Você está na página 1de 5

Cálculo das Probabilidades I - Sexta Lista - Rio, 17/09/2014

1. Sabe-se que uma determinada moeda apresenta cara três vezes mais freqüentemente que coroa. Essa
moeda é lançada três vezes. Seja X o número de caras obtidas. Pede-se: a função de probabilidade
de X, a função de distribuição acumulada de X, o valor esperado e a variância de X.
2. Suponha que P (X = 0) = 1 − P (X = 1). Se E[X] = 3V ar(X), encontre P (X = 0).
3. De um lote que contém 25 peças, das quais 5 são defeituosoas, são escolhidas 4 peças ao acaso. Seja
X o número de peças defeituosas encontradas. Pede-se a função de probabilidade de X quando a
seleção é feita
(a) sem reposição;
(b) com reposição.
4. Suponha que uma variável aleatória X tenha campo de definição dado por {1, 2, 3, ...} e que
j
P (X = j) = 12 , j = 1, 2, 3, ...

(a) Calcule a probabilidade de X assumir um valor par.


(b) Calcule P (X ≥ 5).
(c) Calcule a probabilidade de que X assuma um valor divisı́vel por três.

5. Dois dados balanceados são lançados. Calcule o valor esperado e a variância da variável aleatória
definida como a soma obtida.
6. Um jogo honesto é um jogo em que o ganho esperado é nulo, ou seja, a longo prazo, ou em média,
espera-se nem ganhar nem perder nada. Se apostarmos R$1,00 que certa pessoa nasceu em determi-
nado dia da semana, de quanto deve ser a contra-aposta para que se torne um jogo honesto?
7. Uma pessoa joga três vezes uma moeda e ganha R$6,00 se obtiver três caras ou três coroas. Quanto
deve pagar, para que o jogo seja considerado honesto?
8. Uma moeda balanceada é lançada quatro vezes consecutivas. Seja X a variável aleatória definida
como o número de caras obtidas. Pede-se a função de distribuição acumulada, o valor esperado e a
variância de X.
9. Seja X uma variável aleatória cujo campo de definição é {1, 2, ..., n}. Mostre que se
2
P (X = x) = n1 , ∀ x = 1, 2, ..., n, então E[X] = n+12
e V ar(X) = n 12−1 , sabendo que
Pn n(n+1) Pn 2 n(n+1)(n+2)
x=1 x = 2
e x=1 x = 6
. Nesse caso, dizemos que X é uma variável aleatória
uniforme discreta com campo de definição {1, 2, ..., n}.
10. Um vendedor de enciclopédias tem agendado para o dia seguinte duas visitas. Sua primeira visita
resultará numa venda com probabilidade 0,3 e sua segunda visita resultará numa venda com prob-
abilidade 0,6. Em qualquer venda concretizada é igualmente provável vender o modelo de luxo que
custa R$1000,00 ou o modelo padrão que custa R$500,00. Seja X a variável aleatória que representa
as vendas (em reais) deste vendedor nesse dia. Determine a função de probabilidade, o valor esperado
e o desvio-padrão de X.
11. Suponha que a máquina 1 produza (por dia) o dobro das peças que são produzidas pela máquina
2. No entanto, 4% das peças fabricadas pela máquina 1 tendem a ser defeituosas, enquanto que
somente cerca de 2% das peças produzidas pela máquina 2 saem defeituosas. Admita que a produção
diária das duas máquinas seja misturada. Uma amostra de 10 peças é extraı́da da produção total.
Determine a probabilidade de que essa amostra contenha duas peças defeituosas.

12. Foguetes são lançados até que o primeiro lançamento bem sucedido tenha ocorrido. Se isso não
ocorrer até 5 tentativas, o experimento é suspenso e o equipamento é inspecionado. Admita que
exista uma probabilidade constante de 0,8 de haver um lançamento bem sucedido e que os sucessivos
lançamentos sejam independentes. Suponha que o custo do primeiro lançamento seja K dólares,
enquanto os lançamentos subseqüentes custam K/3 dólares. Sempre que ocorre um lançamento
bem sucedido, uma certa quantidade de informação é obtida, a qual pode ser expressa como um
ganho financeiro de C dólares. Sendo T o custo lı́quido desse experimento, estabeleça a função de
probabilidade de T .

13. As cinco primeiras repetições de um experimento custam U$ 10,00 cada uma. Todas as repetições
subseqüentes custam U$ 5,00 cada uma. Suponha que o experimento seja repetido até que o primeir
resultado bem sucedido ocorra. Se a probabilidade de um resultado bem sucedido for sempre igual
a 0,9 e se as repetições forem independentes, qual será o custo esperado da operação?

14. Sabe-se que um lote contém duas peças defeituosas e 8 não defeituosas. Se essas peças forem
inspecionadas ao acaso, uma após a outra, qual será o número esperado de inspeções a fim de
removerem-se todas as defeituosas do lote?

15. Um lote de 10 motores elétricos deve ser ou totalmente rejeitado ou vendido, dependendo do resultado
do seguinte procedimento: dois motores são escolhidos ao acaso e inspecionados; se um ou mais
apresentarem defeito o lote será rejeitado; caso contrário, o lote será aceito. Suponha que cada
motor custe U$ 75,00 e seja vendido por U$100,00. Se o lote contiver um motor defeituosos, qual
será o lucro esperado do fabricante?

16. Suponha que D, a demanda diária de uma peça, seja uma variável aleatória com a seguinte função
d
de probabilidade: P (D = d) = C 2d! , d = 1, 2, 3, 4.

(a) Calcule a constante C.


(b) Calcule a demanda esperada.
(c) Suponha que uma peça seja vendida por R$5,00. Um fabricante produz diariam,ente K peças.
Qualquer peça que não tenha sido vendida ao fim do dia, deve ser abandonada, com um prejuı́zo
de R$3,00.
i. Determine a função de probabilidade do lucro diário, como uma função de K.
ii. Quantas peças devem ser fabricadas para tornar máximo o lucro diário esperado?

17. Seja X uma variável aleatória discreta cujo valor esperado é µ e cuja variância é σ 2 . Encontre o valor
esperado e a variância de Z = X−µσ
.

18. Uma urna contém inicialmente uma bola vermelha e uma bola azul. A cada estágio, uma bola é
sorteada e depois recolocada na urna com a adição de uma bola da mesma cor da bola sorteada.
Seja X o número da seleção da primeira bola azul. Por exemplo, se selecionamos primeiro uma bola
vermelha e depois uma azul, X assume o valor 2.

(a) Calcule P (X > i), i ≥ 1.


(b) Mostre que com probabilidade 1, uma bola azul será eventualmente escolhida. (Isto é, mostre
que P (X < ∞) = 1.
(c) Calcule E[X].

19. Seja X uma variável aleatória com função de probabilidade dada por p(x). Mostre que
E[(X − a)2 ] é minimizada, quando a = E[X].

20. Um sistema de comunicação apresenta 0,05 de probabilidade de transmitir qualquer sı́mbolo dado de
forma incorreta. Qual é a probabilidade de que no máximo três sı́mbolos estejam incorretos em uma
mensagem de 20 sı́mbolos transmitida por este sistema?

21. Sacam-se ao acaso quatro bolas de uma urna que contém 7 bolas brancas e três azuis. Determine a
função de probabilidade da variável aleatória definida como o número de bolas azuis obtidas, se

(a) os sorteios são realizados com reposição.


(b) os sorteios são realizadso sem reposição.

22. Dois dados balanceados são lançados. Calcule o valor esperado e a variância da variável aleatória
definida como a soma obtida.

23. Uma loja tem um lote de 10 fechaduras das quais 5 estão com defeito. Se uma pessoa comprar três
fechaduras, determine a probabilidade de encontrar no máximo uma defeituosa.

24. A probabilidade de um lançamento de foguete ser bem sucedido é igual à 0,8. Suponha que tentativas
do lançamento sejam feitas até que tenham ocorrido três lançamentos bem sucedidos.

(a) Determine a probabilidade de que exatamente 6 tentativas sejam necessárias.


(b) Determine a probabilidade de que menos de 6 tentativas sejam necessárias.

25. Uma firma compra lâmpadas por centenas. Examina-se sempre uma amostra de 15 para verificar se
estão boas. Se uma centena inclui 12 lâmpadas queimadas, determine a probabilidade de se escolher
uma amostra com pelo menos uma lâmpada queimada.

26. Um supermercado faz a seguinte promoção: o cliente ao passar pelo caixa lança um dado. Se sair
face 6 tem um desconto de 30% sobre o total de sua compra. Se sair 5, o desconto é de 20%. Se sair
4, o desconto é de 10% e se sair 1, 2 ou 3, o desconto é de 5%.

(a) Calcule a probabilidade de que num grupo de 5 clientes, pelo menos um deles consiga desconto
maior do que 10%.
(b) Calcule a probabilidade de que o quarto cliente seja o primeiro cliente a conseguir um desconto
de 30%.
(c) Calcule o valor esperado do desconto.

27. Para determinar a presença ou não de certa doença em um grupo de 100 pessoas, é necessário realizar
um exame de sangue de cada um. Porém, no lugar de examinar separadamente as 100 pessoas,
decidiu-se agupá-las aleatoriamente em 10 grupos de 10 e realizar 10 exames sobre as amostras
de sangue misturadas das pessoas em cada grupo. Se o teste dá negativo, então nenhuma pessoa
deste grupo tem a doença. Se o teste dá positivo, então são realizados 10 testes individuais, pois este
resultado indica que pelo menos uma pessoa deste grupo tem a doença. Suponha que a probabilidade
de uma pessoa ter a doença seja 0,1, qualquer que seja a pessoa, independentemente. Calcule o
número esperado de testes para cada grupo.
28. Um vendedor de jornais os compra por R$0,50 e vende por R$1,50. Porém, não são aceitas devoluções
ao final do dia. Se a demanda diária por jornais é uma variável aleatória binomial com n = 10 e
p = 31 , aproximadamente quantos jornais ele deve comprar diariamente de forma a maximizar seu
lucro esperado?
29. Um homem gaba-se de ter uma percepção extra-sensorial. Como um teste, uma moeda honesta é
lançada 10 vezes, e o homem é questionado a prever o resultado antecipadamente. Ele adivinha
7 dos 10 resultados. Determine a probabilidade de que de fato ele não tenha nenhuma percepção
extra-sensorial.
30. Seja X ∼ P oisson(λ). determine o valor de k que maximiza P (X = k), k ≥ 0.
31. Um telefone recebe em média 0,25 chamadas por hora. Supondo adequado o modelo de Poisson,
calcule a probabilidade de que em 4 horas

(a) receba no máximo duas chamadas;


(b) receba exatamente três chamadas;
(c) receba no mı́nimo três chamadas.

32. A oficina de manutenção de uma indústria pode atender, no laboratório normal, quatro casos de
quebras de máquinas por dia. Em média, quebram três máquinas por dia. Se quebrarem mais
de quatro máquinas em um dia, a oficina deverá fazer horas extras para atender as ocorrências
excedentes. Determine a probabilidade de que em 6 dias, a oficina faça horas extras em pelo menos
dois dias. Suponha adequado o modelo de Poisson para o número de quebras de máquinas por dia.
33. Um vendedor de automóveis sabe que o número de carros vendidos por dia em sua loja comporta-se
como uma variável aleatória de Poissson cuja média é 2 nos dias de bom tempo e 1 nos dias de chuva.
Se em 70% dos dias faz bom tempo, determine a probabilidade de que em certo dia do ano sejam
vendidos pelo menos três automóveis.
34. Partı́culas são emitidas por uma fonte radioativa. O número de partı́culas emitidas por tal fonte em
uma hora segue uma distribuição de Poisson com parâmetro λ. Um dispositivo contador é empregado
para registrar o número dessas partı́culas emitidas. Se mais de 30 partı́culas forem emitidas no perı́odo
de uma hora, o dispositivo registrador é incapaz de registrar o excesso e, simplesmente, registra 30.
Se Y é a variável aleatória definida pelo número de partı́culas registradas pelo dispositivo, especifique
a função de probabilidade de Y .
35. O número de partı́culas emitidas por uma fonte radioativa, durante um perı́odo de tempo especificado,
é uma variável aleatória de Poisson. Se a probabilidade de não haver emissões no perı́odo especificado
é 1/3, determine a probabilidade de haver pelo menos duas emissões neste perı́odo.
36. Suponha que o número de partı́culas emitidas por uma fonte radioativa durante um perı́odo de uma
hora tenha distribuição de Poisson com média λ. Admita que o dispositivo contador, que registra
essas emissões, ocasionalmente falhe no registro de uma partı́cula emitida. Especificamente, suponha
que qualquer partı́cula emitida tem probabilidade p de ser registrada.
(a) Se Y for definida como o número de partı́culas registradas, determine uma expressão para a
função de probabilidade de Y .
(b) Calcule P (Y = 0), para λ = 4 e p = 0, 9.
37. Um comerciante verificou que o número de itens da marca XY Z que ele pode vender em um dia é
uma v.a. de Poisson com média 4.

(a) Quantos itens da marca XY Z deve o comerciante ter em seu estoque para estar 95% certo de
que haverá quantidade de itens suficiente para 25 dias? (Forneça uma resposta numérica.)
(b) Qual é o número esperado de dias entre 25 dias em que o comerciante não venderá itens da
marca XY Z?

38. Uma Companhia de seguros descobriu que somente cerca de 0,1% da população está incluı́da em
certo tipo de acidente cada ano. Se seus 10 mil segurados são escolhidos, ao acaso, na população,
qual é a probabilidade de que não mais do que 5 de seus clientes venham a estar incluı́dos em tal
acidente no próximo ano?
39. O número de navios petroleiros que chegam a determinado porto, cada dia, tem distribuição de
Poisson com parâmetro λ = 2. As atuais instalações do porto podem atender a três petroleiros por
dia. Se mais de três petroleiros aportarem por dia, os excedentes deverão seguir para outro porto.
(a) Em um dia, qual é a probablidade de se ter de mandar petroleiros a outro porto?
(b) Qual é o número esperado de petroleiros a chegarem por dia?
(c) Qual é o número mais provável de petroleiros a chegarem por dia?
(d) Qual é o número esperado de petroleiros a serem atendidos diariamente?
(e) Qual é o número esperado de petroleiros que voltarão a outros portos diariamente?
(f) Para quanto deve ser aumentada a capacidade do porto, se deseja-se ter de mandar petroleiros
a outro porto com probabilidade de no máximo 0,02?
40. Um bêbado realiza um “passeio aleatório” sobre as posições 0, ±1, ±2, ±3, ... Ele começa no ponto
0. Depois, ele dá passos de comprimento unitário aleatoriamente para à direita com probabilidade p,
0 < p < 1 e para à esquerda, com probabilidade 1 − p. Seus passos são independentes. Denote por
X sua posição após n passos.
(a) Determine a função de probabilidade da v.a. (X + n)/2.
(b) Calcule o valor esperado de X.

Você também pode gostar