Você está na página 1de 3

LINHA DO TEMPO

Fábio da Silva, RU: 1567582.


Polo: Pojuca – BA

Igreja Assembleia de Deus


Pojuca/BA

Congregação Sede na Cidade de Pojuca.


Primeira congregação na Hoje temos 26 congregações.
HISTÓRIA DA ASSEMBLEIA DE DEUS EM POJUCA

No ano de 1943, o irmão Antônio Xavier mudou-se de Salvador para Vila


Central, bairro de Pojuca. O mesmo início um trabalho evangelístico no bairro e
Deus começou a operar poderosamente. O trabalho logo começou a dar resultados
e muitas almas começaram a se entregarem ao Senhor Jesus Cristo, o primeiro
irmão a aceitar a Jesus em Pojuca foi o irmão Domingos dos Santos que cedeu a
sua casa para que fosse um ponto de pregação, logo após aceitaram a Jesus
também o Irmão Edgar, as irmãs Firmina, Flora, Joana, Arlete e Mariita que doou o
terreno onde hoje se encontra a igreja do Central.
Pojuca era campo missionário de Salvador tendo como responsável o
Missionário Peterson, seguido dos seguintes pastores: Euclides Arlindo da Silva e
João Batista da Silva este, no ano de 1949 inaugurou a primeira congregação da
Assembleia de Deus em Pojuca, no bairro de Central. Houve os primeiros batismos
com Espírito Santo.
No ano de 1952, Mata de São João torna-se campo independente de
Salvador, Pojuca tornou-se campo de Mata de São João. O trabalho em Pojuca
continuava centralizado no bairro do Central, no ano de 1954 foi realizado o primeiro
batismo em águas no Rio Catuzinho, pelo primeiro Pastor presidente de Mata de
São João, Reverendo Manoel Francisco. Outros Pastores que presidiram em na
cidade de Mata, Pr. Jorge Monteiro, Marinésio Soares, José Santana, João
Evangelista, na gestão do Pastor João Evangelista houve a consagração do primeiro
presbítero do campo de Pojuca o irmão Antônio Bispo, depois passaram por esse
campo Pr. Albino Teles, Aristóteles o qual deu início ao trabalho no centro da cidade
na Rua dois de Julho alugando uma casa.
Depois de PR. Aristóteles, vieram os pastores: Jorge Dantas, Otávio, Israel
que construiu o templo da Rua dois de Julho tornando a sede do campo, deu-se
inicio a congregação no Cabíula na zona rural, após o Pastor Israel, assumiu a
responsabilidade do campo o Pr. Aloísio Cristóvão, este construiu as congregações
do Inocoop, Retiro, Los Angeles, (esta mesma iniciou como ponto de pregação na
residência do irmão Laurindo, este algum tempo depois cedeu parte do terreno para
construção da igreja) e também concluiu a igreja do Cabíula.
Sendo sucedido pelo pastor PR. Valter Caires, após PB. José Miranda,
seguido de Benjamim, este deu aos superintendentes autonomias para trabalhar nas

2
congregações. Na mesma gestão a igreja de Pojuca, solicitou a sua emancipação. O
mesmo não concordou com a solicitação no início, mas em julho de 1997, o Pastor
convocou uma reunião de membros e ministério a fim de discutir acerca do
desligamento de Pojuca do campo de Mata de São João. Os membros e ministério
apoiaram unanimemente, foi enviado o PB. Alberto Albuquerque para coordenar e
verificar a estrutura do campo para o desligamento seria observado pela convenção
até que enviasse um pastor para o futuro campo. Os requisitos para o desligamento
eram: Ter uma igreja sede, uma casa pastoral, uma renda ativa.
No dia 05/02/1998, foi realizado um culto festivo no Colégio Municipal
Presidente Castelo Branco, toma-se posse do campo de Pojuca, o primeiro Pastor
presidente: Pastor Domingos Francisco de Jesus e família. O mesmo permaneceu
por 3 anos 6 meses e 6 dias, Seguido pelo Pastor Lourivaldo de
Almeida Barreto e família, que permaneceu por 6 anos, 8 meses e 28 dias, tendo
como sucessor o pastor Martins Santana Couto e família que cooperou por 2 anos, 7
meses e 28 dias. Logo após o pastor Gregório Almeida Ferreira e família que
cooperou por 5 anos, 7 meses e 6 dias.
Hoje, em 01 de Agosto de 2018, está na responsabilidade do Pr. Elienildo
Amaral Soares, que na direção de Deus tem dado continuidade a essa história para
a Glória de Deus.

Pojuca, 01 de Agosto de 2018.

Você também pode gostar