Você está na página 1de 38

Gestão da Qualidade e

Produtividade

Engenharia Civil
DSc. Virley Lemos
virley@ifto.edu.br
Introdução à Teoria da
Administração
Conteúdo e objeto de estudo da
Administração

Conceitos de Administração

É o processo de planejar, organizar, dirigir e controlar o


uso de recursos organizacionais para alcançar
determinados objetivos (Chiavenato, 2000)
Fundamentos da Administração

O significado da Administração

A palavra administração vem do latim ad (direção,


tendência para) e minister (subordinação ou
obediência).

Conceitos de Administração:
Decisões
É o processo de planejar, organizar, dirigir e controlar
o uso de recursos organizacionais para alcançar
determinados objetivos (Chiavenato, 2000)
Fundamentos da Administração

Finalidade

A finalidade da Administração é garantir a realização de objetivos


por meio da aplicação de recursos (Maximiliano, 2003).
FORMAÇÃO DO
CONHECIMENTO
Relatos da Experiência
Prática
Métodos Científicos de
Observação e Análise

PRÁTICA TEORIA
 Conhecimentos
Experiência Prática de Descritivos
Administradores e
Organizações  Conhecimentos
Prescritivos

DISSEMINAÇÃO DO
CONHECIMENTO
Educação Formal e Informal
Contatos Pessoais
Livros
Artigos
Treinamento
MAXIMIANO/TGA - Processo de formação e disseminação das teorias da administração.
RECURSOS
Pessoas
Informações e Conhecimento
Espaço
Tempo
Dinheiro
Instalações

OBJETIVOS DECISÕES
Planejamento
Resultados esperados Organização
do Sistema Execução e direção
Controle

MAXIMIANO /TGA - Administração é o processo de tomar decisões sobre objetivos e recursos .


PLANEJAMENTO
Definição de
Objetivos e Recursos

CONTROLE ORGANIZAÇÃO
Disposição dos
Verificação Decisões Recursos
dos Resultados
em uma Estrutura

DIREÇÃO

Realização dos
Planos
MAXIMIANO/TGA - Principais decisões do processo de administrar.
MAXIMIANO/TGA – Conforme aumenta a quantidade de recursos empregados, mais complexos torna-se o
processo de administrar.
RECEITA
PREFEITURA FEDERAL

DEPARTAMENTO
ESCOLA DE TRÂNSITO

CLUBE
ESTADO

SECRETARIA SINDICATO
DA SEGURANÇA

COMPANHIA SANEAMENTO COMPANHIA


DE ELETRICIDADE BÁSICO TELEFÔNICA

MAXIMIANO/TGA - Na sociedade moderna , todos estão cercados de organizações.


Objeto de estudo da Administração

O objeto de estudo da Administração


sempre foi a ação organizacional,
inicialmente entendida como um conjunto
de cargos e tarefas até chegar a
concepção de sistema.
A Administração na sociedade moderna

A Administração é um fenômeno universal no


mundo moderno.

A Administração não é um fim em si mesma,


mas um meio de fazer com que as coisas
sejam realizadas da melhor forma possível,
com o menor custo e com a maior eficiência
e eficácia.
A Administração
Recursos: humanos, financeiros,
materiais, energéticos e informacionais.

Equilibra objetivos conflitantes.

Determina a eficiência e a eficácia.

É universal: toda organização possui


administradores.
Gestão da Qualidade e
Produtividade

Engenharia Civil
DSc. Virley Lemos
virley@ifto.edu.br
Atividades desempenhadas pelos
administradores

1- Pessoais - Administrar o próprio tempo,


desenvolver a própria carreira, lidar com
afazeres pessoais.

2- Técnicas - Lidar com instrumentos,


solucionar problemas técnicos, desempenhar
funções técnicas.

3- Administrativas - Processar papelada,


controlar diretrizes e procedimentos,
administrar orçamento.
Atividades desempenhadas pelos
administradores

4- Interativas - dividas em 3 subgrupos:

interpessoais,

Informacionais, e

decisórios.
Atividades desempenhadas pelos
administradores

Papéis interpessoais: chefe, líder, contato.

Papéis informacionais: monitor, disseminador,


comunicador.

Papéis decisórios: empreendedor,


administrador de conflitos, alocador de
recursos, negociador.
Figura - Os Dez Papéis do Administrador:

Papéis Papéis Papéis


Interpessoais Informacionais Decisórios

Como o
Como o
administrador
Como o administrador
utiliza a
administrador intercambia e
informação nas
interage: processa a
suas decisões:
informação:

* Empreendedor
* Monitoração
* Representação
* Solução de
* Disseminação
* Líderança conflitos
* Porta voz
* Ligação * Alocação de
recursos

* Negociação
Papel do
Categoria Atividade
Administrador

Assume deveres cerimoniais e simbólicos, representa a


Representação organização, acompanha visitantes, assina documentos legais

Liderança Dirige e motiva pessoas, treina, aconselha, orienta e


Interpessoal se comunica com os subordinados

Mantém redes de comunicação dentro e fora da


Ligação organização, usa malotes, telefonemas e reuniões

Monitoração Manda e recebe informação, lê revistas e relatórios,


mantém contatos pessoais

Informacional Disseminação Envia informação para os membros de outras organizações,


envia memorandos e relatórios, telefonemas e contatos

Porta-voz Transmite informações para pessoas de fóra, através de


conversas, relatórios e memorandos

Empreende Inicia projetos, identifica novas idéias, assume riscos,


delega responsabilidades de idéias para outros
Resolve Toma ação corretiva em disputas ou crises, resolve conflitos
Decisorial conflitos entre subordinados, adapta o grupo a crises e a mudanças

Alocação Decide a quem atribuir recursos. Programa, orça e


de recursos estabelece prioridades
Representa os interesses da organização em negociações
Negociação
com sindicatos, em vendas, compras ou financiamentos
Habilidades
Administração
superior
Conceituais

Gerência Habilidades
intermediária
Humanas

Supervisão de
primeira linha Habilidades
Técnicas

Figura - Três tipos de habilidades gerenciais e sua relação com a posição na hierarquia, segundo Katz.
09 / 11 / 2017

Engenharia Civil
DSc. Virley Lemos
virley@ifto.edu.br
Figura - As três Habilidades do Administrador (09/11/2017)

Habilidades
Nível Alta Direção Conceituais
Institucional (Idéias e
conceitos abstratos)

Habilidades
Nível Gerência Humanas
Intermediário (Relacionamento
Interpessoal)

Habilidades
Nível Técnicas
Operacional Supervisão
(Manuseio de
coisas físicas)

Execução das Operações Fazer e executar


Habilidades conceituais

São as habilidades mentais necessárias


para se obter, analisar e interpretar
informações de várias fontes e a partir daí
tomar decisões complexas.

Habilidade de compreensão da relação


das partes com o todo e, o todo
separando-o em partes.

São mais usadas na alta administração.


Habilidades técnicas
Incluem o uso de conhecimento,
instrumentos e técnicas de um campo
específico.

Cada empresa e tarefa têm suas


exigências especiais de habilidades
técnicas.

A habilidade técnica é apenas parte do


necessário para tornar-se um
administrador.
Habilidades em relações humanas

Capacidade para compreender outras


pessoas e para com elas interagir
eficazmente.

São necessárias habilidades


interpessoais para liderar, motivar e
comunicar-se com os colegas, com os
chefes e com pessoas de fora da
organização.
Figura - As
Competências
Duráveis do
Administrador

Conhecimento Conhecimento

(Saber) Saber.
Know-how. Informação.
Habilidades Atualização profissional.
Reciclagem constante.
(Saber Fazer)

Atitude
Perspectiva / Habilidades Atitude
(Saber Fazer Acontecer)
Valores Saber fazer.
Saber fazer acontecer.
Comportamento ativo e proativo.
Visão pessoal das coisas.
(Saber agir) Ênfase na ação e no fazer acontecer.
Maneira prática de aplicar
Espírito empreendedor e de equipe.
o conhecimento na solução
Emoções de problemas e situações.
Liderança e comunicação.

(Saber reagir)
Figura - As Competências Pessoais do Administrador

Habilidades
Conceituais
Conhecimento

(Saber)

Sucesso
Habilidades + Habilidades Atitude = Profissional
Humanas
(Saber Fazer) (Saber Fazer Acontecer)

Habilidades
Técnicas
Perspectivas futuras da
Administração

A tarefa administrativa das próximas


décadas será incerta e desafiadora. O
Administrador se defrontará com
problemas cada vez mais complexos,
já que novas variáveis certamente
serão incorporadas às já existentes.
Alguns dos desafios para a
Administração no “futuro”:

1. Mudanças rápidas e inesperadas no mundo dos negócios.

1. Crescimento e expansão das organizações.

1. Atividades que exigem pessoas de competências diversas e


especializadas.
Alguns dos desafios para a
Administração no “futuro”:

1. Crescimento das organizações.

1. Concorrência mais aguda.

1. Sofisticação da tecnologia.

1. Taxas mais altas de inflação.

1. Globalização da economia e internacionalização dos


negócios.
Paradigmas do Terceiro
Paradigmas Tradicionais
Milênio
Revolução digital – substituição e
Revolução industrial – substituição e
potencialização das funções humanas de
potencialização do trabalho humano por
decisão, comunicação e informação por
máquinas.
computadores.
Trabalhadores em serviços e do
Classe operária numerosa, em conflito
conhecimento e profissionais liberais mais
com uma classe de patrões e gerentes.
numerosos que os operários clássicos.
Trabalhador especializado – operador Grupos de trabalhadores autogeridos e
de máquinas qualificado apenas para a polivalentes, com educação de nível
realização de uma tarefa. superior.
Desemprego, empregabilidade,
Emprego e carreira estáveis. terceirização, economia informal,
empreendedorismo.
Grandes estruturas organizacionais. Estruturas organizacionais enxutas.

Ênfase na eficiência. Ênfase na competitividade.


Ética e responsabilidade social, cidadania
Interesse da empresa e do acionista.
empresarial.
MAXIMIANO/TGA - Mudanças de paradigmas na passagem para o terceiro milênio.
ALTA ALTA
Diretores ADMINISTRAÇÃO Diretores ADMINISTRAÇÃO
Vice-
e
Diretores
Assessores Assessores
GERÊNCIA
Gerentes de INTERMEDIÁRIA
Gerentes de GERÊNCIA
Divisão INTERMEDIÁRIA
Departamento
Gerentes de
Líderes de SUPERVISÃO
Departamento DE
Grupos Autogeridos
Gerentes de Seção PRIMEIRA
de Trabalho LINHA
Supervisores
Mestres SUPERVISÃO DE
PRIMEIRA LINHA
Líderes de Turma

MAXIMIANO /TGA – Dois tipos de estruturas organizacionais.


Caso:
A Promoção de
Marcelo
Caso Introdutório:
A Promoção de Marcelo
Marcelo Gonçalves é um engenheiro bem-sucedido e foi
promovido a Gerente do Departamento de Novos Produtos da
Construtora. Está feliz, mas preocupado. Sempre trabalhou com
coisas concretas e medidas exatas: novos produtos,
especificações, protótipos, etc. Nunca lidou com situações
abstratas e nem com pessoas. Agora lida com uma equipe de 30
funcionários. Sua maneira lógica, matemática e quantitativa deve
ser substituída por uma maneira abrangente, flexível, psicológica e
humana.

Marcelo não tem a menor idéia sobre como gerir o departamento,


nem como conduzir sua equipe.
Caso Introdutório:
A Promoção de Marcelo

Por onde Marcelo deveria começar?


Caso Introdutório:
A Promoção de Marcelo
Marcelo Gonçalves refletiu bastante sobre sua recente
promoção ao cargo de Gerente do Departamento de Novos
Produtos.
O que deveria fazer para começar bem? Suas principais
dúvidas estão relacionadas com os seguintes desafios:

• Quais as tarefas a serem desenvolvidas pelo Departamento?


• Qual a estrutura e a distribuição de cargos.
• Como deveria lidar com os subordinados.
• Quais as tecnologias que deveria utilizar.
• Qual o contexto ambiental de sua atividade.
• Como contribuir para a competitividade de sua empresa.
Caso Introdutório:
A Promoção de Marcelo

Como você poderia ajudar Marcelo


em sua iniciação à Administração?

Interesses relacionados