Você está na página 1de 8
INSTRUÇÃONORMATIVANº3,DE22 DEOUTUBRODE1997 D.O.U.24/10/97

INSTRUÇÃONORMATIVANº3,DE22 DEOUTUBRODE1997

D.O.U.24/10/97

ODIRETOR­GERALDODEPARTAMENTONACIONALDEPRODUÇÃOMINERAL­DNPM,usandoda

atribuiçãoquelheconfereoartigo19,incisoXII,doRegimentoInternoaprovadopelaPortaria

Ministerialnº42,de22defevereirode1995etendoemvistaanecessidadedeseestabelecer

procedimentoshomogêneospertinentesaaplicaçãodo§3º,doart.176daConstituição,doincisoIdo

art.22,§1ºdoart.55eart.56,doCódigodeMineraçãoedoincisoII,doart.5ºdaLeinº7.805,de

18dejulhode1989,resolve:

1­Emconformidadecomosdispositivoslegaismencionadosparaaefetivaçãodaanuênciapréviada

cessãooutransferênciaparcialoutotaldetítulosdedireitosminerários,deverãoserobservadosos

seguintesprocedimentos:

1.1­CESSÃOOUTRANSFERÊNCIAPARCIALDOSDIREITOSDAAUTORIZAÇÃODE

PESQUISA

1.1.1­Acessãooutransferênciaparcialdosdireitosdaautorizaçãodepesquisaserá

pleiteadaemrequerimentodirigidoaoDiretor­GeraldoDNPM,assinadoconjuntamentepelacedente

eacessionáriaeentreguesomentenoprotocolodoDistritodoDNPMondeoriginou­seoprocesso

cujotítuloéobjetodacessãooutransferência,ondeserámecanicamentenumeradoeregistrado

(faixanuméricaderequerimentodedireitominerário)formando­senovoprocessoquedeverá

permaneceramarradoaoprocessodacedente,atéquesejaprocedidaaaverbaçãoedeverácontera

documentaçãoaseguirdiscriminada,aqualserájuntadaaoprocessoda:

Cedente:

­escriturapúblicaouinstrumentoparticulardacessãooutransferênciaparcialdosdireitos

daautorizaçãodepesquisa;

­memorialdescritivoeplantadesituaçãodaárearemanescenteassinadosporprofissional

legalmentehabilitadosacompanhadosdarespectivaAnotaçãodeResponsabilidadeTécnica­A.R.T.;

­novoplanodostrabalhosdepesquisa,assinadoporprofissionallegalmentehabilitado

acompanhadodarespectivaAnotaçãodeResponsabilidadeTécnica­A.R.T.,quandofornecessário;

Cessionária:(novoprocesso) ­escriturapúblicaouinstrumentoparticulardacessãooutransferênciaparcialdodireitode autorizaçãodepesquisa; ­requerimentodeautorizaçãodepesquisaatravésdeformuláriospróprios,contendotodos

oselementosdeinstruçãoexigidospeloartigo16doCódigodeMineração,omemorialdescritivoea

plantadesituaçãodaáreareferem­seaáreacedida,aqualficaráadstritaaoslimitesmáximos

estabelecidosnaPortariadoDiretor­GeraldoDNPMnº16,de13dejaneirode1997;

­atenderasexigênciasprevistasnoDecretonº85.064,de26/08/80,quandoaáreasituar­

senaFaixadeFronteira.

1.1.2­ODistritodoDNPMencaminharáosprocessosàSedeparaqueseprocedaas

análisesreferentesaanuênciapréviadacessãooutransferênciaparcialdosdireitosdaautorização

depesquisaeposteriormentedasplantasememoriaisdescritivosapresentados,comvistasa

elaboraçãodasminutasdosalvarásdepesquisa

1.1.3­Acessãooutransferênciaparcialdosdireitosdaautorizaçãodepesquisaserá

averbada,somenteapósapublicaçãonoD.O.U.doatodoD.N.P.M.queconcedeuaanuênciaprévia.

1.1.4­Acedente,ouseurepresentantelegal,continuarárespondendoportodososdireitose

obrigaçõesdaautorizaçãodepesquisaatéqueacessãooutransferênciaparcial,umavezaprovada,

sejaaverbada,quandoentãoacedenteeacessionáriaficarãoresponsáveispelaáreaquecadauma

detiver.

1.1.5­Paraqueaanuênciapréviasejaconcedidaénecessárioqueacedentetenha

cumpridocomodispostonoincisoII,doart.20doCódigodeMineração(taxaanualporhectare)

1.1.6­Acessãooutransferênciaparcialdosdireitosdaautorizaçãodepesquisanãoalterará

emnenhumahipóteseoprazodevalidadedoAlvaráobjetodareferidacessão.

1.1.6.1­OAlvarádePesquisadacedenteseráretificadoatravésdedespacho,conforme

dispostonocaputdoart.24doCódigodeMineração.

1.1.6.2­OAlvarádePesquisaaseroutorgadoacessionáriaterácomoprazodevalidade

omesmoquerestaraoAlvarádacedente,respeitando­se,quandoforocaso,osprazos

estabelecidosnoitemIIdaPortariadoDiretor­GeraldoDNPMnº16,de13dejaneirode1997.

1.2CESSÃOOUTRANSFERÊNCIATOTALDOSDIREITOSDAAUTORIZAÇÃODEPESQUISA

1.2.1­Acessãooutransferênciatotaldosdireitosdaautorizaçãodepesquisaserápleiteada

emrequerimentodirigidoaoDiretor­GeraldoDNPM,assinadoconjuntamentepelacedenteea

cessionáriaeentreguenoprotocolodasededoDNPMounoDistritodoDNPMondeoriginou­seo

processocujotítuloéobjetodacessãooutransferência,edeveráconterosseguintesdocumentose

elementosdeinstruçãoquedeverãoserjuntadosaorespectivoprocesso:

­escriturapúblicaouinstrumentoparticulardacessãooutransferênciatotaldosdireitosda autorizaçãodepesquisa;

­acessionáriadeveráapresentaroselementosdeinstruçãoconstantesdoincisoI,art.16

doCódigodeMineração;

­acessionáriadeveráatenderasexigênciasprevistasnoDecretonº85.064,de26/08/80,

quandoaáreasituar­senaFaixadeFronteira.

1.2.2­Acessãooutransferênciatotaldosdireitosdaautorizaçãodepesquisaseráaverbada,

somenteapósapublicaçãonoD.O.U.doatodoD.N.P.M.queconcedeuaanuênciaprévia.

1.2.3­Acedente,ouseurepresentantelegal,continuarárespondendoportodososdireitose

obrigaçõesdaautorizaçãodepesquisaatéqueacessão,umavezaprovada,sejaaverbadaemnome

dacessionária.

1.2.4­Paraqueaanuênciapréviasejaconcedidaénecessárioqueacedentetenhacumprido

comodispostonoincisoII,doart.20doCódigodeMineração(taxaanualporhectare)

DESMEMBRAMENTO(Art.56doCódigodeMineração)­(ManifestodeMina,DecretodeLavrae

PortariadeLavra)

1.3.1­Acessãooutransferênciaparcialdosdireitosdaconcessãodelavra

(desmembramento)serápleiteadaemrequerimentodirigidoaoMinistrodeEstadodeMinase

Energia,assinadoconjuntamentepelacedenteea(s)cessionária(s)eentreguesomentenoprotocolo

doDistritodoDNPMondeoriginou­seoprocessocujotítuloéobjetodacessãooutransferência

parcial,ondeserámecanicamentenumeradoeregistrado(faixanuméricaderequerimentodedireito

minerário)formando­senovoprocessoparacadaárearesultantedacessão(desmembramento)que

deverápermaneceramarradoaoprocessodacedente,atéquesejaprocedidaaaverbaçãoedeverá

conteradocumentaçãoaseguirdiscriminada,aqualserájuntadaaoprocessoda:

Cedente:

­escriturapúblicaouinstrumentoparticulardacessãooutransferênciaparcialdosdireitos daconcessãodelavra; ­justificativatécnico­econômicasobreaviabilidadedofracionamento(desmembramento)

pleiteado,levandoemconsideraçãoosrequisitosestabelecidosnocaput,doArt.56,doCódigode

Mineração;

­novoplanodeaproveitamentoeconômico,assinadoporprofissionallegalmentehabilitado

acompanhadodarespectivaAnotaçãodeResponsabilidadeTécnica­A.R.T.quandosetratarda

mesmasubstânciamineral;

­memorialdescritivoeplantasdesituaçãoededetalhesdaárearemanescenteassinados

porprofissionallegalmentehabilitadoacompanhadosdarespectivaAnotaçãodeResponsabilidade

Técnica­A.R.T.;

­redimensionamentodasreservasminerais,quandosetratardamesma(s)substância(s)

mineral(is).

Cessionária(s):(novoprocesso) ­escriturapúblicaouinstrumentoparticulardacessãooutransferênciaparcialdosdireitos daconcessãodelavra; ­justificativatécnico­econômicasobreaviabilidadedofracionamento(desmembramento)

pleiteado,levandoemconsideraçãoosrequisitosestabelecidosnocaput,doArt.56,doCódigode

Mineração; ­memorialdescritivoeplantasdesituaçãoededetalhesdaáreadesmembradaassinados porprofissionallegalmentehabilitadoacompanhadosdarespectivaAnotaçãodeResponsabilidade Técnica­A.R.T.;

­demaiselementosdeinstruçãoreferidosnoart.38doCódigodeMineração;

­atenderasexigênciasprevistasnoDecretonº85.064,de26/08/80,quandoaáreasituar­

senaFaixadeFronteira;

­licençaambiental;

­quantificaçãodasreservasminerais,quandosetratardamesma(s)substância(s)

mineral(is).

1.3.2­OrequerimentoseráanalisadopeloDistritodoDNPM,aqueestejajurisdicionadaa

áreadaconcessão,cabendo­lheemitirparecersobreajustificativatécnico­econômica,considerando

osrequisitosestabelecidosnocaput,doart.56doCódigodeMineração.

1.3.2.1­Quandoajustificativatécnico­econômicanãoforacolhida,orequerimentoserá

indeferidopeloChefedoDistritodoDNPM

1.3.2.2­Seajustificativatécnico­econômicaforacolhida,oDistritodoDNPManalisará

oplanodeaproveitamentoeconômicoremetendo,emseguida,osprocessosàSedeparaquesejam

realizadasasanálisesreferentesaanuênciapréviadacessãooutransferênciaparcialdosdireitosda

concessãodelavraeposteriormentedasplantasememoriaisdescritivosapresentados,comvistasa

elaboraçãodasrespectivasminutasdeportarias.

1.3.3­Acessãooutransferênciaparcialdosdireitosdaconcessãodelavraseráaverbada,

somenteapósapublicaçãonoD.O.U.doatodoD.N.P.M.queconcedeuaanuênciaprévia.

1.3.4­Acedente,ouseurepresentantelegal,continuarárespondendoportodososdireitose

obrigaçõesdaconcessãodelavraatéqueacessãooutransferênciaparcial,umavezaprovada,seja

averbada,quandoentãoacedenteeacessionáriaficarãoresponsáveispelaáreaquecadauma

detiver.

1.3.5­Acessãooutransferênciaparcialdosdireitosdaconcessãodelavraimplicarána

retificaçãodotítulodelavradacedenteenaconcessãodenova(s)portaria(s)delavraparaa(s)

cessionária(s).

1.4CESSÃOOUTRANSFERÊNCIATOTALDOSDIREITOSDACONCESSÃODELAVRA

(ManifestodeMina,DecretodeLavraePortariadeLavra).

1.4.1­Acessãooutransferênciatotaldosdireitosdaconcessãodelavraserápleiteadaem

requerimentodirigidoaoMinistrodeEstadodeMinaseEnergia,assinadoconjuntamentepelacedente

eacessionáriaeentreguenoprotocolodasededoDNPMounoDistritodoDNPMondeoriginou­seo

processocujotítuloéobjetodacessãooutransferência,edeveráconterosseguintesdocumentose

elementosdeinstruçãoquedeverãoserjuntadosaorespectivoprocesso:

­escriturapúblicaouinstrumentoparticulardacessãototaldosdireitosdaconcessãode

lavra;

­certidãoderegistro,noDepartamentoNacionaldeRegistrodoComércio,daentidade constituída,referenteacessionária;

­acessionáriadeveráatenderasexigênciasprevistasnoDecretonº85.064,de26/08/80,

quandoaáreasituar­senaFaixadeFronteira;

­provadedisponibilidadedefundosoudaexistênciadecompromissodefinanciamento,

necessárioparaaexecuçãodoplanodeaproveitamentoeconômicoeoperaçãodamina,emnomeda

cessionária.

1.4.2­Acessãooutransferênciatotaldosdireitosdaconcessãodelavraseráaverbada,

somenteapósapublicaçãonoD.O.U.doatodoD.N.P.M.queconcedeuaanuênciaprévia.

1.4.3­Acedente,ouseurepresentantelegal,continuarárespondendoportodososdireitose

obrigaçõesdaconcessãodelavraatéqueacessãooutransferência,umavezaprovada,seja

averbadaemnomedacessionária.

1.5CESSÃOOUTRANSFERÊNCIAPARCIALDOSDIREITOSDOREGISTRODELICENÇA

1.5.1­Acessãooutransferênciaparcialdosdireitosdoregistrodelicençaserápleiteadaem

requerimentodirigidoaoDiretor­GeraldoDNPM,assinadoconjuntamentepelacedenteea

cessionáriaeentreguesomentenoprotocolodoDistritodoDNPMondeoriginou­seoprocessocujo

títuloéobjetodacessãooutransferênciaparcial,ondeserámecanicamentenumeradoeregistrado

(faixanuméricaderequerimentodedireitominerário)formando­senovoprocessoquedeverá

permaneceramarradoaoprocessodacedente,atéquesejaprocedidaaaverbaçãoedeverácontera

documentaçãoaseguirdiscriminada,aqualserájuntadaaoprocessoda:

Cedente:

­escriturapúblicaouinstrumentoparticulardacessãooutransferênciaparcialdosdireitos

doregistrodelicença;

­justificativatécnico­econômicasobreaviabilidadedacessãooutransferênciaparcialdos

direitosdoregistrodelicença;

­memorialdescritivoeplantasdelocalizaçãoededetalhesdaárearemanescente;

­novalicençaexpedidaporautoridademunicipaldoMunicípiodesituaçãodajazida;

­novaautorizaçãodoproprietáriodosolo,quandoforocaso.

Cessionária:(novoprocesso) ­escriturapúblicaouinstrumentoparticulardacessãooutransferênciaparcialdosdireitos doregistrodelicença; ­justificativatécnico­econômicasobreaviabilidadedacessãooutransferênciaparcialdos direitosdoregistrodelicença; ­requerimentoderegistrodelicençaatravésdeformuláriospróprios,contendotodosos

documentosconstantesdoitemI,daPortariadoDiretor­GeraldoD.N.P.M.nº148,de27/10/80;o

memorialdescritivoeplantasdelocalizaçãoededetalhesdaáreareferem­seaáreacedida;

­licençaambientalespecífica.

1.5.2­OrequerimentoseráanalisadopeloDistritodoDNPM,aqueestejajurisdicionadaa

áreadoregistrodelicença,cabendo­lheemitirparecersobreajustificativatécnico­econômica.

1.5.2.1­Quandoajustificativatécnico­econômicanãoforacolhida,orequerimentoserá

indeferidopeloChefedoDistritodoDNPM

1.5.2.2­Seajustificativatécnico­econômicaforacolhidaserãorealizadas,peloDistrito

doDNPM,asanálisesreferentesaanuênciapréviadacessãooutransferênciaparcialdosdireitosdo

registrodelicençaeposteriormente,dasplantasememoriaisdescritivosapresentadoscomvistasa

elaboraçãodarespectivaminutaderegistrodelicença.

1.5.3­Acessãooutransferênciaparcialdosdireitosdoregistrodelicençaseráaverbada,

somenteapósapublicaçãonoD.O.U.doatodoD.N.P.M.queconcedeuaanuênciaprévia.

1.5.4.­Acedente,ouseurepresentantelegal,continuarárespondendoportodososdireitos

eobrigaçõesdoregistrodelicençaatéqueacessãooutransferênciaparcial,umavezaprovada,seja

averbada,quandoentãoacedenteeacessionáriaficarãoresponsáveispelaáreaquecadauma

detiver.

1.5.5­Acessãooutransferênciaparcialdosdireitosdoregistrodelicençaimplicarána

retificaçãodoregistrodelicença(descriçãodonovomemorialdescritivoeprazodevigência)da

cedenteenaautorizaçãodenovoregistrodelicençaparaacessionária.

1.5.5.1­Osprazosdevigênciadosregistrosdelicenças(cedenteoucessionária)serão

aquelesconstantesdasnovaslicençasexpedidaspelaautoridadeadministrativadoMunicípiooudas

autorizaçõesdoproprietáriodosolo.

1.6CESSÃOOUTRANSFERÊNCIATOTALDOSDIREITOSDOREGISTRODELICENÇA

1.6.1­Acessãooutransferênciatotaldosdireitosdoregistrodelicençaserápleiteadaem

requerimentodirigidoaoDiretor­GeraldoDNPM,assinadoconjuntamentepelacedenteea

cessionáriaeentreguenoprotocolodasededoDNPMounoDistritodoDNPMondeoriginou­seo

processocujotítuloéobjetodacessãooutransferência,edeveráconterosseguintesdocumentose

elementosdeinstruçãoquedeverãoserjuntadosaorespectivoprocesso:

­escriturapúblicaouinstrumentoparticulardacessãooutransferênciatotaldosdireitosdo registrodelicença; ­novalicençaexpedidaporautoridadeadministrativadoMunicípiodesituaçãodajazida emnomedacessionária; ­documentosconstantesdasletras"a","b","e",e"l"doitemI,daPortariadoDiretor­Geral

doD.N.P.M.nº148,de27/10/80,referenteacessionária.

1.6.2­Acessãooutransferênciatotaldosdireitosdoregistrodelicençaseráaverbada,

somenteapósapublicaçãonoD.O.U.doatodoD.N.P.M.queconcedeuaanuênciaprévia.

1.6.3­Acedente,ouseurepresentantelegal,continuarárespondendoportodososdireitose

obrigaçõesdoregistrodelicençaatéqueacessãooutransferência,umavezaprovada,seja

averbadaemnomedacessionária.

1.7CESSÃOOUTRANSFERÊNCIAPARCIALDOSDIREITOSDAPERMISSÃODELAVRA

GARIMPEIRA

1.7.1­Acessãooutransferênciaparcialdosdireitosdapermissãodelavragarimpeiraserá

pleiteadaemrequerimentodirigidoaoDiretor­GeraldoDNPM,assinadoconjuntamentepelacedente

eacessionáriaeentreguesomentenoprotocolodoDistritodoDNPMondeoriginou­seoprocesso

cujotítuloéobjetodacessãooutransferênciaparcial,ondeserámecanicamentenumeradoe

registrado(faixanuméricaderequerimentodedireitominerário)formando­senovoprocessoque

deverápermaneceramarradoaoprocessodacedente,atéquesejaprocedidaaaverbaçãoedeverá

conteradocumentaçãoaseguirdiscriminada,aqualserájuntadaaoprocessoda:

Cedente:

­escriturapúblicaouinstrumentoparticulardacessãooutransferênciadosdireitosda

permissãodelavragarimpeira;

­autorizaçãoexpressadaAssembléiaGeralquandoforcooperativadegarimpeirosecópia

dosestatutosoucontratosocialesuasalteraçõesregistradasnoDepartamentoNacionaldeRegistro

deComércio;

­justificativatécnico­econômicasobreaviabilidadedacessãooutransferênciaparcialdos

direitosdapermissãodelavragarimpeira;

­plantadesituaçãodaárearemanescente.

Cessionária:(novoprocesso) ­escriturapúblicaouinstrumentoparticulardacessãooutransferênciadosdireitosda permissãodelavragarimpeira; ­justificativatécnico­econômicasobreaviabilidadedacessãooutransferênciaparcialdos direitosdapermissãodelavragarimpeira; ­requerimentodepermissãodelavragarimpeiraatravésdeformuláriospróprios,contendo

todososdocumentosconstantesdoitemII,daPortariadoDiretordoD.N.P.M.nº10,de25/07/91;

­indicaçãodonúmerodoregistrodeseusatosconstitutivosnoÓrgãodeRegistrodo Comérciodesuasede,casoacessionáriasejacooperativadegarimpeirosecópiadosestatutosou contratosocialesuasalteraçõesregistradasnoDepartamentoNacionaldeRegistrodeComércio;

­atenderasexigênciasprevistasnoDecretonº85.064,de26/08/80,quandoaáreasituar­

senaFaixadeFronteira. ­deveráserobservadoolimitemáximoaqueficaráadstritaaáreadacessionária,

conformeestatuídonoincisoIII,doart.5º,daLeinº7.805,de18dejulhode1989enoitemIV,da

PortariadoDiretor­GeraldoDNPMnº10,25dejulhode1991.

1.7.2­OrequerimentoseráanalisadopeloDistritodoDNPM,aqueestejajurisdicionadaa

áreadapermissãodelavragarimpeira,cabendo­lheemitirparecersobreajustificativatécnica.

1.7.2.1­Quandoajustificativatécnico­econômicanãoforacolhida,orequerimentoserá

indeferidopeloChefedoDistritodoDNPM.

1.7.2.2­Seajustificativatécnico­econômicaforacolhidapeloDistritodoDNPM,os

processosserãoencaminhadosàSedeparaquesejamrealizadasasanálisesreferentesaanuência

préviadacessãooutransferênciaparcialdosdireitosdapermissãodelavragarimpeirae

posteriormentedasplantasememoriaisdescritivosapresentados,comvistasaelaboraçãorespectiva

minutadepermissão.

1.7.3­Acessãooutransferênciaparcialdosdireitosdapermissãodelavragarimpeiraserá

averbada,somenteapósapublicaçãonoD.O.U.doatodoD.N.P.M.queconcedeuaanuênciaprévia.

1.7.4­Acedente,ouseurepresentantelegal,continuarárespondendoportodososdireitose

obrigaçõesdapermissãodelavragarimpeiraatéqueacessãooutransferênciaparcial,umavez

aprovada,sejaaverbada,quandoentãoacedenteeacessionáriaficarãoresponsáveispelaáreaque

cadaumadetiver.

1.7.5­Acessãooutransferênciaparcialdosdireitosdapermissãodelavragarimpeiranão

alteraráemnenhumahipóteseoprazodevalidadedapermissãoobjetodareferidacessão.

1.7.5.1­ApermissãodacedenteseráretificadaatravésdedespachodoDiretor­Geraldo

DNPMeapermissãoaseroutorgadaàcessionáriaterácomoprazodevalidadeomesmoquerestar

apermissãodacedente.

1.8CESSÃOOUTRANSFERÊNCIATOTALDOSDIREITOSDAPERMISSÃODELAVRA

GARIMPEIRA

1.8.1­Acessãooutransferênciatotaldosdireitosdapermissãodelavragarimpeiraserá

pleiteadaemrequerimentodirigidoaoDiretor­GeraldoDNPM,assinadoconjuntamentepelacedente

eacessionáriaeentreguenoprotocolodasededoDNPMounoDistritodoDNPMondeoriginou­seo

processocujotítuloéobjetodacessãooutransferência,edeveráconterosseguintesdocumentose

elementosdeinstruçãoquedeverãoserjuntadosaorespectivoprocesso:

­escriturapúblicaouinstrumentoparticulardacessãooutransferênciatotaldosdireitosda permissãodelavragarimpeira; ­provadenacionalidadebrasileiraounocasodefirmaindividual,cópiadoatodesua constituição,referenteacessionária; ­autorizaçãoexpressadaAssembléiaGeralquandoacedenteforcooperativade garimpeiros. ­indicaçãodonúmerodoregistrodeseusatosconstitutivosnoÓrgãodeRegistrodo Comérciodesuasede,casoacessionáriasejacooperativadegarimpeirosecópiadosestatutosou contratosocialesuasalteraçõesregistradasnoDepartamentoNacionaldeRegistrodeComércio;

­acessionáriadeveráatenderasexigênciasprevistasnoDecretonº85.064,de26/08/80,

quandoaáreasituar­senaFaixadeFronteira. ­deveráserobservadoolimitemáximoaqueficaráadstritaaáreadacessionária,

conformeestatuídonoincisoIII,doart.5º,daLeinº7.805,de18dejulhode1989enoitemIV,da

PortariadoDiretor­GeraldoDNPMnº10,25dejulhode1991.

1.8.2­Acessãooutransferênciatotaldosdireitosdapermissãodelavragarimpeiraserá

averbada,somenteapósapublicaçãonoD.O.U.doatodoD.N.P.M.queconcedeuaanuênciaprévia.

obrigaçõesdapermissãodelavragarimpeiraatéqueacessãooutransferência,umavezaprovada,

sejaaverbadaemnomedacessionária

2­Nãoseráconcedidaaanuênciapréviaquandoorequerimentodecessãooutransferência

estiveremdesacordocomoprevistonossubitens1.1.1,1.2.1,1.3.1,1.4.1,1.5.1,1.6.1,1.7.1e1.8.1

destaInstrução.

2.1.­NosrequerimentosdecessãooutransferênciadequetrataestaInstruçãoNormativa,

pendentesdedecisão,nãoseráaplicadoodispostonoitem2.ODNPM(Sede)formularáexigênciaao

interessadoparaqueapresenteadocumentaçãoprevistanossubitens1.1.1,1.2.1,1.3.1,1.4.1,1.7.1

e1.8.1,eosDistritosRegionaisformularãoexigênciasnoscasosdossubitens1.5.1e1.6.1.

3­EstaInstruçãoNormativaentraemvigornadatadesuapublicação,ficandorevogadasas

disposiçõesemcontrárioeemespecialaInstruçãoNormativanº1,de02deagostode1994,

publicadanoD.O.U.de04deagostode1994

MiguelNavarreteFernandezJúnior

.Diretor­GeraldoDNPM