Você está na página 1de 8

Coração da Assembléia Mshikhanim

Igeret Ya’aqub aos Guerim/Carta de Tiago aos Gentios


(A Limudah)
Capítulo Um

1 Todos nós pensamos adequadamente, quando reunidos, de escolher e enviar homens a vós, com
os nossos amados Shaul* e Barnabas, homens que deram as suas vidas pelo nome de Adonai
Yeshua Mashikha/Senhor Yeshua Messias.
*(Paulo)
2 E nós enviamos com eles Yudah e Silas, que eles podem dizer as mesmas coisas oralmente.
3 Pois foi agradável à Ruach ha'Kodesh/Espirito de Santidade, e a nós, que não deve ser colocada
em cima de vós qualquer carga que seja difícil, além destas coisas necessárias neste momento:

Capítulo Dois

1 Há dois caminhos: um de vida e outro de morte; mas certamente há uma grande diferença entre
os dois.
2 O caminho da vida, então, é este: Primeiro amarás a Alhym/Deus que te creou;
3 Segundo, o teu próximo como a ti mesmo.
4 E nunca faças a outro o que não queres que os outros façam a ti.
5 Eis o ensinamento que é dessas palavras: Bendizei aqueles que vos amaldiçoam, e orai por
vossos inimigos, e jejuai por aqueles que vos perseguem.
6 Pois que recompensa haverá se amais somente os que vos amam? Não fazem os gentios o
mesmo?
7 Vós, porém, amai os que vos odeiam e não os tenhais como inimigos.
8 Abstém-te dos prazeres carnais e mundanos.
9 Se alguém te bate na face direita, volta a ele também a outra; esta prática conduzirá à perfeição.
10 Se alguém te pede que vá uma milha, vá com ele duas.
11 Se alguém tomar teu manto, dá-lhe também tua túnica.
12 Se alguém toma teus bens, não peça de volta, pois o que de bom tu podes fazer com ele em
primeiro lugar?
13 Dá a todo aquele que te pedir, sem pedir de volta.
14 Pois a vontade do Abba/Pai é que tudo deve ser dado de nossas próprias bênçãos que são dons
gratuitos.
15 Feliz é aquele que dá conforme as Mitzvoth/Mandantos, pois ele é irrepreensível. Ai daquele
que recebe;
16 Se, pois, ele tiver necessidade de receber, ele é irrepreensível;
17 Mas se quem recebe não tem necessidade genuína, terá que pagar a penalidade, porque ele
recebeu e para quê,
18 E será colocado na prisão, ele deve ser interrogado sobre as coisas que ele tem feito, e ele não
sairá de lá, até pagar o último centavo.
19 Mas também a respeito disso foi dito: Que tua esmola sue no punho fechado da palma das tuas
mãos, até que saibas a quem dar.

Capítulo Três

1 O segundo mandamento da Mitzvoth é:


2 Não assassinarás,
3 Não cometerás adultério,
4 Não te entregarás à pederastia,
5 Não fornicarás,
6 Não furtarás,
7 Não exercerás magia,
8 Não exercerás bruxaria.
9 E não matarás criança por aborto, nem criança já nascida.
10 Não cobiçarás os bens do teu próximo.
11 Não serás perjuro,
12 Não darás falso testemunho;
13 Não falarás mal do outro,
14 E você não deve lhe guardar rancor.
15 Não terás duplo pensamento nem dupla palavra,
16 Pois a língua dobre é uma armadilha que o levará para o teu desvanecer.
17 Tua palavra não seja falsa, nem vã; mas, ao contrário comprovada pela ação.
18 Tu não serás cobiçoso das posses do outro, nem avarento, nem hipócrita, nem disposto a agir
maliciosamente, nem pretencioso.
19 Não terás maus conselhos contra teu próximo.
20 Tu não odiarás homem algum,
21 Mas repreenderás uns,
22 E a respeito de alguns deverás guarda-los em tuas orações,
23 E ainda há outros que amarás mais que tua própria vida.

Capítulo Quatro

1 Meu filho, evita tudo o que é mau e semelhante ao mal.


2 Não tenhas uma vida cheia de ira, pois a ira conduz ao assassinato; nem ciumento, nem
contencioso ou provocador;
3 Pois todas essas coisas não são apropriadas a um seguidor do Mashikha/Messias.
4 Meu filho, não sejas dado à luxúria, pois a luxúria conduz à fornicação. Evita a fala obscena e
os maus olhares;
5 Pois tudo isso leva à infidelidade e não são apropriadas a um seguidor do Mashikha/Messias.
6 Meu filho, não sejas dado à magia, pois ela conduz à idolatria,
7 Nem encantamentos, nem adorador de estrelas e sinais, nem magia,
8 Nem procures os que praticam estas coisas ou permaneça em sua companhia;
9 Pois tudo isto origina a idolatria e não são apropriadas a um seguidor do Mashikha/Messias.
10 Meu filho, não sejas mentiroso, pois a mentira conduz ao roubo; não sejas avarento ou
jactancioso;
11 Pois tudo isto origina o roubo, e não são apropriadas a um seguidor do Mashikha/Messias.
12 Meu filho, não sejas murmurador, pois isto conduz à blasfêmia; não sejas obstinado nem
tenhas maus pensamentos;
13 Pois tudo isto origina as blasfêmias.

Capítulo Cinco

1 Sejas manso, pois são os mansos que herdarão a terra.


2 Seja paciente diante das más ações que tu sofres, seja misericordioso, sem astúcia, e seja
pacífico e amável com todos, sempre prestando muita atenção ao que tens ouvido.
3 Não te exaltes e não entregues jamais à insolência.
4 Não caminhes com os orgulhosos, mas tu deves caminhar na companhia dos que são retos e
humildes.
5 Quaisquer que sejam as provas e tribulações que venham sobre ti, tu as receberá para teu
próprio bem, sabendo que nada disso acontece sem o conhecimento de Alhym/Deus.
6 Meu filho, tu deves lembrar-se daquele que te anuncia a Dabar de Alhym*, noite e dia e deve
honrá-lo como Adonai;
*(Palavra de Deus)
7 Pois onde e quando a Dabar/Palavra é falada, Adonai está presente.
8 Além disso, todos os dias tu procurarás as pessoas que caminham como santos, com o propósito
de encontrar descanso em suas palavras.
9 Não causarás um cisma, mas tu serás sempre pacífico com os que sempre causam controvérsias.
10 Julgarás corretamente, sem parcialidade com as pessoas na correção da sua transgressão à
Torah.
11 Não duvidarás se uma coisa há de ser ou não.
12 Não terás as mãos sempre estendidas para receber dinheiro, retirando-as quando se trata de
dar.
13 Se possuíres algo, através de tuas mãos darás em reparação por teus pecados.
14 Não hesitarás em doar e, não murmurarás ao doar, pois reconhecerás quem é o bom
recompensador.
15 Não repelirás os que estão em necessidade;
16 Mas antes repartirás tudo com teu irmão, e não digas que essas coisas são teus pertences, pois
todas as coisas boas vêm do Abba/Pai.
17 Pois, se és participante do que é imortal, quanto mais das coisas que são mortais?
18 Não retirarás a mão de teu filho ou de tua filha; ao contrário, os instruirás na profunda
reverência a Alhym/Deus desde sua juventude.
19 Não darás ordens ao teu servo enquanto está com raiva, eles esperam no mesmo Alhym/Deus,
porque eles podem ficar ofendidos e parar de reverenciar Alhym/Deus que esta sobre ambos,
mestremestre e servo.
20 Pois Ele não virá chamar segundo a aparência exterior, mas todos aqueles que a
Ruach/Espírito tem preparado.
21 E vós, servos, sede submissos aos vossos amos como se fosse ao senhor, com modéstia e
reverência.
22 Tu detestarás toda a hipocrisia e tudo o que é desagradável a Yahuah como se vê em suas
Mitzvoth/Mandamentos.
23 Não violarás as Mitzvoth/Mandamentos de Yahuah;
24 Mas guardarás o que recebeste, sem acrescentar nem tirar algo dele.
25 Na companhia de teus irmãos confessarás teus pecados e não entrarás jamais em oração de má
consciência.
26 Este é o caminho da vida.

Capítulo Seis

1 E o caminho da morte é o seguinte:


2 Em primeiro lugar, estas coisas são malignas e malditas:
3 Assassinato, adultério, luxúria, fornicação, roubo,
4 Idolatria, práticas mágicas, bruxaria, rapinagem, falso testemunho,
5 Hipocrisia, duplicidade de coração, falsidade, arrogância, depravação,
6 Orgulho, cobiça, linguagem vulgar, ciúmes,
7 Insolência, extravagância, jactância;
8 Perseguidores dos bons, inimigos da verdade, amantes da mentira, sem conhecer a recompensa
da justiça,
9 Não unidos ao que é bom nem ao reto julgamento, não olhando para o que é bom, mas para o
que é mal;
10 Estranhos à doçura e à paciência, amantes da vaidade, buscando vingança,
11 Sem mostrar compaixão com os pobres, sem cuidado para com os necessitados,
12 Ignorantes dAquele que os fez, assassinos de crianças, destruidores do que creou Alhym/Deus,
13 Desprezadores deliberados dos indigentes necessitados, opressores dos que estão em
dificuldade,
14 Defensores dos ricos, juízes iníquos dos pobres e pecadores declarados.
15 Filho, tu deves ficar longe de tudo isso, e os que praticam tais coisas nem mesmo devem estar
em tua companhia.

Capítulo Sete

1 Veja para que ninguém te afaste da Halachá/Forma de andar da Instrução, porque alguém que te
ensine a desviar está te afastando de Alhym/Deus.
2 Pois, se puderes suportar todo o Jugo de Yahuah, serás perfeito;
3 Se não és capaz de fazer o que é requerido, faça o que fores capaz de fazer até aprenderes.
4 Quanto aos alimentos, guarda o que puderes suportar, mas das carnes oferecidas aos ídolos
sejas muito cuidadoso, pois este é um culto aos deuses mortos.
5 E no que diz respeito ao batismo, tu deves fazer desta forma:
6 Havendo primeiro ensinado todas essas coisas, batize em nome do Abba/Pai, do Ben/Filho e da
Ruach ha'Kodesh/Espírito de Santidade, em água bendita pela Ruach Chai*.
*(O Espírito Vivo)
7 Mas se não tens água bendita pela Ruach/Espírito, batiza em outra água fria preferível; se não
puderes em água fria, faze-o em água quente.
8 Entretanto, se não tens água suficiente derrama um pouco d’água três vezes sobre a cabeça em
nome do Abba/Pai, do Ben/Filho e da Ruach ha'Kodesh/Espírito de Santidade.
9 Lembre-se que antes do batismo o que batizará deve jejuar, como também o que deseja ser
batizado, e se possível, os outros que estão na companhia do que será batizado;
10 Mas tu deverás impor um ao que é batizado um jejum de um ou dois dias antes do batismo
entre o nascer e o pôr do sol.
11 Vossos jejuns não sejam nos dias dos hipócritas; com efeito, eles jejuam na segunda-feira e na
quinta-feira da semana.
12 Por outro lado, nossa tradição é jejuar na quarta-feira* e no Erev Shabat/sexta-feira.
*(Mshikhanim jejuam na quarta-feira para lembrar o dia da semana que Yeshua foi crucificado).
13 E, na medida do possível, o jejum da quarta-feira deve ser de produtos lácteos, e o jejum da
sexta-feira deve ser do que contenha carne.
14 Nosso jejum é do nascer ao pôr-do-sol.

Capítulo Oito

1 Também não orareis como fazem os hipócritas, mas deveis orar como Yeshua mandou na Sua
Besorah/Evangelho, desta forma:
2 Abinu* nos Céus, santificado seja Teu Nome,
*(Nosso Abba/Nosso Pai)
3 Que Teu Reino venha.
4 Que Tua vontade seja feita como no Céu, assim na terra.
5 Dá-nos hoje o pão que precisamos neste dia.
6 Perdoe as nossas ofensas assim como nós temos perdoado aos que nos têm ofendido.
7 E não permitas que sejamos postos à prova, mas livra-nos da maligna.
8 Pois Teu é o Reino, o poder e a glória pelos séculos. Amen.
9 Assim orai três vezes como Adonai ensinou.

Capítulo Nove

1 No que concerne ao Sagrado Alimento, dê graças da seguinte maneira:


2 Primeiro sobre o cálice:
3 Nós te agradecemos nosso Abba/Pai, pela santa e doadora de vida vinha de Teu servo Davi, que
Tu nos fez conhecer por meio de Teu Servo Yeshua;
4 A Ti seja a glória para sempre e sempre!
5 Sobre o pão a ser partido dar graças desta maneira:
6 Nós Te agradecemos nosso Abba/Pai pela vida e pelo conhecimento que nos fez conhecer por
meio de Teu Servo Yeshua;
7 A Ti seja a glória para sempre e sempre!
8 Da mesma maneira como o pão partido fora semeado sobre as colinas e depois recolhido para
tornar-se um, assim também permite que Tua Santa Assembleia seja reunida das extremidades da
terra em Teu Reino;
9 Pois Tua é a glória e o poder através de Yeshua Mashikha/Jesus Messias para sempre e sempre!
10 Ninguém coma nem beba do Santo Alimento, se não estiver batizado em nome de Adonai;
11 Pois a respeito disso também disse Yeshua: “Não devem jogar ornamentos sagrados aos cães”.
12 Por outro lado, devem dar aos que não se batizaram no nome de Adonai, algo do santo pão
preparado para depois na comida da noite.
13 Mas depois da comida do Santo Alimento, vós devereis agradecer ao Abba/Pai Celestial da
seguinte maneira:
14 Nós Te agradecemos Abba/Pai Santo e Celestial, por Teu Santo Nome, que Tu tens criado em
nossos corações um tabernáculo, e pelo conhecimento, confiança e imortalidade que Tu nos fez
conhecer por meio de Teu Servo Yeshua;
15 A Ti seja a glória para sempre e sempre. Tu, El Shaddai, creaste todas as coisas por causa de
Teu Nome;
16 E deste alimento e bebida para alegria da humanidade, a fim de que eles Te agradeçam;
17 Mas a nós livremente Tu deste uma comida e uma bebida espiritual e a vida eterna por Teu
Servo Yeshua Mashikha Ben Alhym/Jesus, o Messias Filho de Deus.
18 Por tudo Te agradecemos e reconhecemos que Tu és El-Shaddai; a Ti seja a glória para sempre
e sempre.
19 Lembra-te, Yahuah, de Tua Assembleia, para livrá-la de todo o mal e aperfeiçoá-la no Teu
Amor; reúne-a dos quatro ventos, santificada no Teu Reino, pois que a preparaste para isso;
20 Pois Teu é o poder e a glória para sempre e sempre.
21 E as pessoas em tua companhia deverão dizer: Amen.
22 Deixem que venha a graça e deixem que este mundo passe.
23 Hosanna ao Alhym/Deus de David! Adonai tem vindo.
24 Se alguém é santo deixe-o vir, e se alguém não é santo, deixem-no arrepender-se. Amen.

Capítulo Dez

1 Deixe que os profetas façam ações de graças, à vontade.


2 Se, portanto, alguém chegar a vós e vos instrui conforme a tudo aquilo que vos escrevemos que
são ditas aos outros, receba-o.
3 Mas, se aquele que ensina faz por si mesmo e ensina outra doutrina contrária a esta, nem sequer
lhe deis atenção.
4 Se, porém, ensina para aumentar a justiça e o conhecimento de Yahuah entre vós e os demais,
recebei-o como o Adonai.
5 Mas a respeito dos Apóstolos e profetas, fazei conforme as normas da Beshura/Evangelho.
6 Deixem que todo o Apóstolo que vem a vós seja recebido como Adonai.
7 Mas ele não deverá ficar em sua casa mais que um ou dois dias se necessário.
8 Se ele, porém, permanecer mais do que três dias pode ser que seja um falso profeta.
9 Na partida do Apóstolo de tua companhia, não permitirás que ele leve nada, a não ser o pão
suficiente para o período de tempo necessário até encontrar um lugar onde ficar.
10 Se, porém, pedir dinheiro pode ser que seja um falso profeta.
11 E você não deve provar ou julgar qualquer profeta que fala na Ruach/Espirito.
12 Porque todo pecado será perdoado, mas este pecado não será perdoado e somente o
Mashiach/Messias o fará responsável por seus erros.
13 Mas nem todo mundo que fala na Ruach/Espirito é um profeta; mas apenas o que retém a
Halachá do Mashiach/Forma de andar do Messias.
14 Portanto, o falso profeta e o verdadeiro naby’a/profetas, serão conhecidos por seus caminhos.
15 E todo profeta que pedir uma refeição, enquanto na Ruach/Ruach, não será o primeiro a
participar dela na mesa, a menos que ele seja um falso profeta.
16 E cada Apóstolo ou profeta que ensina a Verdade, mas não andar de acordo com o que ele
ensina, é um falso profeta.
17 E todo profeta, provado ser verdadeiro, trabalhando no mistério da Assembleia no mundo,
mesmo não ensinando os outros a fazerem como ele faz, não será julgado entre vós,
18 Pois é com Alhym/Deus que ele tem o seu julgamento, pois isto é a mesma coisa com os
profetas do passado.
19 Mas quem diz, ao mesmo tempo profetizando ou fazendo uso da palavra na Ruach/Espirito:
"Dê-me dinheiro", ou pedir outra coisa como pagamento por seu ensinamento, tu não deves ouvi-
lo.
20 Mas se ele te disser para dar por causa dos outros que estão em necessidade, não deixe que
ninguém o julgue porque ele é movido pela Ruach HaKodesh/Espírito de Santidade a falar.

Capítulo Onze

1 Tu receberás todos os que vêm em Nome de Adonai, e examiná-lo e conhecê-lo depois, porque
tu deves ter uma compreensão de direita e esquerda.
2 Se o que vem é um viajante a pé, ajude-o em todas as suas necessidades na medida em que seja
possível;
3 Mas ele não deve ficar mais do que dois ou três dias, se necessário.
4 Mas se ele quer ficar contigo, e tem uma habilidade, deixe-o trabalhar para ganhar seu alimento
e abrigo.
5 Mas se ele não tem habilidades, de acordo com teu entendimento, veja como fazer isso, como
um seguidor do Mashikha/Messias, que ele não viva contigo sem trabalho.
6 Mas se ele é um Apóstolo ou profeta e ele não tem quaisquer habilidades e é necessário que ele
permaneça em tua casa por qualquer período de tempo, deixe-o apresentar ensinamentos para
você como sua habilidade, pois esta é a habilidade que Alhym/Deus lhe deu.
7 Se ele é um Apóstolo ou profeta ou outro, ele não tem que ser pago em dinheiro, mas a sua
comida e abrigo deve ser pago por ele.
8 Mas se ele se recusa a fazer a sua parte e reclama que ele não está recebendo dinheiro, ele está
se aproveitando do Mashikha/MessiasMessias.
9 Observe cuidadosamente mantendo-se longe de tais pessoas.
10 Novamente, cada verdadeiro Apóstolo ou profeta que quer viver contigo ou na sua
comunidade é digno de seu apoio.
11 Os ensinamentos de um verdadeiro Apóstolo ou profeta serão seu trabalho, se não têm uma
habilidade específica.
12 Assim como o trabalhador, um verdadeiro mestre é digno de seu apoio.

Capítulo Doze

1 Cada primícia, portanto, dos produtos da prensa de vinho e a farinha trilhada, dos bois e
ovelhas, tu deves tomar e dar aos profetas, pois eles são os seus altos sacerdotes debaixo do
Mashikha/Messias.
2 Mas se tu não tens nenhum profeta, dê aos que estão em condição de dar aos que vós sabeis que
estão em necessidade. Se você fizer uma fornada de massa, tome o primeiro fruto e dê de acordo
com a Mitzvah/Mandamento.
3 Da mesma forma, quando tu abrires um frasco de vinho ou óleo ou algo novo, tome o primeiro
fruto e dê isso para os Apóstolos e profetas;
4 E dinheiro e roupas e todos os bens, tendo em tua posse, tome o primeiro fruto, da maneira que
puderes, e dê de acordo com a Mitzvah/Mandamento.
5 Mas vos ajuntais em cada dia do Senhor – o Shabbat/Sábado, quando se lê a Torah e os Dias
Santos – e partam o pão, e dai ações de graças após ter confessado vossos pecados, com o
propósito que seu sacrifício seja puro.
6 Mas não deixe que qualquer pessoa que tem um rancor contra o seu irmão ou aquele que se
encolerizar contra seu irmão reúna-se contigo para tomar a ceia, até que eles se reconciliem, para
que seu sacrifício não possa ser profanado.
7 Porque isso é o que foi dito por Yahuah, o Alhym/Deus sobre tudo:
8 "Em todo lugar e tempo oferecerão a mim um sacrifício puro, porque eu sou um grande Rei, diz
Yahuah, e o Meu Nome é maravilhoso entre as nações."
9 Portanto, nomeai para vós mestres superiores* e assistentes** para eles dignos de Adonai, entre
homens que são mansos, e não amantes do dinheiro, e verdadeiros e provados; para que eles
também possam dar-vos o serviço de profetas e mestres.
*(Bispos)
**(Diáconos)
10 Portanto, não os desprezais, porque eles são os mais honrados, juntamente com os profetas e
mestres.
11 E repreendei uns aos outros, não com raiva, mas em paz, como sabes que está escrito na
Beshura/Evangelho.
12 Mas, a todos aqueles que agem de forma injusta contra os outros, não os permitam falarem ou
deixem que escutem nada de vós, até que eles tenham tido tempo suficiente para se arrependerem.
13 Tu deves dizer todas as suas orações e fazer todas as tuas esmolas e atos de caridade, como
sabes que és instruído na Beshura/Evangelhovde Adonai Yeshua ben Alhym/Nosso Senhor
Yeshua, DF olho de Deus.
14 Tenha o cuidado de vossa própria vida.
15 Não deixe que vossas lâmpadas apaguem, ou percam de vista vossas sandálias, mas deve
sempre estar preparado, porque tu não sabes o tempo que virá Adonai.
16 Vocês devem se congregar com a maior frequência possível, olhando para todas as coisas que
são apropriadas para vossas almas, porque todo o tempo de vossa fé não vai vos beneficiar se
vocês não forem perfeitos no Caminho até o último dia.

Capítulo Treze

1 Portanto, será durante os últimos dias, quando já muitos falsos profetas e muitos dos que estão
causando a corrupção se multiplicarem em toda a terra, e algumas das ovelhas se transformem em
lobos e o amor se tornará em ódio;
2 Porque quando a falta de lei aumentar eles vão se odiar e perseguir e trair um ao outro,
3 E, em seguida, os malignos aparecerão dizendo ser os filhos de Alhym/Deus,
4 E o maligno (Belial) que é mestre deles realizará sinais e maravilhas,
5 E a Terra será entregue nas mãos do maligno,
6 E ele vai fazer coisas ilegais, que ainda não têm acontecido desde o início
7 E muitas pessoas acreditarão no que elas verão pelas obras das mãos do maligno e as obras das
mãos de seus servos;
8 E elas clamarão ter visões e ter visto Adonai visitando-os em seu quarto dando ditos secretos e
visões de morte.
9 Em seguida, toda a humanidade entrará no fogo da provação, e muitos tropeçarão e perecerão,
10 Mas aqueles que permanecem em sua fé serão salvos sob a mesma maldição.
11 E então os sinais da verdade aparecerão:
12 Primeiro, o sinal dos céus descendo,
13 Em seguida, o sinal do som da trombeta.
14 E, terceiro, a ressurreição dos mortos, mas não todos, porque os justos ressuscitarão primeiro,
15 E isto é dito: "Adonai virá e todos os Seus santos com Ele."
16 Então o mundo verá Yahuah, refletido em Yeshua vindo sobre as nuvens do céu.

Isto conclui a Igeret Ya’aqub aos Guerim


______________________________________________________________________________
__