Você está na página 1de 2

A DESPEDIDA

NOSSA SALA DE AULA HOJE AMANHECEU IMBUÍDA DE UMA SAUDADE QUE CHEGA A
SUFOCAR O PEITO.

ERAMOS EM TORNO DE 39 ALUNOS. COM O PASSAR DO CURSO ALGUNS FORAM FICANDO


PELO CAMINHO. UNS POR FALTA DE ISENTIVO PARA PROSSEGUIR, OUTROS POR
DESISTÊNCIA MESNO. A REDUÇÃO FOI ACONTECENDO GRADATIVAMENTE COMO SE
FOSSE APAGANDO AS VELINHAS DE UM IMENSO BOLO. UM BOLO DE ALUNOS, DE
AMIGOS.

HOJE NOSSA SALA DE AULA AMANHECEU MAIS TRISTE.

QUANDO O PROFESSOR COMEÇOU A FAZER A CHAMADA SENTIMOS A FALTA DE UM DE


NOSSOS COLEGAS, FRANCISCO, NÃO RESPONDIA A CHAMADA. NOSSO COLEGA E AMIGO,
HAVIA NOS DEIXADO. ELE TINHA RECEBIDO UM CHAMADO DO QUAL ELE NÃO TEVE COMO
RESISTIR. DEUS HAVIA LHE CHAMADO PARA FAZER COMPANHIA A ELE NO CÉU.

ELA CHEGOU SORRATEIRAMENTE SEM MANDAR AVISO. IMPORTANTE REGISTRAR QUE


FRANCISCO JÁ VINHA LUTANDO CONTRA UMA DEFICIÊNCIA QUE JUDIAVA DE SUA SAÚDE.

SENTIREMOS SUA FALTA AMIGO. CONCLUIREMOS NOSSO CURSO PARA HOEMAGIAR SUA
GARRA, DISPRENDIMENTO, SEU MODO IRREVERENTE E PARTICULAR DE ABORDAR OS
ASSUNTOS TRABALHADOS EM SALA DE AULA.

SUA SAUDADE AINDA VAI NOS ACOMPANHAR POR ALHUM TEMPO. MAS NOS
LEMBRAREMOS DOS MOMENTOS FELIZES QUE PASSAMOS JUNTOS EM SALA DE AULA E
EM AULAS DE CAMPO.

AO PASSAR PARA O ANDAR SUPERIOR, FRANCISCO ENCONTRARÁ A PAZ, A HARMONIA


DOS ANJOS E A FELICIDADE DE ESPERIMENTAR O ETERNO.

QUE VOCE SIGA SUA NOVA JORNADA, AGORA NO PLANO ESPIRITUAL COM A CERTEZA DE
QUE, ESTAREMOS AQUI PARA TERMINAR UM SONHO QUE NÃO ERA SÓ SEU.

QUE SIGA EM PAZ.

FÁBIO COÊLHO

Fostaleza, 06 de dezembro de 2012