Você está na página 1de 5

ESCOLA ESTADUAL LAURA DAS CHAGAS FERREIRA

Rua Sacramento, 54 - Bairro : Serra // Belo Horizonte - MG

Nome: Nº:
Série: 2° ano Turma: Ensino Médio Data:
Prof.: Saulo Araújo Prova E. I. Física Valor: (60 pts) Nota:

QUESTÃO Nº. 01
Desejando-se medir a temperatura média de uma espécie de insetos um biólogo enclausurou um
grupo destes em um frasco, e logo após inseriu um termômetro de mercúrio (termômetro comercial)
que entrou em contato com os insetos. No corpo do termômetro encontramos a medida de 30°C e
segundo a contagem do cientista haviam cerca de 10 insetos dentro do vidro.
Com base nos dados apresentados diga qual a temperatura de somente 1 dos insetos.
A) 30°C
B) 40°C
C) 3°C
D) 20°C

QUESTÃO Nº. 02
Durante uma visita a um país de língua inglesa, um estudante de física ficou muito febril. No
termômetro utilizado para medir sua temperatura havia a seguinte medida : 104 ° F.
Diga o valor dessa temperatura em grau Celsius e Kelvin.
A) 40°C e 363 K
B) 90°C e 313 K
C) 40°C e 313 K
D) 90°C e 363 K

QUESTÃO Nº. 03
Uma placa de ferro com um orifício em seu centro é aquecida de 10°C até 50°C. Enquanto o
aquecimento ocorre, o diâmetro do orifício:
A) aumenta continuamente
B) diminui continuamente
C) Permanece inalterado
D) diminui e depois aumenta

QUESTÃO Nº. 04
Um frasco de vidro com volume de 1 000 cm³ a 0°C, está completamente cheio de mercúrio a esta
temperatura. Quando o conjunto é aquecido até 100°C , entornam 15,0 cm³ do líquido. Qual a dilatação
real do mercúrio?
Dado: α = 0,06 x 10-3 °C-1 ; α = 0,18 x 10-3 °C-1
A) 3 cm³
B) 15 cm³
C) 18 cm³
D) 21 cm³
QUESTÃO Nº. 05
Qual foi a dilatação do frasco do exercício anterior?
A) 3 cm³
B) 15 cm³
C) 18 cm³
D) 21 cm³

QUESTÃO Nº. 06 (FEI-SP) Um mecânico deseja colocar um eixo no furo de uma engrenagem e
verifica que o eixo tem diâmetro um pouco maior que o orifício na engrenagem. O que você faria para
colocar a engrenagem no eixo?
A) aqueceria o eixo.
B) resfriaria o eixo e aqueceria a engrenagem.
C) aqueceria a engrenagem e o eixo.
D) resfriaria a engrenagem e o eixo
.
QUESTÃO Nº. 07(Puc-rio 2000) Uma porca está muito apertada no parafuso. O que você deve fazer
para afrouxá-la?

A) É indiferente esfriar ou esquentar a porca.


B) Esfriar a porca.
C) Esquentar a porca.
D) É indiferente esfriar ou esquentar o parafuso.

QUESTÃO Nº. 08 (Cesgranrio 98) Misturando-se convenientemente água e álcool, é possível fazer
com que uma gota de óleo fique imersa, em repouso, no interior dessa mistura, como exemplifica o
desenho a seguir. Os coeficientes de dilatação térmica da mistura e do óleo valem, respectivamente,
2,0.10-4/°C e 5,0.10-4/°C

Esfriando-se o conjunto e supondo-se que o álcool não evapore, o volume da gota:

A) diminuirá e ela tenderá a descer.


B) diminuirá e ela tenderá a subir.
C) diminuirá e ela permanecerá em repouso.
D) aumentará e ela tenderá a subir.

QUESTÃO Nº. 09 (Fgv 2001) O princípio de um termostato pode ser esquematizado pela figura
abaixo. Ele é constituído de duas lâminas de metais, A e B, firmemente ligadas. Sabendo-se que o
metal A apresenta coeficiente de dilatação volumétrica maior que o metal B, um aumento de
temperatura levaria a qual das condições abaixo?
QUESTÃO Nº. 10
(Unirio 98) Um quadrado foi montado com três hastes de alumínio (α Al=24.10 -6°C-1) e uma haste de
aço (α Aço=12.10-6°C-1), todas inicialmente à mesma temperatura. O sistema é, então, submetido a
um processo de aquecimento, de forma que a variação de temperatura é a mesma em todas as
hastes.

Podemos afirmar que, ao final do processo de aquecimento, a figura formada pelas hastes estará
mais próxima de um:
A) quadrado.
B) retângulo.
C) losango.
D) trapézio

QUESTÃO Nº. 11
(Pucmg 2004) A pressão do ar no interior dos pneus é recomendada pelo fabricante para a situação
em que a borracha está fria. Quando o carro é posto em movimento, os pneus se aquecem, seus
volumes têm alterações desprezíveis e ocorrem variações nas pressões internas dos mesmos.
Considere que os pneus de um veículo tenham sido calibrados a 17°C com uma pressão de 1,7 atm.
Após rodar por uma hora, a temperatura dos pneus chega a 37°C. A pressão no interior dos pneus
atinge um valor aproximado de:
A) 1,8 atm
B) 3,7 atm
C) 7,8 atm
D) 8,7 atm

QUESTÃO Nº. 12
(Ufmg 98) A figura mostra um cilindro que contém um gás ideal, com um êmbolo livre para se mover.
O cilindro está sendo aquecido.

Pode-se afirmar que a relação que


melhor descreve a transformação sofrida pelo gás é
A) p/T = constante
B) pV = constante
C) V/T = constante
D) p/V = constante
QUESTÃO Nº. 13
Assinale qual diagrama melhor representa a pressão em função da temperatura nessa situação.

QUESTÃO Nº. 14
(Fuvest) Admita que o sol subitamente "morresse", ou seja, sua luz deixasse de ser emitida. 24 horas
após este evento, um eventual sobrevivente, olhando para o céu, sem nuvens, veria:
a) a Lua e estrelas.
b) somente a Lua.
c) somente estrelas.
d) uma completa escuridão.

QUESTÃO Nº. 15
(UFMG-97) Um mergulhador, na superfície de um lago onde a pressão é de 1atm, enche um balão
com ar e então desce a 10m de profundidade. Ao chegar nesta profundidade, ele mede o volume do
balão e vê que este foi reduzido a menos da metade. Considere que, dentro d’água, uma variação
de 10 m na profundidade produz uma variação de 1 atm de pressão. Se Ts é a temperatura na
superfície e Tp a temperatura a 10m de profundidade, pode-se afirmar que:
A) Ts < Tp
B) Ts = Tp
C) Ts > Tp
D) não é possível fazer a comparação entre as duas temperaturas com os dados fornecidos

QUESTÃO Nº. 16
(PUC MG 98) Um recipiente plástico está na geladeira, a uma temperatura inferior a 0 °C,
parcialmente preenchido com alimento, e fechado por uma tampa de encaixe. Ao ser retirado da
geladeira e mantido fechado a uma temperatura ambiente de 25oC, depois de alguns minutos
observa-se a tampa “inchar” e, em alguns casos, desprender-se do recipiente. Sabe-se que não
houve qualquer deterioração do alimento. Sobre esse fato, é CORRETO afirmar que:

A) ele ocorreria, mesmo que o recipiente tivesse sido fechado a vácuo, ou seja, sem que houvesse
ar no interior do recipiente.
B) houve aumento de pressão proveniente de aumento de temperatura.
C) ocorreu com o ar, no interior do recipiente, uma transformação isotérmica.
D) o valor da grandeza (pressão x volume/temperatura na escala Kelvin), para o ar do recipiente, é
maior quando a tampa está a ponto de saltar do que quando o recipiente está na geladeira.
QUESTÃO Nº.17
Imagine-se na janela de um apartamento situado no décimo andar de um edifício. No solo, um
carpinteiro bate um prego na tábua. Primeiro você enxerga a martelada, para depois de um certo
intervalo de tempo escutar o ruído correspondente. A explicação mais plausível para o fato é:
A) a emissão do sinal sonoro é atrasada em relação à emissão do sinal luminoso.
B) o sinal sonoro percorre uma distância maior que o luminoso.
C) o sinal sonoro propaga-se mais lentamente que o luminoso.
D) o sinal sonoro é bloqueado pelas moléculas de ar, que dificultam sua propagação.
E) o sentido da audição é mais precário que o da visão.

QUESTÃO Nº. 18
(UFMG/97) O princípio básico de funcionamento de uma fibra óptica consiste em colocar um material
X, com índice de refração nX, no interior de outro material Y, com índice de refração n Y. Um feixe de
luz que incide em uma extremidade de X atravessa para a outra extremidade, sem penetrar no material
Y, devido a múltiplas reflexões totais. Essa situação está ilustrada na figura.

Para que isto aconteça, é necessário que


A) nX < nY.
B) nX = 0.
C) nX = nY.
D) nX > nY.

QUESTÃO Nº. 19
Um raio de luz monocromático se propaga no vidro com velocidade 200 000 km/s. Sendo a
velocidade da luz no vácuo 300 000 km/s, o índice de refração do vidro para este tipo de luz é:
a) 2,5
b) 3,0
c) 1,5
d) 1,0

QUESTÃO Nº. 20
(ITA-SP) A luz solar, ao atravessar um prisma de vidro, é separada em luzes de diversas cores,
porque:
a) a transparência do material do prisma varia com a cor da luz incidente.
b) o índice de refração do material do prisma (vidro) é diferente para luzes de cores diferentes.
c) a luz atravessa mais lentamente os meios mais densos.
d) o índice de refração do material do prisma depende da densidade do meio.