Você está na página 1de 2

Competências académicas

O que é a apa?

 Organização cientifica e profissional que representa a psicologia nos eua


 150 000 membros – maior mundial
 Objetivo: contribuir para o avanço do desenvolvimento, comunicação e aplicação do
conhecimento psicológico com vista a beneficiar a sociedade e melhorar a vida das
pessoas

Regras da APA:

 Define as regras do estilo de comunicação o que potencia a rapidez na identificação


dos elementos-chave e resultados
 Contém diretrizes sobre a estrutura e formato de trabalho na área, recomendações
para evitar enviesamentos na forma de comunicar e plágios, estilos de citações
(reconhecimento do trabalho prévio permitindo a consulta do original)

O que devemos citar?

 Todo o trabalho de indivíduos cujas ideias, teorias ou investigação influenciou o


presente trabalho (fornecendo informações, que suporta ou rejeita a argumentação,
operacionalização de conceitos, dados empíricos, etc)

Plágio: ato de apresentar o trabalho de outrem e que frequentemente não é intencional, sendo
que evitar existe muito cuidado na preparação de trabalhos

 Auto-plágio: apresentação de trabalhos já publicados como sendo novos

Tipos de material bibliográfico:

 Publicações periódicas
 Livros e capítulos de livro
 Conferencias e simpósios
 Dissertações
 Media audiovisual
 Relatórios técnicas
 Comunidades online

Creditação de fontes

Listas de referencias:

 Objetivo: fornecer a informação necessária para a identificação (e eventual


recuperação) de cada fonte
 Incluir apenas as fontes usadas na investigação e preparação do trabalho
 Formatação: espaço duplo, avanço pendente
 Critério de ordenação: ordem alfabética
 Um único autor tem sempre prioridade – face a uma referencia onde tem também um
coautor
 Quando existem vários trabalhos com o primeiro autor em comum, ordenar os
restantes por ordem alfabética

Regras para o corpo do texto:


 Quando reproduzimos integralmente as palavras de um autor (ou, por exemplo
instruções dados a participantes num estudo) – autor, ano, página espefica
 A reprodução tem que ser fiel ao original, mesmo se o original é incorreta
 Se tem menos de 40 palavras deve ser incorporada no texto, entre aspas
 Se tem mais de 40 palavras deve ser um bloco de texto independente, destacado, sem
aspas

Regras para referencias no corpo de texto

 Referencias no texto: apelido, autor, data – lista de referencias por ordem alfabética
 Todas as referencias citadas tem que constar da lista de referencias – e vice-versa
 Existem diferenças quando é um autor, 2 , 3 a 5 autores e de 6 e mais
 Existem diferenças quando se utiliza durante a narrativa, em que utilizamos o “e” e
quando se escreve no fim do texto que citámos, em que utilizamos o “&” (tabelas
normas da APA)
 A ideia que citamos está presente em múltiplos trabalhos existentes na literatura.
Ordenar as referencias por ordem alfabética
 Quando são 2 ou mais trabalhos dos mesmo autores, coloca-se o nome dos autores e
seguidamente os anos em que foram referidos. Ex:
 Fazio, 1986, 2001, no prelo) ; prelo – artigo ainda não foi publicado
 Se os autores forem os mesmos – e na mesma ordem- e as datas de publicação forem
iguais, utilizar sufixos (a,b,c,etc) depois do ano. Ex:
 Mackie, 1999ª, 1999b); Smith, 2000a , 2000b
 Quando o trabalho original não está disponível nas fontes habituais, a edição foi
descontinuada, não está disponível numa língua acessível ao leitor (português, ingles)
podemos utilizar fontes secundárias, embora com pouca frequência. Ex:
 As condições de emergência das reprentações sociais são definidas por
Moscovici (1961, citado por Vala, 1996)

Escrita: diretrizes

Extensão do trabalho:

 A extensão ideal são o numero de páginas necessárias para comunicar de forma


eficiente as ideias principais do estudo ou análise teórica
 A argumentação deve ser direta e focada, devendo ser eliminadas repetições entre
secções

Organização: níveis de título

 Objetivo: organização de ideias num dado trabalho, antecipando os pontos-chave ao


leitor
 Estabelecem a hierarquia de seções através do seu formato especifico, sendo que
todos os títulos do mesmo nível têm igual importância e que todas as seçõesl