Você está na página 1de 5

Escola Secundária de Albufeira

Biologia/Geologia 11º ano


Ficha de Trabalho
TEMA: Teorias Evolucionistas e Factores de Evolução

1. Observa a figura 1 com atenção e responde às questões que se seguem.

Fig.1

1.1. Faz corresponder cada um dos esquemas às seguintes teorias:


1.1.1- Teoria Lamarckista
1.1.2- Teoria Darwinista
1.2- Justifica a tua opção para a questão 1.1.1.
1.3- Interpreta a evolução do pescoço das girafas segundo uma perspectiva
neodarwinista.

2. Na figura 2 estão representadas porções de duas plantas trepadoras que enrolam


em suportes as respectivas gavinhas. A observação microscópica de cortes da
gavinha A mostra que tem estrutura idêntica a folhas enquanto que B a estrutura é a
de ramos de caule.

Fig.2
2.1. Indica duas estruturas análogas.
2.2- Das estruturas da figura, indica duas, cuja origem pode ser explicada por
evolução divergente.
2.3- Qualquer que seja a origem das gavinhas, elas revelam uma adaptação de
plantas cujos caules são flexíveis.
A cada uma das afirmações que se seguem faz corresponder a letra mais
adequada da seguinte chave:

CHAVE
A- De acordo com a teoria de Lamarck
B- De acordo com a teoria de Darwin
C- De acordo com o Darwinismo e com o NeoDarwinismo
D- De acordo com a teoria Neodarwinista
E- De acordo com as três teorias

AFIRMAÇÕES
I-) Plantas com caules débeis e flexíveis, numa tentativa de procurarem luz, desenvolveram
órgãos que lhes permitiam trepar, fixando-se aos suportes.
II-) A existência de gavinhas é uma característica transmitida hereditariamente.
III-) Entre os antepassados das plantas actuais com gavinhas, existiam uns que as não
tinham e outros que as possuíam de diferentes dimensões, havendo entre eles uma luta
pela sobrevivência.
IV-) O meio é um factor desencadeador da evolução das plantas.
V-) Ao longo do tempo ocorreram mutações que alteraram o genótipo das plantas,
aparecendo as gavinhas.
VI-) A selecção natural favorece as plantas de caule flexível que possuem gavinhas.
VII-) Os genes responsáveis pelo aparecimento de gavinhas são transmitidos através dos gâmetas,
de geração em geração.

3. Para as alíneas de 3.1 a 3.5 escolhe a opção mais correcta, de acordo com a
afirmação efectuada.

3.1- Outro tipo de reacções bioquímicas permite comparar o DNA de espécies


diferentes. Duas espécies são mais aparentadas entre si quando entre as suas
cadeias de DNA:
A- se estabelece um número reduzido de ligações entre as bases azotadas
complementares.
B- se estabelece um grande número de ligações entre as bases azotadas
complementares.
C- ocorre baixa percentagem de hibridação.
D- se estabelece um grande número de ligações peptídicas.

3.2- Darwin pôs em causa o Fixismo, baseado em vários argumentos. Indica a alínea
que refere apenas argumentos utilizados por Darwin e que lhe permitiram propor a sua
teoria evolucionista:
A- Crescimento das populações, anatómicos, biogeográficos e selecção artificial.
B- Embriológicos, paleontológicos, citológicos e geológicos.
C- Argumentos geológicos, bioquímicos, paleontológicos e citológicos.
D- Argumentos paleontológicos, sorológicos, biogeográficos e anatómicos.
3.3- Alguns bioquímicos defrontam-se, actualmente, com alguns problemas no
combate a estirpes de bactérias resistentes aos antibióticos. Os neodarwinistas
explicam este facto, porque acreditam que:
A- surgem em cada novo meio algumas estirpes mais aptas, devido a recombinações
génicas.
B- a resistência resulta da adaptação, pelo esforço, a cada dose de antibiótico.
C- a resistência resulta da sobrevivência de bactérias mais aptas a cada dose de
antibiótico.
D- cada dose de antibiótico cria, nas bactérias, novos hábitos que lhes permitem viver
nesses novos meios.

3.4- Sabendo que o aumento da complexidade indica origem sucessivamente mais


recente na via da evolução biológica, as adaptações de órgãos homólogos:
A- têm sempre um sentido progressivo.
B- têm um sentido regressivo.
C- podem ter sentido regressivo ou progressivo.

3.5- São exemplos de órgãos análogos os referidos na alínea:


A- Raiz de cenoura e raiz de trevo.
B- Tubérculo de batata e raiz do nabo.
C- Folha de pereira e picos de rosas.
D- Membros anteriores da baleia e do golfinho.

4. Indica a natureza dos argumentos a favor do evolucionismo a seguir apresentados:


A-) As trilobites foram invertebrados que dominaram os mares durante o Câmbrico.
B-) Todos os embriões de Vertebrados têm fendas branquiais na faringe durante o seu
desenvolvimento.
C-) Excluindo as bactérias e as algas azuis, todos os seres vivos têm mitocôndrias nas
suas células.
D-) A baleia apresenta ossos dos membros posteriores rudimentares.
E-) Com determinadas técnicas o DNA humano combina-se com cerca de 25% de DNA de
rato e de cordeiro e só 5% de peixe.
F-) O coração dos mamíferos é inicialmente um tubo em S com duas cavidades,
semelhante ao coração dos peixes.
G- O pescoço da girafa e o do Homem têm o mesmo número de vértebras.

4.1- Explica o modo pelo qual o argumento D apoia o Evolucionismo.

5. “Ninguém teria acreditado que existissem características energéticas comuns entre


a pétala de uma rosa e a orelha de um elefante” (Grobstein)

A citação anterior pode ser usada como argumento favorável ao Evolucionismo.


Comenta esta afirmação.
6. O registo fóssil de Ichthyostega sugere tratar-se de um peixe com pulmões
primitivos. Qual a designação que recebem este tipo de fósseis? Justifica.

7. Na figura 3 está representado, esquematicamente, um tipo de selecção natural


observado nas chitas (Acinonyx jubatus)

Fig. 3

7.1- Com base nos dados do gráfico da figura 3, faz corresponder a cada uma das
letras das afirmações seguintes um dos números da chave.

AFIRMAÇÕES
A- A selecção natural favoreceu os genes responsáveis pelo aumento de peso.
B- Ao longo do tempo foi variando o fenótipo predominante nas chitas.
C- Actualmente a diversidade fenotípica, relativa ao peso, observada nas chitas é
maior.
D- As chitas de maior peso foram eliminadas ao longo do tempo.
E- A evolução verificada no peso das chitas contribuiu para um maior sucesso
reprodutor.

CHAVE
1- Apoiada pelos dados
2- Contrariada pelos dados
3- Não há dados suficientes

7.2- Admite-se que as chitas actuais estão em perigo de extinção e apresentam


reduzida variabilidade genética. Estabelece uma relação entre estes dois dados.

8. No início do século XX, com o objectivo de controlar uma praga em citrinos, foi
utilizado um insecticida contendo cianeto. Posteriormente, estudos genéticos
efectuados em insectos sobreviventes revelaram a presença de um gene que lhes
possibilitava a decomposição do cianeto em compostos inofensivos. Pouco tempo
depois, verificou-se que toda a população era resistente ao insecticida.
Explica, de acordo com o Neodarwinismo, a evolução verificada na população de
insectos relativamente à resistência ao insecticida.
9. Os gráficos da figura 4 representam a distribuição observada, numa população de
insectos, relativamente ao comprimento das asas. As medições foram efectuadas nas
datas indicadas na figura.

Fig.4

Com base na análise dos gráficos, classifica como verdadeiras (V) ou falsas (F) as
seguintes afirmações:
A- O número de indivíduos de fenótipo correspondente ao valor médio está a diminuir.
B- O fundo genético da população alterou-se.
C- O ponto de ajuste desta população, relativamente a característica em estudo, alterou-
se.
D- A população está a perder a capacidade de resistir a alterações ambientais.
E- A selecção favorece os fenótipos mais próximos do valor médio.

10. A evolução manifesta-se através de modificações ocorridas ao longo do tempo,


algumas das quais podem ser deduzidas a partir de dados actuais.

Considera os seguintes dados:


- duas famílias de plantas (cactos e eufórbias), com origens evolutivas diferentes,
invadiram desertos em dois locais diferentes do globo terrestre;
- os cactos e as eufórbias actuais apresentam espinhos, caules com tecidos que
armazenam água e, superficialmente, parecem semelhantes; no entanto,
apresentam flores diferentes.

Com base nos dados referidos, faz corresponder V (de verdadeiro) ou F (de falso) a
cada uma das letras que identificam as afirmações seguintes.
A - Os cactos e as eufórbias apresentam estruturas análogas.
B - As duas famílias de plantas sofreram evolução divergente.
C-A selecção natural favoreceu a existência de semelhanças fenotípicas entre
cactos e eufórbias.
D - As duas famílias de plantas sofreram pressões selectivas semelhantes.
E - Os cactos e as eufórbias apresentam o mesmo fundo genético.

11. “Uma dada população evoluiu quando entrou um novo indivíduo proveniente de
outra população”.
11.1- Identifica o factor de evolução que está presente na afirmação.
11.2- Explica a actuação desse factor de evolução na situação descrita.