Você está na página 1de 2

Exercício de fixação e avaliação 2

Sintagma e Paradigma, Sincronia e Diacronia.


Linguística I – Unidade 2
Docente Responsável: Prof. Dr. Erik F. M. Martins
Valor: 3,5
3,0/3,5

1- Considere o seguinte verso:

“POBRE MEU PAI! E A MÃO QUE ENCHI DE BEIJOS


ROÍDA TODA DE BICHOS, COMO OS QUEIJOS!
SOBRE A MESA DE ORGIACOS FESTINS”
(A Meu Pai Morto — Augusto dos Anjos)

a-) Qual o tipo de associação paradigmática responsável por garantir a rima?


Nível fonólogico.
0,15/0,25 – De fato, há atuação no nível fonológico; mas eu perguntei qual o tipo de
associação, e não o nível onde ocorre.

2-) Use (1) ou (2):

1 = sintagma 2 = paradigma
0,5/0,6

a) É potencialidade ( 2 )
b) É contraste entre termos presentes ( 1 )
c) Baseia-se na linearidade do significante ( 1 )
d) Situa-se na memória do falante ( 1 ) 2 - Paradigma
e) É oposição distintiva ( 2 )
f) É realidade ( 1 )

3-) Quando queremos dizer que “Um cachorro morde um menino”, podemos, dependendo do
contexto onde está sendo feito o discurso, afirmar que: “Um cão mordeu o menino” ou “O
canídeo mordeu o menino” ou, ainda, “O Totó mordeu o garoto”. É o eixo _paradigmático_
que nos oferece essas diversas possibilidades.
+0,25/0,25

4-) Quando falamos a palavra “conjunto”, imediatamente associamos a “grupo ”,


“equipe”,
“coletividade”, etc. A natureza desta relação paradigmática é por __analogia de significados__.
+0,25/0,25

5-) Podemos afirmar que a oposição “sintagma X paradigma” aplica-se apenas às palavras?
Justifique sua resposta com exemplos.
Não. A oposição sintagma x paradigma ocorre em todos os níveis linguísticos; do fonológico ao
semântico. Observar os exemplos usados em sala.

6-) Use (D) para as explicações diacrônicas e (S) para as descrições sincrônicas:
0,7/1,0
a) Pôr é um verbo de 2 ª conjugação, porque no passado o infinitivo do verbo era poer. ( D )
b) Pôr é da 2 ª conjugação porque sua vogal temática é -e-, como comprovam as
formas pudesse, puser, põe, etc. ( S )
c) Forma-se o plural de amável pela troca do -l- por -is -: amável - amáveis. ( S )
d) O plural amáveis provém da forma latina amabiles: amabiles > amavies > amavees >
amáveis ( D )
e) O plural de lobos provém de lupos. ( D )
f) O plural de lobo forma-se pelo acréscimo de um -s ao singular lobo. ( S )
g) Hoje, o pronome VÓS é usado, normalmente, como tratamento de cerimônia. ( S )
h) No português do Brasil dos séculos XIX e XX houve alteração no uso do pronome VÓS. ( S
)D
i) Sistema de acentuação gráfica na década de quarenta comparado com o existente a partir
de 1971 e o Novo Acordo Ortográfico. ( S ) D
j) Os verbos portugueses distribuem-se em três conjugações. ( D ) S

7- Assinale a informação incorreta:


+0,25/0,25

a) Os sons, as formas gramaticais, a sintaxe e o vocabulário são suscetíveis de considerações


diacrônicas. ( )
b) É diacrônico tudo o que diz respeito às evoluções. ( )
c) O estudo sincrônico não é possível sem um paralelo estudo diacrônico que lhe sirva de
apoio. ( X )

8- Explique o que se quer dizer, em Linguística, por “prioridade do ponto de vista sincrônico
sobre o diacrônico”.
De acordo com Saussure o aspecto sincrônico é o de maior importância, e constitui a
verdadeira e única realidade da massa falante. Pois, ele não é apenas um recorte de uma
época ou de uma evolução e nele constitui um conjunto fechado e homogêneo de
regularidades
0,9/1,0 – resposta boa, mas o texto está incompleto.

Você também pode gostar