Você está na página 1de 12

Profº Marney Cruz

Instituto Vale do Acaraú – IVA


Psicologia do Desenvolvimento e da Aprendizagem
Tururu - Maio 2011
 “Em cada fase da vida preparamos a fase
seguinte.”
 Muitas escolhas feitas na adolescência vão
repercutir na vida toda.
 Geralmente decisões tomadas na
adolescência, como: um casamento, escolha
de moradia ou profissão tendem a ser
estáveis pelo resto da vida.
 “A Puberdade, ou pubescência, é a
denominação do período de mudanças
biológicas e fisiológicas ligadas à maturação
sexual e às funções reprodutivas.”
 Nesse período acontecem grandes mudanças
físicas, cujo momento inicial varia de pessoa
para pessoa.
Homens Mulheres
• Crescimento do esqueleto • Crescimento do esqueleto
• Crescimento dos testículos • Desenvolvimento dos seios
• Pêlos lisos pigmentados na região • Pêlos lisos pigmentados na região
pubiana pubiana
• Mudanças iniciais na voz • Incremento máximo do crescimento
• Ejaculação anual
• Pêlos encaracolados e pigmentados • Menstruação
na região pubiana
•Pêlos encaracolados e pigmentados
• Aparecimento de penugens no rosto na região pubiana
• Aparecimento de pêlos nas axilas
• Aparecimento de pêlos nas axilas
• Mudança terminal na voz
• Essas mudanças vão, geralmente,
• Pêlos grossos e pigmentados no dos oito aos quatorze anos
rosto
• Pêlos no peito
• Dos 10 aos 14 anos
 Maturação Precoce (antes da média da
idade): traz mais problemas de ajustamento
para meninas que para os meninos.
 Maturação tardia (depois da média de idade):
traz mais problemas de ajustamento para os
meninos que para as meninas.
É mais abrangente que a puberdade pois
além de mudanças biológicas e fisiológicas
acontecem mudanças psíquicas.
 Uma das características que podem marcar
seu início é a puberdade, quando o sujeito se
torna apto a procriar.
 Critério cronológico: dos 10-12 aos 20-21 anos,
aproximadamente. Subdivide-se em pré-adolescência
(10-12), adolescência inicial (13-16) e adolescência
final (17-21).
 Critério físico: começa com a puberdade e termina
quando o sujeito conclui seu desenvolvimento físico.
 Critério psicológico: período de reorganização da
personalidade e das estruturas psíquicas.
 Critério sociológico: período em que a sociedade
deixa de encará-lo como criança e ainda não o
compreende como adulto.
 Fatores sócio-culturais podem determinar uma
adolescência mais longa ou mais curta.
 Existem casos tranqüilos, quando o sujeito
sabe o que está acontecendo consigo e podem
acontecer crises, dificuldades e preocupações
quando a pessoa não entende o que está se
passado com ela, com aquelas mudanças físicas
e psicológicas.
 Em algumas culturas a pessoa passa
diretamente da Infância à fase adulta.
 Demaneira geral a adolescência tende a ser
mais longa em famílias mais ricas em que o
período de preparação para a vida adulta
tende a durar até vinte anos.

“Muitos estudiosos acreditam que o período


prolongado da adolescência não é
determinado fisiologicamente, mas é uma
invenção social, e tende a retardar a
participação das novas gerações na vida social
adulta, nas responsabilidades pelos destinos
da sociedade.”
 Os adolescentes tem seus poderes mentais
multiplicados
 Passa do pensamento concreto para o
pensamento formal onde é possível um
pensamento abstrato que opera sobre
conceitos e idéias, raciocina em termos
abstratos, pensa sobre os próprios
pensamentos.
 As características psicológicas e sociais, são
vividas de forma diferente por todos os
indivíduos.
 É neste contexto da alteração do corpo e da
maturação a nível intelectual que o
adolescente procura saber quem é e qual o seu
papel na sociedade.

 “A nova capacidade mental do adolescente permite


que ele estruture sua personalidade, seu projeto
de vida, causa que reúna toda a energia e a
vontade do indivíduo.” (Piletti, p.265)
A formação da personalidade se dá
principalmente a partir do final da infância
quando o indivíduo começa a elaborar seu
programa de vida seu sistema de valores
 Na vida social, o indivíduo faz planos de
reformas do mundo e engaja-se em
movimentos

E-mail: semviolencia@gmail.com.br
Site: http://filosofiaensina.blogspot.com

Você também pode gostar