Você está na página 1de 3

O Que é Ser Escuteiro...?

Um Ideal – O Escutismo: um Movimento Fiel, Útil e Moderno


“O Escutismo é um movimento cuja finalidade é educar a próxima geração como
cidadãos úteis e de vistas largas. A nossa intenção é formar Homens e Mulheres que
saibam decidir por si próprios, possuidores de três dons fundamentais: Saúde,
Felicidade e Espírito de Serviço.”

Escutismo…
...um Estilo de Vida O Método Escutista, sistema de auto-educação progressiva.
As crianças e jovens fazem um compromisso pessoal de adesão a um simples código de
vida: a Promessa e a Lei do Escuteiro.
Aprendem fazendo em activa participação com os outros.
Trabalham em grupos pequenos, através do Sistema de Patrulhas, onde cada jovem
assume uma função numa “micro-sociedade” onde todos são chamados a participar.
Nestes pequenos grupos (5-8 elementos) os jovens desenvolvem a liderança, as
capacidades do grupo e a responsabilidade individual.
São estimulados programas de actividades progressivas baseadas nos interesses dos
jovens. Actividades que envolvem o contacto com a natureza, um rico ambiente de
aprendizagem onde a simplicidade, a criatividade e o descobrimento estão aliados para
proporcionar aventura e desafio.

Escutismo…
...um Movimento de Educação Não – Formal O Método Escutista, sistema de auto-
educação progressiva.

Finalidades Educativas do Escutismo


O Desenvolvimento do Carácter- Ser capaz de escolhas autónomas e responsáveis; de as
assumir até às últimas consequências.
O Desenvolvimento da Criatividade - Aprender a produzir o que se consome, resistir à
alienação, ao consumo.
O Desenvolvimento do Sentido dos Outros - Respeitar o seu semelhante, aprender a
viver em comunidade, em Democracia.
O Desenvolvimento Físico - Tornar-se responsável pelo seu corpo, crescendo e vivendo
em harmonia com ele.
O Desenvolvimento do Sentido de Deus - Reconhecer Deus na obra da Criação, na
história vivida em comum.

Corpo Nacional de Escutas

O que somos? O Corpo Nacional de Escutas (CNE) – Escutismo Católico Português é


uma associação de juventude que tem por fim a formação integral dos jovens de ambos
os sexos, através da aplicação do método educativo do Escutismo. O Método Escutista,
sistema de auto-educação progressiva. Fundado em 27 de Maio de 1923, o CNE é a
maior organização portuguesa de juventude, com cerca de 70.000 associados, dos quais
43% femininos e 57% masculinos.

Organização
Os associados do CNE repartem-se por mais de 1000 agrupamentos locais, apoiados por
estruturas regionais de animação, coordenação e formação em todos os distritos e
regiões autónomas. Em localidades próximas do mar, rios ou lagos navegáveis,
funcionam agrupamentos de escuteiros marítimos, com especificidades próprias e
actividades bem ao sabor da tradição marítima portuguesa. Mais de 10.000 animadores
adultos consagram-lhe o seu tempo livre, em regime de voluntariado, em tarefas de
animação educativa e de gestão; destes, cerca de 50% têm menos de 30 anos e cerca de
60% menos de 35 anos. O órgão máximo é o Conselho Nacional, sendo a Junta Central
o executivo nacional, competindo-lhe assegurar a gestão e a implementação das
políticas nacionais e sectoriais do CNE.

CNE: Um Movimento da Igreja Católica

A dimensão espiritual e a formação cristã - O CNE é um movimento da Igreja Católica.


Assim, está ciente das responsabilidades que lhe advêm desse facto, bem como daquelas
que a Hierarquia e o restante Povo de Deus têm para com a Associação.

A Animação da Fé, característica do Escutismo do CNE, é feita naturalmente através do


jogo escutista, vivido à luz de Jesus Cristo e do Evangelho, procurando contribuir para a
formação humana e cristã dos seus associados, pelo testemunho de vida em comunhão
eclesial.

O CNE e o Escutismo Mundial


O CNE filia-se, através da Federação Escutista de Portugal – que engloba o CNE –
Corpo Nacional de Escutas e a AEP – Associação dos Escoteiros de Portugal – na
Organização Mundial do Movimento Escutista (OMME), que representa mais de 25
milhões de escuteiros de ambos os sexos espalhados por 216 países e territórios. O CNE
filia-se, igualmente, na Conferência Internacional Católica do Escutismo (CICE), que
agrupa, para fins de intercâmbio, os escuteiros católicos de todo o Mundo.
Juntamente com todas as associações escutistas de todos os países de língua oficial
portuguesa, o CNE é membro da CEL – Comunidade do Escutismo Lusófono, que visa
a criação de um espaço e de ocasiões de diálogo internacional, no âmbito do Escutismo,
tendo por finalidade última contribuir para o aprofundamento das relações entre os
povos e os países que representam.

“O vosso desenvolvimento progressivo é o mais rápido da Europa, e mesmo do mundo,


segundo o meu conhecimento. Se todos os escuteiros do planeta pudessem fazer como
vocês, seríamos mais de 50 milhões no ano 2000. O vosso Escutismo é um exemplo
graças ao vosso dinamismo e ao vosso entusiasmo. (...) continuem também nesta
direcção: ela é boa e mostra o caminho aos outros.”

Jacques Moreillon, Secretário - Geral da OMME dirigindo-se àdelegação escutista portuguesa no


Eurofolk’ 89, composta por 200 jovens do CNE

A Promessa é o Compromisso Pessoal para ser Escuteiro

Os Princípios do Movimento Escutista - Em todo o Mundo, os escuteiros baseiam-se


nos seguintes Princípios:

*Dever para com Deus. A lealdade a princípios espirituais, a fidelidade à Religião que
exprime esses princípios e a aceitação dos deveres que dela decorrem.
*Dever para com os outros. A lealdade para com o seu País, na perspectiva da
promoção da Paz, da compreensão e da cooperação a nível local, nacional e
internacional. A participação no desenvolvimento da sociedade, no respeito da
dignidade humana e da integridade da natureza.
*Dever para consigo mesmo. A responsabilidade pelo seu próprio desenvolvimento

Isto é ser escuteiro.

FONTE: http://cne643.blogspot.com/2008/01/o-que-ser-escuteiro.html