Você está na página 1de 2

INSTITUTO POLITÉCNICO DE LEIRIA

ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO


CONTABILIDADE E FINANÇAS | GESTÃO
FINANÇAS EMPRESARIAIS II
2º ANO – 1º SEMESTRE ANO LETIVO 2016/2017

EQUIPA DOCENTE: LÍGIA FEBRA, MAGALI COSTA, MARIA JOÃO JORGE E MARTA COSTA 2017/JANEIRO/31
DURAÇÃO: 1H15 DATA LIMITE DE DIVULGAÇÃO DE NOTAS: 2017/02/07
EXAME NORMAL-1º MÓDULO
Leia atentamente o enunciado e responda apenas ao que lhe é pedido, justificando as suas respostas.
Apresente todos os cálculos que lhe permitem justificar as respostas.
Sempre que necessário explicite as hipóteses que considerar relevantes, respeitando os dados.

PARTE I – 6,0 VALORES

1. Indique o valor lógico das 3 seguintes afirmações (V - Verdadeiro, F - Falso). Justifique a sua resposta, explicitando
os conceitos conexos (nomeadamente, os sublinhados).
1.1 O efeito janeiro é uma evidência que os mercados são eficientes pois reagem às emoções.
1.2 Numa compra de uma opção de compra, o ganho é no máximo igual ao valor do prémio.
1.3 A maximização do valor para o acionista implica ter em atenção a maximização do lucro e a responsabilidade
social da empresa.

PARTE I I – 14,0 VALORES

2. Considere a possibilidade de investir em dois ativos financeiros com as seguintes características: o Ativo A tem uma
rendibilidade esperada de 15% e um desvio-padrão da rendibilidade de 20%, e a rendibilidade do Ativo B depende
de 3 cenários, conforme dados da tabela seguinte:
Cenários Probabilidade Rendibilidade do Ativo B
Descida 30% -10%
Manutenção 40% 10%
Subida 30% 30%

Sabemos, ainda, que:


• A covariância entre as rendibilidades dos Ativos A e B é de -0,027.
2.1 Determine a rendibilidade esperada e o desvio padrão da rendibilidade para o Ativo B. 2,5v
2.2 Mostre que a inclusão destes dois ativos numa carteira permite obter vantagem com a diversificação. Justifique. 2v
Nota: Se não determinou o risco do ativo B considere que o desvio padrão é igual a 15,5%.
2.3 Considerando o investimento nos ativos A e B, determine a composição, da carteira que minimiza o risco. 2v
2.4 Admitindo que para maximizar a utilidade, um investidor pretende constituir uma carteira com uma rendibilidade
esperada de 10%.
2.4.1 Analise graficamente a eficiência desta carteira. 1,5v

1/2
2.5 Considere agora que o investidor pode investir na carteira cópia de mercado, cuja rendibilidade é 13%, e em ativos
sem risco, o conjunto de possibilidades de investimento é dado pela seguinte equação:
E ( Rc ) = 0,03 + 1,3755 * σ c

2.5.1 Determine o risco da carteira cópia de mercado. 2v


2.5.2 Caracterize face ao risco e represente graficamente um investimento com uma rendibilidade de 14%. 2v
2.6 Admitindo que a sensibilidade da rendibilidade do ativo A face às variações da rendibilidade da carteira cópia de
mercado (carteira de mercado identificada na questão 2.5) é igual a 1,5, determine a variância da rendibilidade
residual do ativo A. 2v
Nota: Se não determinou o risco da carteira de mercado considere que o desvio padrão é igual a 7,27%.

2/2