Você está na página 1de 15

Adoçantes e açúcares artificiais

Estrutura química

(Http :/ / www.scientificpsychic.com / fitness / edulcorantes-artificiales.html

O açúcar de mesa (sacarose) tem 4 kcal por grama.


O

adoçantes ou edulcorantes artificiais são utilizadas para limitar a energia

alimentos durante uma dieta, para reduzir a formação da placa

e para ajudar a regular os níveis de açúcar no sangue dentários

indivíduos diabéticos.

Os adoçantes são usados para reduzir as calorias no alimento

e bebidas.
Os substitutos do açúcar podem ser produtos naturais,

tais como a álcoois de açúcar sorbitol e xilitol, ou pode ser

compostos sintéticos produzidos em laboratório, como por exemplo a sacarina,

o aspartame ou a sucralose.
Em os EUA.
UU.
cinco adoçantes são

aprovado pela Food and Drug Administration (FDA):

sacarina, aspartame, sucralose, neotame, acesulfame de potássio e.

Sacarina

Sacarina foi descoberto em 1879 e é o adoçante mais artificial

idade.
Comumente vendido em embalagens de rosa com o nome

Sweet'N comercial Low.


A sacarina é 300 vezes mais doce do que
sacarose, mas tem um sabor amargo.
O crescente uso da sacarina

durante a Primeira Guerra Mundial, devido à escassez de açúcar e

durante a década de 1960, devido à sua utilização na produção de alimentos

baixa em calorias.
A sacarina é usado para adoçar bebidas, doces,

medicamentos e cremes dentais.


A sacarina não é usada para o cozimento, pois

é instável a altas temperaturas.


Em 1972, o Departamento de

Agricultura tentar proibir o uso da sacarina, quando um

pesquisa mostrou que altas doses de sacarina aumentou

incidência de câncer de bexiga em ratos.


Embora a venda da

A sacarina não é proibido, os produtos com sacarina foram obrigados a

realizar um aviso de que a sacarina pode "causar câncer em animais

laboratório. "Em 2000, o National Institutes of Health

(NIH) sacarina removido da sua lista de substâncias cancerígenas e também

eliminado o requisito de aviso.


Hoje, sacarina

amplamente utilizado.
Adoçante ingredientes são dextrose,

3,6% de sacarina solúveis, e pequenas quantidades de anti-aglomeração.

Dez gramas de adoçante, contendo cerca de 9 g de dextrose e

fornecer 36 kcal.
Peso igual de açúcar fornece 39

quilocalorias.

Aspartame

O aspartame é 200 vezes mais doce que o açúcar.


Este adoçante

comercializados sob os nomes Igualdade e NutraSweet.


O aspartame é o
o éster metílico do dipéptido formado por a hiperligação

"Http :/ / www.scientificpsychic.com / fitness / aminoacidos.html" amino

fenilalanina e ácido aspártico (aspartil-1-fenilalanina metil éster).

O aspartame é usado como adoçante de mesa, e adicionado a uma grande

variedade de alimentos comerciais, como cereais matinais,

refrigerantes, sobremesas, doces e gomas de mascar.


Aspartame perde o seu

doçura, quando aquecida e não é adequado para o cozimento.


O aspartame é

metabolizado nos seus aminoácidos componentes.


Pessoas que sofrem

fenilcetonúria (PKU) não podem metabolizar a fenilalanina e deve

evitar o aspartame.
Algumas pessoas têm relatado dores de cabeça e

tonturas após o consumo de aspartame, mas estudos científicos não têm

defininitiva comprovada associação.


Dez gramas do edulcorante

Igual contendo 8 g de dextrose e 0,84 g de maltodextrina (amido)

Além do aspartame.
Dez gramas de Equal fornecer 36 kcal;

peso idêntico de açúcar fornece 39 quilocalorias.

Neotame

Neotame

Neotame é de 8.000 a 13.000 vezes mais doce que o açúcar de mesa.

O neotame é quimicamente similar ao aspartame, mas é mais doce e mais

estável.
Quando hidrolisado, neotame produz metanol (álcool de madeira) e

desterificado neotame resíduo.


A quantidade de metanol gerado

hidrólise é menor do que o encontrado nos sumos de fruta, pois

Neotame é usado em quantidades muito pequenas.


O 3,3-dimetilbutilo

ligado ao grupo amino do ácido aspártico blocos enzimas

quebrar ligações peptídicas e estabilizar a molécula neotame.


O

Food and Drug Administration aprovou o uso para o neotame

Geral em Julho de 2002.

Acessulfame de potássio.

Acessulfame de potássio

Acessulfame de potássio (acessulfame-K, Ace-K) é um adoçante

nutritiva 200 vezes mais doce do que o açúcar de mesa.


Em alta

concentrações, acesulfame-k tem um sabor levemente amargo, como

sacarina.
A sua estrutura química é o sal de potássio de 6-metil-1, 2,3

oxatiazin-4 (3H)-ona-2 ,2-dióxido.


Alguns testes sugeriram que o

Acessulfame de potássio pode aumentar a tumores mamários em animais

laboratório, mas a Food and Drug Administration não tem

necessário realizar testes adicionais.

Sucralose

A sucralose é um ingrediente de Splenda

A Sucralose, comercializado como Splenda, é um edulcorante de mesa e

também um aditivo na indústria alimentar.


A sucralose é de 600

vezes mais doce do que o açúcar de mesa.


A Sucralose é estável em

e ampla gama de temperatura pode ser utilizado em bebidas frias ou

quente, e também em produtos de panificação.


Embora Splenda

promovido como um edulcorante sem calorias, é, na verdade, uma mistura de

dextrose, maltodextrina e sucralose.


Dez gramas de Splenda conter

9,00 g 8,03 g hidratos de carbono, incluindo açúcares (dextrose) e

0,96 gramas de amido (maltodextrina).


Por esse motivo, 10 gramas de

Splenda tem 33 kcal contra 39 kcal em um peso

Como o açúcar.
Os Splenda calorias provenientes de carboidratos,

e sucralose.
Splenda formulações recentes utilizadas

maltodextrina resistente, pode ser classificada como fibra.

Ciclamato

Ciclamato

O ciclamato é de 30 a 50 vezes mais doce do que o açúcar, e vendido

sob os nomes comerciais Sucaryl e Sugar Gêmea.


O ciclamato é o

sal de sódio ou de cálcio do ácido ciclâmico (ácido ciclohexilsulfâmico).

O ciclamato foi proibido nos Estados Unidos, em 1970, porque grande

quantidade, podem causar câncer de bexiga em ratos.


No entanto, esta

ainda adoçante é aprovado em mais do que 55 países.

O sorbitol, xilitol, eritritol

Sorbitol xilitol Erythritol

Os álcoois de açúcar

Sorbitol, xilitol, eritritol e são HYPERLINK


"Http :/ / www.scientificpsychic.com / fitness / carbohidratos.html"

Álcoois de açúcar naturais que são encontrados em frutas e legumes.

Estes compostos podem ser produzidos comercialmente, por hidrogenação

os açúcares catalíticas correspondentes.


O xilitol é produzido a partir de

xilose.
Sorbitol, também chamado glucitol é produzido a partir da glicose.

O eritritol é produzido por fermentação de glucose com

pollinis Moniliella fermento.


O xilitol é lentamente absorvido e

parcialmente digerida, por isso oferece 40% menos calorias do que o açúcar,

cerca de 2,4 kcal por grama.


O sorbitol e xilitol são

ingredientes comuns em doces e chicletes "sem açúcar".


O

álcoois de açúcar incluem o manitol, o maltitol, o lactitol, o eritritol e.


O

álcoois de açúcar, não são bem absorvidos no intestino, e quando

fermentado pela microflora colônica gás produtos, flatulência, cólica

e diarréia.
Apenas 10 g de sorbitol pode causar problemas

gastrintestinal.
O xilitol parece ser seguro para os seres humanos,

mas provoca convulsões, insuficiência hepática e morte no

cães em doses relativamente pequenas. [4] O eritritol tem somente

60% ou 70% da doçura do açúcar de mesa e fornece 0,2 quilocalorias

por grama.
Eritritol não promove a cárie dentária, e não causa

os efeitos colaterais gástricos que os outros álcoois de açúcar.

Stevia

Stevia é derivado de um arbusto (Stevia rebaudiana Bertoni) cuja


extratos produzir folhas que são até 300 vezes mais doce do que

açúcar.
O esteviosídeo e rebaudiosídeo são dois dos glicosídeos

doces mato sai.


A molécula consiste em um esteviósido

esteviol em que o átomo de hidrogénio é substituído com menor

uma molécula de beta-D-glicose, e o hidrogénio é substituído com superiores

duas moléculas de beta-D-glucose.


Stevia é comercializado no

EUA
como um suplemento de ervas quando não havia dados suficientes

cientistas para certificar-lo como um aditivo alimentar.


O

rodentes experimentos mostraram que altas doses de esteviosídeo

redução da produção de esperma nos homens e diminuição

produção de crias nas fêmeas.


Em dezembro de 2008, o

Food and Drug Administration aprovou o uso de

Rebaudiosídeo A utilidade purificada.


O rebaudiosídeo A, também

chamado Reb-A e rebiana, substitui a menor esteviol hidrogênio

uma molécula de beta-D-glucose e hidrogénio sobre uma cadeia

três moléculas de beta-D-glucose.

Stevia é vendido sob a marca nomes Truvia e PureVia, mas

pacotes contêm não só rebiana.


Truvia e PureVia tanto

eritritol contendo um álcool de açúcar de baixa caloria.


Um pacote de

Truvia (3,5 gramas), contendo 3 gramas de eritritol, e "sabor

natural "cuja composição química não é revelado.

Brazzein

Brazzein é uma proteína doce extraída a partir do fruto


Africano trepadeira Oeste (Pentadiplandra brazzeana Baillon).

A estrutura química brazzein é constituída por 54 aminoácidos que

formando uma cadeia alfa hélice e três antiparallel beta-folha

(Cadeias de aminoácidos nos quais os grupos NH de uma cadeia formada

ligações de hidrogênio C = O grupos de vertente oposta).


O

sequência de aminoácidos de brazzein é:

HARSGECFYD QCNYDCKLDK YPVSKCQLAN EKRNLQCICD QDKCKKVYEN YCEY

(HYPERLINK

"Http :/ / www.scientificpsychic.com/fitness/aminoacidos1.html" \ l "SLC"

Clique aqui para ver uma carta códigos que correspondem ao

aminoácidos)

Brazzein é aproximadamente 1000 vezes mais doce que o açúcar.


O

Brazzein sabor é semelhante ao da sacarose, mas com sabor residual doce

persistente.
Brazzein é estável em uma ampla gama de pH (2,5 a 8),

e é estável a uma temperatura de 98? C durante 2 horas.


Isto torna muito

praticado para muitas aplicações comerciais.

Brazzein não pode ser extraído, em quantidades comerciais a partir da sua fonte

naturalmente, mas pode ser produzido em variedades de milho geneticamente

modificado.
A proteína de milho modificado contém 4% brazzein

que, quando purificado, é de até 1200 vezes mais doce do que a sacarose [3].

A farinha de gérmen de milho contendo brazzein também pode ser usado

diretamente para adoçar produtos alimentícios.


A comercialização

de brazzein começou em 2009 sob o nome Cweet.

Comentários Gerais
A maioria dos adoçantes não calóricos são misturados com dextrose e

maltodextrina para aumentar o volume do produto e permitir

medida como o açúcar de mesa.


Infelizmente, a dextrose e a maltodextrina

são hidratos de carbono, que fornecem calorias.


Como discutido

acima, dez gramas de Sweet'N adoçante baixo, Equal e

Splenda, proporcionar 33 a 36 em comparação com 39 quilocalorias

quilocalorias de açúcar.
Por peso, os edulcorantes podem reduzir

calorias apenas 10 ou 15 por cento em comparação com o açúcar.

Contudo, esses substitutos do açúcar pode reduzir as calorias

edulcorante cerca de 80 por cento, tal como no caso de

Splenda, um pacote contendo 1 grama de produto (3,3 quilocalorias)

tem a doçura equivalente a uma colher de chá de açúcar (4,2 gramas e

16,3 quilocalorias).
Pacote de fabricantes desses edulcorantes em

embalagens pequenas, com menos de cinco calorias por porção, e por isso pode

aproveitar as regras alimentares que permitem arredondamento

números e reduzi-los a zero.


Desta maneira, os produtos podem ser

Produtos anunciados como "sem calorias".

É lógico esperar que as bebidas com adoçantes calóricos pode

ajudá-lo a perder peso, mas estudos epidemiológicos têm encontrado

que o consumo dietético de refrigerantes está associada com o desenvolvimento

a síndrome metabólica [1] O consumo de adoçantes calóricos.

dissocia sensação gustativa como um preditor do conteúdo calórico

e alimentos nutritivos.
As experiências têm demonstrado que o

reduzir a correlação entre o gosto doce eo conteúdo calórico

alimentos com adoçantes artificiais em ratos aumentaram a


ingestão calórica, o peso corporal e a adiposidade [2].
Estes resultados

sugerem que o consumo de produtos adoçados artificialmente pode

provocar aumento de peso corporal e obesidade interferindo com a

equilibrar os processos fisiológicos fundamentais mediadas pela

receptores gustativos.

Referências Bibliográficas:

P.
L.
Lutsey, L.
M.
Steffen e J.
Stevens, "a ingestão dietética ea

Desenvolvimento da Síndrome Metabólica.


O Atherosclerosis Risk in

Comunidades Study ", Circulation, 22 de janeiro de 2008, PMID 18212291

S.
E.
Swithers e T.
L.
Davidson, "um papel para Taste Sweet: Calorie

Relações preditivas na regulação da energia por Rats ", Behavioral

Neuroscience, 122 1 (2008) 161-173, PMID 18298259

Lamphear BJ, et al. Expressão da proteína de milho doce em brazzein

para a produção de um novo adoçante comercial, Planta Biotechnol J.


2005

Janeiro, 3 (1) :103-14.


PMID: 17168903

Dunayer EK, Gwaltney-Brant SM, insuficiência hepática aguda e coagulopatias

Associada com a ingestão de xilitol em oito cães.


J Am Vet Med Assoc.

2006 01 de outubro, 229 (7) :1113-7.


PMID: 17014359

Composição química de folhas de estévia


FOLHAS DE QUÍMICA COPOSICION

As folhas de stevia adoçante próximos glicosídeos, cujo poder de uma vez

purificado, situa-se entre 250 e 400 vezes o equivalente em açúcar.


Isto é

demonstraram que estes compostos são sintetizados nas chloroplastos,

Porém, a maneira em que a síntese não é conhecido intervém

precisão.

Os compostos mais representadas foram chamados na literatura

Scientific como segue

- Esteviosídeo (mais abundante)

Rebaudiosides A a E (menos abundante mas mais edulcorantes que

esteviósido - Rebaudiosídeo A é o mais abundante dos rebaudiosides)

- A dulcoside

Estes esteviósido estão presentes ao nível de 5 a 22% do peso seco

stevia folha.
Esteviosídeo desempenho depende da qualidade

plantas selecionadas e condições de cultura:

insolação, solo, irrigação ...


A literatura usa regularmente

percentagem de 10% quando se trata de concentração média, há esteviósido

nas folhas de estévia.

Esteviosídeo além do referido, é

também em folhas de estévia, óleos essenciais, flavonóides,

minerais, vitaminas, taninos, cálcio, zinco, potássio,

de magnésio, de sódio, flúor, fibras, a clorofila, a água e muitos

outros constituintes na forma de trilha.


Nota bene: os glicosídeos não são usados atualmente como

ingredientes alimentares na UE para não fornecer prova

não-toxicidade irrefutável.

http://www.lamaisondustevia.com/es/content/44-composicion-quimica-de-las

-Folhas-de-stevia

Esteviosídeo é um dos HYPERLINK

"Http :/ / es.wikipedia.org / wiki / Hidrato_de_carbono" \ o "Hidratar

de carbono "açúcares HYPERLINK naturalmente obtido

"Http :/ / es.wikipedia.org / wiki / Stevia_rebaudiana" \ o "Stevia rebaudiana"

Stevia rebaudiana.
O carboidrato é um diterpeno massa molecular

804,80 g / mol.
É uma molécula complexa contendo 38 HYPERLINK

"Http :/ / es.wikipedia.org / wiki / Carbono" \ o carbono "carbono" 60

HYPERLINK "http://es.wikipedia.org/wiki/Hidr% C3% B3geno" \ o "Hydrogen"

hidrogênios e 18 HYPERLINK "http://es.wikipedia.org/wiki/Ox% C3% ADgeno"

\ O oxigênios "oxigênio".
É levógiro (31,8 em forma anidra), o seu ponto

de fusão é 238 º C, seu nome completo é

13-O-beta-soforosil-19-beta-O-glucosil-esteviol.

É solúvel em água, HYPERLINK "http://es.wikipedia.org/wiki/Etanol" \ o

Etanol "Etanol" e HYPERLINK "http://es.wikipedia.org/wiki/Metanol"

\ O metanol "metanol".

Propriedades

Apesar de ser o sabor doce, não aumenta a concentração de

HYPERLINK "http://es.wikipedia.org/wiki/Glucosa" \ o "glicose" glicose

sangue (o que o torna adequado para HYPERLINK

"Http :/ / es.wikipedia.org / wiki / Diabetes" \ o diabéticos "diabetes").


Por

esta razão é usada como adoçante não calórico.


É entre 250-300

vezes mais doce que HYPERLINK

"Http :/ / es.wikipedia.org / wiki / sacarosa" \ o "sacarose" sacarose

HYPERLINK "http://es.wikipedia.org/wiki/Estevi% C3% B3sido" \ l

"Cite_note-ijb.v4n1p146-1 # cite_note-ijb.v4n1p146-1" [1]

Em 2006, o HYPERLINK

"Http :/ / es.wikipedia.org / wiki / Organizaci% C3% B3n_Mundial_de_la_Salud" \ o

"A Organização Mundial de Saúde" da Organização Mundial de Saúde

(OMS) realizou uma ampla avaliação de estudos experimentais

Extratos de estévia recentes realizados em animais, incluindo seres humanos,

e `` concluiu que esteviosídeo e rebaudiosídeo A não genotóxico

HYPERLINK "http://es.wikipedia.org/wiki/In_vitro" \ o "in vitro" em

vitro ou HYPERLINK "http://es.wikipedia.org/wiki/In_vivo" \ o "In vivo"

in vivo e que a genotoxicidade do esteviol e alguns dos seus derivados

oxidação in vitro não são expressas in vivo.''


HYPERLINK

"Http :/ / es.wikipedia.org / wiki / Estevi% C3% B3sido" \ l

"Cite_note-WHO-2 # cite_note-WHO-2" [2] O relatório não encontrou evidências

atividade carcinogênica.
O relatório também sugere a possibilidade de

efeitos benefícios para a saúde, que tem mostrado evidências ``

efeitos farmacológicos que esteviosídeo em pacientes com hipertensão

ou diabetes tipo 2, HYPERLINK''

"Http :/ / es.wikipedia.org / wiki / Estevi% C3% B3sido" \ l

"Cite_note-WHO-2 # cite_note-WHO-2" [2], mas concluiu-se que os estudos

É necessário trabalho adicional para determinar a dosagem apropriada.

Referências

?
Akintunde Raji Abdullateef, Mohamad Osman (01-01-2012).
"HYPERLINK

"Http :/ / www.ccsenet.org/journal/index.php/ijb/article/download/11721/962

3 "Estudos sobre os efeitos da poda em caracteres vegetativos em Stevia

rebaudiana Bertoni (Compositae). "International Journal of Biology 4

(1).
HYPERLINK

"Http :/ / es.wikipedia.org / wiki / Digital_object_identifier" \ o "Digital

identificador do objeto "doi: HYPERLINK

"Http :/ / dx.doi.org/10.5539% 2Fijb.v4n1p146" 10.5539/ijb.v4n1p146.

HYPERLINK

"Http :/ / www.ccsenet.org/journal/index.php/ijb/article/download/11721/962

3 "

http://www.ccsenet.org/journal/index.php/ijb/article/download/11721/9623

??

Shibata H, Sawa Y, Oka T, Sonoke S, Kim KK, Yoshioka M.


(Agosto 1995).

"Steviol e-glicosídeo de esteviol: atividades glicosiltransferase em Stevia

rebaudiana Bertoni, purificação e caracterização parcial ". Arch

Biochem Biophys.
321 (2): p.
390-6.
HYPERLINK

"Http :/ / es.wikipedia.org / wiki / PMID" \ o "PMID" PMID HYPERLINK

"Http :/ / www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/7646064" 7.646.064.


PAGE

PÁGINA 9

Você também pode gostar