Você está na página 1de 9

História do Super Stacker

1978:

A companhia CNC é parte da SNCF (FRENCH


NATIONAL RAILWAY COMPANY). Eles tinham um
projeto de um equipamento capaz de manipular e estocar
contêineres de 10’ com carga de 9t.
A PPM delegou os estudos ao seu departamento
especializado. Nasce o 10GMI (Grue Mobile
Industrielle), o primeiro REACH STACKER que usava
uma lança de 2 elementos e equipada com um spreader
de acordo com as especificações da CNC.

Terex® Reach Stacker : História do SUPER STACKER 2


Pouco tempo depois, a PPM desenvolveu o 20 GMI,
com capacidade de 15t atendendo todas as aplicações
industriais.
Nesta época, o Mercado era limitado em
dois fabricantes: BELOTTI e PPM.
Frente a BELOTTI, a PPM tomou a principal parte
deste mercado com a produção de cerca de quarenta
máquinas. Este empreitada demonstrou as vantagens
técnicas e econômicas do conceito Reach Stacker
frente às empilhadeiras forklift dos anos 50.

Terex® Reach Stacker : História do SUPER STACKER 3


1982:
O Mercado de transporte marítimo cresce
rapidamente.
A PPM fez um estudo do mercado e decidiu desenvolver
empilhadeiras pesadas capazes de erguer contêineres
de até 40t com um spreader capaz de alcançar
contêineres de 20 e 40 pés.
Nasce a Stacker 40 GMI, que irá conquistar os portos da
Europa, África e Asia.

Esta máquina usava componentes similares aos


guindastes automotivos da época: motor DEUTZ com
refrigeração a ar e câmbio ZF.
Com este novo modelo, moderno e inovativo, a
PPM facilmente ficou a frente de seu único
competidor europeu, BELOTTI.
O produto líder em movimentação de contêiner
pesado estava mostrando sua força.

Terex® Reach Stacker : História do SUPER STACKER 4


1987: Série 17000
A PPM decidiu entrar no mercado americano e a
máquina estava completamente revisada para oferecer
toda a tecnologia ao EUA com a montagem do motor
Cummins LT10-250 de 250CV, um câmbio Clark 32410
e um eixo Rockwell PRC5324.

Uma máquina foi pintada com as cores da bandeira


americana. Uma campanha para demonstrar a nova
conquista em um novo continente.
Essa também foi a primeira campanha publicitária
elaborada pela PPM para a distribuição global de seu
produto.
O design também foi todo revisado para uma forma mais
arredondada para demonstrar nosso espírito de simplicidade
e robustez.
O produto foi renomeado STACKER e este logo foi
usado para colocar a PPM a frente de seus demais
produtos.

Terex® Reach Stacker : História do SUPER STACKER 5


1995: aquisição da PPM pela TEREX Abaixo, uma Stacker serial
17000 pegando um contêiner
Desenvolvimento de uma gama completa de Stackers: em 8 de altura.

- Para empilhar contêineres vazios em grande altura: serial


17700 ao 17788
A máquina foi construída com um chassis curto, 2
elementos telescópicos e um spreader com capacidade
para 7.5t.
Esta máquina era capaz de alcançar um contêiner de
8’6’’ em 8 de altura.
- Para empilhar contêineres cheios em altura: series
170000 - 170599
A máquina foi construída com um chassis curto, com
uma lança de 5 alturas para contêineres de 9’6’’ e
spreader com capacidade para 45t. Serial 170600 em
diante.
- Para o mercado ferroviário:
A máquina foi construída com um chassis longo, uma
lança telescópica e “Piggy back spreader” para o cliente
CNC.
- Para o mercado siderúrgico:
Para tubos, eletromagnéticos, mecânicos ou
hidráulicos.

Terex® Reach Stacker : História do SUPER STACKER 6


1996 EVOLUÇÃO DA SERIE 170500

O TFC 45 é equipado com um motor Cummins


M11 no lugar do LT10-250 para uma menor
emissão de poluentes que é exigido no EUA.
A PPM substituiu a caixa de câmbio Clark 32410 por
uma 36432.
Para permitir o uso dos 290 Hp do M11, a companhia
mudou o eixo Rockwell PRC 5324 pelo PRC 5334.

Principais evoluções

- Motor CUM M11-290CV.


- Caixa de câmbio CLARK 36432.
- Sistema de aceleração por cabo alterado para o
sistema hidráulico.
- Filtro "Cyclon".
- Reservatório hidráulico de 30l para refrigeração
do freio.
- Óleo hidráulico frio.
- Chassis.
- Montagem de filtros de óleo de fácil acesso.
- Bombas auxiliares 40+12cm3.
- Espessura do radiador do motor 112mm ao invés
de 92mm.

Terex® Reach Stacker : História do SUPER STACKER 7


Algumas datas:
Abril, 97: Cilindro de direção geração 2 Janeiro, 2000. Opções de pneus :
1800X25 GY EV4S
Maio, 97: Criação da motorização Caterpillar (opcional) 1800X25 GY EV5S
1800X25 BRID VSMS
Janeiro, 98: Cilindro de direção geração 3. Criação
das rodas na opção 1800x33 Março, 2000: Adicionado 2 válvulas de proteção, 5b e
10b, no circuito de refrigeração (hidráulico e freio)
Maio, 98: Eixo reforçado PPM
Maio, 2000: Criação das guias reforçadas, mais curtas
Novembro / Dezembro, 98: Melhoria das fixações e com a possibilidade de regulagem
dos contrapesos 1750 kg. Evolução do seletor de
marcha APC 100 + coluna de direção Setembro, 2002 / Dezembro, 2005:
- Criação da motorização QSM11 (2 marchas) 320HP
Janeiro 99: Cabine recuada 250mm. Contrapeso no - Troca do radiador do motor SIRC pelo radiador
formato “L” de 16,8t NISSENS 3
- Hidráulica PARKER que substitui:
Fevereiro 99: Intensificação das extremidades do - Bomba Linde
spreader - Distribuidor Marrel
- Válvula Rexroth
Augusto 99: Modificação do escapamento

Outubro 99: Substituição do eixo PRC 5334 pelo


MERITOR ( Rockwell ) tipo PRC 7534

Terex® Reach Stacker : História do SUPER STACKER 8


2005/2006: Aumento de 30% na velocidade de movimento.
Introdução do motor QSM11 de 3 marchas + transmissão
TE27418 que substitui o QSM11 de 2 marchas e câmbio
HR36432.

2007/2008: Desenvolvimento e produção da primeira


máquina capaz de empilhar 6 alturas (45t). Esta
máquina pode alcançar a terceira fila com um
contêiner de 23’ em 25t.

2009-2010: Criação do novo modelo TFC46 MSX - 6


alturas 9’6’’. Introdução do novo padrão de segurança
EN15000 aplicável em todos os tipos de forklift truck.

Projeto 2011:
- Produção do novo modelo TFC45MR que oferece 35t
na segunda fila.
- Produção de uma nova lança 6 alturas Dry –
Introdução da nova motorização 4 marchas Scania
com transmissão TE27418 full flow.

Terex® Reach Stacker : História do SUPER STACKER 9