveito da propriedade que possui nesse
estado é muito inseguro e muito arriscado. Estas circunstâncias
obrigam-no abandonar uma condição que, embora livre, está cheia de
temores e perigos constantes; e não é sem razão que procura de boa
04178253905

vontade juntar-se em sociedade com outros estão já unidos, ou


pretendem unir-se, para a mútua conservação da vida, da liberdade e
dos bens a que chamo de propriedade."
(Os Pensadores. São Paulo: Nova Cultural, 1991

5. Analisando o texto, podemos concluir que se trata de um


pensamento:
a) do liberalismo.
b) do socialismo utópico.

Página 19 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

c) do absolutismo monárquico.
d) do socialismo científico.
e) do anarquismo.

Resposta:
[A]

As ideias iluministas constituem a base para a moderna


doutrina liberal, que ficou melhor definida no século XIX. O
liberalismo reflete os valores da burguesia, então em ascensão
em diversas nações, e propunha a ampla liberdade individual,
tanto de consciência, como de ação política e econômica.

6. Do ponto de vista político, podemos considerar o texto como uma


tentativa justificar:
a) a existência do governo como um poder oriundo da natureza.
b) a origem do governo como uma propriedade do rei.
c) o absolutismo monárquico como uma imposição da natureza
humana.
d) a origem do governo como uma proteção à vida, aos bens e aos
direitos.
e) o poder dos governantes, colocando a liberdade individual acima da
04178253905

propriedade.

Resposta:

[D]

John Locke pode ser considerado como precursor do


ideário iluminista. Um dos pontos fundamentais de sua filosofia
considera que a origem do governo significa uma superação do

Página 20 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

estado de natureza, por meio do estabelecimento de um


“contrato” entre governantes e governados, cujos direitos
naturais (vida, bens e direitos) são assim preservados.

7. A revolução industrial ocorrida no final de século XVIII transformou


as relações do homem com o trabalho. As máquinas mudaram as
formas de trabalhar, e as fábricas concentraram-se em regiões
próximas às matérias-primas e grandes portos, originando vastas
concentrações humanas. Muitos dos operários vinham da área rural e
cumpriam jornadas de trabalho de 12 a 14 horas, na maioria das vezes
em condições adversas. A legislação trabalhista surgiu muito
lentamente ao longo do século XIX e a diminuição da jornada de
trabalho para oito horas diárias concretizou-se no início do século XX.
Pode-se afirmar que as conquistas no início deste século de
decorrentes da legislação trabalhista, estão relacionadas com
a) expansão do capitalismo e a consolidação dos regimes monárquicos
constitucionais.
b) a expressiva diminuição da oferta de mão de obra, devido à
demanda por trabalhadores especializados.
c) a capacidade de mobilização dos trabalhadores em defesa dos seus
interesses.
d) o crescimento do Estado ao mesmo tempo que diminuía a
04178253905

representação operária nos parlamentos.


e) a vitória dos partidos comunistas nas eleições das principais capitais
europeias.

Resposta:
[C]

A questão refere-se às conquistas do início do século XX.


Podemos considerar que, desde as primeiras conquistas,

Página 21 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

restritas à Inglaterra, até aqueles que gradualmente se


seguiram em diferentes países, foram frutos das pressões
exercidas pelos trabalhadores, muitas vezes organizados em
sindicatos ou partidos políticos. Vale lembrar que em muitos
países do mundo essas conquistas são incompletas ou apenas
existem formalmente, mas não na prática.

04178253905

Página 22 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

8. EXERCÍCIOS PROPOSTOS.
1. (Mackenzie 2014)

Tendo como base de análise a figura e os aspectos que definiram a


Primeira Revolução Industrial, considere as afirmativas a seguir:

I. Inicia-se nas últimas décadas do século XVIII e estende-se até


meados do século XIX. A invenção da máquina a vapor e o uso do
carvão como fonte de energia primária marcam o início das mudanças
04178253905

nos processos produtivos.


II. O Reino Unido foi o primeiro país a reunir condições básicas para o
início da industrialização devido à intensa acumulação de capitais no
decorrer do Capitalismo Comercial.
III. Os mais destacados segmentos fabris desta fase foram o têxtil, o
metalúrgico e o de mineração.
IV. As transformações produtivas desta fase atingiram rapidamente
outros países como a Alemanha, França e Estados Unidos ainda no

Página 23 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

Século XVIII recrutando operários com salários atrativos


promovendo, assim, um intenso êxodo rural.

Estão corretas,
a) apenas I, II e III.
b) apenas I, II e IV.
c) apenas II, III e IV.
d) apenas I, III e IV.
e) I, II, III e IV.

2. Leia as informações a seguir.

Em meados do século XVIII, James Watt patenteou na Inglaterra seu


invento, sobre o qual escreveu a seu pai: “O negócio a que me dedico
agora se tornou um grande sucesso. A máquina de fogo que eu inventei
está funcionando e obtendo uma resposta muito melhor do que
qualquer outra que tenha sido inventada até agora”.
Disponível em: <http://www.ampltd.co.uk/digital_guides/ind-rev-
series-3-parts-1-to-3/detailed-listing-part-1.aspx>. Acesso em: 29
out. 2012. (Adaptado).

A revolução histórica relacionada ao texto, a fonte primária de energia


04178253905

utilizada em tal máquina e a consequência ambiental de seu uso são,


respectivamente,
a) puritana, gás natural e aumento na ocorrência de inversão térmica.
b) gloriosa, petróleo e destruição da camada de ozônio.
c) gloriosa, carvão mineral e aumento do processo de desgelo das
calotas polares.
d) industrial, gás natural e redução da umidade atmosférica.
e) industrial, carvão mineral e aumento da poluição atmosférica.

Página 24 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

3. Voltaire, Rousseau, Montesquieu, entre outros filósofos, marcaram


o Movimento Iluminista, do século XVIII, conhecido como o “Século
das Luzes”, principalmente na França.
Uma de suas marcas foi defender:
a) os dogmas da Igreja Católica.
b) o liberalismo econômico e combater o absolutismo.
c) a manutenção do sistema escravista.
d) o voto apenas para aqueles que dispusessem de certa renda.
e) a educação como forma de prevenir futuros castigos, como a prisão.

4. O Iluminismo é a saída do homem do estado de tutela, pelo qual ele


próprio é responsável.
O estado de tutela é a incapacidade de utilizar o próprio entendimento
sem a condução de outrem. Cada um é responsável por esse estado
de tutela quando a causa se refere não a uma insuficiência do
entendimento, mas à insuficiência da resolução e da coragem para usá-
lo sem ser conduzido por outrem. Sapere aude!* Tenha a coragem de
usar seu próprio entendimento.
Essa é a divisa do Iluminismo.
IMMANUEL KANT (1784)

*Expressão latina que significa “tenha a coragem de saber, de


04178253905

aprender”.

In: BOMENY, Helena e FREIRE-MEDEIROS, Bianca. Tempos modernos,


tempos de sociologia. São Paulo: Ed. do Brasil, 2010.

No contexto da expansão capitalista no século XIX, uma das ideias


centrais do Iluminismo, de acordo com o texto, está associada
diretamente à valorização da:
a) superioridade técnica

Página 25 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

b) soberania econômica
c) liberdade política
d) razão científica

5. (Vunesp 2013) Leia.

Todo processo de industrialização é necessariamente doloroso, porque


envolve a erosão de padrões de vida tradicionais. Contudo, na Grã-
Bretanha, ele ocorreu com uma violência excepcional, e nunca foi
acompanhado por um sentimento de participação nacional num esforço
comum. Sua única ideologia foi a dos patrões. O que ocorreu, na
realidade, foi uma violência contra a natureza humana. De acordo com
uma certa perspectiva, esta violência pode ser considerada como o
resultado da ânsia pelo lucro, numa época em que a cobiça dos
proprietários dos meios de produção estava livre das antigas restrições
e não tinha ainda sido limitada pelos novos instrumentos de controle
social. Não foram nem a pobreza, nem a doença os responsáveis pelas
mais negras sombras que cobriram os anos da Revolução Industrial,
mas sim o próprio trabalho.

(Edward P. Thompson. A formação da classe operária inglesa, vol. 2,


1987. Adaptado.) 04178253905

O texto afirma que a Revolução Industrial


a) aumentou os lucros dos capitalistas e gerou a convicção de que era
desnecessário criar mecanismos de defesa e proteção dos
trabalhadores.
b) provocou forte crescimento da economia britânica e, devido a isso,
contou com esforço e apoio plenos de todos os segmentos da
população.

Página 26 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

c) representou mudanças radicais nas condições de vida e trabalho dos


operários e envolveu-os num duro processo de produção.
d) piorou as condições de vida e de trabalho dos operários, mas trouxe
o benefício de consolidar a ideia de que o trabalho enobrece o
homem.
e) preservou as formas tradicionais de sociabilidade operária, mas
aprofundou a miséria e facilitou o alastramento de epidemias.

6. Qual das alternativas a seguir apresenta apenas características


associadas ao Liberalismo?
a) Monarquia parlamentarista, mínima participação do estado na
economia, propriedade privada e metalismo.
b) O processo de cercamentos, tolerância religiosa, direito divino,
crescimento urbano.
c) Sistema de livre concorrência, monarquia parlamentarista, divisão
entre os poderes, sufrágio universal.
d) Livre comércio, o processo de cercamentos, a monarquia
parlamentarista e o trabalho servil.
e) Propriedade privada, livre comércio, igualdade perante a lei e
mínima participação do estado na economia.

7. 04178253905

Página 27 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

Coketown era uma cidade de tijolos vermelhos, ou melhor, de tijolos


que seriam vermelhos se a fumaça e as cinzas permitissem, cidade de
máquinas e de altas chaminés. Apresentava muitas ruas largas, todas
iguais, e muitas ruazinhas ainda mais iguais, cheias de pessoas
também muito iguais, pois todas saíam e entravam nas mesmas horas,
andando com passo igual na mesma calçada, para fazer o mesmo
trabalho, e para elas cada dia era parecido com o da véspera e com o
dia seguinte.

CHARLES DICKENS
In: ENDERS, Armelle e outros. História em curso. Rio de Janeiro: FGV,
04178253905

2008.

A Revolução Industrial provocou grandes mudanças em algumas


cidades inglesas a partir de finais do século XVIII. A imagem de
Birmingham, de 1886, e o fragmento do romance Tempos difíceis,
publicado em 1854, apresentam sinais dessas transformações.

Página 28 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

Apresente uma mudança causada pelo processo de industrialização nas


cidades inglesas e uma de suas consequências para as condições de
vida do operariado.

8. A Revolução Industrial,ocorrida na Inglaterra no final do século XVIII


e no século XIX
a) trouxe a substituição da maquinofatura pela manufatura e pelo
trabalho artesanal.
b) provocou profundas transformações sociais, pois os salários
masculinos subiram vertiginosamente, levando as mulheres a
voltarem ao seu papel tradicional de mãe e esposa.
c) rapidamente se espalhou pelo restante da Europa, sendo a
Alemanha o segundo país a se industrializar.
d) mudou substancialmente a vida do homem, que não mais era dono
de seu tempo, como os mestres artesãos o eram.
e) provocou mudanças políticas ao trazer a substituição da monarquia
absolutista pela monarquia parlamentarista, regime em vigor até
hoje.

9. O século XVIII registrou profundas transformações na maneira de


governar de diversos dirigentes:
04178253905

- Frederico II, da Prússia, “aboliu as torturas aplicadas aos presos em


seu país [...] incentivou as letras, as artes e as ciências [...] e dirigiu
pessoalmente a reforma de Berlim, capital da Prússia na época”.
(BOULOS JR, 2011)
- O Marquês de Pombal, “principal ministro do rei D. José I [...]
valendo-se de seu enorme poder, decretou a emancipação dos
indígenas na América portuguesa, a abolição da escravidão africana e
a fundação da Imprensa Régia, em Portugal”
(BOULOS JR, 2011).

Página 29 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

- José II, da Áustria, adotou a tolerância religiosa, mas manteve


intocados o militarismo e a servidão.
(BOULOS JR, 2011)

- Catarina II, da Rússia, “mandou construir escolas, fundou hospitais,


dirigiu a reforma da capital (São Petersburgo) e combateu a corrupção
nos meios civis e religiosos”.
(BOULOS JR, 2011)

Sobre os dirigentes acima mencionados e seus governos, pode-se


afirmar que
a) todos foram provavelmente inspirados por ideias iluministas, e o
tipo de governo adotado por eles foi chamado pelos historiadores do
Século XIX de despotismo esclarecido.
b) somente Frederico II e Catarina II foram inspirados por ideias
iluministas, e o tipo de governo adotado por eles foi chamado de
socialismo.
c) todos foram provavelmente inspirados pelo filósofo Jean-Jacques
Rousseau, e o tipo de governo adotado por eles foi chamado de
democracia.
d) Frederico II e o Marquês de Pombal militarizaram seus países e
04178253905

adotaram governos comunistas.


e) fundamentaram-se em correntes filosóficas diferentes, mas todos
adotaram governos liberais.

10. Maldito, maldito criador! Por que eu vivo? Por que não extingui,
naquele instante, a centelha de vida que você tão desumanamente me
concedeu? Não sei! O desespero ainda não se apoderara de mim. Meus
sentimentos eram de raiva e vingança. Quando a noite caiu, deixei meu
abrigo e vagueei pelos bosques. (...) Oh! Que noite miserável passei

Página 30 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

eu! Sentia um inferno devorar-me, e desejava despedaçar as árvores,


devastar e assolar tudo o que me cercava, para depois sentar-me e
contemplar satisfeito a destruição. Declarei uma guerra sem quartel à
espécie humana e, acima de tudo, contra aquele que me havia criado
e me lançara a esta insuportável desgraça!

Mary Shelley. Frankenstein. 2ª ed. Porto Alegre: LPM, 1985.

O trecho acima, extraído de uma obra literária publicada pela primeira


vez em 1818, pode ser lido corretamente como uma
a) apologia à guerra imperialista, incorporando o desenvolvimento
tecnológico do período.
b) crítica à condição humana em uma sociedade industrializada e de
grandes avanços científicos.
c) defesa do clericalismo em meio à crescente laicização do mundo
ocidental.
d) recusa do evolucionismo, bastante em voga no período.
e) adesão a ideias e formulações humanistas de igualdade social.

11. (Vunesp 2010) Este considerável aumento de produção que,


devido à divisão do trabalho, o mesmo número de pessoas é capaz de
realizar, é resultante de três circunstâncias diferentes: primeiro, ao
04178253905

aumento da destreza de cada trabalhador; segundo, à economia de


tempo, que antes era perdido ao passar de uma operação para outra;
terceiro, à invenção de um grande número de máquinas que facilitam
o trabalho e reduzem o tempo indispensável para o realizar, permitindo
a um só homem fazer o trabalho de muitos.

(Adam Smith. “Investigação sobre a Natureza e as Causas da Riqueza


das Nações (1776)”. In: Adam Smith/Ricardo. Os pensadores. São
Paulo: Abril Cultural, 1984.)

Página 31 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

O texto, publicado originalmente em 1776, destaca três características


da organização do trabalho no contexto da Revolução Industrial:
a) a introdução de máquinas, a valorização do artesanato e o
aparecimento da figura do patrão.
b) o aumento do mercado consumidor, a liberdade no emprego do
tempo e a diminuição na exigência de mão de obra.
c) a escassez de mão de obra qualificada, o esforço de importação e a
disciplinarização do trabalhador.
d) o controle rigoroso de qualidade, a introdução do relógio de ponto e
a melhoria do sistema de distribuição de mercadorias.
e) a especialização do trabalhador, o parcelamento de tarefas e a
maquinização da produção.

12. O Iluminismo foi um movimento intelectual, portador de uma visão


unitária do mundo e do homem, apesar da diversidade de leituras que
lhe são contemporâneas, conservou uma grande certeza quanto à
racionalidade do mundo e do homem, a qual seria imanente em sua
essência.

FALCON, F. J. C. Iluminismo, São Paulo: Ática, 1986. Adaptado.


04178253905

Suas principais linhas de força foram:


a) o pensamento crítico, o primado da razão, a antropologia e a
pedagogia.
b) a ideia de progresso, a antropologia, a manutenção das tradições e
a explicação racional para tudo.
c) o direito coletivo, o direito à propriedade, o primado da razão, a
ideia de progresso.
d) o sentimento humanitário, a futilidade da guerra, a manutenção das
tradições e a explicação racional para tudo.

Página 32 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

e) a ideia de socialismo, o pensamento crítico, o antropocentrismo e o


naturalismo.

13. O pensamento de Jean-Jacques Rousseau, fruto do Iluminismo do


século XVIII, serve de base, até hoje, para a estrutura política de vários
países democráticos ocidentais.
Sobre essa realidade, assinale a alternativa CORRETA.
a) No pensamento de Rousseau, gesta-se a teoria do Estado
Contratualista.
b) Os atuais regimes socialistas do ocidente condenam a propriedade
privada com base nos textos de Rousseau.
c) A teoria da tripartição do poder é herança do pensamento de
Rousseau.
d) A teoria contratualista foi desenvolvida por Rousseau na obra
Origem da desigualdade social entre os homens.
e) Na obra Do contrato social, Rousseau defende a propriedade
privada.

14. As teorias dos economistas clássicos foram importantes para


consolidar o capitalismo e reorganizar a produção da época, quebrando
tradições nos negócios e rompendo preconceitos com relação ao uso
do trabalho assalariado. Os economistas clássicos:
04178253905

a) definiam a necessidade de intensificar a colonização, focalizando a


produção no avanço das técnicas agrícolas e na exportação de
mercadorias.
b) reforçaram as teses dos mercantilistas, mas redefiniram o lugar do
trabalho, defendendo a melhoria salarial e o fim da escravidão.
c) criticavam a excessiva interferência do Estado na economia,
derrubando teses mercantilistas e valorizando o trabalho produtivo.
d) admitiram a ideia de que a agricultura era a grande fonte de riqueza
e seguiram os caminhos sugeridos pelos fisiocratas.

Página 33 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

e) estavam desatualizados com as questões financeiras da época,


sendo criticados pelos pensadores iluministas franceses.

15. Os cercamentos do século XVIII podem ser considerados como


sínteses das transformações que levaram à consolidação do
capitalismo na Inglaterra. Em primeiro lugar, porque sua
especialização exigiu uma articulação fundamental com o mercado.
Como se concentravam na atividade de produção de lã, a realização da
renda dependeu dos mercados, de novas tecnologias de
beneficiamento do produto e do emprego de novos tipos de ovelhas.
Em segundo lugar, concentrou-se na inter-relação do campo com a
cidade e, num primeiro momento, também se vinculou à liberação de
mão de obra.

RODRIGUES, A. E. M. “Revoluções burguesas”. In: REIS FILHO,


D.A.etal (Orgs.). O século XX, v. I. Rio de Janeiro: Civilização
Brasileira, 2000 (adaptado).

Outra consequência dos cercamentos que teria contribuído para a


Revolução Industrial na Inglaterra foi o
a) aumento do consumo interno.
b) congelamento do salário mínimo. 04178253905

c) fortalecimento dos sindicatos proletários.


d) enfraquecimento da burguesia industrial.
e) desmembramento das propriedades improdutivas.

Página 34 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

16.

Na Inglaterra, um horário ferroviário uniforme foi adotado em


meados do século XIX. Baseava-se na hora do Tempo Médio de
Greenwich, isto é, a hora do meridiano do Observatório Real de
Greenwich, geralmente indicada pelas letras GMT (Greenwich Mean
Time). No final da década de 1840, Sir George Airy, astrônomo real,
insistiu para que o Big Ben, novo relógio a ser construído, fosse
regulado pela hora de Greenwich. Airy expandiu muito o serviço público
baseado na GMT, fazendo com que essa hora fosse transmitida por
todo o país por cabos que corriam ao longo das linhas férreas. Em
04178253905

1853, escreveu: “Não posso sentir senão satisfação ao pensar que o


Observatório Real está assim contribuindo para a pontualidade dos
negócios por toda uma grande extensão deste país”.

Adaptado de WHITROW, G. J. O tempo na história: concepções do


tempo da pré-história aos nossos dias. Rio de Janeiro: Zahar, 1993.

Página 35 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

As sociedades industriais modernas desenvolveram formas de medir o


tempo associadas ao uso do relógio e à padronização dos horários em
escala nacional, como no caso da Inglaterra, no decorrer do século XIX.
Um dos efeitos dessas medidas padronizadoras do tempo se
manifestou basicamente na regulação dos:
a) ritmos do trabalho
b) sistemas de plantio
c) níveis de escolaridade
d) fluxos de investimentos

17. O desenvolvimento de teorias científicas, geralmente, tem forte


relação com contextos políticos, econômicos, sociais e culturais mais
amplos. A evolução dos conceitos básicos da Termodinâmica ocorre,
principalmente, no contexto
a) da Idade Média.
b) das grandes navegações.
c) da Revolução Industrial.
d) do período entre as duas grandes guerras mundiais.
e) da Segunda Guerra Mundial.

18. Por volta dos séculos XV e XVI, os artesãos tinham grande interesse
pelo seu trabalho específico e pela habilidade de realizá-lo. Assim, por
04178253905

exemplo, vidreiros, especialistas na difícil arte de fazer garrafas, copos


e contas de vidro se realizavam, chegando até a revelar certo senso
artístico. Dessa maneira, cada artesão se integrava totalmente em seu
trabalho, interessando-se por ele.

(MARX,K. e ENGELS, F. A ideologia alemã. São Paulo: Hucitec. 1986.


p. 81. Adaptado)

Página 36 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

Passados alguns séculos, a Revolução Industrial do século XIX trouxe


aos trabalhadores
a) a mesma satisfação que os artesãos dos séculos XV e XVI tinham
em seu trabalho.
b) uma maior satisfação, pois, com a produção industrial, o fruto de
seu trabalho era de melhor qualidade.
c) uma satisfação todo dia, pois, no século XIX, a jornada de trabalho
era de apenas 6 horas diárias e sobrava muito tempo para o lazer.
d) uma satisfação a todo mês, quando ele recebia seu salário e, ao
final de um ano, quando ele podia ter férias.
e) nenhuma satisfação, pois o operário não via o produto final de seu
trabalho.

19. Em 1789, no contexto da Revolução Francesa, na Assembleia


Nacional, os representantes do povo elaboraram a Declaração dos
Direitos do Homem e do Cidadão, que, entre outras proposições,
enunciou:

Os homens nascem livres e iguais em direitos. As distinções sociais só


podem ter fundamento na utilidade comum.
O fim de toda associação política é a conservação dos direitos naturais
e imprescritíveis do homem. Estes direitos são: a liberdade, a
04178253905

propriedade, a segurança e a resistência à opressão.


A lei é a expressão da vontade geral. Deve ser igual para todos,
protegendo ou punindo.
Sendo todos os cidadãos iguais perante a lei, são, igualmente,
admitidos a todas as dignidades, cargos e empregos públicos, segundo
a capacidade de cada um e sem outra distinção que não seja a das
suas virtudes ou talentos.

Página 37 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

In: PAINE, T. Os direitos do homem. Petrópolis: Vozes, 1989.


[Adaptado].

As proposições citadas, de ampla repercussão no Mundo


Contemporâneo, estão fundamentadas
a) nas ideias liberais, defensoras do intervencionismo estatal com a
adoção de minuciosa regulamentação de todos os aspectos da vida
social.
b) nos valores defendidos pelos adeptos do liberalismo, em oposição
aos governos autoritários e à organização social baseada em
privilégios.
c) nas posições políticas burguesas, favoráveis à harmonia coletiva
garantida pelo acesso de todos os grupos sociais à propriedade
privada dos meios de produção.
d) nos princípios iluministas, alicerçados na defesa da igualdade
econômica como um direito que garantiria a cidadania proletária.

20. Leia o excerto.

Em 1843, a revista inglesa The Artisan publicou um artigo sobre as


condições sanitárias dos operários nas cidades.
O artigo nos revela que as ruas eram tão estreitas que qualquer um
04178253905

podia saltá-las e entrar na casa da frente pela janela; os prédios eram


muito altos e estreitos de modo que a luz mal penetrava no pátio ou
ruazinha que os separava; não havia esgotos ou banheiros públicos ou
mesmo sanitários nas casas: imundícies e excrementos de pelo menos
50.000 pessoas corriam nas valetas, trazendo um mau cheiro
insuportável, que não só feria o olfato, mas representava um grande
perigo à saúde das pessoas. As casas dessa gente pobre que ali morava
pareciam ser sempre muito sujas. A maior parte delas se compunha
de um único cômodo, com pouquíssima ventilação, com janelas

Página 38 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

quebradas ou mal colocadas, por onde entrava um cortante vento no


inverno. Não raras vezes, um monte de palha servia de cama para a
família toda: ali se amontoavam numa confusão revoltante, homens,
mulheres, velhos e crianças. A água só existia nas bombas públicas e
era muito difícil transportá-la, o que logicamente, favorecia tamanha
imundície.

(ENGELS, Friederich. A situação da classe trabalhadora na Inglaterra.


São Paulo: Global. p.47. Adaptado)

Na Inglaterra do século XIX, a vida miserável levada pelos operários


se devia
a) à resistência desses trabalhadores aos ensinamentos dos patrões:
para se ter saúde, a primeira condição é ter higiene.
b) à Revolução Gloriosa que, ao implantar o regime parlamentarista,
deixou de lado as preocupações com a sociedade, pois isso não
interessava economicamente aos lordes e aos burgueses.
c) à diminuição de empregos pelo fechamento das indústrias e à
extinção dos programas habitacionais feitos pelo governo.
d) à crise econômica existente na Inglaterra, vítima de seguidas secas
e excessivos gastos com a Coroa e com a nobreza britânicas.
e) aos baixíssimos salários que eram pagos, o que lhes impossibilitava
04178253905

viver de modo mais saudável e mais confortável.

21. (Vunesp 2016) Todos os homens são criados iguais, dotados pelo
Criador de certos direitos inalienáveis, entre os quais figuram a vida, a
liberdade e a busca da felicidade. Para assegurar esses direitos, entre
os homens se instituem governos, que derivam seus justos poderes do
consentimento dos governados. Sempre que uma forma de governo se
dispõe a destruir essas finalidades, cabe ao povo o direito de alterá-la
ou aboli-la, e instituir um novo governo, assentando seu fundamento

Página 39 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

sobre tais princípios e organizando seus poderes de tal forma que a ele
pareça ter maior probabilidade de alcançar-lhe a segurança e a
felicidade.

(Declaração de Independência dos Estados Unidos (1776). In: Harold


Syrett (org.).
Documentos históricos dos Estados Unidos, 1988.)

O documento expõe o vínculo da luta pela independência das treze


colônias com os princípios
a) liberais, que defendem a necessidade de impor regras rígidas de
protecionismo fiscal.
b) mercantilistas, que determinam os interesses de expansão do
comércio externo.
c) iluministas, que enfatizam os direitos de cidadania e de rebelião
contra governos tirânicos.
d) luteranos, que obrigam as mulheres e os homens a lutar pela própria
salvação.
e) católicos, que justificam a ação humana apenas em função da
vontade e do direito divinos.
04178253905

22. (Vunesp 2016) A divisão capitalista do trabalho – caracterizada


pelo célebre exemplo da manufatura de alfinetes, analisada por Adam
Smith – foi adotada não pela sua superioridade tecnológica, mas
porque garantia ao empresário um papel essencial no processo de
produção: o de coordenador que, combinando os esforços separados
dos seus operários, obtém um produto mercante.

(Stephen Marglin. In: André Gorz (org.). Crítica da divisão do trabalho,


1980.)

Página 40 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

Ao analisar o surgimento do sistema de fábrica, o texto destaca


a) o maior equilíbrio social provocado pelas melhorias nos salários e
nas condições de trabalho.
b) o melhor aproveitamento do tempo de trabalho e a autogestão da
empresa pelos trabalhadores.
c) o desenvolvimento tecnológico como fator determinante para o
aumento da capacidade produtiva.
d) a ampliação da capacidade produtiva como justificativa para a
supressão de cargos diretivos na organização do trabalho.
e) a importância do parcelamento de tarefas e o estabelecimento de
uma hierarquia no processo produtivo.

23. (Vunesp 2015) O pensamento iluminista, baseado no racionalismo,


individualismo e liberdade absoluta do homem, ao criticar todos os
fundamentos em que se assentava o Antigo Regime, revelava as suas
contradições e as tornava transparentes aos olhos de um número cada
vez maior de pessoas.

(Modesto Florenzano. As revoluções burguesas, 1982. Adaptado.)

Entre as críticas ao Antigo Regime, mencionadas no texto, podemos


04178253905

citar a rejeição iluminista do


a) princípio da igualdade jurídica.
b) livre comércio.
c) liberalismo econômico.
d) republicanismo.
e) absolutismo monárquico.

Página 41 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

24. (Vunesp 2013) Leia.

Todo processo de industrialização é necessariamente doloroso, porque


envolve a erosão de padrões de vida tradicionais. Contudo, na Grã-
Bretanha, ele ocorreu com uma violência excepcional, e nunca foi
acompanhado por um sentimento de participação nacional num esforço
comum. Sua única ideologia foi a dos patrões. O que ocorreu, na
realidade, foi uma violência contra a natureza humana. De acordo com
uma certa perspectiva, esta violência pode ser considerada como o
resultado da ânsia pelo lucro, numa época em que a cobiça dos
proprietários dos meios de produção estava livre das antigas restrições
e não tinha ainda sido limitada pelos novos instrumentos de controle
social. Não foram nem a pobreza, nem a doença os responsáveis pelas
mais negras sombras que cobriram os anos da Revolução Industrial,
mas sim o próprio trabalho.

(Edward P. Thompson. A formação da classe operária inglesa, vol. 2,


1987. Adaptado.)

O texto afirma que a Revolução Industrial


a) aumentou os lucros dos capitalistas e gerou a convicção de que era
desnecessário criar mecanismos
04178253905

de defesa e proteção dos


trabalhadores.
b) provocou forte crescimento da economia britânica e, devido a isso,
contou com esforço e apoio plenos de todos os segmentos da
população.
c) representou mudanças radicais nas condições de vida e trabalho dos
operários e envolveu-os num duro processo de produção.
d) piorou as condições de vida e de trabalho dos operários, mas trouxe
o benefício de consolidar a ideia de que o trabalho enobrece o
homem.

Página 42 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

e) preservou as formas tradicionais de sociabilidade operária, mas


aprofundou a miséria e facilitou o alastramento de epidemias.

25. (Vunesp 2013) No final do século XVIII, a Inglaterra mantinha


relações comerciais regulares com várias regiões do continente
africano. O interesse de ingleses nesse comércio derivava, entre outras
coisas, da necessidade de
a) mercado consumidor para os tecidos, produzidos em escala
industrial nas fábricas inglesas e francesas.
b) especiarias e sal, utilizados na conservação de alimentos
consumidos nas grandes cidades europeias.
c) petróleo, utilizado como fonte principal de energia nas fábricas
instaladas em torno das grandes cidades inglesas.
d) matérias-primas, como o algodão e os óleos vegetais, que eram
utilizadas pelas fábricas inglesas.
e) mão de obra a ser empregada nas manufaturas e fábricas que
proliferavam na Inglaterra e na França.

26. (Vunesp 2013) As redes de comércio, os fortes costeiros, as


relações tecidas ao longo dos séculos entre comerciantes europeus e
chefes africanos, continuaram a ser o sustentáculo do fornecimento de
mercadorias para os europeus, só que agora estas não eram mais
04178253905

pessoas, e sim matérias-primas.

(Marina de Mello e Souza. África e Brasil africano, 2007.)

O texto refere-se à redefinição das relações comerciais entre europeus


e africanos, ocorrida quando
a) portugueses e espanhóis libertaram suas colônias africanas e
permitiram que elas comercializassem marfim, café e outros
produtos livremente com o resto do mundo.

Página 43 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

b) norte-americanos passaram a estimular a independência das


colônias africanas, para ampliar o mercado consumidor de seus
tecidos e produtos alimentícios.
c) ingleses e holandeses estabeleceram amplo comércio escravista
entre os dois litorais do Atlântico Sul.
d) ingleses e franceses buscaram resinas, tinturas e outros produtos
na África e desestimularam o comércio escravista.
e) portugueses e espanhóis conquistaram e colonizaram as costas leste
e oeste da África.

27. (Vunesp 2012) Encontrar uma forma de associação que defenda e


proteja a pessoa e os bens de cada associado com toda a força comum,
e pela qual cada um, unindo-se a todos, só obedece contudo a si
mesmo, permanecendo assim tão livre quanto antes. Esse, o problema
fundamental cuja solução o contrato social oferece.
[...]
Cada um de nós põe em comum sua pessoa e todo o seu poder sob a
direção suprema da vontade geral, e recebemos, enquanto corpo, cada
membro como parte indivisível do todo.

(Jean-Jacques Rousseau. Do contrato social, 1983.)


04178253905

O texto apresenta características


a) iluministas e defende a liberdade e a igualdade social plenas entre
todos os membros de uma sociedade.
b) socialistas e propõe a prevalência dos interesses coletivos sobre os
interesses individuais.
c) iluministas e defende a liberdade individual e a necessidade de uma
convenção entre os membros de uma sociedade.
d) socialistas e propõe a criação de mecanismos de união e defesa de
todos os trabalhadores.

Página 44 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

e) iluministas e defende o estabelecimento de um poder rigidamente


concentrado nas mãos do Estado.

28. (Vunesp 2012) A Revolução Puritana (1640) e a Revolução


Gloriosa (1688) transformaram a Inglaterra do século XVII. Sobre o
conjunto de suas realizações, pode-se dizer que
a) determinaram o declínio da hegemonia inglesa no comércio
marítimo, pois os conflitos internos provocaram forte redução da
produção e exportação de manufaturados.
b) resultaram na vitória política dos projetos populares e radicais dos
cavadores e dos niveladores, que defendiam o fim da monarquia e
dos privilégios dos nobres.
c) envolveram conflitos religiosos que, juntamente com as disputas
políticas e sociais, desembocaram na retomada do poder pelos
católicos e em perseguições contra protestantes.
d) geraram um Estado monárquico em que o poder real devia se
submeter aos limites estabelecidos pela legislação e respeitar as
decisões tomadas pelo Parlamento.
e) precederam as revoluções sociais que, nos dois séculos seguintes,
abalaram França, Portugal e as colônias na América, provocando a
ascensão política do proletariado industrial.
04178253905

29. (Vunesp 2010) Este considerável aumento de produção que,


devido à divisão do trabalho, o mesmo número de pessoas é capaz de
realizar, é resultante de três circunstâncias diferentes: primeiro, ao
aumento da destreza de cada trabalhador; segundo, à economia de
tempo, que antes era perdido ao passar de uma operação para outra;
terceiro, à invenção de um grande número de máquinas que facilitam
o trabalho e reduzem o tempo indispensável para o realizar, permitindo
a um só homem fazer o trabalho de muitos.

Página 45 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

(Adam Smith. “Investigação sobre a Natureza e as Causas da Riqueza


das Nações (1776)”. In: Adam Smith/Ricardo. Os pensadores. São
Paulo: Abril Cultural, 1984.)

O texto, publicado originalmente em 1776, destaca três características


da organização do trabalho no contexto da Revolução Industrial:
a) a introdução de máquinas, a valorização do artesanato e o
aparecimento da figura do patrão.
b) o aumento do mercado consumidor, a liberdade no emprego do
tempo e a diminuição na exigência de mão de obra.
c) a escassez de mão de obra qualificada, o esforço de importação e a
disciplinarização do trabalhador.
d) o controle rigoroso de qualidade, a introdução do relógio de ponto e
a melhoria do sistema de distribuição de mercadorias.
e) a especialização do trabalhador, o parcelamento de tarefas e a
maquinização da produção.

30. (Vunesp 2009) Observe a imagem, cena do personagem Carlitos


no filme Tempos modernos, 1936.

04178253905

Tempos modernos, de Charles Chaplin, representa a situação


econômica e social dos Estados Unidos da América dos anos trinta do

Página 46 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

século passado. No filme, as aventuras de Carlitos transcorrem numa


sociedade
a) capitalista em desenvolvimento e conflagrada pelos movimentos
operários de destruição das máquinas.
b) globalizada, em que o poder financeiro tornava desnecessário o uso
das máquinas na produção de mercadorias.
c) imperialista e mecanizada, que aplicava os lucros adquiridos na
exploração dos países pobres em benefício dos operários americanos.
d) abalada pelo desemprego e caracterizada pela submissão do
trabalho humano ao movimento das máquinas.
e) pós-capitalista, na qual o emprego da máquina libertava o homem
da opressão do trabalho industrial.

31. (Vunesp 2006) Leia os dois textos seguintes.

"No Ocidente Medieval, a unidade de trabalho é o dia [...] definido pela


referência mutável ao tempo natural, do levantar ao pôr-do-sol. [...] O
tempo do trabalho é o tempo de uma economia ainda dominada pelos
ritmos agrários, sem pressas, sem preocupações de exatidão, sem
inquietações de produtividade".
(Jacques Le Goff. "O tempo de trabalho na 'crise' do século XIV".)
04178253905

"Na verdade não havia horas regulares: patrões e administradores


faziam conosco o que queriam. Normalmente os relógios das fábricas
eram adiantados pela manhã e atrasados à tarde e em lugar de serem
instrumentos de medida do tempo eram utilizados para o engano e a
opressão".
(Anônimo. "Capítulos na vida de um menino operário de
Dundee", 1887.)

Entre as razões para as diferentes organizações do tempo do trabalho,

Página 47 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

pode-se citar:
a) a predominância no campo de uma relação próxima entre
empregadores e assalariados, uma vez que as atividades agrárias
eram regidas pelos ritmos da natureza.
b) o impacto do aparecimento dos relógios mecânicos, que permitiram
racionalizar o dia de trabalho, que passa a ser calculado em horas no
campo e na cidade.
c) as mudanças trazidas pela organização industrial da produção, que
originou uma nova disciplina e percepção do tempo, regida pela
lógica da produtividade.
d) o conflito entre a Igreja Católica, que condenava os lucros obtidos
a partir da exploração do trabalhador, e os industriais, que
aumentavam as jornadas.
e) a luta entre a nobreza, que defendia os direitos dos camponeses
sobre as terras, e a burguesia, que defendia o êxodo rural e a
industrialização.

32. (Vunesp 2005) Gerald Winstanley, líder dos escavadores da


Revolução Puritana na Inglaterra (1640-1660), definiu a sua época
como aquela em que "o velho mundo está rodopiando como
pergaminho no fogo". Embora os escavadores tenham sido vencidos,
a Revolução Inglesa do século XVII trouxe mudanças significativas,
04178253905

dentre as quais destacam-se a


a) instituição do sufrágio universal e a ampliação dos direitos das
Assembleias populares.
b) separação entre Estado e religião e a anexação das propriedades da
Igreja Anglicana.
c) liberação das colônias da Inglaterra e a proibição da exploração da
mão de obra escrava.
d) abolição dos domínios feudais e a afirmação da soberania do
Parlamento.

Página 48 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

e) ampliação das relações internacionais e a concessão de liberdade à


Irlanda.

33. (Vunesp 2003) ... o período entre 1640 e 1660 viu a destruição
de um tipo de Estado e a introdução de uma nova estrutura política
dentro da qual o capitalismo podia desenvolver-se livremente.
(Christopher Hill, A revolução inglesa de 1640)

O autor do texto está se referindo


a) à força da marinha inglesa, maior potência naval da Época Moderna.
b) ao controle pela coroa inglesa de extensas áreas coloniais.
c) ao fim da monarquia absolutista, com a crescente supremacia
política do parlamento.
d) ao desenvolvimento da indústria têxtil, especialmente dos produtos
de lã.
e) às disputas entre burguesia comercial e agrária, que caracterizaram
o período.

34. (Vunesp 2002) Adam Smith, autor de "A Riqueza das Nações"
(1776), referindo-se à produção e à aquisição de riquezas, observou:

"Não é com o ouro ou a prata, mas com o trabalho que toda a riqueza
04178253905

do mundo foi provida na origem, e seu valor, para aqueles que a


possuem e desejam trocá-la por novos produtos, é precisamente igual
à quantidade de trabalho que permite alguém adquirir ou dominar."

Os pontos de vista de Adam Smith opõem-se às concepções


a) mercantilistas, que foram aplicadas pelos diversos estados
absolutistas europeus.
b) monetaristas, que acompanharam historicamente as economias
globalizadas.

Página 49 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

c) socialistas, que criticaram a submissão dos trabalhadores aos donos


do capital.
d) industrialistas, que consideraram as máquinas o fator de criação de
riquezas.
e) liberais, que minimizaram a importância da mão de obra na
produção de bens.

35. (Vunesp 1999) A Declaração de Direitos (Bill of Rights) da


Inglaterra de 1689, a Declaração de Independência dos Estados Unidos
da América de 1776 e a Declaração dos Direitos do Homem e do
Cidadão de 1789 da França são documentos que expressam um
processo revolucionário abrangente que pode ser caracterizado como
a) declínio da aristocracia feudal, fim do poder monárquico e
redemocratização dos Estados.
b) ascensão política da burguesia, queda do poder absolutista e
fortalecimento do liberalismo.
c) igualdade de direitos para todos, fim das monarquias e difusão das
ideias iluministas.
d) fim dos privilégios da nobreza, organização de repúblicas e difusão
do positivismo.
e) ampliação dos direitos da burguesia, estabelecimento de
democracias e declínio do liberalismo.
04178253905

36. (Vunesp 1996) "Com plena segurança achamos que a liberdade


de comércio, sem que seja necessária nenhuma atenção especial por
parte do Governo, sempre nos garantirá o vinho de que temos
necessidade; com a mesma segurança podemos estar certos de que o
livre comércio sempre nos assegurará o ouro e prata que tivermos
condições de comprar ou empregar, seja para fazer circular as nossas
mercadorias, seja para outras finalidades".
(Adam Smith -A RIQUEZA DAS NAÇÕES).

Página 50 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

No texto, os argumentos a favor da liberdade de comércio são,


também, de críticas ao
a) Laissez-faire.
b) Socialismo.
c) Colonialismo.
d) Corporativismo.
e) Mercantilismo.

37. (Vunesp 1995) "Os filósofos adulam os monarcas e os monarcas


adulam os filósofos".

Assim se refere o historiador Jean Touchard à forma de Estado europeu


que floresceu na segunda metade do século XVIII. Os "reis filósofos",
temendo revoluções sociais, introduziram reformas inspiradas nos
ideais iluministas.
Estas observações se aplicam:
a) às Monarquias Constitucionais.
b) ao Despotismo Esclarecido.
c) às Monarquias Parlamentares.
d) ao Regime Social-Democrático.
e) aos Principados ítalo-germânicos.
04178253905

38. (Vunesp 1994) "Os fenômenos econômicos (...) processam-se livre


e independentemente de qualquer coação exterior, segundo uma
ordem imposta pela natureza e regida por leis naturais. Cumpre, pois,
conhecer essas leis naturais e deixá-las atuar."
(Paul Hugon - HISTÓRIA DAS DOUTRINAS ECONÔMICAS).

O trecho acima sintetiza o pensamento econômico dos


a) fisiocratas.

Página 51 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

b) mercantilistas.
c) marxistas.
d) keynesianos.
e) marginalistas.

39. (Vunesp 1991) O "Ato de Navegação" de 1651 teve importância e


consequências consideráveis na história da Inglaterra porque:
a) favoreceu a Holanda que obtinha grandes lucros com o comércio
inglês.
b) Oliver Cromwell dissolveu o Parlamento e se tornou ditador.
c) contribuiu para aumentar o poder e favorecer a supremacia marítima
inglesa no mundo.
d) considerava o trabalho como a verdadeira fonte de riqueza nacional.
e) abolia todas as práticas protecionistas.

04178253905

Página 52 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

Resposta da questão 1:
[A]
A alternativa [IV] está incorreta porque a Primeira Revolução
Industrial não ocorreu em países como a França, os EUA e a Alemanha,
ficando restrita à Inglaterra.

Resposta da questão 2:
[E]
O texto versa sobre a Primeira Revolução Industrial, ocorrida na
Inglaterra, marcada pela invenção da máquina a vapor, movida a
carvão mineral. Tal invenção, além de promover a mudança da
manufatura para a maquinofatura e a aceleração do processo
produtivo, fez com que a poluição ambiental aumentasse
substancialmente.

Resposta da questão 3:
[B]

04178253905

O Iluminismo foi um movimento intelectual que condenava as


bases do Antigo Regime, tais como o absolutismo monárquico, o poder
político e social do clero e as variadas formas de opressão. Ao mesmo
tempo, os iluministas defendiam princípios como os de liberdade (de
imprensa, de expressão) e de igualdade jurídica, entre outros.

Resposta da questão 4:
[D]

Página 53 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

O iluminismo está associado aos valores burgueses difundidos


desde o século XVIII e que, no século seguinte se tornaram
predominantes. O racionalismo iluminista caracterizou-se pela
confiança na razão, no progresso e na ciência, e pelo incentivo à
liberdade de pensamento. O ideal do Iluminismo era levar esses
valores a prevalecer e triunfar sobre o mito, a crendice, o
"sobrenatural", o misticismo, a fé, o dogma, o fanatismo, a
intolerância.

Resposta da questão 5:
[C]

O autor destaca aspectos sociais da Revolução Industrial, na


medida em que promove a separação definitiva entre capital e trabalho
e agudiza as distinções sociais. Mais do que um avanço tecnológico,
aponta o retrocesso social, na medida em que trabalhadores são
submetidos a uma condição de vida e de trabalho marcada pela
exploração e pela miséria.

Resposta da questão 6:
[E]
04178253905

O liberalismo foi a teoria econômica defendida pelos Iluministas


que combatia a política econômica do estado Absolutista – o
Mercantilismo. Esta baseava-se na lei da oferta e da procura, defendia
a propriedade privada e preconizava que o Estado não deveria intervir
na economia. Utilizavam a seguinte frase: laissez faire, laissez passer,
le monde va de lui-même (em português "deixem fazer, deixem
passar, o mundo vai por si mesmo").

Página 54 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

Resposta da questão 7:
Mudanças:
• expansão, diversificação e maior complexidade da paisagem urbana
• separação entre bairros operários, mais próximos das zonas de
localização das indústrias, e bairros nobres, áreas de lazer e
logradouros destinados à administração
• alteração do espaço natural decorrente da concentração industrial em
áreas urbanas, causadora de efeitos poluentes e de degradação
ambiental, associados tanto à aplicação dos progressos tecnológicos
na mecanização da produção quanto aos processos de expansão e de
concentração demográfica
• crescimento populacional decorrente da ampliação da demanda por
mão de obra e alimentado por feixes migratórios originários das áreas
rurais

Consequências:
Entre as consequências as Revolução Industrial, a intensificação
do processo de urbanização da sociedade foi uma das mais
significativas, porém as precárias condições de vida e trabalho a que
foram submetidas as populações operárias geravam situações como as
descritas no texto.
04178253905

Resposta da questão 8:
[D]

A Revolução Industrial representou grandes mudanças no


processo produtivo, alterando as formas de produção e as relações de
trabalho. A máquina representou a grande novidade tecnológica,
movida com energia a vapor, assim como a formação da classe
operária representou a grande mudança social. A Revolução foi
responsável pela separação definitiva entre capital e trabalho, com a

Página 55 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

consolidação do sistema capitalista e da burguesia como classe


dominante.

Resposta da questão 9:
[A]

O Despotismo Esclarecido foi uma tentativa dos reis absolutistas


de conciliar os ideais iluministas e as atitudes absolutistas, com vistas
a não perder seus tronos diante do Iluminismo.

Resposta da questão 10:


[B]

O romance Frankenstein, de Mary Shelley, foi escrito e publicado


sob o contexto da Primeira Revolução Industrial, época marcada por
grandes avanços científicos e pela crença de que o homem poderia
controlar a natureza – fatos que são questionados pela autora.

Resposta da questão 11:


[E]

A questão trata objetivamente da Revolução Industrial, ocorrida


04178253905

na Inglaterra na segunda metade do século XVIII e, portanto, não


podemos perceber a ideia de especialização como a característica mais
recente do fordismo ou do taylorismo – ambos no século XX. Do ponto
de vista tecnológico, a Revolução Industrial foi marcada pela
substituição do trabalho manual pelo trabalho da máquina, ou seja, da
manufatura para a maquinofatura, consolidando o processo de divisão
do trabalho e de especialização do trabalhador, que no período
anterior, tinha conhecimento sobre todo o processo produtivo.

Página 56 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

Resposta da questão 12:


[A]

O Iluminismo representa a ideologia da burguesia, em oposição


ao “antigo regime”. A preocupação em contestar os valores de origem
medieval, que garantiam privilégios à nobreza e ao clero deram
suporte às novas ideias, baseadas no racionalismo e no
desenvolvimento do senso crítico, fortalecendo uma visão
antropocêntrica baseada no mérito e não mais na tradição.

Resposta da questão 13:


[A]

O suíço e iluminista Jean-Jacques Rousseau, na sua obra O


Contrato Social, condena a propriedade privada e alega ser “um mal a
ser evitado”, afirmando que haveria um contrato entre o povo e o
governo que regulamentaria as relações sociais. Rousseau defendia
que a propriedade privada é a origem da desigualdade entre os
homens.

Resposta da questão 14:


[C] 04178253905

O principal economista clássico foi Adam Smith, considerado


como o pai do liberalismo econômico. Fez fortes críticas ao modelo
mercantilista que se baseava em forte intervenção do Estado na
economia. Os liberais propagaram a ideia de que a principal fonte de
riqueza de uma nação é o trabalho, desde que livre e definido pelas
leis de mercado, partindo de um conceito básico, chamado de “lei da
oferta e da procura”.

Página 57 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

Resposta da questão 15:


[A]

Os cercamentos representaram, na prática, a concentração das


propriedades até então improdutivas, desde o final do século XVI.
Analisando-se a Revolução Industrial do século XVIII, percebe-se a
ausência de leis trabalhista e a proibição de associação por parte dos
trabalhadores, o aumento da população urbana e da riqueza na
Inglaterra, que possibilitaram a ampliação do mercado interno, apesar
da pobreza da maioria dos trabalhadores.

Resposta da questão 16:


[A]

Desde o final do século XVIII, com a expansão da indústria,


foram criadas formas de controlar o trabalho desenvolvido pelos
operários, como forma de aumentar a produtividade e
consequentemente o lucro. A utilização do relógio pelo patrão e a
padronização do horário no país fizeram parte desse processo no
decorrer do século seguinte.

Resposta da questão 17: 04178253905

[C]
A Primeira Revolução Industrial revolucionou a maneira como se
produziam as mercadorias, em especial com a criação de maquinários
movidos a vapor. Na Inglaterra da década de 1770, o mercado de
tecidos, os transportes (como trens e navios) e as comunicações
funcionavam a partir de máquina a vapor. Logo, a termodinâmica está
relacionada à Revolução Industrial.

Página 58 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

Resposta da questão 18:


[E]
O texto destaca a relação de satisfação pessoal que envolve um
trabalhador e sua obra, num determinado momento e contexto
histórico, a partir da visão de um crítico do mundo capitalista – Karl
Marx – e da exploração do trabalhador industrial, séculos depois. A
Revolução Industrial promoveu a separação definitiva entre capital e
trabalho e aprofundou a ideia de especialização, fazendo com que o
trabalhador operário se tornasse apenas uma peça a mais no processo
produtivo, e não como um realizador.

Resposta da questão 19:


[B]

A revolução Francesa surgiu como uma reação da burguesia e do


povo, contra o poder absolutista dos reis e os privilégios da nobreza
aristocrática. Seus ideais têm origens no pensamento liberal dos
filósofos iluministas, alicerçado no tripé: Liberdade, igualdade e
fraternidade. Com a vitória da revolução, uma das principais medidas
dos revolucionários foi a elaboração da declaração dos direitos do
homem e do cidadão. Marco da nossa era, que acaba a sociedade de
castas, os privilégios da nobreza e o absolutismo monárquico. razendo
04178253905

o princípio de igualdade para todos

Resposta da questão 20:


[E]

De uma forma geral, os livros didáticos destacam dois grandes


problemas vivenciados pela classe operária desde os primórdios da
Revolução Industrial: a questão do trabalho e dos salários e a questão
das condições de vida, pois a maioria dos operários vivia em cortiços,

Página 59 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

em bairros operários, sem as menores condições estruturais, entre elas


a falta de saneamento, como destacada no texto.

Resposta da questão 21:


[C]

O Iluminismo, movimento contrário ao Absolutismo e que defendia o


direito à liberdade e à igualdade dos povos, influenciou uma série de
movimentos mundo afora, incluindo a Independência das 13 Colônias.

Resposta da questão 22:


[E]

O texto deixa claro duas coisas que a Revolução Industrial produziu:


(1) a divisão do trabalho e (2) a criação do cargo de coordenador ou
gerente, gerando uma hierarquia dentro das fábricas.

Resposta da questão 23:


[E]

O movimento iluminista criticava, basicamente, duas instituições: (1)


o Absolutismo Monárquico e (2) a Igreja Católica.
04178253905

Resposta da questão 24:


[C]

O autor destaca aspectos sociais da Revolução Industrial, na medida


em que promove a separação definitiva entre capital e trabalho e
agudiza as distinções sociais. Mais do que um avanço tecnológico,
aponta o retrocesso social, na medida em que trabalhadores são

Página 60 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

submetidos a uma condição de vida e de trabalho marcada pela


exploração e pela miséria.

Resposta da questão 25:


[D]

O século XVIII foi caracterizado pela Revolução Industrial na Inglaterra


e, apesar de destacar-se a indústria têxtil e sua matéria-prima
fundamental, o algodão, outros componentes eram necessários para o
desenvolvimento, funcionamento e manutenção do maquinário. No
século XVIII, o mercado era essencialmente inglês e europeu, e a mão
de obra era composta por antigos camponeses expulsos de suas terras.
As especiarias já não tinham grande importância comercial, e o
petróleo e seus derivados não haviam sido descobertos.

Resposta da questão 26:


[D]

A partir do século XVIII, com a expansão da manufatura e da


Revolução Industrial na Inglaterra, os interesses europeus,
principalmente de Inglaterra e França, se modificaram e a África se
tornou fonte de matérias-primas industriais ou de produtos utilizados
04178253905

como complemento dessa atividade. Desse modo, o tráfico negreiro


que criava instabilidade entre povos africanos e em sua economia
básica passou a ser condenada.

Resposta da questão 27:


[C]

“Do Contrato Social” é a obra mais difundida de Rousseau, célebre


pensador iluminista que, apesar de críticas à propriedade como

Página 61 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

elemento que determina a divisão social, e de defender a participação


popular nos organismos de poder, não defende o socialismo, ou seja,
de igualdade plena. Os iluministas, incluindo Rousseau, defendiam a
igualdade jurídica, ou seja, a ideia de que todo homem é igual perante
a lei. Para esse autor, o Estado é expressão da vontade coletiva dos
homens e fundamental para a manutenção da organização social.

Resposta da questão 28:


[D]

As “Revoluções Inglesas”, do século XVII, foram as primeiras


revoluções burguesas de caráter antiabsolutista na Europa.
A Revolução Puritana derrubou a dinastia Stuart e implantou uma
República Parlamentar, depois ditatorial, sob o comando de Oliver
Cromwell, que reprimiu os movimentos populares e impulsionou o
comércio inglês a partir do Ato de Navegação (1651).
Com a Revolução Gloriosa, a burguesia inglesa se libertou do Estado
absolutista definitivamente, que com seu permanente
intervencionismo era uma barreira para um mais amplo acúmulo de
capital. O novo rei, Guilherme de Orange se subordinou ao Bill of
Rights. Dessa forma, a burguesia, aliada à aristocracia rural, passou a
exercer diretamente o poder político através do Parlamento.
04178253905

Resposta da questão 29:


[E]

A questão trata objetivamente da Revolução Industrial, ocorrida na


Inglaterra na segunda metade do século XVIII e, portanto, não
podemos perceber a ideia de especialização como a característica mais
recente do fordismo ou do taylorismo – ambos no século XX. Do ponto
de vista tecnológico, a Revolução Industrial foi marcada pela

Página 62 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

substituição do trabalho manual pelo trabalho da máquina, ou seja, da


manufatura para a maquinofatura, consolidando o processo de divisão
do trabalho e de especialização do trabalhador, que no período
anterior, tinha conhecimento sobre todo o processo produtivo.

Resposta da questão 30:


[D]
O filme Tempos Modernos retrata as consequências do fenômeno
histórico conhecido como Revolução Industrial. No filme, Chaplin
critica o afastamento do trabalhador do objeto de seu trabalho, a
submissão do homem perante a máquina e as péssimas condições de
trabalho do operariado nas fábricas.

Resposta da questão 31:


[C]
Resposta da questão 32:
[D]
Resposta da questão 33:
[C]
Resposta da questão 34:
[A]
Resposta da questão 35: 04178253905

[C]
Resposta da questão 36:
[E]
Resposta da questão 37:
[B]
Resposta da questão 38:
[A]
Resposta da questão 39:
[C]

Página 63 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques
Ciências Humanas e suas tecnologias
História: Iluminismo e revolução Inglesa.
Professor: Sérgio Henrique.

9. CONSIDERAÇÕES FINAIS.
Muito bem querido(a) estudante. Se chegou até aqui é um bom
sinal: o de que tentou praticar todos os exercícios. Não se esqueça da
importância de ler a teoria completa e sempre consultá-la. Não esqueça
dos seus objetivos e dedique-se com toda a força para alcança-los.
Sonhe alto, pois “quem sente o impulso de voar, nunca mais se
contentará em rastejar”. Te encontro na nossa próxima aula.
Bons estudos, um grande abraço e foco no sucesso.

Até logo...

Prof. Sérgio Henrique Lima Reis.


04178253905

Página 64 de 64
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

04178253905 - marques