Você está na página 1de 2

GESTÃO DE ALMOXARIFADO E PATRIMÔNIO PÚBLICO

Aluna: Alessandro Pereira Ramos


Tarefa – Almoxarifado

Relembrando a situação problema:


O almoxarife realizou o recebimento de um determinado material de química no
almoxarifado e em face de suas especificidades, solicitou ao responsável pelo
laboratório de química do Instituto Federal que viesse realizar a conferência e
aceitação do material conforme dados da nota fiscal, autorização de fornecimento
(AF) e empenho.
O responsável pelo laboratório de química, após receber a informação de que
havia chego ao almoxarifado um lote de tubos de ensaio (instrumento de mistura
rigorosa de volumes líquidos), fez a solicitação ao almoxarife para que, após a
conferência, liberasse o material para uso imediato no laboratório.
Questão: Você concorda com a liberação do material pelo almoxarifado, após o
recebimento e aceitação?

Segundo o que foi estudado no material de apoio, concluo que o material não
deverá ser liberado, mesmo que tenha sido conferido conforme a Nota Fiscal, AF e
Empenho, e tenham sido seguidas as regras do almoxarifado e registrando no
inventário, lançando materiais no sistema do almoxarifado, conferindo estoque dos
materiais.
O material é considerado um material de consumo e devido sua fragilidade não
pode ser manuseado de qualquer forma e deve ser guardado em loca especifico
seguindo todos os procedimentos, ele pode ser quebrado com facilidade, assim
perdendo sua funcionalidade, neste caso não deverá ser distribuído ao setor
responsável que irá utilizar este material. E sim estocado e liberado
gradativamente e após as solicitações (sistema) e requisições.

A minha opinião está de acordo com a INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 205, DE 08


DE ABRIL DE 1988.
“DISPOSIÇÕES FINAIS: 12. Nenhum material deverá ser liberado aos usuários,
antes de cumpridas as formalidades de recebimento, aceitação e
registro no competente instrumento de controle (ficha de prateleira, ficha de
estoque, listagens).
13. O Departamento de Administração ou a unidade equivalente deverá
acompanhar a movimentação de material ocorrida no âmbito do órgão ou
entidade, registrando os elementos indispensáveis ao respectivo controle físico
periódico com a finalidade de constatar as reais necessidades dos usuários e
evitar os eventuais desperdícios.”
Neste caso deverá o material ser liberado, pois tanto o almoxarife João como o responsável
pelo laboratório Pedro, ambos estão seguindo as regras e normativas vigentes.