Você está na página 1de 5

Como estimar o final de vida útil de uma

correia transportadora por regressão


linear
 Publicado em 4 de setembro de 2018

Willian Castro
Seguindo
Engenheiro de Manutenção na Mineração Riodo Norte | Membro do grupo de est... See
more
6 artigos
 154
Gostei

 24 Comentar

 18
Escrever artigo

Sabemos que estimar a vida útil de uma correia transportadora não é uma tarefa simples,
porém diante da importância do ativo para as operações das empresas se faz necessário
atenção especial ao tema.

A importância de ter uma estimativa de vida útil assertiva é justificada pelo fato de
obter melhor planejamento de trocas, compras e para manter níveis adequados de
estoque.

Atualmente no mercado, existem alguns métodos sendo praticados tais como histórico
de vida útil por tempo de uso ou por ton/h, equações matemáticas e por regressão linear,
sendo este o assunto abordado neste artigo.

Regressão linear é uma equação para estimar a condicional (valor esperado) de uma
variável y, dados os valores de algumas outras variáveis x e tem como objetivo tratar de
um valor que não se consegue estimar inicialmente, ou seja, para correia transportadora,
é o valor esperado do desgaste da cobertura superior (região de maior desgaste) para
projetar o período que este desgaste chegará nos limites estabelecidos (final de vida
útil), com isto, é possível obter uma previsibilidade para a equipe de manutenção se
preparar para realizar a substituição.

Passo 1
Medir os níveis de borracha presentes na cobertura superior da correia, através da
técnica preditiva de ultrassom. Recomenda-se fazer de forma periódica.
Passo 2
Gerar gráfico de degradação da cobertura superior da correia transportadora.
Passo 3
Calcular por regressão linear a tendência de desgaste da cobertura superior da correia
em dias de operação quando chegará no limite determinado que neste exemplo foi de 4
mm. Percebe-se no exemplo que a correia chegará no limite de 4 mm com 2.382 dias de
operação, ou seja, considerando que a correia foi instalada em 01/10/12, sua estimativa
será para 10/04/19. Obs: O limite de segurança a ser utilizado fica a critério dos
responsáveis pela manutenção, sendo que estes valores podem ser informados por
fabricantes e pelas normas. Abaixo, segue um demonstrativo do cálculo da regressão
linear com as etapas e fórmulas do excel.

Passo 4
Gerar gráfico de tendência. Pelo gráfico, observa-se a tendência de 2.382 dias de
operação para alcançar 4 mm na cobertura superior. Com esta informação, as equipes de
manutenção podem trabalhar com o planejamento de troca e posterior compra da correia
para repor o estoque.