Você está na página 1de 11

20/09/2018

USCS USCS USCS

Curso: Escola de Negócios

Disciplina: Contabilidade Básica

QUESTÕES para Estudar

LEIA com MUITA ATENÇÃO!!!!!!!

1) Os Dividendos correspondem:
I – às dívidas contraídas pela instituição, portanto geram despesas no período.
II – às obrigações exigidas a longo prazo, portanto não são despesas.
III – à parcela do lucro a ser distribuída aos acionistas da empresa e não são despesas
IV – as despesas com a distribuição de parcela do lucro aos acionistas e portanto
afetam o Resultado do exercício

Com base nas informações acima, quais as afirmativas


estão corretas?
A)Apenas a afirmativa I
B) Apenas as afirmativas II e III
C) Apenas a afirmativa IV
D)Apenas a afirmativa III
E) Apenas afirmativas I e III

Os DIVIDENDOS são calculados DEPOIS de ENCERRAR as contas de RESULTADO.


Portanto!! Somente depois de definirmos o RESULTADO...Por isto!! NÃO é Despesa

1
20/09/2018

2) Uma sociedade empresária prestou serviço a outra pessoa jurídica, no valor de R$


100.0000,00, faturado para 30 dias, com incidência de imposto de renda na fonte à
alíquota de 1,5%, recuperável, já incluso no valor.
Acerca do lançamento contábil na empresa que prestou o serviço, assinale a opção
CORRETA.
A) Débito: Caixa R$ 98.500,00
Débito: IRRF a recuperar R$ 1.500,00
Crédito: Receitas com Serviços R$ 100.000,00
B) Débito: Clientes (Duplicatas) R$ 98.500,00
Débito: Despesas Tributárias R$ 1.500,00
Crédito: Receitas com Serviços R$ 100.000,00
C) Débito: Clientes (Duplicatas)
Clientes (Duplicatas) R$ 98.500,00
Débito: IRRF
IRRF aa recuperar
recuperar R$ 1.500,00
Crédito:
Crédito: Receitas com Serviços
Receitas com Serviços R$ 100.000,00

D) Débito: Caixa R$ 98.500,00


Débito: Despesas Tributárias R$ 1.500,00
Crédito: Receitas com Serviços R$ 100.000,00

E) Débito: Clientes (Duplicatas) R$ 100.000,00


Débito: IRRF a recuperar R$ 1.500,00
Crédito: Receitas com Serviços R$ 101.500,00

 Valor da receita é R$ 100.000,00, valor da NF..... isso anula a alternativa E


 O IR foi retido, Não é DESPESA....Vamos ter um Imposto a Recuperar
(um ATIVO) isso anula as alternativas B e D

3) Uma sociedade empresária adquiriu um bem de uso por R$ 6.000,00 em


31/08/2018, pagando uma entrada de 25% em dinheiro e o restante para ser
pago em 30 dias; incidiu sobre a operação ICMS recuperável no valor de
R$ 720,00 embutido no preço de aquisição do bem.
O registro contábil do evento provocará um aumento no Ativo no valor de:
A) R$ 1.500,00
B) R$ 4.500,00
C) R$ 5.220,00
D) R$ 5.280,00
E) R$ 6.720,00

O ICMS recuperável está dentro dos R$ 6.000,00..Qdo vamos contabilizar o Bem, devemos
contabilizar sem o Imposto...O Imposto é contabilizado separado, como outro ATIVO, mas
o efeito no ATIVO é no valor de R$ 6.000,00..COMO tiramos 25% para pagar na hora, o
Ativo vai AUMENTAR somente em R$ 4.500,00...ASSIM:

Débito: Ativo imobilizado...R$ 5.280.00 (+Ativo.... Destino de valor)


Débito: ICMS a Recuperar...R$ 720,00 (+Ativo.... Destino de valor)
Crédito: CAIXA ou Bancos...R$ 1.500,00 (-Ativo... Origem Própria)..já era da empresa
Crédito: Fornecedores........R$ 4.500,00 (+Passivo Origem de Terceiros)..NOVO Recurso
O NOVO Recurso é que vai provocar o aumento no ATIVO TOTAL

2
20/09/2018

4) Uma empresa adquiriu, a prazo, mercadorias para revenda por R$ 5.000,00. Neste
valor estão incluídos impostos recuperáveis no valor de R$ 600,00. No mesmo
período, a totalidade das mercadorias adquiridas foi vendida, a vista, por R$
8.000,00. Sobre o valor da venda, incidiram impostos no montante de R$ 1.732,00,
embutidos no preço de venda. Comissão devida aos vendedores no valor de R$
80,00, também foi registrada no período.
Na Demonstração do Resultado do Período (DRE), O LUCRO BRUTO é igual:
A) R$ 1.788,00
B) R$ 1.868,00
C) R$ 3.000,00
D) R$ 3.600,00
E) R$ 6.268,00

APURE o RESULTADO
Valor da Venda Bruta.....R$ 8.000,00
(-) Imposto sobre Venda...( R$ 1.732,00)
= Valor da venda Líquida...R$ 6.268,00
(-) Custos da Mercadoria..(R$ 4.400,00) ..assim: R$ 5.000,00 – Imposto a recuperar
= LUCRO BRUTO........R$ 1.868,00
(-) Despesas com vendas...(R$ 80,00)
= Lucro Antes do IR......R$ 1.788,00

5) Os Sócios “A”, “B” e “D” de uma Sociedade Empresária decidiram excluir o Sócio “C” da
sociedade.
Para esse fim, solicitaram que o contador da empresa apresentasse o Balanço Patrimonial Especial
em 30 de JUNHO de 2018, visando demonstrar ao Sócio “B” a sua parte nos haveres.
O quadro de participação societária era assim constituído:

Sócio Participação
A 23%
B 12%
C 25%
D 40%

Após os ajustes, foi apresentado o Balanço Patrimonial Especial. O Patrimônio Líquido ficou assim
representado:

Contas Saldos
Capital Subscrito R$ 2 milhões
Reservas de Lucros R$ 300.000,00
Prejuízos Acumulados (R$ 50.000,00)
Lucro apurado até 30.06.2018 R$ 400.000,00

Com base nos dados acima, em uma perícia Contábil de Apuração de Haveres, O valor
apurado para ser pago ao Sócio “C” é de:

A) R$ 500.000,00
B) R$ 587.500,00
C) R$ 600.000,00
D) R$ 662.500,00 PL = R$ 2.650.000,00...Portanto!! 25% = R$ 662.500,00
E) R$ 675.000,00
O PL é o VALOR que PERTENCE aos Investidores ...
PL= Capital + Reservas + Lucros Apurados – Prejuízos Acumulados

3
20/09/2018

6) Uma sociedade empresária, cujo Patrimônio Líquido no início do período somava R$ 100.000,00,
apresentou, no 1º semestre de 2018, as seguintes mutações nas contas do Patrimônio Líquido:
Operações Valor em R$
 Lucro Líquido do Período 20.000
 Destinação do Lucro para Reservas 15.000
 Destinação do Lucro para Dividendos obrigatórios 5.000
 Aquisição de ações da própria companhia 2.000
 Integralização do Capital em dinheiro 9.000
 Incorporação de Reservas ao Capital 4.000

Em 30/06/2018, o valor do Patrimônio Líquido será de :

A) R$ 108.000,00
B) R$ 118.000,00
C) R$ 120.000,00
D) R$ 122.000,00
E) R$ 124.000,00

PL 30/06/2018 = PL inicial + Lucros Apurados – Destinação para Dividendos –


Aquisição de ações da empresa + Aumento (Integralização) de Capital
• A Destinação de Lucros para reservas e Incorporação de reservas ao Capital SÃO
FATOS entre contas do Próprio PL...Portanto!! Fatos Permutativos...Não provoca
efeito no PL...uma conta aumenta a outra diminui na mesma proporção dentro do
PL

7) Uma sociedade empresária possui dois funcionários registrados. No final do mês de AGOSTO de 2018 o
contador, recebeu as seguintes informações para elaboração da folha de pagamento:
Salário base do funcionário A R$ 23.450,00
Salário base do funcionário B R$ 1.550,00
INSS - Previdência Social do Empregador 20%
Outras Entidades 5,8%
FGTS dos empregados 8%
SAT - Seguro Acidente de Trabalho 2%
INSS - Previdência Social do Empregado Ver Tabela Abaixo

No mês de AGOSTO, foi concedido um adiantamento salarial aos funcionários de R$ 11.700,00


(R$ 11.000,00 para o funcionário A e R$ 700,00 para o funcionário B)

Tabela de contribuição mensal de segurados e empregados VIGENTE a partir de 01/01/2018


Salário de Contribuição (R$) Alíquota para fins de recolhimento ao INSS (%)
até 1.693,72 8,0%
de 1.693,73 até 2.822,90 9,0%
de 2.822,91 até 5.64580 11,0% Teto máximo de desconto R$ 621,04
Fonte: Portaria Interministerial MTPS/MF 15/2018 de janeiro/2018

Considerando apenas os dados acima, QUAL o valor total da despesa com a folha de pagamento e o
valor do INSS – Previdência Social dos Empregados, no mês de AGOSTO / 18, respectivamente:
A) R$ 13.300,00 e R$ 2.703,50;
B) R$ 18.061,40 e R$ 745,04.
C) R$ 33.950,00 e R$ 2.703,50.
D) R$ 33.950,00 e R$ 745,04.
E) R$ 22.250,00 e R$ 745,04.

4
20/09/2018

Salário base do funcionário A R$ 23.450,00


Salário base do funcionário B R$ 1.550,00
INSS - Previdência Social do Empregador 20% 35,8% ENCARGOS da
Outras Entidades 5,8% empresa com a Folha
FGTS dos empregados 8% de Pagamento
SAT - Seguro Acidente de Trabalho 2% R$ 8.950,00
INSS - Previdência Social do Empregado Ver Tabela Abaixo

Salários ( funcionário A +B)...R$ 25.000,00 INSS Descontado do Funcionário (veja Tabela)


+ 35,8% de encargos........R$ 8.950,00 funcionário A...recolher pelo Teto...R$ 621,04
= Total da Despesa Folha.......R$ 33.950,00 funcionário B...8% do salário dele..R$ 124,00
Total = R$ 745,04

Obs: O ADIANTAMENTO não afeta em nada os cálculos dos encargos e


descontos INSS...Também não afeta o Total da Folha, porque o adiantamento
está dentro do valor do salário de cada um dos empregados...a empresa
apenas desconta ele na hora de pagar o salário mensal.

8) Uma Sociedade Empresária efetuou aplicação financeira em 1º.01.2018, para resgate em 31.03. 2018,
no valor de R$ 2.000.000,00, com taxa de 2% ao mês com capitalização composta.
Por ocasião do resgate, será retido Imposto de Renda na fonte à alíquota de 15% sobre o valor do
rendimento da aplicação financeira, compensável com o Imposto de Renda incidente sobre o lucro.
O banco forneceu a seguinte informação sobre o movimento da aplicação financeira:
Mês Descrição Movimentação Saldos
1º.01.2018 Aplicação R$ 2.000.000,00 R$ 2.000.000,00
31.01.2018 Rendimento da aplicação R$ 40.000,00 R$ 2.040.000,00
28.02.2018 Rendimento da aplicação R$ 40.800.00 R$ 2.080.800,00
31.03.2018 Rendimento da aplicação R$ 41.616,00 R$ 2.122.416,00
31.03.2018 Imposto de Renda Retido na Fonte – IRRF (R$ 18.362,40) R$ 2.104.053,60
31.03.2018 Resgate (R$ 2.104.053,60) R$ 0,00
Nessa Sociedade Empresária, o valor da receita financeira a ser reconhecida em MARÇO de 2018,
de acordo com as Normas Brasileiras de Contabilidade:

A) R$ 2.122.416,00.
B) R$ 2.104.053,60.
C) R$ 122.416,00.
D) R$ 104.053,60.
E) R$ 41.616,00.

A Receita Financeira do mês de MARÇO/18 é o quanto a Aplicação teve de


rendimento no MÊS....apenas referente a MARÇO / 2018.

5
20/09/2018

9) A empresa Cia ALFA & GAMA Ltda. Apresentou, em 31/03/2018, o seguinte Balanço Patrimonial:

Valores expressos em MR$


ATIVO 1.000.000 PASSIVO 1.000.000
ATIVO CIRCULANTE 440.000 PASSIVO CIRCULANTE 280.000
Caixa e Equivalente de Caixa 110.000 Fornecedores 150.000
Duplicatas a Receber 120.000 Impostos a Pagar 30.000
Estoques 210.000 Salários a Pagar 40.000
Empréstimos e Financiamentos 60.000

ATIVO NÃO CIRCULANTE 560.000 PASSIVO NÃO CIRCULANTE


Realizável de Longo Prazo 130.000 Empréstimos e Financiamentos 170.000
Investimentos 90.000
Imobilizado 300.000 PATRIMÔNIO LÍQUIDO 550.000
Intangível 40.000 Capital 290.000
Reserva de Lucros 260.000

Considerando as informações do BP da Cia ALFA & GAMA Ltda, avalie as afirmações a seguir.

I. O Capital de Terceiros supera o Capital Próprio.


II. Mais de 50% dos recursos obtidos estão sendo aplicados no curto prazo.
III. As fontes de longo prazo superam as aplicações de longo prazo, mostrando que a empresa possui uma
estrutura de capital regular, porque depende de recursos de terceiros de longo prazo para financiar seu
capital de giro.
IV. Mais de 60% da dívida com terceiros da empresa se concentra no curto prazo.

É CORRETO o que se afirma em:


A) I, III e IV apenas
B) I, II e IV apenas
C) III e IV apenas
D) II, III e IV apenas
E) I, II, III e IV

ATIVO PASSIVO e PL São as Fontes de Recursos


Total 100% Total 100% Circulante...Fonte de Curto Prazo
Circulante 44% Circulante 28% AS Dívidas de Curto e Longo Prazo
Não Circulante 56% Não Circulante 17% representam Recursos de Terceiros
Patrimônio Líquido 55% PL = Recursos Próprios

Fontes de Longo Prazo = Passivo Não Circulante + PL


Fontes de Curto Prazo = Passivo Circulante

ATIVO PASSIVO e PL São as Fontes de Recursos


Total 100% Total 100% Circulante...Fonte de Curto Prazo
Circulante 44% Circulante 28% AS Dívidas de Curto e Longo Prazo
Não Circulante 56% Não Circulante 17% representam Recursos de Terceiros
Patrimônio Líquido 55% PL = Recursos Próprios

Afirmação I é falsa...O PL é maior que Recursos de Terceiros


 PL = 55%
 Terceiros = 45%
Afirmação II é falsa...44% dos recursos estão aplicados no AC

6
20/09/2018

10) Analise as informações a seguir.


 A Companhia B, em 29/12/2017, vendeu mercadorias para a Companhia A ao valor de
R$ 200.000,00. Essa transação gerou um lucro de R$ 80.000,00 para a Companhia B.

 A Companhia A, na apuração do Balanço Patrimonial do exercício social de 2017,


constatou que permaneciam em seus Estoques todas aquelas mercadorias que foram
adquiridas da Companhia B no dia 29/12/2017.

 A única mutação no Patrimônio Líquido da Companhia B, no exercício social de 2017,


foi o valor do Lucro Líquido de R$ 120.000,00.

 A Companhia A tem influência significativa sobre a Companhia B, mesmo sem


controlá-la. O percentual de participação da Companhia A na Companhia B é de 40%.
Com base nas informações apresentadas e desconsiderando-se os aspectos tributários,
assinale o Resultado da Equivalência Patrimonial relativo à participação da
Companhia A na Companhia B.

A) R$ 16.000,00.
B) R$ 32.000,00.
C) R$ 40.000,00.
D) R$ 80.000,00.
40% de R$ 40.000,00
Lucro de R$ 120.000,00 – o Lucro entre elas (que foi R$ 80.000,00)

11) O departamento contábil da Companhia Alfa apresentou as seguintes transações com


mercadorias ao longo do mês de abril de 2018:

Dia 10: Compra de mercadorias para revenda à vista ao valor de R$ 10.000,00. Além desse
valor, foi pago R$ 500,00, em dinheiro, referente ao frete cobrado para que a
transportadora entregasse as mercadorias na Companhia Alfa.
Dia 16: Venda de mercadorias para revenda à vista ao valor de R$ 7.000,00.
Dia 23: Devolução de 30% da venda realizada em 16/04. O cliente foi reembolsado em dinheiro no
momento da devolução.
Dia 30: Devolução de 50% da compra realizada em 10/04. A Companhia Alfa foi
reembolsada em dinheiro no momento da devolução.
Nesse mesmo mês:
 o saldo inicial em caixa: R$ 11.000,00;
 as despesas administrativas: R$ 160,00;
 o estoque inicial de mercadorias para revenda: R$ 12.000,00;
 o estoque final de mercadorias para revenda: R$ 14.560,00;
Com base somente nas informações apresentadas e desconsiderando-se qualquer
incidência de tributos, assinale o lucro líquido registrado em abril 2018.

A) R$ 460,00.
B) R$ 1.800,00.
C) R$ 2.560,00.
D) R$ 2.940,00.

7
20/09/2018

OBS: O frete pago é um GASTO para ter a mercadoria (PORTANTO!! CUSTO)

CMV = Estoque Inicial + Compras + Frete – Devoluções de compras – Estoque Final

CMV = 11.000 +12.000 + 500 – 5.000 – 14.560

CMV = 2.940 (R$ 2.940,00 é o Custo da Mercadoria Vendida)

Calcular o Resultado = Vendas – Devoluções – CMV – Despesas Administrativas


Resultado = 7.000 – 2.100 – 2.940 - 160

LUCRO = 1.800,00 ( R$ 1.800,00 é o Lucro Líquido)

Se desejarmos apenas o Lucro Bruto, NÃO subtrair as Despesas.

APURE o RESULTADO
Valor da Venda Bruta.......R$ 7.000,00
(-) Devolução de Venda...( R$ 2.100,00)
= Valor da venda Líquida...R$ 4.900,00
(-) Custos da Mercadoria..(R$ 2.940,00)
= LUCRO BRUTO........R$ 1.960,00
(-) Despesas com vendas...(R$ 160,00)
= Lucro Antes do IR......R$ 1.800,00
(-) I.R.......Não foi dado
= Lucro Líquido do Exercício...R$ 1.800,00

12) Os seguintes saldos em Duplicatas a Receber e Perdas Estimadas com Créditos de Liquidação Duvidosa (PECLD)
constavam no Ativo Circulante do Balanço Patrimonial de uma Sociedade Anônima.
Duplicatas a Receber R$ PECLD R$
Cliente A 10.000,00 (200,00)
Cliente B 30.000,00 (1.500,00)
Sabe-se que, após esgotadas diversas tentativas de cobrança sem sucesso, inclusive utilizando-se de meios judiciais, o
departamento jurídico informou ao departamento contábil que havia evidências significativas e objetivas de que o
Cliente B não pagaria a dívida de R$ 30.000,00. Considerando-se somente as informações apresentadas, e que os
relatórios contábil-financeiros devem representar fidedignamente a realidade econômica da entidade, assinale o valor
da perda incorrida com o Cliente B que a Sociedade Anônima deveria reconhecer no resultado do exercício.

A) R$ 1.500,00.
B) R$ 1.700,00.
C) R$ 28.500,00.
D) R$ 30.000,00.
Obs:
• a empresa (S/A) já havia ESTIMADO PERDAS de R$ R$ 1.500,00 com o Cliente B.
• Como todas as possibilidades de receber foram esgotadas e a PERDA efetiva foi de R$
30 mil, BASTA complementar (fazer um ajuste ) no resultado.
• uma Despesas de R$ 28.500,00

8
20/09/2018

13) A empresa Exemplo S.A. apresentou, em 31 de dezembro de 2016, o total do Patrimônio


Líquido no valor de R$ 150.000,00. Durante o ano de 2017, a empresa apresentou as
seguintes movimentações no seu Patrimônio Líquido:
 Integralização de Capital em dinheiro  R$ 10.000,00
 Incorporação de Reservas ao Capital  R$ 10.000,00
 Lucro Líquido do Período  R$ 100.000,00
 Destinação do lucro para reserva legal  R$ 5.000,00
 Destinação do lucro para reserva para contingência  R$ 15.000,00
 Destinação do lucro para dividendos obrigatórios  R$ 20.000,00
 Aquisição de ações da própria companhia  R$ 5.000,00

O total do Patrimônio Líquido da empresa Exemplo S.A. em 31 de dezembro de 2017


foi de:
A) R$ 235.000,00.
B) R$ 245.000,00.
C) R$ 240.000,00.
D) R$ 250.000,00.
PL 31/12/2017 = PL inicial + Lucros Apurados – Destinação para Dividendos –
Aquisição de ações da empresa + Aumento (Integralização) de Capital
• A Destinação de Lucros para reservas e Incorporação de reservas ao Capital SÃO
Fatos entre contas do Próprio PL...Portanto!! Fatos Permutativos...Não provoca
efeito no PL...uma conta aumenta a outra diminui na mesma proporção dentro do
PL

14) A empresa Exemplo Ltda. adquiriu para revenda mercadorias no valor de R$ 10.000,00
em maio de 2017.
 Os impostos recuperáveis sobre a compra perfazem o total de R$ 1.200,00.
 Todas as mercadorias foram vendidas no mesmo período, ou seja, em maio de 2017,
pelo valor de R$ 22.000,00.
 Os impostos sobre as vendas de maio foram de R$ 2.600,00.
 As comissões e fretes sobre as vendas de maio de 2017 foram no valor de R$ 1.000,00.

Ao elaborar a Demonstração do Resultado do Período, o Lucro Bruto apresentado é de:


A) R$ 8.400,00.
B) R$ 9.600,00.
C) R$ 10.600,00.
D) R$ 12.000,00.
APURE o RESULTADO
Valor da Venda Bruta.....R$ 22.000,00
(-) Imposto sobre Venda...( R$ 2.600,00)
= Valor da venda Líquida...R$ 19.400,00
(-) Custos da Mercadoria..(R$ 8.800,00) ..assim: R$ 10.000,00 – Imposto a recuperar
= LUCRO BRUTO........R$ 10.600,00
(-) Despesas com vendas...(R$ 1.000,00)
= Lucro Antes do IR......R$ 9.600,00

9
20/09/2018

15) Uma empresa agroindustrial que tem o real como moeda funcional importou uma
colheitadeira no valor de US$ 10.000,00 (dez mil dólares). Por ocasião do desembaraço
aduaneiro, efetuado no dia 30 de abril, foram pagos tributos não recuperáveis no
montante de R$ 2.000,00 (dois mil reais). A colheitadeira foi usada ao longo do mês de
maio. O pagamento foi acordado para ser efetuado em 30 de junho, ao final da colheita
da safra.
As cotações hipotéticas do dólar no período são:
Data Cotação do dólar
30 de abril US$ 1 = R$ 3,30
30 de maio US$ 1 = R$ 3,60
30 de junho US$ 1 = R$ 4,00

Tendo em vista as informações apresentadas anteriormente bem como o disposto nas Normas
Brasileiras de Contabilidade sobre conversão de demonstrações contábeis e ativo imobilizado, é
correto afirmar que deverá ser registrado o valor desta colheitadeira em 30 de abril:
A) R$ 33.000,00 (trinta e três mil reais).
B) R$ 35.000,00 (trinta e cinco mil reais).
C) R$ 36.000,00 (trinta e seis mil reais).
D) R$ 40.000,00 (quarenta mil reais).
ATENÇÃO! Temos duas informações em moedas diferentes:
 O valor da Colheitadeira em DOLAR (US$)
 O Valor dos Tributos pagos em Reais (R$)
No Balanço, Não pode parecer US$ somente R$
OBS: Como O Imposto Pago NÃO é RECUPERÁVEL, ele deve ser somado ao valor pago pelo bem e
REGISTRAR tudo como IMOBILIZADO e depois depreciar pelo tempo de vida útil da colheitadeira.
PORTANTO!! Em 30/abril = US$ 10.000 x R$ 3,30 = R$ 33.000,00 + O Imposto = R$ 35.000,00

16) Uma sociedade empresária por cotas de responsabilidade Ltda. apresentou o Balanço Patrimonial no
Início do ano 2018.
VALORES EXPRESSOS em REAIS

ATIVO PASSIVO
Ativo Circulante: 34.200 Passivo Circulante: 29.000
Caixa 13.200 Contas a Pagar 8.100
Valores a Receber 16.000 Empréstimos a Pagar 20.900
Estoques 5.000
Passivo Não Circulante: 16.300
Ativo Não Circulante: 33.000 Debêntures 16.300
Realizável a Longo Prazo 6.000
Investimentos 7.000 Patrimônio Líquido: 21.900
Imobilizado 15.000 Capital Social 12.000
Intangível 5.000 Reservas 9.900

Total do Ativo 67.200 Total do Passivo 67.200


Os dados referentes a Demonstração do Resultado (DRE) do 1º semestre/2018 são os seguintes:
 Receitas de Vendas Líquidas R$ 125.000,00
 Custos com Mercadorias Vendidas R$ 35.000,00
 Despesas Gerais R$ 26.000,00
 Despesas Financeiras R$ 12.000,00
 Receitas Financeiras R$ 21.000,00
 Despesas com Tributos R$ 1.400,00
 As receitas de vendas e as despesas gerais foram à vista e o Lucro foi totalmente reaplicado na
atividade da empresa, sem distribuição de dividendos.
O resultado Líquido do período e o Patrimônio Líquido, após o registro das operações e apuração
do resultado, são respectivamente:
A) R$ 64.000,00 e R$ 85.900,00
B) R$ 71.600,00 e R$ 93.500,00
C) R$ 73.000,00 e R$ 94.900,00
D) R$ 90.000,00 e R$ 111.900,00
E) R$ 93.500,00 3 R$ 71.600,00
APURAR O RESULTADO e SOMAR ao PL anterior

10
20/09/2018

11