Você está na página 1de 2

A Estrela de Vergílio Ferreira -

1. A que horas é que Pedro viu a estrela?


1. De manhã.
2. À tarde.
3. À meia-noite.
2. Como era a estrela?
1. Era a estrela mais gira do céu, muito viva.
2. Era pálida e sem brilho.
3. Era brilhante, mas distante.
3. Nessa noite, o que resolveu fazer?
1. Ir apanhar a estrela.
2. Ir chamar um amigo para ir apanhar a estrela.
3. Ir falar com estrela.
4. Que sentimentos experimentou o Pedro quando foi apanhar a estrela?
1. Medo, mas coragem.
2. Coragem e valentia.
3. Medo e desespero.
5. Quando finalmente apanhou a estrela, o que é que ela lhe lembrava?
1. Uma borboleta.
2. Uma libelinha.
3. Um pirilampo
6. Quando chegou a casa, onde escondeu a estrela?
1. Numa caixa.
2. Num baú.
3. No guarda-fatos.
7. No dia seguinte, o que aconteceu?
1. A estrela tinha desaparecido.
2. A estrela parecia de lata, com um brilho muito ténue.
3. A estrela continuava brilhante e bonita.
8. Como reagiu o Pedro a esta situação?
1. Ficou muito contente.
2. Ficou muito triste, sem vontade de brincar.
3. Ficou triste, mas continuou a brincar.
9. À meia-noite, quando se foi deitar, aconteceu uma coisa extraordinária:
1. A estrela brilhava tanto como quando a foi apanhar.
2. A estrela saiu pela janela e foi colocar-se no seu lugar.
3. A estrela continuava sem brilho.
10. No dia seguinte, levantou-se um grande burburinho. O que aconteceu?
1. Um velho, muito velho, começou a berrar que tinham roubado a estrela.
2. Um velho começou a berrar que havia uma estrela no céu que brilhava mais do que as outras.
3. Um velho começou a berrar que tinha visto uma estrela a cair.
11. O que pensava Pedro deste velho?
1. Gostava muito das histórias que ele lhe contava e era um homem bom.
2. Era um velho mau, todas as crianças tinham medo dele.
3. Era um velho sem juízo.
12. Como é que o velho descobriu que a estrela tinha desaparecido?
1. Porque o Cigarra lhe disse.
2. Porque o Pedro lhe disse.
3. Porque já não trabalhava e não tinha sono à noite, sendo que à noite, punha-se a observar as
estrelas
13. Como reagiu o Cigarra ao roubo da estrela?
1. Ficou indiferente, é mais estrela menos estrela.
2. Ficou muito indignado, porque roubaram a estrela mais bonita.
3. Ficou contente, pois a estrela já não tinha brilho.
14. Com o tempo, o caso foi caindo no esquecimento. Então, o que fez o Pedro?
1. Abriu a caixa muito devagarinho, pois não sabia o que poderia acontecer.
2. Levou a caixa para a rua para a estrela poder ir para o seu lugar.
3. Deu a caixa ao velho.
15. Um dia, a mãe ao passar pela porta do quarto do Pedro, viu luz. O que resolveu fazer?
1. Entrou e viu a estrela nas mãos do filho.
2. Continuou o seu caminho e foi deitar-se.
3. Entrou, mas não deu qualquer importância ao assunto.
16. Após ter terminado a admiração e a surpresa ao ver a estrela nas mãos do filho, o que fez?
1. Pegou na estrela e atirou-a pela janela fora.
2. Pegou na estrela e queimou-se na mão.
3. Pegou na estrela com todo o cuidado, fazendo-lhe festas.
17. Em casa do Pedro foi uma chinfrineira, mas, no dia seguinte, toda a freguesia estava em alvoroço. Porquê?
1. Porque ninguém acreditava que a estrela que tinha desaparecido fosse aquela.
2. Porque toda a gente se revoltou contra o Pedro por ter roubado a estrela.
3. Porque toda a gente deu vivas ao Pedro, por ter encontrado a estrela.
18. O Pedro disse que “só à noite é que era”.O que queria dizer?
1. Que só à noite é que a estrela brilhava.
2. Que só à noite é que iriam desfazer-se da estrela.
3. Que só à noite é que dariam liberdade à estrela.
19. À meia-noite, juntou-se a aldeia no adro. Para quê?
1. Para ver a estrela a apagar-se a pouco e pouco.
2. Para ver se a estrela brilhava.
3. Para colocar a estrela no seu lugar.
20. Quem colocou a estrela no alto da torre da igreja?
1. O filho do Governo.
2. O Pananão.
3. O Pedro.

Interesses relacionados