Você está na página 1de 232

Manual da Interface NGC Explorer

Release do PABX: 2.3

© 2012

por
DÍGITRO - Tecnologia Ltda.
Seção de Documentação - Departamento Técnico
Rua Profª Sofia Quint de Souza, 167 – Capoeiras
CEP 88085-040 – Florianópolis - SC
www.digitro.com

Todos os direitos são reservados. É vedada, no todo ou em parte, a sua reprodução por
toda a sorte de formas e meios conhecidos. Para tal, é imperativa a autorização, por es-
crito, da DÍGITRO TECNOLOGIA LTDA. Seu conteúdo tem caráter técnico-informativo, e
os editores se reservam ao direito de revisar as versões, de modo a aproveitar a totali-
dade ou parte deste trabalho, sem necessidade de qualquer forma de aviso prévio.

Florianópolis, dezembro de 2012.


SUMÁRIO
Sobre este documento .................................................................................................. 11
Bem-vindo .............................................................................................................. 11
A quem se destina este Manual.............................................................................. 11
Observações Importantes ....................................................................................... 12
Organização ........................................................................................................... 14
Convenções ............................................................................................................ 14
Interface NGC Explorer ................................................................................................. 15
Acesso à interface .................................................................................................. 15
Página Principal ...................................................................................................... 17
Alteração de Senha............................................................................................ 19
Menu Estrutura .............................................................................................................. 21
ECG ........................................................................................................................ 23
EG/ER .................................................................................................................... 25
Enlaces .............................................................................................................. 27
Enlaces .......................................................................................................... 29
Agrupamento troncos .................................................................................... 34
Placas ................................................................................................................ 37
Alarmes/Erros .................................................................................................... 39
Troncos .............................................................................................................. 43
Perfis .................................................................................................................. 46
Troncos.......................................................................................................... 47
Serviços Associados...................................................................................... 49
Sinalização ............................................................................................................. 53

INFORMAÇÃO PÚBLICA
Menu Sistema................................................................................................................. 58
Visão Geral ............................................................................................................. 59
Licenças ................................................................................................................. 61
Sites (Opcional) ...................................................................................................... 63
Menu Telefonia............................................................................................................... 65
Ramais ................................................................................................................... 69
Lista de ramais ................................................................................................... 69
Filtros de pesquisa de ramais ............................................................................ 71
Novo Ramal ................................................................................................... 72
Configuração Geral do Ramal ....................................................................... 75
Chamadas ..................................................................................................... 78
Atributos ........................................................................................................ 84
Atributos básicos ...................................................................................... 85
Operação ................................................................................................. 92
Discagem ................................................................................................. 94
Permissões .............................................................................................. 94
Atributos de chamada .............................................................................. 97
Configurações associadas a calendário................................................... 97
Captura .................................................................................................... 98
Mensagem/SMS (Opcional) ..................................................................... 98
Intercalação ............................................................................................. 99
Monitoração ............................................................................................. 99
Caixa Postal (Opcional) ............................................................................... 100
Funções diversas ................................................................................... 101
Gerenciamento de recados .................................................................... 103
Programações ............................................................................................. 105
Outras programações do ramal ............................................................. 106

INFORMAÇÃO PÚBLICA
Transferências de chamadas ................................................................. 108
Telefonia pessoal......................................................................................... 111
Programações ........................................................................................ 112
Discagem rápida .................................................................................... 118
Ramais Associados .......................................................................................... 121
Configurações padrão ...................................................................................... 123
Padrão de domínio ...................................................................................... 124
Padrão da plataforma .................................................................................. 124
Chamadas.............................................................................................. 125
Atributos ................................................................................................. 125
Caixa Postal (Opcional) ......................................................................... 125
Programações ........................................................................................ 126
Perfis de configuração...................................................................................... 126
Chamadas ................................................................................................... 129
Atributos ...................................................................................................... 130
Programações ............................................................................................. 132
Plataforma ............................................................................................................ 134
Contas .............................................................................................................. 134
Grupos ............................................................................................................. 137
Incluir Grupo ................................................................................................ 138
Configuração dos ramais do grupo ........................................................ 141
Características ....................................................................................... 142
Atendimento ........................................................................................... 146
Fila ......................................................................................................... 149
Mensagem ............................................................................................. 151
Telefonistas ...................................................................................................... 154
Identificação do PABX...................................................................................... 155

INFORMAÇÃO PÚBLICA
DDR ................................................................................................................. 157
Ramais Remotos .............................................................................................. 158
Rotas ................................................................................................................ 159
Mínimo de cifras .......................................................................................... 159
Troncos executivos ...................................................................................... 161
Padrões de prefixos ......................................................................................... 167
Padrões de prefixos para chamadas saintes ............................................... 167
Padrões de prefixos para chamadas entrantes ........................................... 170
Temporizações................................................................................................. 173
Multidomínios (Opcional).................................................................................. 177
Código de Funções .......................................................................................... 188
Recursos .............................................................................................................. 189
Recepcionista Digital ........................................................................................ 189
Busca pessoa (Opcional) ................................................................................. 190
Callback Celular (Opcional).............................................................................. 192
Relação de Listas Configuradas .................................................................. 193
Adicionar Lista ............................................................................................. 194
Edição da Lista ............................................................................................ 200
Exclusão de listas de números .................................................................... 202
Correio de FAX (Opcional) ............................................................................... 202
DISA (Opcional) ............................................................................................... 204
Procedimentos de Segurança para Configuração da Função DISA ............ 206
Fontes de música ............................................................................................. 207
Gravação de mensagens ................................................................................. 208
Números Bloqueados (Opcional) ..................................................................... 210
Atualização de Números Bloqueados .......................................................... 211
Consulta de Números Bloqueados .............................................................. 213

INFORMAÇÃO PÚBLICA
Sincronismo ..................................................................................................... 214
Menu segurança .......................................................................................................... 216
Certificados ...................................................................................................... 218
Chaves ............................................................................................................. 221
Menu Ajuda .................................................................................................................. 225
Glossário ...................................................................................................................... 228

INFORMAÇÃO PÚBLICA
LISTA DE PROCEDIMENTOS
Acessar a interface ................................................................................................. 16
Alterar a senha ....................................................................................................... 19
Editar agrupamento ................................................................................................ 35
Incluir agrupamento ................................................................................................ 36
Excluir agrupamento ............................................................................................... 37
Resetar – Placas .................................................................................................... 37
Bloquear enlaces .................................................................................................... 41
Desbloquear enlaces .............................................................................................. 42
Resetar contadores das taxas de erros .................................................................. 42
Visualizar detalhes de perfil de configuração de troncos ........................................ 47
Excluir perfil de serviço associado .......................................................................... 49
Editar perfil de serviço associado ........................................................................... 51
Incluir ramal ou faixa de ramais .............................................................................. 74
Editar informações do ramal ................................................................................... 76
Alterar placa/circuito do ramal ................................................................................ 77
Configurar chamadas saintes ................................................................................. 79
Configurar chamadas entrantes.............................................................................. 82
Configurar Ramal Chefe ......................................................................................... 87
Configurar Ramal Secretária .................................................................................. 89
Configurar transferência de chamada quando ramal não responde (NR) ou está
ocupado (LO) ........................................................................................................ 109
Configurar Siga-me............................................................................................... 113

INFORMAÇÃO PÚBLICA
Configurar Despertador ........................................................................................ 115
Configurar Ramal Chefe – interface do usuário do ramal ..................................... 116
Configurar discagem rápida para ramal digital ..................................................... 119
Configurar associação de ramais ......................................................................... 122
Pesquisar contas do PABX ................................................................................... 135
Incluir grupo .......................................................................................................... 138
Incluir ramais no grupo ......................................................................................... 141
Incluir regra ........................................................................................................... 163
Editar uma regra ................................................................................................... 165
Excluir uma regra.................................................................................................. 165
Ativar/desativar uma regra.................................................................................... 166
Ordenar regras ..................................................................................................... 166
Configurar bloqueio de prefixos saintes................................................................ 168
Excluir um bloqueio de prefixo sainte ................................................................... 169
Configurar bloqueio de prefixos entrantes ............................................................ 171
Configurar as chamadas a serem liberadas ......................................................... 171
Incluir ou editar um domínio ................................................................................. 181
Excluir domínios ................................................................................................... 187
Ativar domínio ....................................................................................................... 187
Desativar domínio ................................................................................................. 188
Adicionar lista de números com acesso ao callback............................................. 194
Incluir um telefone ................................................................................................ 195
Editar lista de números com acesso ao callback celular....................................... 201
Excluir números de uma lista ................................................................................ 201
Atualizar números ................................................................................................. 211

INFORMAÇÃO PÚBLICA
Consultar números ............................................................................................... 213
Importar certificado ............................................................................................... 220
Importar chaves .................................................................................................... 222
Acessar as informações do menu Ajuda .............................................................. 226

INFORMAÇÃO PÚBLICA
1
SOBRE ESTE DOCUMENTO

BEM-VINDO
Este manual descreve a interface web NGC Explorer que permite a configuração e ope-
ração das plataformas NGC da Dígitro de forma amigável.

A QUEM SE DESTINA ESTE MANUAL


Este manual foi elaborado para prestar suporte ao administrador das plataformas NGC
da Dígitro.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 11
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Sobre este Documento
CAPÍTULO 1

OBSERVAÇÕES IMPORTANTES
1. As senhas de acesso e os procedimentos de segurança são estabelecidos pelo ad-
ministrador e são de sua inteira e exclusiva responsabilidade.
2. A Dígitro não assume qualquer responsabilidade por alterações promovidas por ter-
ceiros, autorizados pelo administrador ou não, por falta de cuidado na seleção dos
procedimentos de segurança, por vazamento de senhas ou de qualquer outro pro-
cedimento operacional do administrador.
3. Para a interface gráfica, sugere-se a utilização de resolução gráfica de vídeo mínima
de 800 X 600 pixels. A resolução 640 X 480 pixels não deve ser usada, pois essa
configuração poderá prejudicar determinadas janelas.
4. Ficará a critério da Dígitro disponibilizar, através de proposta de fornecimento ou
contrato de suporte específico, facilidades adicionais que venham a ser criadas.
5. Serviços solicitados pelo cliente, que impliquem alterações em características espe-
cíficas, funções adicionais ou outros itens não especificados, serão considerados
como adicionais e serão efetuados conforme cronograma de execução e alocação
de recursos, elaborados pela Dígitro e aprovados pelo cliente por meio de proposta
comercial.
6. Toda funcionalidade identificada com a palavra Opcional não faz parte da solução.
Seu fornecimento depende de proposta específica.
7. A Dígitro, como qualquer empresa desenvolvedora, não pode garantir que softwares
não contenham erros ou que o cliente seja capaz de operá-los sem problemas ou in-
terrupções. Por isso, não assume eventuais prejuízos financeiros decorrentes des-
sas falhas ou de problemas de responsabilidade de terceiros.
8. Devido ao desenvolvimento contínuo de técnicas de invasão e ataques à rede, não é
possível garantir que o equipamento (hardware e software) esteja livre da vulnerabi-
lidade da invasão/ação externa.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 12
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Sobre este Documento
CAPÍTULO 1

9. A Dígitro não se responsabiliza por perdas de informações, devido a não observa-


ção, por parte do cliente, de procedimentos de backup, orientando-o para que, regu-
larmente, armazene os dados também em mídia eletrônica (CD, DVD etc.), de forma
a possuir contingência externa.
10. Após o aceite ou a entrada em operação do sistema, se ocorrerem erros ou falhas,
estes somente serão avaliados e/ou corrigidos mediante contrato de suporte ou au-
torização para pagamento de suporte avulso, conforme a tabela de preços vigente
na data da solicitação.
11. A Dígitro não atualizará este produto em função de novas versões, sendo necessá-
ria, para isso, negociação comercial.
12. As informações preenchidas nos campos das janelas exibidas e descritas neste ma-
nual são apenas para ilustração.
13. A configuração do aplicativo depende dos itens adquiridos pelo cliente. Assim, pode-
rão existir versões de aplicativos diferentes da versão descrita neste manual. Os
itens constantes neste documento que não estejam habilitados poderão ser adquiri-
dos separadamente.
14. A Dígitro mantém um processo de ciclo de vida de seus produtos devido a inovações
tecnológicas, necessidade de mercado ou outro motivo. Para mais informações,
acesse o ambiente exclusivo para clientes em www.digitro.com.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 13
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Sobre este Documento
CAPÍTULO 1

ORGANIZAÇÃO
Capítulo 1 Apresenta informações sobre o documento: observações importantes,
organização, símbolos e convenções.
Capítulo 2 Introdução.
Capítulo 3 Menu Estrutura.
Capítulo 4 Menu Sistema.
Capítulo 5 Menu Telefonia.
Capítulo 6 Menu Segurança
Capítulo 7 Menu Ajuda.
Capítulo 8 Glossário.

CONVENÇÕES
Botões e Itens Quando no meio do texto, os nomes dos botões e dos itens
de uma janela serão grafados em negrito.
Campos As Iniciais Maiúsculas identificam nomes de Campos no meio
do texto.
JANELAS E MENUS Os nomes das janelas e dos menus, quando aparecerem no
meio do texto, serão grafados em CAIXA ALTA.
Palavras de Origem As palavras de origem estrangeira estarão grafadas em itáli-
Estrangeira co.
Palavras de destaque As palavras que necessitem de destaque em um determinado
contexto serão sublinhadas.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 14
2
INTERFACE NGC EXPLORER
O NGC Explorer é uma interface web destinada à configuração e supervisão online das
plataformas NGC Dígitro.

Por meio dessa interface, é possível efetuar a configuração do sistema e também visua-
lizar as informações referentes aos estados dos troncos, aos enlaces, às placas, aos
alarmes e outros componentes.

ACESSO À INTERFACE
Para acessar a interface do NGC Explorer, observe o procedimento a seguir.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 15
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Sobre este Documento
CAPÍTULO 2

PROCEDIMENTO
Acessar a interface
1. Abra o navegador web de sua preferência.
2. Na barra de endereço, digite: http://<endereço>/explorador. Será aberta a Figura 1.

Figura 1. Página de Login

3. Informe o usuário e a senha para acessar a interface.


4. Clique em Entrar. Será aberta a página principal do NGC Explorer (Figura 2).

INFORMAÇÃO PÚBLICA 16
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Estrutura
CAPÍTULO 2

PÁGINA PRINCIPAL

Figura 2. Página Principal do NGC Explorer

A página principal (Figura 2) apresenta os seguintes dados:

1. Menu lateral: permite acessar as opções do sistema relativas ao menu selecionado.


2. Barra de Menus.
 ESTRUTURA: menu que permite o acesso aos componentes do sistema.
 SISTEMA: menu que apresenta Visão Geral; Licenças; Sites (opcional).

INFORMAÇÃO PÚBLICA 17
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Estrutura
CAPÍTULO 2

 TELEFONIA: menu que permite configurar/visualizar os Ramais, Plataforma e


Recursos do Sistema.
 AJUDA: menu que informa a release PABX e a versão do aplicativo.
 A barra de menus contém, também, os seguintes botões:

- : Abre uma nova página com acesso à interface Supervisão


de Alarmes (funcionalidade opcional). Quando este botão está na cor ver-
melho, laranja ou amarelo significa que há alarmes disparados de alta, mé-
dia ou baixa prioridade, respectivamente; quando está na cor verde, indica
que não há alarmes disparados.

- : Altera a senha de acesso à interface e o idioma (ver procedimento na


página 19).

- : Fecha a interface NGC Explorer, retornando à página de login.

- : Em algumas páginas do NGC Explorer, no canto superior di-


reito, é mostrado o botão Atualizar (ver, por exemplo, a Figura 5), que
permite atualizar a página exibida.
3. Barra de estados
 apresenta o estado do ECG ao qual a interface está conecta-
da.
 mostra o endereço IP da plataforma.
 apresenta o usuário logado.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 18
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Estrutura
CAPÍTULO 2

Alteração de Senha
Para trocar a senha atual do usuário, siga o procedimento a seguir.

PROCEDIMENTO
Alterar a senha

1. Na barra de menus da página principal, clique em e selecione a opção Alterar


Senha. Será apresentada a Figura 3.
2. Verifique o usuário no campo Usuário.
3. Digite a senha atual do usuário.
4. Digite a nova senha nos campos Nova Senha e Redigite a Nova Senha.
5. Clique em Aplicar para validar a alteração ou em Cancelar para voltar à página
principal do NGC Explorer.
6. Se a alteração foi feita corretamente, aparecerá, no alto da página, a mensagem “Al-
teração realizada com sucesso”.
7. O preenchimento de todos os campos é obrigatório. Caso algum deles não seja in-
formado, aparecerão os seguintes avisos: “A senha não pode estar em branco”. “A
nova senha não foi digitada”. “A nova senha não foi redigitada”.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 19
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Estrutura
CAPÍTULO 2

Figura 3. Formulário de Alteração de Senha

ATENÇÃO
As senhas serão perdidas caso a máquina onde está o PABX reinicie.
Para manter esta configuração de forma permanente, é preciso salvar as configu-
rações no botão mostrado na figura abaixo.

O usuário precisa ter privilégios para acessar este recurso.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 20
3
MENU ESTRUTURA
O menu Estrutura permite configurar e monitorar os componentes ECG, EG/ER e Sinali-
zação da Plataforma NGC.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 21
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Sobre este Documento
CAPÍTULO 3

Figura 4. Menu Estrutura

INFORMAÇÃO PÚBLICA 22
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Estrutura
CAPÍTULO 3

ECG
Em menu ESTRUTURA > ECG é possível abrir a página ESTÁGIO DE CONTROLE E GERENCIA-
MENTO (Figura 5), a qual dá acesso ao estado dos ECGs.

Figura 5. Estágio de Controle e Gerenciamento

Na Figura 5, estão as seguintes informações sobre os ECGs da plataforma.

 Estado: indica o estado do ECG – ativo, na reserva ou inativo.


 IP da Rede 0: endereço da rede heartbeat 0.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 23
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Estrutura
CAPÍTULO 3

 IP da Rede 1: endereço da rede heartbeat 1.


 IP LAN: mostra o endereço IP do ECG na rede local.
 Quantidade de Transições: apresenta a quantidade de transições do ECG, ou
seja, quantas vezes ele teve seu estado alterado de ativo para reserva ou de
reserva para ativo, desde o início do processo gerenciador da plataforma, indi-
cado no campo Processo Gerenciador ativo desde.
 Última causa de transição: mostra o motivo da última transição do ECG.
 Última Transição: indica a data e o horário da última transição do ECG.
 Processo gerenciador ativo desde: apresenta data e hora em que o proces-
so gerenciador do ECG tornou-se ativo.
 Versão Processo Gerenciador: mostra a versão (data e hora) e o tamanho do
processo gerenciador do ECG.
 ECG pode ser ativado: indica a disponibilidade de este ECG se tornar ativo.
Caso a configuração seja NAO, ele sempre operará como reserva, indepen-
dentemente de situações de falha do ECG ativo, ou seja, ele não irá participar
do processo de dualidade da plataforma.

NOTAS
1) Somente um dos ECGs será o ativo, os demais poderão estar na condição
de reserva ou inativo.
2) Um ECG que estiver inativo não participa do processo de dualidade.
3) O ECG é um link apenas nas plataformas distribuídas – NGC evolution E e
NGC evolution ES. Se for uma plataforma in-a-box, esse item não é mos-
trado.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 24
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Estrutura
CAPÍTULO 3

EG/ER
Em menu ESTRUTURA > EG/ER, é possível abrir a página ESTADOS DOS EG/ER (Figura 6),
pela qual pode-se visualizar o estado dos EGs/ERs presentes na plataforma.

Figura 6. Estados dos EG/ER

Se o EG/ER estiver inativo, nenhuma informação é apresentada em Estados dos EG/ER.

O número do EG/ER é um link para a página Enlaces deste EG/ER (página 27). Para
abri-la, clique sobre o número.

Estado das Fontes 1 e 2: em plataformas NGC Evolution ES, esse estado é apresentado
por um traço ( – ), pois não há fontes 1 e 2; em plataformas NGC Evolution E, o estado
das fontes 1 e 2 pode ser ON ou OFF.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 25
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Estrutura
CAPÍTULO 3

NOTA
O EG/ER é um link para a página Estados dos EG/ER somente em estruturas distri-
buídas – NGC evolution E e NGC evolution ES. No caso de uma plataforma in-a-box,
esse item é exibido, porém não é um link.

Na tabela Lista de EGs (Figura 6), há os seguintes dados:


 EG: informa a identificação dos Estágios de Grupo (EG) ou da placa DIGR02.
 Estado: apresenta o estado do EG. Quando estiver ready, está operando nor-
malmente.
 Informou estado em: mostra a data e hora em que o estado do EG foi infor-
mado.
 Fonte 1 e 2: indica o estado das fontes de alimentação das placas.
 Conexão ETH 0 e ETH 1: cada placa possui duas interfaces de rede Ethernet;
esse campo indica se existe comunicação de dados das placas com os ECGs.
 Portadora ETH 0 e ETH 1: indica a presença do sinal da portadora da interface
Ethernet. Caso esteja OFF, pode estar havendo problemas de comunicação da
rede heartbeat correspondente (0 ou 1).
 Tensão 3V3 e 12V: medição das tensões elétricas de cada placa em relação à
sua tensão de referência (3V3 ou 12V).
 Temperatura: apresenta a temperatura do EG.

Na tabela Lista de ERs (Figura 6), há os dados a seguir:


 ER: informa a identificação dos Estágios Remotos (ER).
 Estado: indica o estado do equipamento. Quando estiver ready, está operando
normalmente.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 26
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Estrutura
CAPÍTULO 3

 Estado ativo em: apresenta data e hora em que o ER tornou-se ativo.


 Estado inativo em: apresenta data e hora em que o ER tornou-se inativo.
 Requisitou código em: apresenta a data e o horário da última vez que o equi-
pamento requisitou o código básico de operação.

Enlaces
Em menu ESTRUTURA > EG/ER > Enlaces é possível abrir Figura 7, que lista todos os
enlaces de um determinado EG/ER, e divide-se em: Enlaces e Agrupamento troncos.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 27
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Estrutura
CAPÍTULO 3

Na caixa EG/ER é
possível selecionar
o EG e, depois, cli-
car no número do
enlace específico.
Será aberta a pági-
na ENLACE ESPECÍ-
FICO
(Figura 8), que mos-
tra um resumo da
atual configuração
do enlace, o estado
de seus troncos /
canais, os alarmes
e as taxas de erro.

Figura 7. Enlaces

INFORMAÇÃO PÚBLICA 28
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Estrutura
CAPÍTULO 3

Enlaces
A tabela Lista de Enlaces (Figura 7) apresenta os seguintes dados:
 : indica se o enlace contém algum alarme: verde (“Não há alarmes neste
enlace”); vermelho (“Há pelo menos um alarme neste enlace”). Os alarmes po-
dem ser vistos clicando sobre o link do número do enlace ou na página ALAR-
MES, que será explicada no item Alarmes/Erros.
 Enlace: no número do enlace, há um link para a página ENLACE ESPECÍFICO,
que mostra o enlace em detalhes.
 Troncos: apresenta os troncos que pertencem a este enlace.
 Sinalização Troncos: mostra o tipo do enlace e a sinalização de acordo com o
perfil associado ao enlace; pode ser: Digital Canal Associado; Digital Canal
Comum; Analógico.
 Associação Perfis Troncos: indica a associação dos troncos do enlace aos
perfis. Caso os troncos estejam associados a diferentes perfis com sinalizações
diferentes, o campo Sina.Troncos aparecerá vazio.
 Ligado a: mostra com qual Enlace de um determinado ER/EG está ligado ou
com qual interface ISDN.

NOTAS
1) Quando selecionado um EG/ER que estiver inativo, será apresentada uma
mensagem no topo da página.
2) Os ERs não mostram os troncos dos enlaces reservados, mas eles são citados
no topo da página.
3) Os EGs virtuais, maiores que 160, não têm informação de alarmes.
4) O preenchimento/edição do campo "Ligado a:" está disponível apenas para link
tipo ISDN. Os demais enlaces apresentam informações internas do equipamen-
to quando for NGC Office Lite. Quando for outros modelos de equipamento re-
presenta o nome da interface ISDN ao qual estão ligados ou apontam para o
estado do enlace.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 29
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Estrutura
CAPÍTULO 3

Nesta parte da pá-


gina é possível se-
lecionar o EG e, pa-
ra ver as informa-
ções de um enlace
específico, clique
no link do seu nú-
mero.

Em Troncos ou Ca-
nais é possível ver
o estado dos tron-
cos/canais. Para
obter informações
sobre eles, clique
sobre seu link.
Será aberta a Figu-
ra 9.

Figura 8. Enlace Específico

Um ou mais troncos/canais podem ser selecionados pela da caixa e, depois, podem


ser executadas ações de bloqueio, desbloqueio ou liberação clicando nos respectivos
botões: Bloquear, Desbloquear e Liberar. Para marcar todos os troncos/canais, pres-
sione o Selecionar todos.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 30
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Estrutura
CAPÍTULO 3

Figura 9. Detalhes do Canal

Na Figura 8, são apresentados os seguintes dados sobre o enlace:

 Enlace: indica o enlace que está sendo visualizado.


 Ligado a: se a conexão for a outro enlace, apresenta um link que levará ao EG
enlace referenciado. Se for um enlace ISDN, apresenta o nome da interface.
 Comutação: Estende Comutação; Comuta para Silêncio ou Loop.
 Utilização do TS 0: Com Sincronismo ou Transparente.
 Forma de Sincronismo: Double Frame ou CRC4.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 31
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Estrutura
CAPÍTULO 3

O ícone abre a legenda (Figura 10) dos ícones referentes ao estado dos tron-
cos/canais.

Figura 10. Estado dos Troncos/Canais

Na página ENLACE ESPECÍFICO > Alarmes (Figura 11), são apresentados os alarmes que
estão previstos. O marcador vermelho indica que o alarme está presente. Os detalhes
sobre os alarmes serão explicados no item Alarmes/Erros.

Figura 11. Tabela Alarmes – Página Enlace Específico

INFORMAÇÃO PÚBLICA 32
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Estrutura
CAPÍTULO 3

Na página ENLACE ESPECÍFICO > Taxas de Erros (Figura 12), são apresentados alguns
erros que podem ocorrer em um enlace e quantas vezes eles aconteceram. É possível
zerar os contadores clicando no botão Resetar Contadores. Os detalhes sobre os erros
serão explicados no item Alarmes/Erros.

Figura 12. Tabela Taxas de Erros – Página Enlace Específico

Para bloquear um enlace, clique em Bloquear enlace, que está no canto inferior direito
da Figura 12. Aparecerá o botão Desbloquear enlace e um ícone vermelho ao lado
do campo Enlace Bloqueado, indicando que o enlace está bloqueado.

Para desbloquear o enlace, clique em Desbloquear enlace (Figura 13).

Figura 13. Desbloquear enlace – Página Enlace Específico

INFORMAÇÃO PÚBLICA 33
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Estrutura
CAPÍTULO 3

NOTA
O bloqueio de um enlace acarretará a parada completa de sua operação. Por exem-
plo, se o enlace estiver sendo utilizado para comunicação com a central telefônica,
todas as chamadas em andamento serão derrubadas, ou, caso ele esteja sendo uti-
lizado para a comunicação entre dois módulos da plataforma, a comunicação será
interrompida.

Agrupamento troncos
Clicando na página ENLACES > Agrupamento troncos (Figura 7), abre-se a página exem-
plificada na Figura 14.

Os troncos são agrupados para fins de relatórios estatísticos de ocupação. Esses relató-
rios são itens opcionais na plataforma. Na tabela Agrupamentos, há as seguintes infor-
mações:
 Nome: mostra o nome do agrupamento.
 Troncos: indica a quantidade total de troncos do agrupamento e quantos deles
estão ocupados.
 EG: apresenta o número do EG.
 Enlace: mostra o número do enlace.
 Troncos Associados: indica os troncos associados.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 34
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Estrutura
CAPÍTULO 3

Figura 14. Troncos – Agrupamento troncos

Para editar, incluir ou excluir um agrupamento, observe os procedimentos a seguir.

PROCEDIMENTO
Editar agrupamento
1. Em TRONCOS > Agrupamento troncos (Figura 14), clique em Exibir/Editar do
tronco desejado. Será aberta a Figura 15.
2. Na tabela Todos os Troncos, clique sobre um EG. Aparecerão os enlaces e tron-
cos desse EG.
3. Para incluir um tronco, selecione-o na tabela Todos os Troncos e clique em Inclu-
ir>>. O tronco aparecerá na tabela Troncos Selecionados.
4. Para retirar um tronco da tabela Troncos Selecionados, selecione-o e clique em
Retirar.
5. Clique em Aplicar para salvar a configuração.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 35
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Estrutura
CAPÍTULO 3

Figura 15. Editar Agrupamento

PROCEDIMENTO
Incluir agrupamento
1. Na página TRONCOS > Agrupamento troncos (Figura 14), clique em Novo Agru-
pamento. Será aberta uma página semelhante à Figura 15.
2. Preencha o campo Nome.
3. Siga os itens 2, 3, 4 e 5 do procedimento Editar agrupamento.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 36
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Estrutura
CAPÍTULO 3

PROCEDIMENTO
Excluir agrupamento
1. Na página TRONCOS > Agrupamento troncos (Figura 14), selecione o(s) agrupa-
mento(s) desejado(s) pela caixa .
2. Se quiser selecionar todos os agrupamentos, marque a primeira caixa de seleção.
3. Clique em Excluir.

Placas
Pelo menu Estrutura > EG / ER > Placas é possível visualizar as placas existentes em
um ER (Figura 16), apresentando o slot em que estão conectadas, seus estados, os con-
tadores e o estado dos CODECs.

No topo da página pode-se escolher o ER. Ao clicar no link Detalhes CODECs, abre-se
a página DETALHES DOS CODECS (Figura 16). Na página PLACAS (Figura 16), é possível
resetar as placas de acordo com o procedimento a seguir.

PROCEDIMENTO
Resetar – Placas
1. Clique em menu ESTRUTURA > EG / ER > Placas. Será aberta a Figura 16.
2. Nessa página, selecione uma ou mais placas por meio das caixas de seleção .
3. Se quiser selecionar todas as placas, marque a primeira caixa de seleção, ao lado
de Slot.
4. Clique em Resetar.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 37
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Estrutura
CAPÍTULO 3

NOTA
1) O reset de uma placa irá parar completamente a sua operação, por
exemplo, o reset em uma placa DRAL irá interromper o funcionamen-
to dos ramais analógicos que estiverem conectados a ela.
2) O estado dos codecs vai depender do número de circuitos da placa.
Por exemplo, no caso da placa de ramal, para cada 4 ramais existe
um codec, então para uma placa com 24 ramais, apenas 6 codecs se-
rão apresentados como OK, e os demais com estado “Ausente ou
com defeito”.

Figura 16. Placas

INFORMAÇÃO PÚBLICA 38
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Estrutura
CAPÍTULO 3

Alarmes/Erros
Pelo menu Estrutura > EG / ER > Alarmes / Erros (Figura 17) é possível ver os alarmes
presentes, as taxas de erro e os enlaces que estão bloqueados.

Figura 17. Alarmes/Erros

INFORMAÇÃO PÚBLICA 39
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Estrutura
CAPÍTULO 3

No campo EG, no alto da página, pode-se selecionar o EG desejado. A linha Enlace con-
tém no número do enlace um link para a página que mostra o enlace em detalhes na da
página ENLACE ESPECÍFICO.
Na tabela Alarmes, são apresentados diversos alarmes possíveis para o EG seleciona-
do:

 Enlace: apresenta um link para a página ENLACE ESPECÍFICO.


 Perda de Portadora: por meio de tratamento por interface específica do cartão
DIGR, é efetuada a detecção da informação de perda da portadora, acusando
alarme no referido enlace.
 Remoto de Multiquadro: o intervalo de tempo do canal 16 do quadro 0 deve
conter, além da palavra de alinhamento de multiquadro nos bits ABCD, a pala-
vra de serviço de multiquadro nos bits subsequentes. Na palavra de serviço de
multiquadro existe um bit que sinaliza a perda de alinhamento de multiquadro
pela central, o qual está conectado ao equipamento local.
 Remoto de Quadro: quando o bit 3 da palavra de serviço de quadro recebido
for igual a "1". Isso significa que no ponto remoto do enlace foram detectados 3
alinhamentos de quadro incorretos.
 Qualidade do Sinal: indica uma degradação da qualidade do sinal a um nível
inaceitável.
 Perda de Alinhamento de Multiquadro: o intervalo de tempo do canal 16 do
quadro 0 deve conter, além da palavra de alinhamento de multiquadro nos bits
ABCD, a palavra de serviço de multiquadro nos bits subsequentes. Na palavra
de serviço de multiquadro existe um bit que sinaliza a perda de alinhamento de
multiquadro.
 Perda de Alinhamento de Quadro: a palavra ou sinal de alinhamento de qua-
dro é o conjunto de bits indicadores de início de transmissão de um quadro.
Por intermédio desse padrão que é repetido periodicamente, obtém-se uma re-
ferência de sincronismo.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 40
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Estrutura
CAPÍTULO 3

 Enlaces Bloqueados: neste campo são indicados os enlaces bloqueados, ou


seja, que não estão habilitados para comunicação.
Em Taxas de Erros registram-se os índices de erros, ou seja, a quantidade de ocorrên-
cias desde a entrada do sistema em operação ou desde o último acionamento do botão
Resetar Contadores.
 Enlace: apresenta um link para a página ENLACE ESPECÍFICO.
 Alinhamento de Quadro do Enlace: o sincronismo é considerado perdido
após a detecção de 3 palavras de alinhamento de quadro incorretas.
 Violação das Regras HDB3 do Enlace: o código HDB3 é gerado a partir de
um código binário, com a finalidade de limitar a quantidade de zeros em uma
sequência, e uma sequência longa de zeros pode reduzir o componente espec-
tral na frequência do relógio a um valor muito pequeno, tornando difícil a recu-
peração do sinal de sincronismo nos repetidores de linha.
 Escorregamento Negativo (Atraso): o escorregamento negativo ocorre quan-
do um quadro é suprimido durante a transmissão do sinal.
 Escorregamento Positivo (Avanço): o escorregamento positivo ocorre quan-
do um quadro é repetido durante a transmissão do sinal digital.

Podem-se bloquear e desbloquear os enlaces, bem como resetar contadores, conforme


os procedimentos a seguir.

PROCEDIMENTO
Bloquear enlaces
1. Clique em menu Estrutura > EG / ER > Alarmes/Erros. Será aberta a Figura 17.
2. Na tabela Alarmes, marque a(s) caixa(s) de seleção do(s) enlace(s) que pretende
bloquear.
3. Se quiser bloquear todos os enlaces, marque a primeira caixa de seleção.
4. Clique em Bloquear.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 41
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Estrutura
CAPÍTULO 3

PROCEDIMENTO
Desbloquear enlaces
1. Clique em menu Estrutura > EG / ER > Alarmes/Erros. Será aberta a Figura 17.
2. Na tabela Alarmes, marque a(s) caixa(s) de seleção do(s) enlace(s) que pretende
desbloquear.
3. Se quiser desbloquear todos os enlaces, marque a primeira caixa de seleção.
4. Clique em Desbloquear.

PROCEDIMENTO
Resetar contadores das taxas de erros
1. Clique em menu Estrutura > EG / ER > Alarmes/Erros. Será aberta a Figura 17.
2. Na tabela Taxas de Erros, marque a(s) caixa(s) de seleção do(s) enlace(s) que
pretende resetar os contadores.
3. Se quiser resetar todos os contadores, marque a primeira caixa de seleção.
4. Clique em Resetar Contadores.

NOTA
O bloqueio de um enlace parará completamente sua operação. Por exemplo, se o
enlace estiver sendo utilizado para comunicação com a central telefônica, todas as
chamadas em andamento serão derrubadas ou, caso ele esteja sendo utilizado para
a comunicação entre dois módulos da plataforma, a comunicação será interrompida.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 42
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Estrutura
CAPÍTULO 3

Troncos
Pelo menu Estrutura > EG/ER > Troncos (Figura 18) é possível ver os estados dos tron-
cos de toda a plataforma. Podem-se filtrar os troncos desejados por Seleção, Origem e
Estado.

No filtro Seleção, os troncos podem ser visualizados:


 Por EG: pode-se selecionar a opção Por EG e podem-se escolher o EG e o(s)
enlace(s) desejado(s).
 Por intervalo: é possível escolher a opção Por intervalo e escrever no campo
de texto os troncos desejados.

NOTA
Para o preenchimento do campo Por intervalo, valem as seguintes orientações:
 o tronco só pode ter números;
 os troncos devem ser separados por “;” (ponto-e-vírgula);
 pode ser utilizada faixa de troncos, e o início e o fim da faixa devem ser sepa-
rados por “-” (hífen). Exemplo: 1;30-40;56;60-70 (Para visualizar o tronco 1, os
troncos de 30 a 40, o tronco 56 e os troncos de 60 a 70.)

Em Origem, pode-se filtrar pela origem do estado dos troncos selecionando a opção EG
ou a opção Programa Gerenciador.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 43
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Estrutura
CAPÍTULO 3

Pelo filtro Estado, os estados podem ser filtrados por agrupamentos de estados genéri-
cos. Esta também é a referência utilizada para a associação dos estados às imagens. A
caixa de seleção Todos os estados é uma opção facilitadora ao marcar ou desmarcar ao
mesmo tempo todos os estados listados.

Para ocultar
e mostrar os
campos de
filtro, clique
neste botão.

Figura 18. Troncos

Em Tempo de atualização o usuário pode configurar o tempo para atualização automáti-


ca das informações apresentadas na página TRONCOS.
Depois de preencher os campos de filtragem, clique no botão Listar para que seja feita a
consulta ao servidor.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 44
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Estrutura
CAPÍTULO 3

Após clicar no botão Listar, os links dos troncos filtrados aparecem no quadro. Pode-se
bloquear, desbloquear e liberar os troncos selecionando um ou mais deles por meio das
caixas de seleção e clicando nos botões referentes a essas ações. O botão Selecio-
nar todos marca todos os troncos, e o botão Desmarcar todos desmarca todos os tron-
cos.

Figura 19. Detalhes do Tronco

INFORMAÇÃO PÚBLICA 45
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Estrutura
CAPÍTULO 3

NOTA
As operações de bloqueio e liberação de troncos irão interferir na comunicação. Se
houver uma chamada em andamento no tronco, o bloqueio marca o tronco para ser
bloqueado após o término da chamada. Depois dessa operação, o tronco ficará blo-
queado de acordo com a sua configuração. No caso da liberação, a chamada será
derrubada instantaneamente, e o tronco ficará livre.

Ao clicar no link de um tronco específico, será aberta a janela Detalhes do tronco. Ela
apresenta detalhes do estado em que o tronco se encontra: suas referências internas,
detalhes sobre a ocupação, qual seu perfil de configuração, entre outros, como mostra o
exemplo da Figura 19.

Perfis

Figura 20. Perfis de Troncos

INFORMAÇÃO PÚBLICA 46
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Estrutura
CAPÍTULO 3

O item Perfis possui as opções Troncos e Serviços Associados, conforme a seguir.

Troncos
1
Clicando no menu Estrutura >EG / ER > Perfis > Troncos, será aberta a página Perfis
de Troncos (Figura 20). Na tabela Lista de Perfis de Troncos, podem-se ver:

 Perfil: mostra a identificação do perfil.


 Descrição: apresenta a descrição do perfil.
 Tipo: mostra o tipo de perfil: Tronco ou Via.
 Tipo – Sinalização: um perfil pode ser do tipo Analógico ou Digital. Se for Digi-
tal, pode ter sinalização por Canal Associado ou por Canal Comum.

PROCEDIMENTO
Visualizar detalhes de perfil de configuração de troncos
1. Em menu Estrutura > EG / ER > Perfis > Troncos (Figura 20), clique no ícone .
2. Abre-se a página Detalhes do Perfil (Figura 21), que mostra a atual configuração e
quais EGs/Enlaces utilizam este perfil.

1
Um perfil é um conjunto de configurações que são atribuídas aos troncos.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 47
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Estrutura
CAPÍTULO 3

Figura 21. Detalhes do Perfil

INFORMAÇÃO PÚBLICA 48
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Estrutura
CAPÍTULO 3

Serviços Associados
Clicando no menu Estrutura >EG / ER > Perfis > Serviços Associados será aberta a
página Perfis de Serviços Associados (Figura 22). Os serviços associados definem o ro-
teamento das chamadas na plataforma.

Na tabela Lista de Perfis de Serviços Associados, podem-se ver:

 Perfil: mostra a identificação do perfil de serviço associado.


 Processo Associado: indica o processo associado ao serviço.
 Serviço: apresenta o serviço.
 Ativo/Inativo: mostra se o serviço associado está ativo ou não. Este estado es-
tá relacionado diretamente com o estado do processo associado ao serviço.
 Troncos Ocupados: indica a quantidade de troncos que estão sendo utiliza-
dos para chamadas entrantes (entrada) e saintes (saída).
 Troncos Disponíveis: apresenta a quantidade de troncos disponíveis para en-
trada e saída.

Nessa página, podem-se excluir um ou mais perfis, conforme o procedimento a seguir.

PROCEDIMENTO
Excluir perfil de serviço associado
1. Em menu Estrutura > EG / ER > Perfis > Serviços Associados (Figura 22), seleci-
one o(s) perfis(s) que deseja excluir pela(s) caixa(s) de seleção .
2. Para excluir todos os perfis, marque a primeira caixa de seleção.
3. Clique em Excluir.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 49
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Estrutura
CAPÍTULO 3

Figura 22. Perfis de Serviços Associados

É possível também configurar um perfil. Se ele já existe, clica-se no ícone Exibir/Editar


. Se for um perfil novo, seleciona-se o botão Novo Perfil. Abre-se a página PERFIL DE
SERVIÇOS ASSOCIADOS (Figura 23) que, se o perfil existir, mostra a configuração atual do
serviço. Para um serviço novo, os campos estarão vazios.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 50
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Estrutura
CAPÍTULO 3

Figura 23. Perfil de Serviços Associados

PROCEDIMENTO
Editar perfil de serviço associado
1. Clique em menu Estrutura > EG / ER > Perfis > Serviços Associados > Edi-
tar/Exibir (Figura 22). Abre-se a página Perfil de Serviços Associados (Figura
23).
2. Preencha os campos referentes à configuração do serviço.
3. Para editar cifras, clique em Editar Cifras. Abre-se a página mostrada na figura a
seguir.
4. Para inserir cifras, clique sobre os botões que desejar. Para retirar, clique sobre o
botão com a letra “C”. A regra de sequência de cifras utilizada nesta página segue a

INFORMAÇÃO PÚBLICA 51
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Estrutura
CAPÍTULO 3

regra da sinalização MFC. Clique em Aplicar para a configuração realizada nessa


página ser passada para a página principal.
5. Depois de definir toda a configuração da página Perfil de Serviços Associados
(Figura 23), clique em Aplicar para enviá-la ao servidor.

Figura 24. Configuração das Cifras MFC

NOTA
A edição ou exclusão de um perfil de serviço associado pode comprometer o rotea-
mento das chamadas na plataforma.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 52
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Estrutura
CAPÍTULO 3

SINALIZAÇÃO
O item Sinalização permite visualizar as interfaces de comunicação configuradas no sis-
tema. Para acessá-lo, clique em menu ESTRUTURA > Sinalização > ISDN.

Na lista BRI, PRI e QSIG (Figura 25) são apresentadas seguintes informações sobre as
interfaces:

Figura 25. Sinalização ISDN

INFORMAÇÃO PÚBLICA 53
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Estrutura
CAPÍTULO 3

 EG responsável pela multiplexação dos links


 Enlace ao qual a interface está vinculada.
 Tipo de interface:
- PRI: normalmente utilizada por empresas na conexão com o STFC. Supor-
ta 30 canais.
- QSIG: utilizada na conexão com uma Rede Privada.
- BRI: normalmente utilizada na conexão de residências com o STFC. Supor-
ta 2 canais.
 Lado: REDE, interface da rede com terminais convencionais; ou USUARIO, in-
terface do usuário com a rede.
 Estado da Layer 1: indica se a interface física (camada física) está ativa ou
inativa.
 Estado da Layer 2: indica se a interface lógica (camada de enlace) está ativa
ou inativa, ou seja, indica se o sistema está, ou não, apto para comunicação.

Na lista TCP são apresentadas as seguintes informações sobre as interfaces:

 EG responsável pela multiplexação dos links.


 Enlace ao qual a interface está vinculada.
 Tipo: tipo de acesso.
 Lado: REDE, interface da rede com terminais convencionais; ou USUARIO, in-
terface do usuário com a rede.
 Conexão: indica se a conexão está ativa ou inativa.
 Conexão Física: indica se a conexão física está ativa ou inativa.
 Conexão Virtual: indica se a conexão virtual está ativa ou inativa.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 54
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Estrutura
CAPÍTULO 3

O link de uma interface BRI, PRI ou QSIG (Figura 25) abre a página Detalhes de Inter-
face (Figura 26), que apresenta os seguintes dados:

 Identificação da interface.
 Contadores:
- Quantidades de Frames Transmitidos: indica o número de pacotes que
estão sendo transmitidos. Serve para detectar defeitos, por exemplo, o sis-
tema pode estar transmitindo dados, mas não estar recebendo ou vice-
versa.
 Quantidade de Frames Recebidos: indica o número de pacotes que estão
sendo recebidos.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 55
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Estrutura
CAPÍTULO 3

Figura 26. Detalhes de Interface

 Quantidades de Bytes Transmitidos: este item é um complemento do item


Quantidade de Frames Transmitidos.
 Quantidade de Bytes Recebidos: este item é um complemento do item Quan-
tidades de Frames Recebidos.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 56
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Estrutura
CAPÍTULO 3

 Número de quedas do Layer2: a Layer2 pode estar ativa ou inativa. Este item
indica quantas vezes a camada transitou por estes dois estados. O estado ina-
tivo pode indicar algum problema com o hardware (ruídos), com a operadora,
modens ou cabos que estabelecem a conexão, etc. É esperado que este item
apresente um número baixo. O contrário indica que muitas chamadas estão
caindo.

Figura 27. Detalhes de Interface – TCP

Ao clicar em um link de uma interface TCP (Figura 25) abre-se a página Detalhes de In-
terface (Figura 27) com informações sobre a interface TCP selecionada

INFORMAÇÃO PÚBLICA 57
4
MENU SISTEMA
Por meio do menu SISTEMA (Figura 28), podem-se verificar Visão Geral do sistema, lista
de Licenças e Sites (opcional).

INFORMAÇÃO PÚBLICA 58
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Sobre este Documento
CAPÍTULO 4

Figura 28. Menu Sistema

VISÃO GERAL
Em menu Sistema > Visão Geral, são verificados a Identificação, as Características, a
Ocupação e o Estado do sistema.

Os itens visualizados são:

 Identificação:
- Nome: apresenta o nome da máquina.
- IP: indica o endereço IP da máquina na rede.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 59
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Sistema
CAPÍTULO 4

 Características:
- Processador: mostra o modelo, a velocidade e a frequência do processa-
dor.
- Tipo de disco: apresenta o tipo de disco.
- Memória Total: indica a quantidade de memória total do sistema.
- Sistema Operacional: apresenta o sistema operacional e a versão que está
rodando na plataforma.
- Partição mais Utilizada: mostra a partição com maior ocupação.
 Ocupação:
- Memória Utilizada: apresenta o percentual da memória utilizada pelo siste-
ma.
- CPU Livre: exibe a quantidade percentual de CPU livre, que pode ser usa-
da para outros processos.
 Estado:
- StartTime Tjun: dia da subida do processo Tjun.
- StartTime Tbxs: dia da subida do processo Tbxs.
- Uptime: tempo em que esses processos estão ativos.
- Versão Release: apresenta a versão da release do PABX instalado na pla-
taforma.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 60
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Sistema
CAPÍTULO 4

Figura 29. Visão Geral do Sistema

LICENÇAS
A página Lista de Licenças (Figura 30) apresenta as seguintes informações:
 Licença: descreve a licença.
 Quantidade: indica quantidade de licenças do recurso.
 Ícone: mostra se o recurso associado à licença está disponível (verde) ou
indisponível (vermelho).
 Quando um recurso está indisponível, um aviso é mostrado na barra de esta-

dos:

INFORMAÇÃO PÚBLICA 61
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Sistema
CAPÍTULO 4

Figura 30. Lista de Licenças

INFORMAÇÃO PÚBLICA 62
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Sistema
CAPÍTULO 4

SITES (OPCIONAL)
Site Contingência e Site Principal são duas estruturas físicas isoladas. Dentro de cada
uma dessas estruturas há o ECG reserva e o ECG ativo. São informados:

NOTAS
1) A funcionalidade Sites é opcional, controlada por licença.
2) O perfil user apenas visualiza a página SITES, ou seja, não consegue realizar
ações. Por isso, o botão Disponibilizar site para agentes é desabilitado.

 Estado do site: Indisponível ou Disponível para agentes.


 Estado da cópia de configuração: Aguardando ou Em andamento. Quando o
processo de cópia de configurações estiver executando um ciclo de cópia seu
estado será Em andamento. No caso em que o processo estiver parado,
aguardando o próximo ciclo, seu estado será Aguardando.
 Data da última cópia: informa o dia, mês e ano (dd-mm-aaaa) e horário em
que a última cópia de configurações foi realizada.
 Processo Gerenciador ativo desde: apresenta data e hora em que o proces-
so gerenciador do ECG tornou-se ativo.
 Versão Processo Gerenciador: mostra a versão (data e hora) e o tamanho do
processo gerenciador do ECG.
 CPU Livre: exibe a quantidade percentual de CPU livre.
 Memória Utilizada: representa o percentual da memória utilizada pelo sistema.
 Versão Release: versão da release do PABX instalado na plataforma.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 63
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Sistema
CAPÍTULO 4

Figura 31. Sites

INFORMAÇÃO PÚBLICA 64
5
MENU TELEFONIA
O menu Telefonia (Figura 32) dá acesso aos itens cuja função é resumida a seguir:
 Ramais: apresenta informações sobre os ramais da plataforma.
- Lista de Ramais: apresenta a lista de ramais cadastrados na plataforma e
os filtros de pesquisa; permite executar ações nos ramais e na caixa postal
(p. 69).
- Ramais associados: permite associar ramais para que toquem simultane-
amente ao entrar uma chamada (p. 121).
- Configurações padrão: permite configurar as funcionalidades da platafor-
ma PABX que serão o padrão de todos os ramais e também dos domínios
(caso existam) (p.123).
- Perfis de configuração: permite criar/editar perfis de configuração perso-
nalizados para serem aplicados em vários ramais simultaneamente (p.
126).
 Plataforma: permite visualizar as seguintes informações da plataforma:
- Contas: permite pesquisar as contas dos usuários do sistema (p. 134).
- Grupos: permite visualizar/criar/editar grupos de ramais (p. 137).
- Telefonistas: permite visualizar as telefonistas configuradas na plataforma
(p. 154).

INFORMAÇÃO PÚBLICA 65
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

- Identificação do PABX: permite verificar a identificação da plataforma


PABX (p.155).
- DDR: permite verificar a configuração das faixas DDR da plataforma (p.
157).
- Ramais Remotos: permite verificar as faixas de ramais locais e remotos da
plataforma. (p.158)
 Rotas permite configurar as rotas do sistema. (p.159)
- Mínimo de cifras: permite configurar o número mínimo de cifras que de-
vem ser discadas na geração de chamadas. (p. 159)
- Troncos Executivos: permite criar/editar regras para o redirecionamento
de chamadas (p. 161).
 Padrões de prefixos
- Saintes: permite configurar os prefixos saintes (p. 167)
- Entrantes: permite configurar os prefixos entrantes (p. 170)
 Temporizações: permite configurar as temporizações do sistema (p.173).
 Multi domínios (Opcional): permite criar/editar domínios para que os recursos
da plataforma possam ser divididos entre vários clientes, mantendo cada um
com as suas configurações específicas (p. 177).
 Código de funções: lista os códigos com os quais o usuário pode executar
ações via teclado do ramal (p. 188).
 Recursos: permite verificar informações sobre as funcionalidades:
- Recepcionista digital: permite verificar as recepcionistas digitais configu-
radas na plataforma (p. 189).
- Busca pessoa: permite verificar os ramais configurados com a facilidade
busca pessoa (p. 190).
- Callback Celular (opcional): permite criar/editar listas de números celula-
res cujos usuários farão chamadas pelo PABX, numa operação que reduzi-
rá custos com a chamada (p. 192).

INFORMAÇÃO PÚBLICA 66
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

- Correio de FAX (opcional): permite verificar a configuração geral de FAX


da plataforma (p. 202).
- DISA: permite verificar as configurações da facilidade DISA. (p.204)
- Fontes de música: permite verificar as fontes de música configuradas no
sistema (p. 207).
- Gravação de mensagens: permite verificar o ramal configurado para gra-
vação de mensagens e as frase de atendimento (p. 208).
- Números bloqueados (opcional): permite inserir e pesquisar números
bloqueados para recebimento ou geração de chamadas pelos ramais (p.
210).
- Sincronismo: permite visualizar as informações de sincronismo entre os si-
tes configurados com a solução de sincronismo e que compõem a rede
corporativa (p. 214).

INFORMAÇÃO PÚBLICA 67
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Figura 32. Menu Telefonia

INFORMAÇÃO PÚBLICA 68
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

RAMAIS
Permite visualizar informações sobre os ramais cadastrados na plataforma.

Lista de ramais
O item Lista de Ramais permite pesquisar ramais, visualizar sua configuração e execu-
tar as ações sobre eles.

A Lista de ramais (Figura 33) apresenta o Ramal, o Domínio a que ele pertence, o Perfil
aplicado, o Tipo do ramal (digital, analógico ou VoIP), a Placa de ramais, o Circuito e a
Porta a qual o ramal está associado.

Na lista de ramais também é possível:

 editar/exibir as configurações do ramal por meio do ícone ; ou

 após selecionar o(s) ramal(is) desejado(s), acessar a caixa


para executar as seguintes ações (depois de escolher a ação, lembre-se de cli-
car em OK para validá-la):
RAMAL
- Limpar as configurações personalizadas do ramal: atribui ao ramal a
configuração padrão do sistema. Caso ele esteja em algum perfil/domínio,
atribui ao ramal a configuração desse perfil/domínio.
- Reiniciar senha: cancela a senha do ramal e volta para a senha padrão do
sistema (4567).

INFORMAÇÃO PÚBLICA 69
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Figura 33. Ramais da plataforma

- Bloquear ramal (total): deixa o ramal inoperante, impedindo-o de receber


e gerar chamadas internas e externas.
- Desbloquear ramal: o ramal passa a operar normalmente de acordo com
as suas configurações anteriores ao bloqueio.
- Permutar: permite permutar ramais. Essa opção abre uma janela para in-
serção dos ramais a serem permutados. A permutação de ramais é útil, por
exemplo, quando um usuário precisa trocar de mesa mas quer permanecer
com o mesmo número de ramal.
- Excluir: permite excluir ramais.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 70
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

CAIXA POSTAL (opcional)


- Reiniciar senha da caixa postal: caso um usuário esqueça sua senha, por
esse comando, o administrador pode cancelar a senha personalizada da
caixa postal do ramal, atribuindo-lhe a senha padrão do sistema (4567).
- Apagar recados armazenados na caixa postal do ramal.

 Os botões permitem navegar entre as páginas do resul-


tado.

Filtros de pesquisa de ramais


Os filtros de pesquisa permitem limitar a quantidade de ramais que será exibida na Lista
de Ramais (Figura 33). Depois de selecionar os filtros descritos a seguir, clique em Fil-
trar para efetuar a busca ou em Limpar filtro para apagá-los e fazer nova busca.

 Ramal: digite os números dos ramais desejados, separando-os por ponto e


vírgula (ex.: 2000;2004;2012), ou digite uma faixa de ramais, colocando um hí-
fen entre o primeiro e o último ramal (ex.: 2000-2012).
 Por domínio: ao selecionar este item, será apresentada uma caixa de seleção
para escolha do domínio (este item aparecerá somente se a facilidade Domí-
nios, que é opcional, estiver configurada).
 Por Perfil: ao selecionar este item, será apresentada uma caixa de seleção pa-
ra escolha do perfil.
 Por configuração: este item apresenta dois outros filtros que permitem refinar
a busca nos quais, por exemplo, pode-se definir que a configuração a ser bus-
cada é todos os ramais que estão com Prefixos bloqueados (ver Figura 33).
Também é possível adicionar outros filtros à busca, para isso, clique em

INFORMAÇÃO PÚBLICA 71
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Acrescentar filtro; ou em Remover, ao lado do respectivo filtro, para removê-


lo.
 Por placa: este item permite filtrar os ramais pela placa de ramais a qual eles
estão conectados.
 Monitoração de áudio: permite filtrar os ramais que possuem configuração de
monitoração de áudio.
 Linha de emergência: permite filtrar os ramais que possuem configuração de
linha de emergência.
 Itens por página: este filtro permite limitar o número de ramais que serão
apresentados em cada página.

Novo Ramal
O botão Novo Ramal, da página Ramais da plataforma (Figura 33), permite incluir um
ramal ou uma faixa de ramais.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 72
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

NOTA
O sistema PABX tem capacidade para suportar até 7.999 ramais, dependendo da
arquitetura de placas de ramais e troncos adquiridos pelo cliente.

Figura 34. Novo Ramal

INFORMAÇÃO PÚBLICA 73
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

PROCEDIMENTO
Incluir ramal ou faixa de ramais
1. Pode-se incluir um ramal de cada vez ou inserir uma faixa de ramais. Para incluir
apenas um ramal, informe o número do ramal no campo Ramal. Para incluir uma
faixa de ramais, selecione a opção Criar faixa de ramais. Será habilitada uma nova
caixa de texto para inserção da faixa de ramais:

NOTA
O sistema permite a inclusão de ramais que tenham de 1 a 8 cifras. Exemplo
de ramais: 2000, 12345, 445566, 1234567, 50607080.
Para visualizar/criar/editar ramais com mais de 4 cifras é obrigatório o uso da
interface NGC Explorer.

2. Clicando em Verificar disponibilidade é possível verificar a disponibilidade do ramal,


ou seja, verificar se ele já foi criado no sistema.
3. Selecione a Placa de ramal correspondente.
4. Em Circuito deve ser informado o circuito do ramal. Caso esse campo seja deixado
em branco o sistema escolherá um circuito livre.
5. Clique em Salvar para validar a inclusão.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 74
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

NOTA
Se for criado um ramal com número ou circuito existente, estes terão suas
configurações substituídas.

Configuração Geral do Ramal


As informações do ramal são acessadas pelo menu TELEFONIA > Ramais > Lista de Ra-
mais> ícone do ramal desejado. Será apresentada, por exemplo, a Figura 35.

Figura 35. Configuração geral do ramal

INFORMAÇÃO PÚBLICA 75
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Essa tela permite ao usuário visualizar e, também, alterar informações gerais do ramal
como: número, perfil e placa/circuito.

Para alterar o número do ramal, leia o procedimento a seguir.


PROCEDIMENTO
Editar informações do ramal
1. Na página CONFIGURAÇÕES DO RAMAL (Figura 35), clique no botão Editar informa-
ções do ramal para abrir a janela de alteração:

Figura 36. Editar configuração do ramal

2. Altere o número do ramal conforme desejado.


3. Caso deseje alterar ou atribuir um perfil para o ramal, selecione a opção desejada
na caixa de listagem Perfil. Há quatro tipos de configurações possíveis para o ra-
mal: da plataforma, do perfil, do domínio (opcional) e personalizada. A configuração
personalizada se sobrepõe à configuração do perfil, que se sobrepõe à configuração
do domínio, que se sobrepõe à configuração da plataforma.
4. Para substituir as configurações personalizadas do ramal pelas do perfil, marque a
opção “Limpar as configurações personalizadas”.
5. Clique em OK para salvar a configuração ou em Cancelar para não salvá-la.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 76
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Para alterar a placa ou o circuito do ramal, leia o procedimento a seguir.

PROCEDIMENTO
Alterar placa/circuito do ramal
1. No campo Características físicas do ramal, clique no botão do item Pla-
ca/Circuito abrir a janela de alteração:

Figura 37. Configuração do ramal

2. Altere a placa e o circuito do ramal de acordo com a distribuição física dos ramais na
placa e conforme a configuração do PABX.

NOTA
Se a placa e/ou o circuito forem alterados, a configuração anterior será perdida.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 77
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Chamadas
A configuração das Chamadas do ramal é feita pelo menu TELEFONIA > Ramais > Lista
de Ramais> ícone do ramal desejado > Chamadas. Será apresentada, por exemplo,
a Figura 38, na qual são apresentadas as Informações do ramal e os itens de configura-
ção das Chamadas saintes e Chamadas entrantes.

A configuração aplicada no item é indicada pela caixa e também pe-


la cor do item, explicada na Legenda :

 Indica que o item segue a configuração padrão da plataforma (ou do domí-


nio).
 Indica que o item segue a configuração do perfil.
 Indica que o item segue a configuração personalizada para o ramal.
 - o traço indica que o item está desabilitado ou não configurado.

ATENÇÃO
Para configurar a funcionalidade especificamente para o ramal, a caixa de seleção
deve ser selecionada como Personalizada.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 78
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Figura 38. Configuração das chamadas

PROCEDIMENTO
Configurar chamadas saintes
1. Clique em menu TELEFONIA > Ramais > ícone do ramal desejado > Chamadas.
2. Para alterar um item, escolha a configuração na caixa de seleção . As
opções podem variar entre Personalizada, Perfil, Domínio ou Plataforma, dependen-
do das configurações do ramal.
3. Clique na caixa de seleção dos itens, descritos a seguir, para ativá-lo no ramal.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 79
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

 Bloqueio de chamadas externas saintes: impede o ramal de gerar chamadas


externas.
 Via rota zero: permite que o ramal gere chamadas pela rota zero.
 Via rota especial: permite que o ramal gere chamadas pela rota especial.
 Via rota executiva: permite que o ramal gere chamadas pela rota executiva.
 Acesso DDI: permite que o ramal gere chamadas de Discagem Direta Interna-
cional.
 Acesso local fixo: permite que o ramal gere chamadas locais para telefones
fixos.
 Acesso local celular: permite que o ramal gere chamadas locais para celular.
 Acesso DDD fixo: permite que o ramal efetue chamadas de Discagem Direta a
Distância para telefones fixos.
 Acesso DDD celular: permite que o ramal efetue chamadas de Discagem Di-
reta a Distância para celulares.
 Padrão de prefixos bloqueados: selecione a configuração personalizada e
clique no ícone . Será aberta uma página na qual deverá ser selecionado o
grupo (01, 02, 03 etc.) que contém os prefixos para os quais o ramal não pode-
rá gerar chamadas.
 Controle de chamadas pela lista de números bloqueados: quando o ramal
efetuar uma chamada para um número que esteja presente nessa lista, a cha-
mada será derrubada.
 Controle de chamadas pela lista de números liberados: quando o ramal
efetuar uma chamada para um número que esteja presente nessa lista, a cha-
mada não será tarifada.
 Acesso a outro ramal: permite que o ramal ligue para outros ramais.
 Rota alternativa para chamada externa: permite que o ramal gere chamadas
externas via rota alternativa.
 Ramal envia sua identidade (DDR): o número que aparecerá nos aparelhos
de bina (que exibem o número chamador na tela) será o número do ramal pro-
priamente dito, e não o número piloto do sistema, utilizado pela telefonista.
 Aviso em chamadas com controle de tempo (opcional): selecione a configu-

INFORMAÇÃO PÚBLICA 80
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

ração personalizada e clique no ícone . Será aberta uma caixa de diálogo na


qual deverá ser selecionado o tipo de aviso que será emitido se o ramal ultra-
passar o tempo máximo de duração da chamada:
− Desativado: o ramal não recebe aviso de controle de tempo.
− Com Bip: o ramal recebe bips periódicos de acordo com o tempo configu-
rado no sistema.
− Com liberação: o ramal recebe apenas um bip e a chamada é derrubada.
Imediatamente após ser derrubada, o ramal pode gerar nova chamada
para o mesmo número.
− Com liberação e bloqueio da chamada por determinado tempo: o ra-
mal recebe um bip e a chamada é derrubada. O sistema não permitirá,
durante um tempo configurado no sistema, que o ramal gere uma nova
chamada para o número com o qual estava falando.
− Com alarme: o sistema gerará um alarme no Sistema de Alarmes.
 Linha de Emergência: permite configurar o sistema para gerar chamadas
emergenciais, ou seja, acessar ramais ou telefones externos sem a necessida-
de de utilização das teclas do telefone, devendo retirar o fone do gancho e
aguardar o tempo, pré-configurado, para que seja gerada a chamada. Clique
no ícone será aberta uma caixa de diálogo na qual é possível:
− Ativar a linha de emergência.
− Configurar o destino da linha de emergência: um ramal ou um número ex-
terno.
− Configurar o tempo de espera (em segundos) antes de transferir a cha-
madapara a linha de emergência.
− Configurar a rota de saída das chamadas, a mensagem a ser veiculada
no destino e quantas vezes o sistema tentará gerar chamadas para o nú-
mero configurado. Essa configuração é habilitada apenas quando o desti-
no é um número externo.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 81
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

OBS.: Quando for configurada uma mensagem, não será estabelecida uma chamada
entre origem e destino. O ramal Linha de Emergência será liberado e o destino ouvirá a
mensagem após atendimento.

NOTA
Caso tente mudar de aba antes de Aplicar a configuração, o sistema emitirá a men-
sagem, na parte superior da página: “Você deve clicar em Aplicar para salvar as alte-
rações.”, e aparecerá, ao lado, o botão Aplicar agora.

PROCEDIMENTO
Configurar chamadas entrantes
1. Clique em menu TELEFONIA > Ramais > Lista de Ramais > ícone do ramal dese-
jado > Chamadas.
2. Para alterar um item, escolha a configuração na caixa de seleção . As
opções podem variar entre Personalizada, Perfil, Domínio ou Plataforma, dependen-
do da configuração do ramal.
3. Clique na caixa do item para ativá-lo no ramal. Os itens são descritos a seguir.
 Bloqueio de chamadas externas entrantes: impede que o ramal receba chama-
das externas.
 Recebe chamadas DDR: habilita o ramal a receber chamadas externas, sem a in-
tervenção da telefonista.
 Recebe chamadas saintes transferidas: habilita o ramal a receber chamadas
saintes transferidas por outros ramais.
 Recebe chamadas entrantes transferidas: habilita o ramal a receber chamadas
entrantes transferidas por outros ramais.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 82
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

 Grupo de prefixos liberados/bloqueados: selecione a configuração personaliza-


da, clique no ícone e indique o grupo de prefixos que deverá ser liberado ou
bloqueado para gerar chamada ao ramal:
− Liberação: o ramal receberá chamadas somente de prefixos presentes no grupo
selecionado.
− Bloqueio: o ramal não receberá chamadas do grupo de prefixos presentes no
grupo selecionado.
 Bloqueio DDC: impede o ramal de receber chamadas de Discagem Direta a Co-
brar. Para isso, selecione a configuração personalizada e clique no ícone . Será
aberta uma página com todas as chamadas selecionadas. Para bloquear apenas
alguns tipos de chamadas, desmarque a caixa Para todas as chamadas (Figura
39).
− Selecione os tipos de origem (celulares locais, celulares DDD, fixos locais, fixos
DDD, fixos DDI) dos quais o ramal não receberá chamadas a cobrar.
− Em Números que não serão bloqueados, digite o DDD e o Telefone – é possí-
vel cadastrar até 300 números – dos números que são exceção ao tipo configu-
rado, por exemplo, a Figura 39 informa que o ramal não pode receber chama-
das a cobrar de celulares DDD, porém, o número (33)9999-9999 é uma exce-
ção e o ramal poderá receber chamadas a cobrar do celular indicado. Clique
em OK para salvar a configuração.
4. Clique em Aplicar para salvar a configuração.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 83
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Figura 39. Configuração do ramal – bloqueio DDC

Atributos
A configuração dos Atributos do ramal é feita pelo menu TELEFONIA > Ramais > Lista de
Ramais > ícone do ramal desejado > Atributos. Será apresentada, por exemplo, a
Figura 40.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 84
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

NOTA
Há quatro tipos de configurações possíveis para o ramal: da plataforma, do perfil, do do-
mínio e personalizada. A configuração aplicada no item é informada pela caixa ao seu
lado e também pela sua cor (saiba mais na página 79).

A Figura 40 apresenta as Informações do ramal e alguns itens de configuração. Para fa-


cilitar a descrição de todos os itens, eles estão separados em seções nas páginas se-
guintes.

 Atributos básicos (p. 85).  Configurações associadas a calen-


 Operação (p. 92). dário (p. 97).
 Discagem (p. 94).  Captura (p. 98).
 Permissões (p. 94).  Mensagem/SMS (p. 98).
 Atributos de chamada (p. 97).  Intercalação (p. 99).
 Monitoração (p. 99).

Atributos básicos
A configuração dos Atributos Básicos do ramal pode ser feita pelo menu TELEFONIA >
Ramais > Lista de Ramais > ícone do ramal desejado > Atributos > Atributos bási-
cos, cujos itens são descritos a seguir.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 85
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Figura 40. Configuração dos Atributos do ramal

 Identificação de chamadas (BINA) (opcional): ativa o identificador de chama-


das em ramais analógicos.
 Idioma das mensagens de interação do sistema: selecione a configuração
personalizada, clique no ícone para editar o item, escolha o idioma das
mensagens que serão vocalizadas no sistema e clique em OK para confirmar.
 Relógio ponto (opcional): permite configurar o número do relógio para controle
de entrada e saída de funcionários do ramal ou faixa de ramais. Selecione a

INFORMAÇÃO PÚBLICA 86
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

configuração personalizada, clique no ícone , escolha o Relógio ponto e cli-


que em OK para confirmar.
 Controle CTI: habilita uso de facilidades CTI no ramal como, por exemplo, o
uso dos aplicativos VirtualFone, EasyCall Agent e aplicações de integradores.

 Chefe/Secretária: permite configurar, pelo ícone , se o dispositivo atuará


como um ramal normal, como um Ramal Chefe ou como um Ramal Secretária.
ATENÇÃO
Os ramais selecionados para secretárias serão configurados automatica-
mente se ainda não estiverem configurados.

Nas páginas a seguir, estão descritos os procedimentos para configurar esses


ramais a partir da interface do administrador. Na página 116 está descrito o
procedimento para configurar o Ramal Chefe a partir da interface do usuário do
ramal.

PROCEDIMENTO
Configurar Ramal Chefe
1. Clique em menu Telefonia > Ramais > Lista de Ramais > ícone do ramal de-
sejado > Atributos > Atributos básicos > ícone Chefe/Secretária. Será aberta
a Figura 41.
2. Em Categoria, selecione a categoria que será atribuída ao ramal: Chefe.
3. Em Lista de ramais das secretárias, digite o(s) ramal(is) que está(ao) configura-
do(s) como Secretária.
4. Clique em Incluir para adicioná-lo ou selecione-o e clique em Excluir para retirá-lo
da lista.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 87
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

5. Caso deseje que os ramais das secretárias toquem simultaneamente ao entrar uma
chamada cujo acesso não será direto ao Ramal Chefe, selecione a caixa “Tocar si-
multaneamente os ramais das secretárias.”
6. Em Transferir para secretária, selecione o tipo de transferência desejada:
 Não transferir chamadas para secretária.
 Transferir toda7s as chamadas para a secretária, com exceção dos números infor-
mados em Telefones com acesso direto ao chefe (opcional).
 Transferir somente as chamadas internas.
 Transferir somente as chamadas externas.

Figura 41. Configuração do ramal-chefe

INFORMAÇÃO PÚBLICA 88
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

7. Em Telefones com acesso direto ao chefe (esta funcionalidade é opcional), sele-


cione Telefone para cadastrar um número externo ou Ramal para cadastrar um nú-
mero interno.
8. Digite o ramal ou o DDD e o número do telefone externo, conforme selecionado an-
teriormente.
9. Clique em Incluir para adicioná-lo ou selecione-o e clique em Excluir para retirá-lo
da lista.
10. Clique em OK para salvar as configurações.
Obs.: Na página 116 está descrito o procedimento para configurar o Ramal Chefe a par-
tir da interface do usuário do ramal.

PROCEDIMENTO
Configurar Ramal Secretária
1. Clique em menu Telefonia > Ramais > Lista de Ramais > ícone do ramal de-
sejado > Atributos > Atributos básicos > ícone de Chefe/Secretária.
2. Será aberta uma página na qual deverá ser escolhida a opção Secretária. Será, en-
tão, apresentada a Figura 42.
3. Digite o ramal-chefe.
4. Clique em Incluir para adicioná-lo à lista ou
5. Selecione-o e clique em Excluir para retirá-lo dela.
6. Clique em OK para salvar a configuração.
7. Clique em Aplicar para salvar a configuração feita na página.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 89
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Figura 42. Configuração do ramal-secretária

 Cancelador de eco para telefone digital: permite cancelar ecos na funcionali-


dade viva-voz das chamadas de telefone digital, para isso, clique no ícone
e selecione uma das opções (essas opções variam de acordo com o tipo do te-
lefone digital utilizado):
- Nenhum: o cancelador de eco será desativado.
- Acústico e de linha: cancela o eco acústico e o de linha – indicado para
chamadas entre telefones digitais, e entre analógicos e digitais.
- Acústico: cancela o eco acústico – indicado para chamadas entre telefo-
nes digitais.
 Correio de FAX: essa facilidade é opcional e permite a transmissão de arqui-
vos de fax de forma digitalizada por meio do VirtualFone e recepção de faxes
por e-mail, sem o uso do aparelho de fax convencional. Essa opção permite
configurar uma caixa de fax para ramais normais ou virtuais. Clique no ícone
será aberta a Figura 44. O correio de fax é habilitado por meio da opção

INFORMAÇÃO PÚBLICA 90
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Possui Correio de Fax, que apresenta os seguintes campos para preenchi-


mento:

Figura 43. Possui Correio de Fax

Figura 44. Configuração do ramal – Correio de fax

INFORMAÇÃO PÚBLICA 91
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

 E-mail para envio do fax: endereço de e-mail para o qual será enviado o ar-
quivo de fax recebido e, também, os e-mails sobre o estado da transmissão
dos faxes enviados. Deve ter a seguinte estrutura: nomeeletro-
nico@host.subdomínio.domínio.
 Quantidade máxima de fax: a quantidade máxima de recepção de FAX dese-
jada. Por default esse campo é configurado com o valor “0” e seu preenchimen-
to é obrigatório.
 Modo de operação: define o modo de operação da caixa de fax:
- Somente enviar: habilita apenas o envio de fax pelo ramal.
- Somente receber: habilita apenas o recebimento de fax pelo ramal.
- Enviar e receber: habilita o envio e recebimento de fax pelo ramal.
 Programação: define as programações de fax do ramal:
- Sempre enviar sinal de fax: configura o envio do sinal de fax sempre que
o ramal receber uma chamada.
- Transferir para fax chamadas quando o ramal não responder: o sistema
transferirá as chamadas não atendidas para o fax.
- Transferir para fax chamadas quando linha ocupada: sempre que a li-
nha estiver ocupada, o sistema transferirá a chamada para o fax.

Operação
A configuração do modo de Operação do ramal pode ser feita pelo menu TELEFONIA >
Ramais > Lista de Ramais > ícone do ramal desejado > Atributos > Operação, cujos
itens são descritos a seguir.
 Ramal é fax modem: ativa o ramal para que ele opere como fax modem.
 Modo de operação: selecione a configuração personalizada, clique no ícone
o item e escolha o Modo de Operação do ramal:

INFORMAÇÃO PÚBLICA 92
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

- Normal: o usuário atende a chamada normalmente quando o ramal ringa.


- Fora do gancho com atendimento automático: o ramal receberá dois
bips antes de a chamada ser atendida automaticamente.
- Fora do gancho com atendimento manual: esse tipo de operação é utili-
zado quando o ramal possui uma interface (EasyCall Agent ou VirtualFone)
para o atendimento de chamadas. Assim, quando entrar uma nova chama-
da, o ramal receberá dois bips e o usuário deverá atendê-la pela interface;
ou seja, o usuário tem o controle de quando a chamada será atendida.
- Bloquear teclado quando em grupo DAC: selecione esta caixa para blo-
quear o teclado do ramal quando o usuário estiver logado via CTI em um
grupo DAC. Esta funcionalidade estará disponível apenas quando for sele-
cionada uma das opções: Fora do gancho com atendimento automático, ou
Fora do gancho com atendimento manual.

NOTA
Esta funcionalidade não se aplica a ramais digitais, VOIP's e portas (DECT, FXS,
etc.); somente a ramais analógicos.

 Tipo de discagem: os tipos de discagem do aparelho telefônicos são:


- Tom: sequência de tons com frequência definida. Esse tipo de discagem
completa a chamada mais rapidamente que a discagem por pulso.
- Pulso: os pulsos podem ser percebidos como “toques”, por exemplo, ao
discar o número 7, o usuário ouvirá sete “toques” ao monofone. A discagem
por pulso é mais lenta que a por tom. Algumas centrais telefônicas mais an-
tigas aceitam somente a discagem por pulso.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 93
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

 Fonte de música: selecione a configuração personalizada, clique no ícone


para editar a fonte e escolha a música a ser veiculada para as chamadas em
espera no ramal. Para utilização de fontes de música é necessária a aquisição
de licenças.

Discagem
A configuração da Discagem do ramal pode ser feita pelo menu TELEFONIA > Ramais >
Lista de Ramais > ícone do ramal desejado > Atributos > Discagem, cujos itens são
descritos a seguir.
 Discagem abreviada restrita: permite que o ramal faça discagem abreviada,
via teclado, para números cadastrados no PABX independente da configuração
feita no procedimento Configurar chamadas saintes descrito na página 79
(saiba mais sobre os códigos para discagem via teclado em Códigos de fun-
ções, página 188).
 Discagem abreviada particular: permite que o ramal faça discagem abrevia-
da, via teclado, para números externos cadastrados pelo próprio ramal. O
PABX gerará a chamada de acordo com as configurações feitas para o ramal
no procedimento Configurar chamadas saintes descrito na página 79 (saiba
mais sobre os códigos para discagem via teclado em Códigos de funções, pá-
gina 188).

Permissões
A configuração das Permissões do ramal pode ser feita pelo menu TELEFONIA > Ramais >
Lista de Ramais > ícone do ramal desejado > Atributos > Permissões, cujos itens
são descritos a seguir.
 Acesso ao ramal de busca-pessoa: permite que o ramal acesse a funcionali-
dade busca-pessoa (opcional).

INFORMAÇÃO PÚBLICA 94
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

 Acesso prioritário à fila da telefonista: prioriza o ramal na fila da telefonista,


fazendo com que seja atendido antes dos outros ramais da fila.
 Acesso ao estacionamento: permite que o ramal encaminhe chamadas para
o estacionamento. As chamadas estacionadas recebem mensagem institucio-
nal ou música até o momento em que forem recuperadas.
 Permissão para se ausentar do grupo: permite que o ramal ausente-se do
grupo no qual está cadastrado. Quando o ramal está ausente, ele não recebe
chamadas encaminhadas pelo ramal chave do grupo, seja qual for o tipo de
grupo ao qual ele pertença.
 Permissão para gerar chamadas externas a partir de um número externo
(DISA) (opcional): permite que o usuário da conta acesse o sistema externa-
mente para gerar chamadas como se estivesse dentro da empresa. A tarifação
e a permissão para gerar chamadas DDD, DDI, bloqueios de números disca-
dos etc. dependerá da configuração feita para a conta.

ATENÇÃO
A configuração da facilidade DISA deve ser realizada com observância aos procedi-
mentos de segurança, sob pena de a facilidade não alcançar os benefícios deseja-
dos, ser utilizada de forma indevida ou maliciosa e gerar prejuízos ao administrador.

 Permissão para realizar conferência (opcional): permite que o ramal realize


conferências.
 Permissão para realizar programação via ramal: permite que seja possível
programar funcionalidades no ramal via teclado. Saiba mais sobre os códigos
das funcionalidades em Código de Funções, na página 188.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 95
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

 Permissão para gravar própria chamada: permite que o ramal grave suas
chamadas. O usuário poderá iniciar e finalizar a gravação da conversação efe-
tuando uma programação via ramal.
 Permitir que o PABX efetue uma nova chamada para o usuário quando um
destino ocupado ficar livre (Rechamada), por exemplo, o usuário efetua uma
chamada para um número destino que está ocupado. Caso o ramal esteja con-
figurado com essa funcionalidade, após um determinado tempo, se o ramal não
for desligado, ele ouvirá a mensagem “A rechamada foi programada com su-
cesso”, e quando o número destino ficar livre, a rechamada será feita automati-
camente.
 Permitir que o PABX efetue uma nova chamada para o destino quando es-
te ficar livre (Rechamada Invertida): permite configurar o ramal para que faça
a rechamada automaticamente sempre que fizer uma chamada e o número
destino estiver indisponível. Primeiramente, o número destino será chamado e,
depois que ele atender, o ramal irá tocar.
 Máximo de tentativas para rechamada para números externos: se desejar,
selecione a configuração personalizada, clique no ícone para editar o item,
digite o número de tentativas de rechamada e clique em OK para salvar a con-
figuração.

NOTA
A reprogramação de rechamada para número externo será realizada sempre que o
número destino estiver ocupado até atingir o número máximo de rechamada configu-
rado.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 96
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Atributos de chamada
A configuração dos Atributos de chamada do ramal pode ser feita pelo menu TELEFONIA >
Ramais > Lista de Ramais > ícone do ramal desejado > Atributos > Atributos da
chamada, cujos itens são descritos a seguir.
 Transferência entre chamadas externas: permite transferir uma chamada ex-
terna recebida pelo ramal para um número externo.
 Pode transferir chamadas do grupo para um ramal fora do grupo: permite
que o ramal transfira chamadas para ramais fora do grupo a que ele pertence.
 Proteção para dados: ao ativar este item, o ramal será protegido contra aces-
sos que possam prejudicar a transmissão/recepção de dados. Ao ativar este
item, será apresentada a mensagem “Atenção! A ativação deste campo impli-
cará na ausência de sinalização acústica na linha.”

Configurações associadas a calendário


As Configurações do ramal associadas a calendário pode ser feita pelo menu TELEFONIA
> Ramais > Lista de Ramais > ícone do ramal desejado > Atributos > Configura-
ções associadas a calendário, cujos itens são descritos a seguir.
 Perfil de configuração de acordo com calendário: quando o ramal estiver fo-
ra do horário de atendimento definido no calendário, o ramal assumirá as con-
figurações do Perfil selecionado (saiba mais sobre Perfis de configuração a
partir da página 121). Para isso, selecione a configuração personalizada, clique
no ícone para editar o item, selecione o calendário e o perfil de configura-
ção desejados e clique em OK para salvar a configuração. Se um perfil de con-
figuração estiver ativo para o ramal, será apresentada uma mensagem infor-
mando o Perfil e o Calendário que estão sendo utilizados.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 97
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

 Desvio de chamada de acordo com calendário: quando o ramal estiver fora


do horário de atendimento definido no calendário, é possível desviar as cha-
madas para outro ramal, para isso, selecione a configuração personalizada,
clique no ícone , selecione o calendário e o ramal para o qual as chamadas
serão desviadas e clique em OK para salvar a configuração.

Captura
A configuração da Captura do ramal pode ser feita pelo menu TELEFONIA > Ramais > Lis-
ta de Ramais > ícone do ramal desejado > Atributos > Captura, cujos itens são
descritos a seguir.
 Proteção para não ser capturado por outro ramal: impede que as chamadas
direcionadas ao ramal sejam capturadas por outro ramal.
 Permissão para capturar outro ramal: permite que o ramal capture chama-
das direcionadas a outro ramal.

Mensagem/SMS (Opcional)
A configuração das Mensagens/SMS (opcional) do ramal pode ser feita pelo menu TELE-
FONIA> Ramais > Lista de Ramais > ícone do ramal desejado > Atributos > Mensa-
gem/SMS, cujos itens são descritos a seguir.
 Envio para ramal: permite que o ramal envie mensagens/SMS para outro ra-
mal.
 Envio para celular: permite que o ramal envie mensagens/SMS para celula-
res. Essas mensagens são tarifadas.
 Recebimento: permite que o ramal receba mensagens/SMS.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 98
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Intercalação
A configuração da Intercalação do ramal pode ser feita pelo menu TELEFONIA > Ramais >
Lista de Ramais > ícone do ramal desejado > Atributos > Intercalação, cujos itens
são descritos a seguir.
 Permissão para ser intercalado: permite que o ramal seja intercalado por ou-
tros ramais.
 Permissão para intercalar ramal: permite que o ramal intercale outros ramais.

ATENÇÃO
Clique em Aplicar para salvar as configurações antes de sair da página.

Monitoração
A configuração de Monitoração do ramal pode ser feita pelo menu TELEFONIA > Ramais >
Lista de Ramais > ícone do ramal desejado > Atributos > Monitoração, cujos itens
são descritos a seguir.
 Ramais monitorados pelo ramal: permite configurar/editar os ramais que se-
rão monitorados pelo ramal. Clique no ícone para editar o item, efetue a
configuração desejada e clique em OK para salvá-la.
 Ramais que monitoram o ramal: permite configurar/editar os ramais que mo-
nitoram o ramal. Clique no ícone para editar o item, efetue a configuração
desejada e clique em OK para salvá-la.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 99
DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

NOTA
Somente poderá alterar essa configuração o operador que possuir permissão.

Caixa Postal (Opcional)


A configuração da Caixa Postal (funcionalidade opcional) do ramal é feita pelo menu TE-
LEFONIA > Ramais > Lista de Ramais > ícone do ramal desejado > Caixa Postal. Se-
rá apresentada, por exemplo, a Figura 45, na qual são apresentadas as Informações do
ramal e os itens de configuração das Funções diversas (p. 101) e do Gerenciamento de
recados (p. 103), descritos nas seções a seguir.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 100


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Figura 45. Configuração da Caixa Postal do ramal

Funções diversas
A configuração das Funções diversas da Caixa Postal do ramal é feita pelo menu TELE-
FONIA> Ramais > Lista de Ramais > ícone do ramal desejado > Caixa Postal > Fun-
ções diversas, cujos itens são descritos a seguir.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 101


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

 Habilita Caixa Postal: ative este item para habilitar a Caixa Postal e permitir
que os demais itens sejam configurados.
 Navegação pela caixa postal: este item ativa, na Caixa Postal do ramal, um
menu de navegação que antecede o encaminhamento da chamada para o Cor-
reio de Voz. Assim, o chamador poderá escolher entre ir para o ramal da tele-
fonista, acessar outro ramal ou gravar a mensagem na caixa postal. A URA vo-
calizará as seguintes frases:
- O número chamado não pode atender no momento.
- Para gravar mensagem, aguarde ou tecle asterisco (*).
- Para falar com outro ramal, disque o número desejado.
- Para falar com a operadora/telefonista, disque sustenido (#).
 Mensagem introdutória ao recado recebido: ativa a mensagem que é vocali-
zada antes de ouvir o recado deixado pelo chamador, para personalizá-la, se-
lecione a configuração personalizada, clique no ícone , selecione uma das
opções a seguir e clique em OK:
- Apenas Data: informa a data e hora que o recado foi gravado.
- Data e Identidade: informa a data e hora que o recado foi gravado e o nú-
mero do telefone de quem o gravou.
 Mensagem de saudação: permite personalizar a mensagem de saudação da
caixa postal do ramal, para isso, selecione a configuração personalizada, clique
no ícone para editar o item, digite o número da mensagem personalizada e
clique em OK para salvar a configuração.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 102


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Gerenciamento de recados
A configuração do Gerenciamento de recados da Caixa Postal do ramal é feita pelo me-
nu TELEFONIA > Ramais > Lista de Ramais > ícone do ramal desejado > Caixa Pos-
tal > Gerenciamento de recados, cujos itens são descritos a seguir.
 Gravação de recados: ative este item para que os recados sejam gravados na
Caixa Postal. Caso esta opção não esteja ativada, após a mensagem de sau-
dação vocalizada pela URA ou gravada pelo usuário, a chamada será finaliza-
da e o chamador não gravará o recado.
 Tempo máximo para gravação de um recado: selecione a configuração per-
sonalizada, clique no ícone , digite o tempo máximo em segundos de dura-
ção do recado e clique em OK para salvar a configuração. O tempo máximo
disponível para gravação de recados é 600 segundos.

 Endereço de e-mail para envio de recado como anexo: clique no ícone


para editar o item, digite o e-mail para onde será encaminhado o recado e cli-
que em OK para salvar a configuração.

NOTA
A mensagem anexa pode possuir a data, a hora, a identidade do chamador e a res-
pectiva mensagem ou somente a data, a hora e a identidade do chamador, conforme
a configuração.

 Cria cópia do recado no servidor (por ordem judicial): ativando este item,
todas as mensagens deixadas na caixa postal serão gravadas em arquivos e
em backup. O sistema não cessará a gravação das mensagens enquanto essa

INFORMAÇÃO PÚBLICA 103


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

caixa de opção não for desativada, independentemente da configuração máxi-


ma de mensagens configurada no item Quantidade máxima de recados grava-
dos. Para utilizar as mensagens gravadas, é necessário entrar em contato
com o Serviço de Suporte ao Cliente (SSC) da Dígitro.

NOTA
Essa facilidade consome recursos do sistema e deve ser usada com ciência de que
o espaço em disco utilizado para armazenamento é compartilhado com outras men-
sagens das caixas postais.

 Quantidade máxima de recados gravados: permite configurar a quantidade


máxima de mensagens, para isso, selecione a configuração personalizada, cli-
que no ícone para editar o item, digite a quantidade máxima de recados e
clique em OK para salvar a configuração.
 Aviso luminoso (LED) para novos recados na caixa postal: permite que o
LED do ramal seja acionado quando existirem mensagens em sua caixa postal.
Esta configuração é aplicável somente a ramais analógicos. Em ramais digitais
e VoIPs esta configuração é default.

ATENÇÃO
Clique em Aplicar para salvar as configurações antes de mudar de página.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 104


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Programações
A configuração das Programações do ramal é feita pelo menu TELEFONIA > Ramais > Lis-
ta de Ramais > ícone do ramal desejado > Programações. Será apresentada, por
exemplo, a Figura 46, na qual são apresentadas as Informações do ramal, e os itens de
configuração de Outras programações e de Transferências, descritos nas seções a se-
guir.

Figura 46. Configuração das Programações do ramal

INFORMAÇÃO PÚBLICA 105


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Há quatro tipos de configurações possíveis para o ramal: da plataforma, do perfil, do do-


mínio (opcional) e personalizada. A configuração personalizada se sobrepõe à configu-
ração do perfil, que se sobrepõe à configuração do domínio, que se sobrepõe à configu-
ração da plataforma.

Outras programações do ramal


A configuração de Outras programações do ramal é feita pelo menu TELEFONIA > Ramais
> Lista de Ramais > ícone do ramal desejado > Programações > Outras, cujos itens
são descritos a seguir.
 Ausentar-se do grupo: ativando este item, o ramal será ausentado do grupo e
não receberá as chamadas encaminhadas pelo ramal chave do grupo.
 Não perturbe: a chamada é atendida automaticamente pelo sistema e ouve
uma mensagem informando que, no momento, o ramal não pode atendê-la.
 Cadeado: permite que o usuário bloqueie seu ramal, impedindo pessoas não
autorizadas de realizarem chamadas, programações etc.
 Chamadas na fila do ramal (em espera): permite configurar o número de
chamadas permitidas na fila de espera do ramal, para isso, selecione a confi-
guração personalizada, clique no ícone , digite a quantidade de chamadas
que ficarão na fila de espera (máximo: 20) e clique em OK para confirmar.
 Mensagem reproduzida ao retirar o telefone do gancho: permite ativar uma
mensagem que será ouvida pelo usuário assim que ele retirar o fone do gan-
cho, para isso, selecione a configuração personalizada, clique no ícone , di-
gite o número da mensagem desejada (ela será reproduzida apenas uma vez)
e clique em OK para salvar a configuração.
 Ramais associados: permite associar ramais para que toquem simultanea-
mente quando entrar uma chamada destinada ao ramal em que está sendo fei-

INFORMAÇÃO PÚBLICA 106


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

ta a programação. Para isso, clique no ícone , selecione os ramais que de-


verão ter o toque simultâneo e clique em OK para salvar a configuração. Obs.:
 Para poder associar os ramais, eles devem ser primeiramente configurados em
Associações (consulte a página 121 para mais informações). Ao associar um
ramal, as suas configurações de Transferência e Siga-me serão ignoradas.
 Permissão para que o usuário realize configuração no Despertador: permi-
te que o usuário configure o despertador conforme desejar.
 Despertador: permite configurar o ramal para ringar em data e hora pré-
determinadas, para isso, selecione a configuração personalizada, clique no
ícone , informe o horário e a periodicidade do alarme, conforme descrito a
seguir, e clique em OK para salvar a configuração:
- Uma vez em um horário hh:mm.
- Todos os dias úteis em um horário hh:mm.
- Todos os dias em um horário hh:mm.
- A partir da configuração a cada hh:mm: nesse caso, escolha o intervalo
de tempo em que se deseja ser despertado.

NOTA
Não é possível fazer todos os tipos de programação no despertador com o mesmo ho-
rário. Ao excluir um ramal chave de grupo, o grupo de ramais associado a ele também
será excluído.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 107


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Transferências de chamadas
A configuração de Transferências de chamadas do ramal é feita pelo menu TELEFONIA >
Ramais > Lista de Ramais > ícone do ramal desejado > Programações > Transfe-
rências, cujos itens são descritos a seguir.
 Permissão para que o usuário realize configuração de Siga-me externo:
permite que o usuário configure o ramal para que as chamadas direcionadas a
ele sejam encaminhadas a um número externo (saiba mais na página 113).
 Siga-me: permite ativar o Siga-me no ramal, para isso, selecione a configura-
ção personalizada, clique no ícone , selecione o tipo de Siga-me desejado:
interno ou externo, e clique em OK para salvar a configuração (veja o procedi-
mento de configuração na interface do usuário na página 113).

ATENÇÃO
1. O Siga-me tem preferência sobre as configurações de transferência. Quando o
Siga-me estiver ativado, as configurações de transferência não serão conside-
radas.
2. Caso os campos do siga-me interno e do externo sejam preenchidos com valores
válidos, o Siga-me habilitado será o externo.
3. As demais configurações de Siga-me devem ser efetuadas individualmente para
cada ramal.
4. O custo da transferência Siga-me externo é arcado integral e exclusivamente pela
empresa que disponibilizou a função.
5. A configuração dessa facilidade deve ser realizada com observância aos proce-
dimentos de segurança, sob pena de a facilidade não alcançar os benefícios de-
sejados, se utilizada de forma indevida ou maliciosa e gerar prejuízos ao usuário.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 108


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

ATENÇÃO
1) É expressamente recomendado que o administrador seja criterioso nos procedi-
mentos de segurança, restringindo a liberação desta função a usuários autoriza-
dos.
2) A ausência de cuidado na seleção do procedimento de segurança ou na guarda
das respectivas senhas de acesso pode gerar, em caso de uso indevido, grave
prejuízo financeiro de inteira responsabilidade do administrador.
3) Cabe ao administrador, de acordo com a sua conveniência e com a disponibilida-
de do sistema, definir o procedimento de segurança para utilização da facilidade.

 Não responde/Linha ocupada: permite programar a transferência automática


de chamadas quando o ramal está ocupado (LO) ou quando não responde
(NR) após tempo determinado. Veja o procedimento a seguir para configurar
essa funcionalidade.

PROCEDIMENTO
Configurar transferência de chamada quando ramal não responde (NR) ou está
ocupado (LO)
1. Clique em menu TELEFONIA > Ramais > Lista de Ramais > ícone do ramal dese-
jado > Programações > Transferências > Não responde / Linha ocupada. Será
aberta a Figura 47.
2. Selecione o Tipo de transferência desejado: Padrão ou Lista de destinos.
3. Tipo Padrão (transferência independente): permite fazer dois tipos de configurações
de transferência independentes – uma para quando o ramal NR e outra para LO.
 Não responde (NR):
− Ative a caixa Não Responde.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 109


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

− Informe o tipo de chamada que deverá ser transferida: internas, externas ou am-
bas (internas e externas).
− Informe se as chamadas deverão ser transferidas para o ramal (digite o ramal no
campo ao lado) ou para a caixa postal do próprio ramal.
− Caso tenha escolhido a opção Ramal no item anterior, poderá selecionar a caixa
Encaminhar a chamada para a caixa postal se não for atendida pelo ramal.
− Informe se a chamada deverá ser transferida imediatamente ou após x toques.

 Linha ocupada (LO):


− Ative a caixa Linha Ocupada.
− Informe o tipo de chamada que deverá ser transferida: internas, externas ou am-
bas (internas e externas).
− Informe se as chamadas deverão ser transferidas para o ramal (digite o ramal no
campo ao lado) ou para a caixa postal do próprio ramal.
− Caso tenha escolhido a opção Ramal no item anterior, poderá selecionar a caixa
Encaminhar a chamada para a caixa postal se não for atendida pelo ramal.

4. Tipo Lista de destinos: permite configurar uma única lista de ramais de destino (má-
ximo de cinco ramais) que servirá tanto para chamadas quando o ramal NR quanto
para LO.
− Informe se a chamada deverá ser transferida imediatamente ou após x segundos.
− Ao selecionar a caixa Última transferência para telefonista, a chamada passará
por todos os ramais configurados antes de ser transferida para a telefonista.
− Digite o ramal para o qual a chamada deverá ser transferida (máximo de cinco
ramais) e clique em Incluir.
− Para eliminar um ramal da lista, selecione-o e clique em Excluir.
5. Clique em OK para salvar a configuração.
6. Clique em Aplicar para salvar a configuração feita na página.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 110


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Figura 47. Configuração de transferências NR e LO independentes

Telefonia pessoal
Pela aba TELEFONIA PESSOAL, o administrador pode visualizar a página que é apresentada
ao usuário do ramal, na qual estão as funcionalidades que ele pode configurar. Para
acessá-la, clique em menu TELEFONIA > Ramais > Lista de Ramais > ícone do ramal
desejado > Telefonia pessoal. Será apresentada, por exemplo, a Figura 48.
O ícone abre uma caixa de diálogo descrevendo a função do item e a programação
para ativá-lo ou desativá-lo via teclado do telefone (saiba mais na página 188).

INFORMAÇÃO PÚBLICA 111


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

O botão Editar senha do ramal permite alterar a senha do ramal, para isso, clique no
botão e digite a Senha atual, a Nova senha e redigite a nova senha.
O botão Reiniciar todas as programações exclui todas as programações feitas pelo
usuário e o ramal retorna à configuração definida pelo administrador.

Programações
No exemplo da Figura 48, algumas funcionalidades estão disponíveis para que o usuário
do ramal configure-as. Essas funcionalidades estão descritas neste manual nas páginas
indicadas a seguir:
 Não perturbe – consulte a página 106.
 Cadeado: permite que o usuário bloqueie seu ramal, impedindo pessoas não
autorizadas de realizarem chamadas, programações etc.
 Chamada em espera – consulte Chamadas na fila do ramal (em espera) na
página 106.
 Ações quando meu ramal estiver ocupado: permite configurar o ramal para
que, quando estiver ocupado, transfira as chamadas internas, externas ou am-
bas para outro ramal ou para a caixa postal.
 Ações quando eu não atender a chamada: permite programar o ramal para
que o sistema, quando não atender no tempo configurado, transfira as chama-
das internas, externas ou ambas para outro ramal ou para a caixa postal.
 Ramais Associados – esta opção estará visível somente se o ramal estiver
contido em uma associação, consulte a página 106 para mais detalhes.
 Siga-me: ver procedimento na página 113.
 Despertador: ver procedimento na página 115.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 112


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Figura 48. Telefonia pessoal – interface do usuário do ramal (digital)

PROCEDIMENTO
Configurar Siga-me
1. Para configurar, como usuário do ramal, o Siga-me do ramal, digite os dados na pá-
gina de login (Figura 1). Será apresentada a Figura 48. Clique em Siga-me e efetue
o procedimento a partir do passo 3 a seguir.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 113


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

2. Para configurar, como administrador, o Siga-me do ramal a partir da interface do


usuário, acesse menu Telefonia > Ramais > ícone do ramal desejado > Telefonia
pessoal > Siga-me. Será apresentada a Figura 49.
3. Clique na caixa Ativar.
4. Selecione o tipo de Siga-me desejado: Normal ou Por horários (os tipos são exclu-
dentes).
5. Siga-me Normal:
 Selecione as chamadas que serão desviadas: internas, externas ou ambas (inter-
nas e externas).
 Selecione o tipo de número para o qual as chamadas serão transferias: n° externo
ou ramal.
 Caso tenha escolhido o n° externo, digite o número no campo ao lado e selecione
a rota.
 Caso tenha escolhido o ramal, digite o ramal desejado.
6. Siga-me Por horários:
 Clique em Novo horário... Será aberta uma página para configurar os itens:
 Nome: digite o nome do horário.
 Data/hora inicial em que o Siga-me deverá entrar em operação.
 Data/hora final em que o Siga-me deverá encerrar a operação.
 Desviar as chamadas: selecione as chamadas que serão desviadas: internas, ex-
ternas ou ambas (internas e externas).
 para o: selecione o tipo de número para o qual as chamadas serão transferias: n°
externo ou ramal.
 Caso tenha escolhido o n° externo, digite o número no campo ao lado e selecione
a rota.
 Caso tenha escolhido o ramal, digite o ramal desejado.
 Clique em OK para salvar a configuração.
 Para excluir uma configuração, selecione-a e clique em Excluir.
 Para editar uma configuração, clique em seu ícone e altere os dados.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 114


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Figura 49. Configurar Siga-me – interface do usuário do ramal

7. Selecione a caixa Enviar o número da chamada de origem se desejar que seja


apresentada a identidade do chamador; caso essa caixa não seja ativada, o número
que aparecerá para o usuário será o do PABX.
8. Clique em Aplicar para salvar as configurações feitas na página.

PROCEDIMENTO
Configurar Despertador
1. Para configurar, como usuário do ramal, o Despertador do ramal, digite os dados de
acesso na página de login (Figura 1). Será apresentada a Figura 48. Clique em Si-
ga-me e efetue o procedimento a partir do passo 3 a seguir.
2. Para configurar, como administrador, o Despertador do ramal a partir da interface do
usuário, acesse menu Telefonia > Ramais > ícone do ramal desejado > Telefonia
pessoal > Despertador. Será apresentada a Figura 50.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 115


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Figura 50. Despertador – interface do usuário do ramal

3. Clique em Nova Programação... Será aberta a página de configuração de frequên-


cia e horário.
4. Em Despertar, selecione a caixa conforme a frequência desejada:
 Uma vez em um horário hh:mm.
 Todos os dias úteis em um horário hh:mm.
 Todos os dias em um horário hh:mm.
 A partir da configuração a cada hh:mm: nesse caso, escolha o intervalo de tempo
em que se deseja ser despertado.
5. Clique em OK para salvar a configuração.
6. Caso deseje excluir uma programação, selecione-a e clique em Excluir.
7. Clique em Aplicar para salvar a configuração feita na página.

PROCEDIMENTO
Configurar Ramal Chefe – interface do usuário do ramal
1. Para configurar, como usuário do ramal, o Ramal Chefe, digite os dados de acesso
na página de login (Figura 1). Será apresentada a Figura 48. Clique em Transferir
para secretária e efetue o procedimento a partir do passo 3 a seguir.
2. Para configurar, como administrador, o Ramal Chefe, a partir da interface do usuá-
rio, acesse menu TELEFONIA > Ramais > Lista de Ramais > ícone do ramal dese-

INFORMAÇÃO PÚBLICA 116


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

jado > Telefonia pessoal > Transferir para a Secretária. Será apresentada a Figura
48. Também é possível configurar o Ramal Chefe, como administrador, pelo proce-
dimento da página 87.
3. Caso deseje que os ramais das secretárias toquem simultaneamente ao entrar uma
chamada cujo acesso não será direto ao Ramal Chefe, selecione a caixa “Tocar si-
multaneamente os ramais das secretárias” (Figura 51).
4. Selecione o tipo de transferência desejada:
 Não transferir chamadas para a secretária.
 Transferir todas as chamadas para secretária.
 Transferir somente as chamadas internas para secretária.
 Transferir somente as chamadas externas para secretária.
5. Informe os números que, independentemente da opção de transferência escolhida,
terão acesso direto ao Ramal Chefe (funcionalidade opcional). clicando no botão
Novo Telefone. Será aberta a janela exemplificada na Figura 51.
6. Selecione se número externo ou ramal.
7. Caso seja número externo, informe o DDD e o número e clique em OK.
8. Caso seja ramal (Figura 51), informe o número desejado ou clique no ícone .
Será aberta uma janela de pesquisa de contatos.
9. Digite parte do ramal ou nome. Será apresentada uma lista de números ou nomes
cadastrados.
10. Clique sobre o número/nome desejado.
11. Clique em OK.
12. Clique em Aplicar para salvar as configurações feitas na página.

ATENÇÃO
Os ramais selecionados para secretárias serão configurados automatica-
mente se ainda não estiverem configurados.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 117


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Figura 51. Configuração do Ramal Chefe – interface do usuário do ramal

Discagem rápida
ATENÇÃO
A aba Discagem rápida estará visível somente para ramais digitais.

As configurações para Discagem rápida podem ser feitas pelo menu TELEFONIA > Ramais
> Lista de Ramais > ícone do ramal desejado > Telefonia pessoal > Discagem rápi-
da. Será apresentada, por exemplo, a Figura 52, com as informações sobre o ramal e as
teclas para programação.

O botão Reiniciar todas as programações apaga todas as configurações das teclas.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 118


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

PROCEDIMENTO
Configurar discagem rápida para ramal digital
1. Clique em TELEFONIA > Ramais > Lista de Ramais > ícone do ramal desejado >
Telefonia pessoal > Discagem rápida > tecla de atalho desejada.
2. Será apresentada uma página para digitar o número do telefone interno, ou externo,
ou, ainda, uma facilidade do BXS/NGC (para saber sobre as funcionalidades, con-
sulte os Códigos de Funções na página 188).
3. Selecione a opção Número.
4. Digite o número ou facilidade desejada.
5. Clique em OK.
6. Clique em Aplicar para salvar as configurações feitas na página.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 119


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Figura 52. Programações de teclas para discagem rápida

INFORMAÇÃO PÚBLICA 120


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Ramais Associados
A funcionalidade Ramais Associados permite associar até cinco ramais para que to-
quem simultaneamente quando entrar uma chamada. Para acessá-la, clique em menu
TELEFONIA > Ramais > Ramais Associados. Será apresentada, por exemplo, a Figura
58.
Entre outras vantagens da associação de ramais, pode-se citar como exemplo o caso em
que o usuário possui um ramal fixo e outro móvel: necessitando o usuário ausentar-se
rapidamente de sua mesa sem ter tempo hábil para programar o Siga-me, quando entrar
uma chamada, o ramal móvel receberá o toque simultâneo ao ramal fixo e o usuário po-
derá atendê-la.

NOTA
Ao associar um ramal, as suas configurações de Transferência e Siga-me serão ig-
noradas.

Figura 53. Associação de ramais que tocarão simultaneamente

INFORMAÇÃO PÚBLICA 121


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

PROCEDIMENTO
Configurar associação de ramais
1. Clique em menu Telefonia > Ramais > Ramais Associados.
2. Para fazer uma nova associação, clique em Nova Associação (Figura 58).
3. Para editar uma associação existente, clique em seu respectivo ícone . Será
aberta a Figura 59.
4. Digite o nome da Associação.
5. Digite os números dos ramais desejados.
6. Clique em Incluir.
7. Para remover um ramal da lista, selecione-o e clique em Remover.
8. Clique em OK para salvar as configurações.
9. Após fazer a associação, é necessário ativá-la na aba Outras programações do
ramal (p. 106) ou no próprio ramal do usuário.

NOTA
É possível associar até cinco ramais.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 122


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Figura 54. Editar Associação de ramais

Configurações padrão
As configurações padrão da plataforma e do domínio (opcional) podem ser alteradas em
menu TELEFONIA > Ramais > Configurações padrão. Será apresentada, por exemplo, a
Figura 57 com a lista de domínios cadastrados.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 123


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Padrão de domínio
Para obter detalhes de como incluir um Domínio, consulte a página 167. Para editar um
domínio constante da Lista de Domínios (Figura 57), clique em TELEFONIA > Ramais >
Configurações padrão > ícone do domínio desejado e siga o procedimento descrito
na página 181, a partir do item 3.

Figura 55. Configurações padrão

Padrão da plataforma
A Figura 57 apresenta o link que direciona o usuário para a configuração padrão da pla-
taforma. Esses itens são os mesmos já descritos anteriormente neste manual, conforme
indicado a seguir.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 124


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Chamadas
Para configurar as chamadas e obter a descrição dos itens já feita neste manual, consul-
te os procedimentos Configurar chamadas saintes (página 79) e Configurar chama-
das entrantes (página 82). Substitua apenas os passos 1 e 2 pelo caminho de acesso:
menu TELEFONIA > Ramais > Configurações padrão > Chamadas.

Atributos
Os itens de configuração padrão dos Atributos são os mesmos já descritos anteriormente
neste manual, portanto, para saber mais sobre a configuração, acesse as páginas indi-
cadas a seguir, substituindo apenas o caminho de acesso à funcionalidade por menu TE-
LEFONIA > Ramais > Configurações padrão > Atributos.

 Atributos básicos (p. 85).  Configurações associadas a calen-


 Operação (p. 92). dário (p. 97).
 Discagem (p. 94).  Captura (p. 98).
 Permissões (p.94).  Mensagem/SMS (p. 98).
 Atributos (p. 97).  Intercalação (p. 99).

Caixa Postal (Opcional)


Os itens de configuração padrão da Caixa Postal (funcionalidade opcional), cujos itens
estão distribuídos em Funções diversas (página 101) e Gerenciamento de recados (pá-
gina 103) são os mesmos já descritos anteriormente neste manual, portanto, para saber
mais sobre sua configuração, acesse as páginas indicadas anteriormente, substituindo
apenas o caminho de acesso à funcionalidade por menu TELEFONIA > Ramais > Configu-
rações padrão > Caixa Postal.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 125


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Programações
Os itens disponíveis para configuração das programações padrão da plataforma são os
mesmos descritos anteriormente neste manual, portanto, leia a descrição na página 106
sobre eles, substituindo apenas o caminho de acesso à funcionalidade por menu TELE-
FONIA > Ramais > Configurações padrão > Programações.

 Não perturbe.  Mensagem reproduzida ao retirar o telefone


 Cadeado. do gancho.
 Chamadas na fila do ramal (em es-  Permissão para que o usuário realize confi-
pera). guração no Despertador.
 Permissão para que o usuário realize confi-
guração de Siga-me externo (p. 108).

Perfis de configuração
Para acessar os Perfis de configuração, acesse menu TELEFONIA > Ramais > Perfis de
configuração.

Será apresentada uma página informando, na Lista de Perfis, o nome do perfil, o domí-
nio (opcional) a que ele pertence e a quantidade de ramais cadastrados.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 126


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Figura 56. Perfis de configuração

Os perfis são grupos de permissões configuradas para chamadas saintes e entrantes.

Essa funcionalidade facilita a programação do sistema, pois é possível alterar a configu-


ração de vários ramais simultaneamente ao atribuir-lhes o mesmo perfil.

As exceções podem ser feitas individualmente em cada ramal, atribuindo-lhes a configu-


ração personalizada.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 127


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

O NGC Explorer possibilita três tipos de configurações no ramal: da plataforma, do per-


fil e personalizada. A configuração personalizada se sobrepõe à do perfil, que se so-
brepõe à da plataforma.

Para alterar a configuração de um perfil, clique em seu respectivo ícone . Será apre-
sentada, por exemplo, a Figura 54, com as Informações do perfil (nome e quantidade de
ramais cadastrados) e os itens de configuração das chamadas saintes e entrantes.

A configuração aplicada no item é informada pela caixa , e também pela cor


do item, conforme a Legenda :
 O item segue a configuração padrão da plataforma (ou do domínio).
 O item segue a configuração do perfil.
 O item segue a configuração personalizada para o ramal.
 - o traço indica que o item está desabilitado ou não configurado.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 128


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Figura 57. Configurações das chamadas do perfil

Chamadas

Clique em menu TELEFONIA > Ramais > Perfis de configuração > ícone do perfil de-
sejado > Chamadas, para acessar a página das Chamadas do perfil. Será aberta, por
exemplo, a Figura 54.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 129


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Para configurar as chamadas entrantes e saintes do perfil, bem como obter a descrição
de seus itens, consulte os procedimentos Configurar chamadas saintes (página 79) e
Configurar chamadas entrantes (página 82). Ignore o passo 1 dos referidos procedi-
mentos, que deve ser substituído pelo parágrafo acima descrito para acessar a funciona-
lidade.

Atributos

Clique em menu TELEFONIA > Ramais > Perfis de configuração > ícone do perfil de-
sejado > Atributos, para acessar a página dos Atributos do perfil. Será aberta, por exem-
plo, a Figura 55.

A Figura 55 apresenta as Informações do Perfil e alguns itens de configuração dos atri-


butos. Esses itens são os mesmos já descritos anteriormente neste manual, portanto, pa-
ra saber mais sobre a configuração, acesse as páginas indicadas a seguir, substituindo
apenas o caminho de acesso à funcionalidade por menu TELEFONIA > Ramais > Perfis
de configuração > ícone do perfil desejado > Atributos.

 Atributos básicos (p. 85).  Configurações associadas a calen-


 Operação (p. 92). dário (p. 97).
 Discagem (p. 94).  Captura (p. 98).
 Permissões (p.94).  Mensagem/SMS (p. 98).
 Atributos de chamada (p. 97).  Intercalação (p. 99).

INFORMAÇÃO PÚBLICA 130


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Figura 58. Configurações dos atributos do perfil

INFORMAÇÃO PÚBLICA 131


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Programações
A Figura 56 apresenta as Informações do Perfil e alguns itens disponíveis para configu-
ração. Os itens abaixo são os mesmos já descritos anteriormente neste manual, portan-
to, leia sua descrição na página 106, substituindo apenas o caminho de acesso à funcio-
nalidade por menu TELEFONIA > Ramais > Perfis de configuração > ícone do perfil
desejado > Programações.

 Não perturbe.  Permissão para que o usuário realize confi-


 Cadeado. guração no Despertador.
 Chamadas na fila do ramal (em es-  Permissão para que o usuário realize confi-
pera). guração de Siga-me externo (p. 108).
 Mensagem reproduzida ao retirar o
telefone do gancho.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 132


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Figura 59. Configurações das programações do perfil

INFORMAÇÃO PÚBLICA 133


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

PLATAFORMA
Esse item permite visualizar informações sobre a plataforma, como contas, grupos, tele-
fonistas, entre outras.

Contas
Para visualizar as contas configuradas no PABX, clique em menu TELEFONIA > Platafor-
ma > Contas. Será apresentada a Figura 60 com os filtros de pesquisa.

Figura 60. Visualizar Configurações de Ramais PABX

INFORMAÇÃO PÚBLICA 134


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

PROCEDIMENTO
Pesquisar contas do PABX
1. Acesse Telefonia > Plataforma > Contas. Será apresentada a Figura 60.
2. Selecione o tipo de busca que deseja fazer:
 Mostrar todas as contas: apresenta uma lista com todas as contas cadastradas
no PABX.
 Conta específica: digite o número da conta específica desejada.
 Filtrar: informe se deseja buscar contas com ou sem a funcionalidade que será
escolhida na caixa de opções ao lado.
− Para refinar mais a pesquisa, inclua filtros clicando em Acrescentar filtros.
− Para excluir filtros adicionados, clique em Remover ao lado do respectivo filtro.
3. Clique em Buscar para efetuar a pesquisa. Será aberta uma página com as contas
listadas (Figura 61).
4. Para saber detalhes da conta, clique sobre o link correspondente a ela. Será aberta
a página com os Recursos e configuração da conta (Figura 61). O ícone indica os
recursos habilitados.
5. Para efetuar uma nova busca, clique em Nova Busca.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 135


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Figura 61. Resultado da busca – Contas

INFORMAÇÃO PÚBLICA 136


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Grupos
Em Grupos, é possível visualizar, criar e alterar grupos de ramais. Acessando menu TE-
LEFONIA > Plataforma > Grupos será aberta a Figura 62, que mostra a lista dos grupos
de ramais configurados, informando: Identificação, Grupo, Domínio, Ramal Chave, Tipo,
Tamanho da fila e Ponto de Roteamento.

Figura 62. Grupos de ramais

NOTA
Ao excluir um ramal chave de grupo, o grupo de ramais associado a ele também se-
rá excluído.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 137


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Incluir Grupo
O botão Novo Grupo, da Figura 62, abre a página NOVO GRUPO, mostrada na Figura 63,
que permite configurar os parâmetros de novos grupos de ramais do sistema.
Para incluir um grupo de ramais, observe o seguinte procedimento.

PROCEDIMENTOS
Incluir grupo
1. Clique no botão Novo Grupo da Figura 62. Será aberta uma página mostrada na
Figura 63.
2. No campo Id selecione um número identificador para o grupo.
3. No campo Nome, insira uma identificação para o grupo de ramais.
4. Em Ramal Chave, informe o ramal chave do grupo. Esse ramal não precisa estar
associado a nenhum ramal físico, e pode servir apenas para identificação.
5. Pelo campo Conta associada pode-se associar uma conta ao grupo de ramais.
6. Na caixa de listagem Tipo escolha o tipo de grupo:
 Dispositivo DAC: nesse tipo de grupo a chamada será encaminhada ao ramal que
estiver a mais tempo livre desde a última chamada recebida pelo grupo.
 Prioritário: nesse tipo de grupo a chamada será encaminhada na seqüência confi-
gurada no grupo, para o ramal livre. A seqüência dos ramais no grupo indica a prio-
ridade de um ramal em relação ao outro.
 Rotativo: nesse tipo de grupo a chamada será encaminhada de forma rotativa na
seqüência configurada no grupo, isto é, quando houver uma chamada para um de-
terminado ramal e esse estiver ocupado, o sistema encaminha a chamada para o
próximo ramal configurado no grupo.
 Toque Simultâneo: para esse tipo de grupo a chamada é encaminhada a todos os
ramais do grupo, simultaneamente, e atendida pelo primeiro que retirar o fone do
gancho.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 138


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Clicando nesses itens


são apresentadas as
demais opções de
configuração do grupo
de ramais.

Figura 63. Novo grupo

INFORMAÇÃO PÚBLICA 139


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

NOTAS
1) O ramal chave de um grupo não pode ser ramal chave de outro grupo.
2) O ramal da operadora/telefonista não pode ser ramal chave, nem participar
de um grupo.
3) O ramal chave não pode ser ramal transbordo do mesmo grupo.

7. No campo Rotas configure as rotas a serem utilizadas pelo grupo:


 Principal: nessa caixa de listagem deve-se selecionar a rota principal (default) a
ser utilizada pelo grupo.

NOTA
A rota principal do grupo somente será utilizada quando o ramal configurado ou
logado no grupo realizar uma chamada utilizando a rota zero, por exemplo, dis-
cando: 032817000. Já, se o usuário realizar uma chamada utilizando uma rota
especial, discando, por exemplo, *82532817000, essa configuração será ignora-
da.

 Alternativa: nessa caixa de listagem deve-se selecionar a rota alternativa a ser uti-
lizada pelo grupo quando a rota principal estiver congestionada ou com algum pro-
blema.
8. Para configurar os itens Ramais, Características, Atendimento, Fila e Mensagem,
verifique os tópicos descritos a seguir.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 140


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

NOTA
Ao excluir um ramal chave de grupo, o grupo de ramais associado a ele também se-
rá excluído.

Configuração dos ramais do grupo


Clicando no item Ramais, da página NOVO GRUPO, são apresentados os campos da Fi-
gura 63 que permitem configurar os ramais que farão parte do grupo. Para isso, verifique
o procedimento a seguir.

PROCEDIMENTO
Incluir ramais no grupo
1. É possível incluir apenas um Ramal específico ou uma Faixa de ramais. Selecione a
opção desejada, insira os ramais e clique em . Os ramais incluídos serão
apresentados na listagem ao lado.
2. Para excluir um ramal da lista, selecione o ramal desejado e clique em Excluir.

3. Os ramais são listados de acordo com a sua ordem de inclusão no grupo, mas é
possível mudar essa ordenação. Para isso, deve-se alterar o campo Ordem e clicar
em Aplicar ordenação.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 141


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

NOTA
A ordenação dos ramais é utilizada por grupos do tipo prioritário e rotativo.

Figura 64. Ramais do grupo

Características
Clicando no item Características, da página NOVO GRUPO, é possível selecionar as ca-
racterísticas do grupo de ramais.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 142


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Figura 65. Características do grupo

Pode-se atribuir ao grupo de ramais as seguintes características:


 Bloqueio DDC - Discagem Direta a Cobrar: bloqueia o recebimento de cha-
madas DDC – Discagem Direta a Cobrar.
 Ponto de roteamento: essa opção deve ser selecionada caso o administrador
deseje que o grupo funcione como ponto de roteamento, onde a chamada, ao
entrar no grupo, fica recebendo tom de chamada até que uma aplicação exter-
na efetue uma ação CTI sobre a mesma, transferindo-a para um outro grupo ou
atendente, ou atinja o tempo de transbordo, configurado por meio da aba Aten-
dimento. Selecionando-se esse item são habilitadas os seguintes opções:
- Ponto de roteamento sem tom de música: configura um ponto de rotea-
mento sem tom de chamada e sem música. É necessário que a opção
Ponto de Roteamento também esteja selecionada para que essa configu-
ração seja válida.
- Ponto de roteamento transborda chamadas sem monitoração: a confi-
guração desse item é opcional e deve ser feita para plataformas que pos-

INFORMAÇÃO PÚBLICA 143


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

suam conexão CTI com servidores externo, por exemplo, uma aplicação
CSTA de terceiros. Essa opção configura a plataforma a iniciar a contagem
de um tempo de reconexão quando ela perder a conexão CTI com o cliente
CSTA. Caso a conexão não seja restabelecida durante esse período, as
chamadas do Ponto de Roteamento são transferidas para o Dispositivo
DAC configurado para transbordo. Para que o transbordo ocorra correta-
mente, é necessário que o ponto de roteamento possua configuração de
transbordo de fila com um valor alto (o recomendado é de 3.600s).
- Ponto de roteamento divulga música: essa opção deve ser selecionada
caso o administrador deseje que o grupo funcione como ponto de rotea-
mento e que, até que a chamada seja roteada, o chamador fique em músi-
ca. É necessário que a opção Ponto de Roteamento também esteja sele-
cionada para que essa configuração seja válida.
 Grupo com fila infinita: configura o tamanho da fila como infinita, sendo a
quantidade de chamadas limitada pelo entroncamento.
 Grupo tem bloqueio para chamadas de telemarketing: essa opção impede
que os ramais do grupo ou uma solução EasyCall Dialer associada ao grupo
realizem chamadas para números que estiverem na “Lista de bloqueio de cha-
madas de Telemarketing”.
 Grupo não coloca ramais em pausa automaticamente: por default, quando
uma chamada é transferida para um ramal de um grupo que possua configura-
ção de transbordo e não é atendida durante o tempo configurado para perma-
nência na fila de atendimento, essa chamada é transbordada e o ramal é colo-
cado em pausa. Selecione essa opção caso deseje que o ramal não seja colo-
cado em pausa quando não atender às chamadas.
 Grupo coloca identidade do ramal chave nas chamadas: quando um aten-
dente gerar uma chamada, a identidade enviada é a do ramal chave do grupo.
 Grupo DAC é configurado com todos os ramais presentes: essa caracterís-
tica indica que todo ramal incluído em um grupo DAC estará presente e livre

INFORMAÇÃO PÚBLICA 144


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

para receber chamadas, mesmo quando a programação “Ausentar-se do gru-


po” estiver habilitada.
 Grupo DAC com distribuição por menor tempo de ocupação: configura o
sistema para distribuir as chamadas de acordo com o tempo de ocupação das
atendentes. Desta maneira, as chamadas são encaminhadas para as atenden-
tes que possuem menor tempo de ocupação.
 Não transfere chamadas para ramais fora do grupo: selecionando-se essa
opção, os ramais do grupo não poderão transferir chamadas destinadas ao
grupo para ramais fora do grupo, ou seja, que não pertençam ao grupo. Os ra-
mais do grupo também não poderão colocar chamadas externas no estacio-
namento.
 Ramal recebe somente chamadas do mesmo grupo: os ramais do grupo
não receberão chamadas de números que não estejam no mesmo grupo que o
seu.
 Consome créditos (pré-pago) para chamadas entrantes: configurar o siste-
ma para consumir os créditos do Pré-pago ao receber chamadas entrantes.
Essa opção deve ser selecionada nos casos em que seja necessário tarifar as
chamadas recebidas por um grupos de URAs.
 Utiliza conta associada na geração de chamadas: ao ser habilitada essa
opção, as chamadas realizadas pelos ramais do grupo serão geradas por meio
da conta associada ao grupo.
 Tarifa conta associada ao invés do ramal na geração de chamadas: confi-
gura o sistema para bilhetar a chamada na conta do agente logado no ramal do
grupo ou na conta associada ao grupo de ramais.
 Canal único na divulgação da mensagem inicial: selecionando-se essa op-
ção, o sistema utilizará apenas um canal para divulgação de mensagem para
todas as chamadas que estiverem ouvindo a abertura do grupo. Essa configu-
ração pode ser usada no caso de mensagens curtas. Se essa opção não for
selecionada (configuração default), o sistema utilizará um canal para cada vei-
culação da mensagem de abertura do grupo.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 145


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

 Chamadas com ring diferenciado: configura o uso de um ring diferenciado


para as chamadas que entram no grupo. Quando uma chamada externa for
transferida para outros dispositivos, o ring continuará diferenciado mesmo que
a transferência tenha sido feita para um dispositivo do grupo ou de fora dele.
Porém, quando a transferência for feita para um ramal chave, será utilizado o
ring configurado para o grupo de destino.
 Ramais utilizam música do grupo: ao ser habilitada essa opção, ao colocar
uma chamada em música o ramal utilizará a fonte de música do grupo e não a
sua própria fonte.

Atendimento
Clicando no item Atendimento, da página NOVO GRUPO, é possível configurar as carac-
terísticas do atendimento do grupo de ramais.

Figura 66. Atendimento do grupo

INFORMAÇÃO PÚBLICA 146


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Pode-se atribuir ao grupo de ramais as seguintes características:


 Tempo de espera por atendimento no ramal: corresponde ao tempo de
toque em cada ramal dos grupos prioritário e rotativo. Por exemplo, se uma
chamada for originada para o grupo prioritário 3020, que contém os ramais
3021 até 3025, ela será encaminhada para o 3021. Se esse não atender no
tempo configurado, a chamada é transferida para o ramal 3022 e assim por
diante, até chegar ao ramal 3025; se esse último também não atender, a
chamada voltará ao 3021, reiniciando o ciclo. O ramal ficará tocando durante o
tempo configurado até que a chamada seja transferida para o próximo ramal do
grupo. A configuração padrão é 0 segundos, ou seja, não haverá circulação en-
tre os ramais do grupo.
 Tempo de pós-atendimento: tempo (em segundos) que o sistema deve
aguardar para transferir uma chamada que está na fila de atendimento para um
ramal após ele finalizar outro atendimento. Se o tempo configurado for igual a
zero, por exemplo, o sistema transferirá a chamada para o ramal imediatamen-
te após ele finalizar o atendimento. O tempo de pós-atendimento será aplicado
apenas em grupos do tipo Dispositivo DAC.
 Tempo máximo de atendimento: tempo máximo (em minutos) para o atendi-
mento das chamadas. Quando o atendimento da chamada alcançar esse tem-
po, o atendente receberá um bip informando que o tempo máximo de atendi-
mento ocorreu.
 Calendário de atendimento do grupo: permite selecionar o calendário de
funcionamento para o grupo.
 Destino das chamadas fora do horário de atendimento: ramal, caixa postal,
grupo ou siga-me externo para o qual devem ser desviadas as chamadas en-
trantes fora do horário de atendimento do grupo.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 147


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

NOTA
1) Não é permitido configurar o ramal chave do próprio grupo como destino para o
desvio das chamadas.
2) Fora do horário de atendimento, as chamadas do grupo são desviadas sem ge-
rar informação de atendimento, e também não é avaliada a configuração feita na
aba “Mensagem”, ou seja, as chamadas são transferidas para o destino imedia-
tamente, independente de o grupo ter ou não mensagem configurada.

 Tarifação das chamadas entrantes (Fim de seleção): permite definir se as


chamadas entrantes para o ramal chave serão tarifadas ou não:
- Com tarifação: as chamadas entrantes para o ramal chave serão tarifadas
normalmente.
- Sem tarifação: as chamadas entrantes para o ramal chave não serão tarifa-
das.
- Padrão de prefixos para chamadas entrantes: permite selecionar os
prefixos das chamadas entrantes que devem ser bloqueados pelo sistema.
 Transbordo:
- Tempo máximo em fila: tempo (em segundos) que o sistema deve aguar-
dar para transferir as chamadas na fila de atendimento do grupo para um
ramal de transbordo.
- Calendário de transbordo: calendário de funcionamento de transbordo pa-
ra o grupo.
- Destino do transbordo dentro do horário de atendimento: ramal para o
qual, durante o horário de atendimento do grupo, devem ser transbordadas
as chamadas que se encontram na fila de atendimento quando for atingido
o “tempo máximo em fila”.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 148


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

- Destino do transbordo fora do horário de atendimento: ramal para o


qual, fora do horário de atendimento do grupo, devem ser transbordadas as
chamadas que se encontrem na fila de atendimento quando for atingido o
“tempo máximo em fila”.
- Ramal para transbordo de FAX: ramal para o qual serão transbordadas as
chamadas de FAX que se encontrem na fila de atendimento quando for
atingido o “tempo máximo em fila”.

NOTAS
1) O ramal chave do próprio grupo não será permitido como destino do transbor-
do.
2) Caso não seja definido um ramal para o transbordo, as chamadas poderão ter
os seguintes tratamentos:
 Num grupo que possua fila, ficarão aguardando atendimento até atingirem o
tempo "transbordo fila grupo", definido na configuração de Temporizações.
 Se o grupo não possuir fila e não existirem agentes livres, serão derruba-
das.
3) Caso não seja configurado um calendário de atendimento, as chamadas serão
transbordadas sempre para o ramal definido no campo “Transbordo durante o
horário de atendimento”.

Fila
Clicando no item Fila, da página NOVO GRUPO, é possível habilitar a fila de atendimento
para o grupo e configurar as suas características.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 149


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Figura 67. Fila de atendimento do grupo

Pode-se atribuir ao grupo de ramais as seguintes características:


 Habilitar fila de atendimento: habilita a formação de fila de atendimento para
o grupo de ramais. Dessa forma, a chamada ficará em espera caso todos os
ramais do grupo estejam ocupados.
 Máximo de chamadas na fila: quantidade máxima de chamadas que podem
aguardar na fila de atendimento do grupo de ramais.
 Fonte de música: fonte de música a ser utilizada pelo grupo.
 Prioridade do grupo: prioridade de atendimento das chamadas do grupo. Ca-
so um grupo possua uma prioridade de atendimento menor que os demais, ele
somente será alocado para o atendimento quando todos os grupos estiverem

INFORMAÇÃO PÚBLICA 150


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

atendendo. A maior prioridade de atendimento é 0 (zero), e a prioridade default


é 5. A prioridade dos grupos varia de 0 a 10.
 Ao entrar na fila divulgar: ao entrar uma nova chamada na fila de
atendimento do grupo de ramais é possível divulgar:
- Mensagem: o sistema divulga uma mensagem ao chamador assim que a
sua chamada entrar na fila de atendimento do grupo. Na caixa de texto de-
ve ser inserido o número da mensagem de áudio a ser divulgada.
- Frase com tempo de espera: o sistema divulga uma frase informando em
quanto tempo a chamada será atendida. Na caixa de texto deve ser inserido
o número da frase a ser divulgada.
- Intervalo para o cálculo de tempo de espera em fila: define de quantos
em quantos minutos o sistema deve recalcular o tempo de espera das cha-
madas na fila. Pode-se configurar um intervalo de 1 a 59 minutos.
- Repetir mensagem ou frase em: período (em segundos) entre as repeti-
ções da mensagem ou da frase.

NOTA
1) A configuração do intervalo para cálculo de tempo de espera em fila somente é
válida quando selecionada a opção Frase com tempo de espera.
2) Quando a chamada entrar na fila, será divulgada a mensagem ou a frase com
tempo de espera. Não é possível selecionar as duas opções ao mesmo tempo.

Mensagem
Clicando no item Mensagem, da página NOVO GRUPO, é possível configurar as caracte-
rísticas da mensagem de atendimento do grupo de ramais.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 151


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Figura 68. Mensagem do grupo

Pode-se atribuir ao grupo de ramais as seguintes características:


 Tipo de atendimento: tipo de atendimento do grupo de ramais:
- Sem mensagem: a chamada ficará em espera, com tom de chamada. Para
essa opção não é necessário informar o número da mensagem de atendi-
mento.
- Com mensagem: a chamada será primeiramente atendida por uma men-
sagem. Deve-se informar o número da mensagem de atendimento no cam-
po Atendimento.

NOTA
Ao gerar uma chamada interna para o grupo, o PABX transfere a chamada diretamente
para o ramal do grupo sem divulgar a mensagem ao usuário

INFORMAÇÃO PÚBLICA 152


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

- Com mensagem caso fila ocupada: se todos os ramais estiverem ocupa-


dos, a chamada receberá mensagem. Deve-se informar o número da men-
sagem de atendimento no campo Atendimento.
- Com lista de mensagens: as chamadas serão atendidas por uma lista de
mensagens. A lista deve ter ao menos uma mensagem configurada. As
mensagens serão tocadas aleatoriamente.
 Quantidade de toques antes de divulgar mensagem: quantidade de toques
antes do sistema efetuar o atendimento da chamada com a mensagem de
atendimento do grupo.
 Número da mensagem para atendimento: número da mensagem de atendi-
mento do grupo.
 Número da mensagem para ramais ausentes: número da mensagem de
atendimento a ser divulgada quando todos os ramais do grupo estiverem au-
sentes.
 Lista de mensagens: permite a inclusão e exclusão de mensagens na lista do
grupo. Essas operações são realizadas pelos botões Incluir e Remover.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 153


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Telefonistas
Clicando em menu TELEFONIA > Plataforma > Telefonistas, abre-se uma página com
uma lista das telefonistas configuradas no sistema.

Figura 69. Telefonistas

A listagem informa o número do login, ramal e descrição (nome) das telefonistas configu-
radas. Pode-se configurar até 9 telefonistas.
O campo Configurações gerais apresenta informações sobre o tipo de fila de atendi-
mento configurado e o tempo de transbordo das chamadas.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 154


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Identificação do PABX
Clicando no menu TELEFONIA > Plataforma > Identificação do PABX é possível verificar
informações sobre a identificação da plataforma PABX.

Figura 70. Plataforma PABX

O campo Categoria ITU (CCITT) indica a categoria da empresa perante a concessioná-


ria de telefonia convencional, de acordo com as opções listadas na tabela a seguir.

NOTA
Essa configuração é realizada pelo Serviço de Suporte ao Cliente Dígitro.

Tabela 1. Configuração de Categoria

INFORMAÇÃO PÚBLICA 155


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Categoria Descrição
0x00 Categoria chamador desconhecida
0x01-0x08 Reserva
0x09 Telefonista
0x0A Assinante comum
0x0B Reserva p/ assinante com prioridade (norma TELEBRAS exclui)
0x0C Equipamento de comunicação de dados
0x0D Equipamento de manutenção
0x0E Assinante com tarifação especial (norma TELEBRAS exclui)
0x0F Telefone público local
0x10 Telefone público interurbano serviço nacional (norma TELEBRAS exclui)
0x11 Assinante c/ facilidade transferência
0xE0 Assinante com tarifarão especial (norma TELEBRAS 220-250-732 jul 94)
0xE2 Telefone público interurbano serviço nacional (norma TELEBRAS
220250732 jul 94)

O campo Número do PABX indica o número piloto do PABX. Geralmente esse é o nú-
mero principal de entrada da empresa, usado pela telefonista, por exemplo.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 156


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

DDR
Clicando em menu TELEFONIA > Plataforma > DDR é possível verificar a configuração das
2
faixas DDR da plataforma.

Figura 71. DDR – Discagem Direta Ramal

No campo Faixas DDR são apresentadas as faixas DDR configuradas na plataforma.


Essa configuração é utilizada quando a empresa deseja que o número reconhecido nos
aparelhos de bina (que exibem o número do chamador na tela) não seja o número piloto
do sistema, ou seja, aquele utilizado pela telefonista e sim, o número do ramal propria-
mente dito.

2
DDR – Discagem Direta a Ramal: processo de estabelecimento de chamadas em que o usuário
externo ao serviço telefônico tem acesso direto aos ramais de uma Central Privativa de Comutação
Telefônica (CPCT).

INFORMAÇÃO PÚBLICA 157


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Em Roteamento DDR Ramal é possível verificar a relação entre os números DDR rece-
bidos da central e os números de ramais correspondentes no PABX.

Ramais Remotos
Clicando em menu TELEFONIA > Plataforma > Ramais Remotos é possível verificar as
faixas de ramais remotos configurados na plataforma.

Figura 72. Ramais Remotos

NOTA
Essa configuração é realizada pelo Serviço de Suporte ao Cliente Dígitro.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 158


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Rotas
A opção Rotas, na janela PLATAFORMA, permite configurar as rotas do sistema.

Mínimo de cifras

Figura 73. Plataforma – Rotas

INFORMAÇÃO PÚBLICA 159


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Nessa janela é possível:


 Habilitar a verificação da categoria de acesso do ramal à rota na geração de
chamadas. Esta opção irá verificar se o ramal tem acesso à rota executi-
va/especial. Se estiver desmarcada, o ramal poderá realizar chamadas sem ter
permissão de acesso.
 Configurar o número mínimo de cifras que devem ser discadas na geração de
chamadas locais, DDD, DDI, para serviços especiais, para serviços de utilidade
pública e para serviços de utilidade pública com DDD.
 Ativar a facilidade Controle de Consumo que, ao ser ativada, habilita opções
que permitem configurar a emissão de um aviso sonoro (beep) quando a rota
principal estiver sem créditos e selecionar a rota alternativa a ser utilizada
quando os créditos da rota acabarem.

NOTAS
1) A configuração das rotas é feita na instalação e não deve ser alterada sem pré-
via autorização da Dígitro.
2) A facilidade Controle de Consumo permite associar créditos (em reais ou minu-
tos) às rotas do PABX e configurar a utilização de rotas alternativas para gera-
ção de chamadas quando os créditos das rotas acabarem.
3) A associação de créditos às rotas é feita no TariFone, no módulo Pré-pago. Pa-
ra isso, é necessário adquirir as licenças dos produtos TariFone e Pré-pago.
4) Serviços especiais são aqueles iniciados por 030x,050x,080x, 090x etc. Por
exemplo: 0800
5) Serviços de utilidade pública são aqueles iniciados por 1xx, por exemplo: 190,
195 etc.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 160


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Troncos executivos
Clicando em menu TELEFONIA > Plataforma > Troncos executivos abre-se uma página
com uma lista dos tipos de regras de roteamento de troncos (Figura 73).

Figura 74. Roteamento de troncos

Os tipos de regras de roteamento apresentados nessa página são fixos, ou seja, o usuá-
rio não pode incluir novos tipos ou excluir os já cadastrados.

Ao clicar no ícone Exibir/Editar de um tipo de regra, abre-se a página da Figura 74:

INFORMAÇÃO PÚBLICA 161


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Figura 75. Regras e Filtros para Chamadas

Essa página apresenta as regras cadastradas para o tipo de regra de roteamento seleci-
onado e a ordem de execução delas. O ícone indica que a regra está Ativa e, o ícone
, que está Inativa.

Posicionando o ponteiro do mouse so-


bre o ícone , é possível visualizar
um resumo da regra, conforme Figura
75.

Figura 76. Resumo regra

INFORMAÇÃO PÚBLICA 162


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Por essa página é possível criar novas regras de roteamento, alterar ou excluir regras
cadastradas, definir a ordem de execução, além de ativá-las ou desativá-las.

PROCEDIMENTO
Incluir regra
1. Clique em menu Telefonia > Plataforma > Troncos executivos > ícone do tipo de
regra desejada > Nova Regra (Figura 74). Abre-se a caixa de diálogo NOVA REGRA
(Figura 76), que permite criar a nova regra em branco ou baseada em uma regra
existente.

Figura 77. Nova Regra

2. Selecionando a opção Criar nova regra em branco. Será aberta a Figura 77:

INFORMAÇÃO PÚBLICA 163


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Figura 78. Edição da nova regra

3. No campo Nome da Regra, insira um nome para a regra a ser incluída.


4. Em Condições é possível definir as condições para execução da regra. Por esse
campo, o usuário pode adicionar várias condições e, também, removê-las.
5. No campo Ações, selecione a ação correspondente.
6. Para ativar a regra, habilite a opção Ativar Regra.
7. Clique sobre o botão Aplicar para validar a inclusão ou em Cancelar para voltar à
página REGRAS E FILTROS PARA CHAMADAS.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 164


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

NOTA
Na caixa de diálogo NOVA REGRA, selecionando a opção Com base em uma regra
existente, a página EDIÇÃO DA NOVA REGRA (Figura 77) abre-se com as informações
da regra selecionada, permitindo que o usuário as utilize como base para a regra
que está inserindo.

PROCEDIMENTO
Editar uma regra
1. Clique em menu Telefonia > Plataforma > Troncos executivos > ícone do tipo de
regra desejada > ícone da regra alterada. Será aberta a página da Figura 77.
2. Altere a regra conforme desejar e clique sobre o botão Aplicar para validar a altera-
ção ou em Cancelar para voltar à página REGRAS E FILTROS PARA CHAMADAS.

PROCEDIMENTO
Excluir uma regra
1. Clique em menu Telefonia > Plataforma > Troncos executivos > ícone do tipo de
regra desejada (Figura 74).
2. Selecione a(s) regra(s) desejada(s) pela caixa de seleção . Se quiser selecionar
todas as regras, marque a primeira caixa de seleção.
3. Clique em Excluir.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 165


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

PROCEDIMENTO
Ativar/desativar uma regra
1. Clique em menu Telefonia > Plataforma > Troncos executivos > ícone do tipo de
regra desejada (Figura 74).
2. Selecione a(s) regra(s) desejada(s) pela caixa de seleção . Se quiser selecionar
todas as regras, marque a primeira caixa de seleção.
3. Na caixa de listagem Outras Ações, selecione a ação desejada: Ativar Regras ou
Desativar Regras.

4. Abre-se um diálogo solicitando a confirmação da operação.

PROCEDIMENTO
Ordenar regras
A ordem das regras é fundamental para o perfeito funcionamento do roteamento de
chamadas. Para alterar a ordenação:

1. Na página Regras e Filtros para Chamadas (Figura 74), selecione uma regra na lis-
tagem. O ponteiro do mouse assumirá o formato .
2. Arraste a regra para cima ou para baixo, soltando o mouse no local desejado.
3. Clique em Salvar ordenação para validar a alteração ou em Cancelar ordenação
para voltar à ordenação anterior.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 166


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Padrões de prefixos
A opção Prefixos Bloqueados, da janela CONFIGURAÇÃO DE RAMAL, permite configurar os
prefixos bloqueados para chamadas saintes e entrantes.

Padrões de prefixos para chamadas saintes


O bloqueio de prefixos para chamadas saintes é configurado na janela PADRÕES DE PRE-
FIXOS DE CHAMADAS SAINTES, a seguir:

INFORMAÇÃO PÚBLICA 167


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Figura 79. Bloqueio de prefixos saintes

PROCEDIMENTO
Configurar bloqueio de prefixos saintes
1. Clique em menu Telefonia > Plataforma > Padrões de prefixos > saintes é apresen-
tada a janela PADRÕES DE PREFIXOS PARA CHAMADAS SAINTES, na qual deverão ser
configurados prefixos que não poderão ser acessados pelo ramal ou faixa de ra-
mais.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 168


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

2. Na caixa de listagem Padrão selecione o padrão de prefixos bloqueados a ser con-


figurado.
3. Pode-se bloquear um prefixo ou uma operadora que possuam determinadas cifras:
 Para bloquear um prefixo, preencha a caixa de texto Prefixo com as cifras corres-
pondentes. O sistema permite o bloqueio de até 40 prefixos.
 Para bloquear uma determinada operadora, informe o CSP3 dela no campo Opera-
dora.

4. Clique no botão Adicionar . O prefixo, a operadora ou as cifras incluídas


serão apresentados na lista de Prefixos.
5. Antes de fechar a janela, clique no botão Aplicar para que as configurações efetua-
das sejam validadas.

NOTA
O sistema aceita dígitos de 0 a 9 e os caracteres “*” (asterisco) “#” (sustenido) e “?”
(interrogação), o qual é utilizado como curinga.

PROCEDIMENTO
Excluir um bloqueio de prefixo sainte
1. Na caixa de listagem Padrão, selecione o número do padrão ao qual o prefixo a ser
excluído pertence.
2. No campo Prefixos, selecione o prefixo a ser excluído.

3. Clique no botão Excluir .

3
CSP: Código de Seleção de Prestadora

INFORMAÇÃO PÚBLICA 169


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Padrões de prefixos para chamadas entrantes


O bloqueio de prefixos para chamadas entrantes é configurado na janela PADRÕES DE
PREFIXOS PARA CHAMADAS ENTRANTES, a seguir:

Figura 80. Bloqueio de prefixos entrantes

INFORMAÇÃO PÚBLICA 170


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

PROCEDIMENTO
Configurar bloqueio de prefixos entrantes
1. Na caixa de listagem do campo Padrão, selecione o padrão a ser configurado, e a
opção Bloqueio. Os padrões para bloqueio variam entre 21 e 40.
2. Pode-se bloquear as chamadas de acordo com a Categoria do assinante, o DDD ou
um número específico. Para bloquear chamadas por categoria, selecione a categoria
a ser bloqueada no campo Categoria. Para bloquear um determinado DDD, deve-se
inseri-lo no campo Identidade. Para bloquear um determinado número telefônico
(prefixo + MCDU*), deve-se inseri-lo no campo Identidade.
3. Após configurar o tipo de chamada a ser bloqueado, clique no botão Adicionar -
.

NOTA
O número com duas cifras será considerado DDD. Quando possuir de 3 a 9 cifras,
será considerado como uma identidade sem DDD e, quando possuir mais de 9 ci-
fras, será considerado como identidade com DDD.

PROCEDIMENTO
Configurar as chamadas a serem liberadas
1. Na caixa de listagem Padrão, selecione o padrão a ser configurado e a opção Libe-
ração. Os padrões para liberação variam entre 1 e 20 e pode-se configurar o siste-
ma a aceitar chamadas de acordo com a Categoria do assinante, o DDD ou um nú-
mero específico. Para que o sistema aceite chamadas de uma determinada catego-
ria, selecione a categoria no campo Categoria. Para aceitar chamadas de um de-
terminado DDD deve-se inseri-lo no campo Identidade. Para aceitar chamadas de
um determinado número telefônico (prefixo + MCDU*), deve-se inseri-lo no campo
Identidade.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 171


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

2. Após configurar o tipo de chamada a ser aceito, clique no botão Adicionar-


.

Categorias:

Figura 81. Categoria - Bloqueio de prefixos entrantes

INFORMAÇÃO PÚBLICA 172


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Temporizações
A opção Temporizações, da janela PLATAFORMA, permite configurar as temporizações do
sistema.

Figura 82. Plataforma - Temporizações

Essa janela permite verificar/configurar as temporizações do sistema.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 173


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Para configurar/alterar um item deve-se selecioná-lo na listagem e preencher o campo


Valor de acordo com a unidade relativa ao item selecionado.
 Tempo para testar se ramal inativo já está novamente no gancho: esta
temporização define o tempo que o PABX vai esperar antes de verificar se o
ramal inativo voltou para o gancho para então retorná-lo ao estado normal.
Tempo em segundos de 0 a 300.
 Tempo para transferência quando o ramal não responde: esta configuração
representa o tempo de NR global do PABX. Exemplo de utilização: Ramal ativa
NR pelo teclado sendo que este não possui configuração prévia de tempo de
NR. Tempo em segundos de 0 a 60.
 Tempo máximo para permanência de uma chamada no estacionamento:
tempo máximo de permanência de uma chamada no estacionamento (até 1000
segundos). Após o tempo estipulado, a chamada retorna ao originador ou à
operadora/telefonista.
 Tempo para início da bilhetagem: caso o tronco não receba informação de
atendimento. Exemplo: Uma chamada é destinada a um determinado ramal. O
usuário já atendeu a chamada, porém, o sistema ainda não recebeu a sinaliza-
ção de atendimento. Então, de acordo com a programação feita, a bilheta-
gem/tarifação, começará após o limite do tempo programado.
 Tempo de espera após a inserção do tom de intercalação: efetiva a comu-
tação entre o intercalador e o intercalado, ou seja, é o tempo de espera entre o
sinal de aviso ao usuário, indicando que ele será intercalado e o início real da
intercalação.
 Número máximo de toques para chamadas externas entrantes: número de
toques de 0 a 65535.
 Intervalo de tempo para apagar as mensagens da caixa postal de voz:
permite configurar em quantos dias as mensagens contidas na caixa postal de
voz deverão ser apagadas.
 Intervalo de tempo para apagar os arquivos de bilhetagem: tempo máximo
para o arquivo de bilhetagem.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 174


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

 Número de toques antes de receber uma mensagem: número de toques,


numa chamada entrante, antes de receber uma mensagem.
 Tempo para efetuar rechamada externa: Exemplo: O usuário efetuou uma
chamada externa, porém, o telefone não pôde atender a chamada, então, após
o usuário efetuar a programação do serviço, o sistema fará uma rechamada
automática para o telefone anteriormente chamado após um determinado tem-
po.
 Tempo para iniciar bilhetagem do porteiro eletrônico: tempo em segundos
de 0 a 65535.
 Intervalo de tempo para apagar os arquivos de bilhetagem do porteiro ele-
trônico: permite configurar em quantos dias os arquivos de bilhetagem do
PABX deverão ser apagados.
 Intervalo de tempo para apagar as mensagens de FAX: tempo para exclu-
são de faxes.
 Tempo máximo para manter o arquivo de bilhetagem do porteiro-
eletrônico aberto: tempo que o sistema deve aguardar para iniciar a bilheta-
gem do porteiro eletrônico.
 Quantidade máxima de bilhetes do porteiro eletrônico por arquivo: número
máximo de bilhetes para o porteiro
 Tempo máximo para manter o arquivo de bilhetagem aberto: minutos de 60
a 1440 minutos. Se o tempo “Quantidade máxima de bilhetes porteiro por ar-
quivo” estiver configurado com valor “0”, este campo não terá efeito.
 Quantidade máxima de bilhetes por arquivo: quantidade máxima de regis-
tros por bilhete.
 Tempo para transbordo das chamadas na fila da telefonista: tempo em se-
gundos de 10 a 65535.
 Tempo máximo de espera para sincronismo das mensagens de grupos:
tempo em segundos de 10 a 65535.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 175


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

 Tempo máximo de espera para sincronismo das mensagens de telefonis-


tas: tempo em segundos de 10 a 65535.
 Tempo máximo de permanência nas filas de telefonista e grupo: minutos
de 10 a 65535.
 Intervalo de tempo para apagar o arquivo de teleponto: tempo para exclu-
são do arquivo de teleponto. Número de dias de 0 a 255.
 Tempo mínimo para ouvir a mensagem de ocupação do ramal: tempo em
segundos de 5 a 20.
 Tempo para transbordo para as chamadas na fila do grupo: tempo em se-
gundos de 10 a 65535.
 Tempo para bip, liberação ou geração de alarme em chamadas externas
saintes locais: minutos de 0 a 65535.
 Tempo para bip, liberação ou geração de alarme em chamadas externas
saintes DDD ou DDI: minutos de 0 a 65535.
 Tempo para bip, liberação ou geração de alarme em chamadas externas
saintes para celular: minutos de 0 a 65535.
 Tempo para bip, liberação ou geração de alarme em chamadas para rede
corporativa: minutos de 0 a 65535.
 Tempo para solicitação de cifras em ramais tie-line: tempo em segundos de
10 a 65535.
 Tempo para aguardar o reatendimento: tempo em segundos de 3 a 90.
 Tempo para aguardar a confirmação de liberação do juntor: tempo em se-
gundos de 1 a 30.
 Quantidade de toques de tom de ocupado antes de considerar o ramal
como inativo: número de toques de 1 a 120.
 Tempo que o ramal configurado como porteiro eletrônico fica acionado
para abertura do portão eletrônico: tempo em segundos de 1 a 120.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 176


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

 Tempo para transbordo das chamadas quando perder conexão CTI com
aplicações externas em grupo com característica Ponto de Roteamento
(Routing Point): a configuração desse item é opcional, ele permite configurar o
tempo de espera para reconexão quando a plataforma perder a conexão CTI
com o cliente externo, por exemplo, uma aplicação CSTA de terceiros. Caso a
conexão não seja restabelecida durante esse período, as chamadas do Ponto
de Roteamento são transferidas para o Dispositivo DAC configurado para
transbordo. Tempo em segundos de 6 a 3600.
 Intervalo de tempo para permitir novas chamadas para o mesmo destino,
após liberação por controle de tempo: tempo para chamar novamente o des-
tino, caso ocorra liberação por controle de tempo. Minutos de 0 a 65535.
 Tempo para tom diferenciado chamadas tronco-ramal celular: tempo em
segundos de 0 a 65535.
 Tempo para tom diferenciado para chamadas ramal-ramal celular: tempo
em segundos de 0 a 65535.

Multidomínios (Opcional)
Domínio é o agrupamento de recursos (ramais, contas, caixas de mensagem, etc.) de
uma plataforma configurados para um determinado cliente. Com essa funcionalidade, os
recursos da plataforma Dígitro podem ser divididos entre vários clientes, mantendo cada
um com as suas configurações específicas, o que permite, por exemplo, gerenciar a tari-
fação de cada cliente individualmente.

Para acessar os Domínios (funcionalidade opcional, dependente de licença), clique em


menu TELEFONIA > Domínios. Será aberta a página representada pela Figura 83.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 177


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Figura 83. Menu Telefonia > Domínios do PABX

Na Figura 83, a coluna Domínio apresenta os nomes dos domínios, que são links para a
página representada pela Figura 84, na qual são mostrados os recursos alocados em
cada domínio.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 178


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Figura 84. Recursos Alocados

Ainda na Figura 83, o botão Apresentação de colunas abre a Figura 85, na qual é pos-
sível selecionar outras configurações para serem apresentadas na tabela Domínios.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 179


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Figura 85. Apresentação de colunas

NOTA
Para configurar as chamadas, os atributos e as programações dos itens do Domínio,
consulte a página 124.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 180


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

PROCEDIMENTO
Incluir ou editar um domínio
1. Para incluir novo domínio, clique no botão Novo Domínio na Figura 83. Será aberta
uma página semelhante à Figura 86.
2. Para editar um domínio cadastrado, clique em do domínio desejado (Figura 83)
ou no botão Editar (Figura 84). Será aberta uma página semelhante à Figura 86.
3. Preencha ou altere os dados do domínio:

 Nome do domínio (que será visualizado na Figura 83).


 Número piloto: número principal para acesso ao domínio por meio da rede pública.
 Conta de tarifação: conta da qual serão debitadas as chamadas.
 Rota padrão: conexão com a operadora de telefonia, utilizada para gerar chama-
das externas.
 Quantidade de acessos à rede pública (entrantes e saintes): quantidade máxi-
ma de conexões simultâneas reservadas para o domínio.
 Gerar Nova Senha para Ramais e Contas: ao escolher a opção Sim, o sistema
gerará automaticamente novas senhas para os ramais e contas do domínio.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 181


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Figura 86. Edição do domínio

INFORMAÇÃO PÚBLICA 182


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

4. Em Ramais e Contas e Grupos, as formas de incluir ou editar dados são semelhan-


tes: digite os dados desejados e clique em Incluir (Figura 86). Será aberta a página
INCLUSÃO DE RAMAIS/CONTAS/GRUPOS (Figura 87).

Figura 87. Inclusão de Ramais

5. A plataforma irá informar os ramais/contas/grupos que ainda não foram associados


a outros domínios, ou seja, que estão disponíveis para serem incluídos. Há três ma-
neiras de incluir ramais/contas/grupos:
 Ramal/Conta/Grupo Específico: marque esse item; preencha o campo com o nú-
mero do ramal/conta/grupo desejado; clique em OK.
 Faixa de Ramais/Contas/Grupos: no quadro, selecione uma faixa de ra-
mal/conta/grupo ou marque esse item; preencha os campos referentes à faixa que
deseja incluir; clique em OK.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 183


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

6. Para excluir ramais / contas / grupos, clique no botão Excluir e será aberta a página
Exclusão de Ramais/Contas/Grupos (Figura 88).
7. Existem três maneiras de excluir ramais / contas / grupos:

Figura 88. Exclusão de Ramais

 Ramal específico: selecione este item e digite o ramal que deseja excluir.
 Faixa de Ramais/Contas/Grupos: selecione esse item; complete os campos refe-
rentes à faixa que deseja excluir; clique em OK.
 Excluir faixas selecionadas: marque esse item; no quadro, selecione as faixas
desejadas; clique em OK.

8. Em Telefonista/Administrador, Fonte de Música, Recepcionista Digital, Acesso Exe-


cutivo, as formas de incluir e excluir dados são semelhantes (Figura 89).

INFORMAÇÃO PÚBLICA 184


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

9. Selecione os itens desejados na tabela Disponíveis e clique no botão Incluir>>. Os


dados aparecerão na tabela Ocupados. Para retirar itens da tabela Ocupados, sele-
cione-os clique no botão <<Retirar.

Figura 89. Telefonista/Administrador – Fonte de Música – Recepcionista Digital – Acesso


Executivo

INFORMAÇÃO PÚBLICA 185


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

10. Em Licenças, selecione as licenças e preencha os campos Quantidade de licenças e


Validade das licenças.

Figura 90. Licenças

NOTA
Clique em Aplicar (Figura 82) ao final da página para salvar a configuração do
domínio.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 186


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

PROCEDIMENTO
Excluir domínios
1. Na página DOMÍNIOS DO PABX (Figura 83), selecione o(s) domínio(s) desejado(s) pe-
la caixa de seleção .
2. Se quiser excluir todos eles, marque a primeira caixa de seleção, ao lado do nome
Domínio.
3. Clique em Excluir para eliminar o Domínio da plataforma.

NOTA
As funcionalidades Ativar e Desativar domínios permitem desbloqueá-los ou blo-
queá-los temporariamente, evitando, dessa forma, a necessidade de excluí-los
da plataforma ou cadastrá-los novamente quando necessitarem ser reativados.

PROCEDIMENTO
Ativar domínio
1. Na página DOMÍNIOS DO PABX (Figura 83), selecione o(s) domínio(s) desejado(s) pe-
la caixa de seleção .
2. Na caixa Mais Ações, selecione a opção Ativar. Será apresentada a mensagem:
“Atenção! Confirma ativar o domínio selecionado?”
3. Clique em OK para confirmar a operação.

DICA
Também é possível Ativar ou Desativar o domínio por meio do respectivo botão
na Figura 80.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 187


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

PROCEDIMENTO
Desativar domínio
1. Na página DOMÍNIOS DO PABX (Figura 83), selecione o(s) domínio(s) desejado(s) pe-
la caixa de seleção .
2. Na caixa Mais Ações, selecione a opção Desativar. Será apresentada a mensagem:
“Atenção! Esta ação irá bloquear os ramais e excluir as licenças associadas ao do-
mínio selecionado”.
3. Clique em OK para confirmar a operação.

NOTA
Quando um domínio for desativado, seu estado será inativo e os ramais perten-
centes a ele serão bloqueados.

Código de Funções
O item Código de Funções permite visualizar os códigos default utilizados pelos usuá-
rios dos ramais para acessar as funcionalidades do PABX.

Alterações nesses códigos afetam diretamente o comportamento do sistema, por isso,


somente o usuário administrador tem permissão para alterá-los.

Caso seja necessário alterar algum código para, por exemplo, tornar o sistema compatí-
vel com um equipamento PABX de um outro fabricante, deve-se entrar em contato com o
Serviço de Suporte ao Cliente Dígitro (SSC) para solicitar a alteração.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 188


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Figura 91. Código de Funções

RECURSOS
Por meio do item Recursos é possível verificar informações sobre algumas funcionalida-
des do sistema.

Recepcionista Digital
Clicando no menu TELEFONIA > Recursos > Recepcionista Digital é aberta a tela mos-
trada a seguir:

INFORMAÇÃO PÚBLICA 189


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Figura 92. Recepcionistas digitais

As recepcionistas digitais fazem o atendimento automático de chamadas. Por essa tela é


possível verificar as recepcionistas configuradas no sistema e seus respectivos ramais.

NOTA
Essa configuração é realizada pelo Serviço de Suporte ao Cliente Dígitro.

Busca pessoa (Opcional)


Clicando no menu TELEFONIA > Recursos > Busca pessoa, abre-se uma página com a
lista de ramais configurados com a facilidade busca pessoa:

INFORMAÇÃO PÚBLICA 190


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Figura 93. Busca pessoa

A facilidade busca pessoa é opcional e permite ao usuário, durante a conversação, esta-


cionar a chamada e avisar a alguém, por meio de um sistema de sonorização, sobre a
chamada estacionada.
O sistema permite a configuração de até nove ramais para funcionarem como Sistema
de Alto-falantes, cada um correspondente a uma identificação (de 1 a 9), representando
áreas/setores para realização da divulgação. Pode-se também pré-configurar uma músi-
ca interna/externa que o sistema ficará tocando enquanto não houver a necessidade de
Busca-Pessoa.
A Lista de ramais para Busca Pessoa apresenta as seguintes configurações:
 Identificação: posição ou identificação da configuração realizada no Busca
Pessoa (de 1 a 9).

INFORMAÇÃO PÚBLICA 191


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

 Ramal: número do ramal, utilizado como sistema de alto-falante, ao qual a bus-


ca pessoa está associada.
 Música interna ou externa vinculada ao ramal.

NOTA
Essa configuração é realizada pelo Serviço de Suporte ao Cliente Dígitro.

Callback Celular (Opcional)


Clicando no item TELEFONIA > Recursos > Callback Celular, abre-se uma página com as
listas de números com acesso ao callback (Figura 94).

Figura 94. Relação de listas cadastradas

INFORMAÇÃO PÚBLICA 192


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

O callback para celular é uma facilidade do PABX Dígitro que possibilita economia aos
usuários de celulares na rede pública disponibilizando número de acesso para a progra-
mação do callback.

O usuário do celular, uma vez cadastrado na lista do callback, liga para um DDR (ou nú-
mero de celular dedicado ao smartcell) e é encaminhado ao PABX, que valida sua iden-
tidade, derruba a chamada (sem atender/tarifar) e retorna a chamada para o celular
chamador; a partir do atendimento deste, transfere a chamada para um número prede-
terminado do PABX (que pode ser qualquer serviço (URA), grupo, operadora, recepcio-
nista digital etc.).

NOTA
A funcionalidade Callback Celular é opcional, controlada por licença.

Relação de Listas Configuradas


Uma lista é um conjunto de telefones que terão acesso ao serviço de callback e que
possuem uma configuração comum.
Na tabela Listas de números com acesso ao callback (Figura 89), é apresentada uma re-
lação com as listas que estão cadastradas, um botão para criar uma nova lista e um bo-
tão para exclusão das listas que forem marcadas. São informados nome, DDR e número
de transferência no atendimento de cada lista registrada.

Essa página permite a pesquisa das listas de números com acesso ao callback. Para is-
so, informe o número a ser pesquisado, selecione a lista e clique em Buscar. A tabela
Listas de números com acesso ao callback apresentará as listas em que o número está
cadastrado.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 193


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Adicionar Lista
Para adicionar lista de números com acesso callback, observe o seguinte procedimento.

PROCEDIMENTO
Adicionar lista de números com acesso ao callback
1. Clique em menu TELEFONIA > Recursos > Callback Celular > Nova Lista (Figura 94).
Será aberta uma página para adicionar lista, com os seguintes itens:

Figura 95. Nova lista

 Nome: refere-se a um nome para identificar a lista. São permitidas apenas letras
não acentuadas e espaços em um total de no máximo 30 caracteres. Ex.: ven-
dedores
 Rota: refere-se à rota de saída que a plataforma irá utilizar para realizar a cha-
mada.
 DDR: número do serviço de callback; são permitidos apenas números inteiros. É
para este número que os usuários do serviço irão ligar. Ex.: 4000
 Transferência para: número para o qual serão transferidas as chamadas gera-
das. São permitidos apenas números inteiros.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 194


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

2. Após inserir as informações sobre a lista, clique em Salvar para validar a configura-
ção. Abre-se a página Callback celular (Figura 96):

Figura 96. Edição da nova lista

Por essa página é possível incluir telefones ou importar uma lista com os números.

PROCEDIMENTO
Incluir um telefone
1. Para incluir um telefone, clique em Novo telefone. Abre-se a caixa de diálogo Adici-
onar telefone (Figura 92):
2. Informe o nome e o número do telefone. É permitido nome em branco. Não são
permitidos números duplicados.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 195


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

3. Clique em Salvar para validar a inclusão. O número é apresentado na Lista de tele-


fones (Figura 95).
4. Para importar uma lista de telefones, clique em Importar Lista. Abre-se a caixa de
diálogo Importar Lista:

Figura 97. Caixa de diálogo Adicionar telefone

Figura 98. Importar telefones

INFORMAÇÃO PÚBLICA 196


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

5. Selecione o arquivo a ser importado. Ele deve estar no formato texto (.txt) e pode
estar compactado (.zip). Deve ter um registro por linha, com o nome e o número do
telefone separados por ';'.
Exemplos:
Maria;15948794
Jonatas Pereira de Mello;78964563

6. Clique em OK. Caso o arquivo esteja num formato válido, a importação é iniciada e
é apresentado o seu progresso. Ao final da importação, é incluído o campo Última
Importação na página Callback celular (Figura 99), com informações sobre o proce-
dimento. Se houver algum problema na importação, o usuário poderá verificá-lo pelo
botão Detalhes, que abre uma página contendo dados referentes aos registros que
não foram importados e as causas dos erros,

INFORMAÇÃO PÚBLICA 197


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Figura 99. Lista de telefones – Última Importação

INFORMAÇÃO PÚBLICA 198


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

NOTAS
1) A quantidade máxima de números por lista é definida na configura-
ção da plataforma. O sistema não importará um arquivo, caso a
quantidade de números a serem incluídos faça com que a lista ultra-
passe este limite.
2) Se uma lista possuir muitos números telefônicos, eles serão dividi-
dos em página. É possível definir a quantidade de números apresen-
tados em cada página pela caixa de seleção Itens por página.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 199


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Edição da Lista
Ao clicar no botão Exibir / Editar correspondente a uma lista, na tabela Listas de
números com acesso ao callback (Figura 94), o usuário terá a possibilidade de alterar os
dados desta lista. Abre-se a página mostrada na Figura 100:

Figura 100. Página de edição de lista

INFORMAÇÃO PÚBLICA 200


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

PROCEDIMENTO
Editar lista de números com acesso ao callback celular
1. Na página de edição da lista (Figura 100), clique em Exibir / Editar correspon-
dente ao registro. Abre-se a caixa de diálogo para edição:

Figura 101. Editar telefone

2. Após as alterações, clique em Salvar para validá-las.

PROCEDIMENTO
Excluir números de uma lista
1. Na página de edição da lista (Figura 100), selecione o(s) número(s) a ser(em) exclu-
ído(s) pela caixa de seleção .
2. Se quiser selecionar todos os números da página apresentada, marque a primeira
caixa de seleção.
3. Clique em Excluir. Caso tenha selecionado excluir todos os números, o sistema
apresentará uma mensagem questionando o usuário se ele deseja excluir apenas os
números da página apresentada ou todos os números cadastrados para a lista. A
exclusão será feita de acordo com a opção selecionada pelo usuário.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 201


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Exclusão de listas de números


É possível excluir uma lista ou várias ao mesmo tempo. Para isso, na tabela Listas de
números com acesso ao callback (Figura 94), o usuário deve selecionar a(s) lista(s) pela
caixa de seleção , e clicar no botão Excluir. Se desejar selecionar todas as listas, de-
ve marcar a primeira caixa de seleção.

Correio de FAX (Opcional)


Clicando no menu TELEFONIA > Recursos > Correio de FAX, abre-se uma página com as
configurações do Correio de FAX do sistema:

INFORMAÇÃO PÚBLICA 202


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Figura 102. Correio de FAX

 Caixa de entrada de FAX:


- Ramal: número do ramal de entrada do FAX.
- Frase de atendimento: frase de atendimento da caixa geral de FAX.
 Recuperação de FAX gravados na Caixa de FAX
- Ramal: número do ramal de navegação.
- Frase de atendimento: frase de navegação da caixa geral de FAX.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 203


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

- Armazenar as mensagens na caixa de fax após o envio: habilita o ar-


mazenamento das mensagens enviadas na caixa de fax.
O campo Ramais com Correio de FAX apresenta a lista de ramais do sistema que pos-
suem correio de FAX previamente configurado pelo menu Telefonia > Ramais > Lista de
Ramais > Atributos > Correio de Fax. Clicando num ramal da lista é aberta a página de
configuração dos atributos do ramal Figura 40.

NOTA
Essa configuração é realizada pelo Serviço de Suporte ao Cliente Dígitro.

DISA (Opcional)
Clicando no menu TELEFONIA > Recursos > DISA, abre-se uma página que permite verifi-
car as configurações da facilidade DISA:

Figura 103. DISA

INFORMAÇÃO PÚBLICA 204


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

A facilidade DISA é uma função interativa que permite que o usuário acesse o sistema
externamente e o utilize para gerar chamadas como se estivesse dentro da empresa. As
chamadas geradas são vinculadas a um ramal ou à uma conta.

Na página Disa é possível verificar:


 Ramal de Acesso à DISA: número do ramal que o funcionário discará para
acessar o serviço DISA.
 Rota de saída das chamadas: rota utilizada para gerar as chamadas.
 Login para acesso à DISA: indica o tipo de validação que o sistema fará para
liberar a chamada:
- Ramal e senha ou Conta e senha: indica que a URA possuirá a opção de
escolha entre conta ou ramal para acesso a DISA.
- Ramal e senha: o usuário deverá teclar o número e a senha do ramal para
originar chamadas para qualquer finalidade.
- Conta e senha: o usuário deverá teclar a conta e a senha do usuário para
originar chamadas para qualquer finalidade.

ATENÇÃO
1) O administrador, ao configurar a facilidade DISA, permitirá que os usuários por
ele habilitados acessem externamente o sistema e o utilizem para a geração de
chamadas como se estivessem dentro da empresa.
2) A configuração da facilidade deve ser realizada com observância aos procedi-
mentos de segurança, sob pena de a facilidade não alcançar os benefícios de-
sejados, ser utilizada de forma indevida ou maliciosa e gerar prejuízos ao admi-
nistrador.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 205


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Procedimentos de Segurança para Configuração da Função DISA


Cabe ao administrador definir, de acordo com a sua conveniência e com a disponibilida-
de do sistema, o procedimento de validação para liberação da chamada, que pode ser
feita por ramal ou por conta.

Para que um ramal possa utilizar essa função, deve ter o atributo Permissão para gerar
chamadas externas a partir de um número externo (DISA).

Para que uma conta possa utilizar a função DISA, deve ter o privilégio Com acesso ao
serviço DISA, habilitado na janela CONFIGURAÇÕES GERAIS/CONTAS da interface PABX
Configuração.

ATENÇÃO
1) As contas, senhas e ramais utilizados no procedimento de segurança (valida-
ção) são definidos única e exclusivamente pelo administrador, a quem cabe ze-
lar por sua preservação e, sempre que necessário, alteração.
2) A ausência de cuidado na seleção do procedimento de segurança ou na guarda
das respectivas senhas de acesso pode gerar, em caso de uso indevido, grave
prejuízo financeiro de inteira responsabilidade do administrador.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 206


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Fontes de música
Clicando no menu TELEFONIA > Recursos > Fontes de música é aberta a tela mostrada a
seguir. Ela permite verificar as fontes de música do sistema. A listagem indica:
 Tipo de fonte:
- Interna: divulga a música gravada no próprio sistema.
- Externa: divulga música externa, ou seja, que depende de outro equipa-
mento (rádio, CD player, etc.) conectado ao sistema. Para esse tipo de fon-
te é necessária a associação de um ramal exclusivo para entrada da músi-
ca.
 Preferência: indica o tipo de fonte que terá preferência para divulgação das
músicas. Essa informação é útil para os casos em que a fonte está configurada
com música interna e externa.
 Frase: indica o número da frase que contém a música a ser veiculada para a
fonte interna.
 Ramal: indica o ramal utilizado como entrada para a fonte externa.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 207


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Figura 104. Fontes de música

Gravação de mensagens
Clicando no menu TELEFONIA > Recursos > Gravação de mensagens é aberta a tela
mostrada a seguir. Ela permite verificar:
 Ramal para gravação de mensagens: indica o número do ramal utilizado para
gravação de mensagens.
 Frase de identificação: número da frase veiculada no atendimento da chama-
da.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 208


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

 Frase de gravação: frase de atendimento que instruirá o usuário no processo


de gravação informando os passos a serem seguidos.

Figura 105. Gravação de mensagens

NOTA
Essa configuração é realizada pelo Serviço de Suporte ao Cliente Dígitro.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 209


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Números Bloqueados (Opcional)


Esta funcionalidade permite o bloqueio de chamadas geradas para os números registra-
dos, realizadas manualmente por um ramal/operador de call center ou por meio do Easy-
Call Dialer.

A utilização desta lista de bloqueios está associada à configuração de grupo, por meio
da IGC PABX Configuração.

NOTA
A funcionalidade Números Bloqueados é opcional, controlada por licença.

Clicando no item Números Bloqueados, abre-se a página NÚMEROS BLOQUEADOS, que


apresenta dois links.

Por meio do link Enviar números (Figura 101) é possível enviar um arquivo com os nú-
meros que devem ser bloqueados. Nesta página é mostrada a data e o horário da última
atualização da lista.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 210


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Figura 106. Números Bloqueados – Enviar números

Atualização de Números Bloqueados


Para atualizar a lista de números bloqueados, observe o seguinte procedimento.
PROCEDIMENTOS
Atualizar números
1. Em menu Telefonia > Recursos > NÚMEROS BLOQUEADOS > Enviar números, clique
em Enviar arquivo e selecione o arquivo (Figura 101).
2. Clique em Enviar.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 211


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

NOTA
O arquivo de importação deve cumprir os requisitos abaixo:

 Deve ser escrito em formato de texto puro (txt, csv).


 Deve ser compactado (zip).
 O nome do arquivo compactado não deve conter espaços.
 Deve ter apenas um registro por linha.
− Formato do registro: DDD + telefone com no mínimo 10 dígitos.
 A última linha deve ter o texto END OF FILE, sem aspas, que indica o final do
arquivo.

Exemplo do texto de um arquivo de importação:


4891111111
2191234567

Por meio do link Consultar números (Figura 102) abre-se uma página que permite a con-
sulta aos números bloqueados. Podem ser consultados até 10 números diferentes. Nes-
se caso, cada número telefônico deve ser separado por ponto e vírgula ( ; ).

INFORMAÇÃO PÚBLICA 212


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Figura 107. Números Bloqueados – Consultar números

Consulta de Números Bloqueados


Para consultar números bloqueados, observe o procedimento a seguir.
PROCEDIMENTOS
Consultar números
1. Em menu Telefonia > Recursos > NÚMEROS BLOQUEADOS > Consultar número, pre-
encha o campo Número do telefone da seguinte forma: DDD + número, sem espa-
ços. Ex.: 4812345678.
2. Clique em Consultar.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 213


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

Sincronismo
Este sistema visa sincronizar informações entre os vários sites que compõem a rede
corporativa. Com isso, é possível ter uma conta e um ramal, com todos os seus atributos,
sincronizados nos vários sites de uma rede, possibilitando a mobilidade do usuário.

Para ver o Sincronismo de contas e ramais, clique em menu TELEFONIA > Sincronismo.
Será aberta a página SUPERVISÃO DE SINCRONISMO DE CONTAS E RAMAIS (Figura 108).

Figura 108. Supervisão de Sincronismo de Contas

A página SUPERVISÃO DE SINCRONISMO DE CONTAS E RAMAIS apresenta a quantidade de


máquinas sincronizando e a quantidade de máquinas não sincronizando, além da data e
do horário da última atualização da página. Também são visualizados os itens:

INFORMAÇÃO PÚBLICA 214


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 5

 Ícones: - indica que a máquina está sincronizando as informações das


contas; - indica que a máquina não está sincronizando as informações

das contas. Esses ícones são descritos na legenda .


 Máquina (host): apresenta a máquina que faz parte da rede.
 Quantidade de registros pendentes: indica quantos registros ainda precisam
ser sincronizados.
 Horário última conexão: na máquina que não está sincronizando, mostra o
horário da última conexão com o servidor central.
Causa da desconexão: na máquina que não está sincronizando, mostra a causa da
desconexão.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 215


6
MENU SEGURANÇA
O menu Segurança apresenta os Certificados e as Chaves conforme a seguir.
Além disso, a interface apresenta alarmes relativos à validade dos certificados, cujos tex-
tos mudam de cor conforme o prazo a expirar:

 - itens de segurança com prazo a expi-


rar entre 61 e 90 dias apresentarão alarmes com ícone amarelo estático e link
azul.
 - itens de segurança com prazo a expi-
rar entre 0 e 60 dias apresentarão alarmes com ícone amarelo piscando e link
vermelho.
 - se houver itens de segurança com prazo expi-
rado e nenhum certificado com prazo a expirar4, os alarmes aparecerão com
ícone vermelho e link vermelho.

4
Os alarmes que estão para expirar têm prioridade sobre os já expirados.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 216


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 6

Figura 109 - Segurança

NOTAS
1) O alarme será mostrado na interface somente quando houver algum certificado
ou chave com prazo para expirar inferior a 90 dias ou já expirado.
2) Ao clicar no link do alarme, se ele for para certificados, ou certificados e chaves,
será aberta a página de certificados; se o alarme for somente para chaves, será
aberta a página de chaves.
3) Sempre que o NGC Explorer é iniciado ou a sua interface é atualizada é enviado
um pedido ao servidor para saber se há alarmes de segurança. Essa ação seta
um timer e programa o novo pedido para cada 24 horas.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 217


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 6

Certificados
Clicando em menu Segurança > Certificados > Lista de certificados (Figura 109) é pos-
sível visualizar informações sobre os certificados disponíveis, conforme a seguir:

 Estado do certificado, marcado por ícones coloridos cujos significados estão


descritos na Legenda , conforme a seguir:
- Certificado dentro do prazo de validade.
- Certificado com data de validade expirada.
- Certificado expira em menos de 90 dias.
- Certificado será válido a partir de uma data futura.
 Emitido para: nome da empresa para quem o certificado foi emitido.
 Autoridade certificadora: empresa que emitiu o certificado.
 Válido a partir de: data do início da validade do certificado.
 Expira em: data em que expira o certificado.
 Outras aplicações: informa se o certificado está disponível para todas as apli-
cações da plataforma, como, por exemplo, PABX e Softswich.

Para visualizar os detalhes de cada certificado, clique no link no nome do certificado. Se-
rá apresentada uma página semelhante à figura a seguir:

INFORMAÇÃO PÚBLICA 218


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 6

Figura 110 - Detalhes do certificado

INFORMAÇÃO PÚBLICA 219


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 6

PROCEDIMENTO
Importar certificado
1. Clique em menu Segurança > Certificados
2. Será aberta a Figura 111. Clique em Selecionar arquivo e importe o certificado.

Figura 111 - Importar certificado

3. O ícone abre uma caixa de diálogo com o seguinte aviso: “Para deixar de utilizar
este certificado em todas as aplicações da plataforma, você deverá excluir o certifi-
cado.”
4. Caso deseje ver os detalhes do certificado que deseja importar antes de enviá-lo de-
finitivamente ao servidor, clique em Preview. Será aberta uma layer com os deta-
lhes do certificado (semelhante à Figura 110) ou será exibido um alerta com um erro
da operação, como por exemplo, “arquivo inválido”.

5. Para importar o certificado clique em (Figura 111).

INFORMAÇÃO PÚBLICA 220


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 6

NOTA
Somente os certificados que identificam autoridades certificadoras devem ser im-
portados.

Chaves
Clicando em menu Segurança > Chaves (Figura 112) é possível visualizar informações
sobre as chaves disponíveis, conforme a seguir:

 Estado da chave, marcado por ícones coloridos cujos significados


estão descritos na Legenda (Figura 112).
 Emitido para: nome da empresa para a qual a chave foi emitida.
 Autoridade certificadora: empresa que emitiu a chave.
 Válido a partir de: data do início de validade da chave.
 Expira em: data em que expira a chave.
 Outras aplicações: informa se a chave está disponível para todas as aplicações
da plataforma, como, por exemplo, PABX e Softswich.

Para visualizar os detalhes de cada chave, clique no link no nome da chave. Será apre-
sentada uma página semelhante à Figura 112 com as informações da chave.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 221


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 6

Figura 112 - Legenda chaves

PROCEDIMENTO
Importar chaves

ATENÇÃO
O MidSip aceita somente um par de chaves no servidor, portanto, para importar
uma nova chave privada, primeiramente exclua a chave existente clicando na caixa

de seleção da chave e depois no botão Excluir.

1. Clique em menu Segurança > Chaves > Importar chaves.


2. Será aberta a Figura 113. Quando não houver nenhuma chave no sistema, ao im-
portá-la pela interface (ver nota a seguir), é obrigatório inserir o par de chaves: pú-
blica e privada.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 222


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 6

NOTA
Além de o usuário importar as chaves pela interface, o Serviço de Suporte ao Cli-
ente (SSC) da Dígitro poderá gerá-las diretamente no servidor. Nesse caso, a cha-
ve privada ficará armazenada no sistema e a chave pública será enviada para a
autoridade certificadora – mas não ficará nenhuma chave visível na lista de chaves.
Quando o usuário tentar importar uma chave, será apresentado apenas o campo
para importar a Chave Pública e a seguinte mensagem:

3. Importe a chave pública em Selecionar arquivo.


4. Importe a chave privada em Selecionar arquivo.
5. Para visualizar as informações da chave antes de importá-la, clique em Preview.
Será exibida uma página semelhante à Figura 113 com os dados da chave.
6. Para importar a chave, clique em OK (Figura 113).
O ícone abre uma caixa de diálogo com o seguinte aviso: ““Para deixar de utilizar es-
te chave em todas as aplicações da plataforma, você deverá excluir a chave.”

INFORMAÇÃO PÚBLICA 223


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Telefonia
CAPÍTULO 6

Figura 113 - Importar chaves

INFORMAÇÃO PÚBLICA 224


7
MENU AJUDA
Pelo menu AJUDA, é possível saber informações sobre a release do PABX e a versão do
aplicativo.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 225


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Ajuda
CAPÍTULO 7

Figura 114. Menu Ajuda

PROCEDIMENTO
Acessar as informações do menu Ajuda
1. Clique em menu Ajuda > Sobre. Será apresentada a página da Figura 115 infor-
mando a release PABX que está instalada na máquina e a versão do aplicativo.
2. Clique em OK para fechar a página.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 226


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Menu Ajuda
CAPÍTULO 7

Figura 115. Versão do Sistema

INFORMAÇÃO PÚBLICA 227


GLOSSÁRIO
Termo Descrição
Busca-pessoa Durante uma conversação, esta facilidade permite estacionar a
chamada e avisar a alguém, por meio de um sistema de sonori-
zação, sobre a chamada estacionada.
O aviso não é realizado automaticamente, ou seja, o usuário
acessa a facilidade a partir de seu ramal e deve vocalizar o aviso
para todas as caixas de som do sistema. Caso o usuário queira,
pode também utilizar esta facilidade apenas para realizar avisos,
sem estacionamento de chamadas.
Por meio do PABX, pode-se configurar até 9 (nove) ramais para
funcionarem como Sistema de Alto-falantes, cada um correspon-
dente a uma identificação (de 1 a 9), representando
áreas/setores para realização da divulgação. Pode-se também
pré-configurar uma música interna/externa que o sistema ficará
tocando enquanto não houver a necessidade de Busca-Pessoa.
Calendário O calendário é uma funcionalidade que permite a configuração
de faixas de horários de atendimento ativas nos dias úteis, sába-
dos, domingos, feriados e dias especiais.
Conferência Facilidade que possibilita a interligação de vários ramais e/ou
troncos para conversação simultânea (conferências). A conferên-
cia funciona de forma que um ramal origem (ramal que inicia a
conferência) possa interligar grupos de, no máximo, 7 participan-
tes.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 228


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Glossário

CTI (Computer & Telephony Integration) - significa Integração Com-


putador-Telefonia e consiste da conexão de um computador
(uma única estação de trabalho ou arquivo do servidor de uma
rede local) a uma central de comutação telefônica na qual o
computador usa os comandos da central para deslocar as cha-
madas. Classicamente, o CTI é aplicado nas estruturas de call
center. Já existem, porém, novos padrões envolvendo essa tec-
nologia.
DDR Discagem direta a ramal: processo de estabelecimento de cha-
madas em que o usuário externo ao serviço telefônico tem aces-
so direto aos ramais de uma Central Privativa de Comutação Te-
lefônica (CPCT)
Discagem abrevi- Trata-se de números cadastrados no sistema PABX para acesso
ada via discagem abreviada, cujas posições dividem-se nas faixas:
Particular (do ramal): 12 a 30 (total = 19)
Restrita: 31 a 80 (total = 49)
Pública: 81 a 99 (total = 19)
DIGR Cartão usado em plataformas de grande porte da Dígitro, como o
AXS, BXS/20 E e NGC Evolution E/S, o qual realiza as conexões
por meio de links E1 de 2 Mbps.
ECG Estágio de Controle e Gerenciamento – Módulo responsável pelo
processamento do sistema e contém todo o software de controle
e serviços que rodam nas plataformas.
Eco acústico É o auto-retorno de áudio local, que ocorre quando o microfone
capta sinais de áudio do alto-falante e os envia de volta para os
outros participantes juntamente com a sua voz.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 229


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Glossário

Eco de linha Em sistemas de telefonia convencional (analógica), existe o cha-


mado eco de linha. Esse tipo de eco é originado nas híbridas,
dispositivos destinados à conversão entre os dois tipos de circui-
tos do sistema telefônico: o circuito a dois fios (que liga os assi-
nantes à central local) e o circuito a quatro fios (utilizado entre as
centrais). Fonte: < http://www.linse.ufsc.br/ > Informação extraída
em 7 dez 2010.
ECS Estágio de Comutação e Sincronismo
EG Estágios de Grupo – Módulo que permite a comunicação de uni-
dades de transmissão digital com o módulo ECS. As conexões
dos links E1 são feitas nas DIGRs (EGs).
Endereço IP Número que identifica de modo único um host conectado a uma
rede TCP/IP. Também chamado de Internet Protocol ou IP
address.
ER Estágio Remoto – Equipamento onde são conectados os ramais
analógicos, os ramais digitais e os troncos.
Estacionamento Os estacionamentos, em número de 8 ou opcionalmente 20, são
posições de espera que podem segurar chamadas. As chamadas
podem ser capturadas por qualquer ramal com acesso aos esta-
cionamentos.
Ethernet Padrão de comunicação em redes locais que opera em par tran-
çado e cabo coaxial em velocidade de até 10 megabits por se-
gundo.
Faixa de ramais Faixa de ramais com discagem direta a ramal, ou seja, recebem
DDR chamadas externas diretamente, sem a necessidade dessas
chamadas passarem pela telefonista.
Intercalar Facilidade que possibilita um ramal intercalar outro, ou seja, es-

INFORMAÇÃO PÚBLICA 230


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Glossário

cutar e interferir na conversa.


LAN Local Area Network - Rede Local - sistema que conecta uma sé-
rie de computadores – até mesmo máquinas de tipos diferentes
entre si, rodando sistemas operacionais diversos – e periféricos a
curta distância. Em uma LAN, pode-se usar os mesmos arquivos
e compartilhar impressoras e scanners, entre outros recursos.
Nas aplicações mais convencionais, toda a estrutura de uma LAN
limita-se a um mesmo edifício, mas é possível ampliar sua área
de atuação a até 10 quilômetros.
Número piloto Normalmente é o número principal da empresa, por exemplo:
DDR do PABX 32816000.
Proteção para O ramal é protegido contra acessos que possam prejudicar a
dados transmissão/recepção de dados.
Ramal analógico Interface do PABX para conexão de terminais telefônicos cuja
transmissão se dá por meio de sinais analógicos, permitindo a
utilização de aparelhos telefônicos convencionais, à maneira de
uma linha de assinante.
Ramal digital É um ramal cuja comunicação com o aparelho telefônico se dá
por meio de técnicas digitais, exigindo, assim, um aparelho digital
compatível. Por causa disso, o ramal digital confere facilidades
adicionais não encontradas em ramais analógicos, como display
com apresentação de informações, teclas programáveis, viva-
voz, entre outros recursos.
Ramal-chefe Ramal destinado geralmente ao usuário com cargo de chefia.
Todas as chamadas destinadas a esse ramal (com exceção de
algumas configuradas via interface) são atendidas obrigatoria-
mente pela secretária e convenientemente transferidas. Um ra-
mal chefe pode ter associado a ele vários ramais secretária (9, no
máximo). O ramal é categorizado como chefe por meio de confi-

INFORMAÇÃO PÚBLICA 231


DÍGITRO: INTELIGÊNCIA – TI - TELECOM MANUAL DO USUÁRIO | NGC EXPLORER
Glossário

guração na interface.
Ramal-secretária Ramal destinado geralmente ao usuário com cargo de assessoria
(secretária). Recebe as chamadas direcionadas ao ramal chefe e
as transfere de acordo com a necessidade. Um ramal secretária
pode estar associado a mais de um ramal chefe (9, no máximo).
O ramal é categorizado como secretária por meio da configura-
ção da IGC.
Rede Heartbeat A rede heartbeat é utilizada para comunicação entre os ECGs e
entre os ECGs e as placas DIGR02 e DMS08, esta última quando
presente.
STFC O mesmo que Serviço Telefônico Fixo Comutado.
Telefonista Pessoa que opera o sistema PABX. O ramal é categorizado co-
mo telefonista por meio de configuração via interface.
URA (Unidade de Resposta Audível) Dispositivo em um sistema tele-
fônico que possibilita a reprodução (e, em alguns casos, a grava-
ção) de mensagens para o usuário que está do outro lado da li-
nha. Pode ser integrado à central telefônica ou ser um equipa-
mento separado. É muito utilizado quando há necessidade de
vocalização de informações armazenadas em bancos de dados
(por exemplo, em serviços de automação bancária ou no serviço
de auxílio à lista).
VoIP Sigla em inglês para Voice over IP (VOZ SOBRE IP). Transporte
de voz por meio de protocolo IP. É um termo usado em telefonia
IP para uma família de facilidades para gerenciamento da entre-
ga de informações de voz usando IP. Em geral, isto significa que
a informação de voz é enviada na forma digital de pacotes discre-
tos ao invés dos protocolos tradicionais da rede de circuitos co-
mutados de uma rede STFC.

INFORMAÇÃO PÚBLICA 232